Você está na página 1de 4

12/08/2019 Sociologia e Antropologia: Resenha de Raízes do Brasil

mais Criar um blog Login

Sociologia e Antropologia
Um blog com resenhas das principais obras das Ciências Sociais.

Início Palavras do Autor Enquete Opinião Publicações Futuras

QUINTA-FEIRA, 28 DE FEVEREIRO DE 2013 NOVA PARCERIA - DESCONTOS


ESPECIAS PARA VISITANTES DO BLOG
Resenha de Raízes do Brasil

Sergio Buarque de Holanda em um ensaio magistral!

Raízes do Brasil trata, essencialmente, da transição do modo rural para o urbano que
se delineava nas primeiras décadas do século XX na sociedade brasileira. É muito
importante perceber que o livro foi escrito diante de um cenário de centralização
administrativa que alterou o lugar dos grupos de poder local e regional, principalmente
depois da Revolta de 1930.
Fazendo uma análise mais global do livro, é possível notar que Sergio Buarque de
Holanda desenvolve um raciocínio partindo de uma visão macro e sucessivamente vai
destrinchando cada tema mais restrito, até chegar às verdadeiras “Raízes do Brasil”.
PESQUISE NO BLOG
Partindo da análise do que seriam Portugal e Espanha – Fronteiras da Europa, passando
Pesquisar
pela cultura da personalidade e a virtude da aventura, depois dissertando sobre a herança
que o brasileiro traz desse contato, os desdobramentos da “Cordialidade” e por fim a
chegada dos novos tempos. ESCOLHA O IDIOMA
Em tese, poderíamos intuir que Sergio Buarque está se perguntando “que tipo de
urbano será possível em uma sociedade que ainda demonstra muitos aspectos e condutas
do antigo meio rural?” Segundo sua análise mais complexa, seria necessário buscar uma Translator Widget by Dicas Blogger

explicação bem longe daqui. Para ele, Portugal e Espanha não faziam parte do bloco
econômico-cultural da Europa. Por esse motivo ele intitula o primeiro capítulo como SEGUIDORES
“Fronteiras da Europa”, pois para ele a Ibéria apresentava uma cultura muito miscigenada, Seguidores (99) Próxima
influenciada por diversas religiões e invasões de outros povos que não faziam parte do
bloco dos países centrais do continente europeu.
Na sociedade ibérica, não só era possível, como também era desejável que houvesse
uma ascensão social. Em outras palavras, a mobilidade social era permitida e até
incentivada. Característica muito distinta da que se apresentava na Europa, pois o
Feudalismo europeu se mostrou tão fortemente presente que fora preciso que a burguesia
se organizasse através de uma Revolução para ter condições de penetrar nas classes mais
abastadas daquela estrutura social. Já na Ibéria, até mesmo aqueles indivíduos que Seguir

ocupavam a posição de escravo, podiam ascender socialmente, chegando estes a possuir


outros escravos. No livro As Metamorfoses do Escravo de Octavio Ianni, esta ascensão ARQUIVOS DO BLOG
social fica bem cristalina.
▼ 2013 (8)
Na verdade, na concepção Ibérica da natureza humana, há de se valorizar o indivíduo ► ago 2013 (1)
que cresce e se desenvolve ao longo da vida. É o que Sergio Buarque chama de “Cultura
► jul 2013 (1)
da Personalidade”, um sentimento de autonomia e independência de um indivíduo que se
► jun 2013 (1)
sobressai em relação aos demais. Isto é tido como um “valor”, sendo desejável e
► abr 2013 (1)
admirável. Este sentimento, muito perene no descobridor desbravador, representa além de
► mar 2013 (1)
outras coisas, uma característica que confere ao indivíduo a possibilidade da mover
socialmente na estrutura da sociedade Ibérica. ▼ fev 2013 (2)
Resenha de Raízes do Brasil
Tanto em Portugal quanto na Espanha, o regime feudal nunca foi tão rígido,
exatamente por isso, não foi necessário promover uma revolução como as que ocorreram Resenha de "Atitudes Raciais de
Pretos e Mulatos e...
na França e na Inglaterra. O Brasil como herdeiro dessa cultura, apresenta uma
acomodação desses regimes, promovendo uma transição suave, sem ruptura. A ► jan 2013 (1)

sociologiaeantropologia.blogspot.com/2013/02/resenha-de-raizes-do-brasil.html 1/4
12/08/2019 Sociologia e Antropologia: Resenha de Raízes do Brasil
característica mais marcante dessa acomodação pode ser exemplificada pela figura do ► 2012 (20)
“Homem Cordial”. Lembrando que a cordialidade não tem relação com modo cortês e sim
se cristaliza pelo trato maleável que o brasileiro costuma se relacionar no seu dia-a-dia.
Podendo ser compreendido pelo famoso “jeitinho brasileiro”, pela situação corriqueira de
uma pessoa que vendo uma gigantesca fila bancária, logo se apressa em procurar um
conhecido que esteja mais próximo do caixa, com o objetivo de agilizar sua vida, não
sendo capaz de perceber que acaba por prejudicar outras pessoas.
Esta anedota serva para mostrar o que Sergio Buarque chama de conflito entre
público/privado. Para ele, a presença da “cordialidade” faz com que os indivíduos tenham
dificuldade para discernir o público daquilo que é privado. Desta maneira, as pessoas
acabam usando de suas preferências particulares que deveriam ficar restritas aos
relacionamentos e aos assuntos privados, acabem sendo empregadas no âmbito público.
Segundo ele, estas relações sociais predominantemente patriarcais, interferem na ACESSE TAMBÉM
transição dessa sociedade causando um desequilíbrio social. Sergio Buarque aponta as Revista Enfoques
tensões da cidade como herança do sistema patriarcal, colocando o patrimonialismo e o Revista Habitus
personalismo como obstáculos a uma sociedade impessoal, moderna e livre que são Base de dados Scielo
características imperativas para esses novos tempos de urbanização. Povos Indígenas do Brasil
“Raízes do Brasil” é um dos livros mais importantes para o entendimento da
formação social do Brasil. Ao lado de “Evolução Política do Brasil” de Caio Prado Jr e da
POSTAGENS POPULARES
dobradinha “Casa Grande & Senzala/Sobrados e Mucambos” de Gilberto Freyre, é
essencial para a boa formação de um cientista social. Além disso, é uma excelente Resenha de "O Poder
Simbólico".
oportunidade para acompanhar os pontos de divergência entre estes três autores que na
maioria das vezes foi feita de forma velada, entretanto a crítica as vezes foi aberta, estando
presente nessas três obras.
Resenha de Casa Grande &
Espero que gostem deste resumo e que se sintam motivados a incrementar seus Senzala
estudos sobre a formação do pensamento social do nosso país.

Boa leitura e boas indagações!


Resenha de Raça e História,
de Claude Lévi-Strauss
Um grande abraço.

Rodrigo Dias
Resenha de “Preconceito
Poderá também gostar de: Racial de Marca e
Preconceito Racial de
Origem” de Oracy Nogueira.

Resenha de Raízes do Brasil

Resenha de Raízes Resenha de “O Resenha de Ieipari:


do Brasil Projeto Unesco e a Sacrifício e Vida
Agenda das entre os Índios
Ciências ... Arara

Linkwithin PREVISÃO DO TEMPO

RIO DE JANEIRO - RJ
Postado por Rodrigo Dias às 19:53
12/08/2019 - Segunda

13 comentários: 21º
32º
Parcialmente Nublado
Anônimo 10:26 PM, abril 19, 2014
13/08/2019 - Terça
estes textos são de dificil compreensão,mas com o dicionário dá de enterder alguma coisa
20º
Responder
33º
Possibilidade de Chuva
14/08/2019 - Quarta
Pedro Jr 2:09 AM, abril 28, 2014
Obrigado Rodrigo, muito bom seu resumo, ajudou muito! 18º
Responder 24º
Possibilidade de Chuva

Respostas CPTEC/INPE

Rodrigo Dias 10:45 PM, agosto 19, 2014


Onrigado Pedro!
Grande abraço.
Rodrigo Dias

Responder

sociologiaeantropologia.blogspot.com/2013/02/resenha-de-raizes-do-brasil.html 2/4
12/08/2019 Sociologia e Antropologia: Resenha de Raízes do Brasil
Carlos Viegas 7:18 PM, setembro 20, 2015
Muito bom. Sucinto e claro :)

Obrigado pelo belo trabalho.


Responder

Anônimo 10:17 PM, setembro 29, 2015


Muito bom, breve e cristalino. Decidido, vou ler o livro.
Olmiro C Brandt
Responder

Anna Henrique 12:43 AM, novembro 13, 2015


Parabéns pelo resumo!!!
Responder

motasusart 12:01 AM, agosto 28, 2016


muito bom esse trabalho show de bola parabéns ...!
Responder

motasusart 12:01 AM, agosto 28, 2016


muito bom esse trabalho show de bola parabéns ...!
Responder

Unknown 11:59 PM, fevereiro 11, 2017


Excelente resumo!
Parabéns Rodrigo.
Responder

Unknown 12:00 AM, fevereiro 12, 2017


Excelente resumo!
Parabéns Rodrigo.
Responder

Professora 10:05 PM, janeiro 22, 2018


simples, coerente e estimulador a conhecer melhor o livro...parabéns pelo resumo.
Responder

Bianca Simonsen 6:46 PM, março 20, 2018


Muito bom o texto e muito bem escrito! Dá para ter uma boa visão do livro.
Responder

Daniel Sales 11:35 AM, janeiro 11, 2019


Esse parece ser mais objetivo.
Responder

Digite seu comentário...

Comentar como: andrea@funda Sair

Publicar Visualizar Notifique-me

Comente esse post! Sua opinião é muito importante!

sociologiaeantropologia.blogspot.com/2013/02/resenha-de-raizes-do-brasil.html 3/4
12/08/2019 Sociologia e Antropologia: Resenha de Raízes do Brasil

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga

Assinar: Postar comentários (Atom)

TOTAL DE VISITANTES

5 3 3 2 7 3

Todas as informações poderão ser utilizadas desde que seja citado a fonte. Tema Janela de imagem. Tecnologia do Blogger.

sociologiaeantropologia.blogspot.com/2013/02/resenha-de-raizes-do-brasil.html 4/4