Você está na página 1de 8

IMP0001_Importacao_de_movimento_via_Conceito

Criado por Leandro Almeida Lima De Souza, última alteração por Fellipe De Moraes Svizzero em 27 nov, 2018

Assunto
Produto: TOTVS Gestão de Estoque, Compras e Faturamento

Versões: 12.1.4 e superiores

Ocorrência: Importação de movimentos via Conceito

Ambiente: Importação de movimentos via Conceito

Passo a A importação de arquivos txt evoluiu a partir da versão 12.1.4 sendo a mesma agora executada via conceito, portanto segue abaixo um descritivo deste processo:
passo:

Passo a Passo
Todo processo é feito no aplicativo de Integração.

Ao carregar o aplicativo Integração, serão apresentados os menus conforme abaixo:

1
A importação será feita através do menu Conceito (ETL).
A exportação será feita através do menu Gerador de Saída > Layouts

Os arquivos listados nas imagens abaixo serão exibidos no caminho conforme descrito:
Arquivos de Importação/Exportação
 Conceito (Importação)
 Layout (Exportação)
C:\totvs\CorporeRM\ObjetosGerenciais\Conceito

Os arquivo iniciados com CONMOV correspondem aos conceitos, e no final de cada arquivo contém a versão dos mesmo V1, V2, V3 e V4 que por sua vez
correspondem ao layout de importação a ser seguido.

Configuração Básica de Importação

2
Após importar o arquivo de Conceito, será possível definir o local de onde o arquivo txt será carregado. Selecione o conceito que deseja processar e clique em editar.
Uma nova aba será aberta
Nesta nova aba será possível visualizar todas as configurações do conceito. Clique na opção Movimento em Conexões de Origem e edite.

Será apresentada uma nova tela onde será selecionado o caminho do arquivo a ser importado:

3
Nesta tela clique no botão de lookup (...) e escolha uma das três opções listadas:

 Arquivo Fixo:
Permite definir um arquivo especifico a ser importado.
 Diretório:
Permite definir uma pasta da máquina onde o sistema irá buscar os arquivos que estiverem disponíveis para importação que atenderem à máscara para o nome do
arquivo.

4
Quando escolhido a opção de Diretório, será necessário escolher o caminho a qual o sistema deverá procurar o arquivo e escolher a máscara para o mesmo. A
máscara não é dinâmica e não é possível atribuir um tipo(variável) ao nome, como por exemplo:
###; %%%; QQQQ
Como pode ser visto no print, parametrizei o conceito para buscar na pasta Saidas, todos os arquivos que iniciam com o nome MOVIMENTO e que sua extensão
é txt. O * informado, tem comportamento semelhante ao % no sistema e pode ser usado da seguinte maneira:
MOVIMENTO* = Arquivos que iniciem com a palavra MOVIMENTO;
*MOVIMENTO = Arquivos que terminam com a palavra MOVIMENTO;
*MOVIMENTO* = Arquivos que contenham a palavra MOVIMENTO;
Importante: É aconselhado informar também a extensão do arquivo para evitar erros no momento da importação. Como é possível deixar em um mesmo diretório
arquivos com o mesmo nome porém extensões diferentes, o sistema poderá tentar importar arquivo com uma extensão inválida.

 Parâmetro:
Permite definir o caminho do arquivo a ser importado no momento de executar o conceito.

Salve o conceito antes de processar o mesmo pois apenas clicando na opção de OK da tela de definição do caminho do arquivo a ser importado não indica que a
alteração foi salva.
Após executar os passos acima o conceito estará pronto para ser utilizado no processo de importação. Para executar o conceito basta selecionar o mesmo e no menu
processos selecione a opção “Processar novo conceito”.

5
Será apresentada algumas opções para execução referente à identificação do Cliente/Fornecedor e Atualização de movimento já cadastrado na base de dados estes
deverão ser marcados caso desejar pois não são obrigatórios.
Pronto! O conceito será executado e caso não haja erros o movimento será importado.

Segue abaixo um link que contém um passo a passo para execução do conceito e exportação do movimento a partir do layout.
http://tdn.totvs.com/pages/releaseview.action?pageId=185748810

Obtendo o layout de movimento e um exemplo de txt a partir de movimento existente na base

No aplicativo “Integrações” acesse o menu “Gerador de saídas – Layouts” e selecione o layout referente a versão desejada. (Recomenda-se a versão 3 ou 4).

Edite o Layout desejado e clique na opção "Gerar Documentação"

6
OU
Edite o layout e faça a conferência dos campos manualmente:

Para visualizar os campos e suas posições iniciais e finais dê um duplo clique sobre a tabela desejada e a tela abaixo será exibida:

7
Para obter um arquivo texto a partir de um movimento já existente na base de dados, basta selecionar o layout em questão e em “Processos” selecione a opção
“Geração de saídas”, realize um filtro para buscar o movimento desejado e execute o processo. Um arquivo texto será gerado com os dados de seu movimento já
posicionados da forma que o sistema espera que sejam importados.