Você está na página 1de 6

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

Curso: Engenharia Hídrica


Alunos: ALEXANDRE MAGALHÃES DE MORAIS RAMOS ALVES - 33620
ANDRÉ CARLOS DA SILVA - 34084
GILBERTO CALDERUCCI GONTIJO COSTA – 33936
JORGE IVAN URZUA CIOLINA – 28077
LOUIS LE GUERROUE – 24061
MATHEUS ZUCATO ROBERT – 34007
MICHAEL MAXIMIANO DE CASTRO DA SILVA – 34520
MICHELL FERNANDES DE PAIVA PIAZZA – 33757
VICTORIEN GERARDO NAGO - 34622
Atividade: Lista de exercícios sobre Concreto.

1)
A cura é realizada com a finalidade de evitar a secagem muito rápida do
concreto e consequentemente o aparecimento de fissuras e redução da resistência
em superfícies muito grandes. A cura pode ser feita com a cobertura do concreto
com lonas molhadas, ou locais menores pode se molhar o concreto e também
existe o borrifamento de resina PVA.

2)
A importância da relação água/cimento no concreto se atrela aos seguintes
aspectos:
Trabalhabilidade: Uma maior relação água cimento aumenta a trabalhabilidade do
concreto;
Permeabilidade e Porosidade: O fator água/cimento aumenta a permeabilidade e
a porosidade, assim deve se controlar para evitar a exsudação e diminuição da
resistência por excesso de porosidade;
Resistência a compressão: É a principal influencia do fator água cimento, quanto
maior for a relação menor a resistência a compressão;
Durabilidade: Quanto menor a relação água cimento maior a durabilidade.
3)
O concreto fresco é quando a mistura ainda não atingiu o início do tempo
de pega assim o material possui trabalhabilidade, certa fluidez e não possui
resistência. Já o concreto endurecido é quando o mesmo atinge o fim de pega,
dessa forma não possui nenhuma trabalhabilidade e fluidez, é regido e possui alta
resistência a compressão.

4)
No ensaio de abatimento é coletada uma amostra de concreto, depois se
coloca a fôrma tronco-cônica sobre uma placa metálica bem nivelada e se apoia
os pés sobre as abas inferiores da fôrma tronco-cônica. Em seguida é preenchido
o cone com uma primeira camada de concreto e se aplica 25 golpes com uma haste
metálica na parte inferior. Assim se preenche com mais duas camadas de concreto
cada uma com 25 golpes. Por fim após a última camada de concreto ser preenchida
e compactada se retira o excesso de concreto, é feito o rasamento com uma régua
e se remove o a fôrma tronco-cônica. Posiciona-se a fôrma ao lado do concreto
que fica após a remoção da fôrma e se posiciona a haste sobre a forma utilizando-
a como referência para se medir a distância entre o topo da fôrma e o topo do
concreto (abatimento é a distância entre o topo da forma e o topo do concreto que
se forma após a retirada da mesma).
A medida máxima e mínima do abatimento é definida pelo calculista, em
função das propriedades desejadas de trabalhabilidade.

5)
O concreto que sofre exsudação possui uma menor resistência pois este
não fica homogêneo o processo de exsudação também proporciona trincas no
concreto. Assim para se prevenir deve-se diminuir o fator água cimento e se
realizar uma boa cura do concreto.
6)
O objetivo dos aditivos é alterar algumas características do concreto como
o tempo de pega e a consistência, estes efeitos proporcionam concretagens e
desenformas mais rápidas ou mais lentas. Os problemas são que erros na dosagem
dos aditivos podem gerar corrosão nas armaduras e a diminuição da resistência
inicial, ou seja a resistência inicial pode ser obtida dias depois do previsto.

7)
As propriedades são a resistência e a ductilidade, também se espera que o
aço tenha uma certa resistência a corrosão.

8)
Aplicando-se o aço na estrutura de concreto para que este apresente a
resistência a tração que não é apresentada pelo concreto assim os dois materiais
juntos se complementam para resistir os esforços solicitados pelas estruturas que
serão aplicados.

9) ( ) Cimento – brita – areia – água.


( ) Cimento – areia – brita – água.
( X ) Areia – cimento – brita – água.
( ) Brita – areia – cimento – água.

10) ( ) Compressão diametral.


( ) Tração simples.
( ) Fendilhamento.
( X ) Abatimento do tronco de cone.

11) ( ) O concreto não possui resistência significativa a efeitos térmicos, atmosféricos


e a desgastes mecânicos.
( X ) Trabalhabilidade pode ser definida como a facilidade e homogeneidade com
que o concreto fresco pode ser manipulado desde a mistura até o acabamento.
( ) Resistência à compressão é a principal propriedade requerida para o concreto
fresco.
( ) Quanto maior o fator água/cimento, mais enérgico deve ser o adensamento.

12) ( ) Os principais problemas são erros de dosagem e deficiência de homogeneidade


do aditivo ou da mistura do produto no concreto, além de corrosão das armaduras
ocasionada pelo uso de aditivos com cloretos.
( X ) O uso de aditivos visa alterar propriedades do concreto, entretanto, não
reduz os custos de produção.
( ) Em relação a erros de dosagem, a ocorrência comum é a superdosagem de
alguns tipos de aditivos plastificantes, superplastificantes ou retardadores de pega.
( ) Deve-se adquirir aditivo compatível com as necessidades da obra e não receber
aditivos em embalagens com avarias que possam comprometer a qualidade do
produto.
13) ( X ) Encher os corpos-de-prova cilíndricos de altura 150 mm em 3 camadas e
25 golpes cada camada.
( ) Encher os corpos-de-prova cilíndricos de altura 150 mm em 2 camadas e 12
golpes cada camada.
( ) Encher os corpos-de-prova prismáticos em 3 camadas e 75 golpes.
( ) Encher os corpos-de-prova cilíndricos de altura 100 mm em 3 camadas e 25
golpes cada camada.

14)
Primeiramente é levantado o diagrama de esforço cortante e momento
fletor da viga para se saber onde a viga deverá ter maiores resistências a trações.
Assim a estrutura das armações da viga é montada e nas regiões de maior esforço
de tração são colocados dutos de aço galvanizado chamados bainhas. Depois os
elementos de proteção são passados por dentro dos dutos, que podem ser fios ou
barras, feixes ou cordões de aço. O cabo fica isolado do concreto por conta das
bainhas. Por fim é realizada a forma da viga que envolvem a gaiola de armação,
onde a seção transversal varia conforme o tipo de proteção. Após realizada a
forma se faz a concretagem, antes da cura do concreto macacos hidráulicos
aplicam tensões nos cabos que estão dentro das bainhas, essa aplicação de tensões
é chamada de protensão. O objetivo de se realizar este processo é aumentar a
resistência do concreto as trações e os esforços submetidos.
15)
Vantagens do concreto armado:
 O concreto armado tem uma elevada resistência à compressão em
comparação aos outros materiais de construção;
 Devido à armação, o concreto armado também pode suportar uma boa
quantidade de esforços de tração;
 O custo de manutenção do concreto armado é muito baixo.
 Uma estrutura em concreto armado pode ser moldada de diversas
maneiras e formatos;
 Exige mão de obra menos qualificada para sua execução, em comparação
com estruturas metálicas, por exemplo;
 Boa resistência ao fogo e ao tempo;
 Uma estrutura de concreto armado é mais durável do que qualquer outro
sistema de construção;
 Boa resistência ao desgaste mecânico como choques e vibrações.

Desvantagens:
 A resistência à tração do concreto armado é cerca de um decimo da sua
resistência à compressão.
 Por ser muitas vezes produzido in loco, a resistência final do concreto
pode ser afetada devido a erros durante os processos de mistura e cura.
 O concreto armado utiliza-se de formas de madeira ou metálicas,
encarecendo o projeto.
 Uma estrutura de concreto armado gera muitos resíduos e lixos de
construção.
 Para uma construção de um edifício de vários andares, a seção dos pilares
para uma estrutura em concreto armado é maior do que a seção dos pilares
em uma estrutura metálica.
 O concreto armado tem grande peso próprio (2.500 kg/m3).
 Tempo de execução maior do que outros sistemas de construção, devido
ao tempo de cura (pode ser reduzido com uso de aditivos).
 A demolição de uma estrutura em concreto armado é de difícil execução,
podendo ser inviáveis devido ao custo.
16)
O ensaio onde se utiliza o esclerômetro é conhecido como o ensaio de dureza
superficial do concreto. Realizado normalmente em estruturas já prontas e sobre
seus esforços, onde se deseja estimar a resistência do concreto e também muito
utilizado em obras em execução para avaliar a resistência do concreto cujos corpos
de prova padrão deram resultados abaixo do esperado.
Para se realizar um ensaio o operador do aparelho esclerômetro seleciona
um ponto da estrutura onde será realizado o ensaio, uma superfície plana e limpa.
Então o operador apoia a ponta do instrumento no ponto onde será realizado o
ensaio e o pressiona contra este ponto. Uma mola dentro do aparelho será
tensionada e quando o aparelho é pressionado até seu máximo a mola dispara um
chamado martelo que colide com a estrutura, neste momento ocorre o repique do
martelo. É medido então este repique e se relaciona graficamente a intensidade do
repique a resistência do concreto.

17)
Os cuidados devem ser:
Escolher o tipo de concreto relacionado ao tipo de acabamento que se
deseja, por exemplo se escolher um acabamento de superfície lisa deve se
selecionar o concreto CAA ou concretos mais fluidos.
Escolher as formas que apresentem maior estanqueidade para que evitem
a fuga do concreto, e também se escolher formas que não absorvam muita água.
Se atentar a relação água cimento, pois isso além de influir na resistência
também interfere na aparência, como esta relação pode deixar a superfície mais
ou menos porosa.
Aplicar a vibração corretamente para se remover as bolhas de ar. É
recomendado que o mangote que despeja o concreto fique afogado pois assim
ajuda a remover as bolhas na própria aplicação.
Utilizar o desmoldante correto, verificar se ele reage com o concreto.
E se realizar um processo de cura muito bem feito.

Você também pode gostar