Você está na página 1de 30

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO

CENTRO MULTIDISCIPLINAR DE PAU DOS FERROS


DEPARTAMENTO DE ENGENHARIAS E TECNOLOGIA

PEX0240 – CIRCUITOS DIGITAIS

Capítulo 08
Contadores e Registradores

Prof.: Pedro Thiago Valério de Souza


UFERSA – Campus Pau dos Ferros
pedro.souza@ufersa.edu.br

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 1


Contadores
▪ Definição: Circuito que gera uma sequência especificada de
números;
▪ Aplicações:
▪ Geradores de Sequência (temporizadores);
▪ Divisores de Frequência;
▪ Contadores de Eventos;

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 2


Contadores
▪ Os contadores podem ser modelados como máquinas de estados
com pelo menos um elo fechado no seu diagrama de estados;
▪ Módulo: Número de contagens.
▪ Contador Módulo-8: conta de 0-7;
▪ Contador de Módulo-10: conta de 0-9;

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 3


Contadores

Contadores Assíncronos Contadores Síncronos


1. Os FF são conectados em uma forma que 1. Nesse tipo de contador não a conexão
a saída do primeiro flip-flop aciona a entre a saída de um FF com a entrada de
entrada de relógio do segundo, a saída do relógio do FF seguinte;
segundo aciona o relógio do terceiro e 2. Todos os FF possuem o mesmo relógio;
assim vai. 3. O projeto e a implementação é complexa
2. Os flip-flops não possuem o mesmo para uma quantidade alta de estados;
relógio; 4. Possuem alta velocidade de operação,
3. O projeto e a implementação é simples dado que o relógio é aplicado a todos os
para uma grande quantidade de estados; FF e o atraso de propagação é de apenas
4. Possuem baixa velocidade de operação, um FF.
devido a propagação do relógio pelos FF.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 4


Contadores
▪ Exemplo de diagrama de transições para contador módulo-8:

000 001 010 011 100 101 110 111

▪ Características:
▪ Transições bem definidas;
▪ Possui um elo fechado no seu diagrama de transições;
▪ Conta de 0 (000) até 7 (111);
▪ Modo de Operação:
▪ Up-Counter: 0, 1, 2, 3, ...., N-1;
▪ Down-Counter: N-1, N-2, ...., 0;

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 5


Contadores Assíncronos
▪ O flip-flop JK, ligado como flip-flop T é, por si mesmo, um contador
de dois bits;
▪ Além disso, ele é um divisor de frequência por dois;
▪ Qualquer que seja o ciclo de trabalho do relógio de entrada, o
ciclo de trabalho da onda de saída é 50%.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 6


Contadores Assíncronos
▪ Ligando n flip-flops T em cascata, podemos construir um contador
binário de módulo 2n.
▪ Neste caso, a saída Q de um flip-flop é o relógio para o flip-flop
seguinte;
▪ Esse tipo de contador é chamado de Ripple-Clock.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 7


Contadores Assíncronos
▪ Contador Up-Counter mod-4:

▪ Contador Down-Counter mod-4:

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 8


Contadores Assíncronos
▪ Contador Up/Down-Counter mod-4:

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 9


Contadores Assíncronos
▪ Contador Up-Counter mod-4 (Borda de Subida):

▪ Contador Down-Counter mod-4 (Borda de Subida):

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 10


Contadores Assíncronos
▪ Contador Up/Down-Counter mod-4 (Borda de Subida):

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 11


Contadores Assíncronos
▪ Projeto de Contadores Assíncronos:
1. Encontrar a quantidade necessárias de flip-flops para realizar a
contagem;
2. Determinar os valores que devem levar o FF a um estado de
Reset (reiniciar a contagem). Lembre que o Reset dos Flip-
Flops é assíncrono!
3. Obtenha a expressão lógica para R (ou R’, depende do flip-flop
utilizado);
4. Desenhe o diagrama de circuito lógico correspondente;

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 12


Contadores Assíncronos
Exemplo No.1: Projete um contador assíncrono mod-6 crescente.

Exemplo No.2: Projete um contador assíncrono mod-10 crescente.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 13


Contadores Assíncronos
▪ Cascateamento de Contadores:
▪ Contadores Assíncronos Ripple-Clock podem ser cascateados
para aumentar o módulo do contador;
▪ O projeto direto de contadores de alto módulo exige tabelas
da verdade maiores;
▪ Um contador mod-M conectado em cascata com um contador
mod-N gera um contador mod-MN;

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 14


Contadores Assíncronos
▪ Cascateamento de Contadores:
▪ Exemplo: Contador Módulo-24.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 15


Contadores Síncronos
▪ Contadores Assíncronos são contadores seriais;
▪ São lentos, pois a mudança de estado em cada FF depende da
mudança nos estágios anteriores;
▪ Se a frequência de relógio for alta, problemas podem ocorrer,
como “pular” estados ou mal funcionamento;
▪ Solução: Contadores Síncronos;

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 16


Contadores Síncronos
▪ Nos contadores síncronos, todos os flip-flops são gatilhados ao
mesmo tempo por um único relógio;
▪ Existe apenas um atraso associado a um flip-flop;
▪ Utilizado em altas frequências;
▪ Como desvantagem, temos que os contadores síncronos
necessitam de mais componentes para serem projetados;
▪ Projeto de Contadores Síncronos: Por serem máquinas síncronas,
os contadores síncronos são projetados exatamente da mesma
forma do que as máquinas de estado anteriormente projetadas na
disciplina.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 17


Contadores Síncronos
▪ Projeto de Contadores Síncronos:
▪ Por serem máquinas síncronas, os contadores síncronos são
projetados exatamente da mesma forma do que as máquinas de
estado anteriormente projetadas na disciplina.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 18


Contadores Síncronos
Exemplo No. 3: Projete um contador síncrono de mod-4
crescente/decrescente controlado.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 19


Registradores
▪ São componentes que armazenam dados (bits);
▪ Tamanhos Comuns: 8, 16, 32;
▪ Operações: Carregar e Ler;
▪ Carregar: Armazenar dados no Registrador;
▪ Ler: Não altera os dados armazenados no registrador.
▪ O tipo mais básico de registrador consiste em flip-flops D que são
carregados a cada ciclo de relógio.
I3 I2 I1 I0
4-bit register
I3 I2 I1 I0
D D D D
Q Q Q Q reg(4)
Q3 Q2 Q1 Q0
clk
Q3 Q2 Q1 Q0

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 20


Registradores
▪ Tipos comuns de registradores:
▪ Registrador de carga paralela;
▪ Registrador de deslocamento;
▪ Registradores circulares;
▪ Registradores com múltiplas funções;
▪ Banco de registradores.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 21


Registradores
▪ Registradores de Carga Paralela:
▪ Inserir um sinal de controle que diga quando o registrador deve
armazenar/manter os seus valores;
▪ Adicionar MUXs 2x1 antes de cada entrada D de cada FF:
▪ A saída atual dos flip-flops D (manutenção);
▪ Entradas externas (carga paralela);
▪ Sinal de controle: sinal de chaveamento do MUX;

Exercício No. 4: Projete um registrador de carga paralela de 4-bits;

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 22


Registradores
▪ Registradores de Carga Paralela:
▪ Análise do diagrama de temporização de registradores:
a3 a2 a1 a0

1 ld I3 I2 I1 I0
R0
Q3 Q2 Q1 Q0

1 ld I3 I2 I1 I0
R1
Q3 Q2 Q1 Q0

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 23


Registradores
▪ Análise do diagrama de temporização de registradores:

a3a2a1a0

1 ld I3 I2 I1 I0
R0
Q3Q2Q1Q0

1 ld I3 I2 I1 I0
R1
Q3Q2Q1Q0

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 24


Registradores
▪ Registradores de Múltiplas Funções:
▪ Registradores podem ser projetados para serem multifuncionais
▪ Carregar, Deslocar, Zerar (Carregar com 0s) e reter os
valores armazenados;
▪ Facilmente projetados com o auxílio de MUXs:

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 25


Registradores
▪ Projeto de Registradores de Múltiplas Funções:

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 26


Registradores
Exemplo No. 5: Implementar um registrador de 4-bits com as
seguintes funções: manter, zerar, carga paralela e complementar o
valor.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 27


Registradores
Exemplo No. 6: Modificando o registrador projetado no exercício 2,
Implementar um registrador de 4-bits com a seguinte tabela de
operação:
ld clr comp Comentário
0 0 0 Mantém
0 0 1 Complementa
0 1 0 Zerar
0 1 1 Zerar
1 0 0 Carga Paralela
1 0 1 Carga Paralela
1 1 0 Carga Paralela
1 1 1 Carga Paralela

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 28


Registradores
▪ Registradores de deslocamento:
▪ São registradores que efetuam a operação de deslocamento
(shift) do dado armazenado a cada pulso de relógio;

Exemplo No. 7: Implementar um registrador de deslocamento à


esquerda de 4-bits.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 29


Referências
Livros-texto da disciplina:
▪ VAHID, FRANK - Sistemas Digitais - Projeto, Otimização e HDLs. Bookman, 2008.
▪ MANO, MORRIS; CILETTI, MICHAEL - Digital Design whit an Introduction to the Verilog
HDL. 5º Edição, Pearson, 2012.
▪ KUMAR, A. ANAND - Fundamentals of Digital Circuits. 3º Edição, Prentice Hall India,
2012.

Referência complementar:
▪ SZAJNBERG, MORDKA - Eletrônica Digital: Teoria, Componentes e Aplicações. LTC,
2015.
▪ WAKERLY, JOHN - Digital Design: Principles and Practices. 4º Edição, Pearson, 2004.
▪ PEDRONI, VOLNEI A. - Eletrônica Digital Moderna e VHDL: Princípios Digitais,
ELetrônica Digital, Projeto Digital, Microeletrônica e VHDL. Editora Campus, 2012.

UFERSA/CMPF – Souza, 2019 PEX0240 – Circuitos Digitais 30

Você também pode gostar