Você está na página 1de 3

-Cerimonial de Investidura para Cerimoniários- I- Rito de Admissão

A admissão dos Cerimoniários é feita na St? Missa pelo Pároco. Tomam-se as leituras e
demais orações, no todo ou em parte, da Liturgia do dia. De antemão, deverão estar
preparados em uma mesa, bandeja ou algo semelhante e próximo ao altar, as vestes
litúrgicas que serão entregues aos Cerimoniários, devidamente identificadas com o nome
de cada jovem. Da mesma forma, o ambiente litúrgico seja ornado conforme o tempo
litúrgico correspondente.
Após a Homilia dá-se início ao Ritual de Investidura. É colocada à frente do Altar (se
conveniente) uma cadeira para O Sacerdote ou este vai para cadeira do celebrante, sendo
assim, ele permanece sentado durante todo o rito de admissão, levantando-se apenas no
momento da Benção e Investidura da Batina e Sobrepeliz.
Se possível e conveniente for, o Mestre de Cerimônias faz uma breve explicação sobre o rito
e/ou sobre o ministério.
Comentarista: Neste momento se inicia o Rito de Investidura. Acompanhemos num espírito
de oração e em silêncio a Cerimônia.
Mestre de Cerimônias: Reverendíssimo Monsenhor Matheus. Após vários encontros de
preparação e formação, quero vos apresentar o(s) candidato(s) habilitado(s) a prestar(em)
o seu serviço na liturgia da Santa Mãe Igreja, como membro(s) do Ministério dos
Cerimoniários. Apresentar-se-á (ão), neste momento, para ser(em) admitido(s)
oficialmente a Equipe de Liturgia - Mysterium Fidei Mestres de Cerimônias o(s) seguinte(s)
jovem(ns).
Sacerdote: Queira(m) apresentar-se o(s) que será(ão) admitido(s) ao Ministério. Cada
candidato é chamado pelo nome completo. O jovem chamado sai do banco onde está
sentado e dirige-se para o Altar, ficando de frente para o Sacerdote.
Mestre de Cerimônias: Filippe da Silva Costa - Higor Lemo Ronzei/ Leandro Conceição
Bereta -
Linik Silva Pacheco / Mateus Oliveira de Paula - Matheus Fagundes / Matheus Lage Ronzei -
Renan Costa Silva / Rafael Cúria Pacheco
Ao se aproximarem -dois a dois- fazem vênia ao Altar e depois fazem vênia ao Sacerdote
(dizendo: Adsum!) sinal de prontidão.
Candidato: Adsum! (Estou presente!) Neste momento o(s) candidato(s) ajoelha(m)-se
diante do Sacerdote. O Sacerdote dirigindo-se ao Mestre das Celebrações Litúrgicas da
Paróquia e, se ele for o coordenador da Equipe de Liturgia, o interroga.
Sacerdote: Podes dizer-me se ele(s) está(ão) apto(s) para exercer(em) o ofício de
Cerimoniário(s) nesta comunidade?
Mestre de Cerimônias: Sim. Após o período de preparação exigido para exercer tal
ministério, posso afirmar que ele(s) está(ão) preparado(s) a desempenhar os serviços de
Cerimoniário, pois demonstrou(aram), neste período de preparação, consciência e
maturidade, dedicação e zelo pela Eucaristia e demais serviços da comunidade.
Sacerdote: Caríssimo(s) filho(s) tens(des) consciência do que estais pedindo? O Sacerdote
dirigindo-se aos Candidatos interroga-os:
Candidato: Sim. Tenho! Sacerdote: E o que pedis à Igreja?
Candidato: Quero ingressar no Ministério de Cerimoniários e desempenhar com dedicação
e amor os serviços do altar e demais atividades desta comunidade.
Sacerdote: Antes de conceder-vos o ingresso, diante de Deus e do seu povo aqui reunido, eu
vos
pergunto: Quereis assumir o ofício de Cerimoniário, movido(s) pelo desejo sincero de
servir ao Cristo na sua Igreja?
• 05 - Candidato: Quero. Com a Graça de Deus.
Sacerdote: Quereis desempenhar com o máximo cuidado e reverência os serviços do altar,
obedecendo às determinações desta Paróquia e seguindo as minhas orientações e de seu
formador?
Candidato: Quero
Sacerdote: Estimado(s) Jovem(ns). Vós escolhestes livremente e com exemplar
generosidade servir a comunidade em todos os momentos de culto e de oração a Deus. Vós
fostes preparados para este serviço, portanto, sejais fiéis e perseverantes no compromisso
assumido. E eu N, em nome da Igreja aqui reunida, acolho-vos oficialmente como
Cerimoniário(s) da paróquia N (dEsia comunidade N). Deus, que vos inspirou este bom
propósito, vos conceda a graça da perseverança e vos una mais perfeitamente a Cristo
através dos serviços a esta comunidade.
II - Benção e Investidura da Batina e Sobrepeliz
“Terminada a Admissão do(s) novo(s) Cerimoniário(s) o Sacerdote põe-se de pé, dando
início à Benção e Investidura da Batina e Soprepeliz. O(s) Candidato(s) permanece(m) de
joelhos.
Neste momento o Mestre de Cerimônias, convida e orienta a mãe/madrinha/padrinho ou o
pai do jovem - para que se dirija ao seu filho/afilhado para paramentar-lhe. Enquanto isto
acontece, leva-se à presença do Sacerdote, ou este se dirige à mesa ou bandeja onde estão
dispostas, as vestes litúrgicas preparadas anteriormente e que serão neste momento
abençoadas e depois entregues ao(s) novo(s) Cerimoniário(s).
Sacerdote: Oremos: (O Sacerdote abre e estende os braços sobre os paramentos) Ó Deus de
bondade, que ornais a Vossa Igreja de ministérios e carismas € a guiais com amor e
misericórdia, dignai-vos abençoar (Traça o sinal da cruz sobre os paramentos)f estas vestes
litúrgicas que serão usadas por este(s) Vosso(s) filho(s) que deseja(m) servir fielmente o
Vosso altar. Dignificando a oração do Vosso povo, e permanecendo constantemente na
Vossa presença possa(m) ele(s) ser confortado(s) pelas virtudes dos sacramentos e
caminhar sem tropeço rumo ao banquete celeste, à festa que jamais se acaba. (une as mãos,
faz uma leve inclinação e diz:) Por Nosso Senhor Jesus Cristo Vosso Filho na unidade do
Espírito Santo.
Todos: Amém!
Terminada a Benção o(s) Candidato(s) fica(m) de pé e o Sacerdote asperge a batina e a
sobrepeliz, com água benta. Neste momento o Sacerdote entrega a batina ao familiar do(s)
respectivo(s) Jovem(ns). Este a impõe no filho/afilhado. Enquanto isto se pode guardar
silêncio ou cantar algo apropriado. Terminada a investidura da Batina o
padrinho/madrinha retorna ao banco.
Sacerdote: Acolhamos com uma salva de palmas o(s) Novo(s) Cerimoniário(s).
“Terminado o Rito de Admissão do(s) Neo-Cerimoniário(s), vão para seu(s) devido(s)
lugar(es) e seja feita, quando prescrita, a profissão de fé, seguindo-se assim a Celebração da
Santa Missa. No final da Santa Missa todos se reúnem para a foto oficial e as fotos com seus
respectivos padrinhos, pais, amigos e toda a Equipe de Liturgia: Mysterium Fidei - Mestres
de Cerimônias.
Deo Gracias! " 04 =