Você está na página 1de 30

Segunda-feira, 14 de Julho de 2014 III SÉRIE —

­ Número 56

SUPLEMENTO
IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P. MINISTÉRIO DOS RECURSOS MINERAIS
Direcção Nacional de Minas
AVISO
AVISO
A matéria a publicar no «Boletim da República» deve ser
remetida em cópia devidamente autenticada, uma por cada Em cumprimento do disposto no artigo 14 do Regulamento da Lei de
assunto, donde conste, além das indicações necessárias para Minas aprovado pelo Decreto n.º 62/2006, de 26 de Dezembro, publicado
esse efeito, o averbamento seguinte, assinado e autenticado: no Boletim da República n.º 51, I.ª série, 8.º suplemento, faz-se saber
Para publicação no «Boletim da República». que por despacho de S. Ex.a a Ministra dos Recursos Minerais de 30 de
Março de 2014, foi atribuída a favor de Zambézia Mineração, Limitada,
a Licença de Prospecção e Pesquisa n.º 6385L, válida até 24 de Fevereiro
MINISTÉRIO DA JUSTIÇA de 2019 para ouro e minerais associados, no distrito de Pebane, província
de Zambézia com as seguintes coordenadas geográficas:
DESPACHO
Vértice Latitude Longitude
Um grupo de cidadãos requereu à Ministra da Justiça o reconhecimento
da Associação Mavoko como pessoa jurídica, juntando ao pedido os 1 - 16º 23’ 30,00’’ 38º 32’ 15,00’’
estatutos da constituição. 2 - 16º 23’ 30,00’’ 38º 34’ 30,00’’
Apreciados os documentos entregues verificou-se que se trata de uma 3 - 16º 25’ 45,00’’ 38º 34’ 30,00’’
associação que prossegue fins lícitos determinados e legalmente possíveis 4 - 16º 25’ 45,00’’ 38º 32’ 15,00’’
cujo acto de constituição e os estatutos da mesma cumprem o escopo 5 - 16º 24’ 30,00’’ 38º 32’ 15,00’’
e os requisitos fixados na lei, nada obstando, ao seu reconhecimento. 6 - 16º 24’ 30,00’’ 38º 31’ 45,00’’
Nestes termos e no disposto no n.º 1 do artigo 5 da Lei n.º 8/91, 7 - 16º 24’ 00,00’’ 38º 31’ 45,00’’
de 18 de Julho e artigo 1 do Decreto n.º 21/91, de 3 de Outubro, vai 8 - 16º 24’ 00,00’’ 38º 32’ 15,00’’
reconhecida como pessoa jurídica a Associação Mavoko.
Maputo, 23 de Maio de 2012. – A Ministra da Justiça, Maria Benvinda Direcção Nacional de Minas, em Maputo, 12 de Abril de 2014.
Delfina Levi. 2.ª Via — O Director Nacional, Eduardo Alexandre. 2.ª Via

ANÚNCIOS JUDICIAIS E OUTROS

Agro Food (Moz), Maputo, residente na provínca da cidade sede instalada em Maputo, podendo fazer se
de Maputo, no bairro de Malhangalene e representar em todo país e no estrangeiro, onde
Limitada EMIL- Computer Business Centre, Limitada., e quando julgue conveniente, atravês de filiais,
Certifico, para efeitos de publicação, que representada por senhor Chandracant Meggi de sucursais, delegações ou por representações.
no dia sete de Julho de dois mil e catorze, foi sessenta e três anos de idade, natural de Diu- Dois) A representação da sociedade no
matriculada na Conservatória do Registo de India, de nacionalidade moçambicana, filho estrangeiro poderá ser conferida mediante
de Meggi Premji e de Quessarbaha residente o contrato a entidades públicas ou privadas
Entidades Legais sob NUEL 100508400 uma
do bairro Somerchield, cidade de Maputo. localmente constituidas e registadas.
sociedade denominada Agro Food (Moz),
Limitada. Pretendem constituir entre si uma sociedade, ARTIGO SEGUNDO
por quotas de responsabilidade limitada, a qual
Entre: Carlos Lourenço Tembe, de trinta e três A sua duração é por tempo indeterminado e
será regida pela desposições constantes dos
anos de idade, filho de Lourenço Alfredo Tembe tem o seu início nesta data.
artigos seguintes:
e de Isacane Paulo Fumane, Natural de Maputo,
ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO TERCEIRO
de nacionalidade moçambicana, portador de
Bilhete de Identidade n.º 100104261234F, Um) A sociedade adopta a designação Um) O seu objecto é exercício das actividades
emitido pelo Arquivo de Iidentificação de de Agro Food (Moz), Limitada, e tem a sua de: Investigação, prospecção, implementação e
2124 — (2) III SÉRIE — NÚMERO 56
comercialização no ramo de Agro-indústria e dele, activa ou passivamente serão exercidas Great Land Mozambique,
Agro-processamento, importação/exportação, por dois sócios Carlos Lourenço Tembe e Limitada
incluindo equipamentos agrícolas; Prestação Chandracant Meggi os sócios que desde já ficam
de serviços, assistência técnica, formação nomeados gerentes com dispensa de caução e Certifico, para efeitos de publicação, que
profissional e monitoragem dos cursos e dos dispondo dos mais amplos poderes legalmente no dia dez de Julho de dois mil e catorze, foi
projectos, comissões, consignações, comércio consentidos, sempre com as assinaturas matriculada na Conservatória do Registo de
triangular e representações das marcas e Entidades Legais sob NUEL 100508877 uma
de dois sócios maioritários, nomeados em
patentes. entidade denominada Great Land Mozambique,
assembleia geral e/ou seus representantes,
Dois) Dedicar-se-á em outras actividades,
bastando assinatura dessses sócios maioritários, Limitada.
tais como: comércio, e industria, conexas ou
legalmente representados, para execução e É celebrado o presente contrato de sociedade,
subsidiárias da actividade principal, desde que
realização do objecto social, podendo ainda nos termos do artigo noventa do Código
estejam devidamente autorizadas, podendo
esses gerentes, havendo necessidades, outorgar Comercial, entre:
ainda participar no capital das outras sociedades.
e/ou assinar procuração que pretendem conferir Primeiro. Xiaochun Ye, solteiro, natural
ARTIGO QUARTO da China, residente na Avenida Fernão de
á pessoas estranhas á sociedade da sua livre
Magalhães número quatrocentos e trinta e seis,
O capital social integralmente subscrito escolha.
bairro central, cidade de Maputo, portador do
e a realizar em bens e em dinheiro é de cem Dois) Em caso algum poderão os gerentes Passaporte n.º G22311382 , emitido no dia onze
mil meticais, dividido em duas quotas, sendo ou mandatários obrigar a sociedade em actos de Abril de dois mil e sete, em China;
uma de cinquenta mil meticais a pertencer ao e documentos que não digam respeito as Segundo. Chonghui Ye. solteira, natural
sócio Carlos Lourenço Tembe, outra quota operações sociais, tais como letras de favor, da China, residente na Avenida Fernão de
de cinquenta mil meticais pertencer ao sócio fianças e abonações. Magalhães número quatrocentos e trinta e seis,
EMIL- Computer Business Centre, Limitada, bairro central, cidade de Maputo, portadora do
respectivamente. ARTIGO OITAVO Passaporte n.º G52672300, emitido no dia trinta
A assembleia geral reúne-se ordináriamente, de Novembro de dois mil e onze, em China;
ARTIGO QUINTO
uma vez por ano, a fim de apreciar ou Terceiro. Xiaojie Lu, solteira, natural
Um) O capital social poderá ser ampliado, da China, residente na Avenida Fernão de
modificar o balanço e as contas de exercício
com ou sem entrada de novos sócios. Magalhães número quatrocentos e trinta e seis,
Dois) Não são exigíveis prestações e extraordináriamente sempre que necessário,
bairro central, cidade de Maputo, portadora do
suplementares de capital, podendo no entanto serão convocadas por meio de cartas registadas DIRE 11CN00012209M, emitido no dia dez
os sócios fazer-se suprimentos à sociedade nos aos sócios com a antecedência mínima de oito de Fevereiro de dois mil e catorze, em Maputo.
termos e condições fixadas pela assembleia dias. Pelo presente contrato de sociedade
geral. outorgam e constituem entre si uma sociedade
ARTIGO NONO por quotas de responsabilidade limitada, que se
ARTIGO SEXTO regerá pelas cláusulas seguintes:
Anualmente será apresentado um balanço
Um) A cessão de quotas total ou parcial fechado com a data de trinta e um de Dezembro.
é livre entre os sócios, ficando dependente CAPÍTULO I
Dos lúcros líquidos apurados serão deduzidos
do consentimento da sociedade, a quem fica cinco por cento no mínimo para o fundo de Denominação, sede e duração
reservado o direito de preferência em primeiro reserva legal e as que forem deliberadas para
lugar e os sócios em segundo, a cessão de quotas ARTIGO PRIMEIRO
outros fundos ou provisões, serão distribuidos
a favor de pessoas estranhas. Um) A sociedade adopta a denominação de
pelos sócios na proporção das suas quotas.
Dois) A sociedade tem a faculdade de Great Land Mozambique, Limitada e tem a sua
amortizar quotas, para o que deve deliberar nos ARTIGO DÉCIMO sede na Avenida Fernão de Magalhães número
termos do artigo trinta e nove e seus paragrafos
trezentos e trinta e dois, Maputo, Moçambique.
segundo e terceiro, da lei das sociedades por A sociedade não se dissolve por extinção,
Dois) A sua duração será por tempo
quotas, nos seguintes casos: òbito ou interdição de qualquer dos sócios,
indeterminado, contando-se o seu início a partir
a) Por acordo com o respectivo continuando com os sucessores, herdeiros ou
da data da constituição.
proprietário; representantes do extinto, falecido ou interdito,
b) Por morte ou interdição de qualquer os quais exercerão em comum os respectivos ARTIGO SEGUNDO
sócio; direitos enquanto a quota permanecer individa.
(Objecto)
c) Por falência, liquidação ou dissolução
de qualquer sócio; ARTIGO DECIMO PRIMEIRO Um) A sociedade tem por objecto o exercício
d) Quando qualquer quota seja objecto de actividades comercias de vestuários e
A sociedade dissolver-se-á nos casos
de penhora , arresto ou haja de ser calçados.
previstos na Lei ou por acordo dos sócios,
vendida judicialmente. Dois) A sociedade poderá deter participações
sendo no último caso seus liquidatários todos
Três) A sociedade tem ainda a faculdade de em outras sociedades, bem como exercer
os sócios, procedendo a partilha e divisão dos
amortizar a quota de qualquer sócio que por ma quaisquer outras actividades directa ou
seus bens sociais como então for deliberado em
gestão, cause prejuizos à sociedade. indirectamente relacionadas com o objecto para
reunião dos sócios.
Quatro) O valor da amortização será cujo exercício reúna as condições requeridas.
determinado pela forma prevista na lei ou em
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO CAPÍTULO II
caso omissivo, de acordo com os resultados do
balanço especialmente elaborado para o efeito. Em tudo que fica omisso, regularão as ARTIGO TERCEIRO
desposições legais aplicáveis e em vigor na
ARTIGO SÉTIMO (Capital social)
República de Moçambique.
Um) A administração e gerência da Maputo, nove de Abril de dois mil e catorze. O capital social, integralmente subscrito e
sociedade e sua representação em juìzo e fora — O Técnico, Ilegível. realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (3)

que digam respeito à sociedade. ARTIGO SEGUNDO


dividido pelos sócios, Xiaojie Lu com o valor
CAPÍTULO III
de dez mil meticais, Chonghui Ye com o valor (Objecto)
de cinco mil meticais e, Xiaochun Ye com o ARTIGO OITAVO Um) A sociedade tem por objecto:
valor de cinco mil meticais.
(Dissolução) a) Comércio geral e de artigos de
ARTIGO QUARTO A sociedade só se dissolve nos termos publicidade;
fixados pela lei ou por comum acordo dos sócios b) Marketing, publicidade e actividades
(Aumento do capital)
quando assim o entenderem. afins;
O capital social poderá ser aumentado ou c) Prestação de serviços;
diminuído quantas vezes forem necessárias ARTIGO NONO d) Assessoria e consultoria;
desde que a Assembleia Geral delibere sobre e) Importação e exportação.
(Herdeiros)
o assunto. Dois) A sociedade poderá adquirir
Em caso de morte, interdição ou inabilitação participações em outras sociedades ainda que
ARTIGO QUINTO de um dos sócios, os seus herdeiros assumem tenham como objecto social diferente.
(Divisão e cessão de quotas) automaticamente o lugar na sociedade com Três) A sociedade poderá exercer quaisquer
dispensa de caução, podendo estes nomear seus outras actividades desde que para isso esteja
Um) Sem prejuízo das disposições legais em representantes se assim o entenderem, desde devidamente autorizada nos termos da
vigor a cessão ou alienação de toda a parte de que obedeçam o preceituado nos termos da lei. legislação em vigor.
quotas deverá ser do consentimento dos sócios
gozando do direito de preferência. ARTIGO DÉCIMO ARTIGO TERCEIRO
Dois) Se nem a sociedade, nem os sócios
(Casos omissos) (Capital)
mostrarem interesse pela quota cedente, este
decidirá a sua alienação aquém e pelos preços Os casos omissos serão regulados pela O capital social integralmente subscrito é de
que melhor entender, gozando o novo sócio dos legislação vigente e aplicável na República de vinte mil meticais correspondente a única quota
direitos correspondentes à sua participação na Moçambique. a favor do senhor Victor Manuel Lima Ribeiro.
sociedade. Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze.
— O Técnico, Ilegível. ARTIGO QUARTO
ARTIGO SEXTO
(Direcção)
(Administração)
Um) A administração e representação da
Um) A administração e gestão da sociedade Display – Publicidade
sociedade fica a cargo de Victor Manuel Lima
e sua representação em juízo e fora dele, activa e Marketing, Sociedade Ribeiro.
e passivamente, passam desde já a cargo do Unipessoal, Limitada Dois) A sociedade obriga-se com a assinatura
sócio Xiaojie Lu como sócio gerente e com do director.
plenos poderes. Certifico, para efeitos de publicação, que
Dois) O administrador tem plenos poderes no dia oito de Abril de dois mil e catorze, foi ARTIGO QUINTO
para nomear mandatários a sociedade, matriculada na Conservatória do Registo de
(Casos omissos)
conferindo os necessários poderes de Entidades Legais sob NUEL 100481626 uma
representação. sociedade denominada Display, Publicidade e Os casos omissos, serão regulados pelo
Três) A sociedade ficará obrigada pela Marketing, Sociedade Unipessoal, Limitada. Decreto-Lei número dois barra dois mil e
assinatura de um gerente ou procurador Victor Manuel Lima Ribeiro, solteiro, cinco, de vinte e sete de Dezembro e em
especialmente constituído pela gerência, nos natural de Maputo, residente em Maputo, demais legislação aplicável na República de
termos e limites específicos do respectivo de nacionalidade moçambicana, portador do Moçambique.
mandato. Bilhete de Identidade n.º 110100148069I, Maputo, nove de Julho de dois mil e catorze.
Quatro) É vedado a qualquer dos gerentes emitido pelo Arquivo de Identificação Civil de — O Técnico, Ilegível.
ou mandatário assinar em nome da sociedade Maputo aos treze de Abril de dois mil e dez,
quaisquer actos ou contratos que digam respeito Que pelo presente instrumento constitui
a negócios estranhos a mesma, tais como letras uma sociedade unipessoal por quotas de
de favor, fianças, vales ou abonações. responsabilidade limitada que se rege pelos Pensar Global, Sociedade
estatutos abaixo: Unipessoal, Limitada
Cinco) Os actos de mero expediente poderão
ser individualmente assinados por empregados ARTIGO PRIMEIRO
da sociedade devidamente autorizados pela Certifico, para efeitos de publicação, que
gerência. (Tipo, firma e duração) no dia dez de Julho de dois mil e catorze, foi
matriculada na Conservatória do Registo de
Um) A sociedade Display, Publicidade
ARTIGO SÉTIMO Entidades Legais sob NUEL 100510030 uma
e Marketing, Sociedade Unipessoal, Limitada, entidade denominada Pensar Global, Sociedade
(Assembleia geral) é uma sociedade constituída por tempo Unipessoal, Limitada.
Um) A assembleia geral reúne-se indeterminado, que tem a sua sede nesta cidade Pelo presente escrito particular e ao
ordinariamente uma vez por ano para apreciação de Maputo, na Rua Paulino Santos Gil, número abrigo do disposto no artigo noventa do
e aprovação do balanço e contas do exercício cinquenta e seis. Código Comercial, Pedro Manuel Dourado
findo e repartição de lucros e perdas. Dois) A sociedade pode por simples Alvelos Monteiro Guedes, solteiro, natural
Dois) A assembleia geral poderá reunir- deliberação da Direcção mudar a sua sede, de Guimarães, Portugal, de nacionalidade
-se extraordinariamente quantas vezes forem abrir ou encerrar delegações ou outras formas portuguesa, residente na AvenidaAmílcar
necessárias desde as circunstâncias assim o locais de representação no território nacional Cabral, número mil e quatrocentos e setenta
exijam para deliberar sobre quaisquer assuntos ou no estrangeiro. e seis, bairro de Sommerschield, Maputo,
2124 — (4) III SÉRIE — NÚMERO 56
titular do DIRE 11PT00000460-B, emitido associar-se com outras sociedades para a ARTIGO DÉCIMO
asetedeJulhode dois mil e onze, válido até persecução de objectivos comerciais no âmbito
(Disposições finais)
sete de Julho de dois mil e dezasseis, e do ou não do seu objecto.
Número Único de Identificação Tributária Um) Em caso de morte ou interdição
100068133,celebra o presente contrato de CAPÍTULO II dosócioùnico, a sociedade continuará com
sociedade que tem por objecto a constituiçãode Capital social os herdeiros ou representantes do falecido ou
uma sociedade comercial unipessoal por quotas, interdito, os quais nomearão entre si um que a
que se rege pelos termos e condições constantes ARTIGO QUARTO todos represente na sociedade, enquanto a quota
das Cláusulas seguintes: (Capital social) permanecer indivísa.
Dois) Em tudo quanto for omisso nos
CAPÍTULO I O capital social, integralmente subscrito e presentes Estatutos aplicar-se-ão as disposições
realizado em dinheiro, é de cinco mil meticais do Código Comercial e demais legislação em
Denominação, duração, sede eobjecto correspondente a uma quota do sócio único vigor na República de Moçambique.
ARTIGO PRIMEIRO equivalente a cem porcento do capital social.
Maputo, onze de Novembro de dois mil
(Denominação, natureza e duração) ARTIGO QUINTO e catorze. — O Técnico, Ilegível.

Um) A sociedade comercial adopta a (Prestações de suplementares)


denominaçãode Pensar Global,Sociedade
Unipessoal, Limitada. O socio poderá efectuar prestações
Dois) A Pensar Global, Sociedade suplementares de capital ou suprimentos Lyra Empreendimentos,
Unipessoal, Limitadaé uma sociedade à sociedade nas condições que forem Limitada
unipessoal por quotas de responsabilidade estabelecidas por lei.
limitada, sociedade comercial de direito Certifico, para efeitos de publicação, que
ARTIGO SEXTO no dia vinte e um de Maio dois mil e catorze,
moçambicano que se regerá pelos presentes
Estatutos, e na parte em que forem omissos, foi matriculada na Conservatória do Registo de
(Administração, representação
pela demais legislação aplicável. Entidades Legais sob NUEL 100494418 uma
da sociedade)
Três) A sociedade constitui-se por tempo sociedade denominada Lyra Empreendimentos,
indeterminado. Um) Asociedade será administrada pelo Limitada, entre:
sócioúnico. José Manuel Caldeira, natural de Maputo, de
ARTIGO SEGUNDO Dois) A sociedade fica obrigada pela nacionalidade moçambicana, portador do
(Sede e representações sociais)
assinatura do seu administrador ou de Bilhete de Identidade n.º 110300169571J,
Procurador expressamente nomeado para o emitido a vinte de Abril de dois mil e
Um) A Pensar Global, Sociedade Unipessoal, efeito. dez, na cidade de Maputo, com domicílio
Limitada tem a sua sede social em Maputo, na Três) A sociedade pode ainda fazer-se profissional na Avenida Julius Nyerere,
rua José Sidumo, número setenta e três, bairroda representar por procurador expressamente número três mil quatrocentos e doze; e
central. designado pela administração nos termos e José Manuel Roque Gonçalves, natural de
Dois) A sociedade poderá transferir a sua limites específicos do respectivo mandato. Magude, de nacionalidade moçambicana,
sede para qualquer localidade do território
portador do Bilhete de Identidade
nacional por simples decisão do seu sócio único. CAPÍTULO IV n.º 110102259687A, emitido a trinta e um
Três) A sociedade poderá abrir ou encerrar
Disposições gerais de Janeiro de dois mil e onze, na cidade
filiais, sucursais, agências, delegações ou
de Maputo, com domicílio profissional na
qualquer outra forma de representação social, no ARTIGO SÉTIMO Avenida Julius Nyerere, número três mil
país ou no estrangeiro, quando a Administração
(Balanço e contas) quatrocentos e doze.
o decidir.
As partes acima identificadas têm, entre
Um) O exercício social coincide com o si, justo e acertado o presente contrato de
ARTIGO TERCEIRO
ano civil. sociedade, que se regerá pelas disposições legais
(Objecto) Dois) O balanço e contas de resultados aplicáveis e pelos termos e condições seguintes:
Um) A sociedade tem por objecto principal fechar-se-ão com referência a trinta e um de
Dezembro de cada ano. CAPÍTULO I
a prestação dos seguintes serviços:
a) Prestação de serviços de consultoria; Denominação, duração, sede e objecto
ARTIGO OITAVO
b) Prestação de serviços na área ARTIGO PRIMEIRO
Informática; (Lucros)
c) Prestação de serviços de consultoria e Denominação e sede
Dos lucros apurados em cada exercício
gestão na área informática; deduzir-se-ão em primeiro lugar a percentagem Um) A sociedade adopta a denominação
d) Prestação de serviços e consultoria na legalmente indicada para constituir a reserva Lyra Empreendimentos, Limitada e constitui-
área sistemas de informação. legal, enquanto não estiver realizada nos se sob a forma de sociedade por quotas de
Dois) A sociedade poderá exercer outras termos da lei ou sempre que seja necessário responsabilidade limitada.
actividades conexas com o seu objecto principal reintegrá-la. Dois) A sociedade tem a sua sede na
e desde que para tal obtenha aprovação das Avenida Julius Nyerere, número três mil e
entidades competentes. ARTIGO NONO quatrocentos e doze, em Maputo, na República
Três) A sociedade poderá adquirir (Dissolução)
de Moçambique, podendo abrir sucursais,
participações financeiras em sociedades a delegações, agências ou qualquer outra forma
constituir ou constituídas, ainda que com A sociedade dissolve-se nos casos e nos de representação social, no território nacional
objecto diferente do da sociedade, assim como termos da lei. ou no estrangeiro.
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (5)

Mediante simples deliberação, pode o ao senhor José Manuel Caldeira; e CAPÍTULO III
conselho de administração transferir a sede b) Uma quota de dez mil meticais,
Órgãos sociais, administração
para qualquer outro local no território nacional. correspondente a cinquenta por
e representação da sociedade
cento do capital social, pertencente
ARTIGO SEGUNDO ao senhor José Manuel Roque ARTIGO NONO
Duração Gonçalves. Órgãos sociais
Dois) A assembleia geral poderá decidir
A duração da sociedade é por tempo Os órgãos sociais são a assembleia geral,
sobre o aumento do capital social, definindo
indeterminado. o conselho de administração e o fiscal único.
as modalidades, termos e condições da sua
ARTIGO TERCEIRO realização. ARTIGO DÉCIMO
Objecto ARTIGO QUINTO Assembleia geral

Um) A sociedade tem por objecto principal Prestações suplementares e suprimentos Um) A assembleia geral reúne-se
o exercício de actividades nas seguintes áreas: ordinariamente na sede social ou em qualquer
Um) Não serão exigíveis prestações outro lugar, desde que no território nacional, a
a) Exploração mineira;
suplementares de capital, podendo os sócios, ser definido pelo presidente, uma vez por ano,
b) Execução de operações petrolíferas;
porém, conceder à sociedade os suprimentos de para a deliberação do balanço anual de contas
c) Comércio por grosso e a retalho de
que necessite, nos termos e condições fixados e do exercício e, extraordinariamente, quando
produtos;
por deliberação da assembleia geral. convocada pelo conselho de administração ou
d) Imobiliária, nomeadamente,
Dois) Entendem-se por suprimentos o sempre que for necessário, para deliberar sobre
exploração, gestão e arrendamento
dinheiro ou outra coisa fungível, que os sócios quaisquer outros assuntos para que tenha sido
de imóveis, venda de imóveis,
possam emprestar à sociedade. convocada.
intermediação nas operações de Dois) É dispensada a reunião da assembleia
compra e venda de imóveis, entre ARTIGO SEXTO geral e são dispensadas as formalidades
outras; da sua convocação quando todos os sócios
Divisão e transmissão de quotas
e) Prestação de serviços em geral; concordarem por escrito na deliberação ou
f) Construção civil e obras públicas, Um) A divisão e a transmissão de quotas concordem que por esta forma se delibere,
incluindo consultoria nas áreas carecem de informação prévia à sociedade. considerando-se válidas, nessas condições, as
de construção civil, pontes, obras Dois) O sócio que pretenda transmitir a sua deliberações tomadas, ainda que realizadas fora
hidráulicas, etc.; quota informará a sociedade, com o mínimo da sede social em qualquer ocasião e qualquer
g) Actividade agrícola; e de trinta dias de antecedência, através de que seja o seu objecto.
h) Importação e exportação de produtos, carta registada ou outro meio de comunicação Três) A assembleia geral será convocada
incluindo os equipamentos e os que deixe prova escrita, dando a conhecer o pelo conselho de administração, por carta
materiais necessários para as projecto de venda e as respectivas condições registada com aviso de recepção ou outro meio
actividades da sociedade. contratuais, nomeadamente, o preço e a forma de comunicação que deixe prova escrita, a todos
Dois) A sociedade poderá exercer outras de pagamento. os sócios da sociedade com a antecedência
actividades subsidiárias ou complementares do Três) Gozam do direito de preferência na mínima de quinze dias, dando-se a conhecer a
seu objecto principal, desde que devidamente aquisição da quota a ser transmitida, a sociedade ordem de trabalhos e a informação necessária à
autorizadas. e os restantes sócios, por esta ordem. No caso tomada de deliberação, quando seja esse o caso.
Três) Mediante deliberação do conselho de de nem a sociedade nem os restantes sócios Quatro) Por acordo expresso dos sócios,
administração, a sociedade poderá participar, pretenderem usar o mencionado direito de pode ser dispensado o prazo previsto no número
directa ou indirectamente, em projectos preferência, então o sócio que desejar vender a anterior.
de desenvolvimento que de alguma forma sua quota poderá fazê-lo livremente.
concorram para o preenchimento do seu objecto ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
Quatro) É nula qualquer divisão ou
social, bem como aceitar concessões, adquirir transmissão de quotas que não observe o Representação em assembleia geral
e gerir participações sociais no capital de
preceituado no presente artigo.
quaisquer sociedades, independentemente do Um) Qualquer dos sócios poderá fazer-se
respectivo objecto social, ou ainda participar ARTIGO SÉTIMO representar na assembleia geral por outro sócio,
em empresas, associações empresariais, mediante simples carta dirigida ao conselho
Amortização de quotas de administração e por este recebida até às
agrupamentos de empresas ou outras formas
de associação. dezassete horas do último dia útil anterior à
A sociedade tem a faculdade de amortizar
data da sessão.
quotas, nos casos de exclusão ou exoneração
CAPÍTULO II Dois) O sócio que for pessoa colectiva far-
de sócio.
se-á representar na assembleia geral pela pessoa
Capital social
ARTIGO OITAVO física para esse efeito designada, mediante
ARTIGO QUARTO comunicação escrita dirigida pela forma e com
Morte ou incapacidade dos sócios a antecedência indicadas no número anterior.
Capital social
Em caso de morte ou incapacidade de ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
Um) O capital social, integralmente qualquer um dos sócios, os herdeiros legalmente
subscrito e realizado em dinheiro, é de vinte Votação
constituídos do falecido ou representantes do
mil meticais, encontrando-se dividido em duas incapacitado, exercerão os referidos direitos Um) A assembleia geral considera-se
quotas, distribuídas da seguinte forma: e deveres sociais, devendo mandatar um de regularmente constituída para deliberar
a) Uma quota de dez mil meticais, entre eles que a todos represente na sociedade qualquer que seja o número de sócios presentes
correspondente a cinquenta por enquanto a respectiva quota se mantiver ou representados, salvo o disposto no número
cento do capital social, pertencente indivisa. três abaixo.
2124 — (6) III SÉRIE — NÚMERO 56
Dois) As deliberações da assembleia geral em funções até à assembleia geral ordinária CAPÍTULO VI
serão tomadas por maioria simples dos votos seguinte, podendo ser reeleito por uma ou
Disposições finais
presentes ou representados. mais vezes.
Três) As deliberações da assembleia geral Dois) O fiscal único será auditor de contas ARTIGO DÉCIMO OITAVO
que importem a modificação dos estatutos ou ou sociedade de auditores de contas. Disposições finais
a dissolução da sociedade, serão tomadas por Três) A assembleia geral deliberará sobre
a caução a prestar pelo fiscal único, podendo As omissões aos presentes estatutos serão
maioria qualificada de setenta e cinco por cento reguladas e resolvidas de acordo com o Código
dos votos do capital social. dispensá-la.
Comercial, aprovado pelo Decreto-Lei número
Quatro) Os sócios podem votar com Quatro) O fiscal único poderá ser remunerado
dois barra dois mil e cinco, de vinte e sete de
nos termos em que a assembleia geral o vier a
procuração dos outros sócios ausentes, e Dezembro, e demais legislação aplicável.
fixar.
não será válida, quanto às deliberações que Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze.
importem modificação do pacto social ou CAPÍTULO IV — O Técnico, Ilegível.
dissolução da sociedade, a procuração que não
contenha poderes especiais quanto ao objecto Exercício e aplicação de resultados
da mesma deliberação. ARTIGO DÉCIMO QUINTO

ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO Balanço e prestação de contas PREVENTUHR – Higiene,


Administração e representação Um) O exercício social coincide com o ano Saúde e Segurança
civil. no Trabalho, Limitada
Um) A administração e representação da
Dois) O balanço e a conta de resultados
sociedade são exercidas por um conselho Certifico, para efeitos de publicação, que
fecham a trinta e um de Dezembro de cada ano,
de administração composto por três no dia nove de Julho dois mil e catorze, foi
e carecem de aprovação da assembleia geral, a
administradores, sendo desde já nomeados para matriculada na Conservatória do Registo
realizar-se até ao dia trinta e um de Março do
o efeito, os senhores José Manuel Caldeira, José de Entidades Legais sob NUEL 100509504
ano seguinte.
Manuel Roque Gonçalves e Eduardo Alberto uma sociedade denominada PREVENTUHR
Três) O conselho de administração
da Costa Calú. – Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho,
apresentará à aprovação da assembleia geral
Dois) Os administradores são eleitos pelo Limitada.
o balanço de contas de ganhos e perdas,
período de quatro anos renováveis, salvo Nos termos dos artigos noventa e trezentos e
acompanhados de um relatório da situação vinte e oito do Código Comercial, é constituído
deliberação em contrário da assembleia comercial, financeira e económica da sociedade, pelo presente instrumento a sociedade por
geral, podendo ser eleitas pessoas estranhas bem como a proposta quanto à repartição de quotas com os seguintes sócios:
à sociedade, sendo dispensada a prestação de lucros e perdas.
qualquer caução para o exercício do cargo. Boaventura David Lázaro Guimarães
Três) A gestão corrente da sociedade é ARTIGO DÉCIMO SEXTO Dumangane, solteiro, maior de nacionalidade
confiada a um director-geral, a ser designado moçambicana, residente na Rua Crisanto
Resultados Castiano Mitema, número setenta, Bairro
pelo conselho de administração, por um
período de um ano renovável. O conselho Central, em Maputo, portador do Passaporte
Um) Dos lucros apurados em cada exercício
n.º AB195484, emitido em dezanove de
de administração pode a qualquer momento deduzir-se-á a percentagem legal estabelecida
Abril de dois mil e cinco, pela Direcção
revogar o mandato do director-geral. para a constituição do fundo de reserva legal,
Nacional de Migração.
Quatro) A gestão será regulada nos termos enquanto não se encontrar realizada nos termos Júlia Paulina Guimarães, viúva, de nacionalidade
de um regulamento interno a ser aprovado pelo da lei, ou sempre que for necessário reintegrá-la. moçambicana, residente na Rua Castiano
conselho da administração. Dois) A parte restante dos lucros será Crisanto Mitema, número setenta e dois,
Cinco) A sociedade obriga-se: aplicada nos termos que forem aprovados pela segundo andar, flat seis, Bairro Central,
a)Pela assinatura conjunta de dois assembleia geral. cidade de Maputo, portadora do Bilhete de
administradores; Identidade n.º 110100615868Q, emitido em
b) Pela assinatura do director-geral; CAPÍTULO V dezassete de Novembro de dois mil e dez,
c) Pela assinatura do mandatário a quem Dissolução e liquidação da sociedade pela Direcção Nacional de Migração.
dois administradores ou o director- Que pelos presentes estatutos outorga e
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO constitui uma sociedade por quotas, que se
-geral tenham confiado poderes
necessários e bastantes por meio regerá pelos seguintes artigos.
Dissolução e liquidação da sociedade
de procuração. CLÁUSULA PRIMEIRA
Um) A sociedade dissolve-se nos casos
Seis) Nos actos e documentos de mero expressamente previstos na lei ou por (Denominação e duração)
expediente é suficiente a assinatura de qualquer deliberação unânime dos seus sócios.
um dos administradores, ou do director-geral Dois) Declarada a dissolução da sociedade, A sociedade adopta a denominação
ou do mandatário da sociedade com poderes PREVENTUHR – Higiene, Saúde e Segurança
proceder-se-á à sua liquidação gozando os
no Trabalho, Limitada e durará por tempo
bastantes para o acto. liquidatários, nomeados pela assembleia geral,
indeterminado.
dos mais amplos poderes para o efeito.
ARTIGO DÉCIMO QUARTO
Três) Em caso de dissolução por acordo dos CLÁUSULA SEGUNDA
Fiscal único sócios, todos eles serão os seus liquidatários e
(Sede)
Um) A fiscalização da sociedade será a partilha dos bens sociais e valores apurados
exercida por um fiscal único eleito pela proceder-se-á conforme deliberação da Um) A sociedade tem a sua sede social em
assembleia geral ordinária, mantendo-se assembleia geral. Maputo.
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (7)

Dois) Mediante simples decisão ou Três) É expressamente vedado aos ARTIGO SEGUNDO
deliberação da Administração, a sociedade pode administradores ou mandatários obrigar a
(Duração)
transferir a sua sede para outro local, dentro do sociedade em actos ou contratos estranhos aos
mesmo concelho ou para concelho limítrofe. negócios sociais, designadamente, em fianças, A duração da sociedade é por tempo
CLÁUSULA TERCEIRA abonações, avales, letras de favor ou outros indeterminado e a sua vigência conta, para
actos ou contratos análogos todos os efeitos, a partir da data de celebração
(Objeto) de escritura pública da sua constituição.
Um) A sociedade tem por objeto social: CLÁUSULA SÉTIMA
ARTIGO TERCEIRO
a) A importação, comercialização, (Composição e designação
representação comercial, (Objecto)
da administração)
equipamentos, materiais e Um) A sociedade tem como objecto a a
acessórios de higiene, saúde e Um) A administração da sociedade será
prestação de seriços na preparação e análise de
segurança no trabalho; exercida por um administrador.
projectos, gestão e fiscalização de obras.
b) A prestação de serviços de consultoria Dois) É nomeado administrador Boaventura
Dois) Por deliberação da assembleia geral,
e assessoria de higiene, saúde, e David Lázaro Guimarães Dumangane.
a sociedade poderá exercer outras actividades
segurança no trabalho, e de gestão Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze. conexas, complementares ou subsidiárias
e certificação da qualidade.
— O Técnico, Ilegível. de objecto principal, podendo ainda praticar
Dois) A sociedade poderá ainda, na
qualquer outra actividade lucrativa não proibida
prossecução do seu objecto social, sem
por lei, quando obtida a necessária autorização.
dependência de qualquer outra formalidade,
fornecer e prestar, directa ou indirectamente, CAPÍTULO II
bens e/ou serviços complementares ou conexos Progef, Limitada
àquele, nos termos da lei aplicável. ARTIGO QUARTO
CLÁUSULA QUARTA Certifico, para efeitos de publicação, que (Capital social)
no dia nove de Julho dois mil e catorze, foi
(Capital social) matriculada na Conservatória do Registo de Um) O capital social, integralmente subscrito
Entidades Legais sob NUEL 100509363 uma e realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais,
O capital social, integralmente subscrito e
correspondente à soma de duas quotas desiguais
realizado, é de dez mil meticais, correspondente sociedade denominada Progef, Limitada.
assim distribuídas:
às seguintes quotas: É celebrado voluntariamente, de boa fé e ao
a) Uma quota com o valor nominal de abrigo do preceituado no Código Comercial o a) Uma quota no valor de dezanove
cinco mil meticais, pertencente ao presente contrato de sociedade entre: mil meticais, pertencente ao
sócio Boaventura David Lázaro sócio Arlindo Ernesto Guilamba,
Primeiro. Arlindo Ernesto Guilamba,
Guimarães Dumangane; correspondente a noventa e cinco
moçambicano, solteiro, portador do Bilhete de por cento do capital social;
b) Uma quota com o valor nominal de
Identidade n.º 110100534364M, emitido aos b) Uma quota no valor de mil meticais,
cinco mil meticais, pertencente ao
treze de Outubro de dois mil e doze, pelo Arquivo pertencente ao sócio Américo Dias
sócio Júlia Paulina Guimarães.
de Identificação Civil de Maputo, residente na Tavares, correspondente a cinco
CLÁUSULA QUINTA cidade de Maputo, Bairro Chamanculo C, por cento do capital social.
(Administração) quarteirão nove, casa número cem. Dois) O capital social poderá ser aumentado
Segundo. Américo Dias Tavares, casado uma ou mais vezes, por incorporação de lucros
A administração da sociedade é exercida por
em regime de comunhão de adquiridos, com ou reserves ou ainda por entradas dos sócios,
um ou mais Administradores, designado(s) por
Maria Albertina Nicolau, natural de Maputo, mediantes a deliberação da assembleia geral,
deliberação dos sócios, a qual fixará a duração
do(s) respectivo(s) mandato(s). residente nesta cidade, de nacionalidade concorrendo cada sócio na proporção da
moçambicana, portador do Bilhete de Identidade respectiva quota.
CLÁUSULA SEXTA n.º 110101303804M, emitido aos catorze de
(Vinculação da sociedade) Julho de dois mil e onze, pela Direcção de ARTIGO QUINTO
Identificação Civil de Maputo. (Suprimentos)
Um) A sociedade fica obrigada pela(s)
assinatura(s): CAPÍTULO I Não são exigíveis prestações suplementares
a) em conjunto, de um administrador e de capital, contudo, qualquer dos sócios poderá
de um mandatário da sociedade, (Denominação, sede, objecto
fazer os suprimentos a caixa de que esta vir
nos termos e limites específicos do e duração) a necessitar, nos montantes e condições que
instrumento de mandato; ARTIGO PRIMEIRO forem acordados em assembleia geral que
b) em singelo, de um administrador, poderá reunir-se extraordinariamente.
nos precisos termos que tiver (Denominação e sede)
sido designado, em acta donde ARTIGO SEXTO
conste a sua nomeação e respectiva Um) A sociedade tem a denominação de
Progef, Limitada bem como a sua sede na cidade (Cessão, transmissão e divisão de quotas)
delegação de poderes;
c) por um único ou mais mandatários de Maputo. Um) A cessão, transmissão ou divisão total
da sociedade, nos termos do(s) Dois) Por simples deliberação de assembleia ou parcial de quotas entre os sócios é livre.
respectivo(s) instrumento(s) de geral, a sociedade poderá transferir a sua sede Dois) A cessão, transmissão ou divisão de
mandato. para qualquer outro local do território nacional, quotas a estranhos carecem deliberação da
Dois) Para os actos de mero expediente é bem como instalar delegações, filiais, agências assembleia geral.
suficiente a assinatura de um só administrador e outras formas de representação em qualquer Três) Os sócios gozam do direito de
ou mandatário com poderes bastantes. parte do país. preferência na aquisição de quotas.
2124 — (8) III SÉRIE — NÚMERO 56
ARTIGO SÉTIMO as contas de cada exercício económico, deliberar Bilhete de Identidade n.º 110100399434N,
sobre a aplicação dos resultados apurados bem emitido aos treze de Agosto de dois mil e dez,
(Amortização de quotas)
assim como tratar de qualquer outro assunto pelo Arquivo de Identificação Civil de Maputo.
Um) A sociedade tem a faculdade de para que tenha sido convocada. Segundo. Sannah Tembe, solteira, de
amortizar quotas dos sócios nos casos adiante Dois) A assembleia geral reúne-se nacionalidade moçambicana residente na cidade
indicados: extraordinariamente sempre que necessário, por
da Matola, portadora do Bilhete de Identidade
iniciativa de qualquer um dos sócios bastando
a) Por acordo com o respectivo titular; n.º 110100232139Q , emitido aos dois de Junho
para o efeito a mera comunicação por correio
b) Quando a quota for objecto de penhora, de dois mil e dez, pelo Arquivo de Identificação
electrónico com antecedência de pelo menos
arrolamento, arresto ou haja de ser Civil de Maputo.
quarenta e oito horas.
vendida judicialmente; Terceiro. Luís Pedro Pires Barreiro da Silva,
Três) São dispensadas as reuniões de
c) Quanto o seu titular for declarado assembleia geral quando todos os sócios solteiro, nacionalidade portuguesa, residente
falido ou insolvente; concordem por escrito sobre o assunto a ser nesta cidade de Maputo, portador do Passaporte
d) Quanto o sócio prejudicar ou lesar motivo de debate e deliberação. n.º M410228, emitido aos vinte e um de
gravemente os interesses da
Novembro de dois mil e doze, pelo consulado
sociedade. ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
de Portugal em Maputo.
Dois) Nos casos referidos na alínea d) do (Deliberações) É celebrado o presente contrato de
numero anterior, a quota do sócio será liquidada sociedade ao abrigo do artigo noventa do
pelo valor contabilístico apurado no ultimo Um) Salvo acordo unânime dos sócios,
as deliberações são tomadas por voto escrito Código Comercial vigente na República de
balanço efectuado. Moçambique, o qual se regerá pelos termos
nos casos em que se dispensa a reunião ou em
ARTIGO OITAVO assembleia geral. constantes dos artigos seguintes:
Dois) As deliberações são tomadas por
(Dissolução da sociedade) maioria simples dos votos, excepto nos CAPÍTULO I
Um) Por falecimento ou interdição de casos de aumento de capital, alteração dos Denominação, sede, objecto e duração.
qualquer sócio, a sociedade continuará com estatutos, fusão e dissolução, ou noutros
casos expressamente previstos na lei em que é ARTIGO PRIMEIRO
os sócios sobrevivos ou capazes e os herdeiros
necessária a maioria de dois terços.
do sócio falecido ou representante legal (Denominação e sede)
do interdito, devendo aqueles nomear um ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
representante na sociedade, enquanto a quota Um) A sociedade adopta a denominação
se mantiver indivisa. (Balanço, contas e distribuição de lucros) de PZC Consulting, Limitada, uma sociedade
Dois) A sociedade só se dissolve nos casos por quotas de responsabilidade limitada, e terá
Um) O exercício social coincide com o ano
determinados na lei ou por deliberação da civil. a sua sede na cidade de Maputo, podendo por
maioria dos votos dos sócios em assembleia- Dois) Anualmente será encerrado um deliberação da assembleia geral ser transferida
geral que tiver sido convocada para esse fim. balanço e contas da sociedade com a data de para outro local.
Três) Dissolvida a sociedade, proceder-se-à trinta e um de Dezembro. Dois) A sociedade poderá ainda por
a liquidação e partilha conforme deliberação da Três) Os lucros líquidos que a sociedade deliberação da assembleia geral, criar
assembleia geral. registar, depois de deduzidos os encargos legais, sucursais, delegações, filiais ou outras formas
serão divididos pelos sócios na proporção das de representação comercial em qualquer parte
ARTIGO NONO
suas quotas. do território nacional ou no estrangeiro.
(Administração)
ARTIGO DÉCIMO QUARTO ARTIGO SEGUNDO
A sociedade tem como administrador único,
para os devidos efeitos, o sócio maioritário (Normas subsidiarias)
(Duração)
Arlindo Ernesto Guilamba. As dúvidas resultantes da aplicação e
A sua duração é por tempo indeterminado,
interpretação dos presentes estatutos serão
ARTIGO DÉCIMO contando-se o seu início, para todos os efeitos
resolvidos por recurso ao Código Comercial
(Obrigação da sociedade) e demais legislação aplicável e em vigor na legais, a partir da data da sua assinatura.
República de Moçambique.
Um) Para a prática de quaisquer actos a ARTIGO TERCEIRO
sociedade fica obrigada: Está conforme.
Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze. (Objecto social)
a) Pela assinatura do sócio administrador — O Técnico, Ilegível.
único; Um) A sociedade tem por objecto principal
b) Ou, alternativamente, pela assinatura a prestação de serviços de contabilidade,
conjunta de ambos os sócios. consultoria e formação profissional.
Dois) Os actos de mero expediente poderão Dois) É igualmente objecto da sociedade,
PZC Consulting, Limitada
ser assinados por qualquer um dos sócios ou o exercício de representação comercial de
empregado devidamente autorizado. Certifico, para efeitos de publicação, que entidades e marcas estrangeiras, bem como
no dia dez de Julho de dois mil e catorze, investir noutras sociedades comerciais,
CAPÍTULO III foi matriculada na Conservatória do Registo industriais ou a constituir no país ou no
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO de Entidades Legais sob NUEL 100510049 estrangeiro.
uma sociedade denominada PZC Consulting, Três) A sociedade poderá exercer
(Assembleia geral)
Limitada. ainda actividades de natureza assessória,
Um) A assembleia geral reúne-se Primeiro. Vanessa António José Ribeiro, complementar e subsidiária do objecto
ordinariamente duas vezes por ano, a fim de solteira, de nacionalidade moçambicana principal em que os sócios acordem, desde que
apreciar e votar o relatório de gestão, o balanço e residente na cidade de Maputo, portadora do devidamente autorizadas para o efeito.
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (9)

CAPÍTULO II ARTIGO SÉTIMO -se-ão em trinta e um de Dezembro de cada ano


e serão submetidos à apreciação da assembleia
Capital social (Morte ou incapacidade dos sócios)
geral para aprovação, até ao dia trinta e um de
ARTIGO QUARTO Em caso de falecimento, incapacidade física Março do ano seguinte.
ou mental definitiva ou interdição de qualquer
(Capital social) ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
um dos sócios, a sociedade continuará com
Um) O capital social, integralmente os seus herdeiros ou representantes, os quais (Aplicação de resultados)
subscrito e realizado em dinheiro, é de vinte deverão constar no processo deste, devendo
mil meticais, dividido em tres quotas desiguais nomear entre si quem a todos represente na Os lucros líquidos apurados em cada
na seguinte proporção: sociedade, enquanto a quota se mantiver exercício serão divididos na proporção de
indivisa. cinquenta por cento pelos sócios na proporção
a) Uma quota no valor nominal de cinco
das suas respectivas quotas e o restante será
mil meticais, correspondente a CAPÍTULO III reinvestido na empresa como capital ou
vinte e cinco por cento do capital
Administração, gerência imobilizado.
social, pertencente ao sócio Luís
Pedro Pires Barreiro da Silva; e assembleia geral ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
b) Uma quota no valor nominal de ARTIGO OITAVO (Dissolução e liquidação)
sete mil e quinhentos meticais,
correspondente a trinta e sete e (Administração e gerência) A sociedade só se dissolverá nos termos
meio por cento do capital social, Um) A administração e gerência da fixados na lei ou por deliberação dos sócios e
pertencente à sócia Vanessa sociedade e sua representação, em juizo e fora todos eles serão liquidatários.
António Jose Ribeiro; dele, activa e passivamente, tanto na ordem
c) Uma quota no valor nominal de ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
juridica interna como internacionalmente,
sete mil e quinhentos meticais, serão exercidas por todos os sócios, desde já (Casos omissos)
correspondente a trinta e sete e nomeados gerentes, com dispensa de caução,
meio por cento do capital social, Em todo o omisso serão regulados pelas
bastando a assinatura de um deles para obrigar
pertencente à sócia Sannah Tembe. disposições legais e aplicáveis na República
a sociedade em todos os seus actos e contratos.
de Moçambique.
Dois) Por deliberação da assembleia geral, Dois) Os gerentes não podem obrigar a
o capital poderá aumentar ou reduzir por uma sociedade em quaisquer operações alheias ao Maputo, onze de Junho de dois mil e catorze.
ou várias vezes. seu objecto social, nem conferir a favor de — O Técnico, Ilegível.
Três) Por deliberação da assembleia terceiros quaisquer garantias, livranças, letras,
geral e desde que represente vantagens para fianças ou abonações.
os objectivos da sociedade, poderão ser
admitidos como sócios, cidadãos nacionais ou
ARTIGO NONO Let´S Talk, Limitada
estrangeiros, pessoas singulares ou colectivas (Assembleia geral) Certifico, para efeitos de publicação, que no
nos termos da legislação em vigor. dia vinte e seis de Junho de dois mil e catorze,
Um) A assembleia geral reunirá
ordinariamente, uma vez por ano, para foi matriculada na Conservatória do Registo de
ARTIGO QUINTO
apreciação, aprovação do balanço de contas de Entidades Legais sob NUEL 100505401 uma
(Prestações suplementares e suprimentos) exercícios e para deliberar outros assuntos para sociedade denominada Let´S Talk, Limitada.

Os sócios poderão fazer suprimentos à os quais foi convocada e extraordinariamente Primeiro. Nuno Miguel Farinha de Oliveira
sempre que se mostre necessário e serão Martins, casado de nacionalidade portuguesa,
sociedade nos termos e condições a fixar
convocadas por meio de cartas registadas, natural da fregueisia de Alvalade, Concelho de
pela Assembleia Geral, não sendo exigíveis
fax, ou correio electrónico com antecedência Lisboa, portador do Passaporte n.º M357697,
prestações suplementares de capital. mínima de quinze dias úteis. emitido pelos Serviços de Estrangeiro e
Dois) A reunião da assembleia geral terá Fronteiras, de oito de Outubro de dois mil
ARTIGO SEXTO
lugar na sede social da sociedade, podendo ter e doze, residente acidental em Maputo, na
(Divisão e cessão de quotas) lugar noutro local quando as circunstâncias o Avenida Amilcar Cabral, duzentos e cinquenta
ditarem, desde que tal facto não prejudique os
Um) A divisão, cessão total ou parcial das e sete, sétimo, flat vinte e dois, e em Portugal
direitos e legítimos interesses dos sócios.
quotas entre os sócios é livre, mas a estranhos na Avenida D.João II, Lote 1, 8-H, 1990-083
Três) A assembleia geral considera-se
Lisboa.
à sociedade, depende do consentimento desta, com quórum artificial para deliberar quando
Segundo. Ana Cristina Soares Magalhães
à qual fica reservado o direito de preferência estejam presentes ou representados, sócios
que possuem, pelo menos, cinquenta e um por e Sousa Catau, de nacionalidade portuguesa,
na aquisição das quotas, direito em que, se não
cento do capital, salvo nos casos em que por natural da freguesia de Paranhos, Concelho
fôr por ela exercido sê-lo-á preferencialmente
força da lei ou destes estatutos, seja exigível do Porto, portador do Passaporte n.º L918176,
pelos sócios fundadores da sociedade.
um outro quórum. emitido pelo SEF em um de Fevereiro de dois
Dois) O sócio que desejar ceder a sua
mil e doze, residente acidental em Maputo, na
quota, deverá comunicar à sociedade, com CAPÍTULO IV Avenida Amilcar Cabral, 257, 7º, flat 22, e em
antecedência minima de trinta dias, mediante
Disposições finais Portugal na Avenida D.João II, Lote 1, 8-H,
carta registada identificando o adquirente, o
1990-083 Lisboa.
preço e demais condições de cessão. ARTIGO DÉCIMO
Três) Os sócios que pretendem exercer esse ARTIGO PRIMEIRO
(Ano social)
direito, no caso de a sociedade não exercer,
(Denominaçao e duração)
devem comparecer na assembleia geral a que Um) O ano social coincidirá com o ano civil.
se refere o número anterior e nela manifestar a Dois) O balanço, a demonstração de Um) A sociedade adopta a denominação de
sua vontade nesse sentido. resultados e demais contas do exercício fechar- Let´s Talk Limitada.
2124 — (10) III SÉRIE — NÚMERO 56
Dois) A sociedade e de duração Quatro) Não desejando os restantes sócios Dois) Declarada a dissolução proceder-se-á
indeterminada, contando-se o seu início a partir exercer direito de preferência que lhes é à sua liquidação, gozando os liquidatários,
da data da sua assinatura pela totalidade dos conferido no número dois do presente estatuto, nomeados pela assembleia geral de poderes
sócios constituintes e/ou seus representantes a quota ou fracção dela poderá ser livremente bastantes para esse efeito.
legais. cedida.
Cinco) A divisão e cessão de quotas que ARTIGO DÉCIMO
ARTIGO SEGUNDO ocorra sem a observância do estabelecido no (Disposições finais)
presente artigo é nula e de nenhum efeito.
(Sede e representações) Todos os casos omissos serão regulados
Um) A sociedade tem a sua sede na cidade ARTIGO SÉTIMO pelas disposições da lei em vigor das sociedades
de Maputo. por quotas e demais legislação aplicável na
(Assembleia geral)
Dois) Por deliberação da assembleia geral República de Moçambique
poderão ser abertas sucursais, filial, delegações Um) A assembleia geral é o órgão máximo Assinatura do procurador em conformidade
ou outras formas de representação, quer no da sociedade e as suas deliberações quando com a procuração anexa e em representação dos
território nacional quer no estrangeiro. tomadas nos termos legais dos estatutos são sócios gerentes.
obrigatórias para os restantes órgãos. Maputo, onze de Julho de dois e catorze.
ARTIGO TERCEIRO Dois) A assembleia geral é constituída por — O Técnico, Ilegível.
todos os sócios e reunirá ordinariamente uma
(Objecto)
vez por ano, para apreciação ou modificação do
Um) A sociedade tem por objecto a balanço e contas do exercício e para deliberar
prestação de serviços na área da formação, da sobre quaisquer assuntos para que tenha sido Afrituro Serviços
gestão, da organização e realização de eventos, devidamente convocada. Despachantes, Limitada
telemarketing e patrocínios, conferências, Três) A assembleia geral reunirá
seminários, feiras , congressos e consultadoria, extraordinariamente sempre que convocada Certifico, para efeitos de publicação, que
e selecção e recrutamento de recursos humanos. pelo gerente ou pelos sócios , com antecedência por escritura de dezoito de Junho de dois mil
Dois) A sociedade poderá, no entanto, mínima de uma semana. e catorze, lavrada a folhas cinquenta e uma a
exercer qualquer outro ramo de actividade, Quatro) O quórum necessário para a cinquenta e três do livro de notas para escrituras
bastando que os sócios estejam de acordo e que assembleia geral reunir-se é de dois terços dos diversas número oitocentos e oitenta e nove
haja cobertura legal. membros da sociedade. traço B, do Primeiro Cartório Notarial de
Cinco) As deliberações da assembleia Maputo, perante mim Lubélia Ester Muiuane,
ARTIGO QUARTO geral são tomada por maioria simples, excepto licenciada em Direito, técnica superior dos
quando a lei imponha maioria diferente. registos e notariado N1 e notária do referido
(Capital social)
Seis) A assembleia geral será convocada cartório, foi constituída uma sociedade por
Um) O capital social, a realizar-se em pelo gerente , por meio de carta registada, telex quotas de responsabilidade, limitada, que
dinheiro, é de quarenta mil meticais, dividido ou telefax, ou outro comprovativo, dirigido passará a reger-se pelas disposições constantes
em duas quotas iguais, assim distribuídas: aos sócios, com antecedência mínima de vinte dos artigos seguintes:
a) Uma quota de valor nominal de vinte dias, podendo estes períodos ser reduzidos para
ARTIGO PRIMEIRO
mil meticais, correspondentes catorze dias, tratando-se de assembleia geral
a cinquenta porcento do capital extraordinariamente (Denominação e duração)
social, pertencente ao sócio Nuno ARTIGO OITAVO Um) A sociedade adopta a denominação
Miguel Fernandes Farinha de de Afrituro Serviços Despachantes, Limitada.
(Administração e gerência)
Oliveira Martins; Dois) A sua duração é indeterminada,
b) Uma quota de valor nominal de vinte Um) A sociedade será representada em contando a partir da data da celebração da
mil meticais, correspondentes juízo e fora dele, activa e passivamente, pelos escritura.
a cinquenta porcento do capital dois sócios indistintamente, que ficam desde já
social, pertencente ao sócio Ana nomeados como sócios gerentes, com dispensa ARTIGO SEGUNDO
Cristina Soares Magalhães e Sousa de caução, e com ou sem remuneração conforme (Sede)
Catau. for deliberado em assembleia geral, bastando a
assinatura de um dos sócios para todos os actos Um) A sociedade tem a sua sede na cidade
ARTIGO SEXTO que obriguem a sociedade, com excepção de de Maputo.
actos e representações cujo valor seja superior Dois) A gerência poderá mudar a sede
(Divisão e cessão de quotas)
a seiscentos e cinquenta mil meticais meticais, social para qualquer outro local, dentro da
Um) A divisão e cessão de quotas é livre em que a sociedade obriga-se com a assinatura mesma cidade ou mesmo distrito, e poderá abrir
desde que comunicada a mesma á assembleia de ambos os sócios gerentes. sucursais, filiais, delegações ou outras formas
geral, mas para estranhos á sociedade depende Dois) Poderão os sócios nomear um de representação quer no estrangeiro quer no
do consentimento da sociedade. procurador que em nome da sociedade pratique território nacional, devendo notificar os sócios
Dois) A divisão e cessão de quotas a favor de todos os actos que digam respeito á sociedade, por escrito dessa mudança.
terceiros carece do consentimento da sociedade, porém sempre dentro dos poderes normais de
gozando os sócios de direito de preferência. ARTIGO TERCEIRO
administração da mesma.
Três) O sócio que pretenda ceder a sua (Objectivo)
quota ou alguma fracção dela deverá comunicar ARTIGO NONO
esta intenção á sociedade, mediante carta Um) A sociedade tem por objecto principal:
(Dissolução e liquidação da sociedade)
registada, com antecedência mínima de trinta a) Exercício da actividade de prestação
dias indicando os termos da sociedade e a Um) A sociedade se dissolverá nos casos de serviços e consultoria na área de
identificação do potencial cessionário. previstos na lei. despachos aduaneiros;
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (11)

b) Prestação de serviços, nomeadamente: Dois) A cessão de quotas a favor de terceiros Quatro) Os sócios individuais poderão
comissões, consignação, depende do consentimento da sociedade fazer-se representar nas assembleias gerais
agenciamento, medição, mediante deliberação dos sócios. por terceiros estranhos à sociedade, mediante
intermediação comercial, Três) Os sócios gozam do direito de procuração com poderes especiais, Os sócios
marketing e procurement. preferência na cessão de quotas terceiros, na pessoas colectivas far-se-ão representar
Dois) Mediante a deliberação do conselho proporção das suas quotas e com o direito de pelo representante nomeado em acta da sua
de gerência, a sociedade poderá desenvolver acrescentar entre si. respectiva assembleia geral.
outras actividades subsidiárias, conexas ou afins
ARTIGO SÉTIMO ARTIGO NONO
ao seu objecto principal, só ou em associação
com outras sociedades, ocupar-se de qualquer (Amortização de quotas) (Competências)
negócio e tomar medidas adequadas. Um) A sociedade pode amortizar quotas nos Dependem de deliberação da assembleia
Três) Por deliberação dos sócios, a sociedade seguintes casos: geral os se seguintes actos, além de outros que
poderá adquirir, alienar acções, quotas ou a lei indique:
participações de outras sociedades igualmente a) Acordo com o respectivo titular;
constituídas, que prossigam o mesmo objecto b) Morte ou dissolução e bem assim a) Nomeação e exoneração dos gerentes;
social ou similar, participar directamente ou insolvência ou falência do titular; b) Amortização, aquisição e oneração
c) Se a quota for arrestada, penhorada de quotas;
fazer-se representar nos respectivos órgãos
ou por qualquer outra forma deixar c) Chamada e restituição de prestações
sociais, praticando todas os actos necessários
de estar na livre disponibilidade do suplementares de capital;
para tais fins e ainda criar sucursais ou
seu titular; d) Alteração do contrato de sociedade;
delegações.
d) No caso de recusa de consentimento à e) Aquisição, oneração, alienação,
Quatro) Mediante previa deliberação dos
cessão, ou de cessão a terceiros sem cessão de exploração e trespasse
sócios, é permitido á sociedade ou agrupamento
observância do estipulado no artigo de estabelecimento comercial da
de sociedade, podendo as mesmas ter objecto
sexto do pacto social. sociedade;
diferente ou serem reguladas pela lei especial.
Dois) Caso a sociedade recuse o f) Propositura de acções judiciais contra
ARTIGO QUARTO consentimento à cessão, poderá amortizar ou gerentes.
adquirir para si a quota.
(Capital social) ARTIGO DÉCIMO
Três) A sociedade só pode amortizar quotas
O capital social, integralmente subscritos e se, á data da deliberação e depois de satisfazer (Quórum, representação e deliberação)
realizado em dinheiro, é de cem mil meticais, a contrapartida da amortização a sua situação
liquida não ficar inferior à soma do apital e das Um) Por cada quinhentos meticais do capital
correspondente a soma de duas quotas
reservas, salvo se simultaneamente delíberar a corresponde um voto.
distribuidas da seguinte forma:
redução do capital social. Dois) As deliberações da assembleia geral
a) Uma quota no valor nominal Quatro) O preço de amortização será o são tomadas por maioria simples (cinquenta e um
de cinquenta mil meticais, apurado com base no último balanço aprovado por cento dos votos presentes ou representados).
correspondente a cinquenta por acrescido da parte proporcional das reservas que Três) São tomadas por maioria qualificada
cento do capital social pertencente não se destinem a cobrir prejuizos, reduzido ou de setenta e cinco por cento do capital as
ao sócio Urs Wettstein; acrescido da parte proporcional de diminuição deliberações sobre a alteração ao contrato de
b) Uma quota no valor nominal ou aumento do valor contabilistico do activo sociedade, fusão, transformação e dissolução
de cinquenta mil meticais, líquido posterior ao referido balanço.Sendo o de sociedade.
correspondente a cinquenta por preço apurado pago em prestações mensais e
consecutivas, vencendo a primeira trinta dias ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
cento do capital social pertencente
ao sócio Manuel Leopoldo Ricardo após a data da deliberação. (Administração da sociedade)
Binana. ARTIGO OITAVO Um) A sociedade é administrada e
ARTIGO QUINTO (Convocação e reunião da assembleia representada por um ou mais gerentes a eleger
geral) pela assembleia geral por mandatos de três anos
(Prestações suplementares) os quais são dispensados de caução, podendo
Um) A assembleia geral reunirá ou não ser sócio e podem ou não ser reeleitos.
Um) Poderão ser exigidas prestações ordinariamente, uma vez por ano para apreciação, Dois) Os gerentes terão todos os poderes
suplementares de capital, desde que a aprovação ou modificação do balanço e contas necessários à administração dos negócios da
assembleia geral assim o decida, até ao lemite do exercício, e extraordinariamente sempre que sociedade, podendo designadamente abrir e
correspondente a cem vezes o capital social. for necessário. movimentar contas bancárias, aceitar, sacar,
Dois) Os sócios poderão fazer à sociedade Dois) A assembleia geral é convocada pelo endosar letras e livraças e outros efeitos
suprimentos, quer para titular empréstimos gerente ou por sócios representando pelo menos comerciais, contratar e despedir pessoal, tomar
em dinheiro quer para titular o deferimento de cinco por cento do capital, mediante carta de aluguer ou arrendamento bens móveis
créditos de sócios sobre a sociedade, nos termos registada com aviso de recepção dirigido aos e imóveis incluindo naqueles os veiculos
que forem definidos pela assembleia geral que sócios com a antecedência mínima de quinze automóveis.
fixará os juros e as condições de reembolso. dias. Três) Os gerentes poderão constituir
Três) A assembleia geral poderá reunir e procuradores da sociedade para prática de
ARTIGO SEXTO validamente deliberar sem dependência de actos determinados ou categorias de actos e
prévia convocatória se todos os sócios estiverem delegar entre si os respectivos poderes para
(Divisão e cessão de quotas)
presentes ou representados e manifestarem determinados negócios ou espécies de negócios.
Um) A cessão de quotas entre os sócios não unanimente a vontade de que a assembleia se Quatro) Para obrigar a sociedade nos seus
carece do consentimento da sociedade ou dos constitua e delibere sobre determinado assunto, actos e contratos é necessária assinatura ou
sócios, sendo livre. salvo nos casos em que a lei o proibe. intervenção de dois gerentes.
2124 — (12) III SÉRIE — NÚMERO 56
Seis) É vedado aos gerentes obrigar a Dois) A sociedade tem a sua sede na CAPÍTULO II
sociedade em finanças, abonações, letras, Avenida Julius Nyerere, número três mil Capital social
depósitos e outros actos e contratos estranhos quatrocentos e doze em Maputo, na República
ao objecto social. ARTIGO QUARTO
de Moçambique, podendo abrir sucursais,
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO delegações, agências ou qualquer outra forma Capital social
de representação social, no território nacional Um) O capital social, integralmente subscrito
(Exercício, contas e resultados)
ou no estrangeiro. e realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais,
Um) O ano social coincide com o ano civil. Três) Mediante simples deliberação, pode encontrando-se dividido em duas quotas,
Dois) Os lucros líquidos apurados,
o conselho de administração transferir a sede distribuídas da seguinte forma:
deduzidos da parte destinada a reserva legal e
a outras reserva que a assembleia geral deliberar para qualquer outro local no território nacional. a) Uma quota de dez mil meticais,
constituir serão distribuidos pelos s´cios na correspondente a cinquenta
proporção das suas quotas. ARTIGO SEGUNDO porcento do capital social,
pertencente ao senhor José Manuel
Duração
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO Caldeira; e
A duração da sociedade é por tempo b) Uma quota de dez mil meticais,
(Dissolução e liquidação)
correspondente a cinquenta por
indeterminado.
Um) A sociedade dissolve-se nos casos e cento do capital social, pertencente
nos termos estabelecidos na lei. ARTIGO TERCEIRO ao senhor Eduardo Alberto da Costa
Dois) A liquidação será feita na forma Calú.
aprovada por deliberação dos sócios. Objecto Dois) A assembleia geral poderá decidir
Está conforme. sobre o aumento do capital social, definindo
Um) A sociedade tem por objecto principal
Maputo, vinte e quatro de Junho de dois mil as modalidades, termos e condições da sua
o exercício de actividades nas seguintes áreas: realização.
e catorze. — A Ajudante do Notário, Ilegível.
a) Exploração mineira;
ARTIGO QUINTO
b) Execução de operações petrolíferas;
Prestações suplementares e suprimentos
c) Comércio por grosso e a retalho de
produtos; Um) Não serão exigíveis prestações
Gerbera Serviços, Limitada suplementares de capital, podendo os sócios,
d) Imobiliária, nomeadamente,
Certifico, para efeitos de publicação, que no porém, conceder à sociedade os suprimentos de
exploração, gestão e arrendamento
que necessite, nos termos e condições fixados
dia vinte e dois de Maio de dois mil e catorze, de imóveis, venda de imóveis, por deliberação da Assembleia geral.
foi matriculada na Conservatória do Registo
intermediação nas operações de Dois) Entendem-se por suprimentos o
de Entidades Legais sob NUEL 100493993
compra e venda de imóveis, entre dinheiro ou outra coisa fungível, que os sócios
uma sociedade denominada Gerbera Serviços,
outras; possam emprestar à sociedade.
Limitada, entre:
José Manuel Caldeira, natural de Maputo, de e) Prestação de serviços em geral; ARTIGO SEXTO
nacionalidade moçambicana, portador do f) Construção civil e obras públicas, Divisão e transmissão de quotas
Bilhete de Identidade n.º 110300169571J, incluindo consultoria nas áreas
emitido aos vinte de Abril de dois mil e Um) A divisão e a transmissão de quotas
de construção civil, pontes, obras
dez, na cidade de Maputo, com domicílio carecem de informação prévia à sociedade.
profissional na Avenida Julius Nyerere, hidráulicas, etc.;
Dois) O sócio que pretenda transmitir a sua
número três mil quatrocentos e doze; e g) Actividade agrícola; e quota informará a sociedade, com o mínimo
José Manuel Roque Gonçalves, natural de h) Importação e exportação de produtos, de trinta dias de antecedência, através de
Magude, de nacionalidade moçambicana, incluindo os equipamentos e os carta registada ou outro meio de comunicação
portador do Bilhete de Identidade
materiais necessários para as que deixe prova escrita, dando a conhecer o
n.º 110102259687A, emitido aos trinta e
um de Janeiro de dois mil e onze, na cidade actividades da sociedade. projecto de venda e as respectivas condições
de Maputo, com domicílio profissional na Dois) A sociedade poderá exercer outras contratuais, nomeadamente, o preço e a forma
Avenida Julius Nyerere, número três mil de pagamento.
actividades subsidiárias ou complementares do
quatrocentos e doze. Três) Gozam do direito de preferência na
seu objecto principal, desde que devidamente
As partes acima identificadas têm, entre aquisição da quota a ser transmitida, a sociedade
autorizadas. e os restantes sócios, por esta ordem. No caso
si, justo e acertado o presente contrato de
sociedade, que se regerá pelas disposições legais Três) Mediante deliberação do conselho de de nem a sociedade nem os restantes sócios
aplicáveis e pelos termos e condições seguintes: administração, a sociedade poderá participar, pretenderem usar o mencionado direito de
directa ou indirectamente, em projectos preferência, então o sócio que desejar vender a
CAPÍTULO I de desenvolvimento que de alguma forma sua quota poderá fazê-lo livremente.
Quatro) É nula qualquer divisão ou
Denominação, duração, sede e objecto concorram para o preenchimento do seu objecto
transmissão de quotas que não observe o
social, bem como aceitar concessões, adquirir preceituado no presente artigo.
ARTIGO PRIMEIRO
e gerir participações sociais no capital de
Denominação e sede ARTIGO SÉTIMO
quaisquer sociedades, independentemente do
respectivo objecto social, ou ainda participar Amortização de quotas
Um) A sociedade adopta a denominação
Gerbera Serviços, Limitada e constitui-se em empresas, associações empresariais, A sociedade tem a faculdade de amortizar
sob a forma de sociedade por quotas de agrupamentos de empresas ou outras formas quotas, nos casos de exclusão ou exoneração
responsabilidade limitada. de associação. de sócio.
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (13)

ARTIGO OITAVO Dois) O sócio que for pessoa colectiva far- Seis) Nos actos e documentos de mero
se-á representar na assembleia geral pela pessoa expediente é suficiente a assinatura de qualquer
Morte ou incapacidade dos sócios
física para esse efeito designada, mediante um dos administradores, ou do director-geral
Em caso de morte ou incapacidade de comunicação escrita dirigida pela forma e com ou do mandatário da sociedade com poderes
qualquer um dos sócios, os herdeiros legalmente a antecedência indicadas no número anterior. bastantes para o acto.
constituídos do falecido ou representantes do
incapacitado, exercerão os referidos direitos ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO ARTIGO DÉCIMO QUARTO
e deveres sociais, devendo mandatar um de Votação Fiscal único
entre eles que a todos represente na sociedade
enquanto a respectiva quota se mantiver Um) A assembleia geral considera-se Um) A fiscalização da sociedade será
regularmente constituída para deliberar exercida por um fiscal único eleito pela
indivisa.
qualquer que seja o número de sócios presentes assembleia geral ordinária, mantendo-se
CAPÍTULO III ou representados, salvo o disposto no número em funções até à assembleia geral ordinária
três abaixo. seguinte, podendo ser reeleito por uma ou
Órgãos sociais, administração Dois) As deliberações da assembleia geral mais vezes.
e representação da sociedade serão tomadas por maioria simples dos votos Dois) O fiscal único será auditor de contas
presentes ou representados. ou sociedade de auditores de contas.
ARTIGO NONO
Três) As deliberações da assembleia geral Três) A assembleia geral deliberará sobre
Órgãos sociais que importem a modificação dos estatutos ou a caução a prestar pelo fiscal único, podendo
a dissolução da sociedade, serão tomadas por dispensá-la.
Os órgãos sociais são a assembleia geral,
maioria qualificada de setenta e cinco por cento Quatro)O fiscal único poderá ser remunerado
o conselho de administração e o fiscal único.
nos termos em que a assembleia geral o vier
dos votos do capital social.
ARTIGO DÉCIMO a fixar.
Quatro) Os sócios podem votar com
Assembleia geral
procuração dos outros sócios ausentes, e CAPÍTULO IV
não será válida, quanto às deliberações que
Um) A assembleia geral reúne-se importem modificação do pacto social ou Exercício e aplicação de resultados
ordinariamente na sede social ou em qualquer dissolução da sociedade, a procuração que não ARTIGO DÉCIMO QUINTO
outro lugar, desde que no território nacional, a contenha poderes especiais quanto ao objecto
ser definido pelo presidente, uma vez por ano, Balanço e prestação de contas
da mesma deliberação.
para a deliberação do balanço anual de contas Um) O exercício social coincide com o ano
e do exercício e, extraordinariamente, quando ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO civil.
convocada pelo conselho de administração ou
sempre que for necessário, para deliberar sobre Administração e representação
Dois) O balanço e a conta de resultados
quaisquer outros assuntos para que tenha sido Um) A administração e representação da fecham a trinta e um de Dezembro de cada ano,
convocada. sociedade são exercidas por um conselho e carecem de aprovação da assembleia geral, a
Dois) É dispensada a reunião da assembleia de administração composto por três realizar-se até ao dia trinta e um de Março do
geral e são dispensadas as formalidades administradores, sendo desde já nomeados para ano seguinte.
da sua convocação quando todos os sócios o efeito, os senhores José Manuel Caldeira, José Três) O conselho de administração
concordarem por escrito na deliberação ou Manuel Roque Gonçalves e Eduardo Alberto apresentará à aprovação da assembleia geral
concordem que por esta forma se delibere, da Costa Calú. o balanço de contas de ganhos e perdas,
considerando-se válidas, nessas condições, as acompanhados de um relatório da situação
Dois) Os administradores são eleitos pelo
deliberações tomadas, ainda que realizadas fora comercial, financeira e económica da sociedade,
período de quatro anos renováveis, salvo
da sede social em qualquer ocasião e qualquer bem como a proposta quanto à repartição de
deliberação em contrário da assembleia
que seja o seu objecto. lucros e perdas.
geral, podendo ser eleitas pessoas estranhas
Três) A assembleia geral será convocada à sociedade, sendo dispensada a prestação de ARTIGO DÉCIMO SEXTO
pelo conselho de administração, por carta qualquer caução para o exercício do cargo.
registada com aviso de recepção ou outro meio Resultados
Três) A gestão corrente da sociedade é
de comunicação que deixe prova escrita, a todos confiada a um director-geral, a ser designado Um) Dos lucros apurados em cada exercício
os sócios da sociedade com a antecedência pelo conselho de administração, por um deduzir-se-á a percentagem legal estabelecida
mínima de quinze dias, dando-se a conhecer a período de um ano renovável. O conselho para a constituição do fundo de reserva legal,
ordem de trabalhos e a informação necessária à de administração pode a qualquer momento enquanto não se encontrar realizada nos termos
tomada de deliberação, quando seja esse o caso. revogar o mandato do director-geral. da lei, ou sempre que for necessário reintegrá-la.
Quatro) Por acordo expresso dos sócios, Dois) A parte restante dos lucros será
Quatro) A gestão será regulada nos termos
pode ser dispensado o prazo previsto no número aplicada nos termos que forem aprovados pela
de um regulamento interno a ser aprovado pelo
anterior. assembleia geral.
conselho da administração.
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO Cinco) A sociedade obriga-se: CAPÍTULO V
a) Pela assinatura conjunta de dois
Representação em assembleia geral Dissolução e liquidação da sociedade
administradores; ou
Um) Qualquer dos sócios poderá fazer-se b) Pela assinatura do director-geral; ou ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
representar na assembleia geral por outro sócio, c) Pela assinatura do mandatário a quem
Dissolução e liquidação da sociedade
mediante simples carta dirigida ao conselho dois administradores ou o director-
de administração e por este recebida até às geral tenham confiado poderes Um) A sociedade dissolve-se nos casos
dezassete horas do último dia útil anterior à necessários e bastantes por meio expressamente previstos na lei ou por
data da sessão. de procuração. deliberação unânime dos seus sócios.
2124 — (14) III SÉRIE — NÚMERO 56
Dois) Declarada a dissolução da sociedade, Dois) É uma sociedade por quotas de CLÁUSULA QUINTA
proceder-se-á à sua liquidação gozando os responsabilidade limitada, a qual se rege pelos
Aumento do capital social
liquidatários, nomeados pela assembleia geral, presentes estatutos e pela legislação em vigor
dos mais amplos poderes para o efeito. na República de Moçambique. O capital social pode ser aumentado mediante
Três) Em caso de dissolução por acordo dos deliberação da assembleia geral.
sócios, todos eles serão os seus liquidatários e CLÁUSULA SEGUNDA
a partilha dos bens sociais e valores apurados CLÁUSULA SEXTA
Sede e representação
proceder-se-á conforme deliberação da
Aumento e redução de quotas
assembleia geral. Um) A sociedade tem a sua sede e principal
estabelecimento na cidade de Maputo, podendo Um) Acessão total ou parcial das quotas
CAPÍTULO VI fica condicionada ao exercício de direito de
por simples deliberação da assembleia geral,
Disposições finais transferir a sede para outro local, criar sucursais, preferência por parte de outros sócios em
delegações, agências ou outra forma de primeiro lugar e da sociedade, em segundo
ARTIGO DÉCIMO OITAVO lugar.
representação em qualquer ponto do território
Disposições finais Dois) Sendo esta transmissão livre entre
nacional.
os sócios, carecendo do consentimento da
As omissões aos presentes estatutos serão Dois) A sociedade e constituída por tempo
Sociedade feita a estranhos.
reguladas e resolvidas de acordo com o Código indeterminado tem o seu inicio a contar da data
Três) A sociedade não se dissolve por
Comercial, aprovado pelo Decreto-Lei número da assinatura do presente contrato de sociedade.
dois barra dois mil e cinco, de vinte e sete de morte ou impedimento de qualquer dos sócios,
Dezembro, e demais legislação aplicável. CLÁUSULA TERCEIRA continuando a sua existência com o sobrevivo
e herdeiros ou representante do sócio falecido
Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze. Objecto social ouinterdito, devendo estes nomear um que a
— O Técnico, Ilegível.
Um) A sociedade tem por objecto principal: represente enquanto as quotas se mantiverem
indivisas.
a) Compra e venda de propriedades;
b) Desenvolvimento e promoção CLÁUSULA SÉTIMA
Jeth Travel Agency, Limitada
imobiliária;
Administração
Certifico, para efeitos de publicação, que c) Hotelaria e turismo;
no dia sete de Julho de dois mil e catorze, foi d) Comercialização e representações; Um) A administração da sociedade e da
matriculada na Conservatória do Registo de e) Venda de passagens aéreas e serviços. competência de qualquer dos sócios.
Entidades Legais sob NUEL 100509938 uma Dois) A sociedade obriga se pela assinatura
Dois) A sociedade pode igualmente
sociedade denominada Jeth Travel Agency, de um sócio.
exercer actividades comerciais conexas,
Limitada. Três) O sócio administrador com as
É celebrado o presente contrato de sociedade, complementares subsidiarias da actividade
competências e outras atribuições autorizado o
nos termos do artigo noventa do Código principal e outras desde que devidamente
uso do nome da sociedade, não pode este obrigar
Comercial entre: autorizadas pelas entidades competentes,
a sociedade em actos estranhos aos negócios,
Ruth Alfredo Xirindza Mahachure, de conforme for deliberado pela assembleia geral.
avales ou alienar bens imóveis da sociedade,
nacionalidade moçambicana, portadora sem autorização do outro sócio.
CLÁUSULA QUARTA
de Bilhete Identidade n.º 110100643319J,
Quatro) As competências e outras atribuições
casada com Izequiel Dom Mahachure, em Capital social
de cada sócio são definidas em instrumentos
regime de bens adquiridos, residente na
cidade de Maputo, Avenida Josina Machel Um) O capital social integralmente subscrito específicos.
número trezentos e sessenta e dois, sexto e realizado em dinheiro e de vinte mil meticais, Cinco) Ao término de cada exercício
andar esquerdo; dividido em três quotas, perfazendo cem social, em trinta e um de Dezembro, o sócio-
Jenifa Dom Mahachure, filha de Izequiel Dom porcento do total do capital social. administrador presta contas justificadas de sua
Mahachure e de Isabel Marilú Muando, a) Ruth Alfredo Xirindza Mahachure no administração, procedendo a elaboração do
de nacionalidade moçambicana, menor valor nominal de sete mil meticais, inventário do balanço patrimonial e do balanço
de idade, portadora da Cédula Pessoal correspondente a trinta porcento do de resultado económico, cabendo aos sócios na
n.º 1653/2004 de dois de Abril, representada capital social; proporção de sua quotas, os lucros ou as perdas
neste contrato pelo seu pai Izequiel Dom b) Kayundi Lagima de Sousa no valor apurados.
Mahachure; e
nominal de três mil meticais,
Kayundi Lagima de Sousa, de nacionalidade CLÁUSULA OITAVA
correspondente a vinte porcento do
moçambicana, filha de Natalino de Jesus
capital social; e Assembleia geral
Augusto de Sousa e de Belgineta Suzana
David, menor de idade, portadora de Bilhte c) Jenifa Dom Mahachure no valor
Um) A assembleia geral e convocada por
de Identidade n.º 110100210106S, residente nominal de dez mil meticais,
carta registada com antecedência mínima de
na Matola C, quarteirão um, casa número correspondente a cinquenta
quinze dias as suas deliberações.
cinquenta e cinco, representada neste porcento do capital social.
Dois) Quando legalmente tomadas são
contrato pela sua mãe Belgineta Suzana Dois) Podem ser sócios da sociedade outras obrigatórias para os sócios.
David. pessoas singulares ou colectivas, admitidas em Três) A assembleia geral dos sócios reúne,
CLÁUSULA PRIMEIRA assembleia geral para o efeito desde que se em sessão ordinária, uma vez por ano para
identifique com o objecto e visão da mesma. apresentação, aprovação ou modificação, contas
Denominação social Três) A responsabilidade de cada sócio do balanço e contas do exercício respeitante ao
Um) A sociedade adopta a denominação e restrita ao valor de suas quotas, mas todos ano anterior e deliberar sobre qualquer outro
de Jeth Travel Agency, Limitada, doravante respondem solidariamente pela integração do assunto para que tenha sido convocada e em
designada por sociedade. capital social. sessão extraordinária sempre que necessário.
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (15)

Quatro) A assembleia geral e convocada por É celebrado o presente contrato de sociedade, ARTIGO QUINTO
carta registada ou outra forma a deliberação, nos termos do artigo noventa do Código
(Aumento do capital)
dirigida a cada sócio com antecedência mínima Comercial, entre:
de oito dias. Primeiro. Andrade Francisco Dinda Júnior, O capital social poderá ser aumentado ou
Cinco) Os sócios podem se fazer presente de estado civil casado, natural da cidade de diminuído quantas vezes forem necessárias
nas sessões da assembleia geral por quem desde que a assembleia geral delibere sobre
Maputo, de nacionalidade moçambicana,
legalmente os represente. o assunto.
residente em Matola, Bairro de Beluluane –
Seis) As deliberações da assembleia geral Boane quarteirão número um, casa número ARTIGO SEXTO
são tomadas por maioria absoluta de votos e cinquenta e três portador do Bilhete de
(Divisão e cessão de quotas)
constitui norma para a sociedade desde que não Identificação n.º 100104444723B, emitido no
sejam anuláveis nos termos da lei. dia dezoito de Outubro de dois mil e treze em Um) Sem prejuízo das disposições legais
Sete) As deliberações da assembleia geral Maputo, titular do NUIT 102563425; e em vigor a cessão ou alienação de toda parte de
Segundo. Hermenegildo Carlos Chicuamba quotas deverá ser do consentimento dos sócios
em matéria de alterações dos presentes estatutos
de estado civil solteiro, natural de Maputo, gozando estes do direito de preferência.
requerem uma maioria absoluta. de nacionalidade moçambicana, residente em Dois) Sem nem a sociedade, nem os sócios
Oito) A assembleia geral pode anular por Matola, Bairro do Fomento, Rua da Alcatra mostrarem interesses pela quota cedente, este
voto da maioria qualquer decisão de gerência. número vinte e dois, quarteirão número decidirá a sua alienação aquém pelos preços
três, portador do Bilhete de Identificação que melhor entender, gozando o novo sócio
CLÁUSULA NONA n.º 110101272090S, emitido no dia oito de
dos direitos correspondentes a sua participação
Julho de dois mil e onze em Maputo, titular do
Dissolução na sociedade.
NUIT 107628691.
Um) A sociedade dissolve-se por acordo Pelo presente contrato de sociedade, outorga ARTIGO SÉTIMO
dos sócios e nos demais casos previstos por lei. e constitui entre si uma sociedade por quotas
Administração
Dois) Dissolvida a sociedade procede-se à de responsabilidade limitada, denominada
ADC - Electrica, Limitada, que se regerá pelas Um) A administração e gestão e sua
sua liquidação, gozando os liquidatários do mais
cláusulas seguintes: prestação em juízo e fora dele, activa e passiva,
amplo poderes para o efeito.
passam desde já a cargo de sócio Andrade
Três) Procedendo-se a liquidação da ARTIGO PRIMEIRO Francisco Dinda Júnior como presidente/
sociedade, a partilha dos bens sociais e efectuada (Denominação e duração) director-geral e com plenos poderes.
em conformidade com as participações dos Dois) O administrador tem plenos poderes
sócios, aquela data e após a liquidação aos A sociedade adopta a denominação de para nomear mandatários a sociedade,
ADC - Electrica, Limitada e tem a sua sede no conferindo os necessários poderes de
sócios credores dos eventuais suprimentos
Bairro Hanhane C Praça Judite Tembe número representação.
efectuados. dezanove na Matola cidade. Três) A sociedade ficará obrigada pela
Quatro) Na falta de acordo e se algum deles
assinatura de um gerente ou procurador
o pretender, e o activo social licitado em globo ARTIGO SEGUNDO
especialmente constituído pela gerência, nos
com obrigações do pagamento do passivo e (Duração) termos e limites específicos do respectivo
adjudicado ao sócio que melhor oferta efectuar mandato.
A sua duração será por tempo indeterminado,
em igualdade de condições. Quatro) É vedado a qualquer dos gerentes
contando-se o seu inicio a partir da data de ou mandatários assinar em nome da sociedade
Cinco) A sociedade reserva-se o direito de
constituição. quaisquer actos ou contratos que digam respeito
amortizar a quota de qualquer sócio quando
ARTIGO TERCEIRO a negócio estranhos a mesma, tais como letras
sobre ela recaia arresto, penhora ou providência
de favor, fianças, avales ou abonações.
cautelar. (Objecto) Cinco) Os actos de mero expediente poderão
Um) A sociedade tem por objecto prestação ser individualmente assinados por empregados
CLÁUSULA DÉCIMA
de serviços nas áreas de instalação eléctricas. da sociedade devidamente autorizados pela
Casos omissos A sociedade poderá adquirir participação gerência.
Os casos omissos são regulados por delibera- financeira em sociedades a constituir ou já ARTIGO OITAVO
constituídas, ainda que tenham objecto social
ção da assembleia geral e na impossibilidade
diferente do da sociedade. (Assembleia geral)
do que se aplica as regras do direito vigente
Dois) A sociedade poderá exercer quaisquer
em Moçambique. Um) A assembleia geral reúne-se
outras actividades desde que para o efeito
ordinariamente uma vez por ano para apreciação
Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze. esteja devidamente autorizada nos termos da
e aprovação do balanço e contas do exercício
— O Técnico, Ilegível. legislação em vigor.
findo e repartição de lucros e perdas.
ARTIGO QUARTO Dois) A assembleia geral poderá reunir-
se extraordinariamente quantas vezes forem
(Capital social) necessárias desde que as circunstâncias assim
O capital social, integralmente subscrito e o exijam para deliberar sobre quaisquer assunto
ADC - Electrica, Limitada que digam respeito à sociedade.
realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais
Certifico, para efeitos de publicação, que dividido pelos sócios Andrade Francisco ARTIGO NONO
no dia nove de Maio de dois mil e catorze, Dinda Júnior, com o valor de dez mil meticais,
foi matriculada na Conservatória do Registo correspondente a cinquenta porcento do capital (Dissolução)
de Entidades Legais sob NUEL 100490862 e Hermenegildo Carlos Chicuamba, com o A sociedade só se dissolve nos termos
uma sociedade denominada ADC - Electrica, valor de dez mil meticais, correspondentes a fixados pela lei ou por comum acordo dos sócios
Limitada. cinquenta porcento do capital. quando assim o entenderem.
2124 — (16) III SÉRIE — NÚMERO 56
ARTIGO DÉCIMO – Sociedade Unipessoal, Limitada, criada Dois) Enquanto pertençam à sociedade, as
por tempo indeterminado e que se rege pelo quotas não conferem o direito a voto e nem a
(Herdeiros)
presente estatuto e pelos preceitos legais em percepção de dividendos.
Em caso de morte, interdição ou inabilidade vigor na República de Moçambique.
de um dos sócios, os seus herdeiros assumem ARTIGO SEXTO
automaticamente o lugar na sociedade com ARTIGO SEGUNDO (Transmissão de quotas)
dispensa de caução, podendo este nomear os
seus representantes se assim entenderem, desde (Sede) É livre a transmissão total ou parcial de
que obedeçam o preceituado nos termos da lei. quotas.
Um) A sociedade tem a sua sede social
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO no Parque Industrial de Beluluane, S.A., em ARTIGO SÉTIMO
Boane.
Casos omissos (Prestações suplementares)
Dois) Mediante simples deliberação da
Os casos omissos serão regulados pela administração, a sociedade pode autorizar, a O sócio poderá efectuar prestações
legislação vigente e aplicável na República de suplementares de capital ou suprimentos à
deslocação da sede dentro do território nacional,
Moçambique. sociedade nas condições que forem estabelecidas
cumprindo os necessários requisitos legais.
Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze. por lei.
Três) A administração da sociedade poderá
— O Técnico, Ilegível.
deliberar a abertura de sucursais, filiais ou ARTIGO OITAVO
qualquer outra forma de representação no
(Administração, representação
país e no estrangeiro, desde que devidamente da sociedade)
Mozambique Hygienics autorizada.
Um) A sociedade será administrada pelo
& Paper Corporation
ARTIGO TERCEIRO único sócio Shahine Mamod Mahamedereza.
– Sociedade Unipessoal, Dois) A sociedade fica obrigada pela
Limitada (Objecto)
assinatura do administrador, ou ainda por
Um) A sociedade tem por objecto a procurador especialmente designado para o
Certifico, para efeitos de publicação, que efeito.
no dia nove de Julho de dois mil e catorze, foi realização das seguintes actividades:
Três) A sociedade pode ainda se fazer
matriculada na Conservatória do Registo de a) Fabricação de produtos de limpeza
representar por um procurador especialmente
Entidades Legais sob NUEL 100509334 uma e higiene;
designado pela administração nos termos e
sociedade denominada Mozambique Hygienics b) Fabricação de outros produtos
derivados do papel; limites específicos do respectivo mandato.
& Paper Corporation – Sociedade Unipessoal,
Limitada c) Importação e exportação e comércio
CAPÍTULO IV
Nos termos dos artigos noventa e trezentos e geral.
vinte e oito do Código Comercial, é constituído Dois) A sociedade poderá exercer outras Disposições gerais
o presente contrato de sociedade por quota actividades conexas com o seu objecto principal ARTIGO NONO
unipessoal com um sócio denominada: e desde que para tal obtenha aprovação das
entidades competentes. (Balanço e contas)
Shahine Mamod Mahamedereza, maior,
Três) A sociedade poderá adquirir
de nacionalidade malgaxe, portador do Um) O exercício social coincide com o ano
participações financeiras em sociedades a civil.
Passaporte número A zero oito V três dois
cinco dois zero, emitido na Madagáscar, constituir ou constituídas, ainda que com Dois) O balanço e contas de resultados
válido até dez de Setembro de dois mil objecto diferente do da sociedade, assim como fechar-se-ão com referência a trinta e um de
e quinze, neste acto representado pela associar-se com outras sociedades para a Dezembro de cada ano.
sua procuradora, Octávia David Patrício, persecução de objectivos comerciais no âmbito
solteira de nacionalidade moçambicana, ou não do seu objecto. ARTIGO DÉCIMO
portadora do Bilhete de Identidade número (Lucros)
um zero zero dois zero um nove oito quatro CAPÍTULO II
Dos lucros apurados em cada exercício
cinco um oito N, emitido pela Direcção de Capital social deduzir-se-ão em primeiro lugar a percentagem
Identificação Civil da Matola e residente
ARTIGO QUARTO legalmente indicada para constituir a reserva
na Matola.
legal, enquanto não estiver realizada nos termos
Que pelo presente contrato de sociedade que (Capital social) da lei ou sempre que seja necessária reintegrá-la.
outorga e constitui uma sociedade por quotas
unipessoal limitada, denominada Mozambique O capital social, integralmente subscrito e
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
Hygienics & Paper Corporation – Sociedade realizado em dinheiro, é de dez mil meticais,
Unipessoal, Limitada, que se regerá pelos correspondente à uma quota do único sócio (Dissolução)
artigos seguintes. Shahine Mamod Mahamedereza correspondente A sociedade dissolve-se nos casos e nos
a cem porcento do capital social. termos da lei.
CAPÍTULO I
ARTIGO QUINTO ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
Denominação, duração, sede e objecto
(Quotas próprias) (Disposições finais)
ARTIGO PRIMEIRO
Um) A sociedade poderá, dentro dos limites Um) Em caso de morte ou interdição de
(Denominação e duração)
legais, adquirir e/ou alienar quotas próprias único sócio, a sociedade continuará com os
A sociedade adopta a denominação e praticar sobre elas todas as operações herdeiros ou representantes do falecido ou
Mozambique Hygienics & Paper Corporation legalmente permitidas. interdito, os quais nomearão entre si um que a
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (17)

todos represente na sociedade, enquanto a quota ARTIGO QUARTO reservado à sociedade, em primeiro lugar, e o
permanecer indivisa. sócio não cedente em segundo lugar, o direito
(Objecto)
Dois) Em tudo quanto for omisso nos de preferência, devendo pronunciar-se no prazo
presentes estatutos aplicar-se-ão as disposições Um) O objecto social da sociedade consiste de trinta dias a contar da data do conhecimento,
do Código Comercial e demais legislação em em: se pretendem ou não usar de tal direito.
vigor na República de Moçambique. a) A sociedade tem por objecto a Dois) No caso de a sociedade ou do sócio
Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze. actividade principal de pretender exercer o direito de preferência
— O Técnico, Ilegível. comercialização de bijutaria, conferido nos termos do número um do presente
artigos para o lar, decoração, artigo deverão, comunicá-lo ao cedente no prazo
utensílios de cozinha, utilidades, de trinta dias contados da data da recepção da
produtos alimentares, artigos carta.
Dinarex, Limitada de vestuário, artigos religiosos,
ARTIGO NONO
materiais de construção e hotelaria;
Certifico, para efeitos de publicação, que b) Pode igualmente explorar outras (Amortização de quotas)
no dia oito de Julho de dois mil e catorze, actividades comerciais e industriais
Um) Para além do caso de amortização de
foi matriculada na Conservatória do Registo nas quais os sócios acordem e seja
quotas por acordo com os respectivos titulares,
de Entidades Legais sob NUEL 100508605 permitido por lei.
a sociedade terá ainda o direito de amortizar
uma sociedade denominada Dinarex, Dois) A sociedade pode adquirir, onerosa ou qualquer quota quando esta seja objecto de
Limitada.
gratuitamente, participações em sociedades com penhor, arresto, arrolamento, apreensão em
Primeiro. Chiame Diandra Gentilal, solteiro, o objecto diferente do seu, reguladas por leis processo judicial ou administrativo, ou seja
natural de Lisboa, de nacionalidade portuguesa, especiais e em agrupamentos complementares dada em caução de obrigações assumidas pelos
residente na Estrada Nacional número quatro, de empresas. seus titulares sem que a prestação de tal garantia
parcela, B, Bairro fomento, cidade da Matola, tenha sido autorizada pela sociedade, quando o
portador do Passaporte n.˚ L935192, emitido ao ARTIGO QUINTO sócio respectiva fizer ou praticar acções lesivas
dezanove de Janeiro de dois mil, pela Direcção do bom nome e imagem da sociedade e do
Nacional de Migração. (Capital social)
restante sócio.
Segunda. Luís Filipe Cardoso Carvalho, O capital social, integralmente realizado e Dois) Fora do caso de amortização de
casado, natural de Bordeaux, França, de subscrito em dinheiro, é de vinte mil meticais, quota por acordo com o respectivo titular, a
nacionalidade portuguesa, residente na Avenida e corresponde à soma de duas quotas desiguais contrapartida da amortização da quota é igual
Karl Marx número quinhentos e vinte e sete, assim distribuídas: ao valor que resulta da avaliação realizada por
Bairro Central, nesta cidade de Maputo, auditor de contas sem relação com a sociedade.
portador do DIRE n.˚ 11PT00045504B, emitido a) Uma quota no valor de nove mil
ao vinte e quatro de Janeiro de dois mil e meticais o equivalente a quarenta
ARTIGO DÉCIMO
catorze, pela Direcção Nacional de Migração e nove por cento do capital e
pertencente ao sócio Chiame (Gerência)
É celebrado o presente contrato de
constituição de uma sociedade que se regerá Dirandra Gentilal; Uma) A gerência da sociedade será exercida
pelas cláusulas constantes dos artigos seguintes: b) Uma quota no valor de onze mil por um gerente a ser eleito em assembleia geral.
meticais o equivalente a cinquenta Dois) A sociedade será obrigado pela
ARTIGO PRIMEIRO e um por cento do capital e assinatura de um dos gerentes, ou ainda, pela
(Denominação social)
pertencente ao sócio Luís Filipe assinatura de um mandatário com poderes para
Cardoso Carvalho. certa ou certas espécies de actos expressamente
A sociedade adopta a denominação de determinados.
Dinarex, Limitada, e será regida pelos presentes ARTIGO SEXTO
estatutos e demais legislação aplicável na ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
(Alteração ao contrato de sociedade)
República de Moçambique.
(Assembleias gerais)
Qualquer alteração ao contrato de sociedade
ARTIGO SEGUNDO
tem de ser aprovada por unanimidade pelos Um) As assembleias gerais serão convocadas
(Sede social) sócios ou seus representantes. por comunicação escrita enviada aos sócios ou
seus representantes com pelo menos quinze
Um) A sociedade terá a sua sede social ARTIGO SÉTIMO dias de antecedência, salvo nos casos em que
na Estrada Nacional número quatro, parcela a lei exija outras formalidades, e sem prejuízo
setecentos e vinte e oito, B, Matola, Fomento. (Suprimentos e prestações suplementares)
das outras formas de deliberação dos sócios
Dois) Por simples deliberação da Um) Depende da deliberação dos sócios a legalmente previstas.
administração, poderá a sede social ser celebração de contratos de suprimentos. Dois) Os sócios poderão fazer-se representar
transferida para outro local dentro da mesma Dois) Os sócios poderão ser exigidos por mandatário nas assembleias gerais, bastando
cidade ou para outra, bem como, criar e encerrar prestações suplementares de capital até ao para tal uma simples carta.
agências, delegações, filiais, sucursais, ou
montante global das suas quotas.
outras formas de representação em território ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
nacional ou no estrangeiro. ARTIGO OITAVO
(Disposições gerais)
ARTIGO TERCEIRO (Cessão de quotas)
Um) O exercício social coincide com o ano
(Duração) Um) É livremente permitida a cessão, total civil.
A duração da sociedade é por tempo ou parcial, de quotas entre os sócios, ficando, Dois) O balanço e contas de resultados
indeterminado, contando - se o seu início, para desde já, autorizados as divisões para o efeito; fechar-se-ão com referência a trinta e um de
todos os efeitos legais, a partir da data da sua porém, a cessão a terceiros depende sempre do Dezembro de cada ano e serão submetidas à
constituição. consentimento da sociedade, sendo, neste caso, apreciação da assembleia geral.
2124 — (18) III SÉRIE — NÚMERO 56
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO SEXTO
(Lucros) (Denominação e duração) (Administração, representação
da sociedade)
Um) Dos lucros apurados em cada exercício Uma sociedade por quotas que rege-se pelos
deduzir-se-ão em primeiro lugar a percentagem seguintes artigos: Um) A sociedade será administrada pela
legalmente indicada para constituir a reserva sócia única Ana Patrícia Rodrigues Lopes
A sociedade é criada por tempo
especial, enquanto esta não estiver realizada Gomes.
indeterminado e adopta a
nos termos da lei ou sempre que seja necessário Dois) A sociedade fica obrigada pela
denominação de APL – Serviços
reintegrá-la. assinatura do sócio único ou pela do procurador
Dois) Cumprido o disposto no número Unipessoal, Limitada.
especialmente designada para o efeito.
anterior a parte restante dos lucros será aplicada
ARTIGO SEGUNDO
nos termos que forem aprovados em assembleia ARTIGO SÉTIMO
geral. (Sede)
(Balanço e contas)
ARTIGO DÉCIMO QUARTO Um) A sociedade tem a sua sede social na
cidade de Maputo, no Bairro Polana, Rua do Um) O exercício social coincide com o ano
(Formas de sucessão) civil.
Telegrafo número cento e vinte e seis.
Por inabilitação ou falecimento do sócio Dois) A sociedade poderá, mediante Dois) O balanço e contas de resultados
ou seus representantes, a sociedade continuará simples deliberação do sócio único, deslocar fechar-se-ão com referência a trinta e um de
com os capazes, sobrevivos, e o representante a respectiva sede para qualquer outro local Dezembro de cada ano.
do interdito ou herdeiros do falecido que dentro do território nacional, provisória ou
ARTIGO OITAVO
indicarão de entre si um que a todos represente definitivamente, criar, transferir ou encerrar
na sociedade, enquanto a respectiva quota se sucursais, agências, delegações ou quaisquer (Apuramento e distribuição de resultados)
mantiver indivisa. outras formas de representação da sociedade
Um) Ao lucro apurado em cada exercício
em qualquer parte do território nacional ou
ARTIGO DÉCIMO QUINTO deduzir-seá em primeiro lugar a percentagem
estrangeiro.
legalmente indicada para constituir a reserva
(Dissolução)
ARTIGO TERCEIRO legal, enquanto não estiver realizada nos termos
A sociedade dissolve-se e liquida-se nos da lei ou sempre que seja necessária reintegrá-la.
casos e nos termos previstos no Código (Objecto) Dois) Só após os procedimentos referidos
Comercial. poderá ser decidida a plicação do lucro
Um) A sociedade tem por objecto o exercício
ARTIGO DÉCIMO SEXTO das seguintes actividades: remanescente.

(Legislação aplicável) a) Serviços na área de Beleza e Estética; ARTIGO NONO


b) Serviços de Massagem;
Todas as questões não especialmente (Dissolução)
c) Manicure e Pedicure.
contempladas pelo presente contrato social
serão reguladas pelo Código Comercial e Dois) A sociedade poderá exercer outras A sociedade dissolve-se nos casos
pela demais legislação comercial em vigor na actividades subsidiárias ou complementares do determinados pela lei.
República de Moçambique. seu objecto principal e, deter participações em
ARTIGO DÉCIMO
Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze. outras sociedades.
— O Técnico, Ilegível. (Disposições finais)
ARTIGO QUARTO
Um) Em caso de morte ou interdição do
(Capital social)
único sócio, a sociedade continuará com os
APL – Serviços Unipessoal, Um) O capital social integralmente herdeiros ou representantes do falecido ou
interdito , os quais nomearão entre si um que a
Limitada subscrito e realizado é de dez mil meticais, e
todos represente na sociedade enquanto a quota
correspondente à uma única quota no valor de
Certifico, para efeitos de publicação, que permanecer indivisa.
dez mil meticais correspondente a cem porcento
no dia onze de Julho de dois mil e catorze, Dois) Em tudo quanto for omisso nos
do capital, pertencente ao único sócio Ana
presentes estatutos, aplicar-se-ão as disposições
foi matriculada na Conservatória do Registo Patrícia Rodrigues Lopes Gomes. do Código Comercial e demais legislação em
de Entidades Legais sob NUEL 100510251 Dois) O capital social poderá ser aumentado à vigor na República de Moçambique.
uma sociedade denominada APL – Serviços medida das necessidades dos empreendimentos
Unipessoal, Limitada. Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze.
desde que seja aprovado pelo sócio único. O
É celebrado o presente contrato de sociedade, — O Técnico, Ilegível.
aumento de capital será preferencialmente
nos termos do artigo noventa do Código subscrito pelo sócio na proporção da quota
Comercial, entre: subscrita e realizada.
Ana Patricia Rodrigues Lopes Gomes,
casada, natural de Tondela, nacionalidade ARTIGO QUINTO Ocean Real Estate, Limitada
portuguesa, residente no Bairro Polana, Rua (Prestações suplementares)
do Telegrafo número cento e vinte e seis, Certifico, para efeitos de publicação, que
terceiro andar, cidade de Maputo, portador Um) Não serão exigíveis prestações no dia quatro de Julho de dois mil e catorze,
do DIRE 11PT00023292J, emitido no dia suplementares de capital. O sócio poderá foi matriculada na Conservatória do Registo
vinte e seis de Março de dois mil e catorze conceder à sociedade os suprimentos de que ela de Entidades Legais sob NUEL 100507897
pela Migração de Moçambique, contribuinte necessite, nos termos e condições que entender uma sociedade denominada Ocean Real Estate,
n.º 114804185. convenientes. Limitada.
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (19)

É celebrado o presente contrato entre: ARTIGO QUARTO ARTIGO SÉTIMO


Primeiro. Mohamed Hassan Basma, Objecto Gerência e representação da sociedade
casado, natural da Serra Leoa e residente
nesta cidade, titular do Bilhete de Identidade Um) A sociedade tem por objecto: Um) A sociedade será regida por um ou
n.º 110102259484B, de vinte e seis de Agosto a) Imobiliária; mais gerentes que serão nomeados em reunião
de dois mil e dose, emitido pela Direcção de b) Comércio Geral. da assembleia geral.
Identificação de Maputo; Dois) Os gerentes serão dispensados de
Dois) A sociedade poderá exercer outras
Segundo. Mohamed Tarlal Basma, casado, prestar caução.
actividades industriais ou comerciais desde
natural do Líbano e residente nesta cidade, titular Três) A sociedade ficará obrigada conforme
que para tal obtenha aprovação das autoridades
do Bilhete de Identidade n.º for deliberado em reunião da assembleia geral:
competentes.
110102290617Q, de vinte e três de Agosto a) Pela assinatura dos gerentes;
de dois mil e doze, emitido pela Direcção de ARTIGO QUINTO b) Pela assinatura do procurador
Identificação de Maputo; especificamente constituído nos
Capital social
Terceiro. Hussein Basma, casado, natural termos do respectivo mandato.
Líbano e residente nesta cidade, titular do Um) O capital social integralmente subscrito Quatro) Os actos de mero expediente
Bilhete de Identidade n.º 110102259484B, de e realizado em dinheiro é de quinhentos mil poderão ser assinados por um gerente, ou por
vinte e seis de Janeiro de dois mil onze emitido meticais, correspondente à soma de cinco quotas
qualquer empregado devidamente autorizado.
pela Direcção de Identificação de Maputo; desiguais assim distribuídas:
Cinco) Em caso algum a sociedade poderá
Quarto. Ahmad Hoteit, casado, natural a) Uma quota com o valor nominal de ser obrigada em actos ou documentos que
e residente no Líbano , titular do Passaporte sessenta e dois mil e quinhentos não digam respeito ás operações sociais,
n.º RL 0744230, emitido a Vinte e dois de Junho meticais, pertencente ao sócio designadamente em letras a favor, fianças e
de Dois mil e onze; Mohamed Hassan Basma, abonações.
Quinto. Hibrahim Hoteit, natural e residente correspondente a doze vírgula cinco
no Líbano, titular do Passaporte n.º por cento do capital social; ARTIGO OITAVO
RL 2804632, emitido Seis de Maio de dois b) Uma quota com o valor nominal de
sessenta e dois mil e quinhentos Disposições gerais
mil e catorze.
meticais, pertencente ao sócio Um) Em caso de morte ou interdição de um
Pelo presente contrato de sociedade
Mohamed Tarlal Basma, sócio, a sociedade continuará com os herdeiros
outorgam e constituem entre si uma sociedade
correspondente a doze vírgula cinco ou representantes do falecido ou interditado,
por quotas de responsabilidade limitada, que se
por cento do capital social;
regerá pelas cláusulas seguintes: os quais nomearão entre si um que a todos
c) Uma quota com o valor nominal
represente na sociedade, enquanto a quota
de cento e trinta mil meticais,
ARTIGO PRIMEIRO permanecer indivisa.
pertencente ao sócio Hussein
Denominação e duração
Dois) A sociedade só se dissolve nos casos
Basma, correspondente a vinte e
fixados por lei. Se for acordado, será liquidada
A sociedade adoptada a denominação seis por cento do capital social;
quando os sócios deliberarem.
de Ocean Real Estate, Limitada Sociedade d) Uma quota com o valor nominal de
Três) Os casos omissos serão regulados
por quotas de responsabilidade limitada, cento vinte e cinco mil meticais,
pelas disposições da lei de onze de abril de mil
com sede nesta cidade, e reger-se-á pelos pertencente ao sócio Ahmad Hoteit,
novecentos e um e demais legislação aplicável.
presentes estatutos e pela legislação aplicável correspondente a vinte e cinco por
cento do capital social; Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze.
na República de Moçambique. A presente
e) Uma quota com o valor nominal — O Técnico, Ilegível.
sociedade terá a sua duração por tempo
indeterminado, contando-se ao seu início a de cento e vinte mil meticais,
partir do dia da data da presente contrato. pertencente ao sócio Hibrahim
Hoteit, correspondente a vinte e
ARTIGO SEGUNDO quatro por cento do capital social. H&B Informática,
Duração Dois) O capital poderá ser aumentado uma Electricidade e Electrónica,
ou mais vezes por deliberação da assembleia Limitada
A sociedade constitui-se por tempo geral, que determinará os termos em que se
indeterminado, contando-se o seu início a efectuará o aumento. Certifico, para efeitos de publicação, que
partir da data da celebração da presente escritura no dia dez de Julho de dois mil e doze, foi
pública. ARTIGO SEXTO matriculada na Conservatória do Registo de
Entidades Legais sob o NUEL 100509792
ARTIGO TERCEIRO Cessão de quotas
uma sociedade denominada H&B Informática,
Sede Um) É livre a cessão total ou parcial de Electricidade e Electrónica, Limitada.
quotas entre os sócios. É celebrado o presente contrato de sociedade,
Um) A sociedade tem a sua sede na Avenida Dois) A cessão de quotas a terceiros carece nos termos do artigo noventa do Código
das FPLM número mil oitenta e quatro, rés-do- do consentimento da sociedade, dado em Comercial, entre:
-chão nesta cidade de Maputo . assembleia geral à qual fica reservado o direito Primeiro. Fernando José Hansson Leite
Dois) Mediante deliberação do conselho de de preferência na sua aquisição. Fragoso, solteiro, maior, natural da República de
gerência a sociedade poderá abrir sucursais, Três) No caso de a sociedade não exercer Moçambique, residente na cidade de Maputo, no
filiais ou qualquer outra forma de representação o seu direito de preferência, este passará a bairro de Sommerschield na rua Damião de Góis
no país ou estrangeiro. pertencer a cada um dos sócios e, querendo número trezentos e três, portador do Bilhete
Três) A sociedade poderá, por deliberação exercê-lo mais do que um, a quota será dividida de Identidade n.º 110102768014I, emitido em
da assembleia geral, transferir a sua sede para pelos interessados, na proporção das respectivas Maputo em seis de Fevereiro de dois mil e
qualquer outro ponto do país. quotas. treze, vitalício;
2124 — (20) III SÉRIE — NÚMERO 56
Segundo. António Egídio Rodrigues Inso ARTIGO QUARTO A convocatória deverá incluir pelo
e Barbosa da Silva, casado com Fernanda menos:
Capital social, quotas e obrigações
Maria, Caldeira Maio Barbosa da Silva, sob o
i. Agenda de trabalho;
regime de comunhão de adquiridos, natural da Um) O capital social, integralmente subscrito
ii. Data, hora e local da realização.
República de Moçambique, de nacionalidade e realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais,
portuguesa, residente na Rua Artur Lobo que corresponde à soma de duas quotas assim Três) A assembleia geral reúne-se na sede
D’Ávila, número oito, primeiro andar esquerdo, distribuídas: sociedade.
em Cacilhas, Oeiras, Portugal, portador do
Passaporte n.º L049480, emitido em Portugal a) Uma no valor de dez mil meticais, ARTIGO NONO
aos onze de Agosto de dois mil e nove e válido pertencente ao sócio Fernando José
Hansson Leite Fragoso; Gerência
até onze de Agopsto de dois mil e catorze.
Pelo presente contrato de sociedade b) Outra no valor de dez mil meticais Um) A administração e a gerência da
outorgam e constituem entre si uma sociedade pertencente ao sócio António sociedade e a sua representação serão exercidas
por quotas de responsabilidade limitada, que se Egídio Rodrigues Inso e Barbosa por todos os sócios, que desde já ficam
regerá pelas cláusulas seguintes: da Silva. nomeados gerentes, com dispensa de caução.
Dois) O valor de qualquer depósito, Dois) A sociedade obriga-se em todos os
ARTIGO PRIMEIRO
para realização do capital social, pode ser seus actos contractos com a intervenção e
Denominação e sede integralmente levantado por um dos gerentes, assinatura de um gerente.
ao abrigo do disposto no artigo noventa e Três) Os gerentes serão remunerados, ou
A sociedade adopta a denominação de
H&B Informática, Electricidade e Electrónica, nove, terceira alínea, do Código Comercial de não, conforme for deliberado em assembleia
Limitada, sociedade por quotas, tem a sua sede Moçambique, para prossecução dos fins sociais. geral.
em Avenida da Marginal, número quatro mil
ARTIGO QUINTO ARTIGO DÉCIMO
cento e cinquenta e nove, Maputo, cidade de
Maputo, Moçambique. Prestações suplementares Balanço e distribuição de resultados

ARTIGO SEGUNDO Por deliberação dos sócios, tomada em Um) Os exercícios sociais coincidem com
assembleia geral expressamente convocada os anos civis.
Duração
para o efeito, poderão ser exigidas aos sócios Dois) O balanço e contas de resultados
A sociedade constitui-se por tempo prestações suplementares de capital, nos termos fechar-se-ão com referência a trinta e um de
indeterminado, contando-se o seu início a e condições decididos nessa assembleia geral. Dezembro de cada ano.
partir da data de celebração da escritura pública. Três) Dos resultados líquidos apurados em
ARTIGO SEXTO cada exercício serão deduzidos cinco por cento
ARTIGO TERCEIRO
Cessão das quotas para Reserva Legal, nos termos da lei.
Objecto da sociedade Quatro) Os lucros distribuídos serão pagos
Um) É livre a cessão total ou parcial da quota aos associados de acordo com a percentagem
Um) Constitui objecto da sociedade a
entre os sócios. das respectivas quotas.
pepresentação, comércio, projecto, fabricação,
consultoria e assessoria técnica e informática, Dois) A cessão de quotas a terceiros carece
montagem, reparação e assistência técnica e de consentimento da sociedade, dado pela ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
prestação de serviços nas áreas: assembleia geral, ficando a sociedade com o
Disposições finais
a) Electricidade, electrónica, redes direito de preferência na sua aquisição.
informáticas, redes de telecomu- Três) No caso da sociedade não exercer Um) Em caso de morte, interdição ou
nicações, domótica e sistemas de o seu direito de preferência, este passará a inabilitação do sócio, a sociedade continuara
segurança electrónica; pertencer a cada um dos sócios e querendo-o com os herdeiros ou representantes do falecido,
exercer mais do que um, a quota será dividida interdito ou inabilitado, os quais nomearão
b) Informática, estudos, desenvolvimento
entre si um que a todos represente a sociedade,
e implementação de soluções pelos interessados na proporção das respectivas
enquanto a quota permanecer indivisa.
multidisciplinares na área da quotas.
Dois) A sociedade só se dissolve nos casos
informática; fixados por lei, se caso for acordado, será
c) Importação e exportação de bens ARTIGO SÉTIMO
liquidada como os sócios deliberarem.
de consumo eléctricos e electró- Amortização de quotas Três) Os casos omissos serão regulados
nicos, equipamentos, peças
pelas disposições fixados pela lei, ou seja, pelo
e sobressalentes eléctricos e A sociedade poderá proceder a amortização
Código Comercial vigente e demais legislação
electrónicos, equipamento robótico, da quota nos casos de arresto, penhora, oneração
aplicável.
equipamento informático e consu- ou declaração de falência de um sócio.
míveis informáticos. Maputo, onze de Julho de dois mil e catorze.
ARTIGO OITAVO — O Técnico, Ilegível.
Dois) A sociedade poderá adquirir
participações financeiras em sociedades, a Assembleia geral
constituir ou já constituídas, ainda que tenham
Um) A assembleia geral reunirá ordina-
objecto social diferente ao da sociedade, Tudo Miner, Limitada
riamente uma vez por ano nos primeiros quatro
assim como associar-se a outras empresas
para a prossecução de objectivos comerciais meses após o fim do exercício anterior.
Certifico, para efeitos de publicação, que
no âmbito ou não do seu objecto, bem como Dois) As reuniões da assembleia geral, no dia nove de Julho de dois mil e doze, foi
exercer as funções de gerente ou administrador quando a lei não estabelecer outras formalidades, matriculada na Conservatória do Registo de
de outras sociedades em que detenham ou não serão convocadas por meio de cartas registadas Entidades Legais sob o NUEL 100509326, uma
participações financeiras. com a antecedência mínima de quinze dias. sociedade denominada Tudo Miner, Limitada.
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (21)

É celebrado voluntariamente, de boa fé e ao CAPÍTULO II ARTIGO OITAVO


abrigo do preceituado no Código Comercial o
Do capital social (Dissolução da sociedade)
presente contrato de sociedade entre:
ARTIGO Quarto Um) Por falecimento ou interdição de
Primeiro. Arlindo Ernesto Guilamba,
moçambicano, solteiro, portador do Bilhete (Capital social) qualquer sócio, a sociedade continuará com
de Identidade n.º 110100534364M, emitido os sócios sobrevivos ou capazes e os herdeiros
Um) O capital social, integralmente subscrito
aos treze de Outubro de dois mil e doze, pelo do sócio falecido ou representante legal
e realizado em dinheiro é de vinte mil meticais,
Arquivo de Identificação Civil de Maputo, do interdito, devendo aqueles nomear um
correspondente a soma de duas quotas desiguais
residente na Cidade de Maputo, bairro representante na sociedade, enquanto a quota
assim distribuídas:
Chamanculo C, quarteirão nove, casa número se mantiver indivisa.
a) Uma quota no valor de dezanove
cem; Dois) A sociedade só se dissolve nos casos
mil meticais, pertencente ao
Segundo. Américo Dias Tavares, casado determinados na lei ou por deliberação da
sócio Arlindo Ernesto Guilamba,
em regime de comunhão de adquiridos, com correspondente a noventa e cinco maioria dos votos dos sócios em assembleia-
Maria Albertina Nicolau, natural de Maputo, por cento do capital social; geral que tiver sido convocada para esse fim.
natural de Maputo, residente nesta cidade, b) Uma quota no valor de mil meticais, Três) Dissolvida a sociedade, proceder-se-à
de nacionalidade moçambicana, portador do pertencente ao sócio Américo Dias a liquidação e partilha conforme deliberação da
Bilhete de Identidade n.º 110101303804M, Tavares, correspondente a cinco assembleia geral.
emitido aos catorze de Julho de dois mil e onze, por cento do capital social.
ARTIGO NONO
pela Direcção de Identificação Civil de Maputo. Dois) O capital social poderá ser aumentado
uma ou mais vezes, por incorporação de lucros (Administração)
CAPÍTULO I ou reserves ou ainda por entradas dos sócios,
mediantes a deliberação da assembleia geral, A sociedade tem como administrador único,
Da denominação, sede, objecto
concorrendo cada sócio na proporção da para os devidos efeitos, o sócio maioritário
e duração
respectiva quota. Arlindo Ernesto Guilamba.
ARTIGO PRIMEIRO
ARTIGO QUINTO ARTIGO DÉCIMO
(Denominação e sede)
(Suprimentos) (Obrigação da sociedade)
Um) A sociedade mantém a denominação de
Não são exigíveis prestações suplementares
Tudo Miner Limitada, bem como a sua sede na Um) Para a prática de quaisquer actos a
de capital, contudo, qualquer dos sócios poderá
cidade de Maputo. sociedade fica obrigada:
fazer os suprimentos a caixa de que esta vir
Dois) Por simples deliberação de assembleia a necessitar, nos montantes e condições que a) Pela assinatura do sócio administrador
geral, a sociedade poderá transferir a sua sede forem acordados em assembleia geral que único;
para qualquer outro local do território nacional, poderá reunir-se extraordinariamente. b) Ou, alternativamente, pela assinatura
bem como instalar delegações, filiais, agências conjunta de ambos os sócios.
ARTIGO SEXTO
e outras formas de representação em qualquer Dois) Os actos de mero expediente poderão
parte do país. (Cessão, transmissão e divisão de quotas)
ser assinados por qualquer um dos sócios ou
Um) A cessão, transmissão ou divisão total empregado devidamente autorizado.
ARTIGO SEGUNDO
ou parcial de quotas entre os sócios é livre.
(Duração) Dois) A cessão, transmissão ou divisão de CAPÍTULO III
quotas a estranhos carecem deliberação da
A duração da sociedade é por tempo assembleia geral. Da assembleia geral
indeterminado e a sua vigência conta, para Três) Os sócios gozam do direito de ARTIGO Décimo Primeiro
todos os efeitos, a partir da data de celebração preferência na aquisição de quotas.
de escritura pública da sua constituição. (Assembleia geral)
ARTIGO SÉTIMO
Um) A assembleia geral reúne-se
ARTIGO TERCEIRO
(Amortização de quotas) ordinariamente duas vezes por ano, a fim de
(Objecto) Um) A sociedade tem a faculdade de apreciar e votar o relatório de gestão, o balanço
Um) A sociedade tem por objecto a prestação amortizar quotas dos sócios nos casos adiante e as contas de cada exercício económico,
de serviços à indústria mineira nas suas variadas indicados: deliberar sobre a aplicação dos resultados
áreas; prospecção, pesquisa, exploração a) Por acordo com o respectivo titular; apurados bem assim como tratar de qualquer
e transporte de pedras preciosas e pedras b) Quando a quota for objecto de penhora, outro assunto para que tenha sido convocada.
arrolamento, arresto ou haja de ser Dois) A assembleia geral reúne-se extraordi-
semi-preciosas; compra e venda nacional e/
vendida judicialmente; nariamente sempre que necessário, por
/ou internacional de pedras preciosas e semi-
c) Quanto o seu titular for declarado
preciosas, ouro, diamante, cobre e outros tipos iniciativa de qualquer um dos sócios bastando
falido ou insolvente;
de minérios. d) Quanto o sócio prejudicar ou lesar para o efeito a mera comunicação por correio
Dois) Por deliberação da assembleia geral, gravemente os interesses da electrónico com antecedência de pelo menos
a sociedade poderá exercer outras actividades sociedade. quarenta e oito horas.
conexas, complementares ou subsidiárias Dois) Nos casos referidos na alínea d) do Três) São dispensadas as reuniões de
de objecto principal, podendo ainda praticar numero anterior, a quota do sócio será liquidada assembleia-geral quando todos os sócios
qualquer outra actividade lucrativa não proibida pelo valor contabilístico apurado no ultimo concordem por escrito sobre o assunto a ser
por lei, quando obtida a necessária autorização. balanço efectuado. motivo de debate e deliberação.
2124 — (22) III SÉRIE — NÚMERO 56
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO de Maputo, com domicílio profissional na Três) Mediante deliberação do conselho de
Avenida Julius Nyerere, número três mil administração, a sociedade poderá participar,
(Deliberações)
quatrocentos e doze. directa ou indirectamente, em projectos
Um) Salvo acordo unânime dos sócios, As partes acima identificadas têm, entre de desenvolvimento que de alguma forma
as deliberações são tomadas por voto escrito si, justo e acertado o presente contrato de concorram para o preenchimento do seu objecto
nos casos em que se dispensa a reunião ou em sociedade, que se regerá pelas disposições social, bem como aceitar concessões, adquirir
assembleia geral. legais aplicáveis e pelos termos e condições e gerir participações sociais no capital de
Dois) As deliberações são tomadas por seguintes: quaisquer sociedades, independentemente do
maioria simples dos votos, excepto nos respectivo objecto social, ou ainda participar
casos de aumento de capital, alteração dos CAPÍTULO I em empresas, associações empresariais,
estatutos, fusão e dissolução, ou noutros agrupamentos de empresas ou outras formas
Da denominação, duração, sede e
casos expressamente previstos na lei em que é de associação.
objecto
necessária a maioria de dois terços.
CAPÍTULO II
ARTIGO PRIMEIRO
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO Do capital social
Denominação e sede
(Balanço, contas e distribuição de lucros) ARTIGO QUARTO
Um) A sociedade adopta a denominação
Um) O exercício social coincide com o Lilac Empreendimentos, Limitada, e constitui- Capital social
ano civil. se sob a forma de sociedade por quotas de
responsabilidade limitada. Um) O capital social, integralmente
Dois) Anualmente será encerrado um
Dois) A sociedade tem a sua sede na subscrito e realizado em dinheiro, é de vinte
balanço e contas da sociedade com a data de
Avenida Julius Nyerere, número três mil mil meticais, encontrando-se dividido em duas
trinta e um de Dezembro.
quatrocentos e doze, em Maputo, na República quotas, distribuídas da seguinte forma:
Três) Os lucros líquidos que a sociedade
de Moçambique, podendo abrir sucursais,
registar, depois de deduzidos os encargos legais, a) Uma quota de dez mil meticais,
delegações, agências ou qualquer outra forma
serão divididos pelos sócios na proporção das correspondente a cinquenta por
de representação social, no território nacional
suas quotas. cento do capital social, pertencente
ou no estrangeiro.
Três) Mediante simples deliberação, pode ao senhor José Manuel Caldeira; e
ARTIGO DÉCIMO QUARTO o conselho de administração transferir a sede b) Uma quota de dez mil meticais,
para qualquer outro local no território nacional. correspondente a cinquenta por
(Normas subsidiarias)
cento do capital social, pertencente
As duvidas resultantes da aplicação e ARTIGO SEGUNDO ao senhor Eduardo Alberto da
interpretação dos presentes estatutos serão Duração Costa Calú.
resolvidos por recurso ao código comercial Dois) A assembleia geral poderá decidir
e de mais legislação aplicável e em vigor na A duração da sociedade é por tempo
sobre o aumento do capital social, definindo
indeterminado.
República de Moçambique. as modalidades, termos e condições da sua
Está conforme. ARTIGO TERCEIRO realização.
Maputo, dezasseis de Junho de dois mil e Objecto ARTIGO QUINTO
catorze. — O Técnico, Ilegível.
Um) A sociedade tem por objecto principal Prestações suplementares e suprimentos
o exercício de actividades nas seguintes áreas:
Um) Não serão exigíveis prestações
a) Exploração mineira;
suplementares de capital, podendo os sócios,
Lilac Empreendimentos, b) Execução de operações petrolíferas;
porém, conceder à sociedade os suprimentos de
c) Comércio por grosso e a retalho de
Limitada produtos;
que necessite, nos termos e condições fixados
por deliberação da assembleia geral.
d) Imobiliária, nomeadamente, explo-
Certifico, para efeitos de publicação, que Dois) Entendem-se por suprimentos o
ração, gestão e arrendamento
no dia vinte de Maio de dois mil e catorze, foi dinheiro ou outra coisa fungível, que os sócios
de imóveis, venda de imóveis,
matriculada na Conservatória do Registo de
intermediação nas operações de possam emprestar à sociedade.
Entidades Legais sob o NUEL 100494000, uma
compra e venda de imóveis, entre
sociedade denominada Lilac Empreendimentos, ARTIGO SEXTO
outras;
Limitada.
e) Prestação de serviços em geral; Divisão e transmissão de quotas
Entre: f) Construção civil e obras públicas,
Um) A divisão e a transmissão de quotas
José Manuel Caldeira, natural de Maputo, de incluindo consultoria nas áreas
carecem de informação prévia à sociedade.
nacionalidade moçambicana, portador do de construção civil, pontes, obras Dois) O sócio que pretenda transmitir a sua
Bilhete de Identidade n.º 110300169571J, hidráulicas, etc.; quota informará a sociedade, com o mínimo
emitido a vinte de Abril de dois mil e g) Actividade agrícola; e de trinta dias de antecedência, através de
dez, na cidade de Maputo, com domicílio h) Importação e exportação de produtos, carta registada ou outro meio de comunicação
profissional na Avenida Julius Nyerere, incluindo os equipamentos e os que deixe prova escrita, dando a conhecer o
número três mil quatrocentos e doze; materiais necessários para as projecto de venda e as respectivas condições
José Manuel Roque Gonçalves, natural de actividades da sociedade. contratuais, nomeadamente, o preço e a forma
Magude, de nacionalidade moçambicana, Dois) A sociedade poderá exercer outras de pagamento.
portador do Bilhete de Identidade actividades subsidiárias ou complementares do Três) Gozam do direito de preferência na
n.º 110102259687A, emitido a trinta e um seu objecto principal, desde que devidamente aquisição da quota a ser transmitida, a sociedade
de Janeiro de dois mil e onze, na cidade autorizadas. e os restantes sócios, por esta ordem. No caso
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (23)

de nem a sociedade nem os restantes sócios ordem de trabalhos e a informação necessária à Quatro) A gestão será regulada nos termos
pretenderem usar o mencionado direito de tomada de deliberação, quando seja esse o caso. de um regulamento interno a ser aprovado pelo
preferência, então o sócio que desejar vender a Quatro) Por acordo expresso dos sócios, conselho da administração.
sua quota poderá fazê-lo livremente. pode ser dispensado o prazo previsto no número Cinco) A sociedade obriga-se:
Quatro) É nula qualquer divisão ou anterior. a) Pela assinatura conjunta de dois
transmissão de quotas que não observe o administradores; ou
preceituado no presente artigo. ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
b) Pela assinatura do director-geral; ou
Representação em assembleia geral c) Pela assinatura do mandatário a quem
ARTIGO SÉTIMO
dois administradores ou o director-
Um) Qualquer dos sócios poderá fazer-se
Amortização de quotas geral tenham confiado poderes
representar na assembleia geral por outro sócio,
necessários e bastantes por meio
A sociedade tem a faculdade de amortizar mediante simples carta dirigida ao conselho
de procuração.
quotas, nos casos de exclusão ou exoneração de administração e por este recebida até às
de sócio. dezassete horas do último dia útil anterior à Seis) Nos actos e documentos de mero
data da sessão. expediente é suficiente a assinatura de qualquer
ARTIGO OITAVO Dois) O sócio que for pessoa colectiva far- um dos administradores, ou do director-geral
se-á representar na assembleia geral pela pessoa ou do mandatário da sociedade com poderes
Morte ou incapacidade dos sócios
física para esse efeito designada, mediante bastantes para o acto.
Em caso de morte ou incapacidade de comunicação escrita dirigida pela forma e com
qualquer um dos sócios, os herdeiros legalmente a antecedência indicadas no número anterior. ARTIGO DÉCIMO QUARTO
constituídos do falecido ou representantes do
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO Fiscal único
incapacitado, exercerão os referidos direitos
e deveres sociais, devendo mandatar um de Votação Um) A fiscalização da sociedade será
entre eles que a todos represente na sociedade Um) A assembleia geral considera-se exercida por um discal único eleito pela
enquanto a respectiva quota se mantiver regularmente constituída para deliberar assembleia geral ordinária, mantendo-se
indivisa. qualquer que seja o número de sócios presentes em funções até à assembleia geral ordinária
ou representados, salvo o disposto no número seguinte, podendo ser reeleito por uma ou
CAPÍTULO III mais vezes.
três abaixo.
Dois) As deliberações da assembleia geral Dois) O fiscal único será auditor de contas
Dois órgãos sociais, administração
serão tomadas por maioria simples dos votos ou sociedade de auditores de contas.
e representação da sociedade Três) A assembleia geral deliberará sobre
presentes ou representados.
ARTIGO NONO Três) As deliberações da assembleia geral a caução a prestar pelo fiscal único, podendo
que importem a modificação dos estatutos ou dispensá-la.
Órgãos sociais Quatro) O fiscal único poderá ser remunerado
a dissolução da sociedade, serão tomadas por
Os órgãos sociais são a assembleia geral, maioria qualificada de setenta e cinco por cento nos termos em que a assembleia geral o vier a
o conselho de administração e o fiscal único. dos votos do capital social. fixar.
Quatro) Os sócios podem votar com
ARTIGO DÉCIMO procuração dos outros sócios ausentes, e CAPÍTULO IV
não será válida, quanto às deliberações que Do exercício e aplicação de resultados
Assembleia geral
importem modificação do pacto social ou
dissolução da sociedade, a procuração que não ARTIGO DÉCIMO QUINTO
Um) A assembleia geral reúne-se
ordinariamente na sede social ou em qualquer contenha poderes especiais quanto ao objecto Balanço e prestação de contas
outro lugar, desde que no território nacional, a da mesma deliberação.
Um) O exercício social coincide com o
ser definido pelo presidente, uma vez por ano,
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO ano civil.
para a deliberação do balanço anual de contas
Dois) O balanço e a conta de resultados
e do exercício e, extraordinariamente, quando Administração e representação
fecham a trinta e um de Dezembro de cada ano,
convocada pelo conselho de administração ou
Um) A administração e representação da e carecem de aprovação da assembleia geral, a
sempre que for necessário, para deliberar sobre
sociedade são exercidas por um conselho realizar-se até ao dia trinta e um de Março do
quaisquer outros assuntos para que tenha sido
de administração composto por três ano seguinte.
convocada.
administradores, sendo desde já nomeados para Três) O conselho de administração
Dois) É dispensada a reunião da assembleia
o efeito, os senhores José Manuel Caldeira, José apresentará à aprovação da assembleia geral
geral e são dispensadas as formalidades
Manuel Roque Gonçalves e Eduardo Alberto o balanço de contas de ganhos e perdas,
da sua convocação quando todos os sócios da Costa Calú.
concordarem por escrito na deliberação ou acompanhados de um relatório da situação
Dois) Os administradores são eleitos pelo comercial, financeira e económica da sociedade,
concordem que por esta forma se delibere, período de quatro anos renováveis, salvo
considerando-se válidas, nessas condições, as bem como a proposta quanto à repartição de
deliberação em contrário da assembleia lucros e perdas.
deliberações tomadas, ainda que realizadas fora geral, podendo ser eleitas pessoas estranhas
da sede social em qualquer ocasião e qualquer à sociedade, sendo dispensada a prestação de ARTIGO DÉCIMO SEXTO
que seja o seu objecto. qualquer caução para o exercício do cargo.
Três) A assembleia geral será convocada Resultados
Três) A gestão corrente da sociedade é
pelo conselho de administração, por carta confiada a um director-geral, a ser designado Um) Dos lucros apurados em cada exercício
registada com aviso de recepção ou outro meio pelo conselho de administração, por um deduzir-se-á a percentagem legal estabelecida
de comunicação que deixe prova escrita, a todos período de um ano renovável. O conselho para a constituição do fundo de reserva legal,
os sócios da sociedade com a antecedência de administração pode a qualquer momento enquanto não se encontrar realizada nos termos
mínima de quinze dias, dando-se a conhecer a revogar o mandato do director-geral. da lei, ou sempre que for necessário reintegrá-la.
2124 — (24) III SÉRIE — NÚMERO 56
Dois) A parte restante dos lucros será de nacionalidade moçambicana, portador do lucros ou reserves ou ainda por entradas dos
aplicada nos termos que forem aprovados pela Bilhete de Identidade n.º 110101303804M, sócios, mediantes a deliberação da assembleia
assembleia geral. emitido aos catorze de Julho de dois mil e onze, geral, concorrendo cada sócio na proporção da
pela Direcção de Identificação Civil de Maputo. respectiva quota.
CAPÍTULO V
CAPÍTULO I ARTIGO QUINTO
Da dissolução e liquidação
da sociedade Da denominação, sede, objecto (Suprimentos)
e duração
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO Não são exigíveis prestações suplementares
ARTIGO PRIMEIRO de capital, contudo, qualquer dos sócios poderá
Dissolução e liquidação da sociedade
fazer os suprimentos a caixa de que esta vir a
(Denominação e sede)
Um) A sociedade dissolve-se nos casos necessitar, nos montantes e condições que forem
expressamente previstos na lei ou por delibe- Um) A sociedade mantém a denominação acordados em assembleia geral que poderá
ração unânime dos seus sócios. de Tudo Petróleos Limitada, bem como a sua reunir-se extraordinariamente.
Dois) Declarada a dissolução da sociedade, sede na cidade de Maputo.
proceder-se-á à sua liquidação gozando os Dois) Por simples deliberação de assembleia ARTIGO SEXTO
liquidatários, nomeados pela assembleia geral, geral, a sociedade poderá transferir a sua sede
dos mais amplos poderes para o efeito. (Cessão, transmissão e divisão de quotas)
para qualquer outro local do território nacional,
Três) Em caso de dissolução por acordo dos Um) A cessão, transmissão ou divisão total
bem como instalar delegações, filiais, agências
sócios, todos eles serão os seus liquidatários e ou parcial de quotas entre os sócios é livre.
e outras formas de representação em qualquer
a partilha dos bens sociais e valores apurados
parte do país. Dois) A cessão, transmissão ou divisão de
proceder-se-á conforme deliberação da
quotas a estranhos carecem deliberação da
assembleia geral. ARTIGO SEGUNDO assembleia geral.
CAPÍTULO VI (Duração) Três) Os sócios gozam do direito de
preferência na aquisição de quotas.
Das disposições finais A duração da sociedade é por tempo
indeterminado e a sua vigência conta, para ARTIGO SÉTIMO
ARTIGO DÉCIMO OITAVO todos os efeitos, a partir da data de celebração
Disposições finais de escritura pública da sua constituição. (Amortização de quotas)

As omissões aos presentes estatutos serão ARTIGO TERCEIRO Um) A sociedade tem a faculdade de
reguladas e resolvidas de acordo com o Código amortizar quotas dos sócios nos casos adiante
(Objecto)
Comercial, aprovado pelo Decreto-Lei número indicados:
dois barra dois mil e cinco, de vinte e sete de Um) A sociedade tem por objecto a prestação a) Por acordo com o respectivo titular;
Dezembro, e demais legislação aplicável. de serviços à indústria mineira nas suas variadas b) Quando a quota for objecto de penhora,
Maputo, onze de Junho de dois mil e catorze. áreas. arrolamento, arresto ou haja de ser
— O Técnico, Ilegível. Dois) Por deliberação da assembleia geral, vendida judicialmente;
a sociedade poderá exercer outras actividades c) Quanto o seu titular for declarado
conexas, complementares ou subsidiárias
falido ou insolvente;
de objecto principal, podendo ainda praticar
d) Quanto o sócio prejudicar ou lesar
qualquer outra actividade lucrativa não proibida
gravemente os interesses da
Tudo Petróleos, Limitada por lei, quando obtida a necessária autorização.
sociedade.
Certifico, para efeitos de publicação, que CAPÍTULO II Dois) Nos casos referidos na alínea d) do
no dia nove de Julho de dois mil e catorze, numero anterior, a quota do sócio será liquidada
foi matriculada na Conservatória do Registo Do capital social
pelo valor contabilístico apurado no ultimo
de Entidades Legais sob o NUEL 100509326, ARTIGO Quarto balanço efectuado.
uma sociedade denominada Tudo Petróleos,
Limitada. (Capital social)
ARTIGO OITAVO
É celebrado voluntariamente, de boa fé e ao Um) O capital social, integralmente subscrito
abrigo do preceituado no Código Comercial o e realizado em dinheiro é de vinte mil meticais, (Dissolução da sociedade)
presente contrato de sociedade entre: correspondente a soma de duas quotas desiguais Um) Por falecimento ou interdição de
Primeiro. Arlindo Ernesto Guilamba, assim distribuídas: qualquer sócio, a sociedade continuará com
moçambicano, solteiro, portador do Bilhete a) Uma quota no valor de dezanove os sócios sobrevivos ou capazes e os herdeiros
de Identidade n.º 110100534364M, emitido mil meticais, pertencente ao do sócio falecido ou representante legal
aos treze de Outubro de dois mil e doze, pelo sócio Arlindo Ernesto Guilamba, do interdito, devendo aqueles nomear um
correspondente a noventa e cinco representante na sociedade, enquanto a quota
Arquivo de Identificação Civil de Maputo,
por cento do capital social; se mantiver indivisa.
residente na Cidade de Maputo, bairro
b) Uma quota no valor de mil meticais, Dois) A sociedade só se dissolve nos casos
Chamanculo C, quarteirão nove, casa número determinados na lei ou por deliberação da
cem; pertencente ao sócio Américo Dias
Tavares, correspondente a cinco maioria dos votos dos sócios em assembleia-
Segundo. Américo Dias Tavares, casado geral que tiver sido convocada para esse fim.
por cento do capital social.
em regime de comunhão de adquiridos, com Três) Dissolvida a sociedade, proceder-se-à
Maria Albertina Nicolau, natural de Maputo, Dois) O capital social poderá ser aumentado a liquidação e partilha conforme deliberação da
natural de Maputo, residente nesta cidade, uma ou mais vezes, por incorporação de assembleia geral.
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (25)

ARTIGO NONO trinta e um de Dezembro. ARTIGO TERCEIRO


Três) Os lucros líquidos que a sociedade
(Administração) (Objecto)
registar, depois de deduzidos os encargos legais,
A sociedade tem como administrador único, serão divididos pelos sócios na proporção das Um) A sociedade como objecto a importação
para os devidos efeitos, o sócio maioritário suas quotas. e exportação de bens e serviços, compra e venda
Arlindo Ernesto Guilamba. de acessórios diversos.
ARTIGO DÉCIMO QUARTO Dois) Por deliberação da assembleia geral,
ARTIGO DÉCIMO a sociedade poderá exercer outras actividades
(Normas subsidiarias)
conexas, complementares ou subsidiárias
(Obrigação da sociedade)
As duvidas resultantes da aplicação e de objecto principal, podendo ainda praticar
Um) Para a prática de quaisquer actos a interpretação dos presentes estatutos serão qualquer outra actividade lucrativa não proibida
sociedade fica obrigada: resolvidos por recurso ao código comercial por lei, quando obtida a necessária autorização.
a) Pela assinatura do sócio administrador e de mais legislação aplicável e em vigor na
ARTIGO QUARTO
único; República de Moçambique.
b) Ou, alternativamente, pela assinatura Está conforme. (Capital social)
conjunta de ambos os sócios. Maputo, dezasseis de Junho de dois mil Um) O capital social, integralmente subscrito
Dois) Os actos de mero expediente poderão e catorze. — O Técnico, Ilegível. e realizado em dinheiro é de vinte mil meticais,
ser assinados por qualquer um dos sócios ou correspondente a soma de duas quotas desiguais
empregado devidamente autorizado. assim distribuídas:
a) Uma quota no valor de dezanove
CAPÍTULO III mil meticais, pertencente ao
Da assembleia geral sócio Arlindo Ernesto Guilamba,
Iexdo, Limitada correspondente a noventa e cinco
ARTIGO Décimo Primeiro por cento do capital social;
Certifico, para efeitos de publicação, que
(Assembleia geral) no dia nove de Julho de dois mil e catorze, foi b) Uma quota no valor de mil meticais,
matriculada na Conservatória do Registo de pertencente ao sócio Américo Dias
Um) A assembleia geral reúne-se ordinaria- Tavares, correspondente a cinco
Entidades Legais sob o NUEL 100509326, uma
mente duas vezes por ano, a fim de apreciar e por cento do capital social.
sociedade denominada Iexdo, Limitada.
votar o relatório de gestão, o balanço e as contas
É celebrado voluntariamente, de boa fé e ao Dois) O capital social poderá ser aumentado
de cada exercício económico, deliberar sobre a
abrigo do preceituado no Código Comercial o uma ou mais vezes, por incorporação de lucros
aplicação dos resultados apurados bem assim ou reserves ou ainda por entradas dos sócios,
como tratar de qualquer outro assunto para que presente contrato de sociedade entre:
mediantes a deliberação da assembleia geral,
tenha sido convocada. Primeiro. Arlindo Ernesto Guilamba, concorrendo cada sócio na proporção da
Dois) A assembleia geral reúne-se extraordi- moçambicano, solteiro, portador do Bilhete de respectiva quota.
nariamente sempre que necessário, por iniciativa Identidade n.º 110100534364M, emitido aos
de qualquer um dos sócios bastando para treze de Outubro de dois mil e doze, pelo Arquivo ARTIGO QUINTO
o efeito a mera comunicação por correio de Identificação Civil de Maputo, residente na
Cidade de Maputo, Bairro Chamanculo C, (Suprimentos)
electrónico com antecedência de pelo menos
quarenta e oito horas. quarteirão nove, casa número cem; Não são exigíveis prestações suplementares
Três) São dispensadas as reuniões de Segundo. Américo Dias Tavares, casado de capital, contudo, qualquer dos sócios poderá
assembleia geral quando todos os sócios em regime de comunhão de adquiridos com fazer os suprimentos a caixa de que esta vir
concordem por escrito sobre o assunto a ser Maria Albertina Nicolau, natural de Maputo, a necessitar, nos montantes e condições que
motivo de debate e deliberação. natural de Maputo, residente nesta cidade, forem acordados em assembleia geral que
de nacionalidade moçambicana, portador do poderá reunir-se extraordinariamente.
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO Bilhete de Identidade n.º 110101303804M,
emitido aos catorze de Julho de dois mil e onze, ARTIGO SEXTO
(Deliberações)
pela Direcção de Identificação Civil de Maputo. (Cessão, transmissão e divisão de quotas)
Um) Salvo acordo unânime dos sócios,
ARTIGO PRIMEIRO Um) A cessão, transmissão ou divisão total
as deliberações são tomadas por voto escrito
ou parcial de quotas entre os sócios é livre.
nos casos em que se dispensa a reunião ou em
(Denominação, sede, objecto e duração) Dois) A cessão, transmissão ou divisão de
assembleia geral. quotas a estranhos carecem deliberação da
Dois) As deliberações são tomadas por Por simples deliberação de assembleia geral, assembleia geral.
maioria simples dos votos, excepto nos a sociedade poderá transferir a sua sede para Três) Os sócios gozam do direito de
casos de aumento de capital, alteração dos qualquer outro local do território nacional, preferência na aquisição de quotas.
estatutos, fusão e dissolução, ou noutros bem como instalar delegações, filiais, agências
casos expressamente previstos na lei em que é e outras formas de representação em qualquer ARTIGO SÉTIMO
necessária a maioria de dois terços. parte do país. (Amortização de quotas)

ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO ARTIGO SEGUNDO Um) A sociedade tem a faculdade de


amortizar quotas dos sócios nos casos adiante
(Balanço, contas e distribuição de lucros) (Duração) indicados:
Um) O exercício social coincide com o ano A duração da sociedade é por tempo a) Por acordo com o respectivo titular;
civil. indeterminado e a sua vigência conta, para b) Quando a quota for objecto de penhora,
Dois) Anualmente será encerrado um todos os efeitos, a partir da data de celebração arrolamento, arresto ou haja de ser
balanço e contas da sociedade com a data de de escritura pública da sua constituição. vendida judicialmente;
2124 — (26) III SÉRIE — NÚMERO 56
c) Quanto o seu titular for declarado iniciativa de qualquer um dos sócios bastando moçambicana, portador do Bilhete de Identidade
falido ou insolvente; para o efeito a mera comunicação por correio n.º 110101303804M, emitido aos catorze de
d) Quanto o sócio prejudicar ou lesar electrónico com antecedência de pelo menos Julho de dois mil e onze, pela Direcção de
quarenta e oito horas.
gravemente os interesses da Identificação Civil de Maputo;
Três) São dispensadas as reuniões de
sociedade. assembleia geral quando todos os sócios CAPÍTULO I
Dois) Nos casos referidos na alínea d) do concordem por escrito sobre o assunto a ser
motivo de debate e deliberação. Da denominação, sede, objecto
numero anterior, a quota do sócio será liquidada
e duração
pelo valor contabilístico apurado no ultimo ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
balanço efectuado. (Das deliberações) ARTIGO PRIMEIRO

ARTIGO OITAVO Um) Salvo acordo unânime dos sócios, (Denominação e sede)
as deliberações são tomadas por voto escrito
(Dissolução da sociedade) nos casos em que se dispensa a reunião ou em Um) A sociedade tem a denominação de
assembleia geral. Seliza Limitada, bem como a sua sede na cidade
Um) Por falecimento ou interdição de Dois) As deliberações são tomadas por de Maputo.
qualquer sócio, a sociedade continuará com maioria simples dos votos, excepto nos Dois) Por simples deliberação de assembleia
os sócios sobrevivos ou capazes e os herdeiros casos de aumento de capital, alteração dos geral, a sociedade poderá transferir a sua sede
estatutos, fusão e dissolução, ou noutros
do sócio falecido ou representante legal para qualquer outro local do território nacional,
casos expressamente previstos na lei em que é
do interdito, devendo aqueles nomear um necessária a maioria de dois terços. bem como instalar delegações, filiais, agências
representante na sociedade, enquanto a quota e outras formas de representação em qualquer
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO parte do país.
se mantiver indivisa.
(Balanço, contas e distribuição de lucros)
Dois) A sociedade só se dissolve nos casos ARTIGO SEGUNDO
determinados na lei ou por deliberação da Um) O exercício social coincide com o ano
civil. (Duração)
maioria dos votos dos sócios em assembleia-
Dois) Anualmente será encerrado um
geral que tiver sido convocada para esse fim. balanço e contas da sociedade com a data de A duração da sociedade é por tempo
Três) Dissolvida a sociedade, proceder-se-à trinta e um de Dezembro. indeterminado e a sua vigência conta, para
a liquidação e partilha conforme deliberação da Três) Os lucros líquidos que a sociedade todos os efeitos, a partir da data de celebração
assembleia geral. registar, depois de deduzidos os encargos legais, de escritura pública da sua constituição.
serão divididos pelos sócios na proporção das
suas quotas. ARTIGO TERCEIRO
ARTIGO Nono
ARTIGO DÉCIMO QUARTO (Objecto)
(Administração)
(Normas subsidiárias) Um) A sociedade tem como objecto a
A sociedade tem como administrador único,
As duvidas resultantes da aplicação e prestação de serviços de limpeza em toda a sua
para os devidos efeitos, o sócio maioritário
interpretação dos presentes estatutos serão dimensão fixado na data da sua constituição.
Arlindo Ernesto Guilamba. resolvidos por recurso ao Código Comercial Dois) Por deliberação da assembleia geral,
e de mais legislação aplicável e em vigor na a sociedade poderá exercer outras actividades
ARTIGO DÉCIMO República de Moçambique.
conexas, complementares ou subsidiárias
(Obrigação da sociedade)
Está conforme. de objecto principal, podendo ainda praticar
Maputo, dezasseis de Junho de dois mil qualquer outra actividade lucrativa não proibida
Um) Para a prática de quaisquer actos a e catorze. — O Técnico, Ilegível. por lei, quando obtida a necessária autorização.
sociedade fica obrigada:
a) Pela assinatura do sócio Administrador CAPÍTULO II
Único; Seliza, Limitada Do capital social
b) Ou, alternativamente, pela assinatura
Certifico, para efeitos de publicação, que ARTIGO QUARTO
conjunta de ambos os sócios.
no dia nove de Julho de dois mil e catorze, foi (Capital social)
Dois) Os actos de mero expediente poderão matriculada na Conservatória do Registo de
ser assinados por qualquer um dos sócios ou Entidades Legais sob o NUEL 100509377, uma Um) O capital social, integralmente subscrito
empregado devidamente autorizado. sociedade denominada Seliza, Limitada. e realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais,
correspondente a soma de duas quotas desiguais
É celebrado voluntariamente, de boa fé e ao
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO abrigo do preceituado no Código Comercial o assim distribuídas:
presente contrato de sociedade entre: a) Uma quota no valor de dezanove
(Assembleia geral)
mil meticais, pertencente ao
Primeiro. Arlindo Ernesto Guilamba,
Um) A assembleia geral reúne-se ordinaria- sócio Arlindo Ernesto Guilamba,
moçambicano, solteiro, portador do Bilhete de
mente duas vezes por ano, a fim de apreciar e correspondente a noventa e cinco
Identidade n.º 110100534364M, emitido aos
treze de Outubro de dois mil e doze, pelo Arquivo por cento do capital social;
votar o relatório de gestão, o balanço e as contas
de Identificação Civil de Maputo, residente na b) Uma quota no valor de mil meticais,
de cada exercício económico, deliberar sobre a
Cidade de Maputo, bairro Chamanculo C, pertencente ao sócio Américo Dias
aplicação dos resultados apurados bem assim Tavares, correspondente a cinco
quarteirão nove, casa número cem.
como tratar de qualquer outro assunto para que por cento do capital social.
tenha sido convocada. Segundo. Américo Dias Tavares, casado
em regime de comunhão de adquiridos, com Dois) O capital social poderá ser aumentado
Dois) A assembleia geral reúne-se extraor- uma ou mais vezes, por incorporação de lucros
Maria Albertina Nicolau, natural de Maputo,
dinariamente sempre que necessário, por residente nesta cidade, de nacionalidade ou reserves ou ainda por entradas dos sócios,
14 DE JULHO DE 2014 2124 — (27)

mediantes a deliberação da assembleia geral, ARTIGO DÉCIMO OCB Prestação de Serviços


concorrendo cada sócio na proporção da
respectiva quota.
(Obrigação da sociedade) – Sociedade Unipessoal
Um) Para a prática de quaisquer actos a Limitada
ARTIGO QUINTO sociedade fica obrigada:
a) Pela assinatura do sócio administrador Certifico, para efeitos de publicação, que
(Suprimentos) único; no dia onze de Julho de dois mil e catorze,
Não são exigíveis prestações suplementares b) Ou, alternativamente, pela assinatura foi matriculada na Conservatória do Registo
de capital, contudo, qualquer dos sócios poderá conjunta de ambos os sócios. de Entidades Legais sob o NUEL 100510243,
fazer os suprimentos a caixa de que esta vir a Dois) Os actos de mero expediente poderão uma sociedade denominada OCB Prestação de
necessitar, nos montantes e condições que forem ser assinados por qualquer um dos sócios ou Serviços – Sociedade Unipessoal, Limitada.
acordados em assembleia geral que poderá empregado devidamente autorizado. É constituída, nos termos do artigo noventa
reunir-se extraordinariamente. CAPÍTULO III do Código Comercial e do presente contrato
de sociedade.
ARTIGO SEXTO Da assembleia geral José Mário Friães Peres, solteiro, natural de
(Cessão, transmissão e divisão de quotas) ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO Chibuto, nacionalidade moçambicana,
Um) A cessão, transmissão ou divisão total (Assembleia geral) residente no bairro de Alto Mae, Avenida
ou parcial de quotas entre os sócios é livre. do Rio Limpopo número trezentos e treze,
Um) A assembleil geral reúne-se ordina- Cidade de Maputo, portador do Bilhete de
Dois) A cessão, transmissão ou divisão de riamente duas vezes por ano, a fim de apreciar e
quotas a estranhos carecem deliberação da Identidade n.º 110100122869P, emitido
votar o relatório de gestão, o balanço e as contas
assembleia geral. de cada exercício económico, deliberar sobre a no dia dezoito de Março de dois mil e dez
Três) Os sócios gozam do direito de aplicação dos resultados apurados bem assim pelo arquivo de identificação da cidade de
preferência na aquisição de quotas. como tratar de qualquer outro assunto para que Maputo, contribuinte n.º 110489935.
tenha sido convocada.
ARTIGO SÉTIMO Dois) A assembleia geral reúne-se extraor- ARTIGO PRIMEIRO
dinariamente sempre que necessário, por (Denominação e duração)
(Amortização de quotas)
iniciativa de qualquer um dos sócios bastando
Um) A sociedade tem a faculdade de para o efeito a mera comunicação por correio Uma sociedade por quotas que rege-se pelos
amortizar quotas dos sócios nos casos adiante electrónico com antecedência de pelo menos seguintes artigos:
indicados: quarenta e oito horas.
Três) São dispensadas as reuniões de A sociedade é criada por tempo
a) Por acordo com o respectivo titular; assembleia geral quando todos os sócios indeterminado e adopta a
b) Quando a quota for objecto de penhora, concordem por escrito sobre o assunto a ser denominação de OCB Prestação de
arrolamento, arresto ou haja de ser motivo de debate e deliberação. Serviços – Sociedade Unipessoal,
vendida judicialmente; Limitada.
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
c) Quanto o seu titular for declarado
ARTIGO SEGUNDO
falido ou insolvente; (Deliberações)
d) Quanto o sócio prejudicar ou lesar (Sede)
Um) Salvo acordo unânime dos sócios,
gravemente os interesses da as deliberações são tomadas por voto escrito Um) A sociedade tem a sua sede social na
sociedade. nos casos em que se dispensa a reunião ou em cidade de Maputo, bairro do Alto-Maé Avenida
Dois) Nos casos referidos na alínea d) do assembleia geral.
do Rio Limpopo número quatrocentos e vinte
numero anterior, a quota do sócio será liquidada Dois) As deliberações são tomadas por
maioria simples dos votos, excepto nos um.
pelo valor contabilístico apurado no ultimo Dois) A sociedade poderá, mediante
casos de aumento de capital, alteração dos
balanço efectuado. simples deliberação do sócio único, deslocar
estatutos, fusão e dissolução, ou noutros
ARTIGO OITAVO casos expressamente previstos na lei em que é a respectiva sede para qualquer outro local
necessária a maioria de dois terços. dentro do território nacional, provisória ou
(Dissolução da sociedade) definitivamente, criar, transferir ou encerrar
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
Um) Por falecimento ou interdição de sucursais, agências, delegações ou quaisquer
(Balanço, contas e distribuição de lucros) outras formas de representação da sociedade
qualquer sócio, a sociedade continuará com
os sócios sobrevivos ou capazes e os herdeiros Um) O exercício social coincide com o ano em qualquer parte do território nacional ou
do sócio falecido ou representante legal civil. estrangeiro.
do interdito, devendo aqueles nomear um Dois) Anualmente será encerrado um ARTIGO TERCEIRO
representante na sociedade, enquanto a quota balanço e contas da sociedade com a data de
se mantiver indivisa. trinta e um de Dezembro. (Objecto)
Três) Os lucros líquidos que a sociedade
Dois) A sociedade só se dissolve nos casos Um) A sociedade tem por objecto o exercício
registar, depois de deduzidos os encargos legais,
determinados na lei ou por deliberação da serão divididos pelos sócios na proporção das das seguintes actividades:
maioria dos votos dos sócios em assembleia- suas quotas. a) Consultoria (contabilidade, auditoria,
geral que tiver sido convocada para esse fim.
ARTIGO DÉCIMO QUARTO recursos humanos, assessoria
Três) Dissolvida a sociedade, proceder-se-à
(Normas subsidiarias) fiscal);
a liquidação e partilha conforme deliberação da
As duvidas resultantes da aplicação e b) Assessoria e agenciamento;
assembleia geral.
interpretação dos presentes estatutos serão c) Marketing e publicidade;
ARTIGO NONO resolvidos por recurso ao código comercial d) Estudos e análise de mercado;
e de mais legislação aplicável e em vigor na e) Distribuição de correspondências,
(Administração) República de Moçambique. panfletos, revistas, jornais e outras
A sociedade tem como administrador único, Está conforme. publicações;
para os devidos efeitos, o sócio maioritário Maputo, onze de Junho de dois mil e catorze. f) Organização, realização e gestão de
Arlindo Ernesto Guilamba. — O Técnico, Ilegível. eventos;
2124 — (28) III SÉRIE — NÚMERO 56
g) Venda de material de escritório; ARTIGO QUINTO a percentagem legalmente indicada para
h) Venda de material informático; (Prestações suplementares) constituir a reserva legal, enquanto não estiver
i) Imobiliária; realizada nos termos da lei ou sempre que seja
Não serão exigíveis prestações suplementares necessária reintegrá-la.
j) Comissões, agenciamentos e de capital. O sócio poderá conceder à sociedade
intermediação comercial; Dois) Só após os procedimentos referidos
os suprimentos de que ela necessite, nos termos
e condições que entender convenientes. poderá ser decidida a plicação do lucro
k) Consultorias.
remanescente.
Dois) A sociedade poderá exercer outras ARTIGO SEXTO
actividades subsidiárias ou complementares do ARTIGO Nono
(Administração, representação da socie-
seu objecto principal e, deter participações em dade) (Dissolução)
outras sociedades. Um) A sociedade será administrada pelo A sociedade dissolve-se nos casos
sócio único José Mário Friães Peres. determinados pela lei.
ARTIGO Quarto Dois) A sociedade fica obrigada pela
(Capital social)
assinatura do sócio único ou pela do procurador ARTIGO DÉCIMO
especialmente designada para o efeito.
(Disposições finais)
Um) O capital social, integralmente ARTIGO SÉTIMO
subscrito e realizado é de dez mil meticais, Um) Em caso de morte ou interdição do
(Balanço e contas) único sócio, a sociedade continuará com os
e correspondente à uma única quota no valor
de dez mil meticais correspondente a cem por Um) O exercício social coincide com o herdeiros ou representantes do falecido ou
cento do capital, pertecente ao único sócio José ano civil. interdito , os quais nomearão entre si um que a
Dois) O balanço e contas de resultados todos represente na sociedade enquanto a quota
Mário Friaes Peres. fechar-se-ão com referência a trinta e um de permanecer indivisa.
Dois) O capital social poderá ser aumentado à dezembro de cada ano. Dois) Em tudo quanto for omisso nos
medida das necessidades dos empreendimentos presentes estatutos, aplicar-se-ão as disposições
ARTIGO OITAVO
desde que seja aprovado pelo sócio único. O do Código Comercial e demais legislação em
aumento de capital será preferencialmente (Apuramento e distribuição de resultados) vigor na República de Moçambique.
subscrito pelo sócio na proporção da quota Um) Ao lucro apurado apurado em cada Maputo, onze de Junho de dois mil e catorze.
subscrita e realizada. exercício deduzir-seá em primeiro lugar — O Técnico, Ilegível.
FAÇA OS SEUS TRABALHOS GRÁFICOS NA INM, E. P. NOVOS
EQUIPAMENTOS NOVOS SERVIÇOS DESIGN GRÁFICO
AO SEU DISPOR
Preço das assinaturas do Boletim da República para
o território nacional (sem porte):
Nossos serviços:
— As três séries por ano ............................... 10.000,00MT
— As três séries por semestre ......................... 5.000,00MT
Preço da assinatura anual:
— Maketização, Criação Séries
I ...................................................................... 5.000,00MT
de Layouts e Logotipos; II ..................................................................... 2.500,00MT
III .................................................................... 2.500,00MT
— Impressão em Off-set Preço da assinatura semestral:
I ....................................................................... 2.500,00MT
e Digital; II ...................................................................... 1.250,00MT
III ...................................................................... 1.250,00MT
— Encadernação e Restauração
de Livros; Delegações:
Beira —Rua Correia de Brito, n.º 1529 – R/C
— Pastas de despachos, Tel.: 23 320905
Fax: 23 320908
impressos e muito mais! Quelimane — Rua Samora Machel, n.º 1004,
Tel.: 24 218410 Fax: 24 218409
Brevemente em Pemba.

Imprensa Nacional de Moçambique, E. P. – Rua da Imprensa, n. º 283 – Tel: + 258 21 42 70 21/2 – Cel.: + 258 82 3029296, Fax: 258 324858 , C.P. 275,
e-mail: imprensanac@minjust.gov.mz – www.imprensanac.gov.mz
Preço — 52,50 MT
IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P.

Você também pode gostar