Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL

PLANO DE ENSINO - 2019 / 2º SEMESTRE


Curso: Direito (Bacharelado) Disciplina: Prática Jurídica Trabalhista II
10º Semestre Turno: Diurno / Noturno C/H Semestral: 40
PROFESSOR RESPONSÁVEL PROFESSOR EXECUTOR
Raphael da Rocha Rodrigues Ferreira
Ms. Meire Cristina de Souza
Ms. Welington Castilho Garcia
Ms. Paulo Celso Sanvito
Ms. Welington Castilho Garcia

EMENTA
Aprimoramento da prática jurídica trabalhista, com enfoque na elaboração de recursos e de peças em procedimentos
cabíveis na Justiça do Trabalho.

REQUISITOS
Não se aplica.

OBJETIVOS
Aprender a elaboração de recursos e outras peças trabalhistas, com análise da legislação, da doutrina e
Cognitivos da jurisprudência atuais. Desenvolver o raciocínio crítico e a aplicação prática do Direito e o Processo do
Trabalho.
Aprimorar a capacidade de desenvolver temas ligados à prática trabalhista, com clareza e objetividade.
Habilidades
Valorizar o estudo, a pesquisa e a prática como instrumentos para aquisição da experiência e do saber
jurídico. Adquirir segurança, agilidade e perspicácia na elaboração de peças processuais trabalhistas.
Atitudes
Desenvolver a reflexão e a consciência crítica diante das situações e problemas.

UNID. C/H CONTEÚDO


Apresentação do Professor, discussão do plano de ensino, focando objetivos, conteúdos, estratégia,
I 2
avaliação e bibliografia. Incentivar o uso da biblioteca como fonte de pesquisa.
II 8 Conceito. Princípios recursais no processo do trabalho. Pressupostos recursais.
Recursos trabalhistas em espécie: Embargos de Declaração; Recurso Ordinário; Recurso de Revista;
III 8
Agravo de Instrumento; Agravo de Petição.
IV 9 Ação Civil Pública. Ação Rescisória.
V 9 Ação anulatória. Mandado de segurança.
VI 4 Avaliações Parciais e Avaliação Regimental.

ESTRATÉGIA DE ENSINO
A metodologia adotada no curso de Direito privilegia a participação crítica e ativa do estudante, os ambientes pedagógicos
constituem espaço de interação, de criação e de transformação de significados. Assim, busca-se a adoção de estratégias
metodológicas ativas, tais como: estudo de caso, simulação de audiência trabalhista, role-play, diálogo socrático,
aprendizagem baseada em problemas, sala de aula invertida. Essas atividades objetivam a aprendizagem significativa e
cada vez mais autônoma do aluno e o transformam em protagonista do seu próprio aprendizado.

RECURSOS DISPONÍVEIS
Lousa e giz; Projetor de multimídia e computador; Ambiente de Aprendizagem Virtual - Blackboard; Audiência trabalhista
simulada; Laboratório de Informática.

AVALIAÇÃO
O processo avaliativo compreenderá: Avaliação Regimental (A1) no valor de 0,0 a 5,0. Avaliações parciais e processuais
(A2) no valor de 0,0 a 5,0. A Nota Final (NF) resulta da soma destas duas notas (A1 A2). É considerado aprovado na
disciplina o aluno que obtiver Nota Final (NF) igual ou superior a 6,0 (seis) e que tenha, no mínimo, 75% (setenta e cinco
por cento) de frequência às atividades acadêmicas.
BIBLIOGRAFIA BÁSICA BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
CARRION, V. Comentários a Consolidação das Leis do ALMEIDA, A. P. Curso prático de processo do trabalho.
Trabalho. 39. ed. São Paulo: Saraiva, 2014. 24.ed. São Paulo: Saraiva, 2015. (e-book)

GARCIA, G. F. B. Curso de direito do trabalho. 11.ed Rio de GARCIA, G. F. B. Curso de direito processual do trabalho.
Janeiro: Forense, 2017. (e-book) 2.ed. Rio de Janeiro: Forense, 2017. (e-book)

LEITE, C. H. Bezerra. Curso de direito processual do MACHADO, A. C. C. Código de processo civil interpretado e
trabalho. 15. ed. São Paulo: Saraiva, 2017. (e-book) anotado artigo por artigo parágrafo por parágrafo. 14.ed.
Barueri: Manole, 2015. (e-book)

MACHADO, A. C. C. CLT interpretada artigo por artigo


parágrafo por parágrafo. 6.ed. Barueri: Manole, 2015. (e-
book)

STUCHI, V. H. N. Prática Trabalhista. 5.ed. Rio de Janeiro:


Forense; São Paulo: Método, 2017. (e-book)