Você está na página 1de 27

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE


ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS
Disciplina: Fundamentos do Voleibol

História do Voleibol
 ORIGEM:
O voleibol foi criado no ano de 1895, por William G. Morgan, então Diretor de
Educação Física da A.C.M. de Holyoke, Massachusetts – EUA. O nome original da
modalidade, por razões desconhecidas, era Minonette.
Morgan se inspira no tênis e cria um esporte voltado para homens de idade
avançada, que procuravam praticar atividades físicas após a jornada de trabalho. A
intenção era proporcionar uma atividade menos fatigante e extenuante que o
basquetebol, e sem contato físico entre os jogadores, diminuindo as chances de lesões
quando comparado ao basquete. Algumas literaturas indicam que grande parte dos
alunos de Morgan eram homens de negócios.

 REDE E BOLA:
Inicialmente, foi utilizada uma rede semelhante à de tênis, fixada a uma altura de
1,98m do solo, sobre a qual uma câmara de bola de basquetebol devia ser enviada de um
lado da quadra ao outro. No entanto, a câmara da bola de basquete, por si só, era muito
leve, não dando dinamismo ao jogo, e a bola completa era muito pesada, machucando as
mãos dos jogadores.
Morgan, para contornar o problema, solicitou à empresa A.G. Spalding &
Brothers, especializada em produzir bolas para vários esportes (principalmente o
basquete), a fabricação de uma bola que atendesse às suas necessidades e, após vários
testes, em 1900, a referida firma acabou satisfazendo as necessidades de Morgan.

 POPULARIDADE DO JOGO:
A princípio, o jogo não despertou grande interesse da população local, ficando
restrito ao ginásio onde Morgan era Diretor e perdendo em popularidade para o
basquetebol.

1
Essa perspectiva muda a partir do momento em que o jogo é demonstrado numa
conferência de Diretores de Educação Física na Universidade de Springfield, em 1896,
o que acaba por difundir a modalidade pelos Estados Unidos. Nessa mesma conferência,
outro americano, Alfred T. Halstead, propôs Volleyball como um nome mais apropriado
para o esporte.

 PRIMEIRAS PUBLICAÇÕES ACADÊMICAS:


O primeiro artigo sobre o jogo foi publicado na Physical Education por J.Y.
Cameron, um ano após sua criação, em julho de 1896, tendo como base os registros da
apresentação na conferência supracitada. Neste artigo, buscou fazer um apanhado de
como a modalidade era jogada em seus principais polos difusores, ou seja, nas A.C.M.
e, posteriormente, na Universidade de Springfield. Resumidamente, relatou o seguinte:
1. É um jogo possível de se praticar tanto em quadras cobertas, quanto ao ar
livre.
2. Número indefinido de pessoas em quadra, desde que seja igual a
quantidade de jogadores em cada equipe e que este número não
ultrapasse 23/25 (Para a demonstração, foram colocados apenas 5
jogadores de cada lado).
3. O objetivo era não deixar a bola cair, passando-a a quadra adversária por
sobre a rede utilizando-se de um número indefinido de toques pela
equipe.
4. Não havia nenhum limite quanto ao número de contatos com a bola
permitidos para cada time, antes de mandar a bola para a quadra do
oponente.
5. O set era chamado de Game e os pontos chamavam-se Innings. O jogo
consistia de 1 Game de 9 innings.
6. A quadra media, aproximadamente, 7 metros de largura por 15 metros de
comprimento.
7. A rede possuía 0,61m de largura por 8 metros de comprimento,
aproximadamente, e era erguida a uma altura de 1,98 metros.
8. A bola era feita de câmara de borracha coberta de couro ou lona. Possuía
uma circunferência de 63,5cm a 68,5cm e pesava de 252 a 340g.

2
9. O sacador deveria estar com o pé sobre a linha de fundo no momento do
saque.
10. Se a bola tocasse qualquer objeto fora da quadra e retornasse à mesma,
era considerada bola em jogo.
11. Em caso de um erro de saque, uma segunda tentativa é permitida. Eram
permitidos três saques para cada time de cada vez.
12. O Escore: Cada saque bom não devolvido, ou bola em jogo não
devolvida pelo receptor era considerado ponto para o lado sacador. A
Vantagem: Uma equipe só marcava ponto quando estava com o saque.
Uma falha na devolução da bola resultaria apenas na perda do saque.
13. Era proibido segurar a bola ou tocar na rede.
14. Uma bola nas linhas ou que batesse na rede, excetuando-se a ocasião do
primeiro saque, era considerada morta (fora).

 DIFUSÃO DO VOLEIBOL:
Após sair dos limites de Massachusetts, considerado um Estado frio demais para a
prática outdoor, aqueles que praticavam a modalidade em recintos fechados em outros
estados começaram a estendê-la aos locais abertos, o que proporcionou um enorme
aumento de sua popularidade. Foram construídas quadras em praias, estações de
veraneio, playgrounds e praças, o que atraiu principalmente o interesse dos jovens para
a modalidade, aparecendo, assim, uma nova maneira de praticar o novo esporte. Além
desses, escolas e universidades tomaram conhecimento da modalidade e construíram
quadras.

 PRINCIPAIS DATAS:

1900
O Canadá é o primeiro país fora das fronteiras norte-americanas a adotar o
voleibol como jogo recreativo, através da divulgação e perpetuação promovida pelas
A.C.M.s. pelo mundo. Nessa década, a altura da rede passa a ser de 2,13m; os games
passam a ser de 21 pontos; a bola na linha era considerada boa; e a bola tocando um
objeto fora da quadra era considerada fora. Além disso, como já citado, nesse ano o
voleibol ganha uma bola própria.
3
1908
Franklin H. Brown leva o voleibol vai para o continente asiático e começa a ser
praticado no Japão.

1910
A modalidade chega ao Peru, primeiro país da América do Sul a pratica-la.
Elwood S. Brown introduz o voleibol nas Filipinas. Dr. J. Howard Croker introduz o
voleibol na China.

1912
Ocorre a difusão do voleibol pelas Américas, principalmente através da
apresentação e incentivo promovido pela A.C.M. de Montevidéu, no Uruguai. O esporte
sai dos recintos fechados e começa a aparecer em quadras nas praias, playgrounds e
praças, aumentando sua popularidade entre os jovens. Uma Comissão Especial de
Membros das A.C.M.s estabelece novas regras, entre elas:
 A nova altura da rede passa a ser de 2,28m;
 Os games passam a ser de 15 pontos
 O rodízio antes de cada saque é introduzido;
 O tamanho da quadra mudou para 18 X 10,5 metros.
 Tamanho e peso da bola foram estabelecidos:
 - circunferência: 64 cm;
 - peso: 200 a 225 gramas.
 O número de jogadores para cada time passa a ser no máximo 6.

1915
Segundo algumas literaturas, este é o ano em que o vôlei surge no Brasil. Há
controvérsias se foi no Colégio Marista de Recife na data supracitada, ou se foi na
A.C.M. de São Paulo, entre 1916 e 1917. Há também registros de uma forma um tanto
peculiar de divulgação da modalidade: Os soldados norte-americanos, durante a
Primeira Guerra Mundial, praticavam o voleibol nas horas de descanso, inclusive
contando com a participação de soldados de países rivais.
Ocorrem algumas mudanças nas regras, dentre as quais:

4
 O número de jogadores em quadra tornou-se novamente variável, podendo ser
algo entre 2 a 6 jogadores em cada time;
 Tempo técnico oficial foi introduzido.
 O time que perder o set tem o direito de começar servindo no próximo set.

1916
Os veteranos e os mais identificados com o novo esporte escrevem o primeiro
livro de regras, padronizando o jogo e estabelecendo o esporte. A partir desse ano, as
regras começam a ser alteradas com mais frequência, tentando tornar o jogo mais
agradável e atrativo. Ao longo do tempo, essas regras vão delineando um voleibol mais
próximo daquele que hoje conhecemos.
1. Para ganhar a partida, um dos times deveria ganhar dois dos três sets.
2. A bola podia ser tocada até com os pés dos jogadores (involuntariamente).
3. Toque duplo é proibido para o mesmo jogador.

1917
A altura da rede passou a ser de 2,43 metros para homens adultos.
A pontuação de um set caiu de 21 pontos para 15 pontos.

1918
O número de jogadores por time se convencionou 6 definitivamente.

1920
A bola poderia ser jogada com qualquer parte do corpo acima da cintura.
O tamanho da quadra passou a ser de 18 x 9 metros.

1921
É introduzida a linha central.

1922
Ocorre o Primeiro Campeonato Nacional de Voleibol nos EUA, realizado na
Central de Brooklin da YMCA e promovido pelas A.C.M.s

5
O número de quadras no país existentes teve de ser aumentado, para satisfazer o
crescimento da quantidade de jogadores. Como consequência do aumento da
popularidade e do número de praticantes, a primeira associação de Voleibol e
Basquetebol é criada na Tchecoslováquia.
Nas regras:
 A regra de “três toques na bola por time” foi introduzida.
 Não era permitido que jogadores de fundo cortassem.
 A “falta dupla” foi adicionada a regra.
 Mudanças no sistema de pontuação (em caso de 14-14) para ganhar um set
deveria ser por 2 pontos de vantagem.
 Dois intervalos por set e por time foram introduzidos.

1923
É promovido pelo Fluminense Futebol Clube o Primeiro Torneio Aberto de
Clubes, aos filiados a então Liga Metropolitana de Desportos Terrestres, dando um
grande passo para a difusão do voleibol.
Nas regras:
• Doze substituições permitidas a cada time por set.
• Os uniformes dos jogadores deveriam ser numerados.
• Se um jogador de um time tocasse a quadra do time adversário durante o rally
era falta.
• Altura mínima do teto foi modificada para 4,5 metros.

1926
Um time reduzido a menos de seis jogadores seria derrotado automaticamente.

1928
A Associação Americana de Voleibol foi criada.

1929
O voleibol masculino foi incluído nos 22º Jogos da América Central e do Caribe
em Havana, Cuba.

6
1931
As mulheres “invadem” o voleibol (ver tópico específico, p.24).

1932
O tempo técnico foi limitado a 1 minuto.

1933
O voleibol feminino foi incluído nos Jogos da América Central e do Caribe, em
San Salvador.

1934
O primeiro Comitê Internacional de Voleibol foi criado sob supervisão da
Federação de Handebol.

1935
Cruzes eram marcadas no chão para determinar a posição de cada jogador.
Tocar a rede era considerado falta.
Uma regra importante envolvendo atacantes: era proibido pisar fora da quadra
enquanto a bola estivesse em jogo no lado de ataque (Era comum para atacantes esperar
por um passe para correr de longe e, então, dar um pulo com um pé).

1937
Contato múltiplo com a bola era permitido em defesa de uma cortada
particularmente violenta.

1938
Há a introdução do Bloqueio, até então proibido.
É criada a Federação Carioca de Voleibol, atual Federação de Volley-Ball do
Rio de Janeiro.

1939
Notícias das frentes de combate da Segunda Guerra Mundial relatam que, tão
logo as Forças Armadas tomavam posse de uma terra, o voleibol era praticado pelas

7
tropas, também nos momentos de descanso, atribuindo aos soldados norte-americanos
uma grande contribuição para a popularização do esporte.

1941
Em vários países, experimentos foram feitos com um sistema de jogo com
tempo, que consistia na determinação de dois tempos de 20 minutos por set, com um
tempo extra em caso de empate. Porém, depois de inúmeras e longas tentativas, os
experimentos foram abandonados, mas usados novamente nos EUA no fim da segunda
guerra mundial.

1942
Morre, aos 72 anos de idade, o criador do voleibol, William George Morgan.
Além disso, partir dessa data, a bola poderá ser tocada com qualquer parte do corpo
acima do joelho.

1944
Ocorre o Primeiro Campeonato Brasileiro de Voleibol, contando com a
participação tanto de equipes masculinas, como de femininas, sagrando-se vencedoras
as equipes de Minas Gerais, no feminino e a de São Paulo, no masculino.

1945
Os primeiros selos de postagem sobre voleibol foram emitidos na Romênia.

1947
É fundada a FIVB (Fédération Internationale de Volleyball), em Paris. No
mesmo ano, aconteceu o primeiro Congresso da FIVB, que elegeu seu primeiro
presidente, o Francês Sr. Paul Libaud, que terminou sua função em 1984.
Nas regras:
• Somente jogadores da fileira da frente podiam trocar de posição para terem
direito ao bloqueio e ao corte.
• Altura da rede para o volei feminino é definida: 2,24 metros.

1948

8
O primeiro Campeonato Europeu Masculino é realizado na Itália (24-26 de
Setembro).
As regras são reescritas para facilitar a compreensão internacional e, em particular,
para prover uma melhor definição quanto à ideia de bloqueio.
• Foi esclarecido que todo jogador deve estar em seu respectivo lugar durante o
serviço.
• Pontuação marcada por um sacador errado (Falta de Rotação) deve ser anulada.
• Contato simultâneo entre dois jogadores é considerado um contato.
• Tempo de recuperação para jogador ferido é de 5 min.

1949
Ocorre o Primeiro Campeonato Mundial Masculino de Voleibol, na
Tchecoslováquia, tendo dez times participantes. A campeã é a Ex-URSS.
Nesse Campeonato, pela primeira vez, um levantador infiltrou da zona de fundo
em direção à zona linha de frente de três jogadores, introduzindo os sistemas com
infiltração.
O COI adota o voleibol como um esporte não olímpico.

1951
Realizado o primeiro campeonato sul-americano de voleibol, no ginásio do
Fluminense Futebol Clube, na cidade do Rio de Janeiro. O Brasil tornou-se campeão
masculino e feminino.
Nas regras:

• Dois toques são proibidos na mesma ação.


• As mãos podem ultrapassar a rede somente depois de um bloqueio contra um
ataque do adversário.

1952
O primeiro Campeonato Mundial Feminino é realizado em Moscou, sendo a
URSS a campeã. Nas regras:
• O espaço de jogo deve medir no mínimo 7 metros de altura em relação à
superfície de jogo.

9
• A quadra é rodeada por um espaço livre que deve medir no mínimo 2 metros de
largura em todos os lados.
• Todas as linhas da quadra devem ter 5 cm de largura.
• A zona de serviço deve ter três metros de largura atrás da parte da direita da
linha de fundo, é limitada por duas linhas cada uma medindo 15 cm de
comprimento 20 cm atrás da linha de fundo e perpendicular a ela.
• A rede tem 1 metro de largura e 9,5 metros de comprimento.
• As faixas laterais possuem 5 cm de largura e 1 m de comprimento e são fixadas
verticalmente em relação a rede, e colocadas acima de cada linha lateral. São
consideradas parte da rede.
• Delimitação do quadro de arbitragem nas partidas (primeiro árbitro, segundo
árbitro, apontador e juízes de linha).
• Delimitação do técnico e do capitão do time e de seus direitos e suas
responsabilidades.
• Cada time tem o direito de requerer dois tempos técnicos regulares de 60
segundos em cada set.

1954
É criada a CBV (Confederação Brasileira de Voleibol).

1955
O voleibol entra na programação dos segundo Jogos Pan Americanos na cidade
do México.
Masayoshi Nishikawa e Yutaka Maeda do Japão criam a Confederação Asiática.

1956
Os Campeonatos Mundiais Masculino e Feminino foram realizados juntos pela
primeira vez em Paris, com 24 times masculinos e 17 times femininos.
É criado o Voleibol Sentado, por iniciativa dos combatentes sobreviventes da
Segunda Guerra que voltaram para seus países com alguma lesão/amputação.
Basicamente, consiste no Voleibol de quadra adaptado às limitações das pessoas com
deficiência.

1957

10
Em Sofia, o COI admite o voleibol como um dos esportes na programação dos
Jogos Olímpicos, e também reconhece a FIVB como a única autoridade do voleibol
mundial.

1961
Reuniões em Atenas do COI e do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos do
Japão adicionaram o voleibol aos Jogos Olímpicos a serem realizados em Tóquio em
1964.

1964
A primeira competição Olímpica de Voleibol é jogada nos Jogos Olímpicos de
Tóquio, com 10 países participantes. A Ex-URSS saí novamente como vitoriosa. O
Brasil, que esteve entre os dez participantes, ficou com a 7º colocação.

1970
Introdução das antenas: Duas antenas são fixadas a 25 cm da extremidade
externa de cada lado da faixa e colocadas em lados opostos da rede. São consideradas
como parte da rede e delimitam lateralmente o espaço de cruzamento.

1971
Os cursos de técnico da FIVB são criados, sendo o primeiro curso intencional
organizado pela associação de voleibol japonesa, sob supervisão do Sr. Yutaka Maeda e
do Dr. Hiroshi Toyoda.

1972
Invasão da linha central: Tocar a quadra adversária com um pé ou pés é
permitido contanto que uma parte do pé/pés que esteja/estejam invadindo permaneça em
contato com ou diretamente acima da linha central.

1973
A primeira Copa do Mundo Feminina foi realizada no Uruguai. Nas regras:
• O bloqueio é válido se a bola tocar em mais de um jogador.
• O time tem direito a três toques para que a bola retorne após um bloqueio.
11
1974
As antenas são retiradas.
Campeonatos Mundiais Masculinos e Femininos são transmitidos ao vivo pela
TV do México ao Japão e para muitos outros países pela primeira vez.

1983
Grande Desafio de Vôlei – Brasil X URSS (MARACANÃ).
O jogo de voleibol com maior público da História foi entre as seleções
masculinas de Brasil e União Soviética, realizado em 26 de julho de 1983. O Grande
Desafio de Vôlei foi disputado numa quadra montada no gramado do estádio do
Maracanã (Rio de Janeiro) e teve 95 mil espectadores. O Brasil venceu a partida por 3
sets a 1.

1984
A seleção brasileira masculina de vôlei conquista medalha de prata nos Jogos
Olímpicos de Los Angeles. Após os Jogos, ficou proibido o bloqueio do saque e o
ataque do saque (quando realizados na zona de ataque) e foram permitidos contatos
múltiplos numa mesma ação.
Durante os Jogos Olímpicos, alguns atletas brasileiros atraíram as atenções pela
habilidade do saque com salto. A ideia não era nova, pois foi usada no Campeonato
Mundial da Argentina, em 1982, sem resultados objetivos.
Em 15 de dezembro, a sede da FIVB foi deslocada de Paris para um escritório
temporário em Lausanne, Suiça.
As competições oficiais passam a ser jogadas somente em ginásios fechados
(Decisão após o jogo amistoso entre Brasil e URSS, no Maracanã).

1986
No Brasil, o Vôlei de Praia também se torna muito popular, tomando conta das
areias do Rio de Janeiro e de cidades do Nordeste do país. Em 1986, as areias brasileiras
sediaram o primeiro torneio-exibição internacional com chancela da Federação
Internacional de Vôlei (FIVB).

12
Muitos jogadores da quadra migraram para a areia após a oficialização do vôlei
de praia como esporte pela FIVB, nesse mesmo ano.

1987
Aconteceu em Ipanema o primeiro campeonato mundial de Vôlei de Praia,
vencido por Sinjin Smith e Randy Stoklos (EUA), a dupla brasileira Renan e Montanaro
terminou em terceiro lugar.

1988
O Congresso Mundial aprovou que o 5º set decisivo seja disputado no sistema
de pontos por rali, no qual cada saque corresponde a um ponto (fim do sistema de
vantagem apenas para o 5º set). O placar do set decisivo foi limitado a 17 pontos, com
um ponto de diferença. Essa medida seria modificada em 1992.
A partir dos Jogos Olímpicos, uma nova regra impediu a interrupção do jogo
para que se pudesse secar a quadra. Os times passaram a entrar com toalhinhas presas na
parte de trás do calção, usadas sempre que o suor molhasse o piso.
A FIVB impôs uniformes para as equipes femininas, o que gerou uma série de
problemas com o descumprimento dessa obrigação por parte da maioria das Federações.
Somente a equipe de Cuba fez uso desse uniforme. No Brasil, a Federação de Voleibol
do Estado do Rio de Janeiro (FVERJ) oficializou a bola da marca Penalty.

1990
A primeira Liga Mundial é organizada com oito países e US$1 milhão de
prêmio.

1992
A seleção brasileira masculina de vôlei conquista medalha de ouro nos Jogos
Olímpicos de Barcelona.
Após os Jogos, a regra do 5º set (tie-break) foi modificada. Nos empates em 16-
16, o jogo continua até que uma das equipes consiga uma vantagem de dois pontos.
Motivo: o jogo Itália e Holanda, no 5o set, foi encerrado com a vitória da Holanda por
17×16; em seguida, houve protestos dos italianos e a consequente mudança da regra.

13
1993
O primeiro Grand Prix Mundial Feminino, com prêmio de US$1 milhão e
participação de 8 países, foi realizado em 8 cidades asiáticas.
O Brasil é campeão da Liga Mundial.
Nas regras:
É introduzido o prolongamento das linhas de ataque.

1994
A seleção brasileira feminina de vôlei conquista seu primeiro Grand Prix (versão
feminina da Liga Mundial de Vôlei Masculino).
Nas regras:
Foi testada a ampliação da zona de saque para 9 metros, a fim de facilitar o
saque do sacador de qualquer posição.
Foi eliminada a falta dos dois toques na recepção da bola vinda da quadra
oponente.
Permitiu-se tocar na rede acidentalmente quando o jogador em questão não
participa da jogada.
Foi permitido tocar a bola voluntariamente com qualquer parte do corpo,
inclusive pernas e pés.

1994/1995
Depois de seis edições da Liga Nacional, entrou em cena a primeira Superliga.
No total, 22 times disputaram o troféu: 12 no masculino e 10 no feminino. Entre as
mulheres, o título ficou com o Leite Moça, de Sorocaba (SP), equipe que contava com
Ana Moser, Ana Paula e Fernanda Venturini. No masculino, a vitória foi da
Frangosul/Ginástica, de Novo Hamburgo (RS), liderada pelo campeão olímpico Carlão.

1995
O voleibol faz aniversário de 100 anos e para celebrar é feito um calendário para
toda a família de voleibol mundial: “100 anos de voleibol em 100 dias”.
Nas regras:
A partir desta data, também, a bola passa a poder ser tocada por qualquer parte
do corpo, inclusive os pés, exceto no saque.
14
Começa-se a testar o prolongamento das linhas de ataque, com faixas tracejadas
em 1,75m.
Foi permitida a invasão da linha central com as mãos.
Foi ampliada definitivamente a zona de saque, que passa a corresponder à
largura total da quadra (9m).
Cartões de indisciplina passam a ser cumulativos e em escala de progressão.
A bola que passa por cima ou por fora das antenas (fora do espaço de
cruzamento) em direção à área livre da equipe adversária pode ser recuperada.
No saque, foi permitido que a bola tocasse a rede.
Não existem registros exatos sobre a interferência da mídia no voleibol
brasileiro, mas em 1995 foram criados dois tempos comerciais para TV: no 8° e 16°
pontos. Em 2000, outro fato sólido para que o vôlei tivesse uma maior audiência foi a
adoção do novo sistema de pontos, o Rally-Point System, deixando o sistema de
vantagem para trás.
Tem início as experiências com o sétimo jogador, o líbero, um jogador especial,
diferenciado pelo uniforme, com características exclusivas de defesa e recepção, cujas
trocas sucessivas não são computadas à equipe.

1996
A seleção brasileira feminina conquista a primeira medalha Olímpica em
Atlanta, ficando em 3º lugar. Em segundo ficou a China e em primeiro, Cuba. O
masculino terminou os Jogos em 5º lugar.
Após o merecido reconhecimento, o Volei de Praia é introduzido nas Olimpíadas
e a dupla feminina Jaqueline e Sandra conquista o ouro sobre outra dupla brasileira
(Monica e Adriana), tendo no pódio uma dobradinha canarinha.
A figura do líbero foi introduzida experimentalmente no Grand Prix feminino
logo após a Olimpíada de Atlanta.

1997
O primeiro Campeonato Mundial de Voleibol de Praia foi sediado em Los
Angeles EUA, com prêmio em dinheiro de U$600,000. A Liga Mundial aumentou o
prêmio em dinheiro para U$ 8 milhões.

15
Mais testes com o jogador líbero foram feitos, dessa vez num campeonato
masculino.

1998
Copa do Mundo: o time feminino de Cuba torna-se campeão da Copa do Mundo
pela quarta vez e o time masculino da Rússia obtém o primeiro importante título
mundial sob sua nova bandeira.
Começa a ser testada a adoção do rally-point system em todos os sets, com 25
pontos nos quatro primeiros e 15 pontos no tie-break. Esses testes durariam dois anos.
Após longos testes, foi aprovado e introduzido oficialmente o jogador líbero nos
campeonatos da FIVB, com o propósito de permitir disputas mais longas de pontos e
tornar o jogo mais atraente para o público. Sua inclusão nas regras, porém, ocorreu
somente em 1999.

1999/2000
Técnica Maria Isabel: Aposentada da carreira de atleta, Isabel assume o
comando da equipe do Flamengo em 1999. Transfere-se para o Vasco em 2000, mesmo
ano em que seu novo clube e o e anterior chegam à final da Superliga. Interessante que
este foi o único ano em que dois grandes clubes de futebol disputam a final desse
campeonato e também foi primeira vez que uma mulher chega à final no comando de
uma equipe.

2000
Olimpíadas de Sidney: O Feminino fica em 3º lugar após derrota para a Rússia.
Cuba leva o Ouro. No masculino, a Iugoslávia leva o ouro e o Brasil termina em 6º.
Nas regras:
• Para as competições mundiais da FIVB, a linha de ataque é estendida pela
adição de linhas pontilhadas às linhas laterais com 15 cm, linhas curtas com 5
cm de largura.
• É adotado oficialmente o Rally-point System.
• Para todas as competições oficiais e mundiais, os postes segurando a rede são
colocados a uma distancia de 1 metro do lado de fora da linha lateral.

16
• Uma substituição excepcional não pode ser contada em qualquer caso como uma
substituição normal.
• Contato com a rede não é falta, exceto quando um jogador toca nela durante sua
ação de jogar e ela interfere em jogada.
• O Sacador deve servir em 8 segundos depois do apito do árbitro.
• Para competições mundiais e oficiais da FIVB, dois tempos técnicos adicionais
de 60 segundos são aplicados, automaticamente, quando o time que estiver na
liderança chegar ao oitavo ponto e ao décimo sexto ponto.
• O sistema de pontuação de rally é estendido para voleibol de praia.
2001
Duas cadeiras reservadas para mulheres representantes do Comitê Executivo
Administrativo da FIVB.

2000/2001
Primeira final entre clubes na versão moderna da Superliga (Flamengo X
Vasco).
Bernadinho assume a seleção masculina começando a “Era Bernadinho”.

2002
Três mulheres são eleitas para o Comitê Administrativo, duas delas como Vice
Presidentes Executivas – a Americana Rebecca e a Indonésia Rita Subowo.

2003
É inaugurado o Centro de Desenvolvimento de Voleibol em Saquarema/RJ,
projeto da CBV em parceria com o Governo Federal, Ministério de Esportes e Turismo
e Prefeitura de Saquarema, cujo objetivo principal é concentrar em um só local todas as
instalações e equipamentos necessários para o treinamento de equipes esportivas, tendo
em vista a formação, o desenvolvimento e a reciclagem de recursos humanos. O Centro
também tem como objetivo otimizar o programa de treinamento das seleções brasileiras
em todas as suas categorias, promovendo uma maior integração entre as comissões
técnicas e possibilitando uma maior interação entre os planejamentos. O projeto conta
ainda com atendimento ao público por meio de ações sociais em suas dependências,

17
além de promover cursos de formação e reciclagem de árbitros, treinadores, dirigentes e
profissionais do esporte.

2002, 2006 e 2010


A seleção brasileira masculina de voleibol foi campeã do Campeonato Mundial
de Vôlei nos anos de 2002, 2006 e 2010. A seleção brasileira feminina foi vice campeã
nos Mundiais de 2006 e 2010, em ambos perdendo para a Rússia. Em 2002, a campeã
foi a Itália.
Já no Grand Prix, o feminino venceu a Rússia em 2006 e Cuba em 2008.

2003 e 2007
As Copas do Mundo de Vôlei de 2003 e 2007 foram vencidas pela seleção
brasileira masculina. Em 2007, no Pan-Americano do Rio, a seleção brasileira
masculina ganha medalha de ouro enquanto a feminina fica com a prata, perdendo para
Cuba.

2004
Olimpíadas de Atenas: O Masculino derrota a Itália e conquista o Ouro. O
feminino fica em 4º, tendo China em 1º, Rússia em 2º e Cuba em 3º.

2004/2005
Introdução da linha de delimitação do Técnico.

2008
A partir desse ano, é permitido invadir a quadra adversária com qualquer parte
do corpo, desde que uma parte dos pés do jogador esteja sobre a linha central ou dentro
da quadra de sua equipe.
Ainda em 2008, nos Jogos Olímpicos de Pequim, a seleção brasileira masculina
perde para os Estados Unidos, ficando com a medalha de prata. Já a feminina vence os
EUA e fica com o ouro.

18
2009
As equipes poderão ter dois líberos inscritos entre os 14 jogadores. No entanto,
somente um poderá atuar. Caso haja a troca direta de um líbero pelo outro, por qualquer
motivo, o jogador que for trocado não terá o direito de retornar à partida.

2011
Entre os 14 jogadores, há possibilidade de inscrever dois Líberos atuantes, sendo
um especializado em defesa e outro em recepção, podendo estes trocarem entre si após a
conclusão de um rally. O toque na rede só será considerado falta quando ocorrer no
bordo superior.

2012
Nas Olimpíadas de Londres, a Rússia leva a medalha de ouro, vencendo o Brasil
por 3 sets a 2 no masculino. No feminino, as jogadoras brasileiras levam a medalha de
ouro, após vencerem a seleção norte-americana por 3 sets a 1 e conquistando o
bicampeonato.
Ainda em 2012, é testado o Desafio nos jogos do Campeonato Mundial de
Clubes, no qual o primeiro-árbitro ou o capitão da equipe podem solicitar a revisão do
ponto através de recursos de vídeo, semelhante ao que já existe no Tênis. O referido
Campeonato foi vencido pelo Trentino Diatec (Itália) por 3 sets a 0 sobre o Sada
Cruzeiro (Belo Horizonte – BR).

2013
Havia a possibilidade de a recepção do saque através do toque ser considerada
falta, devendo ser feitas exclusivamente através da manchete. A polêmica regra imposta
pela FIVB em setembro de 2012 não será mais utilizada. A nova regra que não permitia
mais recepção de saque com o famoso “toque” caiu.
Em setembro de 2012, no 33° Congresso da entidade, em Anahaim, nos Estados
Unidos, a entidade havia aprovado algumas mudanças em suas regras, entre elas a da
recepção do saque, em que a nova regra considerava falta a recepção da bola com o
toque das duas mãos simultaneamente na bola ou fazer um toque com as mãos para
cima utilizando os dedos. De acordo com o presidente da Federação Cubana de
Vôlei, Eugênio George, a mudança, que recebeu várias criticas de treinadores,

19
atrapalharia a qualidade do jogo. Além disso, a advertência (cartão amarelo) poderá não
mais render ponto para o time adversário.
Houve a introdução do Desafio, testado na Superliga 2012/2013, objetivando
retificar ou ratificar a decisão do árbitro.
Para a Superliga 2013/2014, há uma curiosidade quanto à participação feminina
fora das quadras. Sandra Mara Leão, há sete anos comandando a equipe
Uniara/Fundesport, será a única mulher dentre os técnicos das equipes.
Na praia, outra mulher se destaca no comando das comissões técnicas das
seleções brasileiras adultas masculinas: Letícia Pessoa. Desde a destituição das duplas
na praia e o estabelecimento de Seleções no final de 20121, Letícia é a responsável pela
escalação e preparação dos atletas para as competições internacionais. Boa parte do
sucesso das duplas brasileiras, tanto masculinas, quanto femininas, nos últimos 20, anos
tem seu nome por trás. Atualmente, quem comanda as seleções femininas é o técnico
Marcos Miranda.
A pedido da FIVB, a Superliga 2013/2014 passou a ser disputada com sets de 21
pontos, e com tempos técnicos no 7º e 14º pontos. O tie-break ficou preservado. A ideia,
tomada como teste, era conciliar interesses de patrocinadores e da mídia, a fim de tornar
o voleibol mais dinâmico.

2014
Em Janeiro de 2014 renasce uma nova competição no voleibol brasileiro, a Copa
Brasil. O campeonato, criado em 2007 pela CBV, retornou ao calendário de
competições do voleibol após pedidos dos próprios jogadores, que se impuseram
perante clubes e federações em defesa dos direitos dos atletas. Em março, o
descontentamento dos jogadores de vôlei com a saída dos patrocinadores e o fim de
alguns clubes culminou na criação de um grupo de discussão interno dos atletas. No
mês seguinte nasce a Comissão de Atletas, liderada por Gustavo Endres, com seus
membros participando de reuniões junto de clubes e técnicos para definir mudanças na
Superliga e a criação de novos torneios. A Comissão de Atletas ansiava pelo
reaparecimento da Copa Brasil, com o intuito de aumentar a visibilidade dos jogadores

1
A criação da Seleção Brasileira de vôlei de praia no final de 2012 centralizou a preparação dos
principais atletas do País e deu à CBV a liberdade para alterar, para torneios internacionais, duplas que
atuavam juntas havia um longo período.
20
e tornar o calendário do voleibol nacional mais longo e atrativo. O grupo também
intercedeu em favor dos jogadores do Volta Redonda, que tinham os salários atrasados.
A competição vale vaga para o Sul-Americano, que classifica o campeão para o
Mundial de Clubes. Para tanto, foi feita uma adequação no calendário de competições
de clubes e seleções pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Como todos os
eventos de clubes devem acontecer até 15 de maio, optou-se por colocar as vagas do
Sul-Americano nos jogos na Copa Brasil, para evitar qualquer prejuízo à Superliga.
Tanto no feminino quanto no masculino, estarão presentes os oito melhores
colocados da temporada passada da Superliga (2013/2014).
A seleção brasileira masculina conquista o vice no Campeonato Mundial,
perdendo da Polônia por 3 sets a 1. Já no feminino, o título ficou com os EUA, o vice
com a China e o terceiro lugar com o Brasil.
Escândalo na CBV: durante a gestão de Ary Graça (1997-2014), de acordo com
uma denúncia e informações publicadas no site da ESPN, com base em um relatório da
Controladoria Geral da União (CGU), grande parte do valor repassado à CBV pelo seu
patrocinador master, o Banco do Brasil, foi desviado para fins pessoais e dos cartolas da
entidade. Os atletas foram diretamente lesados por não receberem integralmente o bônus
de performance nos anos de 2012 e 2013. A ideia de interromper a Superliga foi
cogitada pelos jogadores até que o repasse fosse realizado. A interrupção não ocorreu,
porém no jogo entre Canoas e Taubaté válido pelo primeiro turno da Superliga
Masculina 2014/2015, os atletas de ambas as equipes entraram em quadra com nariz de
palhaço e erraram um saque propositalmente em protesto e repúdio aos atos de
corrupção.
Em decorrência dos fatos citados acima, o Banco do Brasil resolveu encerrar seu
patrocínio por tempo indeterminado.
Em uma conferência da FIVB, ficou determinado que qualquer toque na rede,
tanto no bordo superior ou abaixo deste, involuntário ou não, será considerado como
infração a partir do ano seguinte.
O sistema de composição por seleção do vôlei de praia brasileiro caiu, fazendo
com que apenas as duas melhores duplas do Circuito Mundial representassem a equipe
nacional.
A Superliga 2014/2015 voltou a ser disputada em sets de 25 pontos, uma vez que
os testes realizados na edição anterior da competição não se mostraram significantes.
21
2015
A CBV cumpre com as exigências da CGU (Controladoria Geral da União). O
Banco do Brasil, então, decide voltar a patrocinar o voleibol brasileiro.
A FIVB testa o recurso de desafio na fase final da Liga Mundial, sediada na
cidade do Rio de Janeiro. Nesta edição, a equipe francesa conquista seu primeiro título,
e a Sérvia a prata.
No Grand Prix, a seleção campeã é a equipe norte-americana, que bate o forte
time da Rússia, vice colocado.

2016
Na Liga Mundial, o Brasil conquista o vice após perder para a Sérvia. No Grand
Prix, a equipe brasileira conquista seu 11° título ao vencer os Estados Unidos.
A FIVB retira os tempos técnicos nos sets nos Jogos Olímpicos Rio-2016 e na
edição da SUPERLIGA 2016/2017 com o intuito de dinamizar a partida.
Nos Jogos Olímpicos Rio-2016, a equipe masculina do Brasil conquista seu
terceiro ouro olímpico, já a seleção feminina caiu nas quartas para a equipe chinesa, que
sagrou-se campeã. Pela primeira vez, um torneio olímpico de voleibol contou com a
tecnologia do sistema de challenge (desafio), que consiste na repetição de lances
duvidosos.
"Desafio de Ouro": A CBV organizou dois amistosos contra Portugal
marcados pela despedida da seleção olímpica campeã (masculina), em especial do líbero
Serginho. No dia 03 de setembro, na Arena da Baixada, o Brasil venceu por 3 sets a 0
diante de um público de mais de 30.000 espectadores. No dia seguinte, no estádio Mané
Garrincha, aplicou 3 x 1 diante de mais de 40.000 pessoas. Essas partidas marcaram o
fim da passagem de um dos maiores ídolos da história do vôlei brasileiro. Novamente
partidas de voleibol foram disputadas em arenas futebolísticas brasileiras (sucedendo o
evento de 1983), em mais uma tentativa de engrandecer o voleibol no Brasil ao inseri-lo
num espaço já consolidado nacionalmente.
Tragédia no futebol: Em virtude do acidente envolvendo a equipe de futebol da
Chapecoense, jogadores prestam homenagens e vestem a camisa do referido time nas
partidas da Superliga 2016/2017.

22
2017
Após 16 anos comandando a seleção brasileira masculina de voleibol, o técnico
Bernardinho anuncia seu desligamento da função de técnico, sendo sucedido pelo ex
atleta Renan Dal Zotto.
A passagem de Bernardinho pela seleção masculina rendeu muitos títulos e
colocações de expressões ao Brasil, como pode-se constatar no infográfico a seguir:

Infográfico 1 - Principais conquistas de Bernardinho à frente da seleção

Fonte: Folha de São Paulo

Transgêneros no voleibol: A atleta brasileira Tifanny Abreu entra para a


história do esporte como a primeira transexual brasileira a receber autorização da
Federação Internacional de Vôlei (FIVB) para jogar entre as mulheres, na Liga A-2
italiana. Em consequência, as equipes rivais cogitaram a ideia de uma ação conjunta na
Justiça contra a atuação de Tifanny, alegando que até 2016 ela jogava entre homens e,
atualmente, leva ampla vantagem no feminino. Vale ressaltar que a atleta fez tratamento
23
hormonal por 4 anos e apresenta níveis de testosterona mais baixos que uma atleta
mulher cisgênero. Atualmente, a atleta defende a equipe feminina do SESI/Bauru, na
elite do voleibol brasileiro.
O caso de Tifanny, entretanto, não chega a ser o primeiro envolvendo atletas
trans a atuarem na Itália. Alessia Ameri, que joga na posição de líbero, já disputou a
competição nacional no país, hoje atuando sem o mesmo destaque.

2018
A FIVB cria a Liga das Nações para substituir o Grand Prix e a Liga Mundial.

 PARTICIPAÇÃO FEMININA
As mulheres só começaram a praticar o jogo de vôlei em 1931, somente com
objetivo recreativo. No esporte, sua introdução se deu somente em 1938, quando se deu
a realização de um torneio aberto feminino, que teve como finalistas o Instituto
Lafayette e o Clube dos Tabajaras. Nesse ano, a A.C.M. Rio também realizou um
torneio aberto, tendo como vencedor o Botafogo de Futebol e Regatas.
A introdução das mulheres no meio atlético do voleibol pode ser explicada como
uma tentativa de fazer ressurgir a modalidade, após a crise pela qual passou no início da
década de 30, como consequência do avento do profissionalismo do futebol, o que levou
os clubes a voltarem suas atenções exclusivamente para esta modalidade, objetivando as
vantagens pecuniárias que daí poderiam resultar. Como todos os outros esportes
amadores, o voleibol quase desapareceu, devido aos enormes gastos que os clubes
dispensavam com os jogadores de futebol, o que resultava em subsídios cada vez
menores concedidos a outros esportes. Fatalmente o vôlei teria desaparecido se não
fosse a ideia de ter sido levado para as praias, como recreação, onde as mulheres
puderam ter seu primeiro contado com a modalidade.

 CONCLUSÃO
Conclui-se que o Brasil, apesar de não ter o vôlei tão bem difundido como o
futebol, conseguiu destacar-se sobremaneira no panorama internacional atual, o que
tende a popularizar e incentivar sua prática às gerações futuras, não só como forma e

24
recreação. Ao mesmo tempo, a restrita profissionalização do vôlei tende a estimular a
imigração dos talentos brasileiros ao exterior.
Percebe-se também que o vôlei, apesar de seu recente progresso nos resultados a
nível internacional, apresenta como característica a necessidade de se autoafirmar
perante seus resultados.

 REFERÊNCIAS
BIZZOCCHI, Cacá. O Voleibol de Alto Nível: da Iniciação à Competição. São Paulo:
Fazendo Arte Editorial, 2004.

BOJIKIAN, João Crisóstomo Marcondes. Ensinando Voleibol. São Paulo: Phorte


Editora, 1999.

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL (CBV). Material do curso de


formação de árbitros e apontadores de voleibol de quadra. 2013.
__________. A história da Superliga. 2010. Disponível em:
<http://www.cbv.com.br/v1/superliga-0910/historico3.asp>. Acesso em: 13 Fev. 2014.
__________. Centro de Desenvolvimento de Voleibol Saquarema/RJ [Folder]. 2008.
Disponível em:
<http://www.cbv.com.br/cbv2008/cdv/APRESENTACAO_CDV_Saquarema.pdf>.
Acesso em: 13 Fev. 2014.

FOLHA DE SÃO PAULO. Após mais de 15 anos, Bernardinho deixa seleção de


vôlei; Renan assume. Disponível em
<http://www1.folha.uol.com.br/esporte/2017/01/1848931-apos-mais-de-15-anos-
bernardinho-deixa-selecao-masculina-de-volei.shtml>. Acesso em 14 Fev. 2017.

FRANCO, Gesli. Copa Brasil começa em Maringá. Gazeta do Povo, Jornal de


Londrina, Esportes. 16 Jan. 2014. Disponível em:
<http://www.jornaldelondrina.com.br/esportes/conteudo.phtml?id=1440076>. Acesso
em: 04 Fev. 2014.

25
LUCCHETTI, A.; ROMANELLO, A.; FAVERO, P. Atletas pedem mudança radical no
voleibol brasileiro. O Estado de São Paulo, Esportes. Set. 2013. Disponível em:
<http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,atletas-pedem-mudanca-radical-no-
esporte-brasileiro,1072410,0.htm>. Acesso em: 04 Fev. 2014.

LUCIANO, Sérgio Donizetti. A importância do jogador líbero nas acções ofensivas


no jogo de voleibol: estudo da prestação do jogador líbero em equipas participantes da
Liga Mundial de Voleibol 2004/2005. 2006. 145f. Dissertação (Mestrado em Ciências
do Desporto) - Faculdade de Desporto, Universidade do Porto, Porto, Portugal. 2006.

PEREIRA, E.G.B. Capítulo 1 – Evolução e Histórico do Voleibol. 2017.

RIBEIRO, Jorge Luiz Soares. Conhecendo o Voleibol. Rio de Janeiro: Sprint, 2004.

RIO 2016. Vôlei de Praia. Disponível em: <http://rio2016.com/os-


jogos/olimpicos/esportes/volei-de-praia>. Acesso em: 06 Fev. 2014.

RODRIGUES, João Gabriel. Diante de 40 mil, Serginho dá adeus à seleção sob sol
forte e com ponto final. Disponível em
<http://globoesporte.globo.com/volei/noticia/2016/09/diante-de-40-mil-pessoas-
serginho-da-adeus-sob-sol-forte-e-com-ponto-final.html>. Acesso em 14 Fev. 2017.
__________. Na Itália, transexual brasileira quebra barreiras e joga entre as
mulheres. Disponível em: <
https://www.portaleducacao.com.br/educacao/artigos/48764/referencias-bibliograficas-
tiradas-na-internet-como-colocar-no-trabalho>. Acesso em 23 Fev. 2017.
__________. Rivais cogitam ir à Justiça, e trans brasileira diz: "Precisam parar de
falar besteiras". Disponível em: <http://globoesporte.globo.com/volei/noticia/rivais-
cogitam-ir-a-justica-e-trans-brasileira-diz-precisam-parar-de-falar-besteiras.ghtml>.
Acesso em 23 Fev. 2017.

SANTOS NETO, S.C. A evolução das regras visando o espetáculo no voleibol.


EFDeportes, Revista Digital, Buenos Aires, Año 10, Nº76, Septiembre, 2004.

26
SEÇÃO DE DESPORTOS COLETIVOS DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO
EXÉRCITO. Volibol. 1º Edição, Brasília: EGGFC, 1972.

27