Você está na página 1de 6

ESTUDO DE CASO

DISCO DE FREIO
Apresentação do produto

O disco de freio faz parte do conjunto de freio a disco que é uma


máquina de conversão de energia cinética em calor por meio da fricção.

Para parar a roda, um material de fricção na forma de pastilhas de


freio (montadas em um dispositivo chamado pinça) é forçado mecânica,
hidráulica, pneumática ou eletromagneticamente contra os dois lados do disco.
A fricção faz com que o disco e a roda fixada a ele desacelerem ou parem.
Características exigidas e Material
Um dos mais importantes fenômenos físicos relacionados a sistemas de
frenagem é o atrito existente entre a pastilha e o disco de freio. Por isso é
necessário um material resistente e que consiga suportar o aquecimento
gerado pelo atrito.

O material mais comumente utilizado nos dias de hoje é o ferro fundido


cinzento, por ser confiável, barato e fácil de produzir em larga escala. Além
disso, é razoavelmente leve e resistente, possui uma excelente capacidade de
amortecimento de vibrações e possui uma ótima condutibilidade térmica. O
ferro fundido cinzento ainda possui uma propriedade singular: seu calor
específico aumenta com a temperatura, melhorando, portanto, sua capacidade
de absorver energia térmica adicional gerada pela ação de frenagem.

Para automóveis de alta performance, como carros de corrida ou carros


esportivos de luxo, são utilizados compósitos de carbono.
Processo de fabricação
Como existe vários modelos de freio de disco, não é possível definir uma
forma definitiva em sua fabricação. Porém, em alguns casos a fabricação de
disco de freio é feita seguindo os processos abaixo:

1. Fundição do material
2. Preparação de moldes
3. Fundição em areia
4. Inspeção da qualidade
5. Remoção da areia
6. Polimento
7. Furação
8. Tratamento superficial com banho anticorrosivo
9. Testes para controle de qualidade

A fabricação é iniciada com a separação do material que será fundido


em um forno de alta temperatura e depois guardado em um reservatório
especial. Em seguida a areia é separada para os ajustes dos moldes que são
feitos por CNC. Após o processo de fundição na areia o disco passa por uma
avaliação de inspeção de qualidade. Então a areia e removida e a peça passa
por um processo de polimento. Depois disso vem a parte da furação em que
são feitos furos na peça utilizando brocas adequadas. Antes de serem
realizados os testes do controle de qualidade, a peça passa por um tratamento
superficial que consiste em um banho em um liquido anticorrosivo.
Vídeo
https://www.youtube.com/watch?v=IhtnuqK45ls
Referências

https://www.ebah.com.br/content/ABAAAAAtMAJ/materiais-freios-a-disco-automotivo

http://www.tupy.com.br/downloads/guesser/ferro_fund_freio.pdf

https://pt.wikipedia.org/wiki/Freio_a_disco

Você também pode gostar