Você está na página 1de 31

Introdução à Citologia;

Células procarionte e eucarionte;


Origem e evolução das células.
Profª.: Fernanda Andrade
fernanda_miguel3@yahoo.com.br
CITOLOGIA - aula 1
Conceitos

• Citologia;

do grego, onde kytos = célula e logos = estudo.

• Célula

Unidade morfofisiológica de todos os seres vivos, com


exceção dos vírus.
Histórico

• 1665: O inglês Robert Hooke observou que a cortiça é constituída por


compartimentos vazios - células;

• 1833: Botânico escocês, Robert Brown verificou um corpúsculo arredondado nas


células - núcleo;

• 1839: Biólogos alemães, Matthias Scheiden e Theodor Schwann - Teoria Celular;

• 1858: O alemão Ruldof Virchow - Toda célula se origina de outra pré-existente.


Histórico
• 1858: NOVA TEORIA CELULAR

• Unidades morfofisiológicas que constituem os seres vivos;

• Menor porção da matéria viva capaz de executar funções vitais;

• Se origina de outra pré-existente.

• 1870-1880: Schneider descobre os filamentos do núcleo;

• 1880-1890: Fleming propõe o termo mitose;

• 1890-1900: Waldeyer propõe o termo cromossomo;


Histórico

• 1900: Morgan, lança a teoria cromossômica da hereditariedade;

• 1950-1960: Watson e Crick - molécula de DNA; Tijo-Levan, ser humano tem 46


cromossomos;

• 1970-1980: Primeiras manipulações genéticas;

• 1990-2000: Início do projeto genoma humano;

• 2001: Decifração do genoma humano.


Os vírus são parasitas intracelulares obrigatórios
• Tipos de vírus:

• Podem parasitar plantas,


animais e bactérias.

• Material genético?

• Envelope viral - lipoproteico.


Riquétsias e Clamídias

Parasitas intracelulares
• Células incompletas;
obrigatórios
Origem?
• Não possuem a capacidade de autoduplicação;

Bactérias incomp. Vírus


Material genético DNA e RNA DNA ou RNA
Membrana Plasmática Possui ____
Organelas Possui parte das organelas ____
Tipos básicos de células

• Procariontes: pro = primeiro; cario = núcleo.

• Eucariontes: eu = verdadeiro; cario = núcleo.


Classificação quanto ao número de células
Células Procariontes
• Procariotas - bactérias e cianobactérias; E. coli

• Pobre em membranas;

• Não se dividem por mitose;

• Não possuem citoesqueleto.

Micoplasma não possui


parede celular.
Cianobactéria
Estrutura de uma Célula Procarionte

Epissomo?
As Bactérias se Dividem por Fissão

Em condições ideais de
cultura pode ocorrer
uma divisão celular a
cada 20 min.
Células Eucariontes
• Ricas em membranas;
Citoplasma e Membrana Plasmática
Matriz citoplasmática ou citosol: Localização;
Moléculas de água, íons diversos,
aminoácidos, precursores dos ác.
nucléicos, enzimas. Função;

Organelas: Obs.: estrutura trilaminar - unidade de


Mitocôndrias, complexo de Golgi, membrana.
retículo endoplasmático, lisossomos e
peroxissomos.

Depósitos:
Grânulos de glicogênio, gotículas
lipídicas.

Citoesqueleto.
MITOCÔNDRIAS ENDOSSOMOS

Compartimento que recebe as


moléculas introduzidas no citoplasma
pelas vesículas de pinocitose;
É responsável pelo endereçamento
dessas moléculas.

Função: liberar energia gradualmente


das moléculas de ácidos graxos e
glicose.
Lisossomos
• Presentes em todas as células eucariontes;
• Corpúsculos geralmente esféricos, com espessura e dimensões variáveis;
• Possui enzimas hidrolíticas - hidrolases ácidas (pH ótimo 5).

O que aconteceria se os lisossomos se


rompessem?

• Autofagia - vacúolos autofágicos ou autofagossomas.

• Depósitos de material que não foi digerido - grânulos


• Corpo residual de lipofuscina;
• Falta de uma ou mais enzimas - Doença de POMPE
(deficiência da enzima glicosidase).
Retículo Endoplasmático
• Se distribui por todo o citoplasma;
• Composto por uma rede tridimensional de vesículas achatadas e
esféricas, e túbulos totalmente interconectados.

• Tipos:
• Retículo endoplasmático rugoso
• Retículo endoplasmático liso.
Aparelho de Golgi

• Vesículas achatados e esféricas empilhadas;


• Apresenta face côncava e cônvexa;
• Localização.

Principal função: separar e endereçar as


moléculas sintetizadas na célula, para:
Vesículas de secreção;
Lisossomos;
Vesículas do citoplasma;
Membrana plasmática.
Peroxissomos
Caracterizados pela presença de enzimas oxidativas - possui a
maior parte da catalase celular;

Peróxido de hidrogênio

São bem estudadas nas células renais e hepáticas de mamíferos;


Enzimas:
Catalase - desintoxicação;
Β-oxidação dos ácidos graxos - produzindo acetil-CoA;
Urato-oxidase - metabolização do ácido úrico;
D-aminoácido-oxidase - metabolização de D-aminoácidos (bactérias).
Peroxissomos
Multiplicação por divisão binária
Depósitos Citoplasmáticos

Depósitos energéticos:
Glicogênio;
Gotículas de lipídios.

Depósitos de pigmentos:
Melanina;
Lipofuscina.
Células animais X Células vegetais

• Parede celular;

• Plastos (leucoplastos e cromoplastos);

• Vacúolos citoplasmáticos;

• Amido;

• Plasmodesmos.
Origem e Evolução das Células
Processo evolutivo das células - aproximadamente 4 bilhões de anos;

Atmosfera:
• Vapor d’água;
• Amônia; Calor e
• Metano; radiação
ultravioleta.
• Hidrogênio; Descargas
• Sulfeto de hidrogênio; elétricas

• Gás carbônico.

Primeiros compostos
Superfície da Terra coberta pelo “caldo primordial” contendo carbono.

Síntese prebiótica
Experimento para demonstrar a síntese prebiótica

Por que a síntese prebiótica foi


favorecida há 4 bilhões de anos
atrás?

1. Enorme extensão da Terra;

2. Longo tempo (cerca de 2 bilhões


de anos);

3. Ausência de oxigênio na
atmosfera.
Formação da membrana fosfolipídica
envolvendo:

• Ácidos ribonucleicos (RNA);

• Nucleotídeos; Célula

• Proteínas;

• Outras moléculas.

Surgimento do ácido
desoxirribonucleico (DNA)

RNA e DNA passaram a determinar o tipo de proteína a ser


formada.
Células procariontes
heterotróficas anaeróbias;

Esgotamento dos
compostos de carbono;

Surgimento das células


autotróficas
Acúmulo de oxigênio na atmosfera;

Rompimento das moléculas de oxigênio


através da radiação ultravioleta;

Formação da camada de ozônio;


Surgimento de células aeróbias.

E as bactérias
anaeróbias?
Surgimento das células eucariontes

Evidências dessa hipótese:

1. As membranas intracelulares
mantêm aproximadamente a
mesma assimetria da membrana
plasmática.
Surgimento das organelas envolvidas nas transformações energéticas
(mitocôndrias e cloroplastos)
Teoria de Lynn Margulis -
Relação de simbiose.

Evidências dessa hipótese:

1. Tais organelas possuem


DNA circular;

2. Possuem membrana
dupla.