Você está na página 1de 9

FUVEST-SP 2017

1. (Fuvest 2017) Considere as funções f(x)  x 2  4 e g(x)  1  log 1 x, em que o domínio de f é o conjunto dos
2
números reais e o domínio de g é o conjunto dos números reais maiores do que 0. Seja

h(x)  3f(g(x))  2g(f(x)),

em que x  0. Então, h(2) é igual a


a) 4
b) 8
c) 12
d) 16
e) 20

2. (Fuvest 2017) Cláudia, Paulo, Rodrigo e Ana brincam entre si de amigo-secreto (ou amigo-oculto). Cada nome é
escrito em um pedaço de papel, que é colocado em uma urna, e cada participante retira um deles ao acaso.

A probabilidade de que nenhum participante retire seu próprio nome é


1
a)
4
7
b)
24
1
c)
3
3
d)
8
5
e)
12

3. (Fuvest 2017) O paralelepípedo reto-retângulo ABCDEFGH, representado na figura, tem medida dos lados
AB  4, BC  2 e BF  2.

O seno do ângulo HAF é igual a


1
a)
2 5
1
b)
5
2
c)
10
2
d)
5
3
e)
10

Página 1 de 9
FUVEST-SP 2017
4. (Fuvest 2017) Um reservatório de água tem o formato de um cone circular reto. O diâmetro de sua base (que está
apoiada sobre o chão horizontal) é igual a 8 m. Sua altura é igual a 12 m. A partir de um instante em que o
reservatório está completamente vazio, inicia-se seu enchimento com água a uma vazão constante de 500 litros por
minuto.

O tempo gasto para que o nível de água atinja metade da altura do reservatório é de, aproximadamente,

Dados:
- π é aproximadamente 3,14.
1 2
- O volume V do cone circular reto de altura h e raio da base r é V  π r h.
3
a) 4 horas e 50 minutos.
b) 5 horas e 20 minutos.
c) 5 horas e 50 minutos.
d) 6 horas e 20 minutos.
e) 6 horas e 50 minutos.

5. (Fuvest 2017) Duas circunferências com raios 1 e 2 têm centros no primeiro quadrante do plano cartesiano e
ambas tangenciam os dois eixos coordenados. Essas circunferências se interceptam em dois pontos distintos de
coordenadas (x1, y1) e (x2 , y2 ).

O valor de (x1  y1)2  (x 2  y 2 )2 é igual a


5
a)
2
7
b)
2
9
c)
2
11
d)
2
13
e)
2

6. (Fuvest 2017) Na figura, o retângulo ABCD tem lados de comprimento AB  4 e BC  2. Sejam M o ponto
médio do lado BC e N o ponto médio do lado CD. Os segmentos AM e AC interceptam o segmento BN nos
pontos E e F, respectivamente.

A área do triângulo AEF é igual a


24
a)
25
29
b)
30
61
c)
60
16
d)
15

Página 2 de 9
FUVEST-SP 2017
23
e)
20

7. (Fuvest 2017) O retângulo ABCD, representado na figura, tem lados de comprimento AB  3 e BC  4. O ponto
P pertence ao lado BC e BP  1. Os pontos R, S e T pertencem aos lados AB, CD e AD, respectivamente. O
segmento RS é paralelo a AD e intercepta DP no ponto Q. O segmento TQ é paralelo a AB.

Sendo x o comprimento de AR, o maior valor da soma das áreas do retângulo ARQT, do triângulo CQP e do
triângulo DQS, para x variando no intervalo aberto 0, 3 , é
61
a)
8
33
b)
4
17
c)
2
35
d)
4
73
e)
8

8. (Fuvest 2017) O polinômio P(x)  x3  3x 2  7x  5 possui uma raiz complexa ξ cuja parte imaginária é positiva.
A parte real de ξ 3 é igual a
a) 11
b) 7
c) 9
d) 10
e) 12

9. (Fuvest 2017) Uma quantidade fixa de um gás ideal é mantida a temperatura constante, e seu volume varia com o
tempo de acordo com a seguinte fórmula:

V(t)  log2 (5  2 sen( πt)), 0  t  2,

em que t é medido em horas e V(t) é medido em m3 . A pressão máxima do gás no intervalo de tempo [0, 2] ocorre
no instante
a) t  0,4
b) t  0,5
c) t  1
d) t  1,5
e) t  2

10. (Fuvest 2017) João tem R$ 150,00 para comprar canetas em 3 lojas. Na loja A, as canetas são vendidas em

Página 3 de 9
FUVEST-SP 2017
dúzias, cada dúzia custa R$ 40,00 e há apenas 2 dúzias em estoque. Na loja B, as canetas são vendidas em
pares, cada par custa R$ 7,60 e há 10 pares em estoque. Na loja C, as canetas são vendidas avulsas, cada caneta
custa R$ 3,20 e há 25 canetas em estoque.

O maior número de canetas que João pode comprar nas lojas A, B e C utilizando no máximo R$ 150,00 é igual a
a) 46
b) 45
c) 44
d) 43
e) 42

11. (Fuvest 2017) Sejam a e b dois números inteiros positivos. Diz-se que a e b são equivalentes se a soma dos
divisores positivos de a coincide com a soma dos divisores positivos de b.

Constituem dois inteiros positivos equivalentes:


a) 8 e 9.
b) 9 e 11.
c) 10 e 12.
d) 15 e 20.
e) 16 e 25.

Página 4 de 9
FUVEST-SP 2017

Gabarito:

Resposta da questão 1:
[B]

 
f(g(2))  f  1  log 1 2   f(1  1)  f(0)  4
 
 2 

 
g(f(2))  g 22  4  g(8)  1  log 1 8  1  3  2
2
h(2)  3  f(g(2))  2  g(f(2))  3  4  2  ( 2)  h(2)  8

Resposta da questão 2:
[D]

Supondo que a sequência ACPR represente a opção na qual todos os amigos retiram o próprio nome e sabendo
que o total de permutações para os quatro amigos é 24 (P4  4!  24), pode-se contar o número de permutações
caóticas da sequência com a ajuda de um diagrama de árvore:

Logo, de um total de 24 permutações, em 9 delas nenhum participante retire seu próprio nome. A probabilidade
será de: 9 3 .
24 8

Resposta da questão 3:
[E]

Página 5 de 9
FUVEST-SP 2017
2 2 2 2
ABF  y  4  2  y  20  y  2 5
EHF  z2  42  22  z2  20  z  2 5
EHA  x 2  22  22  x 2  8  x  2 2
Lei dos Cos senos :
z2  x 2  y 2  2xy  cosa  20  8  20  2  2 2  2 5  cosa
1
8 10  cosa  8  cosa 
10
2
 1  3
sen2a  cos2 a  1  sen2a   2
  1  sen a  1  110  10  sen a 
9
 10  10

Resposta da questão 4:
[C]

De acordo com o enunciado:

Considerando:
V  volume total do cone
v '  volume cheio (tronco)
v ''  volume vazio (topo)
H  12  altura total
h  6  altura topo / altura tronco

Pode-se calcular:
3 3
V H  12  V
      V  8v ''
v ''  h   6  v ''
V 7
v ' v ''  V  v '  V  v '  V
8 8
1 1
V   π  R2  H   3,14  42  12  V  200,96
3 3
7 7
v '  V   200,96  v '  175,85 m3
8 8
Tempo : 500 L / min  0,5 m3 / min
1min 0,5 m3
t 175,85 m3
t  351,7 min  5h e 50 min

Resposta da questão 5:
[C]

Página 6 de 9
FUVEST-SP 2017
Se as circunferências tangenciam os dois eixos coordenados e estão no primeiro quadrante, então as coordenadas
de seus centros são iguais ao comprimento de seu raio. Assim, pode-se escrever:
λ1  raio  1; C1(1, 1)
λ 2  raio  2 ; C2 (2, 2 )
 2 2 2 2 2
λ1 : (x  1)  (y  1)  1  x  y  2x  2y  1  0
 2 2 2 2 2
λ 2 : (x  2)  (y  2)  2  x  y  4x  4y  4  0

Fazendo λ1  λ 2 tem-se uma reta r que é a reta que passa pelos pontos de intersecção das circunferências. Como
os pontos (x1, y1) e (x 2 , y 2 ) pertencem a essa reta, pode-se escrever:
3
λ1  λ 2  r  r : 2x  2y  3  0  x  y 
2
3
x1  y1  x2  y2 
2
2 2
 x1  y1 2   x2  y2 2  
3 3 18 9
    
2 2 4 2

Resposta da questão 6:
[D]

De acordo com o enunciado:

NFC AFB
2 x
  y  2x
4 y
x  2
 3
x  y  2  x  2x  2  
 y  4 3
MEN MAN
1 a
  b  4a
4 b
a  1
 5
a  b  1  a  4a  1  
b  5
4

Assim, a área do triângulo AEF será:


SAEF  SABF  SABE

4y 4b 4  3 4  5 8 8
4 4
16
SAEF        SAEF 
2 2 2 2 3 5 15

Resposta da questão 7:
[A]

Diante do exposto, pode-se desenhar:

Página 7 de 9
FUVEST-SP 2017

A soma das áreas hachuradas será:


x 2 3  (3  x) x 2  9  3x  8x  2x 2
S(x)    x  (4  x) 
2 2 2
1

S(x)    x 2  5x  9
2

2

1  5  4  ( 1)  9
Smáx  ymáx  

 Smáx 
61
2 4  ( 1) 8

Resposta da questão 8:
[A]

O polinômio em questão possui três raízes. Se a  bi é raiz, a  bi também será. O polinômio também admite raiz 1,
pois P(1)  1  3  7  5  0. Assim, aplicando-se Briot-Ruffini, pode-se escrever:

P(x)  x3  3x 2  7x  5
P(1)  0
 x '  1  2i
Briot  Ruffini  x 2  2x  5  0  
 x ''  1  2i
ξ  1  2i  ξ3  1  2i   1  6i  12  8i  ξ3  11  2i
3

Assim, a parte real de ξ 3 é igual a 11.

Resposta da questão 9:
[D]

Pela equação de Clapeyron (da Química):


PV  nRT
P  pressão
V  volume
n  quantidade de matéria (nº mols)
R  cons tan te universal dos gases
T  temperatura

Página 8 de 9
FUVEST-SP 2017
Assim, percebe-se que pressão e volume são inversamente proporcionais: a pressão do gás é máxima quando o
volume é mínimo. Como a função logarítmica dada é sempre crescente, o volume será mínimo quando o
logaritmando for mínimo. Ou seja:
logaritmando  (5  2 sen( πt))
fmín (t)  5  2 sen( πt)  sen( πt) deve ser mínimo
3π 3 3
πt   2kπ  t   2k  t   1,5
2 2 2

Resposta da questão 10:


[B]

A primeira vista seria mais vantajoso comprar todas as canetas em C, pois é o local mais barato e, depois comprar o
restante em A (aproximadamente 40  12  R$ 3,33 caneta), e por último na loja C (7,60  2  R$ 3,80 caneta).
Assim, seriam compradas 25 canetas por R$ 3,20 cada, uma dúzia por R$ 40,00 e três pares canetas por R$ 7,60
cada, totalizando 43 canetas.
Porém, é necessário analisar outras possibilidades. É importante ressaltar que, enquanto houver pares em A ou C,
é mais vantajoso comprar dessas lojas uma vez que o preço em B é o maior praticado. Assim, se comprarmos duas
dúzias em A (evitando comprar canetas em B) seriam gastos R$ 80,00 e, com o valor restante de R$ 70,00 seria
possível comprar mais 21 canetas avulsas, totalizando 45 canetas. Esse será o maior número de canetas que João
irá comprar (todas as outras possibilidades envolvem comprar mais canetas em B, que é o local com maior preço,
resultando em menores quantidades).

Resposta da questão 11:


[E]

Calculando os divisores:
Divisores de 8  1, 2, 4, 8  Soma  15
Divisores de 9  1, 3, 9  Soma  13
Divisores de 10  1, 2, 5, 10  Soma  18
Divisores de 11  1, 11  Soma  12
Divisores de 12  1, 2, 3, 4, 6, 12  Soma  28
Divisores de 15  1, 3, 5, 15  Soma  24
Divisores de 16  1, 2, 4, 8, 16  Soma  31
Divisores de 25  1, 5, 25  Soma  31

Logo, 16 e 25 são dois inteiros positivos equivalentes.

Página 9 de 9

Você também pode gostar