Você está na página 1de 3

ROMANOS 3.

21-24

DE CONDENADOS AO INFERNO, À JUSTIFICADOS RUMO AO CÉU

QUANDO A INJUSTIÇA, O PECADO, E A PERVERSÃO, PRATICADA SE DEPARA COM A JUSTIÇA DE DEUS, HÁ UM


IMPACTO QUE CAUSAM MODIFICAÇÕES NAS VIDAS DAQUELES QUE ANTES ABORRECIAM A DEUS, MAS, QUE
AGORA SÃO ALCANÇADOS POR ESTA JUSTIÇA, QUE SÃO MOVIDOS POR ESTA AÇÃO DE JUSTIÇA DA PARTE DE
DEUS.

TODOS OS SERES HUMANOS, DE TODAS AS RAÇAS E CLASSES SOCIAIS, DE TODOS OS CREDOS/CRENÇAS E


CULTURAS, TANTO JUDEUS COMO GENTIOS, SEJAM ESTES IMORAIS OU MORALISTAS, RELIGIOSOS E ATEUS –
TODOS SEM EXCEÇÃO, SÃO PECADORES, CULPADOS E INDESCULPÁVEIS E SEM DEFESA DIANTE DE DEUS!

Isaias ao se deparar diante da grandiosa, magnifica, infinita santidade de Deus no capitulo 6:5 – ele declara:
Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de
impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos.

Aqui vemos a nossa culpa estampada nas palavras de Isaias diante da beleza e santidade de
Deus.

TODOS OS HOMENS SÃO CULPADOS ATÉ QUE CRISTO OS ALCANCE E OS LIVRE DE TODA A INJUSTIÇA QUE OS
CONDENA AO INFERNO.

RM. 1.18 – A IRA DE DEUS É REVELADO NO CEU CONTRA TODA IMPIEDADE E PERVERSÃO DOS HOMENS QUE
DETEM A VERDADE PELA INJUSTIÇA. Este verso mostra a culpa do homem fundada na sua
pertinaz=persistência rejeição a luz fornecida e não em desobediência vinda da ignorância.

“Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a
verdade em injustiça. Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram
graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Pois mudaram a
verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito
eternamente.” (Romanos 1:18; 21 conhecendo Deus não o glorificaram como Deus; 25 pois mudaram a
verdade de Deus em mentira, servindo mais a criatura do que ao criador.)
Aqui está um retrato do coração do homem, de seus desejos.

S.T.: JUSTIFICADOS: ISENTOS DA CULPA, LIVRES DA IRA DE DEUS.


Justificar: restituir à inocência original; tornar justo.

v. 21 - MAS AGORA, SEM LEI, TEM-SE MANIFESTADO A JUSTIÇA DE DEUS, QUE É ATESTADA PELA LEI E PELOS
PROFETAS.
Quando o homem entende o princípio de justiça divina, quando ele compreende a fortaleza que é tal justiça
divina, ele abre mão dos desejos carnais, abre mão da idolatria, abre de tudo aquilo que o afasta de Deus.

COM RAZÃO É A JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ CONSIDERADA A SUSTENTAÇÃO DA FÉ GENUINAMENTE CRISTÃ.


ROMANOS 3.21-24

Vejamos então alguns pontos destacados.

1. Somos justificados por um ato de Deus exercendo sua justiça divina.

, DEUS REVELA SUA JUSTIÇA POR MEIO DE SEU FILHO, JESUS CRISTO, A ÚNICA OPÇÃO DE SALVAÇÃO PARA O
HOMEM PECADOR.

Deus é justo, e o homem é injusto, Deus é santo, e o homem pratica pecado, Deus é perfeito, o pecado é
maligno, e Deus benigno, o pecado separa o homem de Deus. Por si mesmo o homem não pode aproximar-
se de Deus, e por isso que Ele enviou Seu filho em sacrifício vivo e agradável, manifestando sua justiça santa.

Romanos 1.17,18 – Visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito. O justo
viverá da fé. 1.18 – a ira de Deus se revela dos céus contra toda impiedade e perversão dos homens que detém
a verdade pela injustiça.

Deus em sua perfeita justiça e santidade poderia ter nos sentenciado a morte, mas ao invés disso, nos
presenteou a vida, com seu filho Jesus Cristo, bebendo sozinho na cruz do calvário o cálice da ira de Deus.

2. A justificação é um ato legal de Deus no homem, e não um processo continuo existencial do indivíduo.

Deus executa em nós a ação de um ato forense, ou seja, quando um juiz julga uma ação, um caso, e a decisão
está nas mãos dele, mesmo estando nós fora, completamente fora de sintonia com ele, mesmo assim ele
resolve nos justificar, nos absorver dos pecados que nos condena, nos condenava a nós seus servos.

Uma vez que você se arrepende dos pecados, Ele te presenteia com a justificação, refazendo assim a aliança
que estava quebrada por causa do pecado, essa dádiva é um ato benevolente de Deus, não há mérito seu,
nem meu, é o favor imerecido de Deus, derramando sua justiça pela fé viva em Jesus Cristo nosso Salvador e
Senhor.

É do tribunal divino que Deus nos justifica, não há mérito humano nessa ação, não há condição humana e
nem boas obras que faça com que o ser humana possa receber a justificação. É só por meio de CRISTO QUE
DEUS EXECUTA SUA GRAÇA SOBRE NÓS NOS JUSTIFICANDO. Romanos 3.24a – sendo justificados
gratuitamente pela sua graça.

Tito 3:7 - Ele o fez a fim de que, justificados por sua graça, nos tornemos seus herdeiros, tendo a esperança da
vida eterna.

3. A justificação de Deus não é um simples perdão de Deus, mas a remoção total da culpa que iria o levar
ao inferno.
Perdoar: é absolver alguém de uma penalidade ou dívida. – (continua sendo culpado sem ser punido).
Cristo fez muito mais por nós, Ele nos deu sua justiça.
Gálatas 3:13 - Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo
aquele que for pendurado no madeiro;
2 Coríntios 5.21 - Deus fez daquele que não tinha pecado algum a oferta por todos os nossos pecados, a fim de que
nele nos tornássemos justiça de Deus.
ROMANOS 3.21-24

Justificação: é a declaração de que não existe nenhuma base para a aplicação do castigo. – porque Ele se fez
castigo por nós.

(v. 22 ISTO É, A JUSTIÇA DE DEUS PELA FÉ EM JESUS CRISTO PARA TODOS OS QUE CRÊEM; POIS NÃO HÁ DISTINÇÃO.)

23 PORQUE TODOS PECARAM E DESTITUÍDOS ESTÃO DA GLÓRIA DE DEUS;


Essa glória de Deus mencionado do verso 23 significar a aprovação ou louvor, que todos perdemos; é uma
menção à imagem ou a glória de Deus, conforme nós fomos criados, mas deixamos de viver de conformidade
com ela por causa do pecado.

Por causa do pecado o homem foi separado, e apenas por meio da fé é jesus cristo é que nós podemos ser
outra vez aproximados de deus.

A) 24 SENDO JUSTIFICADOS GRATUITAMENTE PELA SUA GRAÇA, MEDIANTE A REDENÇÃO QUE HÁ EM


CRISTO JESUS,

A JUSTIÇA QUE PROVÉM DE DEUS É A COMBINAÇÃO DE 3 ELEMENTOS:

1 - O CARATER JUSTO DE DEUS.

Apenas deus com seu justo caráter, é que pode trazer a justificação e redenção ao homem perdido que tem
por destino a perdição eterna se este não for alcançado pelo amor de deus expressado por cristo no calvário.

2 - A SUA INICIATIVA SALVADORA.

Todos pecaram e estavam separados de sua glória. Rm 3.23.


O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de deus é a vida eterna em jesus cristo nosso Senhor. Rm 6.23.
Sendo justificados gratuitamente pela sua graça. Rm 3.24ª
Estávamos mortos em nossos delitos e pecados. Ef 2.1
Não tínhamos, e não temos nenhuma condição de nos salvar a nós mesmos.
Ele quer nos tirar, te tirar do charco de lodo do pecado, de tudo quanto te faz afastar-se da presença dEle.
O senhor quer remover toda a culpa do pecado que te condena, apenas Deus, mediante Jesus Cristo pode fazer
isso por você e em você.

3 - É A SUA BONDADE E MISERICÓRDIA QUE CONSISTE EM CONFERIR AO PECADOR A CONDIÇÃO DE JUSTO


PERANTE ELE E NOS RECONCILIANDO COM ELE.
O homem não pode conquistar a justificação, porque em seus atos ele é injustificável, ele não pode adquirir,
porque só Cristo tem a prerrogativa de nos unir, nos levar de volta a Deus.
Trata-se da justificação justa, que o justo cordeiro de Deus Jesus Cristo nos proporcionou. É o justo dando ao
injusto a justa justiça.

Você também pode gostar