Você está na página 1de 67

Livro Eletrônico

Aula 02

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas


Especialidades) Pós Edital
Renato Alonso

11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade


Renato Alonso
Aula 02

SUMÁRIO
EDUCAÇÃO SUPERIOR

1- FINALIDADES DA EDUCAÇÃO SUPERIOR ................................................................................................... 2

2- CURSOS E PROGRAMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR................................................................................. 13

3- AUTORIZAÇÃO, RECONHECIMENTO E CREDENCIAMENTO DAS IES ........................................................ 22

4- REGRAS GERAIS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR ............................................................................................. 25

5- DIPLOMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR ..................................................................................................... 30


59233
6- ADMISSÃO DE ALUNOS NAS IES .............................................................................................................. 32

7- CARACTERÍSTICAS DAS UNIVERSIDADES ................................................................................................. 36

8- AUTONOMIA DAS UNIVERSIDADES ......................................................................................................... 38

9- DISPOSIÇÕES FINAIS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR ...................................................................................... 43

CONSIDERAÇÕES FINAIS........................................................................................................................ 51

LISTA DE QUESTÕES ABORDADAS NA AULA .......................................................................................... 52

GABARITO ............................................................................................................................................ 66

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 1
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL (LDB) – PARTE III

Olá pessoal, vamos para mais uma aula da LDB!

Dando prosseguimento aos estudos sobre a principal lei do país relacionada à educação, que é a
Lei Federal n° 9.394/1996 – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB ou LDBEN), vamos
estudar nesta aula os artigos 43 ao 57, cujo tema será a Educação Superior.

Preparem suas mentes e corações, e vamos ao que interessa!

1- FINALIDADES DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Vamos iniciar esta aula a partir do artigo 43 da LDB, que trata das finalidades da educação
superior. São 08 finalidades previstas neste artigo. Como de costume, vamos primeiramente à
leitura do artigo:

CAPÍTULO IV
DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Art. 43. A educação superior tem por finalidade:

I - estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do


pensamento reflexivo;

II - formar diplomados nas diferentes áreas de conhecimento, aptos para a inserção em


setores profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, e
colaborar na sua formação contínua;

III - incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando o


desenvolvimento da ciência e da tecnologia e da criação e difusão da cultura, e, desse
modo, desenvolver o entendimento do homem e do meio em que vive;

IV - promover a divulgação de conhecimentos culturais, científicos e técnicos que


constituem patrimônio da humanidade e comunicar o saber através do ensino, de
publicações ou de outras formas de comunicação;

V - suscitar o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional e possibilitar


a correspondente concretização, integrando os conhecimentos que vão sendo adquiridos
numa estrutura intelectual sistematizadora do conhecimento de cada geração;

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 2
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

VI - estimular o conhecimento dos problemas do mundo presente, em particular os


nacionais e regionais, prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com
esta uma relação de reciprocidade;

VII - promover a extensão, aberta à participação da população, visando à difusão das


conquistas e benefícios resultantes da criação cultural e da pesquisa científica e
tecnológica geradas na instituição.

VIII - atuar em favor da universalização e do aprimoramento da educação básica,


mediante a formação e a capacitação de profissionais, a realização de pesquisas
pedagógicas e o desenvolvimento de atividades de extensão que aproximem os dois
níveis escolares. (Incluído pela Lei nº 13.174, de 2015)

Podemos perceber que o artigo é bem extenso, assim como cada uma das finalidades, mas é
imprescindível que vocês saibam todas elas, pois são muito cobradas em prova. Vamos comentar
cada uma delas e, em seguida, vamos fazer algumas questões para que possamos memorizar estas
finalidades com maior facilidade (ou menor dificuldade).

1ª FINALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR:

- Estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo.

Esta primeira finalidade tem um duplo objetivo:

1- CRIAÇÃO (cultural) e
2- DESENVOLVIMENTO (espírito científico + pensamento reflexivo)

Vejam, portanto, que a proposta da educação superior é CRIAR e DESENVOLVER novos


conhecimentos, e não apenas aprender o conhecimento já existente.

- criação cultural

Estimular espírito científico

- desenvolvimento

pensamento reflexivo

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 3
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

2ª FINALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR:

- formar diplomados nas diferentes áreas de conhecimento, aptos para a inserção em setores
profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, e colaborar na sua
formação contínua.

Esta segunda finalidade também tem um duplo objetivo:

1- FORMAR DIPLOMADOS (em diferentes áreas de conhecimento)


2- COLABORAR NA FORMAÇÃO CONTÍNUA

Esta segunda finalidade é um tanto quanto óbvia e diz que é finalidade da educação superior
formar os diplomados, bem como manter a formação contínua destes. Veremos mais para frente
que a educação superior não abrange apenas a graduação, momento em que se obtém o diploma,
mas também a pós-graduação, que é justamente a que se refere a 2ª parte do dispositivo, quando
cita a formação contínua dos diplomados.

p/ inserção em setores profissionais


Formar diplomados
(diferentes áreas de conhecimento)
p/ participação no desenvolvimento da
sociedade

Colaborar na formação contínua

3ª FINALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR:

- incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando o desenvolvimento da ciência e


da tecnologia e da criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o entendimento do
homem e do meio em que vive.

Vejam que esta finalidade tem muita relação com a 1ª finalidade que acabamos de ver, na medida
em que esta cita novamente a questão da criação (e difusão) da cultura e o desenvolvimento
científico (ciência e tecnologia). Contudo, o ponto mais importante que vocês devem se ater neste
dispositivo é o seguinte: é finalidade da educação superior o incentivo do trabalho de pesquisa e
investigação científica!

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 4
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

da ciência e da tecnologia

Incentivar trabalho de
visando o da criação e difusão da
pesquisa e investigação
desenvolvimento: cultura
científica

do entendimento do homem
e do meio em que vive.

4º FINALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR:

- promover a divulgação de conhecimentos culturais, científicos e técnicos que constituem


patrimônio da humanidade e comunicar o saber através do ensino, de publicações ou de outras
formas de comunicação.

Nesta quarta finalidade da educação superior, o ponto central é a divulgação de conhecimentos.


Atentem-se ainda para o fato desta divulgação de conhecimentos ocorrer NÃO somente pelo
ensino, mas também através de publicações e de outras formas de comunicação.

- culturais, - que constituem


Promover a divulgação
- científicos e patrimônio da
de conhecimentos
- técnicos humanidade

- do ensino,
Comunicar o saber - de publicações ou
(através:) - de outras formas de
comunicação.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 5
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

5ª FINALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR:

- suscitar o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional e possibilitar a


correspondente concretização, integrando os conhecimentos que vão sendo adquiridos numa
estrutura intelectual sistematizadora do conhecimento de cada geração.

Aqui temos um ponto bastante interessante. Vejam que a LDB determina como uma das
finalidades da educação superior “provocar” o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e
profissional, bem como, obviamente, prover meios para que este desejo se concretize, afinal, de
nada adiantaria provocar o desejo se ele não pudesse ser correspondido, não é verdade?

Suscitar o desejo integrando os conhecimentos


permanente de que vão sendo adquiridos
aperfeiçoamento numa estrutura intelectual
cultural e profissional
sistematizadora do
(e possibilitar a conhecimento de cada
concretização) geração.

6º FINALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR:

- estimular o conhecimento dos problemas do mundo presente, em particular os nacionais e


regionais, prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de
reciprocidade.

Esta finalidade é muito cobrada em prova! A LDB determina que a educação superior deverá
estimular o conhecimentos dos problemas do mundo, especialmente do Brasil e regiões, e deverá
também prestar serviços especializados à comunidade de forma a contribuir para a solução dos
problemas conhecidos. Vejam, portanto, que a educação superior possui um papel bastante
relevante no desenvolvimento da sociedade.

Estimular o conhecimento dos prestar serviços especializados à


problemas do mundo presente comunidade e estabelecer com esta
(em particular os nacionais e regionais) uma relação de reciprocidade.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 6
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

7ª FINALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR:

- promover a extensão, aberta à participação da população, visando à difusão das conquistas e


benefícios resultantes da criação cultural e da pesquisa científica e tecnológica geradas na
instituição.

Sem dúvidas, o ponto central que temos que saber deste dispositivo é a questão da promoção da
extensão, aberta à participação da população. Entende-se por “extensão” a ação da Instituição de
ensino superior junto à comunidade que possibilita o compartilhamento, com o público externo,
do conhecimento adquirido por meio do ensino e da pesquisa desenvolvidos na própria instituição.
Trata-se, portanto, de mais uma função social da educação superior: compartilhar o conhecimento
adquirido com a comunidade.

das conquistas e
benefícios resultantes da
criação cultural
Promover a extensão
(aberta à participação visando à difusão
da população)
da pesquisa científica e
tecnológica geradas na
instituição.

8ª FINALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR:

- atuar em favor da universalização e do aprimoramento da educação básica, mediante a formação


e a capacitação de profissionais, a realização de pesquisas pedagógicas e o desenvolvimento de
atividades de extensão que aproximem os dois níveis escolares.

Esta última finalidade foi incluída na LDB em 2015. Percebam que há, neste dispositivo, um fim
integrativo entre os 2 níveis da educação (Educação Superior e Educação Básica). O objetivo é
reduzir a distância entre estes níveis, na medida em que a LDB fixa como uma das finalidades da
Educação Superior contribuir para a universalização e aprimoramento da Educação Básica.

- a formação e a capacitação de
profissionai

Atuar em favor da
universalização e do - a realização de pesquisas pedagógicas
mediante:
aprimoramento da
educação básica
- o desenvolvimento de atividades de
extensão que aproximem os dois
níveis escolares.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 7
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUADRO RESUMO COM AS IDEIAS CENTRAIS DE CADA FINALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

1- Estimular a criação (cultural) e o desenvolvimento (espírito científico e pensamento reflexivo)

2- Formar diplomados e colaborar para a formação contínua

3- Incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica

4- Promover a divulgação do conhecimento (cultural, científico e técnico) e comunicar o saber

5- Suscitar o desejo de aperfeiçoamento e possibilitar a concretização

6- Estimular o conhecimento dos problemas e prestar serviços à comunidade

7- Promover a extensão

8- Atuar em favor da universalização e aprimoramento da educação básica

QUESTÃO 1: 2017 - UEPB - Pedagogo

De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB 9.394/96, Art. 43, a
educação superior tem por finalidade

I- estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento


reflexivo.

II- formar diplomados nas diferentes áreas de conhecimento, aptos para a inserção em
setores profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, e
colaborar na sua formação contínua.

III- incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao desenvolvimento da


ciência e da tecnologia e da criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o
entendimento do homem e do meio em que ele vive.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 8
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

Está(ão) CORRETA(S) apenas a(s) afirmações apresentadas em:

a) III
b) I e II.
c) I e III.
d) II
e) I, II e III.

COMENTÁRIOS:

Conforme acabamos de estudar, todas as assertivas da questão são finalidades da Educação


Superior. Gabarito é a letra E.

QUESTÃO 2: 2016 - UFRJ - Pedagogo

Segundo o Artigo 43º da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9.394/96 (LDB),
pode-se afirmar que, entre as finalidades da Educação Superior, está a de:

a) conhecer a elaboração do Plano Nacional de Educação, para elevar a taxa bruta de


matrícula na Educação Superior para 50% e a taxa líquida para 33% da população de 18 a 24
anos, assegurada a qualidade da oferta e a expansão para, pelo menos, 40% das novas
matrículas, no segmento público.

b) baixar normas complementares para seu sistema de ensino e fixar os currículos dos seus
cursos e programas, observadas as diretrizes gerais pertinentes.

c) desenvolver diretrizes curriculares para a elaboração de projetos pedagógicos de curso e


reformar os seus estatutos e regimentos, em consonância com as normas gerais atinentes.

d) assegurar o ensino de graduação, com prioridade, e o de pós-graduação, além de fixar o


número de vagas, de acordo com a capacidade institucional e as exigências do seu meio.

e) promover a extensão, aberta à participação da população, com vistas à difusão das


conquistas e benefícios resultantes da criação cultural e da pesquisa científica e tecnológica
geradas na instituição assim como atuar de modo favorável à universalização e ao
aprimoramento da educação básica, mediante a formação e a capacitação de profissionais.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 9
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

COMENTÁRIOS:

De acordo com o artigo 43, incisos VII e VIII, são finalidades da educação superior:

VII - promover a extensão, aberta à participação da população, visando à difusão das


conquistas e benefícios resultantes da criação cultural e da pesquisa científica e tecnológica
geradas na instituição.

VIII - atuar em favor da universalização e do aprimoramento da educação básica, mediante a


formação e a capacitação de profissionais, a realização de pesquisas pedagógicas e o
desenvolvimento de atividades de extensão que aproximem os dois níveis escolares.

Portanto, a letra E está correta e é o gabarito da questão.

QUESTÃO 3: 2018 – UFRJ - Tec Assuntos Educacionais

A educação superior constitui o mais elevado nível da educação brasileira. De acordo com as
finalidades da educação superior, apresentadas na LDB (Lei nº 9.394/1996), cabe a esse grau
de ensino:

a) incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao desenvolvimento da


ciência e da tecnologia e à criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o
entendimento do homem dissociado do meio em que vive.

b) incentivar o trabalho de pesquisa e a investigação científica, visando ao desenvolvimento


da ciência e da tecnologia e à criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o
pensamento heterônomo.

c) estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento


heterônomo com o propósito de incentivar o trabalho de pesquisa.

d) estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento


reflexivo.

e) estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento


reflexivo para a participação no desenvolvimento, exclusivamente, de um segmento da
sociedade brasileira.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 10
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

COMENTÁRIOS:

Alternativa A: incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao


desenvolvimento da ciência e da tecnologia e à criação e difusão da cultura, e, desse modo,
desenvolver o entendimento do homem dissociado do meio em que vive. (Errada)

Alternativa B: incentivar o trabalho de pesquisa e a investigação científica, visando ao


desenvolvimento da ciência e da tecnologia e à criação e difusão da cultura, e, desse modo,
desenvolver o pensamento heterônomo. (Errada)

Alternativa C: estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do


pensamento heterônomo com o propósito de incentivar o trabalho de pesquisa (Errada)

Alternativa D: estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do


pensamento reflexivo. (Correta)

Alternativa E: estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do


pensamento reflexivo para a participação no desenvolvimento, exclusivamente, de um
segmento da sociedade brasileira. (Errada)

QUESTÃO 4: 2017 – UFVJM - Pedagogo

Nas diretrizes e bases da educação nacional, estabelecidas pela Lei Nº 9.394/96, são
determinadas como finalidades da educação superior, EXCETO:

a) Desenvolver o educando, assegurar-lhe a formação comum indispensável para o exercício


da cidadania e fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores.

b) Formar diplomados nas diferentes áreas de conhecimento, aptos para a inserção em


setores profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, e
colaborar na sua formação contínua.

c) Promover a divulgação de conhecimentos culturais, científicos e técnicos que constituem


patrimônio da humanidade e comunicar o saber por meio do ensino, de publicações ou de
outras formas de comunicação.

d) Atuar em favor da universalização e do aprimoramento da educação básica, mediante a


formação e a capacitação de profissionais, a realização de pesquisas pedagógicas e o
desenvolvimento de atividades de extensão que aproximem os dois níveis escolares.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 11
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

COMENTÁRIOS:

De todas as alternativas, a única errada é a letra A, pois “Desenvolver o educando, assegurar-


lhe a formação comum indispensável para o exercício da cidadania e fornecer-lhe meios para
progredir no trabalho e em estudos posteriores” é uma finalidade da educação básica, e não
da educação superior. Gabarito é a letra A.

QUESTÃO 5: 2018 - IFF

Conforme o disposto na LDB, a educação superior tem por finalidade

a) estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito nacionalista.


b) formar diplomados das áreas de exatas e humanidades, aptos para a inserção em setores
profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, além de
colaborar na sua formação contínua.
c) incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao desenvolvimento da
ciência e da tecnologia e à criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o
entendimento do homem e do meio em que vive.
d) promover a competição científica para o desenvolvimento do país.
e) suscitar o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional para o
desenvolvimento da ciência e o sucesso profissional dos estudantes.

COMENTÁRIOS:

Alternativa A: estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito nacionalista.


(Errada)

Alternativa B: formar diplomados das áreas de exatas e humanidades, aptos para a inserção
em setores profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira,
além de colaborar na sua formação contínua. (Errada)

Alternativa C: incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao


desenvolvimento da ciência e da tecnologia e à criação e difusão da cultura, e, desse modo,
desenvolver o entendimento do homem e do meio em que vive. (Correta).

Alternativa D: promover a competição científica para o desenvolvimento do país. (Errada)

Alternativa E: suscitar o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional para o


desenvolvimento da ciência e o sucesso profissional dos estudantes. (Errada)

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 12
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 6: 2018 – IPHAN – Área 11


Com base nas disposições da Lei n.º 9.394/1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação
Nacional — LDB), julgue o item que se segue.

A educação superior tem por finalidade promover a divulgação de conhecimentos culturais,


científicos e técnicos que constituem patrimônio da humanidade, assim como comunicar o
saber por meio do ensino, de publicações ou de outras formas de comunicação.

( ) Certo ( ) Errado

COMENTÁRIOS:

Corretíssimo, de acordo com art. 43, inciso IV.

2- CURSOS E PROGRAMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Prosseguindo com o próximo artigo, artigo 44, temos mais um ponto relevante para a sua prova,
cujo tema é cursos e programas abrangidos pela a educação superior. Leiam o artigo:

Art. 44. A educação superior abrangerá os seguintes cursos e


programas: (Regulamento)

I - cursos seqüenciais por campo de saber, de diferentes níveis de abrangência, abertos a


candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino, desde
que tenham concluído o ensino médio ou equivalente; (Redação dada pela Lei nº
11.632, de 2007).

II - de graduação, abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou


equivalente e tenham sido classificados em processo seletivo;

III - de pós-graduação, compreendendo programas de mestrado e doutorado, cursos de


especialização, aperfeiçoamento e outros, abertos a candidatos diplomados em cursos
de graduação e que atendam às exigências das instituições de ensino;

IV - de extensão, abertos a candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos em


cada caso pelas instituições de ensino.

§ 1º. Os resultados do processo seletivo referido no inciso II do caput deste artigo serão
tornados públicos pelas instituições de ensino superior, sendo obrigatória a divulgação

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 13
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

da relação nominal dos classificados, a respectiva ordem de classificação, bem como do


cronograma das chamadas para matrícula, de acordo com os critérios para
preenchimento das vagas constantes do respectivo edital. (Incluído pela Lei nº
11.331, de 2006)

§ 2º No caso de empate no processo seletivo, as instituições públicas de ensino superior


darão prioridade de matrícula ao candidato que comprove ter renda familiar inferior a
dez salários mínimos, ou ao de menor renda familiar, quando mais de um candidato
preencher o critério inicial. (Incluído pela Lei nº 13.184, de 2015)

§ 3o O processo seletivo referido no inciso II considerará as competências e as


habilidades definidas na Base Nacional Comum Curricular. (Incluído pela lei nº
13.415, de 2017)
Com isso, lendo o artigo identificamos 4 tipos de cursos/programas na educação superior:

1- Sequenciais;
2- Graduação;
3- Pós-Graduação; e
4- Cursos de Extensão

1- CURSOS SEQUENCIAIS:

- cursos sequenciais por campo de saber, de diferentes níveis de abrangência, abertos a candidatos
que atendam aos requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que tenham concluído
o ensino médio ou equivalente.

Os cursos sequenciais são regulamentados pela Resolução CNE/CES nº 1, de 2017. Vejam que os
cursos sequenciais serão organizados por campo do saber e terão diferentes níveis de
abrangência, sendo abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio. Muita atenção
aqui, pois não é necessário que o educando tenha terminado o nível superior para participar de um
curso sequencial, mas apenas o nível médio ou equivalente, ok?

2- GRADUAÇÃO:

- abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente e tenham sido
classificados em processo seletivo.

Mais uma vez percebam que uma das condições para que o educando ingresse na graduação é que
ele tenha concluído o ensino médio ou equivalente. Outra condição para que o educando
ingresse na graduação é que ele seja classificado em processo seletivo (vestibular).

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 14
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

3- PÓS-GRADUAÇÃO:

- compreendendo programas de mestrado e doutorado, cursos de especialização, aperfeiçoamento


e outros, abertos a candidatos diplomados em cursos de graduação e que atendam às exigências
das instituições de ensino;

Por óbvio, para se ingressar na pós-graduação, é preciso que o educando tenha concluído a
graduação. São definidos como programas de pós-graduação os mestrados, doutorados, curso de
especialização, aperfeiçoamento e outros. Tomem cuidado, portanto, pois muitos concurseiros
são levados ao erro na questão ao concluir que somente os cursos de especialização e
aperfeiçoamento se enquadrariam na pós-graduação, quando na verdade, os mestrados e
doutorados também fazem parte do escopo da pós-graduação.

4- CURSOS DE EXTENSÃO:

- abertos a candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos em cada caso pelas instituições de
ensino.

O ponto mais importante e mais cobrado em prova em relação ao curso de extensão é que ele é o
único programa da educação superior em que não é exigido, por lei, que o educando tenha
concluído o ensino médio ou equivalente, sendo aberto a qualquer candidato que atenda aos
requisitos estabelecidos pela instituição de ensino.

Reparem, portanto, que quem estabelecerá os requisitos para ingresso nos cursos de extensão
são as instituições de ensino e, com isso, é perfeitamente possível que a instituição exija que o
educando tenha concluído o ensino médio. Então o que quero chamar a atenção de vocês é para o
fato de que, na LDB, não há obrigatoriedade para que o educando tenha concluído o ensino médio
ou equivalente, porém, a LDB deu autonomia para as instituições de ensino exigirem, se assim
desejarem.

CURSOS E PROGRAMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

GRADUAÇÃO
(nível médio concluído)

PÓS-GRADUAÇÃO
(graduação concluída)

EXTENSÃO
(a critério da instituição de ensino)

SEQUENCIAIS
(nível médio concluído)

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 15
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

Temos ainda no parágrafo 1° do artigo 44, algumas regras específicas para o processo seletivo de
graduação:

- Os resultados do processo seletivo referido no inciso II do caput deste artigo serão tornados
públicos pelas instituições de ensino superior, sendo obrigatória a divulgação da relação nominal
dos classificados, a respectiva ordem de classificação, bem como do cronograma das chamadas
para matrícula, de acordo com os critérios para preenchimento das vagas constantes do respectivo
edital.

Este dispositivo trata da transparência do processo seletivo para o ingresso na graduação.


Guardem bem as 3 obrigações das instituições de ensino superior (IES) em relação ao tema:

OBRIGAÇÕES DA IES EM RELAÇÃO AO PROCESSO SELETIVO PARA AS GRADUAÇÕES:

Divulgação:

1- da relação nominal dos classificados;


2- da respectiva ordem de classificação; e
3- do cronograma das chamadas para matrícula.

Já no parágrafo 2° do artigo 44, temos:

- No caso de empate no processo seletivo, as instituições públicas de ensino superior darão


prioridade de matrícula ao candidato que comprove ter renda familiar inferior a dez salários
mínimos, ou ao de menor renda familiar, quando mais de um candidato preencher o critério inicial.

Assim, a prioridade de matrículas nas IES públicas será para aqueles com renda familiar inferior a
10 salários mínimos. E no caso de mais de um pessoa preencher este critério, o desempate será em
função daquele que tiver menor renda familiar.

PRIORIDADE NA MATRÍCULA EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PÚBLICAS

Aquele com RENDA FAMILIAR → inferior a 10 salários mínimos


Obs.: em caso de mais de uma pessoa ter renda inferior a 10 salários mínimos, a prioridade é
para quem tiver a menor renda familiar.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 16
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

Finalizando o artigo 44, temos o parágrafo 3° que diz:

- O processo seletivo referido no inciso II considerará as competências e as habilidades definidas na


Base Nacional Comum Curricular.

Dispositivo simples, mas também muito importante. Aqui temos que o processo seletivo para as
graduações (vestibular) levará em conta as competências e as habilidades definidas na Base
Nacional Comum Curricular (BNCC).

QUESTÃO 7: 2017 - UEPB - Assistente Técnico

Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, a Educação Superior promoverá os


seguintes cursos e/ou programas

a) cursos sequenciais e independentes do campo de saber, desde que sejam dos mesmos
níveis de abrangência, abertos a candidatos que tenham interesse em aprimorar ou iniciar
seus estudos na área.
b) de pós-graduação, compreendendo programas de mestrado e doutorado, cursos de
especialização, aperfeiçoamento e outros, abertos a candidatos graduados ou não, desde
que demonstrem notório saber.
c) de extensão, abertos a candidatos que tenham interesse naquela área de conhecimento.
d) de graduação, abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente
e tenham sido classificados em processo seletivo.
e) livres, compreendidos como aqueles cujo programa é estabelecido pelos próprios alunos e
a Universidade oferece a estrutura e a formação.

COMENTÁRIOS:

Alternativa A: cursos sequenciais e independentes do campo de saber, desde que sejam dos
mesmos níveis de abrangência, abertos a candidatos que tenham interesse em aprimorar ou
iniciar seus estudos na área. (Errada)

Alternativa B: de pós-graduação, compreendendo programas de mestrado e doutorado,


cursos de especialização, aperfeiçoamento e outros, abertos a candidatos graduados ou não,
desde que demonstrem notório saber. (Errada)

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 17
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

Alternativa C: de extensão, abertos a candidatos que tenham interesse naquela área de


conhecimento. (que cumpram os requisitos da IES. Errada)

Alternativa D: de graduação, abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou


equivalente e tenham sido classificados em processo seletivo. (Correta)

Alternativa E: livres, compreendidos como aqueles cujo programa é estabelecido pelos


próprios alunos e a Universidade oferece a estrutura e a formação. (Não existe este curso;
Errada)

QUESTÃO 8: 2015 - IFRN - Técnico em Química

Nos termos da Lei nº 9.394/1996, a educação superior abrangerá os cursos

a) de graduação e de pós-graduação, abertos a candidatos que atendam aos requisitos


estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que tenham concluído o ensino médio
ou equivalente e tenham atingido a nota mínima sessenta.
b) de extensão e de pesquisa científica, abertos a candidatos que atendam aos requisitos
estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que tenham concluído o ensino médio
regular, na modalidade EJA ou supletivo.
c) integrados de ensino médio e de técnico com habilitação, abertos a candidatos que
atendam aos requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que tenham
concluído o ensino fundamental ou equivalente.
d) sequenciais por campo de saber, de diferentes níveis de abrangência, abertos a
candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino, desde
que tenham concluído o ensino médio ou equivalente.

COMENTÁRIOS:

Alternativa A: de graduação e de pós-graduação, abertos a candidatos que atendam aos


requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que tenham concluído o ensino
médio ou equivalente e tenham atingido a nota mínima sessenta. (Errada)

Alternativa B: de extensão e de pesquisa científica, abertos a candidatos que atendam aos


requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que tenham concluído o ensino
médio regular, na modalidade EJA ou supletivo.

Alternativa C: integrados de ensino médio e de técnico com habilitação, abertos a candidatos


que atendam aos requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que tenham
concluído o ensino fundamental ou equivalente.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 18
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

Alternativa D: sequenciais por campo de saber, de diferentes níveis de abrangência, abertos a


candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que
tenham concluído o ensino médio ou equivalente. (Correta)

QUESTÃO 9: 2018 - UFRJ - Tec Assuntos Educacionais

A LDB (Lei nº 9.394/1996) organiza e estabelece parâmetros para os sistemas de ensino, seja
da educação básica ou da educação superior.

Quanto a esta última, destaca-se que seu tripé é constituído pelo ensino, pela pesquisa e
pela extensão. Sobre a extensão, tendo como base a LDB, pode-se afirmar que:

a) é aberta a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente e que


tenham sido classificados em processo seletivo público, com ampla divulgação.

b) incentiva o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao desenvolvimento da


ciência e tecnologia e à criação e difusão da cultura, tendo em vista o crescimento e a
expansão da instituição de ensino superior.

c) as ações de extensão, elaboradas sempre com a participação da população, são


direcionadas a um público específico, definido através de resolução ou portaria pelo
Ministério da Educação e padronizado para todas as universidades.

d) as ações são organizadas através de cursos, eventos, programas e projetos, tendo como
objetivo a difusão de suas pesquisas entre a comunidade universitária.

e) deve ser aberta à comunidade em geral, visando à participação da população e à difusão


dos conhecimentos construídos na criação cultural, pesquisa científica e tecnológica geradas
na instituição.

COMENTÁRIOS:

A LDB trouxe 2 dispositivos importantes sobre os cursos de extensão. O primeiro está


previsto no art. 43, inciso VII, que cita, como uma das finalidades da educação superior, a
promoção da extensão, aberta à participação da população, visando à difusão das conquistas
e benefícios resultantes da criação cultural e da pesquisa científica e tecnológica geradas na
instituição.

Outra passagem na LDB em que é citada a extensão é no art. 44, inciso IV, onde se determina
que os cursos de extensão serão abertos a candidatos que atendam aos requisitos
estabelecidos em cada caso pelas instituições de ensino.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 19
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

E é exatamente em cima destes 2 dispositivos que a questão exigiu o conhecimento do


concurseiro. Vamos às alternativas:

Alternativa A: é aberta a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente e


que tenham sido classificados em processo seletivo público, com ampla divulgação.

Alternativa B: incentiva o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao


desenvolvimento da ciência e tecnologia e à criação e difusão da cultura, tendo em vista o
crescimento e a expansão da instituição de ensino superior.

Alternativa C: as ações de extensão, elaboradas sempre com a participação da população,


são direcionadas a um público específico, definido através de resolução ou portaria pelo
Ministério da Educação e padronizado para todas as universidades.

Alternativa D: as ações são organizadas através de cursos, eventos, programas e projetos,


tendo como objetivo a difusão de suas pesquisas entre a comunidade universitária.

Alternativa E: deve ser aberta à comunidade em geral, visando à participação da população e


à difusão dos conhecimentos construídos na criação cultural, pesquisa científica e tecnológica
geradas na instituição. (Correta)

QUESTÃO 10: 2018 - UNIFAP - Técnico em Assuntos Educacionais

A educação superior está expressa nos artigos 43 a 47 da Lei de Diretrizes e Bases da


Educação Nacional (Lei 9394/96) e tem por finalidade formar profissionais em diferentes
áreas do saber, promovendo a divulgação dos conhecimentos culturais, comunicando-se por
meio do ensino. Neste sentido, a Educação Superior abrange os seguintes cursos e programas
(conforme o Art. 44). Marque a opção CORRETA.

I - Cursos sequenciais por campo do saber, de diferentes níveis de abrangência, abertos a


candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino.
II - De graduação, abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente
e tenham sido classificados em processo seletivo.
III - De pós-graduação, compreendendo programas de mestrado e doutorado, cursos de
especialização, aperfeiçoamento e outros, abertos a candidatos diplomados em cursos de
graduação que atendam às exigências das instituições de ensino.
IV - De extensão, abertos a candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos em cada
caso pelas instituições de ensino.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 20
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

Estão corretas:

a) I e II
b) II e III
c) III e IV
d) I, II, III e IV

COMENTÁRIOS:

As assertivas apresentadas nas alternativas I, II, III e IV se complementam e, portanto, estão


corretas. Gabarito é a letra D.

Prosseguindo nossos estudos sobre os cursos e programas da educação superior, veremos no


artigo 45 que eles serão ofertados com variados graus de abrangência e especialização.

Art. 45. A educação superior será ministrada em instituições de ensino superior, públicas
ou privadas, com variados graus de abrangência ou
especialização. (Regulamento) (Regulamento)

O artigo 45 deu liberdade para as instituições de ensino superior (IES), públicas ou privadas,
oferecerem os cursos que estiverem ao seu alcance. Vejam que os cursos poderão ser ofertados
pelas IES com variados graus de abrangência ou especialização. Então uma IES de grande porte
poderá abranger mais de 100 cursos de graduação, enquanto que uma IES de menor porte poderá
ofertar apenas 1 curso, não havendo nenhum impedimento legal, na LDB, para que ela atue com
apenas 1 curso.

QUESTÃO 11: 2012 - MPOG (adaptada)

Em relação à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, no que se refere ao Capítulo IV,
que trata da Educação Superior, assinale a opção correta.

A educação superior será ministrada em instituições de ensino superior, públicas ou privadas,


com os mesmos graus de abrangência ou especialização.

( ) CERTO ( ) ERRADO

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 21
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

COMENTÁRIOS:

Conforme acabamos de ver, as IES poderão ofertar cursos com diferentes graus de
abrangência ou especialização. Gabarito é errado.

QUESTÃO 12: 2016 - Prefeitura de Palhoça/SC - Professor de Educação Infantil

Assinale a alternativa FALSA:

a) A educação superior somente será ministrada em instituições de ensino superior públicas,


com variados graus de abrangência ou especialização.
b) Os cursos de pós-graduação serão oferecidos em diversas instituições públicas ou
privadas.
c) A educação superior será oferecida tanto em instituições públicas como nas privadas.
d) A educação superior será ministrada em instituições de ensino superior, públicas ou
privadas, com variados graus de abrangência ou especialização.

COMENTÁRIOS:

A única alternativa errada na questão é a letra A, pois a educação superior será ministrada
tanto em IES públicas quanto IES privadas. Gabarito é a letra A.

3- AUTORIZAÇÃO, RECONHECIMENTO E CREDENCIAMENTO DAS IES

A seguir, vamos para o artigo 46 e seus 05 parágrafos. Aqui, estudaremos a questão da


autorização, reconhecimento e credenciamento das Instituições de Ensino Superior (IES).

Art. 46. A autorização e o reconhecimento de cursos, bem como o credenciamento de


instituições de educação superior, terão prazos limitados, sendo renovados,
periodicamente, após processo regular de
avaliação. (Regulamento) (Regulamento) (Vide Lei nº 10.870, de 2004)

§ 1º Após um prazo para saneamento de deficiências eventualmente identificadas pela


avaliação a que se refere este artigo, haverá reavaliação, que poderá resultar, conforme
o caso, em desativação de cursos e habilitações, em intervenção na instituição, em
suspensão temporária de prerrogativas da autonomia, ou em descredenciamento.
(Regulamento) (Regulamento) (Vide Lei nº 10.870, de 2004)

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 22
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

§ 2º No caso de instituição pública, o Poder Executivo responsável por sua manutenção


acompanhará o processo de saneamento e fornecerá recursos adicionais, se necessários,
para a superação das deficiências.

§ 3o No caso de instituição privada, além das sanções previstas no § 1o deste artigo, o


processo de reavaliação poderá resultar em redução de vagas autorizadas e em
suspensão temporária de novos ingressos e de oferta de cursos. (Incluído pela
Lei nº 13.530, de 2017)

§ 4o É facultado ao Ministério da Educação, mediante procedimento específico e com


aquiescência da instituição de ensino, com vistas a resguardar os interesses dos
estudantes, comutar as penalidades previstas nos §§ 1oe 3o deste artigo por outras
medidas, desde que adequadas para superação das deficiências e irregularidades
constatadas. (Incluído pela Lei nº 13.530, de 2017)

§ 5o Para fins de regulação, os Estados e o Distrito Federal deverão adotar os critérios


definidos pela União para autorização de funcionamento de curso de graduação em
Medicina. (Incluído pela Lei nº 13.530, de 2017)

No caput do artigo 46 temos o seguinte:

- A autorização e o reconhecimento de cursos, bem como o credenciamento de instituições de


educação superior, terão prazos limitados, sendo renovados, periodicamente, após processo
regular de avaliação.

O ponto mais cobrado em provas é a questão da autorização, reconhecimento e credenciamento


das IES por prazo limitado. As questões de prova vão tentar enganar vocês afirmando que os
prazos são ilimitados, mas vocês não vão cair nesta armadilha.

Por uma questão didática, comentarei os parágrafos 1° e 3° do artigo 46 em conjunto. Eles dizem o
seguinte:

- (§ 1o) Após um prazo para saneamento de deficiências eventualmente identificadas pela avaliação
a que se refere este artigo, haverá reavaliação, que poderá resultar, conforme o caso, em
desativação de cursos e habilitações, em intervenção na instituição, em suspensão temporária de
prerrogativas da autonomia, ou em descredenciamento.

- (§ 3o) No caso de instituição privada, além das sanções previstas no § 1o deste artigo, o processo
de reavaliação poderá resultar em redução de vagas autorizadas e em suspensão temporária de
novos ingressos e de oferta de cursos.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 23
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

Aqui é o seguinte: constatada alguma irregularidade ou deficiência nas IES, estas terão um prazo
para regularizá-las. Decorrido o prazo, haverá uma reavaliação da IES. Não sendo aprovada, a IES
poderá sofrer as seguintes punições:

1- desativação de cursos e habilitações;


2- intervenção na instituição;
3- suspensão temporária de prerrogativas da autonomia;
4- descredenciamento; ou
5- redução de vagas e suspensão temporária para novos ingressos ou novos cursos (somente
para instituições privadas)

Muita atenção para a 5ª punição “redução de vagas e suspensão temporária para novos ingressos
ou novos cursos”, pois ela apenas se aplica às IES privadas. É uma forma de impedir as IES
privadas irregulares de realizarem novas matriculas e, assim, em função da perda de faturamento,
forçá-las a se regularizarem.

No parágrafo 2°, temos a questão da responsabilidade do poder público em regularizar as


deficiências das IES públicas:

- No caso de instituição pública, o Poder Executivo responsável por sua manutenção acompanhará
o processo de saneamento e fornecerá recursos adicionais, se necessários, para a superação das
deficiências.

Tomem cuidado na prova, pois o poder executivo acompanhará o processo de saneamento e


fornecerá recursos adicionais, se necessário, para as instituições públicas, estando as instituições
privadas foro do escopo deste dispositivo.

Já o parágrafo 4°, incluído na LDB recentemente em 2017, veio para “amenizar” todas as punições
previstas nos parágrafos 1° e 3º. Analisem:

- É facultado ao Ministério da Educação, mediante procedimento específico e com aquiescência da


instituição de ensino, com vistas a resguardar os interesses dos estudantes, comutar as penalidades
previstas nos §§ 1oe 3o deste artigo por outras medidas, desde que adequadas para superação das
deficiências e irregularidades constatadas.

Do dispositivo, depreende-se que as punições previstas nos §§ 1º e 3º poderão ser substituídas


por outras medidas, sem citar, sequer, quais seriam. Sem dúvidas, uma verdadeira “carta branca”
para o MEC atuar em relação às IES irregulares.

Finalmente, temos o 5° parágrafo, que determina, para fins de regulação, a necessidade dos
Estados e DF adotar os mesmos critérios definidos pela União para autorização de funcionamento
de curso de graduação de medicina. Percebam:

- Para fins de regulação, os Estados e o Distrito Federal deverão adotar os critérios definidos pela
União para autorização de funcionamento de curso de graduação em Medicina.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 24
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

Vejam que a LDB abordou de forma específica os cursos de medicina. Este dispositivo, que também
foi incluído em 2017, tem o objetivo melhorar a qualidade dos cursos de graduação de medicina
ofertados pelas instituições de ensino privadas estaduais e distrital, que se diga de passagem, são
caríssimos, e que não estavam atendendo aos critérios bastantes rígidos definidos pela União.

4- REGRAS GERAIS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

O artigo 47 traz as regras gerais da educação superior. É um artigo bastante extenso, então vamos
esquematizar os pontos mais importantes. Vamos ler todo o artigo e depois vamos as
considerações de destaques:

Art. 47. Na educação superior, o ano letivo regular, independente do ano civil, tem, no
mínimo, duzentos dias de trabalho acadêmico efetivo, excluído o tempo reservado aos
exames finais, quando houver.

§ 1o As instituições informarão aos interessados, antes de cada período letivo, os


programas dos cursos e demais componentes curriculares, sua duração, requisitos,
qualificação dos professores, recursos disponíveis e critérios de avaliação, obrigando-se
a cumprir as respectivas condições, e a publicação deve ser feita, sendo as 3 (três)
primeiras formas concomitantemente: (Redação dada pela lei nº 13.168, de
2015)

I - em página específica na internet no sítio eletrônico oficial da instituição de ensino


superior, obedecido o seguinte: (Incluído pela lei nº 13.168, de 2015)

a) toda publicação a que se refere esta Lei deve ter como título “Grade e Corpo
Docente”; (Incluída pela lei nº 13.168, de 2015)

b) a página principal da instituição de ensino superior, bem como a página da oferta de


seus cursos aos ingressantes sob a forma de vestibulares, processo seletivo e outras com
a mesma finalidade, deve conter a ligação desta com a página específica prevista neste
inciso; (Incluída pela lei nº 13.168, de 2015)

c) caso a instituição de ensino superior não possua sítio eletrônico, deve criar página
específica para divulgação das informações de que trata esta Lei; (Incluída pela lei
nº 13.168, de 2015)

d) a página específica deve conter a data completa de sua última atualização;


(Incluída pela lei nº 13.168, de 2015)

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 25
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

II - em toda propaganda eletrônica da instituição de ensino superior, por meio de ligação


para a página referida no inciso I; (Incluído pela lei nº 13.168, de 2015)

III - em local visível da instituição de ensino superior e de fácil acesso ao


público; (Incluído pela lei nº 13.168, de 2015)

IV - deve ser atualizada semestralmente ou anualmente, de acordo com a duração das


disciplinas de cada curso oferecido, observando o seguinte: (Incluído pela lei nº
13.168, de 2015)

a) caso o curso mantenha disciplinas com duração diferenciada, a publicação deve ser
semestral; (Incluída pela lei nº 13.168, de 2015)

b) a publicação deve ser feita até 1 (um) mês antes do início das aulas; (Incluída
pela lei nº 13.168, de 2015)

c) caso haja mudança na grade do curso ou no corpo docente até o início das aulas, os
alunos devem ser comunicados sobre as alterações; (Incluída pela lei nº 13.168, de
2015)

V - deve conter as seguintes informações: (Incluído pela lei nº 13.168, de 2015)

a) a lista de todos os cursos oferecidos pela instituição de ensino superior;


(Incluída pela lei nº 13.168, de 2015)

b) a lista das disciplinas que compõem a grade curricular de cada curso e as respectivas
cargas horárias; (Incluída pela lei nº 13.168, de 2015)

c) a identificação dos docentes que ministrarão as aulas em cada curso, as disciplinas


que efetivamente ministrará naquele curso ou cursos, sua titulação, abrangendo a
qualificação profissional do docente e o tempo de casa do docente, de forma total,
contínua ou intermitente. (Incluída pela lei nº 13.168, de 2015)

§ 2º Os alunos que tenham extraordinário aproveitamento nos estudos, demonstrado


por meio de provas e outros instrumentos de avaliação específicos, aplicados por banca
examinadora especial, poderão ter abreviada a duração dos seus cursos, de acordo com
as normas dos sistemas de ensino.

§ 3º É obrigatória a freqüência de alunos e professores, salvo nos programas de


educação a distância.

§ 4º As instituições de educação superior oferecerão, no período noturno, cursos de


graduação nos mesmos padrões de qualidade mantidos no período diurno, sendo

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 26
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

obrigatória a oferta noturna nas instituições públicas, garantida a necessária previsão


orçamentária.

Ok. Lido o artigo, vamos as considerações que são mais importantes da EDUCAÇÃO SUPERIOR para
a sua prova:

Do caput do artigo 47, temos:

O ano letivo INDEPENDE do ano civil e tem, no mínimo, 200 dias de trabalho acadêmico
efetivo, EXCLUÍDOS os dias reservado para os exames finais (esta regra é a mesma da
educação básica). Este é um dos assuntos mais cobrados em prova!

Do parágrafo 1°:

1- As IES deverão INFORMAR, antes de cada PERÍODO LETIVO:


i. os programas dos cursos e demais componentes curriculares;
ii. a duração do curso;
iii. os requisitos do curso;
iv. a qualificação dos professores;
v. os recursos disponíveis;
vi. os critérios de avaliação.

2- As informações acima deverão ser prestadas nas 3 formas a seguir, concomitantemente:


i. em página oficial na internet da IES ou página específica criada para este fim;
ii. em toda propaganda eletrônica da instituição de ensino superior, e
iii. em local visível da instituição de ensino superior e de fácil acesso ao público.

3- São condições gerais para a publicação das informações da educação superior:


i. caso o curso mantenha disciplinas com duração diferenciada, a publicação deve ser
semestral;
ii. a publicação deve ser feita até 1 (um) mês antes do início das aulas;
iii. a publicação deverá conter a lista de todos os cursos oferecidos pela instituição de
ensino superior e a lista das disciplinas que compõem a grade curricular de cada
curso e as respectivas cargas horárias;
iv. a publicação deverá conter a identificação dos docentes que ministrarão as aulas em
cada curso, as disciplinas que efetivamente ministrará naquele curso ou cursos, sua
titulação, abrangendo a qualificação profissional do docente e o tempo de casa do
docente, de forma total, contínua ou intermitente.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 27
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

Já no parágrafo 2° temos que os alunos que tenham extraordinário aproveitamento nos estudos,
demonstrado por meio de provas e outros instrumentos de avaliação específicos, aplicados por
banca examinadora especial, poderão ter abreviada a duração dos seus cursos, de acordo com as
normas dos sistemas de ensino.
Este dispositivo legal também já foi bastante cobrado em prova e permite a possibilidade do
educando se formarem em período menor que o normal, desde que demonstre extraordinário
aproveitamento nos estudos.

O parágrafo 3° é bastante interessante, pois a banca costuma tentar confundir o concurseiro.


Neste parágrafo temos que é obrigatória a frequência de alunos e professores, salvo nos
programas de educação a distância.
Vejam que embora esteja previsto na LDB a obrigatoriedade da frequência também dos
professores, não é citado aqui que esta frequência deverá ser no mínimo de 75% do período letivo,
que é frequência mínima exigida, em regra, para a educação básica. Então se a questão afirmar
que os professores deverão cumprir um mínimo de 75% caga horária letiva, a questão estará
errada!

E o parágrafo 4º nos traz a informação de que as IES oferecerão, no período noturno, cursos de
graduação nos mesmos padrões de qualidade mantidos no período diurno, sendo obrigatória a
oferta noturna nas instituições públicas, garantida a necessária previsão orçamentária.
Temos então que, segundo este dispositivo, as IES deverão ofertar cursos noturnos de graduação
com a mesma qualidade dos cursos diurnos.
Afirma ainda o § 4º que as instituições públicas deverão ofertar obrigatoriamente os cursos
noturnos. Logo, as instituições privadas, embora sejam recomendadas a também oferecerem
cursos noturnos com a mesma qualidade dos diurnos, não são obrigadas por lei a ofertarem.

QUESTÃO 13: 2017 - UFVJM-MG - Pedagogo

Segundo a Lei Nº 9394/96 – Diretrizes e bases da educação nacional, antes de cada período
letivo, as instituições de ensino superior informarão aos interessados, EXCETO:

a) Os programas dos cursos e demais componentes curriculares.


b) O reconhecimento do curso.
c) A qualificação dos professores.
d) Os critérios de avaliação.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 28
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

COMENTÁRIOS:

A única alternativa que não consta no artigo 47, § 1º, é o “reconhecimento do curso”.
Gabarito é a letra B.

QUESTÃO 14: 2018 - UNIFAP - Pedagogo

Na educação superior os alunos que tenham extraordinário aproveitamento nos estudos,


demonstrado por meio de provas e outros instrumentos de avaliação específicos, aplicados
por banca examinadora especial, poderão ter abreviada a duração dos seus cursos, de acordo
com as normas dos sistemas de ensino.

Considerando o texto acima podemos afirmar que:

a) a informação não procede, pois apesar da autonomia das universidades, o Conselho


Nacional de Educação (CNE), será o órgão máximo normativo e deliberativo, no qual
caberá sempre, solicitação por parte das universidades, de autorização prévia para tal
procedimento.
b) a informação não procede, pois apesar da autonomia das universidades, haveria
necessidade de normatização na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).
c) a informação procede, pois, a autonomia das universidades e a regulamentação efetuada
pela Lei n°. 9394/1996 de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) permitem tal
procedimento.
d) a informação procede apenas parcialmente, pois, o aproveitamento nos estudos, somente
poderá ser demonstrado por meio de provas.
e) a informação procede apenas parcialmente, pois, o aproveitamento nos estudos, somente
poderá ser demonstrado por constituição de banca examinadora especial.

COMENTÁRIOS:

Já vimos que os alunos com extraordinário aproveitamento nos estudos poderão ter
abreviada a duração dos seus estudos. Gabarito é a letra C.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 29
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

5- DIPLOMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

No próximo artigo, vamos estudar especificamente sobre os diplomas. Leiam:


Art. 48. Os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão
validade nacional como prova da formação recebida por seu titular.

§ 1º Os diplomas expedidos pelas universidades serão por elas próprias registrados, e


aqueles conferidos por instituições não-universitárias serão registrados em
universidades indicadas pelo Conselho Nacional de Educação.

§ 2º Os diplomas de graduação expedidos por universidades estrangeiras serão


revalidados por universidades públicas que tenham curso do mesmo nível e área ou
equivalente, respeitando-se os acordos internacionais de reciprocidade ou equiparação.

§ 3º Os diplomas de Mestrado e de Doutorado expedidos por universidades estrangeiras


só poderão ser reconhecidos por universidades que possuam cursos de pós-graduação
reconhecidos e avaliados, na mesma área de conhecimento e em nível equivalente ou
superior.

Então em relação aos diplomas para o curso de graduação, temos o seguinte:

1- Os diplomas de cursos superiores reconhecidos e registrados terão validade nacional.


- Assim, para o diploma ter validade nacional, é preciso que ele esteja reconhecido e
validado.

2- Os diplomas expedidos pelas universidades serão registrados por elas mesmo.


- É a própria universidade que expede e registra os diplomas de seus alunos.

3- Os diplomas expedidos por não-universidades (por exemplo: as faculdades) serão


registrados por universidades indicadas pelo CNE (Conselho Nacional de Educação).
- No caso das não-universidades, elas expedem os diplomas, mas não podem registrá-los. É
preciso que uma universidade indicada pelo CNE faça o registro. Por este motivo, muitas
faculdades demoram um tempo muito maior que as universidades para entregar os
diplomas aos seus alunos.
4- Os diplomas expedidos por universidades estrangeiras serão revalidados por universidades
públicas que tenham curso de mesmo nível e área ou equivalente (respeitado os acordos
internacionais de reciprocidade ou equiparação).
- Muita atenção aqui, pois este assunto é bastante cobrado em prova. Somente as
universidades públicas podem revalidar diplomas expedidos por universidades estrangeiras.
As universidades privadas não estão autorizadas a fazer revalidações de diplomas.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 30
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

5- Os diplomas de Mestrado e Doutorado expedido por universidades estrangeiras só


poderão ser reconhecidos por universidades que possuam cursos de pós-graduação
reconhecidos e avaliados na mesma área e em nível equivalente ou superior.
- Este dispositivo é “um upgrade” do anterior. Pois além de já sabermos que os diplomas
emitidos por universidades estrangeiras só podem ser revalidados por universidades
públicas, no caso de diplomas de mestrado e doutorado, só poderão ser reconhecidos por
universidades que possuam os mesmos cursos de pós-graduação e em nível equivalente ou
superior.

QUESTÃO 15: 2012 - UEMS - Administrativo

Indique V para as afirmações verdadeiras e F para as falsas, tendo como referência a Lei N°
9394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação
Nacional:

( ) A educação superior será ministrada em instituições de ensino superior públicas ou


privadas, com variados graus de abrangência ou especialização.

( ) Na educação superior, o ano letivo regular, independente do ano civil, tem, no mínimo,
cento e oitenta dias de trabalho acadêmico efetivo, excluído o tempo reservado ao processo
avaliativo e aos exames finais, quando houver.

( ) Os prazos do reconhecimento dos cursos, assim como o do credenciamento de instituições


de educação superior serão limitados, podendo ser renovados após processo regular de
avaliação.

( ) Os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão validade


nacional e, os que forem expedidos pelas universidades serão por elas próprias registrados.

A sequência correta é:

a) F- F- V - V
b) F-F-V-V
c) V-F-F-V
d) V-F-V-F
e) V-F-V–V

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 31
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

COMENTÁRIOS:

Somente a 2ª assertiva está errada: “Na educação superior, o ano letivo regular,
independente do ano civil, tem, no mínimo, cento e oitenta dias de trabalho acadêmico
efetivo, excluído o tempo reservado ao processo avaliativo e aos exames finais, quando
houver.” (200 dias. Errada).

Gabarito é a letra E.

6- ADMISSÃO DE ALUNOS NAS IES

No próximo artigo 49, temos a previsão legal para transferência de aluno.:

Art. 49. As instituições de educação superior aceitarão a transferência de alunos


regulares, para cursos afins, na hipótese de existência de vagas, e mediante processo
seletivo.
Parágrafo único. As transferências ex-officio dar-se-ão na forma da lei. (Regulamento)

Segundo este artigo 49 da LDB, é possível a transferência de alunos regulares entre IES distintas,
desde que:

1- o curso de graduação seja afim (em comum);


2- exista vagas disponíveis; e
3- participe de processo seletivo.

Um detalhe importante é em relação ao parágrafo único do artigo que diz: as transferências ex-
officio deverão ocorrer na forma da lei.
Transferências ex-officio são aquelas transferências que decorrem de situações criadas pelo
próprio poder público. O exemplo mais comum de transferências ex-officio é o caso de
dependente universitário de militar que tenha sido transferido para trabalhar em outro Estado.
Desta forma, nestes casos especiais de transferências ex-officio, o artigo 49 da LDB prevê que uma
outra lei disporá sobre estas situações. Pois bem, a lei que regulamenta este parágrafo único do
artigo 49 é a lei n° 9.536/1997. Esta lei determina que o educando que tenha sido transferido ex-
officio tem direito à matrícula na IES em qualquer época do ano e independentemente da
existência de vaga e sem processo seletivo.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 32
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

O detalhe é que o poder judiciário já tem adotado como jurisprudência em seus julgamentos que
os alunos de IES privadas que forem transferidos ex-officio somente terão direito à matricula em
IES também privadas no local de destino, exceto se o local possuir apenas IES pública, situação
em que o aluno terá direito à matricula nesta.

QUESTÃO 16: 2014 – UFRJ - Técnico em Assuntos Educacionais

Em relação à educação superior, conforme previsto na LDB nº 9.394/96, é correto afirmar


que:

a) os diplomas expedidos por qualquer instituição de ensino superior serão por elas próprias
registrados.
b) os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão validade
nacional como prova da formação recebida por seu titular.
c) os diplomas de graduação expedidos por universidades estrangeiras serão revalidados por
qualquer universidade que tenha curso do mesmo nível e área ou equivalente,
respeitando-se os acordos internacionais de reciprocidade ou equiparação.
d) os diplomas de Mestrado e de Doutorado expedidos por universidades estrangeiras
poderão ser reconhecidos por qualquer instituição de ensino superior que possua cursos
de pós-graduação reconhecidos e avaliados, na mesma área de conhecimento e em nível
equivalente ou superior.
e) as instituições de educação superior aceitarão a transferência de alunos regulares, para
qualquer curso oferecido, na hipótese de existência de vagas, e mediante processo
seletivo.

COMENTÁRIOS:

Alternativa A: os diplomas expedidos por qualquer instituição de ensino superior serão por
elas próprias registrados. (Somente os expedidos pelas universidades. Errada)

Alternativa B: os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão


validade nacional como prova da formação recebida por seu titular. (Correta)

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 33
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

Alternativa C: os diplomas de graduação expedidos por universidades estrangeiras serão


revalidados por qualquer universidade que tenha curso do mesmo nível e área ou
equivalente, respeitando-se os acordos internacionais de reciprocidade ou equiparação. (Por
universidades públicas. Errada)

Alternativa D: os diplomas de Mestrado e de Doutorado expedidos por universidades


estrangeiras poderão ser reconhecidos por qualquer instituição de ensino superior que
possua cursos de pós-graduação reconhecidos e avaliados, na mesma área de conhecimento
e em nível equivalente ou superior. (por universidades. Errada.)

Alternativa E: as instituições de educação superior aceitarão a transferência de alunos


regulares, para qualquer curso oferecido, na hipótese de existência de vagas, e mediante
processo seletivo.

Prosseguindo, temos o artigo 50 que trata de vagas para alunos não-regulares:

Art. 50. As instituições de educação superior, quando da ocorrência de vagas, abrirão


matrícula nas disciplinas de seus cursos a alunos não regulares que demonstrarem
capacidade de cursá-las com proveito, mediante processo seletivo prévio.

Este artigo 50 afirma que é possível, quando há ocorrência de vagas, que alunos não-regulares
cursem disciplinas nos cursos de educação superior, para fins de aperfeiçoamento ou para
posterior aproveitamento de disciplinas. É uma forma de se aperfeiçoar em uma disciplina que
não consta em sua grade curricular ou mesmo uma forma de adiantar os estudos da disciplina,
caso haja interesse do aluno em se matricular futuramente em algum curso que exija tal disciplina,
situação em que ele poderá aproveitá-la, pois já terá concluído anteriormente.

E no artigo 51, é bem simples o entendimento:

Art. 51. As instituições de educação superior credenciadas como universidades, ao


deliberar sobre critérios e normas de seleção e admissão de estudantes, levarão em
conta os efeitos desses critérios sobre a orientação do ensino médio, articulando-se com
os órgãos normativos dos sistemas de ensino.

Basicamente temos que saber que os processos seletivos das universidades levarão em conta a
orientação do ensino médio, ou seja, não pode o processo seletivo das universidade exigir algo que
não foi trabalhado no ensino médio, ok?

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 34
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 17: 2016 - Prefeitura de Palhoça/SC - Professor de Educação Especial

Indique a afirmativa correta:

a) É dispensável a frequência de alunos e professores com ou sem prévia justificativa nas


aulas presenciais, salvo nos programas de educação a distância.
b) As instituições de educação superior credenciadas como universidades, ao deliberar sobre
critérios e normas de seleção e admissão de estudantes, somente levarão em conta o
próprio planejamento indicado na grade curricular.
c) As instituições de educação superior credenciadas como universidades, ao deliberar sobre
critérios e normas de seleção e admissão de estudantes, levarão em conta os efeitos
desses critérios sobre a orientação do ensino médio, articulando-se com os órgãos
normativos dos sistemas de ensino.
d) As instituições de educação superior, quando da ocorrência de vagas, abrirão matrícula
nas disciplinas de seus cursos a alunos não regulares que demonstrarem capacidade de
cursá-las com proveito, sem a necessidade de processo seletivo prévio.

COMENTÁRIOS:

Alternativa A: É dispensável a frequência de alunos e professores com ou sem prévia


justificativa nas aulas presenciais, salvo nos programas de educação a distância. (Totalmente
errada)

Alternativa B: As instituições de educação superior credenciadas como universidades, ao


deliberar sobre critérios e normas de seleção e admissão de estudantes, somente levarão em
conta o próprio planejamento indicado na grade curricular. (Errada)

Alternativa C: As instituições de educação superior credenciadas como universidades, ao


deliberar sobre critérios e normas de seleção e admissão de estudantes, levarão em conta os
efeitos desses critérios sobre a orientação do ensino médio, articulando-se com os órgãos
normativos dos sistemas de ensino. (Correta)

Alternativa D: As instituições de educação superior, quando da ocorrência de vagas, abrirão


matrícula nas disciplinas de seus cursos a alunos não regulares que demonstrarem
capacidade de cursá-las com proveito, sem a necessidade de processo seletivo prévio.
(Errada)

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 35
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

7- CARACTERÍSTICAS DAS UNIVERSIDADES

Chegamos a um ponto bastante relevante na aula. Vamos estudar a partir de agora sobre as
características das universidades. Vamos à leitura do artigo 52:

Art. 52. As universidades são instituições pluridisciplinares de formação dos quadros


profissionais de nível superior, de pesquisa, de extensão e de domínio e cultivo do saber
humano, que se caracterizam por: (Regulamento)

I - produção intelectual institucionalizada mediante o estudo sistemático dos temas e


problemas mais relevantes, tanto do ponto de vista científico e cultural, quanto regional
e nacional;

II - um terço do corpo docente, pelo menos, com titulação acadêmica de mestrado ou


doutorado;

III - um terço do corpo docente em regime de tempo integral.

Parágrafo único. É facultada a criação de universidades especializadas por campo do


saber. (Regulamento)

Antes de adentrarmos aos comentários deste artigo 52, onde vamos falar das universidades,
vamos entender como funciona a estruturação do ensino superior:

Segundo o Decreto nº 9.235/2017, art. 15, as instituições de educação superior, de acordo com sua
organização e respectivas prerrogativas acadêmicas, são credenciadas como:

I - faculdades;
II - centros universitários; e
III - universidades.

Todas as instituições são credenciadas originalmente como faculdades. Já o credenciamento como


universidade ou centro universitário é feito posteriormente, desde que a faculdade esteja em
funcionamento regular e com padrão satisfatório de qualidade.

São centros universitários as instituições de ensino superior pluricurriculares, abrangendo uma ou


mais áreas do conhecimento, que se caracterizam pela excelência do ensino oferecido,
comprovada pela qualificação do seu corpo docente e pelas condições de trabalho acadêmico
oferecidas à comunidade escolar. Os centros universitários credenciados têm autonomia para

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 36
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

criar, organizar e extinguir, em sua sede, cursos e programas de educação superior. Podemos dizer
que os centros universitários têm autonomia maior que as faculdades e menor que as
universidades.

Já as universidades se caracterizam pela indissociabilidade das atividades de ensino, pesquisa e


extensão. Segundo o caput do artigo 52 da LDB, as universidades são instituições pluridisciplinares
de formação dos quadros profissionais de nível superior, de pesquisa, de extensão e de domínio e
cultivo do saber humano.

São características das universidades (guardem bem as 4 características abaixo para a prova!):

1- produção intelectual institucionalizada mediante o estudo sistemático dos temas e


problemas mais relevantes, tanto do ponto de vista científico e cultural, quanto regional e
nacional
2- um terço do corpo docente, pelo menos, com titulação acadêmica de mestrado ou
doutorado. (Ex.: se corpo docente tem 30 professores, pelo menos 10 deverão ser mestres
ou doutores).
3- um terço do corpo docente em regime de tempo integral.
4- Podem ser especializadas por campo do saber (Ex.: campo do direito, da saúde, etc).

QUESTÃO 18: 2018 - UFRJ - Tec Assuntos Educacionais

Assinale a alternativa INCORRETA quanto ao que diz a LDB (Lei nº 9.394/1996) em relação à
educação superior.

a) A educação superior abrangerá os cursos de extensão, abertos a candidatos que atendam


aos requisitos estabelecidos em cada caso pelas instituições de ensino.

b) Na educação superior, o ano letivo regular tem, no mínimo, duzentos dias de trabalho
acadêmico efetivo.

c) Metade do corpo docente das universidades deve possuir titulação acadêmica de


mestrado ou doutorado.

d) Nas instituições públicas de educação superior é obrigatória a oferta noturna de cursos de


graduação.

e) Os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão validade


nacional como prova da formação recebida por seu titular.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 37
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

COMENTÁRIOS:

A única alternativa errada é a letra C, pois a proporção correta seria de um terço e não a
metade do corpo docente. Gabarito é a letra C.

8- AUTONOMIA DAS UNIVERSIDADES

Os artigos 53 e 54 vão tratar da autonomia das universidades. São artigos longos, então vamos
abordar os pontos mais importantes. Como de praxe, vamos fazer a leitura destes artigos:

Art. 53. No exercício de sua autonomia, são asseguradas às universidades, sem prejuízo
de outras, as seguintes atribuições:

I - criar, organizar e extinguir, em sua sede, cursos e programas de educação superior


previstos nesta Lei, obedecendo às normas gerais da União e, quando for o caso, do
respectivo sistema de ensino; (Regulamento)

II - fixar os currículos dos seus cursos e programas, observadas as diretrizes gerais


pertinentes;

III - estabelecer planos, programas e projetos de pesquisa científica, produção artística e


atividades de extensão;

IV - fixar o número de vagas de acordo com a capacidade institucional e as exigências do


seu meio;

V - elaborar e reformar os seus estatutos e regimentos em consonância com as normas


gerais atinentes;

VI - conferir graus, diplomas e outros títulos;

VII - firmar contratos, acordos e convênios;

VIII - aprovar e executar planos, programas e projetos de investimentos referentes a


obras, serviços e aquisições em geral, bem como administrar rendimentos conforme
dispositivos institucionais;

IX - administrar os rendimentos e deles dispor na forma prevista no ato de constituição,


nas leis e nos respectivos estatutos;

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 38
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

X - receber subvenções, doações, heranças, legados e cooperação financeira resultante


de convênios com entidades públicas e privadas.

§ 1º Para garantir a autonomia didático-científica das universidades, caberá aos seus


colegiados de ensino e pesquisa decidir, dentro dos recursos orçamentários disponíveis,
sobre: (Redação dada pela Lei nº 13.490, de 2017)

I - criação, expansão, modificação e extinção de cursos;

II - ampliação e diminuição de vagas;

III - elaboração da programação dos cursos;

IV - programação das pesquisas e das atividades de extensão;

V - contratação e dispensa de professores;

VI - planos de carreira docente.

§ 2o As doações, inclusive monetárias, podem ser dirigidas a setores ou projetos


específicos, conforme acordo entre doadores e universidades. (Incluído pela Lei
nº 13.490, de 2017)

§ 3o No caso das universidades públicas, os recursos das doações devem ser dirigidos ao
caixa único da instituição, com destinação garantida às unidades a serem
beneficiadas. (Incluído pela Lei nº 13.490, de 2017)

Art. 54. As universidades mantidas pelo Poder Público gozarão, na forma da lei, de
estatuto jurídico especial para atender às peculiaridades de sua estrutura, organização e
financiamento pelo Poder Público, assim como dos seus planos de carreira e do regime
jurídico do seu pessoal. (Regulamento) (Regulamento)

§ 1º No exercício da sua autonomia, além das atribuições asseguradas pelo artigo


anterior, as universidades públicas poderão:

I - propor o seu quadro de pessoal docente, técnico e administrativo, assim como um


plano de cargos e salários, atendidas as normas gerais pertinentes e os recursos
disponíveis;

II - elaborar o regulamento de seu pessoal em conformidade com as normas gerais


concernentes;

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 39
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

III - aprovar e executar planos, programas e projetos de investimentos referentes a


obras, serviços e aquisições em geral, de acordo com os recursos alocados pelo
respectivo Poder mantenedor;

IV - elaborar seus orçamentos anuais e plurianuais;

V - adotar regime financeiro e contábil que atenda às suas peculiaridades de


organização e funcionamento;

VI - realizar operações de crédito ou de financiamento, com aprovação do Poder


competente, para aquisição de bens imóveis, instalações e equipamentos;

VII - efetuar transferências, quitações e tomar outras providências de ordem


orçamentária, financeira e patrimonial necessárias ao seu bom desempenho.

§ 2º Atribuições de autonomia universitária poderão ser estendidas a instituições que


comprovem alta qualificação para o ensino ou para a pesquisa, com base em avaliação
realizada pelo Poder Público.

Realizada a leitura dos artigos, vamos colocar em um único quadro todas as 17 regras relacionadas
à autonomia das universidades previstas no artigo 53 e no § 1° do artigo 54. Não é preciso decorá-
las, mas façam uma leitura atenciosa:

AUTONOMIA DAS UNIVERSIDADES (o que as universidades podem fazer):


1- Criar , organizar e expandir, em sua sede, cursos e programas de educação superior;

2- Fixar os currículos dos seus cursos e programas (mas tem que observar as diretrizes gerais);

3- Estabelecer planos, programas e projetos de pesquisa científica, produção artística e


atividades de extensão;

4- Fixar o número de vagas de acordo com a sua capacidade e as exigências do meio;

5- Elaborar e reformar seus estatutos;

6- Conferir graus, diplomas e outros títulos;

7- Firmar contratos, acordos e convênios;

8- Aprovar e executar planos, programas e projetos de investimentos (obras, serviços e


aquisições em geral) e administrar rendimentos;

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 40
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

9- Administrar rendimentos e deles dispor

10- Receber subvenções, doações, heranças, legados e cooperação financeira resultante de


convênios com entidades públicas e privadas;

Obs.1: As doações poderão ser dirigidas à universidade, de forma genérica, ou a algum


setor ou projeto específico da Universidade.

Obs.2: Se a doação for para universidade pública, mesmo que as doações tenham sido
dirigidas para algum setor ou projeto específico da universidade, tais recursos doados
deverão transitar, obrigatoriamente, pelo caixa único da instituição. (proibido “caixa 2” nas
universidades públicas, ok?)
REGRAS ESPECÍFICAS PARA UNIVERSIDADES MANTIDAS PELO PODER PÚBLICO
(ALÉM DAS ANTERIORES, PODEM TAMBÉM:
1- Gozar de estatuto jurídico especial para atender as suas peculiaridades.

2- Propor seu quadro docente, técnico e administrativo, plano de cargos e salários;

3- Elaborar o regulamento do seu pessoal;

4- Aprovar e executar planos, programas e projetos de investimentos (obras, serviços e


aquisições em geral) de acordo com os recursos alocados pelo respectivo Poder
mantenedor;

5- Elaborar seus orçamentos anuais e plurianuais;

6- Adotar regime financeiro e contábil que atenda às suas peculiaridades de organização e


funcionamento;

7- Realizar operações de crédito ou de financiamento, com aprovação do Poder


competente, para aquisição de bens imóveis, instalações e equipamentos;

8- Efetuar transferências, quitações e tomar outras providências de ordem orçamentária,


financeira e patrimonial necessárias ao seu bom desempenho.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 41
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 19: 2007 – AGU - Procurador Federal

A autonomia universitária a que se refere o texto constitucional, reiterada na LDB, aplica-se


ao conjunto das instituições de educação superior mantidas pelo poder público (União,
estados, municípios e DF), situação que não se aplica às universidades privadas.

( ) Certo

( ) Errado

COMENTÁRIOS:

O artigo 53 da LDB nos traz as regras de autonomia das universidades, indistintamente. Dizer
que os benefícios da autonomia universitária se aplicam exclusivamente às IES públicas é um
equívoco. Gabarito é errado.

QUESTÃO 20: 2014 - UFRJ - Técnico em Assuntos Educacionais

Conforme a LDB nº 9.394/96, a educação superior tem por finalidade, entre outras questões,
estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento
reflexivo e promover a divulgação de conhecimentos culturais, científicos e técnicos que
constituem patrimônio da humanidade e comunicar o saber através do ensino, de
publicações ou de outras formas de comunicação. Com base na referida Lei, NÃO é correto
afirmar que:

a) nas instituições públicas de educação superior, o professor ficará obrigado ao mínimo de


doze horas semanais de aulas.
b) as universidades são instituições pluridisciplinares de formação dos quadros profissionais
de nível superior, de pesquisa, de extensão e de domínio e cultivo do saber humano.
c) no âmbito do ensino superior, as transferências ex-officio dar-se-ão na forma da lei.
d) no exercício de sua autonomia, são asseguradas às universidades receber subvenções,
doações, heranças, legados e cooperação financeira resultante de convênios com
entidades públicas e privadas.
e) as universidades mantidas pelo Poder Público gozarão, na forma da lei, de estatuto
jurídico especial para atender às peculiaridades de sua estrutura, organização e
financiamento pelo Poder Público, assim como dos seus planos de carreira e do regime
jurídico do seu pessoal.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 42
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

COMENTÁRIOS:

A única alternativa errada é a letra A, pois veremos mais para adiante da aula que professor
ficará obrigado ao mínimo de oito horas semanais de aulas, e não doze, como afirma a
questão. Todas as demais alternativas nós já estudamos e sabemos que elas estão certas.
Gabarito é a letra A.

A seguir, temos ainda no § 1º do artigo 53 que, para garantir a autonomia didático-científica das
universidades, caberá aos colegiados de ensino e pesquisa decidir:

1- criação, expansão, modificação e extinção de cursos;


2- ampliação e diminuição de vagas;
3- elaboração da programação dos cursos;
4- programação das pesquisas e das atividades de extensão;
5- contratação e dispensa de professores;
6- planos de carreira docente.

Vejam que os órgãos colegiados das IES, que se compõem de profissionais da educação e de
representantes da comunidade escolar, têm enorme responsabilidade na gestão, podendo,
inclusive, decidir pela contratação ou dispensa de professores.

9- DISPOSIÇÕES FINAIS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Finalizando nossa aula, vamos aos artigos 55, 56 e 57:

Art. 55. Caberá à União assegurar, anualmente, em seu Orçamento Geral, recursos
suficientes para manutenção e desenvolvimento das instituições de educação superior
por ela mantidas.

Art. 56. As instituições públicas de educação superior obedecerão ao princípio da gestão


democrática, assegurada a existência de órgãos colegiados deliberativos, de que
participarão os segmentos da comunidade institucional, local e regional.

Parágrafo único. Em qualquer caso, os docentes ocuparão setenta por cento dos
assentos em cada órgão colegiado e comissão, inclusive nos que tratarem da elaboração
e modificações estatutárias e regimentais, bem como da escolha de dirigentes.

Art. 57. Nas instituições públicas de educação superior, o professor ficará obrigado ao
mínimo de oito horas semanais de aulas. (Regulamento)

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 43
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

No artigo 55 temos que caberá à União assegurar, anualmente, em seu orçamento geral, recursos
para as instituições de educação superior por ela mantidas. A atenção que vocês têm que ter aqui
é que os recursos para a educação superior mantidas pela União devem constar em seu orçamento
geral anual.

Em relação ao artigo 56, ele nos traz a informação que a educação superior obedecerá o princípio
da gestão democrática (o que não é uma surpresa para nós, pois já estudamos este princípio).

Um dado bastante cobrado em prova é a questão do percentual de docentes que ocuparão os


assentos dos órgão colegiados e comissões, que é de 70%.

% de DOCENTES nos órgãos colegiados e comissões → 70%

Atenção para o seguinte: embora não haja paridade na proporção de assentos nos órgão
colegiados das IES entre profissionais da educação (70%) e demais representantes da
comunidade escolar (30%), a gestão das IES continua sendo democrática, pois é exatamente o que
está escrito no artigo 56, conforme acabamos de ver. Portanto, se a questão da prova disse que a
gestão das IES não é democrática, pois não há paridade nos assentos nos órgãos colegiados, vocês
vão marcar a questão como ERRADA.

Finalmente, o artigo 57 nos traz um informação importantíssima para a sua prova: a regra que, nas
instituições públicas de educação superior, o professor ficará obrigado ao mínimo de oito horas
semanais de aulas.

Período do professor em sala de aula (IES PÚBLICAS) → mínimo 08 horas

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 44
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 21: 2013 – IBGE - Administração Escolar

Conforme o artigo 56 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei nº 9.394, de 20


de dezembro de 1996, as instituições públicas de educação superior, obedecendo ao
princípio da gestão democrática, devem assegurara existência de órgãos colegiados
deliberativos. Segundo essa Lei, o percentual de ocupação dos assentos por parte dos
docentes da instituição, em cada órgão colegiado e comissão, inclusive nos que tratarem da
elaboração e modificações estatutárias e regimentos, bem como da escolha de dirigentes, é
de

a) 30%
b) 40%
c) 50%
d) 60%
e) 70%

COMENTÁRIOS:

Questão fácil. Gabarito é a letra E.

QUESTÃO 22: 2013 – IBGE - Administração Escolar

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996,


estabelece que as instituições públicas de educação superior devem pautar sua gestão no
princípio da gestão democrática, estando assegurada a

a) escolha de dirigentes, através de indicação em assembleias de professores.

b) escolha de dirigentes através de eleição com participação paritária da comunidade


acadêmica.

c) existência de órgãos colegiados deliberativos com participação dos segmentos da


comunidade institucional, local e regional.

d) existência de órgãos colegiados deliberativos com participação paritária dos segmentos da


comunidade institucional, local e regional.

e) existência de órgãos colegiados deliberativos com participação paritária dos segmentos da


comunidade institucional, local e regional e escolha de dirigentes através de eleição com
participação paritária da comunidade acadêmica.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 45
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

COMENTÁRIOS:
Alternativa A: escolha de dirigentes, através de indicação em assembleias de professores.
(Errada)
Alternativa B: escolha de dirigentes através de eleição com participação paritária da
comunidade acadêmica. (não há paridade nos órgãos colegiados das IES. Errado.)
Alternativa C: existência de órgãos colegiados deliberativos com participação dos segmentos
da comunidade institucional, local e regional. (Correto. Vejam que não foi falado em
paridade).
Alternativa D: existência de órgãos colegiados deliberativos com participação paritária dos
segmentos da comunidade institucional, local e regional. (Errado)
Alternativa E: existência de órgãos colegiados deliberativos com participação paritária dos
segmentos da comunidade institucional, local e regional e escolha de dirigentes através de
eleição com participação paritária da comunidade acadêmica. (Errado)

QUESTÃO 23: 2017 – CIOP - Creche

É afirmado no artigo 57 da Lei Federal nº 9.394/96 que, nas instituições públicas de educação
superior, o professor ficará obrigado ao mínimo de:

a) quatro horas semanais de aulas.


b) seis horas semanais de aulas.
c) oito horas semanais de aulas.
d) vinte horas semanais de aulas.

COMENTÁRIOS:

Outra questão fácil. Gabarito é a letra C.

QUESTÃO 24: 2017 - UFVJM – Tec Assuntos Educacionais

A Lei Nº 9.394/96 define a composição da educação escolar como educação básica e


educação superior.

Analise as seguintes afirmativas sobre a educação superior tendo como referência essa Lei e
assinale com V as verdadeiras e com F as falsas.

( ) Uma de suas finalidades é estimular o conhecimento dos problemas do mundo presente,


em particular os nacionais e regionais, prestar serviços especializados à comunidade e
estabelecer com ela uma relação de reciprocidade.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 46
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

( ) O ano letivo regular na educação superior, independentemente do ano civil, tem, no


mínimo, cento e oitenta dias de trabalho acadêmico efetivo, excluído o tempo reservado aos
exames finais, quando houver.

( ) Abrangerá, entre outros, cursos e programas de extensão, abertos a candidatos que


atendam aos requisitos estabelecidos em cada caso pelas instituições de ensino.

( ) O professor ficará obrigado, nas instituições públicas de educação superior, ao mínimo de


12 horas semanais de aulas.

Assinale a sequência CORRETA.

a) VFVF
b) FVFV
c) VFFV
d) FVVF

COMENTÁRIOS:

1ª Assertiva: Uma de suas finalidades é estimular o conhecimento dos problemas do mundo


presente, em particular os nacionais e regionais, prestar serviços especializados à comunidade
e estabelecer com ela uma relação de reciprocidade. (Correta)

2ª Assertiva: O ano letivo regular na educação superior, independentemente do ano civil, tem,
no mínimo, cento e oitenta dias de trabalho acadêmico efetivo, excluído o tempo reservado
aos exames finais, quando houver. (Errada. O correto seria 200 dias)

3ª Assertiva: Abrangerá, entre outros, cursos e programas de extensão, abertos a candidatos


que atendam aos requisitos estabelecidos em cada caso pelas instituições de ensino. (Correta)

4ª Assertiva: O professor ficará obrigado, nas instituições públicas de educação superior, ao


mínimo de 12 horas semanais de aulas. (Errada. O correto seria 08 horas semanais de aulas)

Gabarito é a letra A.

QUESTÃO 25: 2012 – MPOG - Educação/2012

Em relação à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, no que se refere ao Capítulo IV,
que trata da Educação Superior, assinale a opção correta.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 47
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

a) A educação superior abrange cursos de graduação e cursos de pós-graduação com


matrícula opcional aos interessados que forem aprovados em processos seletivos organizados
pelas instituições de ensino.

b) A educação superior será ministrada em instituições de ensino superior, públicas ou


privadas, com os mesmos graus de abrangência ou especialização.

c) Os diplomas de graduação expedidos por universidades estrangeiras serão revalidados por


universidades que tenham curso do mesmo nível e área ou equivalente, respeitando-se os
acordos internacionais de reciprocidade ou equiparação.

d) As instituições de educação superior, quando da ocorrência de vagas, abrirão matrícula


nas disciplinas de seus cursos a alunos não regulares que demonstrarem capacidade de cursá-
las com proveito, sem processo seletivo prévio.

e) Nas instituições públicas de educação superior, o professor ficará obrigado ao mínimo de


doze horas semanais de aulas.

COMENTÁRIOS:

Letra A: A educação superior abrange cursos de graduação e cursos de pós-graduação com


matrícula opcional aos interessados que forem aprovados em processos seletivos organizados
pelas instituições de ensino. (Correta)

Letra B: A educação superior será ministrada em instituições de ensino superior, públicas ou


privadas, com os mesmos graus de abrangência ou especialização. (Errada. O correto seria
com “variados graus”).

Letra C: Os diplomas de graduação expedidos por universidades estrangeiras serão


revalidados por universidades que tenham curso do mesmo nível e área ou equivalente,
respeitando-se os acordos internacionais de reciprocidade ou equiparação. (Errada. O correto
seria UNIVERSIDADES PÚBLICAS)

Letra D: As instituições de educação superior, quando da ocorrência de vagas, abrirão


matrícula nas disciplinas de seus cursos a alunos não regulares que demonstrarem
capacidade de cursá-las com proveito, sem processo seletivo prévio. (Errada)

Letra E: Nas instituições públicas de educação superior, o professor ficará obrigado ao


mínimo de doze horas semanais de aulas. (Errada. O correto seria 08 horas.)

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 48
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 26: 2015 - UFRN - Assistente de Alunos

A LDB/96, ao definir marcos legais sobre a Educação Superior , estabelece que

a) a metade do corpo docente, pelo menos, deve ter um regime de tempo integral na
instituição.
b) um terço do corpo docente, pelo menos, deve ter titulação acadêmica de mestrado ou
doutorado
c) os professores ficarão obrigados ao mínimo de vinte horas semanais de aulas.
d) os professores ocuparão sessenta por cento dos assentos nos colegiados diversos.

COMENTÁRIOS:

Letra A: a metade do corpo docente, pelo menos, deve ter um regime de tempo integral na
instituição. (Errado. O correto seria um terço)

Letra B: um terço do corpo docente, pelo menos, deve ter titulação acadêmica de mestrado ou
doutorado. (Correto)

Letra C: os professores ficarão obrigados ao mínimo de vinte horas semanais de aulas.


(Errado. O correto seria 08 horas)

Letra D: os professores ocuparão sessenta por cento dos assentos nos colegiados diversos.
(Errado. O correto seria 70%)

QUESTÃO 27: 2011 – UFAL - Bibliotecário Documentalista

Com relação às disposições concernentes à educação superior e que constam na Lei nº 9.394,
de 20 de dezembro de 1996, com alterações posteriores, Lei de Diretrizes e Bases da
Educação Nacional, assinale a opção correta:

a) A educação superior tem por finalidade estimular o conhecimento dos problemas do


mundo presente, em particular aqueles internacionais, prestar serviços especializados à
comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade.
b) Na educação superior, o ano letivo regular, independente do ano civil, tem, no mínimo,
duzentos dias de trabalho acadêmico efetivo, incluído o tempo reservado aos exames
finais, quando houver.
c) As universidades são instituições pluridisciplinares de formação dos quadros profissionais
de nível superior, de pesquisa, de extensão e de domínio e cultivo do saber humano, que

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 49
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

se caracterizam, dentre outros critérios, por ter dois terços do corpo docente, pelo
menos, com titulação acadêmica de mestrado ou doutorado.
d) As instituições públicas de educação superior obedecerão ao princípio da gestão
democrática, assegurada a existência de órgãos colegiados deliberativos, de que
participarão os segmentos da comunidade institucional, local e regional. Em qualquer
caso, os docentes ocuparão setenta por cento dos assentos em cada órgão colegiado e
comissão, inclusive nos que tratarem da elaboração e modificações estatutárias e
regimentais, bem como da escolha de dirigentes.
e) As instituições informarão aos interessados, no período letivo em curso, os programas dos
cursos e demais componentes curriculares, sua duração, requisitos qualificação dos
professores, recursos disponíveis e critérios de avaliação, obrigando-se a cumprir as
respectivas condições.

COMENTÁRIOS:

Letra A: A educação superior tem por finalidade estimular o conhecimento dos problemas do
mundo presente, em particular aqueles internacionais, prestar serviços especializados à
comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade. (Errado)

Letra B: Na educação superior, o ano letivo regular, independente do ano civil, tem, no
mínimo, duzentos dias de trabalho acadêmico efetivo, incluído o tempo reservado aos exames
finais, quando houver. (Errado)

Letra C: As universidades são instituições pluridisciplinares de formação dos quadros


profissionais de nível superior, de pesquisa, de extensão e de domínio e cultivo do saber
humano, que se caracterizam, dentre outros critérios, por ter dois terços do corpo docente,
pelo menos, com titulação acadêmica de mestrado ou doutorado. (Errado)

Letra D: As instituições públicas de educação superior obedecerão ao princípio da gestão


democrática, assegurada a existência de órgãos colegiados deliberativos, de que participarão
os segmentos da comunidade institucional, local e regional. Em qualquer caso, os docentes
ocuparão setenta por cento dos assentos em cada órgão colegiado e comissão, inclusive nos
que tratarem da elaboração e modificações estatutárias e regimentais, bem como da escolha
de dirigentes. (Correto)

Letra E: As instituições informarão aos interessados, no período letivo em curso, os programas


dos cursos e demais componentes curriculares, sua duração, requisitos qualificação dos
professores, recursos disponíveis e critérios de avaliação, obrigando-se a cumprir as
respectivas condições. (Errado. O correto seria ANTES do período letivo, e não no curso)

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 50
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

CONSIDERAÇÕES FINAIS
Bom pessoal, chegamos ao fim da nossa aula. Vamos encerrando por aqui e nos vemos na próxima
aula. Grande abraço!

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 51
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

LISTA DE QUESTÕES ABORDADAS NA AULA


QUESTÃO 1: 2017 - UEPB - Pedagogo

De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB 9.394/96, Art. 43, a
educação superior tem por finalidade

I- estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento


reflexivo.

II- formar diplomados nas diferentes áreas de conhecimento, aptos para a inserção em
setores profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, e
colaborar na sua formação contínua.

III- incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao desenvolvimento da


ciência e da tecnologia e da criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o
entendimento do homem e do meio em que ele vive.

Está(ão) CORRETA(S) apenas a(s) afirmações apresentadas em:

a) III
b) I e II.
c) I e III.
d) II
e) I, II e III.

QUESTÃO 2: 2016 - UFRJ - Pedagogo

Segundo o Artigo 43º da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9.394/96 (LDB),
pode-se afirmar que, entre as finalidades da Educação Superior, está a de:

a) conhecer a elaboração do Plano Nacional de Educação, para elevar a taxa bruta de


matrícula na Educação Superior para 50% e a taxa líquida para 33% da população de 18 a 24
anos, assegurada a qualidade da oferta e a expansão para, pelo menos, 40% das novas
matrículas, no segmento público.

b) baixar normas complementares para seu sistema de ensino e fixar os currículos dos seus
cursos e programas, observadas as diretrizes gerais pertinentes.

c) desenvolver diretrizes curriculares para a elaboração de projetos pedagógicos de curso e


reformar os seus estatutos e regimentos, em consonância com as normas gerais atinentes.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 52
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

d) assegurar o ensino de graduação, com prioridade, e o de pós-graduação, além de fixar o


número de vagas, de acordo com a capacidade institucional e as exigências do seu meio.

e) promover a extensão, aberta à participação da população, com vistas à difusão das


conquistas e benefícios resultantes da criação cultural e da pesquisa científica e tecnológica
geradas na instituição assim como atuar de modo favorável à universalização e ao
aprimoramento da educação básica, mediante a formação e a capacitação de profissionais.

QUESTÃO 3: 2018 – UFRJ - Tec Assuntos Educacionais

A educação superior constitui o mais elevado nível da educação brasileira. De acordo com as
finalidades da educação superior, apresentadas na LDB (Lei nº 9.394/1996), cabe a esse grau
de ensino:
==e761==

a) incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao desenvolvimento da


ciência e da tecnologia e à criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o
entendimento do homem dissociado do meio em que vive.

b) incentivar o trabalho de pesquisa e a investigação científica, visando ao desenvolvimento


da ciência e da tecnologia e à criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o
pensamento heterônomo.

c) estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento


heterônomo com o propósito de incentivar o trabalho de pesquisa.

d) estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento


reflexivo.

e) estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento


reflexivo para a participação no desenvolvimento, exclusivamente, de um segmento da
sociedade brasileira.

QUESTÃO 4: 2017 – UFVJM - Pedagogo

Nas diretrizes e bases da educação nacional, estabelecidas pela Lei Nº 9.394/96, são
determinadas como finalidades da educação superior, EXCETO:

a) Desenvolver o educando, assegurar-lhe a formação comum indispensável para o exercício


da cidadania e fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 53
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

b) Formar diplomados nas diferentes áreas de conhecimento, aptos para a inserção em


setores profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, e
colaborar na sua formação contínua.

c) Promover a divulgação de conhecimentos culturais, científicos e técnicos que constituem


patrimônio da humanidade e comunicar o saber por meio do ensino, de publicações ou de
outras formas de comunicação.

d) Atuar em favor da universalização e do aprimoramento da educação básica, mediante a


formação e a capacitação de profissionais, a realização de pesquisas pedagógicas e o
desenvolvimento de atividades de extensão que aproximem os dois níveis escolares.

QUESTÃO 5: 2018 - IFF

Conforme o disposto na LDB, a educação superior tem por finalidade

a) estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito nacionalista.


b) formar diplomados das áreas de exatas e humanidades, aptos para a inserção em setores
profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, além de
colaborar na sua formação contínua.
c) incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao desenvolvimento da
ciência e da tecnologia e à criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o
entendimento do homem e do meio em que vive.
d) promover a competição científica para o desenvolvimento do país.
e) suscitar o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional para o
desenvolvimento da ciência e o sucesso profissional dos estudantes.

QUESTÃO 6: 2018 – IPHAN – Área 11


Com base nas disposições da Lei n.º 9.394/1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação
Nacional — LDB), julgue o item que se segue.

A educação superior tem por finalidade promover a divulgação de conhecimentos culturais,


científicos e técnicos que constituem patrimônio da humanidade, assim como comunicar o
saber por meio do ensino, de publicações ou de outras formas de comunicação.

( ) Certo ( ) Errado

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 54
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 7: 2017 - UEPB - Assistente Técnico

Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, a Educação Superior promoverá os


seguintes cursos e/ou programas

a) cursos sequenciais e independentes do campo de saber, desde que sejam dos mesmos
níveis de abrangência, abertos a candidatos que tenham interesse em aprimorar ou iniciar
seus estudos na área.
b) de pós-graduação, compreendendo programas de mestrado e doutorado, cursos de
especialização, aperfeiçoamento e outros, abertos a candidatos graduados ou não, desde
que demonstrem notório saber.
c) de extensão, abertos a candidatos que tenham interesse naquela área de conhecimento.
d) de graduação, abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente
e tenham sido classificados em processo seletivo.
e) livres, compreendidos como aqueles cujo programa é estabelecido pelos próprios alunos e
a Universidade oferece a estrutura e a formação.

QUESTÃO 8: 2015 - IFRN - Técnico em Química

Nos termos da Lei nº 9.394/1996, a educação superior abrangerá os cursos

a) de graduação e de pós-graduação, abertos a candidatos que atendam aos requisitos


estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que tenham concluído o ensino médio
ou equivalente e tenham atingido a nota mínima sessenta.
b) de extensão e de pesquisa científica, abertos a candidatos que atendam aos requisitos
estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que tenham concluído o ensino médio
regular, na modalidade EJA ou supletivo.
c) integrados de ensino médio e de técnico com habilitação, abertos a candidatos que
atendam aos requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino, desde que tenham
concluído o ensino fundamental ou equivalente.
d) sequenciais por campo de saber, de diferentes níveis de abrangência, abertos a
candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino, desde
que tenham concluído o ensino médio ou equivalente.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 55
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 9: 2018 - UFRJ - Tec Assuntos Educacionais

A LDB (Lei nº 9.394/1996) organiza e estabelece parâmetros para os sistemas de ensino, seja
da educação básica ou da educação superior.

Quanto a esta última, destaca-se que seu tripé é constituído pelo ensino, pela pesquisa e
pela extensão. Sobre a extensão, tendo como base a LDB, pode-se afirmar que:

a) é aberta a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente e que


tenham sido classificados em processo seletivo público, com ampla divulgação.

b) incentiva o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao desenvolvimento da


ciência e tecnologia e à criação e difusão da cultura, tendo em vista o crescimento e a
expansão da instituição de ensino superior.

c) as ações de extensão, elaboradas sempre com a participação da população, são


direcionadas a um público específico, definido através de resolução ou portaria pelo
Ministério da Educação e padronizado para todas as universidades.

d) as ações são organizadas através de cursos, eventos, programas e projetos, tendo como
objetivo a difusão de suas pesquisas entre a comunidade universitária.

e) deve ser aberta à comunidade em geral, visando à participação da população e à difusão


dos conhecimentos construídos na criação cultural, pesquisa científica e tecnológica geradas
na instituição.

QUESTÃO 10: 2018 - UNIFAP - Técnico em Assuntos Educacionais

A educação superior está expressa nos artigos 43 a 47 da Lei de Diretrizes e Bases da


Educação Nacional (Lei 9394/96) e tem por finalidade formar profissionais em diferentes
áreas do saber, promovendo a divulgação dos conhecimentos culturais, comunicando-se por
meio do ensino. Neste sentido, a Educação Superior abrange os seguintes cursos e programas
(conforme o Art. 44). Marque a opção CORRETA.

I - Cursos sequenciais por campo do saber, de diferentes níveis de abrangência, abertos a


candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos pelas instituições de ensino.
II - De graduação, abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente
e tenham sido classificados em processo seletivo.
III - De pós-graduação, compreendendo programas de mestrado e doutorado, cursos de
especialização, aperfeiçoamento e outros, abertos a candidatos diplomados em cursos de
graduação que atendam às exigências das instituições de ensino.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 56
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

IV - De extensão, abertos a candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos em cada


caso pelas instituições de ensino.

Estão corretas:

a) I e II
b) II e III
c) III e IV
d) I, II, III e IV

QUESTÃO 11: 2012 - MPOG (adaptada)

Em relação à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, no que se refere ao Capítulo IV,
que trata da Educação Superior, assinale a opção correta.

A educação superior será ministrada em instituições de ensino superior, públicas ou privadas,


com os mesmos graus de abrangência ou especialização.

( ) CERTO ( ) ERRADO

QUESTÃO 12: 2016 - Prefeitura de Palhoça/SC - Professor de Educação Infantil

Assinale a alternativa FALSA:

a) A educação superior somente será ministrada em instituições de ensino superior públicas,


com variados graus de abrangência ou especialização.
b) Os cursos de pós-graduação serão oferecidos em diversas instituições públicas ou
privadas.
c) A educação superior será oferecida tanto em instituições públicas como nas privadas.
d) A educação superior será ministrada em instituições de ensino superior, públicas ou
privadas, com variados graus de abrangência ou especialização.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 57
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 13: 2017 - UFVJM-MG - Pedagogo

Segundo a Lei Nº 9394/96 – Diretrizes e bases da educação nacional, antes de cada período
letivo, as instituições de ensino superior informarão aos interessados, EXCETO:

a) Os programas dos cursos e demais componentes curriculares.


b) O reconhecimento do curso.
c) A qualificação dos professores.
d) Os critérios de avaliação.

QUESTÃO 14: 2018 - UNIFAP - Pedagogo

Na educação superior os alunos que tenham extraordinário aproveitamento nos estudos,


demonstrado por meio de provas e outros instrumentos de avaliação específicos, aplicados
por banca examinadora especial, poderão ter abreviada a duração dos seus cursos, de acordo
com as normas dos sistemas de ensino.

Considerando o texto acima podemos afirmar que:

a) a informação não procede, pois apesar da autonomia das universidades, o Conselho


Nacional de Educação (CNE), será o órgão máximo normativo e deliberativo, no qual
caberá sempre, solicitação por parte das universidades, de autorização prévia para tal
procedimento.
b) a informação não procede, pois apesar da autonomia das universidades, haveria
necessidade de normatização na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).
c) a informação procede, pois, a autonomia das universidades e a regulamentação efetuada
pela Lei n°. 9394/1996 de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) permitem tal
procedimento.
d) a informação procede apenas parcialmente, pois, o aproveitamento nos estudos, somente
poderá ser demonstrado por meio de provas.
e) a informação procede apenas parcialmente, pois, o aproveitamento nos estudos, somente
poderá ser demonstrado por constituição de banca examinadora especial.

QUESTÃO 15: 2012 - UEMS - Administrativo

Indique V para as afirmações verdadeiras e F para as falsas, tendo como referência a Lei N°
9394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação
Nacional:

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 58
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

( ) A educação superior será ministrada em instituições de ensino superior públicas ou


privadas, com variados graus de abrangência ou especialização.

( ) Na educação superior, o ano letivo regular, independente do ano civil, tem, no mínimo,
cento e oitenta dias de trabalho acadêmico efetivo, excluído o tempo reservado ao processo
avaliativo e aos exames finais, quando houver.

( ) Os prazos do reconhecimento dos cursos, assim como o do credenciamento de instituições


de educação superior serão limitados, podendo ser renovados após processo regular de
avaliação.

( ) Os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão validade


nacional e, os que forem expedidos pelas universidades serão por elas próprias registrados.

A sequência correta é:

a) F- F- V - V
b) F-F-V-V
c) V-F-F-V
d) V-F-V-F
e) V-F-V–V

QUESTÃO 16: 2014 – UFRJ - Técnico em Assuntos Educacionais

Em relação à educação superior, conforme previsto na LDB nº 9.394/96, é correto afirmar


que:

a) os diplomas expedidos por qualquer instituição de ensino superior serão por elas próprias
registrados.
b) os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão validade
nacional como prova da formação recebida por seu titular.
c) os diplomas de graduação expedidos por universidades estrangeiras serão revalidados por
qualquer universidade que tenha curso do mesmo nível e área ou equivalente,
respeitando-se os acordos internacionais de reciprocidade ou equiparação.
d) os diplomas de Mestrado e de Doutorado expedidos por universidades estrangeiras
poderão ser reconhecidos por qualquer instituição de ensino superior que possua cursos
de pós-graduação reconhecidos e avaliados, na mesma área de conhecimento e em nível
equivalente ou superior.
e) as instituições de educação superior aceitarão a transferência de alunos regulares, para
qualquer curso oferecido, na hipótese de existência de vagas, e mediante processo
seletivo.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 59
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 17: 2016 - Prefeitura de Palhoça/SC - Professor de Educação Especial

Indique a afirmativa correta:

a) É dispensável a frequência de alunos e professores com ou sem prévia justificativa nas


aulas presenciais, salvo nos programas de educação a distância.
b) As instituições de educação superior credenciadas como universidades, ao deliberar sobre
critérios e normas de seleção e admissão de estudantes, somente levarão em conta o
próprio planejamento indicado na grade curricular.
c) As instituições de educação superior credenciadas como universidades, ao deliberar sobre
critérios e normas de seleção e admissão de estudantes, levarão em conta os efeitos
desses critérios sobre a orientação do ensino médio, articulando-se com os órgãos
normativos dos sistemas de ensino.
d) As instituições de educação superior, quando da ocorrência de vagas, abrirão matrícula
nas disciplinas de seus cursos a alunos não regulares que demonstrarem capacidade de
cursá-las com proveito, sem a necessidade de processo seletivo prévio.

QUESTÃO 18: 2018 - UFRJ - Tec Assuntos Educacionais

Assinale a alternativa INCORRETA quanto ao que diz a LDB (Lei nº 9.394/1996) em relação à
educação superior.

a) A educação superior abrangerá os cursos de extensão, abertos a candidatos que atendam


aos requisitos estabelecidos em cada caso pelas instituições de ensino.

b) Na educação superior, o ano letivo regular tem, no mínimo, duzentos dias de trabalho
acadêmico efetivo.

c) Metade do corpo docente das universidades deve possuir titulação acadêmica de


mestrado ou doutorado.

d) Nas instituições públicas de educação superior é obrigatória a oferta noturna de cursos de


graduação.

e) Os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão validade


nacional como prova da formação recebida por seu titular.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 60
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 19: 2007 – AGU - Procurador Federal

A autonomia universitária a que se refere o texto constitucional, reiterada na LDB, aplica-se


ao conjunto das instituições de educação superior mantidas pelo poder público (União,
estados, municípios e DF), situação que não se aplica às universidades privadas.

( ) Certo ( ) Errado

QUESTÃO 20: 2014 - UFRJ - Técnico em Assuntos Educacionais

Conforme a LDB nº 9.394/96, a educação superior tem por finalidade, entre outras questões,
estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento
reflexivo e promover a divulgação de conhecimentos culturais, científicos e técnicos que
constituem patrimônio da humanidade e comunicar o saber através do ensino, de
publicações ou de outras formas de comunicação. Com base na referida Lei, NÃO é correto
afirmar que:

a) nas instituições públicas de educação superior, o professor ficará obrigado ao mínimo de


doze horas semanais de aulas.
b) as universidades são instituições pluridisciplinares de formação dos quadros profissionais
de nível superior, de pesquisa, de extensão e de domínio e cultivo do saber humano.
c) no âmbito do ensino superior, as transferências ex-officio dar-se-ão na forma da lei.
d) no exercício de sua autonomia, são asseguradas às universidades receber subvenções,
doações, heranças, legados e cooperação financeira resultante de convênios com
entidades públicas e privadas.
e) as universidades mantidas pelo Poder Público gozarão, na forma da lei, de estatuto
jurídico especial para atender às peculiaridades de sua estrutura, organização e
financiamento pelo Poder Público, assim como dos seus planos de carreira e do regime
jurídico do seu pessoal.

QUESTÃO 21: 2013 – IBGE - Administração Escolar

Conforme o artigo 56 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei nº 9.394, de 20


de dezembro de 1996, as instituições públicas de educação superior, obedecendo ao
princípio da gestão democrática, devem assegurara existência de órgãos colegiados
deliberativos. Segundo essa Lei, o percentual de ocupação dos assentos por parte dos
docentes da instituição, em cada órgão colegiado e comissão, inclusive nos que tratarem da
elaboração e modificações estatutárias e regimentos, bem como da escolha de dirigentes, é
de

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 61
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

a) 30%
b) 40%
c) 50%
d) 60%
e) 70%

QUESTÃO 22: 2013 – IBGE - Administração Escolar

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996,


estabelece que as instituições públicas de educação superior devem pautar sua gestão no
princípio da gestão democrática, estando assegurada a

a) escolha de dirigentes, através de indicação em assembleias de professores.

b) escolha de dirigentes através de eleição com participação paritária da comunidade


acadêmica.

c) existência de órgãos colegiados deliberativos com participação dos segmentos da


comunidade institucional, local e regional.

d) existência de órgãos colegiados deliberativos com participação paritária dos segmentos da


comunidade institucional, local e regional.

e) existência de órgãos colegiados deliberativos com participação paritária dos segmentos da


comunidade institucional, local e regional e escolha de dirigentes através de eleição com
participação paritária da comunidade acadêmica.

QUESTÃO 23: 2017 – CIOP - Creche

É afirmado no artigo 57 da Lei Federal nº 9.394/96 que, nas instituições públicas de educação
superior, o professor ficará obrigado ao mínimo de:

a) quatro horas semanais de aulas.


b) seis horas semanais de aulas.
c) oito horas semanais de aulas.
d) vinte horas semanais de aulas.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 62
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

QUESTÃO 24: 2017 - UFVJM – Tec Assuntos Educacionais

A Lei Nº 9.394/96 define a composição da educação escolar como educação básica e


educação superior.

Analise as seguintes afirmativas sobre a educação superior tendo como referência essa Lei e
assinale com V as verdadeiras e com F as falsas.

( ) Uma de suas finalidades é estimular o conhecimento dos problemas do mundo presente,


em particular os nacionais e regionais, prestar serviços especializados à comunidade e
estabelecer com ela uma relação de reciprocidade.

( ) O ano letivo regular na educação superior, independentemente do ano civil, tem, no


mínimo, cento e oitenta dias de trabalho acadêmico efetivo, excluído o tempo reservado aos
exames finais, quando houver.

( ) Abrangerá, entre outros, cursos e programas de extensão, abertos a candidatos que


atendam aos requisitos estabelecidos em cada caso pelas instituições de ensino.

( ) O professor ficará obrigado, nas instituições públicas de educação superior, ao mínimo de


12 horas semanais de aulas.

Assinale a sequência CORRETA.

a) VFVF
b) FVFV
c) VFFV
d) FVVF

QUESTÃO 25: 2012 – MPOG - Educação/2012

Em relação à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, no que se refere ao Capítulo IV,
que trata da Educação Superior, assinale a opção correta.

a) A educação superior abrange cursos de graduação e cursos de pós-graduação com


matrícula opcional aos interessados que forem aprovados em processos seletivos organizados
pelas instituições de ensino.

b) A educação superior será ministrada em instituições de ensino superior, públicas ou


privadas, com os mesmos graus de abrangência ou especialização.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 63
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

c) Os diplomas de graduação expedidos por universidades estrangeiras serão revalidados por


universidades que tenham curso do mesmo nível e área ou equivalente, respeitando-se os
acordos internacionais de reciprocidade ou equiparação.

d) As instituições de educação superior, quando da ocorrência de vagas, abrirão matrícula


nas disciplinas de seus cursos a alunos não regulares que demonstrarem capacidade de cursá-
las com proveito, sem processo seletivo prévio.

e) Nas instituições públicas de educação superior, o professor ficará obrigado ao mínimo de


doze horas semanais de aulas.

QUESTÃO 26: 2015 - UFRN - Assistente de Alunos

A LDB/96, ao definir marcos legais sobre a Educação Superior , estabelece que

a) a metade do corpo docente, pelo menos, deve ter um regime de tempo integral na
instituição.
b) um terço do corpo docente, pelo menos, deve ter titulação acadêmica de mestrado ou
doutorado
c) os professores ficarão obrigados ao mínimo de vinte horas semanais de aulas.
d) os professores ocuparão sessenta por cento dos assentos nos colegiados diversos.

QUESTÃO 27: 2011 – UFAL - Bibliotecário Documentalista

Com relação às disposições concernentes à educação superior e que constam na Lei nº 9.394,
de 20 de dezembro de 1996, com alterações posteriores, Lei de Diretrizes e Bases da
Educação Nacional, assinale a opção correta:

a) A educação superior tem por finalidade estimular o conhecimento dos problemas do


mundo presente, em particular aqueles internacionais, prestar serviços especializados à
comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade.
b) Na educação superior, o ano letivo regular, independente do ano civil, tem, no mínimo,
duzentos dias de trabalho acadêmico efetivo, incluído o tempo reservado aos exames
finais, quando houver.
c) As universidades são instituições pluridisciplinares de formação dos quadros profissionais
de nível superior, de pesquisa, de extensão e de domínio e cultivo do saber humano, que
se caracterizam, dentre outros critérios, por ter dois terços do corpo docente, pelo
menos, com titulação acadêmica de mestrado ou doutorado.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 64
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

d) As instituições públicas de educação superior obedecerão ao princípio da gestão


democrática, assegurada a existência de órgãos colegiados deliberativos, de que
participarão os segmentos da comunidade institucional, local e regional. Em qualquer
caso, os docentes ocuparão setenta por cento dos assentos em cada órgão colegiado e
comissão, inclusive nos que tratarem da elaboração e modificações estatutárias e
regimentais, bem como da escolha de dirigentes.
e) As instituições informarão aos interessados, no período letivo em curso, os programas dos
cursos e demais componentes curriculares, sua duração, requisitos qualificação dos
professores, recursos disponíveis e critérios de avaliação, obrigando-se a cumprir as
respectivas condições.

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 65
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade
Renato Alonso
Aula 02
59233

GABARITO

1 E 11 21 E ERRADO

2 E 12 A 22 C
3 D 13 B 23 C
4 A 14 C 24 A
5 C 15 E 25 A
6 16 B 26 B
CERTO

7 D 17 C 27 D

8 D 18 C
9 E 19 ERRADO

10 D 20 A

Fundamentos da Educação p/ SME-RJ (Professor - Todas Especialidades) Pós Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 66
11848563701 - Flavio Gonzaga Andrade