Você está na página 1de 6

✍🏾 dedicação de seu amigo Pastor Tolentino

EBD BETEL
Lição 1 - Lucas e Evangelho

Professor, bem vindo ao 3º trimestre, lições muito ricas e abençoadas. Para iniciarmos o estudo
apresente o comentarista do trimestre, que será o Bispo Samuel Ferreira. Apresente também
os temas que estudaremos no trimestre. Um excelente e abençoado trimestre a todos!

Texto Áureo
"Para que conheças a certeza das coisas de que já estás informado." (Lc 1.4)

Verdade Aplicada
Em um tempo marcado pelo relativismo das "muitas verdades", não basta estarmos
informados, é preciso firmeza na certeza de que o plano de Deus é perfeito.

Objetivos da Lição
1 - Conhecer um pouco mais do autor do evangelho de Lucas;
2 - Revelar acerca das origens e propósitos do evangelho de Lucas;

3 - Mostrar as características gerais do evangelho de Lucas

Motivo de Oração
Ore para que Deus levante pessoas para o trabalho da tradução da Bíblia para outras línguas;

Lucas 1.1-4
1 - Tendo, pois, muitos empreendido pôr em ordem a narração dos fatos que entre nós se
cumpriram,
2 - Segundo nos transmitiram os mesmos que os presenciaram desde o princípio e foram
ministros da palavra,
3 - Pareceu-me também a mim conveniente descrevê-los a ti, ó excelentíssimo Teófilo, por sua
ordem, havendo-me já informado minuciosamente de tudo desde o princípio,

4 - Para que conheças a certeza das coisas de que já estás informado

INTRODUÇÃO
Neste trimestre, estudaremos aspectos importantes do evangelho de Lucas, uma obra literária
digna de confiança, cheia de beleza e repleta de ensinos. Nesta lição, trataremos do autor e da
obra em si.

1. A PESSOA DE LUCAS
[...]Embora o nome Lucas no grego seja "Loukãs", na verdade, este nome é de origem latina e
trata-se de uma contração do nome Lucanus. Seu significado é “que dá luz”

1.1 Lucas o Autor.


Amados, sobre o autor, alem das claras explicações do comentarista, é importante enfatizar
que Lucas não foi um dos doze apóstolos de Jesus, portanto não era uma testemunha ocular
dos fatos, como foi o caso de João e Mateus. Seus escritos foi o resultado de um excelente
trabalho de pesquisa, coleta de informações e organização das mesmas, que posteriormente
foram organizadas em ordem cronológicas.
Obs.(informações básicas são importantes, pois, sempre há novos convertidos entre nós)
Lucas é uma pessoa discreta no Novo Testamento, sendo citado três vezes, porém somente
nos escritos paulinos (Cl 4.14; Fm 24; 2Tm 4.11). Embora seu nome não apareça no
evangelho, a autoria de Lucas desta obra não deixa dúvidas.
Segundo o Comentário Bíblico de Moody: "A íntima relação entre o Evangelho e o livro de Atos
mostra que as duas obras têm o mesmo autor, e sejam quais forem as pistas que identifiquem
o autor de uma aplicam-se à interpretação da outra. Os dois livros foram endereçados ao
mesmo homem, Teófilo (Lc 1.3; At 1.1).[...].(Revista do professor)

Vejam quadro abaixo, tente reproduzi-lo em sua aula, é uma síntese do evangelho de Lucas e
Atos dos apóstolos:

1.2 Lucas um Grande Colaborador.


Três atribuições são encontradas nas palavras do apóstolo Paulo acerca de Lucas, seu
colaborador. Primeiro, ele o vê como médico amado (Cl 4.14), depois aponta-o como
colaborador (Fm 24), e, por último, como uma pessoa de grande solidariedade (2Tm 4.11).
No livro de Atos, Lucas chega a participar de acontecimentos que ele mesmo descreve,
deixando de ser um mero ouvinte de relatos para ser um dos protagonistas da própria narrativa.
Isso pode ser visto nas vezes em que ele usa o pronome pessoal “nós”, indicando ser um
protagonista dos relatos, como na volta de Paulo para a Ásia (At 20.13), na viagem de volta a
Jerusalém (At 21.7) e na viagem de navio de Paulo a Roma (At 27.2). Sua ênfase recai na
atuação do Espírito Santo tanto na vida e ministério de Jesus como nas obras que os
discípulos desenvolveram nos primeiros anos da Igreja, chegando a mostrar Paulo antes de
seu martírio. (Lições CPAD » Jovens 2018 » 4º Trimestre)

Só Lucas está comigo. Toma Marcos, e traze-o contigo, porque me é muito útil para o
ministério.(2 Tm 4:11)

1.3 Lucas um Grande Escritor.


Sem dúvida as obras de Lucas, que são o seu evangelho e o livro de Atos, atestam a sua
qualidade de escritor. Não é à toa que o evangelho de Lucas se tornou aceito e popularizado
em toda a Igreja Primitiva. O autor não era judeu e não pertenceu ao grupo dos doze apóstolos.
Era um homem culto, de origem pagã, muito provavelmente de Antioquia da Síria.
A produção literária de Lucas. Lucas é o autor que descreve a vida de Jesus de forma mais
ampla em seu primeiro livro, o Evangelho de Lucas, e que por meio de um segundo livro, Atos
dos Apóstolos, mostra a forma com que os discípulos de Jesus deram prosseguimento às
obras do Mestre. Por ser médico, relata com detalhes certas doenças e registra suas curas,
como nos casos da sogra de Pedro (Lc 4.37-39), do homem que tinha uma das mãos mirrada
(Lc 6.6-11) e do servo do centurião (Lc 7.1-10). Por ser gentio, apresenta Jesus falando do
reino de Deus a pessoas que a sociedade judaica não prezava, como Zaqueu (Lc 19), e
recebendo crianças para abençoar (Lc 18.15-17). Sua narrativa se inicia com os relatos de
antes mesmo do nascimento de Jesus Cristo. No seu Evangelho, vemos um farto material de
parábolas, histórias que Jesus contou para ilustrar verdades do Reino de Deus, como também
um relato a respeito das aparições de Jesus ressurreto aos seus discípulos. Em Atos, Lucas dá
prosseguimento à narrativa evangélica, desta vez mostrando o que os discípulos de Cristo
fizeram após o Senhor retornar aos céus. (Lições CPAD » Jovens 2018 » 4º Trimestre)

2. ORIGEM E PROPÓSITO DO EVANGELHO


As questões que se seguem são apresentadas no tocante ao evangelho
de Lucas.
Etimologia. A origem é o Grego EVANGELION, “boa nova, boa notícia”, de EU/EV-, “bom,
agradável”, mais ANGELLEIN, “anunciar, contar”, de ANGELOS, “mensageiro”.

2.1 Data e Local.


O evangelho de Lucas foi escrito depois do de Marcos e Mateus. Não há consenso entre os
comentaristas quanto à data, havendo diversas opiniões. Uma delas é que provavelmente
tenha sido escrito entre 62 e 64 d.C, considerando que Atos termina com o apóstolo Paulo
ainda vivo. Mas quanto ao local onde Lucas escreveu a sua obra, há três possíveis lugares:
Antioquia da Síria, Roma ou Acaia. Porém, não há nada que prove acerca de quando e onde o
evangelho de Lucas foi escrito.

2.2 Destinatário.
Tanto o evangelho de Lucas quanto o livro de Atos dos Apóstolos se destinam ao
"excelentíssimo Teófilo" (Lc 1.3; At 1.1). Teófilo significa "amigo de Deus".
"pareceu-me também a mim conveniente descrevê-los a ti, ó excelentíssimo Teófilo, por sua
ordem, havendo-me já informado minuciosamente de tudo desde o princípio." (Lucas 1.3)
"Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus começou, não só a fazer, mas a
ensinar," (Atos 1.1)
Esses dois documentos, o Evangelho de Lucas e os Atos dos Apóstolos, foram dirigidos
inicialmente a um homem chamado Teófilo, possivelmente um convertido interessado na
história de Jesus e dos apóstolos e que possivelmente financiou o projeto literário de Lucas.
(Lições CPAD Jovens e Adultos » 2018 » 4º Trim)

2.3 O Propósito.
O evangelho de Lucas em seu conteúdo cumpre a vários propósitos de modo simultâneo, mas
o principal deles é encontrado no prólogo do mesmo. Trata-se de uma descrição
pormenorizada da obra da salvação[...].
“Lucas descreveu como o Filho de Deus entrou na História. Jesus viveu de forma exemplar, foi
o Homem Perfeito. Depois de um ministério perfeito, Ele se entregou como sacrifício perfeito
pelos nossos pecados, para que pudéssemos ser salvos.

Jesus é o nosso Líder e Salvador perfeito. Ele oferece perdão a todos aqueles que o aceitam
como Senhor de suas vidas e creem que aquilo que Ele diz é a verdade” (Bíblia de Estudo
Aplicação Pessoal. RJ: CPAD, p.1337).

3. Características do Evangelho de Lucas


São consideradas duas vindas de Cristo: a primeira, no Seu ministério

terreno, no qual Ele se fez carne (Jo 1.14), e a segunda acontecerá em duas partes (veja
quadro abaixo no topico 3.1):

3.1 Contexto Histórico Inicial do Evangelho.


O contexto histórico apresentado pelo autor inicia-se no tempo de Herodes, o Grande, e os
fatos começam com a história de Zacarias, sacerdote do Senhor. Zacarias recebe uma
mensagem de um anjo que sua esposa Isabel teria um filho. Fato notável, visto que ambos
eram avançados em idade (Lc 1.5-7). Também, Maria, uma jovem núbil, recebeu a visita do
anjo Gabriel (Lc 1.26), anunciando-lhe o nascimento do Salvador.Ambos os bebês nascem e
são motivo de grande alegria e esperança para o mundo.
A teologia cristã destaca que Lucas divide a história da salvação em três estágios: o tempo do
Antigo Testamento; o tempo de Jesus e o tempo da Igreja. O terceiro Evangelho registra as
duas primeiras etapas e o livro de Atos, a terceira (Lc 16.16). No contexto de Lucas a
expressão a “Lei e os Profetas” é uma referência ao Antigo Testamento, onde é narrado o
plano de Deus para o povo de Israel. A frase “anunciado o Reino de Deus” se refere ao tempo
de Jesus que, através do Espírito Santo, realiza e manifesta o Reino de Deus. O tempo da
Igreja ocorre quando o Espírito Santo, que estava sobre Jesus, é derramado sobre todos os
crentes.
(Lições CPAD Jovens » 2015 » 2º Trimestre)
3.2 Como Lucas Apresenta Jesus.
Logo de início a pessoa central do evangelho é apresentada. Seu nome é Jesus, mas também
será chamado de filho do Altíssimo e reinará eternamente na casa de Jacó e o Seu reino não
terá fim (Lc 1.31-33) [...].O Senhor Jesus é identificado como o homem perfeito, o que tem a
ver com o ideal grego, o público alvo de Lucas.
Jesus, o homem perfeito. No Evangelho de Lucas, Jesus aparece como o “Filho de Deus” (Lc
1.35) e “Filho do Homem” (Lc 5.24). São expressões messiânicas que revelam a deidade de
Jesus. A primeira expressão mostra Jesus como verdadeiro Deus enquanto a segunda, que
ocorre 25 vezes no terceiro Evangelho, mostra-o como verdadeiro homem. Ele é o Filho do
Homem, o Homem Perfeito. Ao usar o título “Filho do Homem” para si mesmo, Jesus evita ser
confundido com o Messias político esperado pelos judeus. Como Homem Perfeito, Jesus era
obediente a seus pais. Todavia, estava consciente de sua natureza divina (Lc 2.4-52). É como
o Homem Perfeito que Jesus enfrenta, e derrota, Satanás na tentação do deserto (Lc 4.1-13)
3.3 Características Especiais.
Segundo o Pr.Ezequias Soares, os três primeiros evangelhos, também chamados de sinóticos.
Este nome vem de duas palavras gregas: Syn que significa “com” e opsis que significa
“ótica,visão”.A palavra sinótico quer dizer “visão conjunta”.
Embora os três primeiros evangelhos sejam sinóticos, o evangelho de Lucas possuem algumas
peculiaridades que vale a pena ressaltarmos.
Laurence E. Porter comentou sobre algumas "características que de forma especial dão ao
terceiro evangelho sua própria individualidade:
1) Ele é o evangelho universal (o próprio autor, Lucas, é um gentio);
2)É o evangelho da alegria (vide os cânticos nos dois primeiros capítulos);
3)É o evangelho dos marginalizados e desprezados;
4) É o evangelho das mulheres;
5) É o evangelho do sobrenatural;
6) É por excelência o evangelho da oração".
Acrescenta-se, ainda, o comentário de Roger Stronstad sobre outra relevante característica:
"Em comparação com os outros evangelhos sinóticos, Lucas fornece as mais numerosas
referências ao Espírito Santo: Marcos tem seis referências.Mateus tem doze referências, e
Lucas

tem dezesseis referências".(Revista do professor)

CONCLUSÃO
A obra de Lucas está entre os mais importantes escritos do mundo. É leitura obrigatória não só
para os cristãos em geral, mas também para eruditos. Através deste livro, compreendemos
porque os cristãos se proliferaram no mundo: o amor sacrifical de Jesus e a ênfase na pessoa
do Espírito Santo.

QUESTIONÁRIO

1. Quantas vezes Lucas é citado nos escritos paulinos ?


R.: Três vezes (Cl 4.14; Fm 24; 2Tm 4,11).

2. Como Lucas era visto por Paulo ?


R.: Como médico amado (Cl 4.14).

3. Quem é o destinatário do evangelho de Lucas ?


R.: Teofólo (Lc 1.3).

4. Quem é a pessoa central do evangelho de Lucas ?


R.: Jesus (Lc 1.31-33; 2.11).

5. Qual talvez seja a declaração mais incisiva acerca da missão de Jesus ?


R.: "Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido" (Lc 19.10).

BIBLIOGRAFIA
[1] Bíblia de Estudo Cronológica Aplicação Pessoal - CPAD - ARC
Biblia de estudo pentecostal, Almeida revista e corrigida, Rio de Janeiro, CPAD
Bíblia do Culto - Editora Betel
Revista EBD Betel Dominical Professor - 3 trimestre 2019, ano 29, número 112 - Editora Betel
Presb. Gérson Tomé

✍🏾Ministração, dedicação e tempo de seu amigo Pastor Tolentino