Você está na página 1de 2

Os transformadores são usados frequentemente em aplicações de instrumentação para

compatibilizar os valores das tensões e correntes com as faixas de operação de um medidor ou de algum outro
instrumento. Por exemplo, a maioria da instrumentação para sistemas de potência de 60 Hz baseia-se em tensões
na faixa de 0-120 V eficazes e correntes
na faixa de 0-5 A eficazes. Como as tensões dos sistemas de potência alcançam 765 kV
de linha e as correntes podem alcançar dezenas de kA, é necessário algum método para
fornecer aos instrumentos uma representação exata e em níveis baixos desses sinais.
Uma técnica comum utiliza transformadores especializados, conhecidos como
transformadores de potencial ou TPs e transformadores de corrente ou TCs. Se construído com uma relação de
espiras de N1:N2, um transformador ideal de potencial
teria uma tensão de secundário igual ao valor de N2/N1 vezes a do primário e de mesma fase. Do mesmo modo,
um transformador ideal de corrente teria uma corrente de
saída no secundário igual a N1/N2 vezes a corrente de entrada do primário e novamente de mesma fase. Em
outras palavras, os transformadores de potencial e de corrente
(também referidos como transformadores de instrumentação) são projetados para, na
prática, funcionarem tão próximo quanto possível dos transformadores ideais.
O circuito equivalente da Fig. 2.22 mostra um transformador carregado com
uma impedância Zb = Rb + j Xb em seu secundário. Para as finalidades desta discussão, a resistência de perdas no
núcleo Rc foi desprezada. Se desejado, a análise apre

Três transformadores monofásicos de 50 kVA e 2400:240 V, idênticos ao do Exemplo 2.6,


são conectados em Y- em um banco trifásico de 150 kVA para baixar a tensão no lado da
carga de um alimentador cuja impedância é 0,15 + j1,00 /fase. A tensão no terminal de envio
do
alimentador é 4160 V de linha. No lado dos secundários, os transformadores suprem uma
carga trifásica equilibrada através de um outro alimentador cuja impedância é 0,0005 +
j0,0020 / fase. Encontre a tensão de linha na carga quando esta consome a corrente nominal
dos transformadores com um factor de potência de 0,80 atrasado.

Para a conexão dada, a tensão de linha nominal nos terminais de alta tensão do banco de transformadores trifásicos será
Assim, o banco de transformadores terá uma
relação de espiras nominal de 4160/240. Os cálculos podem ser feitos com base em uma única
fase referindo tudo ao lado de alta tensão, conectado em Y, do banco de transformadores. A
tensão no terminal de envio do alimentador é equivalente a uma fonte de tensão Vs de
Da especificação do transformador, a corrente nominal no lado de alta tensão é 20,8 A/
fase Y. A impedância de baixa tensão do alimentador, referida ao lado de alta tensão por meio
do quadrado da relação nominal de espiras, é

e a impedância combinada em série dos alimentadores de alta e baixa tensões, referida ao lado
de alta tensão, é assim
Z
alimentador,A = 0,30 + j1,60 /fase Y
Como o banco de transformadores no seu lado de alta tensão está conectado em Y, sua
impedância equivalente em série monofásica é igual à impedância em série monofásica de cada
transformador monofásico, quando referida ao seu lado de alta tensão. Essa impedância foi
originalmente calculada no Exemplo 2.4 como
Z
eq,A = 1,42 + j1,82 /fase Y
Devido à escolha dos valores selecionados para esse exemplo, o circuito equivalente
monofásico do sistema completo é idêntico ao do Exemplo 2.5, como pode ser visto de forma
específica na Fig. 2.14a. De fato, a solução com base em uma fase por vez é exatamente a
mesma do Exemplo 2.5, de onde a tensão de carga referida ao lado de alta tensão é 2329 V em
relação ao neutro. A tensão de fase real de carga pode ser calculada referindo esse valor ao lado
de baixa tensão do banco de transformadores como
que pode ser expresso como uma tensão de linha multiplicando por
Observe que essa tensão de linha é igual à tensão de fase da carga calculada no Exemplo
2.5 porque nesse caso os transformadores estão ligados em delta nos seus lados de baixa tensão
e, assim, a tensão de linha nos seus lados de baixa tensão é igual à tensão nos terminais de
baixa tensão dos transformadores.