Você está na página 1de 5

Nome: Allan Dantas RA: 201013972

Nome: Denis Silva RA: 201013245


Nome: Fernando Garzim RA: 201007700
Nome: Paulo Vieira RA: 201013661
Nome: Rafael Kratzer RA:201014844
Nome: Rone Trinca RA: 201013111
Nome: Vinicius Pinhati RA: 201003565

Modelo Escolhido: Canard

1 – Fases do projeto
De acordo com o PMI (Project Management Institute), as fases do projeto (grupo de processos) são determinados conforme a
seguir:

1. Iniciação
2. Planejamento
3. Execução
4. Monitoramento e Controle
5. Encerramento
1. Iniciação
Confeccionar um avião de papel com matéria prima e dobradura definidos à base de teste.
O avião terá o objetivo de voar por um longo tempo e a uma longa distância.

2. Planejamento

- Pesquisar modelos de avião e matéria-prima.


- Elaborar desenho da dobradura.
- Elaborar testes de montagem e lançamento.
- Elaborar folhas de processo.
- Estimar custos para uma produção seriada.
- Estimar quantidade de funcionários para realizar a fabricação do produto.

3. Execução
- Dobrar o papel conforme modelo pré-definido.
- Executar testes com diferentes formas de lançamentos e lançadores.
- Executar testes em diferentes ambientes.
- Executar testes em diferentes modelos e matéria-prima (papel sulfite e canson).

Obs.: Abaixo imagem ilustrativa dos modelos pesquisados e testados.

1º Modelo testado
2º Modelo testado 3º Modelo testado

4º Modelo testado: Escolhido


Justificativa do modelo escolhido: Atende às expectativas quanto a tempo e distância além de estar dentro das exigências do
projeto.

4. Monitoramento e Controle
- Os testes foram realizados dentro da sala de aula, corredor e quadra da faculdade.
- Monitoramento da simetria do produto durante a execução da dobra.
- Monitoramento da distância e o tempo de voo.

5. Encerramento
Controle dos dados obtidos durante os lançamentos atingindo resultados menores do que o esperado.
Elaboração de relatório dos dados obtidos.
Elaboração de relatórios de causa x efeito.
MASP – Método de Análise e Solução de Problemas
MASP é um roteiro estruturado para resolução de problemas baseado no ciclo PDCA. É composto por 8 (oito) passos:

1. Identificação do problema
2. Observação
3. Análise das causas
4. Plano de Ação
5. Ação/Execução
6. Verificação
7. Padronização
8. Conclusão

1 - Identificação do Problema:
O avião não atinge alcance considerável e permanece por pouco tempo em voo.

2 – Observação:
O avião bate nas paredes durante testes nos corredores da universidade, causando instabilidade e alcance de pouca
distância, além de baixo tempo de voo.

3 – Análise das Causas:


As prováveis causas do resultado insatisfatório podem ser:
 Falta de espaço livre (aberto) para testes;
 Geometria do avião (assimetria);
 Imperícia do lançador;
 Fatores naturais (vento, chuva);
 Material do avião (tipo de folha, gramatura);
 Frequência de testes com o mesmo protótipo;
 Fluxo de pessoas no ambiente.

4 – Plano de Ação:
Os planos de ação criados para corrigir os erros causados:
 Procurar um ambiente mais aberto e livre de ventos;
 Melhor dobra no papel para garantir a simetria;
 O lançador praticar o lançamento;
 Trocar tipo de papel para uma gramatura maior (papel mais rígido);
 Criar mais números de protótipos para os testes de lançamento;
 Dar preferencia a lugares vazios.

5 – Execução:
A execução dos planos de ação:
 Mudar de ambiente;
 Dobrar o papel com mais cuidado, melhorando a simetria do modelo;
 O lançador executar mais lançamentos a fim de verificar melhor posição de voo;
 Utilizar papel de melhor gramatura a fim de manter um bom tempo de voo;

6 – Verificação:
A verificação das execuções:
 Analisar se o ambiente atende a distância esperada pelos testes de voo;
 Verificar as dobras do papel;
 Analisar se a forma em que o lançador arremessa o avião atende as expectativas;
 Verificar se a gramatura do papel está de acordo com o resultado aerodinâmico do avião;

7 – Padronização:
A padronização dos planos de ação:
 Adotar o mesmo local de lançamento ou outro que mantenha os mesmos pré-requisitos;
 Manter a mesma sequência de sobra do papel;
 Padronizar as formas de lançamento de melhor resultado;
 Manter o mesmo lançador;
8 – Conclusão:
Conclui-se que para o projeto de avião de papel temos vários fatores a serem estudados com o objetivo de ter melhor
aproveitamento do projeto em todos os sentidos: planejamento, execução, controle e planos de ação. Neste projeto por
exemplo, existem os seguintes fatores a se atentar: tipo do papel, sua confecção, local de lançamento e habilidade do lançador.

Diagrama de Causa e efeito – Ishikawa


O diagrama de causa e efeito (Ishikawa) é uma ferramenta gráfica que permite estruturar hierarquicamente as causas de
determinado problema ou oportunidade de melhoria.
Diagrama de Pareto
O diagrama de Pareto tem o objetivo de compreender a relação ação/benefício, ou seja, prioriza a ação que trará o melhor
resultado.