Você está na página 1de 4

Uma breve história de Opath

Os eventos apresentados abaixo estão descritos no documento conhecido como O


Cânone. Este é, talvez, um dos documentos mais bem protegidos de Opath, mas existem
diversas cópias dele espalhados pelo mundo.
O Cânone é o livro que juntou as diversas versões místicas e mitológicas de criação
do mundo de Op e apresentou uma versão “democrática”, colocando elementos de todas as
gêneses em um único documento.
Muitas pessoas desafiam este livro, dizendo que ele é completamente falso. Outros
dizem que ele é mal escrito e algumas passagens são pouco aceitáveis. De qualquer forma,
ele é amplamente aceito como “a verdade” sobre o mundo. As pessoas que não se dedicam
a estudar a história dos muitos mundos acreditam no Cânone.
“Está no Cânone, então deve ser verdade”.
Lembre-se:
Desafie o Cânone.

Em ordem cronológica de eventos


● ??????? A.F: A Ausência era uma divindade e força criativa solitária. Seu
reconhecimento enquanto entidade cósmica deu origem À Presença. As duas se
apaixonaram. De seu amor nasceram as divindades conhecidas hoje em dia.
● ??????? A.F: Em outro ponto do universo, Kona, O Devorador lutava contra Os
Três Antigos. A batalha era feroz, e cada membro perdido e gota de sangue
derramado deu origem a um titã diferente. Aos poucos, os planetas e satélites
próximos de Op começaram a aparecer e neles os impulsos - as primeiras crias dos
titãs.
● +- 3 milhões de anéis A.F: ​A Vida visitou os planetas próximos de si e lá viu as
primeiras criações dos titãs. Inspirada, ela criou o planeta Op.
● +- 2,5 milhões de anéis A.F: ​A Maré e A Terra viram que as criações de sua irmã
não duravam muito tempo e abraçaram o planeta. Os oceanos ganham vida. As
massas de terra viram continentes. Nasce o continente de Opath.
● +- 2 milhões de anéis A.F: A Vida e A Maré se apaixonam e suas primeiras
criações aparecem no oceano. Essas crias acabaram se perdendo na história.
● +- 1,5 milhões de anéis A.F: As outras divindades começam a observar Op e testar
alguns poderes. Os titãs determinam diferentes planetas para suas criações. Tudo
parece estar bem.
● +- 500,000 A.F: Os titãs retomam sua guerra contra Os Três Antigos. As Divindades
apenas observam a distância. A Vida se apaixona por Enoch, o Audacioso.
● +- 250,000 A.F: Diversos titãs são destruídos pelos Três Antigos, incluindo Enoch. A
Vida se enche de raiva e gera uma cria - A Fúria. A mais nova divindade é
responsável por prender os Três Antigos no vazio.
● +- 100,000 A.F: O planeta de Op começa a entrar em um período de caos quando a
Vida tenta apagar sua existência por sentir saudades de Enoch. A Ordem intervém e
faz a Corogênese - um canto celeste capaz de criar os Seraphs e organizar a
criação.
● +- 50,000 A.F: As diversas divindades auxiliam A Vida em sua tarefa de criar os
mais belos e perfeitos seres para popular Op e honrar a memória de Enoch. Uma
noite de amor com A Morte dá origem aos enoch. Os titãs observam a distância.
● +- 25,000 A.F: ​A civilização enoch começa a prosperar em adoração à Vida, mas ela
não está satisfeita. Depois de uma noite de amor com A Sorte, a divindade criadora
dá o primeiro dom para seus filhos - o livro arbítrio. Os titãs observam de perto.
● +- 15,000 A.F: Os enoch desenvolvem cultura e ritos mágicos ao observar o
Arcanum. Alguns se tornam ambiciosos. Os dragões aparecem pela primeira vez em
Opath. Os titãs visitam Op.
● +- 10,000 A.F: ​Os Seraphs tentam fazer uma Corogênese para ordenar os enoch e
tirar seu livro arbítrio. Isso acaba por causar uma guerra celeste. Os enoch são
apagados da existência. Os Seraphs são presos na lua Lápis por comando da
Ordem. Os dragões começam a proliferar. Os titãs criam templos em Op.
● +- 7,000 A.F: As divindades se juntam com A Vida para povoar Op. Nascem as
dádivas. Orcs, halflings, humanis e anões se espalham pelo continente. Os dragões
se dividem em dois clãs - O Escudo e A Espada. Os titãs saem de Op e voltam a se
dedicar às suas criações.
● +- 5,000 A.F: Morre o último dragão metálico de Op. A Garoa - uma chuva com
estranha conexão com o mundo espiritual - rodeia permanentemente o continente de
Opath. Os elfos de Sa’Al começam a estudar os portais arcanos. Opath só tem duas
estações - a seca e a chuva.
● +- 3,000 A.F: ​Os humani do arquipélago de Huma entram em guerra pelo controle
dos recursos naturais da ilha Tief. Os orcs descobrem os poderes do Arcanum e
fundam a capital Sodori. Os halflings descobrem o primeiro Plano da Arquiteta e são
visitados pela divindade. Os anões batem pela primeira vez na Forja de Noá.
Ruedim, O protetor, grita de dor.
● +- 1,000 A.F: A tribo Bo do arquipélago de huma começa sua migração para o
continente de Opath. Encontram os bullywug e mudam de nome para M’bo. Os elfos
começam a explorar os portais e encontram os Gnomos. Juntos eles fundam as
quatro cortes élficas.
● 730 A.F: A tribo Centuri do arquipélago de Huma usa o poder do vulcão Tief para
tentar ganhar a guerra no arquipélago. A Sombra é liberada de dentro do vulcão e
traz consigo os demônios e diabos dos planos inferiores. Os humani começam a ser
escravizados pelas criaturas das sombras. Início da Era das Sombras.
● 432 A.F: ​Os Elfos abrem um portal de Sa’Al para Opath. Eles usam o poder da
Sombra para manter o portão aberto.
● 350 A.F:​ Um terremoto destrói a capital Noá.
● 349 A.F:​ Os anões fundam a capital de NoáTorá.
● 328 A.F: Os halflings fazem o primeiro Sacolão - uma sacola mágica que é uma
pequena dimensão de bolso.
● 320 A.F: Os humani fazem um pacto com a Sombra para eliminar os diabos e
demônios. Os demônios são presos no plano de Varmah e os diabos em Vermi, a
lua vermelha de Opath.
● 319 A.F: Acontece o primeiro Anel - evento que determina a passagem de ano em
Opath. Milhares de pessoas morrem com os demônios que fogem de Varmah. A
maior parte dos gigantes é eliminada pelos demônios de Varmah. Ruedim, o
Protetor, grita de raiva.
● 226 A.F: Os Elfos usam do poder da Sombra para transportar a cidade de Elesh
para Opath. Os portais acabam por colapsar e o planeta de Sa’Al desaparece do céu
de Opath.
● 176 A.F: Os Elfos e os Gnomos instauram as Quatro Cortes em Opath. Agora o
mundo tem quatro estações: Verão, Outono, Inverno e Primavera. Início da Era das
Estações
● 174 A.F: A capital de Sodori passa por um inverno terrível. Aparece Koma Ryu, o
leão negro protetor de Sodori. O código de Ryu no Sodori é instaurado. Makoto é
escolhido por Koma Ryu como primeiro imperador celeste de Sodori.
● 105 A.F: Os anões descobrem o ovo do dragão vermelho. Jormü se torna o primeiro
Dragão Vermelho da Nova Alvorada. Começa o cerco a cidade de NoáTorá.
● 102 A.F: A capital Anã de NoáTorá é destruída por Jormü. Morre o último gigante de
Opath.
● 98 A.F:​ Todos os dragões acordam. Aparecimento dos primeiros draconatos.
● 97 A.F: As luas desaparecem do céu por três Ciclos completos. Os halflings são
visitados pela divindade chamada Arquiteta. Ela pede que eles se escondam em
Walsh, um pequeno plano de bolso que ela criou para eles.
● 95 A.F: Ihaka é o primeiro Kia a conquistar uma tatuagem Maúna ao chegar na Ilha
de Papu e entrar em comunhão com A Garoa. Ele e 34 kias saem para explorar as
terras depois da Garoa mas nunca retornaram.
● 90 A.F: ​A Vida morre abruptamente. Todas as dádivas enlouquecem. Os próximos
10 anéis vão ser conhecidos como Delírios de Vermi. Início da Era das Quimeras.
● 80 A.F: As divindades adotam as dádivas como suas filhas. Cada uma delas recebe
sua melancolia divina.
● +-70 A.F: As mais diversas culturas de Opath começam a encontrar os Planos da
Arquiteta e migrar na direção das Ruínas de Alberich.
● 56 A.F: Jormü é assassinado por Talyiesin Varmatorá. A elfa-sem-corte se torna a
nova dragonesa vermelha.
● 40 A.F:​ Começa a guerra pelo controle das Ruínas de Alberich.
● 39 A.F: A guerra revela a presença dos Elephus e das Portas - portais mágicos para
dimensões de bolso.
● 38 A.F:​ Kramboso, um elfo bárbaro viajante se torna o novo Dragão Verde.
● 10 A.F: ​Os tieflings de Tief chegam em Alberich e tentam acabar com o conflito.
● 02 A.F:​ Arquiteta começa sua caminhada para chegar em Alberich.
● 01 A.F: Acontece o evento conhecido como Deicídio - morre a divindade Arquiteta.
As dádivas e impulsos param com a guerra pelo controle de Alberich. Os poderes
políticos de Opath entram em acordo de paz. Acontece o Firmamento de Paz e
fundam o Senado de Alberich - poder burocrático responsável por organizar e
proteger a cidade.
● 02 D.F: A língua dos Gnomos é escolhida como língua comum de Opath. Fundação
da Universidade de Opath.
● 05 D.F: ​É aberta a primeira Porta de Alberich, levando para Walsh. Os Halflings de
Walsh começam a compartilhar a tecnologia dos Bolsões Dimensionais. Senado de
Alberich determina regras para a fundação de Guildas.
● 06 D.F: Departamento de Investigação de Portas e Seletas (D.I.P.S) é fundado
depois do incidente no Cond.23.
● 07 D.F: Os anões de Törmund descobrem diversas ruínas próximas de sua capital.
Início da Era das Explorações.
● 11 D.F: Balohm, o Dragão Azul, quebra o pacto com suas irmãs e irmãos e parte
para tentar controlar o mundo.
● 21 D.F: ​Khulan se torna o novo Dragão Branco sob circunstâncias duvidosas.
● 36 D.F:​ Nagas iniciam o cerco a Sodori. Kuma Ryu é sequestrado.
● 44 D.F:​ O mago Telaril começa a caçar Balohm, o Dragão Azul
● 64 D.F: Balohm é morto por Fofuxa, a capivara que atuava como familiar de Telaril.
Fofuxa mata Telaril.
● 65 D.F: ​Fofuxa elimina as Nagas de Sodori e devolve Kuma Ryu para os Orcs. A
Dragonesa Azul Fofuxa é perdoada pelo Senado de Alberich graças ao pedido do
imperador Makoto XXIII.
● 119 D.F: Kramboso teletransporta um pântano inteiro para o meio do Deserto de
Mirmir.
● 120 D.F: Acontece a Primeira Grande Queda. A cidade de Salim, capital arcana dos
Elfos da Corte do Outono, é destruída por um maremoto gigantesco. Inicia a Era das
Quedas.
● 122 D.F: Guildas de Aventureiros começam a explorar a ilha que caiu do céu e
causou a destruição de Salim. Uma gnoma chamada Janaína Veiga descobre a
primeira fonte de Aetherium.
● 205 D.F: A Segunda Grande Queda oblitera a cidade de Törmund. Os anões
começam sua eterna diáspora.
● 255 D.F: Dom Guilherme das Vieiras, um gnomo viajante, mata Kramboso e se torna
o novo Dragão Verde. Ele desaparece dentro do atoleiro por 20 anéis.
● 264 D.F: ​Nascimento da nova Yutzeral - a árvore da vida dos Elfos do Outono.
● 290 D.F: O Senado de Alberich é atacado por forças vindas de outros planos. O
Senado de Alberich se vê obrigado a deixar os dragões assumirem sua forma
dracônica. Quase metade da população de Alberich morre depois dos delírios.
● 300 D.F: O portal para Os Planos Elementais surge na Praça Portal. Chegada dos
Urodelos.
● 315 D.F:​ Presa Sangrenta começa a atacar barcos da Marinha de Opath.
● 327 D.F: Elfos da Corte de Inverno descobrem o primeiro Bloco no extremo sul de
Opath.
● 345 D.F:​ Retorno das Nagas para próximo de Sodori.
● 348 D.F: ​O portal para Os Planos Elementais começa a ficar instável. Ruedim, o
Protetor, sorri para seus filhos. O portal explode no centro da praça portal, deixando
muitos feridos. Os urodelos estão presos para sempre em Opath.

Você também pode gostar