Você está na página 1de 31

PEPFAR Mozambique

……………………………………………………………………………

COP16: Visão Geral e Situação Actual

Paula Samo Gudo, MD, MPH

Maputo, 21 de Junho de 2017


Progressos alcançados pelo PEPFAR em 2016
Progressos no alcance das Metas 90-90-90

Resultados do estudo PHIA 2016 mostram uma cobertura de TARV de 65% no Malawi, 57% na Zambia, e
64% no Zimbabwe, comparando com 57% em Moçambique
Houve ainda uma redução da incidência do HIV em 76% no Malawi, 51% na Zambia e 67% Zimbabwe
COP16 Moçambique: Situação Actual
Distribuição dos Parceiros Clínicos por Provincia
Centro de Colaboração em Saúde ( CCS)
Cabo •Maputo Cidade
Niassa Delgado •Inhambane
Ariel Pediatric AIDS Foundation ( ARIEL)
Tete Nampula •Provincia de Maputo
Zambezia •Cabo Delgado
Elizabeth Glazer Pediatric AIDS Foundation
Manica •Gaza
Sofala Columbia University (ICAP)
•Nampula
•Zambezia
Inhambane Family Health International 360/ CHASS
Gaza •Sofala
•Manica
Maputo •Tete
Maputo Cidade •Niassa
Vanderbilt University / Friends in Global Health (FGH)
•Zambezia
COP16: Visão Geral
O principal objectivo do PEPFAR- Moçambique é apoiar o País a
alcançar o Controlo da Epidemia do HIV e as Metas 90-90-90

(UNAIDS)
Progressos em Moçambique
Cobertura Nacional de TARV : 57% (59% adultos, 41% crianças)
1,053,170 (973,523 adultos; 79,647 crianças) actualmente em TARV

PEPFAR
representa
86%
Contribuição do PEPFAR para os Resultados Nacionais de TARV
Primeiro 90
Iniciativas Chave de Prevenção em Progresso

Testes Positivos no Testes Positivos atravês Alcance de População


ATIP da abordagem de Caso 15,000 Chave
Indice

Pessoas alcancadas
60,000
Tests Positivos de ATIP

50,000 10,000 10,000


Tests Positivos de Caso Indice
40,000
8,000
30,000
6,000
20,000 5,000
4,000
10,000
2,000
0
FY16 FY16 FY16 FY17 FY17 0 0
T2 T3 T4 T1 T2 FY17 T1 FY17 T2 FY16 S1 FY16 S2 FY17 S1
Semestre
Trimestre Trimestre
TS HSH Reclusos
Outras Iniciativas de Prevenção em Curso
ATS População chave

 Aumento no número de UATS  Incentivar a rede de pares para HSH (Pathfinder,


 Atualização do livro de registo de ATS (UCSF) PASSOS)
 Programa para usuários de drogas injetáveis, Maputo
 Piloto: testagem do HIV por praticantes de (FHI)
medicina tradicional (FGH)  Mapeamento programático para estimativa de
 Aumento da demanda para o alcance de homens tamanho
(CIHO)  Estudo PLACE (FHI)
 Estabilidade da cadeia de fornecimento de testes  Desenvolvimento de diretrizes comunitárias para
rápidos de HIV populações chaves através do CNCS (FHI)
 Alocação do assessor provincial para qualidade  IBBS para trabalhadoras de sexo
de testagem rápida  Desenvolvimento de curriculo de Formação de
Agentes Comunitários (Pathfinder)
 Piloto de retestagem
Elementos de Garantia de Qualidade de Testagem para o
HIV
 Implementação de programa de proficiência de testagem rápida de HIV a nível provincial
 Revisão de currículo de formação de ATS
 Revisão de procedimentos de colheita de amostras para testagem rápida de HIV
 Formação em melhoria de qualidade para provedores de testagem rápida HIV
 Avaliação da qualidade de testagem em todos os locais de testagem rápida nas unidades
sanitárias testar e iniciar fase I.
 Assistência na implementação do piloto de retestagem
 Certificação de provedores de testagem rápida de HIV
 Em processo: alocação de assessor de melhoria de qualidade no MISAU/DCL e
assessores provínciais para qualidade de testagem rápida
Outras Iniciativas de Prevenção em Curso

Circuncisão Masculina Outras Iniciativas

 DREAMS: clubes de raparigas, grupos de


Piloto do Shang Ring (JHPIEGO) poupança, melhoria dos serviços amigos do
Criação de demanda adolescente e jovens (SAAJ)/Inquérito sobre
prevenção combinada com o uso de mistura de
Transição da circuncisão anti conceptivos
masculina para a faixa etária dos  Estudo de prevenção combinada
10-14 anos de idade em Maputo  Estudo de caracterização de parceiros sexuais
masculinos de mulheres adolescentes e jovens
(MEASURE Evaluation)
Progressos alcançados Circuncisão Masculina

450,000
35%
400,000
Increase,
350,000 target vs.
VMMCs performed

300,000 projection
250,000
200,000
150,000
100,000
50,000
0
2010 2011 2012 2013 2014 2015 Est. 2016 2017
target
Year
Iniciativas em Curso para Melhorar a Ligação do ATS aos
Cuidados e Tratamento
 Abertura do processo clinico nos locais de testagem
 Acompanhamento fisico dos pacientes positivos do local de testagem
aos cuidados e tratamento
 Implementação do Com- care em todas as provincias com planos de
expansão
 Uso de guias de referência e contra- referência em triplicado
aprovado por MISAU
 Uso de agendas e livros de registo do UATS para anotação e
seguimento dos positivos
 Uso de instrumentos alternativos de monitoria de ligação dos UATS e
ATIP
 Monitoria das ligações com os indicadores de retenção precoce.
Tendências das ligações aos Cuidados e Tratamento
120,000 81 % 90 %
74 % 75 % 73 %
80 %
100,000
62 % 60 % 61 % 61 % 70 %
80,000 60 %
50 %
60,000
40 %
40,000 30 %
20 %
20,000
10 %
0 0%
'15 Q3 '15 Q4 '16 Q1 '16 Q2 '16 Q3 '16 Q4 '17 Q1 '17 Q2
HTC_TST_POS (Moz) TX_NEW HTC_TST_POS (% Linkage Proxy)
Segundo 90
Testar &
Iniciar
Consulta
Clinica no
Carga Viral
mesmo dia do
diagnóstico
Principais
Reforço e
Melhoria de Actividades Consultas a
Retenção cada 6 meses

Dispensa de Dispensa de
ARVs em US ARVs-3/3
periféricas meses
Testar &
Implementação do Testar & Iniciar Iniciar
• Implementação em curso em 21 distritos (fase 1 e 2)
• Planos para iniciar a fase 3 estão em curso (incluindo distritos adicionais
devido ao elevado número de PVHIV)
• Avaliações de prontidão realizadas, monitoria do apoio dos parceiros
em curso

Crescimento de Novos Pacientes em Tratamento em


Distritos T&I versus Distritos sem T&I
60000
50000
40000
30000
Phase 2 – April 2017
20000
10000
0
Test and Start Districts Non-Test and Start Districts
'16 Q2 '16 Q3 '16 Q4 '17 Q1 '17 Q2
Consultas
Modelos Diferenciados de Serviços Consulta no
6/6 meses
mesmo dia do
% patients newly enrolled in clinical care Dispensa de
that had a aclinical consultation on the
diagnóstico
ARVs-3/3 meses
same day of HIV diagnosis
80%

70%
62%
67%
65%
68% 67%
Implementação destas intervenções está
60%
em curso, mas com desafios
50%
Grand Total

October November December January February


Diretrizes para provisão de modelos
diferenciados de provisao de serviços está
50% em desenvolvimento;
% non-pregnant, non-breastfeeding adults
(≥15) active on ART with 6-month follow-up
40%
visit scheduled Necessidade de instrumentos
simplificados para orientar os provedores
30%
na identificação dos pacientes a beneficiar
20% destes serviços.
15% 15% 14% 15%
14%

10%
Grand Total
October November December January February
Terceiro 90
Iniciativas em Curso para Melhorar e Avaliar a Retenção Reforço e
Melhoria de
• Pacote de APSS/PP actualizado: formação de formadores Retenção
nacionais e iniciadas replicas provinciais;
• Reforço da adesão e retenção
– Actualização de materiais de apoio e de educação do paciente
– GAAC toolkit foi finalizado e aprovado pelo MISAU está em curso
a sua implementação e disseminação
• Grupos de poupança: mais de 3.700 PVHIV e 600
cuidadores de COVs participam ativamente nos grupos de
poupança.
• Monitoria da retenção precoce, actualmente sendo
incorporada na estratégia de MQ
• O protocolo de avaliação de perdas no seguimento dos
pacientes (LTFU evaluation) foi concluido e submetido,
aguarda a aprovação ética.
Apoio a Estratégia Nacional de Mães Mentoras para
Melhorar a Retenção e Adesão

Ex.: Mães Mentoras nos locais apoiados por EGPAF provincia de Gaza
1. Retenção Precoce na Taxa de Retenção U.S. com Mães U. S. sem Mães
CPN em Gaza entre as aos… Mentoras Mentoras
mulheres observadas Um Meses 83% 70%
na 1ª CPN, em Maio
Dois Meses 73% 60%
2016
Três Meses 73% 55%
2. Retenção aos 12
meses na CPN em 100% 94%
90% Chokwe
Chokwe antes & 80% CSURB
depois da expansão 70% 64%
60% 74% Chókwè HR
das Mães Mentoras 63%
50%
APR15 APR16
Carga
Viral

Atividades para Fortalecer a Implementação


da Carga Viral

24
Educação do Paciente e Manejo dos Casos
Situação atual Desafios incluem:
• Material para criação de • Taxas baixas de mudança
demanda em finalização para a 2ª linha em relação ao
• Portal do web para pedidos número de pacientes em
de mudança de linha para TARV e alta taxa de
pacientes com falência resultados de CV elevados
terapêutica • Acúmulo de amostras e
• Decentralização dos comités tempo de resposta
TARV provinciais. prolongada
• Reforço do APSS para • Fluxo de amostras na US
pacientes que mudam de • Uso de resultados de CV de
linha terapêutica forma a assegurar que os
• Ferramenta para monitorar a pacientes recebam
cascata de CV e melhorar o aconselhamento para adesão
fluxo de amostras a e referenciamento para 2ª
ser incorporado na linha
estratégia nacional de MQ
Sistemas de laboratório para CV Capacidade laboratorial
• Sistema informático DISA • 11 Laboratórios até finais de
instalado em 6 laboratórios Setembro 2017;
• 2 laboratórios com sistema • Capacidade – 45,500
Dream Lab amostras por mês
• Planos para harmonizar • Aumento significativo do
sistemas informáticos número de testes realizados
• DISA-link implementado em 40 em cada mês
US • 26,832 testes realizados no
• Livros de registo para mês de Maio de 2017
referenciamento de amostras
foram produzidos e distribuidos 30000
• Cadernos de FSR (com folhas
triplas) produzidos e distribuidos 25000
• Todos laboratórios a participar 20000
no FOGELA desde Maio, 2017
15000
10000
5000
0

Abr

Abr
Fev
Mar

Mai

Set

Fev
Mar
Jan

Ago

Out

Jan
Jun
Jul

Nov
Dez
Roche Cobas 2016 2017
Abbott M2000 Ampliprep
PTV

MELHORIA DO FOCO SOBRE AS MULHERES GRÁVIDAS E


CRIANÇAS
Visão geral do Programa de PTV

Pontos Fortes do Programa de PTV:


Testagem de HIV é consistentemente alta
Inicio do TARV no PTV consistentemente alto
Aumento da % de mulheres grávidas HIV+ já em TARV
Aumento da testagem de parceiros

Desafios/ Áreas de enfoque para COP16:


Retenção , adesão & supressão viral Altas Taxas de transmissão
Diagnóstico Precoce Infantil (DPI) de mãe para filho
Ligação da criança ao TARV e inicio imediato do Baixas Coberturas de TARV
Tratamento logo após diagnóstico em crianças infectadas

28
Colaboração na Expansão Nacional da implementação do
POC para DPI

Moçambique é Lider
global em tecnologias
simplificadas de
diagnóstico (POC) para
testagem de crianças
expostas ao HIV

PEPFAR está apoiando a expansão Nacional da implementação do


POC para DPI através da provisão de:
1. Apoio aos treinos provinciais de Formação de Formadores e
Mentoria clínica contínua
2. 30 (das 130) máquinas de Alere-q para DPI
3. Reagentes e outros consumíveis
Apoio para Melhoria do PCR Convencional para DPI
Tempo de Resposta do PCR DPI (dias) por componente, Outubro 2015 a
140 Fevereiro 2017

120
100
80
60
40
20
0
Out Nov Dec Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Out Nov Dec Jan Feb
Na U. S. Transporte da US ao Lab
Tempo de Processamento Aprovacao
Tempo para libertar os resultados
Fonte:
Observatorio Nacional de Saude
Instituto Nacional De Saude
Obrigado