Você está na página 1de 16

páscoa

santa ceia

(pessach) (eucaristia)

existe uma história


por trás da história

Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras.


(1 Coríntios 15.3)
A Origem da Páscoa:

Antecedentes

‣1.300 a.C.

‣Hebreus escravizados
no Egito por 400 anos

‣Moisés é chamado para


libertar o povo

‣O Faraó endurece

‣Deus envia 10 pragas


sobre a terra do Egito
A Origem da Páscoa:

Êxodo 12.1-28

Preparação:
‣pão sem fermento

‣morte do cordeiro

‣sangue na porta

‣ceia de despedida
http://www.youtube.com/watch?v=T7WTbS9lg4s&feature=youtu.be
A Origem da Páscoa:

Significado

pessach passagem
passover passar por cima

a “páscoa” é um memorial
permanente do dia em que o
Senhor passou pela terra do Egito
‣ Como Juiz

‣ Como Salvador

‣ Como o Deus da Aliança


A Origem da Páscoa:

Significado

pessach passagem
passover passar por cima

no dia em que o Senhor


passou pela terra do Egito
os hebreus passaram da
escravidão para a liberdade
Como Cristo está associado com a Páscoa?
1) Jesus morreu durante uma celebração
da Páscoa judaica
...Jesus disse aos seus discípulos: “Como vocês
sabem, estamos a dois dias da Páscoa, e o Filho do
Homem será entregue para ser crucificado”. Mateus 26.2

Segundo o evangelho de João, Jesus foi crucificado


na mesma hora em que as famílias preparavam o
Cordeiro da Páscoa. (João 19.14)
Como Cristo está associado com a Páscoa?
2) Jesus foi reconhecido pelos seus
discípulos como “cordeiro”
‣No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e
disse: “Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o
pecado do mundo!” João 1.29

‣... Pois Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi sacrificado... 1


Coríntios 5.7

‣... e cantavam em alta voz: “Digno é o Cordeiro que


foi morto de receber poder, riqueza, sabedoria, força,
honra, glória e louvor!” Apocalipse 5.12
Como Cristo está associado com a Páscoa?
3) A morte de Jesus é claramente
identificada como substituta
Cristo sofreu no lugar de vocês... Ele mesmo levou em
seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, a fim de
que morrêssemos para os pecados e vivêssemos para a
justiça; por suas feridas vocês foram curados... 1 Pedro 2.21,24

... Vocês foram redimidos... pelo precioso sangue de


Cristo, como de um cordeiro sem mancha e sem defeito...
revelado nestes últimos tempos em favor de vocês.

1 Pedro 1.18-20
Livrem-se do fermento velho, para que sejam
massa nova e sem fermento, como realmente
são. Pois Cristo, nosso Cordeiro pascal,
foi sacrificado. Por isso, celebremos a festa,
não com o fermento velho, nem com o
fermento da maldade e da perversidade, mas
com os pães sem fermento, os pães da
sinceridade e da verdade.

1 Coríntios 5.7-8
No Egito Em Cristo
Escravidão do Faraó
Escravidão do pecado

Morte do cordeiro, em Morte de Cristo, em


lugar dos primogênitos
lugar dos pecadores

Pão sem fermento

Sangue na porta
Arrependimento

Saída do Egito
Fé em Cristo

Páscoa Vida nova

Santa Ceia
Implicações:
1) Cristo é a provisão de Deus para a
nossa salvação

2) Precisamos nos apropriar desta provisão


e nos “alimentar” do “Cordeiro de Deus”

3) A Páscoa é uma festa que lembra não


apenas a “passagem” de Deus, mas
também a nossa “passagem” de uma
velha vida para uma nova vida.
A Páscoa/Santa Ceia é um tempo de:
1.Gratidão

(pela provisão de Deus em Cristo)

2.Reflexão

(sobre o lugar que Cristo ocupa em nossa vida)

3.Transformação

(de uma velha vida para uma nova vida)


Quem crê no Filho tem a vida
eterna; já quem rejeita o Filho
não verá a vida, mas a ira de
Deus permanece sobre ele.

João 3.36

Você já tem a marca do


Cordeiro na sua vida?