Você está na página 1de 109

www.cliqueapostilas.com.

br
www.cliqueapostilas.com.br

Todo o esforço foi feito na elaboração destes programas. Neste esforço incluem-se o
desenvolvimento, pesquisa e testes das teorias e resultados para garantir as suas efetividades.
No entanto, os autores, a QiSat, a AltoQi e os distribuidores não assumem garantias de nenhuma
espécie, expressas ou implícitas, pela utilização dos resultados destes programas ou do material
escrito contido nesta apostila. A responsabilidade e o risco quanto aos resultados e desempenho
dos programas são assumidos pelo usuário, o qual deverá testar toda a informação antes da sua
efetiva utilização.
A AltoQi reserva o direito de mudar os produtos sem prévio aviso.

Todos os direitos autorais e de reprodução total ou parcial desta


desta apostila estão reservados para
MN Tecnologia e Treinamento Ltda.
Ltda.

Florianópolis, Abril de 2014


www.cliqueapostilas.com.br

Apresentação
Esta apostila é uma ferramenta para auxiliar o usuário no aprendizado à elaboração de
projetos de cabeamento estruturado, através do módulo de cabeamento do programa AltoQi
Lumine V4. Cabe lembrar que esta apostila aborda projetos exemplos de forma puramente
didática, atendo-se à normalização vigente. Trata-se, portanto, de um roteiro acerca de como se
deve proceder com o lançamento e o dimensionamento de uma instalação de cabeamento
estruturado, utilizando-se as ferramentas presentes no módulo de cabeamento do programa.
Apesar de toda a complexidade e da gama de requisitos que cerca os projetos de
cabeamento estruturado, o AltoQi Lumine V4 é um software muito simples de ser utilizado.
O nosso objetivo é que você possa, após este curso, projetar de forma mais eficiente e
rápida utilizando o Lumine. Ao final do curso, você terá certeza de que isso é possível!
Para obter informações adicionais, pode-se consultar a documentação eletrônica do
programa, acessando o botão na barra de ferramentas principal.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

Sumário

Apresentação ................................................................................................................................. 2
Sumário .......................................................................................................................................... 3
Aula 1 – Lançando o Projeto........................................................................................................... 7
1 Como funciona esse curso? ............................................................................................... 7
2 Abrindo o programa ........................................................................................................... 8
3 Projetando cabeamento estruturado ................................................................................ 10
3.1 O projeto exemplo .................................................................................................... 11
3.2 Lançando um projeto novo ....................................................................................... 11
4 Estrutura de arquivos de projeto....................................................................................... 12
4.1 A janela “Projeto” ..................................................................................................... 13
4.2 Configurações do Lumine ........................................................................................ 13
4.3 Gerenciamento dos arquivos do projeto................................................................... 14
5 O ambiente croqui ............................................................................................................ 15
5.1 Gerenciamento dos arquivos do projeto................................................................... 16
5.2 Ajuda para os comandos ......................................................................................... 18
6 Iniciando o trabalho .......................................................................................................... 18
6.1 A linha de comando ................................................................................................. 18
6.2 Comandos de visualização ...................................................................................... 19
6.3 Dicas Fundamentais................................................................................................. 20
7 Sistemas de coordenadas do Lumine .............................................................................. 21
7.1 Escala do desenho................................................................................................... 21
7.2 Coordenadas absolutas ........................................................................................... 21
7.3 Coordenadas relativas.............................................................................................. 23
Aula 2 – Ferramentas de Captura ................................................................................................. 25
1 Precisão de desenhos ...................................................................................................... 25
2 Captura de pontos ........................................................................................................... 25

2.1 Ponto notável .................................................................................................. 26

2.2 Intersecção .................................................................................................... 27

2.3 Ponto no elemento .......................................................................................... 28

2.4 Perpendicular ................................................................................................. 29


3 Ortogonal ......................................................................................................................... 30

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

4 Ferramentas de captura ................................................................................................... 32

4.1 Ponto relativo ................................................................................................... 33

4.2 Ponto médio .................................................................................................. 35

4.3 Quadrante ..................................................................................................... 36

4.4 Ponto paralelo ................................................................................................ 38


Aula 3 – Preparação das Arquiteturas .......................................................................................... 39
1 Importando o arquivo em formato DWG para o Lumine ................................................... 39
1.1 Instalando o QiCAD Viewer....................................................................................... 39
2 Importando a arquitetura do pavimento Térreo................................................................. 39
2.1 Níveis da arquitetura importada ................................................................................ 40
2.2 Convertendo para a escala correta........................................................................... 41
2.3 Confirmando as medidas do desenho ..................................................................... 42
2.4 Posicionando a origem do desenho ......................................................................... 42
3 Importando a arquitetura do pavimento Tipo .................................................................... 43
4 Importando a arquitetura do pavimento Cobertura ........................................................... 45
Aula 4 – Lançamento dos Pontos de Telecomunicação ............................................................... 48
1 Memorial de cálculo ......................................................................................................... 48
1.1 Pontos de Telecomunicação – Pavimento Térreo ..................................................... 48
1.2 Pontos de Telecomunicação – Pavimento Tipo ........................................................ 49
1.3 Pontos de Telecomunicação – Pavimento Cobertura ............................................... 49
2 Lançamento dos pontos de telecomunicação do pavimento Térreo ................................ 50
2.1 Inserindo o primeiro ponto........................................................................................ 50
2.2 Inserindo mais pontos duplos .................................................................................. 53
2.3 Inserindo os pontos sêxtuplos .................................................................................. 54
2.4 Inserindo o restante dos pontos duplos ................................................................... 55
3 Lançamento dos pontos de telecomunicação do pavimento Tipo.................................... 56
3.1 Inserindo os pontos sêxtuplos .................................................................................. 57
3.2 Inserindo os pontos duplos ...................................................................................... 58
4 Lançamento dos pontos de telecomunicação do pavimento Cobertura ........................... 59
4.1 Inserindo os pontos da sala de telecomunicação ..................................................... 59
4.2 Inserindo os pontos do laboratório ........................................................................... 59
4.3 Inserindo os pontos do banheiro e corredor ............................................................. 60
4.4 Inserindo os pontos do auditório .............................................................................. 61
4.5 Inserindo os pontos do hall ...................................................................................... 61
Aula 5 – Lançando os Condutos .................................................................................................. 63

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

1 Elementos de infraestrutura .............................................................................................. 63


2 Lançamentos do pavimento Térreo .................................................................................. 63
2.1 Apagando a mobília ................................................................................................. 64
2.2 Inserindo as caixas de passagem ............................................................................ 64
2.3 Inserindo os Eletrodutos ........................................................................................... 65
2.4 Configurando padrões dos condutos ....................................................................... 68
2.5 Espelhando o banheiro ............................................................................................ 68
3 Lançamentos do pavimento Tipo ..................................................................................... 69
3.1 Apagando a mobília ................................................................................................. 69
3.2 Inserindo as caixas de passagem ............................................................................ 70
3.3 Inserindo os eletrodutos ........................................................................................... 70
3.4 Espelhando as salas ................................................................................................ 71
4 Lançamentos do pavimento Cobertura ............................................................................ 72
4.1 Apagando a mobília ................................................................................................. 72
4.2 Inserindo as caixas de passagem ............................................................................ 73
4.3 Inserindo os eletrodutos ........................................................................................... 74
4.4 Espelhando .............................................................................................................. 75
Aula 6 – Lançando os Quadros de Telecomunicação .................................................................. 76
1 Distribuição dos serviços ................................................................................................. 76
2 Armários de telecomunicação .......................................................................................... 77
2.1 Armário de telecomunicação do pavimento Térreo .................................................. 77
2.2 Armário de telecomunicação do pavimento Tipo ...................................................... 78
2.3 Armário de telecomunicação do pavimento Cobertura ............................................. 79
3 Sala de equipamentos...................................................................................................... 80
4 Infraestrutura de entrada .................................................................................................. 81
5 Associando os quadros.................................................................................................... 82
6 Ligação entre os quadros................................................................................................. 83
Aula 7 – Lançando as Eletrocalhas............................................................................................... 85
1 Interligação das salas....................................................................................................... 85
2 Eletrocalhas do pavimento Térreo .................................................................................... 85
3 Eletrocalhas do pavimento Tipo ....................................................................................... 87
4 Eletrocalhas do pavimento Cobertura .............................................................................. 89
5 Copiando o pavimento Tipo ............................................................................................. 91
Aula 8 – Fiação, Dimensionamento e Pranchas............................................................................ 94
1 Ligando os pavimentos .................................................................................................... 94
2 Colocando a fiação do projeto ......................................................................................... 95
3 Verificações ...................................................................................................................... 96

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

3.1 Comprimento dos cabos .......................................................................................... 97


3.2 Visualização tridimensional dos condutos ................................................................ 98
4 Dimensionar os condutos................................................................................................. 98
5 Gerando o detalhamento................................................................................................ 100
5.1 Legendas ............................................................................................................... 100
5.2 Detalhamento dos racks......................................................................................... 101
5.3 Prumada de cabeamento ....................................................................................... 102
5.4 Lista de materiais ................................................................................................... 103
5.5 Gerando o mapa de cabos .................................................................................... 103
5.6 Gerando o diagrama esquemático dos racks......................................................... 104
6 Gerando as Pranchas..................................................................................................... 105
Ficha Técnica do Curso ............................................................................................................. 108

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

Aula 1 – Lançando o Projeto

1 Como funciona esse curso?


Algumas considerações que dizem respeito ao andamento do nosso curso são muito
importantes.
A primeira delas é sobre o uso do recurso “Alt+Tab”. Através deste recurso poderemos
alternar as janelas entre o ambiente de ensino e o programa Lumine. Você vai poder assistir à
aula e utilizar o Lumine simultaneamente

Vídeo 1 - Utilizar o recurso “Alt+Tab”


Deixe pressionada a tecla “Alt” e aperte a tecla “Tab”.
Pressionando repetidas vezes a tecla “Tab” percebe-se que o programa selecionado
varia.
Você irá alternar a seleção entre o Lumine e o ambiente de ensino no navegador de
internet que estiver utilizando para assistir o curso.

Vídeo 2 - Criar pasta para os arquivos do curso


Também serão utilizados muitos arquivos neste curso. Para facilitar nossa organização,
vamos criar uma pasta onde iremos colocá-los quando fizermos seu download ou na
necessidade de salvá-los, se for o caso.
Acesse a estrutura de pastas do seu computador clicando no ícone”Computador”.
Clique no botão “Nova Pasta”
Digite no campo que se abre o referido nome da pasta: Curso Cabeamento.

Vídeo 3 - Download dos arquivos de apoio


Neste curso vamos realizar o projeto de cabeamento estruturado completo de um edifício
de quatro pavimentos.
No decorrer do curso serão utilizados alguns arquivos de referência, que serão
solicitados em um momento oportuno. Sendo assim, faremos o seu download agora.

Download de todos os arquivos ao mesmo tempo


Acesse a biblioteca do curso.
Clique na pasta “Material de apoio Completo”.
Clique sobre o arquivo “Arquivos_de_apoio.exe”.
Clique em “Salvar Como”.
Localize a pasta Curso Cabeamento.
Clique na opção “Salvar”.

Download dos arquivos separadamente


Clique sobre o arquivo desejado para a realização do download.
Clique na opção “Salvar Como”.
Localize a pasta Curso Cabeamento.
Clique na opção “Salvar”.
Repita este procedimento para os demais arquivos de etapa disponíveis.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

Vídeo 4 - Descompactando os arquivos de apoio


Acesse a pasta Curso Cabeamento.
Dê um duplo clique sobre o arquivo “Arquivos_de_apoio.exe”.
Clique em “Procurar”.
Localize a pasta Curso Cabeamento.
Clique em “OK”.
Clique no botão “Extrair”.

2 Abrindo o programa

Este curso do Lumine V4 pode ser feito utilizando a versão demonstrativa ou a versão
normal do programa.
Para os clientes que adquiriram o módulo Elétrico, sem o módulo Cabeamento
Estruturado, é necessário o uso da versão demonstrativa do software Lumine V4 para o
acompanhamento deste curso, já que através dele você pode utilizar a parte relativa à rede de
cabeamento.
Esta versão pode ser obtida diretamente no site da AltoQi, acessando em:
www.altoqi.com.br .
Caso você já tenha adquirido o Lumine V4 módulo Cabeamento Estruturado, poderá
optar por qualquer uma das versões. Se possível, utilize a versão normal do programa neste
curso.

Versão Demonstrativa

Vídeo 1 - Instalando a versão demonstrativa


Acesse o site da AltoQi (www.altoqi.com.br).
Clique em “Downloads” e localize o Lumine V4.
Localize o item “Versão demonstrativa V4” e clique sobre ele.
Informe sua chave de cliente e senha.
Clique no botão “Download” e escolha a opção “Salvar Como”.
Escolha a pasta Curso Cabeamento e clique em “Salvar”.
Após ter concluído o download, clique no botão “Executar”.
Aceite todas as opções apresentadas, clicando em “Avançar” e “Concluir”.

Após ter instalado a versão demonstrativa do programa, você deve seguir os passos que
serão apresentados:

Vídeo 2 – Iniciando as atividades


Dê um duplo clique sobre o ícone do Lumine V4 Demonstrativo na área de trabalho.
A primeira janela aberta é chamada “Sobre”, a qual indica informações sobre o
programa, como: versão, módulos disponíveis, etc. Nela, basta clicar em “OK”.
No diálogo seguinte, clique no botão “Novo Projeto”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

Versão Normal

Vídeo 1 – Para iniciar as atividades


Execute o programa Lumine V4 através de um duplo clique sobre o ícone do Lumine V4
na área de trabalho.

No menu projeto, execute o comando “Novo”. Opcionalmente, clique no botão .

Verifique a revisão do programa que você possui, acessando o menu “? -


Sobre”. Se o seu programa possui revisão anterior à revisão 12,
1 você deverá
fazer a atualização dessa versão no site da AltoQi

Se seu programa não estiver atualizado, você deverá atualizá-lo


lo conforme será mostrado
a seguir. O primeiro passo é verificar se seu protetor (Hardlock) é do tipo “HASP” ou do tipo
“Hardlock”.

Protetor HASP USB: em lilás quando mono-usuário


mono usuário e vermelho para utilização em rede.
Ambos tem a inscrição em relevo HASP®.

Protetores HASP USB mono-usuário e em rede

Protetor HASP PARALELO: em branco quando mono-usuário


mono usuário e vermelho para utilização em
rede. O Mono tem a inscrição em relevo HASP® e o rede tem além do relevo, uma etiqueta
adesiva com o impresso
so "NetHASP".

Protetores HASP PARALELO mono-usuário e em rede

Protetor HL USB: em azul e tem a inscrição em relevo HARDLOCK®.

Protetor HL USB

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

10

Protetor HL PARALELO: em preto quando mono-usuário


mono e também tem a inscrição em relevo
HARDLOCK®.

Protetor HL PARALELO mono-usuário

Protetor HL EM REDE PARALELO: é o único com duas cores, meio verde e meio rosa e
geralmente tem a etiqueta adesiva HARDLOCK® rede.

Protetor HL PARALELO em rede

Vídeo 2 – Instalando a atualização do Lumine V4


Acesse o site da AltoQi (www.altoqi.com.br).
Acesse a página “Downloads” e localize o Lumine V4.
Clique no link “Atualização Completa”.
Informe sua chave de cliente e senha.
Clique no botão “Download” e escolha a opção “Salvar Como”.
Escolha a pasta “Curso Cabeamento” e clique no botão “Salvar”.
Após ter concluído o download, clique no botão “Executar”.
Clique no botão “Avançar”.
Selecione o seu dispositivo de proteção e clique em “Avançar”.
Aceite todas as opções apresentadas, clicando nos botões “Avançar” e “Concluir”.

3 Projetando cabeamento
abeamento estruturado
Projetar é organizar idéias, estabelecendo um modelo, de forma a determinar um
conjunto de procedimentos e ações visando a realização de um determinado objetivo. Ao projetar
de forma eficiente é possível rapidamente
rapidamente identificar alternativas para se atingir este objetivo e,
simultaneamente comparar os pontos positivos e negativos de cada possibilidade levantada para
a tomada de decisões.
Primeiramente é necessário identificar com clareza quais as necessidades do cliente em
relação à infraestrutura e unir essas necessidades as tecnologias disponíveis no momento.
Portanto, é preciso verificar quais os interesses do cliente nos seguintes aspectos:
Em relação à estabilidade e disponibilidade deve-se levar em consideração
deração o quanto e
com que frequência o cliente necessita dos serviços da rede, ou seja, no caso de queda dos
serviços quanto tempo o cliente está disposto a aguardar pelo restabelecimento?
Por exemplo, um edifício hospitalar necessita de uma estabilidade constante dos serviços
porque da rede depende o acompanhamento em tempo real dos pacientes pelos médicos e
enfermeiras. E neste caso, o projetista para garantir a estabilidade dos serviços pode optar por
equipamentos de primeira linha e mais robustos que assegurem
assegurem a estabilidade da estrutura.
Quanto à segurança tomemos como exemplo uma instituição financeira na qual transitam
diariamente em sua rede dados sigilosos de clientes. Nesta situação o que o projetista precisa ter

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

11

uma atenção redobrada no que tange a localização e o acesso as salas de telecomunicação e


outros componentes da rede.
Qual a flexibilidade para manutenção e expansão que a edificação necessita? Estamos
atendendo salas comerciais que necessitam de constante adequação de layout? O cliente não
deseja fazer grandes alterações na rede após a sua implantação? Por mais que o conceito de
cabeamento estruturado traga implicitamente esta flexibilidade devemos questionar em qual nível
ela precisa ser aplicada. As facilidades que serão aplicadas dependem da resposta para
questões como as apresentadas.
Por fim, cabe ao projetista viabilizar uma solução que equilibre as necessidades
apontadas pelo cliente e o investimento que ele deseja aportar em conformidade com as normas
e padrões estabelecidos na área.

3.1 O projeto exemplo


Para facilitar o acompanhamento e a análise das diferentes etapas de desenvolvimento
de um projeto optamos por estabelecer um projeto exemplo que abranja as principais
necessidades e soluções que ocorrem em situações reais.

Diagrama do projeto exemplo

Características comuns: Exigências em todos os andares:


• Pé direito: 3,10m • CFTV
• Forro: Placas de PVC a 30cm • Sensor de fumaça, movimento
do teto e temperatura
• Luminárias: Duas lâmpadas • Caixas de som
fluorescentes

3.2 Lançando um projeto novo


Como vimos, trata-se de uma edificação de 4 pavimentos, sendo um pavimento térreo,
dois tipo e um pavimento cobertura. Entre os pavimentos, há uma altura de 3,10m.

Representação esquemática do projeto

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

12

Vídeo 1 – Inserindo o pavimento Térreo


Digita-se para o primeiro pavimento o nome “Térreo” e a altura de 310cm.

Vídeo 2 – Inserindo o pavimento Tipo


Pressione uma vez o botão “Insere acima”.
Clique no campo “Pavimento” que se encontra em branco.
Digita-se para o segundo pavimento o nome “Tipo”. O número de repetições é 2 e a
altura de 310cm.
Verifique se o nível acumulado do edifício é 310cm.

Não deu certo:

Verifique novamente os dados digitados (principalmente as alturas e repetições) e


também o valor do campo Nível inferior.
Caso você tenha inserido algum dos pavimentos fora da ordem ou mesmo um
pavimento a mais, utilize o botão excluir sobre os pavimentos que estiverem
errados. Tome o cuidado de clicar sobre o pavimento que está mais acima dos
demais antes de clicar novamente no botão insere acima.
Se mesmo assim não estiver certo, clique no botão cancelar localizado no canto
inferior do diálogo Projeto novo e repita a explicação deste passo.

Vídeo 3 – Inserindo o pavimento Cobertura


Pressione uma vez o botão “Insere acima”.
Clique no campo “Pavimento” que se encontra em branco.
Digita-se para o segundo pavimento o nome “Cobertura”. O número de repetições é 1 e a
altura de 310cm.
Verifique se o nível acumulado do edifício é 930cm. Se estiver correto, clique no botão
“OK”.

4 Estrutura de arquivos de projeto


Este é um capítulo muito importante para a utilização do programa. Muitas das
observações feitas aqui vão ser melhor assimiladas no decorrer do curso. Entretanto, é
importante que seja dada especial atenção ao que será descrito.

Conhecer as funções da janela Projeto e seus usos.


Apresentar as configurações do sistema.
Compreender qual a relação entre os arquivos criados no projeto e no disco rígido.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

13

4.1 A janela “Projeto”

Vídeo 1 – Janela Projeto


A janela “Projeto” é a janela principal do programa, através da qual é possível navegar
entre os diversos pavimentos e ambientes do Lumine.
L . A janela tem uma apresentação de forma
hierárquica, podendo ser contraída ou expandida selecionando as opções [ - ] ou [ + ].

Janela Projeto

4.2 Configurações do Lumine

Vídeo 1 – Configurações na janela “Projeto”


As configurações no Lumine são organizadas, conforme seu contexto
contexto e aplicação, em
quatro grupos principais:
Configurações de projeto
Cadastro de peças
Cadastro de esquemas
Configurações do sistema
Algumas dessas configurações serão estudadas mais detalhadamente ao longo do curso.
O último desses grupos contém uma configuração homônima, chamada configuração-sistema,
configuração
que tem a função de definir a localização das pastas padrão utilizados no Lumine.

Vídeo 2 – Configurações de sistema


A pasta padrão refere-se
refere se ao caminho do disco rígido que o programa irá utilizar como
default no momento de abrir ou gravar um arquivo.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

14

Assim, para facilitar o trabalho durante o curso, será definida nessa configuração a pasta
em que você salvou os arquivos de apoio deste curso
Execute um duplo clique sobre o item Configurações-Sistema na janela “Projeto”
Altere o caminho dos arquivos do projeto para o endereço da pasta em que você salvou
os Arquivos de Apoio deste curso

Configurações do sistema

4.3 Gerenciamento dos arquivos do projeto


O Lumine guarda em um único arquivo de extensão PRE todas as informações
pertencentes ao projeto, como a posição dos pontos, eletrodutos e quadros, bem como as
informações de cálculo e de geração de desenhos.
Ao ser gravado e ao ser aberto, o arquivo PRE gera automaticamente cópias de
segurança com a extensão BAK e SAV,
SAV no mesmo endereço do disco onde foi definido o arquivo
PRE.

Simulação da criação dos arquivos bak e sav na elaboração de um projeto

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

15

Projeto
Arquivos utilizados no projeto Arquivos gerados pelo programa
DWG PRC
DXF CAD
CAD DTS
Etc. DXF

5 O ambiente croqui
Neste tópico iremos estudar um dos principais ambientes do Lumine, que é o croqui. É
nele que é efetuado todo o lançamento de uma instalação e no qual o usuário passa grande parte
do tempo total gasto na elaboração de um projeto.
Sendo assim, o principal objetivo deste capítulo é mostrar o funcionamento do ambiente
croqui e as formas de instruções de comandos nele utilizadas.

Janela de CAD

Vídeo 1 – Ambiente Croqui


Clique no botão [+] ao lado do pavimento Térreo, para que a árvore deste pavimento
seja expandida.
Execute um duplo clique sobre o item “croqui”.

Vídeo 2 – Acessando as configurações de CAD


Execute um duplo clique sobre o item “Configurações - CAD” na janela
anela “Projeto”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

16

Vídeo 3 – Configurações de CAD


Fontes: propriedades das fontes que serão utilizadas nos diferentes elementos da
instalação.
Cursor: podem ser definidos os tamanhos da mira e das linhas guia do cursor.
Recomenda-sese que o tamanho da mira fique entre 8 e 16 pixels.
Captura: pode-se
se definir para cada tipo de captura se vai haver destaque e qual será a
cor e tamanho do marcador.
Cor do fundo: a cor do fundo do croqui é personalizada pelo usuário.

Configurações de CAD

5.1 Gerenciamento dos arquivos do projeto


Os comandos disponíveis no Lumine
L podem ser executados de cinco maneiras:
1) Menus principais – Localizados na parte superior da janela do aplicativo, variando de
acordo com a janela corrente.

Vídeo 1 – Menus principais


No menu “Construir” execute o comando “Linha”.
Clique no primeiro ponto (em qualquer lugar da tela) e no segundo ponto (também em
e
qualquer lugar da tela).
Pressione “Enter” no teclado para encerrar o comando.

2) Botões de atalho – Dispostos segundo a organização das barras de ferramentas.


Pressionando-se
se o botão, o comando correspondente é ativado.

Vídeo 2 – Botões de atalho


Clique sobre o botão de atalho para executar o comando.
Clique no primeiro ponto (em qualquer lugar da tela) e no segundo ponto (também em
qualquer lugar
ugar da tela).
Pressione “Enter” no teclado para encerrar o comando.

3) Teclas de atalho – É a maneira mais eficiente


eficiente e rápida de executar um comando, através
da definição de uma combinação de teclas e letras.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

17

Vídeo 3 – Teclas de atalho


Acesse o menu “Configurações
Configurações-Teclas de atalho”.
Escolha a categoria “Construir”
“C e selecione o comando “Linha”.
Para o comando “linha
linha” defina a letra “L”.
Feche o diálogo clicando no botão “Fechar”.
No croqui, escreva a letra “L” na linha de comando e tecle “Enter”.
Desenhe uma linha do mesmo modo como fizemos antes.

Configurações de tecla de atalho

4) Mnemônicos – são seqüências


seqüências de letras que caracterizam um determinado comando e
que podem ser digitadas na linha de comando.

Vídeo 4 – Mnemônicos
Escreva o mnemônico
nemônico [L I N H A] na linha de comando e tecle “Enter
nter”.
Construa a linha como nos outros exemplos.

5) Menus de contexto
contexto – Consiste em selecionar um comando através do botão direito do
mouse, clicando sobre o elemento que se deseja manipular. Cada tipo de elemento
possui um menu contendo opções específicas.

Vídeo 5 – Menus de contexto


Clique sobre qualquer ponto da tela com
c o botão direito do mouse.
Estarão disponíveis comandos relativos a zoom e visualização.
Clique com o botão direito do mouse sobre uma linha.
Pode-se
se notar a existência de outros comandos. Na verdade, estarão disponíveis todas
as funções possíveis de serem aplicadas sobre o elemento ou grupo de elementos
selecionados.
Selecione todas as linhas desenhadas até esse momento.
Clique com o botão direito do mouse sobre uma delas.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

18

Selecione o comando “Apagar”.

5.2 Ajuda para os comandos


Acesse o menu “Configurações” e posicione o mouse sobre o comando “Teclas de
atalho”, sem executá-lo.
Pressione a tecla “F1” e repare que se abre uma janela com explicações sobre as teclas
de atalho.
Você também poderá fazer isso sobre qualquer diálogo aberto pelo programa.

6 Iniciando o trabalho
Nesta etapa temos duas coisas importantes a fixar: o uso da linha de comando e os
comandos de visualização, já que qualquer coisa que façamos no programa depende disso.
Assim, temos como objetivos:
Caracterizar a linha de comando e definir sua importância.
Apresentar os comandos de visualização para facilitar a manipulação dos recursos
gráficos.

6.1 A linha de comando


A linha de comando é a interface de comunicação entre o software e o usuário. É através
dela que o programa solicita ao usuário as informações necessárias para a conclusão do
comando.
Também na linha de comando podem ser digitados mnemônicos para acesso rápido aos
comandos.

A linha de comando

Vídeo 1 – Comando “Construir – Retângulo”


Execute o comando “Construir- Retângulo”.
Sintaxe: [uma palavra ou grupo de palavras] – [outra palavra ou grupo de palavras.]
Tudo o que estiver à esquerda do hífen corresponde ao comando propriamente dito (no
caso, é o comando Retângulo).
Tudo o que estiver à direita do hífen são os dados que devem ser informados pelo
usuário, necessários para a conclusão do comando.
Informe o primeiro ponto deste retângulo e, em seguida, o segundo ponto do retângulo.
Repita esse procedimento mais duas vezes construindo retângulos como indica a figura.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

19

Retângulos desenhados para exercitar a utilização da linha de comando.

O trabalho utilizando o Lumine necessita que o usuário acompanhe


permanentemente a linha de comando para a execução de qualquer comando.
Procure acostumar-se
acostumar se a trabalhar olhando todo o tempo para a linha de
comando. Isso vai evitar que você cometa erros durante a execução do
comando, o que reduz sua produtividade
produtividade no uso do programa.

6.2 Comandos de visualização


Como o ambiente de lançamento da estrutura é gráfico, precisamos fazer uso de
ferramentas de visualização que nos auxiliam a trabalhar com maior precisão e segurança, sobre
os elementos de desenho.

Os comandos de visualização são transparentes,


isto é, podem ser acessados durante a execução
de outros comandos, sem interrompê-los.

Dentre as ferramentas de visualização, as mais utilizadas são:


Zoom
Zoom Anterior
Atualizar
Enquadrar
Afastar
Deslocamentos unidirecionais (Pan)

Vídeo 1 – Comandos de Visualização


Os comandos de visualização podem ser acessados principalmente pelos menus, botões
de atalho, menu de contexto e teclas de atalho. Como são utilizados centenas ou milhares de
vezes num projeto, é muito importante que você se habitue a utilizá-los
utilizá los pelas teclas de atalho,
que você pode descobrir diretamente pelo menu.
Assim, para o comando zoom a tecla de atalho é [F5].
Para o comando “zoom anterior” é [F6].
Atualizar é [F7].
Enquadrar é [Alt + F7].
F7

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

20

Afastar é [F2].
Deslocamentos unidirecionais (Pan) é a combinação das teclas [CTRL+setas]

Vídeo 2 – Comando Zoom [F5]


Execute o comando “Visualizar-Zoom”.
Clique sobre os retângulos como indicado para definir o primeiro ponto da janela e, em
seguida, complete o comando com o segundo ponto.
Pressione a tecla “F5”.
Aproxime o desenho definindo uma janela de zoom através do ponto inicial e final.
Repita os dois últimos passos para aproximar ainda mais o desenho.

Vídeo 3 – Comando Zoom anterior [F6]


Execute o comando “Visualizar-Zoom” anterior para retroceder um nível de zoom.
Pressione a tecla “F6” para executar novamente o comando zoom anterior e voltar mais
um nível de zoom.
Pressione mais uma vez a tecla “F6” e repare que não há mais zoom a retroceder.

Vídeo 4 – Comando Afastar [F2] e Aproximar [Alt+F2]


Pressione o comando “F2” quatro vezes para afastar o desenho.
Pressione o comando “Alt+F2” quatro vezes para aproximar o desenho.

Vídeo 5 – Comando Pan


Execute o comando através do botão de atalho indicado.
Clique sobre o primeiro ponto do deslocamento (ponto que vai ser deslocado).
Clique no segundo ponto (destino do deslocamento).
Comando “CTRL+Setas“:
Pressione e mantenha pressionada a tecla “CTRL” do teclado.
Pressione as setas direcionais do teclado.

Vídeo 6 – Comando Atualizar [F7] e Enquadrar [Alt+F7]


Execute o comando “Atualizar” através da tecla de atalho “F7”.
Execute o comando “Enquadrar” através da tecla de atalho “Alt + F7”.

Vídeo 7 – Apagando os elementos do desenho


Execute o comando “Enquadrar” através da tecla de atalho “Alt + F7”.
Pressione a tecla “F2” para afastar o desenho.
Selecione todos os elementos do desenho.
Pressione a tecla “Del” do teclado.

6.3 Dicas Fundamentais


Antes de finalizarmos este item, é importante destacar algumas dicas importantíssimas
para que você tenha mais sucesso no uso do Lumine.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

21

Não fique com o botão do mouse apertado. Sempre clique e solte imediatamente.
Quando, por acaso, acontecer algum problema durante a execução de um comando, use
a tecla “ESC” e depois “F7” para atualizar a tela.
Somente use o botão desfazer quando não desejar mais um determinado comando já
executado com sucesso.

7 Sistemas de coordenadas do Lumine


Neste tópico, aprenderemos como o Lumine define seu sistema de coordenadas e como
trata as escalas de desenho durante o lançamento da estrutura. Esses são conceitos essenciais
para podermos efetuar o lançamento de maneira ágil no programa.

7.1 Escala do desenho


Todo o desenho técnico com finalidade de informação (caso dos projetos de um modo
geral) são feitos em uma escala conhecida, seja ele desenhado no papel ou mesmo em CAD.
No caso de alguns softwares de CAD, não há uma escala explícita de desenho durante
sua criação, sendo esse um problema posterior, para impressão.

Vídeo 1 – Escala do desenho


No caso do Lumine, a indicação da escala que se está trabalhando com o desenho fica
ao lado da linha de comando.
Pode ser necessário alterar esta escala de trabalho para a estrutura que será lançada, o
que pode ser feito através do comando Manipular-Alterar escala.
Em geral, trabalha-se na escala 1/50.
A escala definida não tem influência durante a construção do desenho. O valor da escala
influencia somente no momento da impressão e na hora de exportar e importar desenhos
de arquivos dwg/dxf.

As unidades de desenho são em centímetros

7.2 Coordenadas absolutas


A coordenada absoluta da janela de CAD representa a distância de um determinado
ponto em relação à origem do sistema e define a posição de cada elemento. Pode ser associada
diretamente ao plano cartesiano padrão ou a um plano de coordenadas polares.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

22

Sistema de coordenadas absolutas

Vídeo 1 – Posição das coordenadas absolutas


No Lumine, a origem do sistema de coordenadas não fica visível, ou seja, não há uma
indicação gráfica de onde inicia o sistema de coordenadas.
Porém, observe que, no canto inferior direito da tela, conforme o cursor varia de posição
as coordenadas são alteradas instantaneamente.

Vídeo 2 – Localizando a origem do sistema de coordenadas


Execute o comando “Construir – Linha”.
Digite o primeiro ponto da reta na linha de comando como sendo 0,0.
Pressione “Enter”.
Origem fora da tela:
Execute o comando “Visualizar-Enquadrar” ou “ALT+F7” no teclado.
Pressione e mantenha pressionada a tecla “CTRL” + seta para baixo e seta para a
esquerda.

Vídeo 3 – Concluindo a primeira reta


Digite as coordenadas 50,200 e pressione “Enter”.
Pressione a tecla “Enter” novamente para encerrar o comando.
Pressione a tecla “F7” para atualizar a visualização.

Não deu certo:


Qual foi o seu problema?

Não consegui fazer o primeiro ponto:


Talvez você tenha esquecido de efetivar o comando linha ou estava com outro
comando ativo.
• Pressione a tecla “Esc” três vezes e atualize a tela com o comando “F7”.
• Agora clique no botão Repetir Explicação e veja novamente como fazer essa
linha.
Não consegui visualizar o ponto inicial da reta:
Provavelmente seu problema é com os comandos de zoom.
• Deixe o mouse de lado, na posição que estiver.
• Pressione a tecla “CTRL” no teclado e mantendo-a apertada pressione as

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

23

setas direcionais. Você vai perceber um deslocamento de posição da tela.


• Siga a reta, até o ponto onde está a origem, você vai encontrá-la!
Se isso não funcionou:
• Pressione três a cinco vezes o botão “F2” para afastar o desenho e veja,
através do movimento do mouse onde está a origem indicada pela variação
dos valores das coordenadas.
• Pressione a tecla “Esc” três vezes e atualize a tela com o comando “F7”.

Não consegui fazer o segundo ponto:


• O segundo ponto é feito apenas digitando 50,200 na linha de comando.
Porém você deve ter digitado ponto ao invés de vírgula.
• Se não existe nenhuma linha, pressione a tecla “Esc” três vezes e atualize a
tela com o comando “F7”.

7.3 Coordenadas relativas

Sistema de coordenadas relativas

Como exemplo de aplicação para as coordenadas relativas será de construído um


quadrado de lado igual a 200cm, distante da origem em 300cm, a partir de quatro segmentos de
reta, utilizando as coordenadas relativas cartesianas e polares.

Vídeo 1 – Iniciando a construção de um quadrado de lado 200cm


Execute o comando construir-linha.
Defina o primeiro ponto através da coordenada global 300,0.
Pressione a tecla ENTER no teclado.

Vídeo 2 – Definindo o segundo ponto


Defina o segundo ponto por coordenadas relativas cartesianas, informando @0,200.
Pressione a tecla “Enter” no teclado.

Vídeo 3 – Definindo a próxima reta


Defina o terceiro ponto com as coordenadas relativas @200,0.
Pressione a tecla “Enter” no teclado.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

24

Vídeo 4 – Definindo o quarto vértice


Defina o quarto vértice a partir da coordena relativa polar @200<270.
Pressione a tecla “Enter” no teclado.

Vídeo 5 – Fechando o quadrado


Feche o quadrado com a coordenada @200<180.
Pressione a tecla “Enter” no teclado.

Não deu certo:


Qual foi o seu problema?

Alguma reta não saiu na horizontal ou vertical:


Pode ser que, em algum dos passos listados não tenha sido digitado o @
antes da coordenada.
Neste caso, você poderá pressionar o botão “Desfazer” tantas vezes quanto
for necessário para desfazer até a reta que não está na horizontal ou vertical.
Execute novamente o comando linha e clique sobre a última extremidade que
você construiu. Agora repita os passos que estão faltando.

Encerrei o comando sem querer:


Você deve ter pressionado o comando “Enter” ou o botão direito do mouse
além do necessário.
Execute novamente o comando linha e clique sobre a última extremidade que
você construiu. Agora repita os passos que estão faltando.
Se você não conseguir fazer isso, apague essas linhas e reinicie esse tópico.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

25

Aula 2 – Ferramentas de Captura

1 Precisão de desenhos
Uma das características do sistema CAD é a possibilidade de construção de elementos
com bastante precisão, devido ao fato de que os elementos são construídos com base em
coordenadas cartesianas e não em precisão visual.
Sendo assim, o objetivo dessa aula é capacitar plenamente o entendimento das funções
de captura, diferenciando as capturas de ponto das ferramentas de captura.

Barra de Captura de Pontos e Ferramentas de Captura

Vídeo 1 – Abrindo o arquivo


Execute o Lumine na área de trabalho.
Abra o arquivo “Aula02.pre” que você fez o download para a pasta padrão dos arquivos
de apoio.
Selecione o croqui do pavimento “Térreo” e dê dois cliques de mouse sobre ele.

2 Captura de pontos
Os comandos de “captura de pontos” sempre selecionam pontos pertencentes ao
elemento selecionado, de modo que somente funcionarão quando a “mira do mouse” estiver
sobre o elemento.

Captura de pontos

Ponto Notável Ponto no Elemento Intersecção Perpendicular

Selecionam pontos pertencentes ao elemento selecionado.


Sempre um dos quatro comandos estará acionado.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

26

2.1 Ponto notável

Captura ponto notável

O funcionamento desta captura segue os seguintes preceitos:

O programa verifica quais os elementos contidos na região da mira quando ocorre a


seleção.
Com base nos elementos contidos na mira, é adotado o ponto notável mais próximo da
posição da mira. Nesse caso, o ponto é destacado através de um pequeno retângulo
sobre o ponto capturado.
Caso nenhum elemento esteja na região do cursor, o próprio ponto é utilizado. Nesse
caso, nenhum elemento será destacado.

Ao tentar capturar um ponto notável evite clicar exatamente sobre o ponto no


qual vai ser efetuada a captura. Posicione o mouse um pouco antes ou depois
e veja a marca da captura do ponto notável. Este procedimento impede uma
série de erros sistemáticos.

Vídeo 1 – Desenhar a primeira linha


Habilitar captura “Ponto Notável”.
Executar o comando “Construir- linha”.
Construir uma reta inclinada.

Vídeo 2 – Desenhar primeiramente um triângulo qualquer


Tecle “Enter” para iniciar novamente o comando linha.
Clique na extremidade superior da linha quando aparecer a marca da captura.
Defina o segundo ponto numa posição à direita e abaixo do primeiro ponto.
Finalize o triângulo clicando próximo à extremidade da primeira linha criada.

Vídeo 3 – Determinar uma mediana deste triângulo


Tecle “Enter” para iniciar novamente o comando linha.
Capture o vértice inferior esquerdo do triângulo.
Posicione a mira sobre a parte central da reta oposta, próximo ao ponto médio.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

27

Ao aparecer a marca de captura, clique sobre a linha.


Pressione “Enter” para encerrar o comando.

Exemplo de aplicação da captura ponto notável

2.2 Intersecção
O tipo de captura intersecção é o mais completo de todos, englobando o funcionamento
da captura notável com a inclusão da possibilidade de capturar intersecções entre elementos.

Captura intersecção

O importante é que a própria


própria intersecção esteja contida na região do cursor, e não
apenas o elemento.

Funcionamento da captura:
O programa verifica quais os elementos contidos na região da mira quando ocorre a
seleção.
Com base nos elementos selecionados, é verificado se existe alguma intersecção entre
elementos na região do cursor. Caso exista, a intersecção tem preferência de seleção
sobre os pontos notáveis, e é destacada com uma cruz.
Caso não haja nenhuma intersecção na região do cursor, o programa escolhe o ponto
notável mais
is próximo da mira, destacado com um pequeno retângulo.
Caso nenhum elemento esteja na região do cursor, o próprio ponto é utilizado. Neste
caso, nenhum elemento será destacado.

Ao tentar capturar um ponto notável com a captura intersecção


evite clicar exatamente sobre o ponto no qual vai ser efetuada a
captura. Clique um pouco antes ou depois e veja a marca da
captura no ponto notável ou na intersecção.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

28

Vídeo 1 – Construindo outra mediana


Certifique-se de que a ferramenta de captura “Intersecção” está ativada.
Execute o comando “construir-linha” e clique sobre a extremidade de um dos vértices do
triângulo.
Posicione a mira sobre a face oposta ao vértice inicial e clique sobre seu ponto médio.

Vídeo 2 – Construindo o baricentro


Tecle “Enter” para ativar novamente o comando linha.
Posicione a mira sobre a interseção e, no momento que a captura estiver acesa, clique
sobre esse ponto e inicie a reta.
Clique sobre o vértice extremo, indicado pela captura de extremidade.
Tecle “Enter” para encerrar o comando e “F7” para atualizar o desenho.

Exemplo de aplicação da captura intersecção

2.3 Ponto no elemento


O tipo de captura no elemento (ou mais próximo) é bastante diferente dos demais e
usado apenas em situações muito específicas, pois captura um ponto qualquer no elemento, que
não será nenhuma das suas extremidades.

Captura ponto no elemento

O ponto resultante dependerá da posição do cursor,


tornando seu uso basicamente visual.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

29

Funcionamento da captura:
Após selecionado o elemento, o programa verifica todos os elementos contidos na região
da mira.
Com base nos elementos selecionados, é destacado o elemento mais próximo da
posição do cursor. A projeção do ponto do cursor no elemento definirá o ponto
resultante, que será o ponto da linha mais próximo ao centro da mira (perpendicular), que
é destacado com um círculo.

A captura ponto no elemento tem uso bastante restrito e, por suas


características é bastante perigosa. Sempre que você precisar dela,
lembre-se de desligá-la logo após seu uso trocando-a por outra
captura.

Vídeo 1 – Construindo uma linha em posição qualquer no elemento


Utilizando a mesma figura que vem sendo construída, aplicar a captura ponto qualquer:
Ativar a captura ponto no elemento.
Executar o comando construir-linha.
Como primeiro ponto, escolher um ponto qualquer no croqui, fora da figura.
Segundo ponto da reta será um ponto qualquer no lado do triângulo.

Exemplo de aplicação da captura ponto no elemento

2.4 Perpendicular
Este tipo de captura se aplica quando se deseja construir um elemento perpendicular a
outro existente.

Captura perpendicular

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

30

Funcionamento da captura:
Clicar sobre um ponto qualquer da linha destino.
O programa verificará todos os elementos contidos na região da mira.
O ponto resultante será a projeção (perpendicular) do ponto inicial sobre a linha
encontrada.
Caso nenhum elemento esteja na região do cursor, o próprio ponto é utilizado.

Para a definição do ponto inicial de linhas e similares, ou para a inserção de elementos


pontuais, a captura perpendicular comporta-se como se fosse a captura intersecção, permitindo
a captura dos pontos notáveis já estudados

Ao tentar construir uma linha perpendicular à outra existente, evite


clicar sobre o ponto no qual é formado o ângulo reto. Clique em
qualquer outro ponto da linha e veja a linha correndo até o ponto no
qual é formado o ângulo reto.

Vídeo 1 – Construindo uma linha perpendicular à outra


Ativar a captura perpendicular.
Executar o comando “construir-linha”.
Clicar num ponto fora da figura.
Clicar sobre a linha com a qual se formará o ângulo reto.
Teclar “Enter” e “F7”.

Exemplo de aplicação da captura perpendicular

3 Ortogonal
O comando ortogonal não executa uma função, mas define um COMPORTAMENTO na
construção dos elementos no CAD.

O modo ortogonal pode


ser executado via teclado,
através da função [F8].
Barra de ferramentas de CAD

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

31

Não se pode confundir a captura perpendicular, que forma um elemento em


ângulo reto com outro selecionado, e o modo Ortogonal que constrói
elementos nas direções horizontal e vertical e em ângulos de 45 graus.

Vídeo 1 – Uso do modo ortogonal


Certifique-se de que a ferramenta de captura “intersecção” está ativada.
Executar o comando “Construir-indicador”.
Definir o primeiro ponto do indicador abaixo e à esquerda da figura.
Pressionar a tecla “F8”, para acionar o comando “Ortogonal”.
Definir o segundo ponto da linha um pouco à direita do primeiro ponto.

Não deu certo:


Se você não conseguiu fazer essa etapa é provável que não tenha executado o comando
indicador corretamente.
Nesse caso, pressione duas vezes a tecla ESC e uma vez a tecla F7.
Caso você tenha construído alguma linha errada no lugar do indicador apague-a com o
comando manipular-apagar.
Agora clique novamente no botão repetir explicação e tente novamente.

Vídeo 2 – Direcionar o terceiro


Clicar próximo à intersecção do baricentro.
Pressione a tecla “Enter” e, em seguida, “F7” para atualizar o desenho.

Não deu certo:


Se você não conseguiu continuar com o indicador ou executou uma operação errada,
pressione duas vezes a tecla ESC e clique uma vez no botão Desfazer ou vá no menu
Manipular e clique em Desfazer.
Agora clique novamente no botão repetir explicação e tente novamente.

Vídeo 3 – Concluindo o texto indicativo


Execute o comando “construir-texto”.
Digite no diálogo o texto: Baricentro.
Clique no botão “OK”.
Clique sobre a linha horizontal do indicador.
Pressione a tecla “F7” para atualizar o desenho.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

32

Exemplo de aplicação do modo ortogonal

Não deu certo:


Se você não conseguiu construir o texto, pressione duas vezes a tecla ESC e repita o
comando.
Para isso, clique no botão repetir explicação e tente novamente.

4 Ferramentas de captura
Neste capítulo vamos estudar as “ferramentas de captura” e os modos como elas se
associam às “capturas de pontos”.
As ferramentas de captura são comandos auxiliares, porém essenciais em nosso trabalho,
para seleção de pontos que utilizam “pontos de referência” a partir de um ou dois elementos já
construídos.
As ferramentas de captura são usadas associadas à captura de pontos, devendo ser
ativadas somente no momento de sua utilização.
Esta observação é muito importante, porque quando mantidas ligadas, estas ferramentas
podem prejudicar a captura de pontos, gerando problemas no lançamento. Portanto: Sempre
após seu uso, é necessário que sejam desligadas!

Ferramentas de captura

Ponto Médio Ponto Relativo Quadrante Ponto Paralelo

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

33

4.1 Ponto relativo


A ferramenta ponto relativo é geral e serve para construção de elementos que tenham
uma distância qualquer a partir do seu ponto de referência.

Captura ponto relativo

Vídeo 1 – Criar o retângulo de referência


Executar o comando “Construir-retângulo”.
Na linha de comando, digite a coordenada 500,0 e tecle “Enter”.
Informe o segundo ponto do retângulo com a coordenada 700,200 e tecle “Enter”.

Não deu certo:


Se você não conseguiu construir esse retângulo, pressione a tecla “ESC” duas vezes e clique
no botão “repetir explicação” para ver novamente como fazer.

Vídeo 2 – Definir o primeiro ponto do retângulo interno


Execute o comando “construir-linha”.
Ative a ferramenta “ponto relativo” na barra de ferramentas.
Clique próximo do vértice inferior esquerdo do retângulo já construído.
Digite na linha de comando o deslocamento 30,30 e tecle “Enter”.

Não deu certo:


Se você não conseguiu construir o texto, pressione duas vezes a tecla ESC e repita o
comando.
Para isso, clique no botão repetir explicação e tente novamente.

Vídeo 3 – Finalizando a primeira linha


Posicione o cursor sobre o vértice superior esquerdo do retângulo e clique sobre esse
ponto.
Informe na linha de comando o deslocamento 30, -30.
Tecle “Enter” e depois “F7”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

34

Não deu certo:


Se você construiu o retângulo, mas não conseguiu fazer o primeiro ponto, pressione a tecla
“ESC” duas vezes.
Certifique-se de que você está com a captura “intersecção” e a ferramenta “ponto relativo”
ligadas. Agora clique no botão “repetir explicação” para ver novamente como fazer.

Vídeo 4 – Construindo mais duas linhas


Posicione o cursor sobre o vértice superior direito do retângulo externo e clique sobre
esse ponto.
Informe na linha de comando o deslocamento de -30,-30 e tecle “Enter”.
Posicione o cursor sobre o vértice inferior direito do retângulo externo e clique sobre esse
ponto.
Informe na linha de comando o deslocamento de -30, 30 e tecle “Enter” e depois “F7”.

Não deu certo:


Se a linha que você criou ficou torta utilize uma vez o comando “Desfazer” (através do atalho
ou do menu “manipular”) para eliminar a linha que está com erro.
Desligue temporariamente a ferramenta “ponto relativo” e execute novamente o comando
“construir- linha” clicando sobre a última extremidade que está na posição correta.
Agora ligue novamente a ferramenta “ponto relativo” e continue os trechos que faltam. Se
necessário, clique no botão “repetir explicação” para ver novamente como fazer.

Vídeo 5 – Construindo a última linha


Desligue a ferramenta ponto relativo.
Clique diretamente na extremidade da linha interna.
Tecle “Enter” para encerrar o comando e “F7” para atualizar a tela.

Exemplo de aplicação da ferramenta ponto relativo

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

35

Não deu certo:


Pressione a tecla “ESC” duas vezes.
Desligue temporariamente a ferramenta “ponto relativo” e execute novamente o comando
“construir- linha” clicando sobre a última extremidade que está na posição correta.
Agora clique sobre o último vértice do retângulo interno que ficou faltando para completar
esse retângulo.

4.2 Ponto médio


A ferramenta “ponto médio” corresponde ao primeiro dos botões das “ferramentas de
captura”. É adequada quando se quer selecionar o ponto médio a partir de dois pontos de
referência.

A barra de espaço passa a funcionar como botão “Enter”, para


confirmação de etapas e para repetir o último comando.

Vídeo 1 – Construir um retângulo interno aos existentes


Executar o comando “construir – linha”.
Ativar a captura “ponto médio”.
Definir o primeiro e o segundo ponto de referência.
O programa retornará com o ponto médio entre os pontos de referência.
Os pontos seguintes são determinados da mesma forma.
Ao final da última linha, tecle “Enter” e “F7” para atualizar a tela.

Exemplo de aplicação da ferramenta ponto médio

Não deu certo:

Se você não conseguiu iniciar esse novo retângulo, pressione a tecla “ESC” duas vezes e
clique no botão “repetir explicação” para ver novamente como fazer.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

36

Uma das linhas ficou torta:

Pressione a tecla “ESC” duas vezes.

Utilize uma vez o comando “Desfazer” (através do atalho ou do menu “manipular”)


para eliminar a linha que está com erro.

Execute o comando “construir – linha” e clique nos dois pontos de referência


correspondentes ao último vértice lançado e continue os trechos que faltam. Se
necessário, clique no botão “repetir explicação” para ver novamente como fazer.

4.3 Quadrante
A ferramenta “quadrante” se baseia na ferramenta “ponto relativo”, porém sua aplicação
é vantajosa quando os valores dos deslocamentos são repetitivos em valor absoluto, variando
somente os sinais.

Captura Quadrante

Lógica de aplicação da ferramenta Quadrante:


Definir um deslocamento padrão em duas direções.
Definir um ponto de referência, a partir do qual são criados sistemas com quadrantes
imaginários.
Com estes quadrantes, ao clicar sobre um ponto qualquer situado no primeiro quadrante,
o programa posiciona o ponto deslocado nessa direção com os valores de
deslocamentos padrão pré-definidos.
Da mesma forma, se o mouse for posicionado em qualquer dos demais quadrantes, os
deslocamentos são constantes, porém a direção muda.

Vídeo 1 – Ferramenta quadrante


Execute o comando “construir – linha”.
Ative a ferramenta “quadrante”.
Defina o valor do deslocamento padrão, em valor absoluto, como sendo (15,15).
Tecle “Enter”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

37

Vídeo 2 – Lançando o primeiro ponto


Selecione o ponto de referência no vértice inferior esquerdo do retângulo interno.
Informar a direção do deslocamento, clicando em qualquer ponto no 1º quadrante de
desenho selecionado, procurando regiões nas quais não haja interferências de outros
elementos.
Nos próximos casos, bastam dois passos:
Selecionar o ponto de referência.
Informar a direção do deslocamento.

Caso se deseje alterar o valor do deslocamento ao longo do uso da


ferramenta, deve-se desativar a ferramenta “Quadrante” e depois
ativá-la novamente.

Não deu certo:


Se você não conseguiu definir o deslocamento padrão, pressione a tecla “ESC” duas vezes e
clique no botão “repetir explicação” para ver novamente como fazer.

Uma das linhas ficou torta:

Pressione a tecla “ESC” duas vezes.

Utilize uma vez o comando “Desfazer” (através do atalho ou do menu “manipular”)


para eliminar a linha que está com erro.

Execute o comando “construir – linha” e clique nos dois pontos de referência


correspondentes ao último vértice lançado e continue os trechos que faltam. Se
necessário, clique no botão “repetir explicação” para ver novamente como fazer.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

38

4.4 Ponto paralelo


De maneira distinta em relação às demais capturas de pontos e ferramentas de captura,
a ferramenta de captura “Ponto Paralelo” é exclusiva do Lumine, destinada especialmente ao
lançamento de pontos no interior de paredes.
Para capturar um ponto a uma distância “d” interna à parede, ao invés de traçar linhas
paralelas (o que poderia ser feito com o auxílio do comando Ferramentas-Offset), tendo que
posteriormente apagá-las, esta ferramenta de captura permite obter pontos sobre uma paralela
imaginária de uma linha selecionada, a uma distância definida.

Captura ponto paralelo

O uso dessa ferramenta de captura altera o comportamento da captura de


ponto. Independente da captura selecionada (ponto notável ou intersecção) o
ponto é capturado sempre sobre a linha como se tivesse sido utilizada a
captura ponto no elemento. Isso quer dizer que o ponto captura do está com
precisão somente visual.
Caso se deseje alterar o valor do deslocamento, deve-se desativar a
ferramenta e depois ativá-la novamente.

Vídeo 1 – Ferramenta ponto paralelo


Ative a ferramenta de captura Ponto paralelo.
Execute o comando construir-linha.
Digite na linha de comando o valor de “5cm” e tecle “Enter”.
Clique sobre a linha esquerda do retângulo externo próximo ao vértice inferior.
Clique em qualquer ponto situado à direita da linha de referência.
Clique na linha esquerda do retângulo interno, próximo ao seu vértice superior.
Clique em qualquer ponto à esquerda da linha.
Tecle “Enter” para encerrar o comando.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

39

Aula 3 – Preparação das Arquiteturas

1 Importando o arquivo em formato DWG para o


Lumine
A forma de lançamento da instalação no Lumine V4 é através da planta arquitetônica
digitalizada, importada em formato DWG ou DXF. Essa é a maneira mais simples e prática de
lançar o projeto de cabeamento e, por esta razão, será utilizada neste curso.
Usualmente, os projetos arquitetônicos digitalizados são produzidos no AutoCAD, que é
o software de CAD mais comum e cujos arquivos são gravados em formato “DWG”.
Nosso objetivo é importar para o Lumine essas arquiteturas digitalizadas originais, que
foram entregues para servir de referência ao projeto elétrico.
O arquivo de arquitetura, entretanto, precisa ser modificado para ser utilizado no projeto,
uma vez que está em uma escala qualquer e a uma distância desconhecida da origem.
Essa atividade em que o arquivo deve ser preparado para ser utilizado no lançamento da
instalação tem quatro etapas:
Importar o arquivo DWG.
Converter para escala correta.
Confirmar todas as medidas.
Posicionar origem.

2 Importando a arquitetura do pavimento Térreo

Vídeo 1 – Abrindo o arquivo de etapa


Abra o arquivo “Aula03.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui do pavimento “Térreo”.

Vídeo 2 – Importar o arquivo DWG


Executar o comando “Ferramentas - Ler DWG/DXF”.
Selecionar o arquivo “Arquitetura Térreo.DWG” dentro da pasta “Curso Cabeamento”.
Deve-se ativar as opções Não converter e Manter do desenho original.
Clique no botão “OK”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

40

Diálogo de abertura de arquivos DWG/DXF

2.1 Níveis da arquitetura importada

Arquitetura do pavimento Térreo

Vídeo 1 – Níveis
íveis do desenho
O controle sobre esses níveis é feito através do menu “Configurações – Níveis de
desenho” ou através do atalho disposto na barra de ferramentas “CAD”.
Esta arquitetura, por
por exemplo, tem dois níveis diferentes, sendo que os desenhos
das paredes e aberturas estão em um dos níveis chamado “AR-Arquitetura”
“AR Arquitetura” e os móveis
em outro denominado “AR-Mobília”.
“AR
Esta classificação permite que elementos desnecessários para o lançamento da
instalação sejam eliminados do desenho apenas com variações de níveis ligados e
desligados.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

41

Configurações níveis de desenho

2.2 Convertendo para a escala correta


Quando importamos o desenho de arquitetura para o Lumine, normalmente não sabemos
a escala verdadeira
dadeira em que o desenho foi gerado.
Isso acontece porque geralmente nos softwares de CAD, como o AutoCad, os desenhos
são predefinidos em escala 1:1 ou 1:10, e só na hora de imprimir alteram-se
alteram se as escalas. No
nosso caso, a escala de desenho já é a de impressão.
impr No Lumine, foi criada a ferramenta
“Converter para Escala” com a qual se pode facilmente fazer esta conversão, sem precisar
calcular o fator de escala.

Softwares CAD Lumine

Desenhos
esenhos são predefinidos em A escala de desenho já é a de
escala 1:1 ou 1:10 impressão (1:50)

Vídeo 1 – Definindo os pontos de referência


Execute o comando “Ferramentas - Converter para Escala”.
Pressione a tecla “F5” e abra uma janela de zoom sobre a biblioteca.
Defina o primeiro ponto capturando o ponto interno da parede
parede da biblioteca.
Defina o segundo ponto capturando o ponto interno final da parede da biblioteca.

Vídeo 2 – Informando a distância


Informe na linha de comando a Distância de 700cm e tecle “Enter”.
Enquadre o desenho através do comando “Alt + F7”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

42

Tudo o que é feito no lançamento da instalação no Lumine precisa estar


sempre correto. Para isso, deve-se conferir cuidadosamente cada etapa do
lançamento e, somente depois de conferido, passar para uma nova etapa,
evitando que sejam acumulados erros, que além de serem mais difíceis de
corrigir, são mais difíceis de encontrar.

Vídeo 3 – Conferindo as medidas


Execute o comando “Ferramentas-Medir”.
Pressione a tecla “F5” e abra uma janela de zoom sobre a região da biblioteca.
Selecione os dois pontos da arquitetura utilizados para a conversão da escala.
Verifique se o quadro informa a distância dx igual a 700,000.
Tecle “Enter” para encerrar o comando.

Não deu certo:


Caso você tenha cometido algum engano no momento da seleção dos pontos ou quando
definiu a distância, pressione duas vezes a tecla ESC e repita o procedimento de conversão
da escala. Não há necessidade de desfazer o comando, já que uma nova conversão de
escala corrige qualquer problema anterior.

2.3 Confirmando as medidas do desenho


O objetivo de importar uma planta de arquitetura em formato DWG ou DXF é poder lançar
todo o projeto sobre esta arquitetura. É importante que esse desenho de arquitetura seja de
grande precisão, caso contrário, o lançamento do projeto será feito sobre uma base errada.
Desta maneira, é altamente recomendável conferir todas as medidas de arquitetura
digitalizada para confirmar se esta realmente serve como referência.
É possível que, em alguns casos, conferindo as medidas encontremos diferenças nas
distâncias obtidas em comparação com as informadas na planta arquitetônica. Neste caso, deve-
se primeiro corrigir a planta arquitetônica para depois efetuar a importação do arquivo.

Vídeo 1 – Confirmar todas as medidas


Execute o comando “Ferramentas-Medir” repetidas vezes.
Verificar, trecho a trecho, a medida encontrada com a já prevista.

2.4 Posicionando a origem do desenho


Um ponto importante no lançamento da instalação, baseada na arquitetura digitalizada, é
o correto posicionamento dos desenhos de arquitetura exatamente um sobre o outro.
Para que isto se verifique, deve-se posicionar a origem de cada uma das plantas
arquitetônicas em uma mesma referência, no sistema de coordenadas global do croqui, de modo
que pontos comuns aos pavimentos fiquem alinhados. Veja como fazer isso:

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

43

Vídeo 1 – Posicionando a origem


Enquadre o desenho com as teclas “Alt + F7”.
Pressione a tecla “F2” para afastar o desenho.
Com a tecla “F5”, abra uma janela de zoom que contenha o canto inferior esquerdo do
projeto.
Execute o comando “Ferramentas - Posicionar origem”.
Selecione como ponto de referência a extremidade da linha vertical que fica no canto
inferior esquerdo da obra.
Execute o comando “Visualizar - Enquadrar”.

Vídeo 2 – Conferindo as coordenadas


Mantenha pressionada a tecla “CTRL” e tecle as setas direcionais para baixo e para
esquerda.
Pressione uma vez as teclas “Alt+F2” para aproximar o desenho.
Execute um duplo clique sobre a linha vertical e verifique sua coordenada.
Caso o valor da coordenada do primeiro ponto não seja (0,0), deve-se
deve repetir o comando
“Posicionar origem”.

Propriedades do objeto linha

3 Importando a arquitetura do pavimento Tipo


O procedimento para a preparação das arquiteturas do pavimento Tipo é idêntico ao que
fizemos na preparação das arquiteturas do pavimento Térreo.
Tér
Apesar disso, vamos repetir os passos para que você fixe bem a maneira como as
arquiteturas são inseridas e, com isso, aproveite a arquitetura como referência para o lançamento.

Os pavimentos Tipo 1 e Tipo 2 são exatamente iguais. Portanto faremos a


importação somente do pavimento Tipo 1 e ao final do projeto faremos a copia
de todo o desenho para o pavimento Tipo 2.

Vídeo 1 – Importar a arquitetura do Tipo


Clique sobre o ícone para acesso à janela Projeto e abra o croqui do pavimento Tipo 1.
Execute o comando “Ferramentas
Ferramentas-Ler DWG/DXF”.
Selecione na pasta arquivos de apoio o arquivo “Arquitetura Tipo.DWG””.
Clique no botão “Abrir
Abrir”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

44

Deixe ativas as opções Não converter e Manter do desenho original.


Desative o item converter logo após a leitura e clique em “OK”.

Diálogo de abertura de arquivos DWG/DXF

Vídeo 2 – Converter a escala do desenho


Execute o comando “Ferramentas – Converter para escala”.
Pressione a tecla “F5” e abra uma janela de zoom que destaque a sala de aula abaixo do
banheiro.
Clique no primeiro ponto no vértice interno da parede e, em seguida, no segundo ponto
no vértice oposto da parede.
Informe a distância 700 e tecle “Enter”.
Tecle “Alt + F7” para visualizar todo o desenho novamente.

Não deu certo:


Caso você tenha cometido algum engano no momento da seleção dos pontos ou quando
definiu a distância, pressione duas vezes a tecla ESC e repita o procedimento de conversão
da escala. Não há necessidade de desfazer o comando, já que uma nova conversão de
escala corrige qualquer problema anterior.

Vídeo 3 – Conferindo a nova escala do desenho


Execute o comando “Ferramentas – Medir”.
Pressione a tecla “F5” e abra uma janela de zoom que destaque a sala de aula abaixo do
banheiro.
Clique nos mesmos pontos que utilizamos para a conversão da escala.
Compare a distância encontrada com o valor 700 que é a distância correta.
Aplique o comando medir em outras distâncias conhecidas para verificar a precisão do
desenho.

Vídeo 4 – Posicionar a origem do desenho


Execute o comando “Ferramentas – Posicionar origem”.
Enquadre o desenho com as teclas “Alt + F7”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

45

Pressione uma vez a tecla “F2” para afastar o desenho e uma vez a tecla “F5” para definir
uma janela de zoom próximo ao canto inferior esquerdo da arquitetura.
Clique sobre a extremidade da linha externa.
Pressione as teclas “Alt
Alt + F7”
F7 para enquadrar novamente o desenho.

Vídeo 5 – Verificar o posicionamento da origem do desenho


Pressione a tecla “F2” para afastar o desenho.
Execute um duplo clique sobre a linha horizontal e verifique as coordenadas do primeiro
ponto.
Se algum dos valores estiver diferente de zero, repita o comando “Posicionar a origem”
tantas vezes quanto necessário.
necess

Propriedades do objeto linha

4 Importando a arquitetura do pavimento Cobertura


Por fim vamos preparar as arquiteturas do pavimento Cobertura da mesma forma que
fizemos com os pavimentos anteriores.

Vídeo 1 – Importar a arquitetura da Cobertura


Clique
e sobre o ícone para acesso à janela “Projeto” e abra o croqui do pavimento
“Cobertura”.
Execute o comando “Ferramentas - Ler DWG/DXF”.
Selecione na pasta arquivos de apoio o arquivo “Arquitetura Cobertura.DWG”.
Clique no botão “Abrir”.
Deixe ativas as opções
ões Não converter e Manter do desenho original.
Desative o item “Converter logo após a leitura” e clique em “OK”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

46

Diálogo de abertura de arquivos DWG/DXF

Vídeo 2 – Converter a escala do desenho


Execute o comando “Ferramentas – Converter para escala”.
Pressione a tecla “F5” e abra uma janela de zoom que destaque a sala de aula abaixo do
banheiro.
Clique no primeiro ponto no vértice interno da parede e, em seguida, no segundo ponto
no vértice oposto da parede.
Informe a distância 700 e tecle “Enter”.
Tecle “Alt + F7” para visualizar todo o desenho novamente.

Não deu certo:


Caso você tenha cometido algum engano no momento da seleção dos pontos ou quando
definiu a distância, pressione duas vezes a tecla ESC e repita o procedimento de conversão
da escala. Não há necessidade de desfazer o comando, já que uma nova conversão de
escala corrige qualquer problema anterior.

Vídeo 3 – Conferindo a nova escala do desenho


Execute o comando “Ferramentas – Medir”.
Pressione a tecla “F5” e abra uma janela de zoom que destaque a sala de aula abaixo do
banheiro.
Clique nos mesmos pontos que utilizamos para a conversão da escala.
Compare a distância encontrada com o valor 700 que é a distância correta.
Aplique o comando medir em outras distâncias conhecidas para verificar a precisão do
desenho.

Vídeo 4 – Posicionar a origem do desenho


Execute o comando “Ferramentas – Posicionar origem”.
Enquadre o desenho com as teclas “Alt + F7”.
Pressione uma vez a tecla “F2” para afastar o desenho e uma vez a tecla “F5” para definir
uma janela de zoom próximo ao canto inferior esquerdo da arquitetura.
Clique sobre a extremidade da linha externa.
Pressione as teclas “Alt + F7” para enquadrar novamente o desenho.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

47

Vídeo 5 – Verificar o posicionamento da origem do desenho


Pressione a tecla “F2” para afastar o desenho.
Execute um duplo clique sobre a linha horizontal e verifique as coordenadas do primeiro
ponto.
Se algum dos valores estiver diferente de zero, repita o comando “Posicionar a origem”
tantas vezes quanto necessário.

Propriedades do objeto linha

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

48

Aula 4 – Lançamento dos Pontos de


Telecomunicação

1 Memorial de cálculo
Vamos agora efetuar os cálculos que nos possibilitarão conhecer a quantidade de pontos
de telecomunicação que serão disponibilizados em toda a edificação para que assim possamos
dimensionar a capacidade dos armários de telecomunicação.
Por norma cada área de trabalho deve atender, no máximo, uma área de 10m2. E cada
área
ea de trabalho deve disponibilizar, no mínimo, duas tomadas de telecomunicação.
Para calcularmos a quantidade de áreas de trabalho em cada sala vamos precisar saber
a área de cada ambiente. E posteriormente analisar a necessidade de cada sala de acordo com a
disposição da mobília.

1.1 Pontos de Telecomunicação – Pavimento Térreo

Arquitetura do pavimento Térreo

Planilha de cálculo de pontos do pavimento Térreo

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

49

1.2 Pontos de Telecomunicação – Pavimento Tipo

Arquitetura do pavimento Tipo

Planilha de cálculo de pontos do pavimento Tipo

1.3 Pontos de Telecomunicação – Pavimento Cobertura

Arquitetura do pavimento Cobertura

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

50

Planilha de cálculo de pontos do pavimento Cobertura

2 Lançamento dos pontos de telecomunicação do


pavimento Térreo
Definida a quantidade de pontos que instalaremos em cada cômodo iniciaremos o
lançamento dos pontos de telecomunicação no Lumine.
Utilizaremos nestes lançamentos pontos simples com apenas uma tomada de
telecomunicação, e dois tipo de conjuntos: com duas e seis tomadas.

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Térreo


Abra o arquivo “Aula04.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Térreo”.

2.1 Inserindo o primeiro ponto

Vídeo 1 – Preparação do lançamento


Pressione a tecla “F2” uma vez para afastar o desenho.
Pressione a tecla “F5” para definir um zoom próximo ao lavabo.
Defina esse ponto próximo ao vértice inferior esquerdo e defina o segundo ponto acima e
à direita da sala.

Antes de lançar algum elemento, deve-se verificar se a captura de pontos que


está ligada é a correta. A captura Intersecção é a captura usada na maioria
dos casos. É necessário mantê-la ligada sempre, alterando para outro tipo de
captura apenas quando for necessário.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

51

Vídeo 2 – Acesso ao comando “Cabeamento - Conjuntos”


Execute o comando “Cabeamento-Conjuntos
“Cabeamento - (2x) PT Dados“.
Informe a posição “Baixa”.
Clique no botão “OK”.

Diálogo de lançamento de pontos de dados

Vídeo 3 – Ponto paralelo


Ative a ferramenta de captura “Ponto paralelo”.
Digite na linha de comando o deslocamento igual a “5”.
Tecle “Enter” para confirmar a distância.

Vídeo 4 – Definição dos ramais


Selecione um ponto sobre a linha da arquitetura, próximo à mesa do computador mais
abaixo.
Clique com o mouse em um ponto
p qualquer à direita da linha.
Escolha o tipo de conector “110 IDC - 4P”.
No grupo Fiação escolha a opção “UTP 5e (24AWG)” no item “Família”.
Pressionar o botão “OK”.

Diálogo de configurações do ramal

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

52

Vídeo 5 – Escolhendo a peça a ser utilizada


Ative todos os filtros.
Selecione o grupo “Dispositivo de cabeamento – Embutir”.
Escolha a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 Módulos – Baixa”.
Escolher, dentre as diferentes simbologias cadastradas para essa peça, a primeira
simbologia.
Pressionar
sionar “Enter” para atribuir a peça e fechar o diálogo.
Ative a ferramenta Ortogonal, pressionando “F8” ou o botão na barra de
ferramentas.
Informe um ponto qualquer à esquerda da tomada.
Pressione “Enter” para encerrar o comando.

Primeiro conjunto de pontos lançado

Quando a opção “Cadastro completo” está ativada, o programa pesquisa em


todo o Cadastro de Peças pelas peças que correspondem ao Filtro atual. Se
estiver desligada, o programa lista apenas as peças já utilizadas no projeto, de
forma a facilitar a seleção de uma peça já usada em outro ponto do projeto.
Se a opção “Cadastro completo” estiver desligada e o programa não encontrar
no projeto nenhuma peça que satisfaça as condições do filtro, essa opção será
ligada automaticamente pelo programa
programa para tentar localizar uma peça
adequada no cadastro.

Não deu certo:


Qual foi o seu problema?

Lancei na posição errada:


errada
Caso a simbologia não tenha ficado posicionada corretamente, o procedimento
correto é desfazer o comando acessando o menu Manipular – Desfazer.
Confira se a captura Intersecção e a ferramenta de captura Ponto médio estão

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

53

ativadas e se os dois pontos indicados para captura e posicionamento estão sendo


selecionados corretamente.
Depois disso, acesse novamente o comando Cabeamento – Conjuntos – (2x) PT
Dados e relance a peça.

Escolhi a peça errada:


Caso tenha escolhido a peça errada não é necessário efetuar o lançamento do ponto
novamente, pois o Lumine devido ao seu conceito de conexão possui um comando
que possibilita a troca de uma peça e de sua simbologia sem a necessidade de
posicionar o ponto novamente na planta.

Redefinindo a peça:
• Acesse o menu “Elementos – Definir peças – Seleção”.
• Abra uma janela de seleção sobre a peça lançada ou execute um clique
sobre a mesma no círculo branco no interior da simbologia.
• Verifique se é exibida a mensagem “Definir peça – Selecione (1sel )”.
• Caso afirmativo pressione a tecla “Enter”.
• Se não, repita o procedimento até a confirmação da seleção Definir peça –
Selecione (1sel ).
• No diálogo “Definir peças” certifique-se que todos os filtros estejam ativados
e o grupo “Lâmpada incandescente” esteja selecionado.
• Procure a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulo –
Baixa”.
• Clique na primeira simbologia e pressione “Enter” para atribuir a peça e
fechar o diálogo.

Não defini corretamente o ângulo após a inserção:

Redefinindo o ângulo da simbologia:


• Certifique-se que a ferramenta ortogonal esteja ativada e acesse o menu
“Manipular – Rotacionar”.
• Desative a ferramenta de captura “Ponto Paralelo”.
• Abra uma janela de seleção sobre a peça lançada ou execute um clique
sobre a mesma no círculo branco no interior da sua simbologia.
• Pressione a tecla “Enter” e clique no centro da simbologia para informar o
ponto de referência.
• Movimente o mouse até ajustar o corretamente o ângulo da simbologia e
pressione “Enter” para encerrar o comando.

2.2 Inserindo mais pontos duplos

Vídeo 1 – Lançando o segundo ponto


Certifique-se que a ferramenta de captura “ponto paralelo” está ativada.
Clique sobre o vértice inferior direito da segunda mesa de computador
Clique em um ponto qualquer à direita do ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Com a ferramenta “ortogonal” ativa, clique em um ponto à esquerda do ponto inicial.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

54

Vídeo 2 – Lançando o terceiro ponto


Certifique-se que a ferramenta de captura “ponto paralelo” esta ativada.
Clique sobre o vértice inferior direito da terceira mesa de computador.
Clique em um ponto qualquer à direita do ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Com a ferramenta “ortogonal” ativa, clique em um ponto a esquerda do ponto inicial.

Vídeo 3 – Lançando os pontos duplos da biblioteca


Segure a tecla “Ctrl” + seta direcional para a direita até enquadrar a biblioteca.
Clique sobre a linha onde será lançado o ponto.
Clique em um ponto qualquer na direção que deseja deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o procedimento 3 vezes, uma vez em cada mesa de computador da biblioteca.

2.3 Inserindo os pontos sêxtuplos


Finalizado o lançamento dos pontos duplos da sala dos professores e da biblioteca,
vamos lançar pontos sêxtuplos em todos os cômodos do pavimento para atender a necessidade
solicitada pelo cliente de 6 pontos de controle por sala. Utilizaremos para isso tomadas de 6
módulos na posição alta.

Vídeo 1 – Lançando o primeiro ponto sêxtuplo


Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-6x PT Dados”.
Selecione a posição “Alta” e clique em “Ok”.
Clique sobre a linha da parede entre as janelas.
Clique em um ponto qualquer na direção que deseja deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto, com auxílio da
ferramenta ortogonal.

Vídeo 2 – Lançando o ponto do banheiro e corredor


Segure a tecla “Ctrl” + seta direcional para cima até enquadrar o banheiro e o corredor.
Clique sobre a linha da parede atrás da porta do banheiro.
Clique em um ponto qualquer na direção que deseja deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o procedimento na linha da parede que separa o corredor do banheiro.

Vídeo 3 – Lançando o ponto do almoxarifado e sala de


telecomunicação
Segure a tecla “Ctrl” + seta direcional para cima até enquadrar a sala do almoxarifado.
Clique sobre a linha da parede entre as janelas da sala.
Clique em um ponto qualquer na direção que deseja deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o procedimento, na linha da parede que separa a sala de telecomunicação e a
escada.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

55

Vídeo 4 – Lançando o ponto da secretaria


Segure a tecla “Ctrl” + seta direcional para a esquerda até enquadrar a secretaria.
Clique sobre a linha da parede entre as janelas da sala.
Clique em um ponto qualquer na direção que deseja deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.

Vídeo 5 – Lançando o ponto da sala dos professores e hall


Segure a tecla “Ctrl” + seta direcional para baixo até enquadrar a sala dos professores.
Clique sobre a linha da parede entre as janelas da sala.
Clique em um ponto qualquer na direção que deseja deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Segure a tecla “Ctrl” +seta direcional para a esquerda até enquadrar o hall de entrada.
Clique sobre a linha da parede ao lado da entrada principal do edifício.
Repita o procedimento de lançamento da tomada.

Não lançamos pontos no corredor e banheiro localizado a esquerda da planta.


Mais a frente no curso você entenderá por que.

2.4 Inserindo o restante dos pontos duplos


Para encerrar os pontos de telecomunicações do pavimento térreo voltaremos a lançar
pontos duplos nas salas faltantes. Utilizaremos inicialmente tomadas de 2 módulos na posição
baixa.

Vídeo 1 – Lançando os pontos do almoxarifado


Pressione as teclas “Alt” + “F7”, em seguida pressione “F2”
Após pressionar “F5” clique em dois pontos para definir a área do zoom.
Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-2x PT Dados”.
Selecione a posição “Baixa” e clique em “Ok”.
Clique sobre o vértice da primeira mesa de computador.
Clique em um ponto abaixo para deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o mesmo procedimento para lançar o ponto na mesa ao lado.

Vídeo 2 – Lançando os pontos da sala de telecomunicação e


secretaria
Pressione as teclas “Ctrl” + seta direcional para a esquerda.
Clique sobre a parede da sala de telecomunicação.
Clique em um ponto à esquerda para deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Clique novamente sobre a parede da sala de telecomunicação.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

56

Clique em um ponto à esquerda para deslocar o ponto inicial.


Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Pressione as teclas “Ctrl” + seta direcional para
ra a esquerda, até enquadrar a secretaria
Repita o mesmo procedimento para lançar os pontos restantes no vértice das mesas de
computador.

Vídeo 3 – Lançando os pontos no piso da secretaria


Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-2x
“Cabeamento PT Dados”.
Selecione a posição
ção “Piso” e clique em “Ok”.
Desligue a ferramenta de captura “ponto paralelo”.
Clique sobre o ponto médio da linha que separa as mesas da secretaria.
Selecione a peça “Tomada de piso em caixa (2)x70x56mm – 2 módulos – RJ45” e clique
em “Atribuir”.
Clique
e em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o mesmo procedimento para lançar o ponto nas mesas ao lado.

Todos os pontos do pavimento Térreo lançados

3 Lançamento dos pontos de telecomunicação


elecomunicação do
pavimento Tipo
ipo
Finalizado o lançamento dos pontos do pavimento térreo, vamos começar o lançamento
dos pontos do pavimento tipo. Observe que a forma de lançamento dos pontos é sempre a
mesma e por mais que este procedimento seja repetitivo ele é importante para você fixar o
procedimento com clareza.
Recomendamos que você exercite em seu computador todos os passos de cada vídeo
apresentado. Entretanto se você julgar ser desnecessário pode optar por utilizar os arquivos de
etapas do curso e apenas assistir aos vídeos. Dessa maneira você também conseguirá
acompanhar o curso sem nenhum empecilho.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

57

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Tipo


Abra o arquivo “Aula04-Etapa01.pre” na pasta “Curso Cabeamento”
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Tipo 1”.
Pressione a tecla “F5” e clique em dois pontos que englobem a região do hall de entrada.
Verifique se a ferramenta de captura “Intersecção” está habilitada.

3.1 Inserindo os pontos sêxtuplos

Vídeo 1 – Lançando o ponto do hall


Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-6x PT Dados”.
Selecione a posição “Alta” e clique em “Ok”.
Verifique se a ferramenta de captura Ponto Paralelo
Clique no centro da parede do hall.
Clique em um ponto abaixo para deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.

Vídeo 2 – Lançando os pontos do corredor e banheiro


Desloque o desenho com as teclas “Ctrl” + seta direcional para a direita, até enquadrar o
corredor e o banheiro na tela.
Clique na parede do banheiro atrás da porta.
Clique em um ponto abaixo para deslocar o ponto.
Escolha a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Defina a direção do símbolo do ponto.
Clique na parede do corredor na direção do lavatório.
Clique em um ponto à direita para deslocar o ponto.
Atribua a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Defina a direção do símbolo do ponto.

Vídeo 3 – Lançando os pontos da sala de aula e sala de


telecomunicação
Desloque o desenho com as teclas “Ctrl” +seta direcional para cima, até enquadrar a
parte superior da sala de aula no croqui.
Clique no centro da parede entre as janelas da sala de aula.
Clique em um ponto acima para deslocar o ponto.
Escolha a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Defina a direção do símbolo do ponto.
Utilize as teclas “Ctrl” + seta direcional para a esquerda e “Ctrl” + seta direcional para
baixo, até enquadrar a sala de telecomunicação na tela.
Clique na parede no canto inferior esquerdo da sala.
Clique em um ponto à esquerda para deslocar o ponto.
Atribua a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Defina a direção do símbolo do ponto.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

58

3.2 Inserindo os pontos duplos

Vídeo 1 – Lançando os pontos duplos da sala de telecomunicação


Clique no menu “Cabeamento
Cabeamento-Conjuntos-2x PT Dados”.
Selecione a posição “Baixa
Baixa” e clique em “Ok”.
Clique na linha da parede logo acima do ponto sêxtuplo já lançado.
Clique
lique em um ponto à esquerda para deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o procedimento para lançar o segundo ponto duplo
duplo acima deste primeiro.

Vídeo 2 – Lançando os pontos duplos da sala de aula


Desloque o desenho com as teclas “Ctrl” + seta direcional para a direita, até enquadrar a
sala de aula.
Clique na linha da parede próximo à porta da sala.
Clique em um ponto abaixo para deslocar o ponto.
Escolha a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Defina a direção do símbolo do ponto.
Pressione as teclas “Ctrl” + seta direcional para a direita e “Ctrl” + seta direcional para
cima, até enquadrar o canto
can superior direito do desenho.
Repita o procedimento de lançamento do ponto duplo de telecomunicação.

Poucos pontos foram lançado no Pavimento Tipo 1, copiar os pontos quando a


planta é simétrica ou quando os pavimentos são semelhantes,
semelhantes é bem simples
no Lumine.

Todos os pontos do pavimento Tipo lançados

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

59

4 Lançamento dos pontos de telecomunicação do


pavimento Cobertura
A cobertura possui laboratórios e auditórios, além das áreas comuns como nos demais
pavimentos. Utilizaremos os pontos de telecomunicação duplos e sêxtuplos do Lumine seguindo
a filosofia dos lançamentos efetuados até aqui.

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Cobertura


Abra o arquivo “Aula04-Etapa02.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela Projeto e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Cobertura”.
Pressione a tecla “F5” e clique em dois pontos que englobem a região da sala de
telecomunicação.
Verifique se a ferramenta de captura “Intersecção” está ativa.

4.1 Inserindo os pontos da sala de telecomunicação

Vídeo 1 – Lançando os pontos duplos da sala de telecomunicação


Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-2x PT Dados”.
Selecione a posição “Baixa” e clique em “Ok”.
Ative a ferramenta “Ponto Paralelo” e tecle “Enter”
Clique na linha da parede próximo ao canto inferior esquerdo da sala
Clique em um ponto à esquerda para deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o procedimento para lançar o segundo ponto duplo acima deste primeiro.

Vídeo 2 – Lançando o ponto sêxtuplo da sala de telecomunicação


Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-6x PT Dados”.
Selecione a posição “Alta” e clique em “Ok”.
Clique na linha da parede logo acima dos pontos duplos já lançados.
Clique em um ponto à esquerda para deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.

4.2 Inserindo os pontos do laboratório

Vídeo 1 – Lançando os pontos do laboratório parte 1


Pressione “Alt” + “F7”
Depois pressione “F5” e clique em dois pontos que englobem a região do laboratório da
direita.
Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-2x PT Dados”.
Selecione a posição “Baixa” e clique em “Ok”.
Clique na linha da parede próximo à porta da sala.
Clique em um ponto abaixo para deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o procedimento para lançar o segundo ponto duplo ao lado do primeiro.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

60

Vídeo 2 – Lançando os pontos do laboratório parte 2


Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-2x PT Dados”.
Selecione a posição “Piso” e clique em ”Ok”.
Ative a ferramenta “Ponto Médio”.
Clique no vértice da mesa de computador e em seguida clique no vértice da mesa acima.
Selecione a peça “Tomada de piso em caixa (2)x70x56mm – 2 módulos - RJ45”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o procedimento duas vezes para lançar os pontos ao lado.

Vídeo 3 – Lançando os pontos do laboratório parte 3


Pressione “Ctrl” + seta direcional para cima, até visualizar a parte superior do desenho
do laboratório.
Ainda com a ferramenta “Ponto Médio” ativa.
Clique no vértice da mesa de computador e em seguida clique no vértice da mesa acima.
Selecione a peça “Tomada de piso em caixa (2)x70x56mm – 2 módulos - RJ45”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o procedimento duas vezes para lançar os pontos ao lado.

Vídeo 4 – Lançando os pontos do laboratório parte 4


Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-2x PT Dados”.
Selecione a posição “Baixa” e clique em “Ok”.
Ative a ferramenta “Ponto Paralelo” e tecle “Enter”
Clique na linha próxima ao canto superior direito da sala.
Clique em um ponto à direita para deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.

Vídeo 5 – Lançando os pontos do laboratório parte 5


Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-6x PT Dados”.
Selecione a posição “Alta” e clique em “Ok”.
Clique na linha da parede entre as janelas.
Clique em um ponto acima para deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.

4.3 Inserindo os pontos do banheiro e corredor

Vídeo 1 – Lançando os pontos do banheiro e corredor


Pressione “Alt” + “F7”
Depois pressione “F5” e clique em dois pontos que englobem a área do banheiro e
corredor.
Clique sobre a linha da parede atrás da porta do banheiro.
Clique em um ponto qualquer na direção que deseja deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o procedimento, na linha da parede que separa o corredor do banheiro.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

61

4.4 Inserindo os pontos do auditório

Vídeo 1 – Lançando os pontos do auditório parte 1


Pressione “Alt” + “F7”
Depois pressione “F5” e clique em dois pontos que abranjam a área da entrada do
auditório.
Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-2x PT Dados”.
Selecione a posição “Baixa” e clique em “Ok”.
Clique sobre a linha da parede próximo a porta de entrada.
Clique em um ponto qualquer na direção que deseja deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4 – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.
Repita o procedimento, na linha da parede à direita deste primeiro ponto.

Vídeo 2 – Lançando os pontos do auditório parte 2


Desloque a visualização do desenho para baixo ”Ctrl” + seta direcional para baixo.
Clique na linha da parede.
Clique em um ponto à direita do primeiro.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4” – Bege – 2 módulos - Baixa”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.

Vídeo 3 – Lançando os pontos do auditório parte 3


Desloque a visualização do desenho para baixo ”Ctrl” + seta direcional para baixo.
Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-6x PT Dados”.
Selecione a posição “Alta” e clique em “Ok”.
Clique na linha da parede entre as janelas.
Clique em um ponto abaixo do primeiro.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 2x4” – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.

4.5 Inserindo os pontos do hall

Vídeo 1 – Lançando os pontos do hall


Clique no menu “Cabeamento-Conjuntos-6x PT Dados”.
Selecione a posição “Alta” e clique em “Ok”.
Ative a ferramenta de captura “ponto paralelo”.
Clique no centro da parede do hall.
Clique em um ponto abaixo para deslocar o ponto inicial.
Selecione a peça “Tomada RJ45 c/ placa plana 4x4 – Bege – 6 módulos - Alta”.
Clique em um ponto para definir a direção do símbolo do ponto.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

62

Todos os pontos do pavimento Cobertura lançados

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

63

Aula 5 – Lançando
ndo os Condutos

1 Elementos de infraestrutura
Como mencionado no inicio do curso uma das características de nosso projeto exemplo
é que será instalado forro plástico distante 30 centímetros da laje do teto. Levando em
consideração esta particularidade optamos por fixar nesse espaço os elementos de infraestrutura
que acomodarão o cabeamento de nosso projeto.
Escolhemos uma caixa de passagem de PVC simples com 120 milímetros de largura, 120
milímetros de altura e 75 milímetros de profundidade. Nela serão conectados os eletrodutos de
PVC com rosca com uma polegada de diâmetro. Neste momento você não precisa se preocupar
com o dimensionamento desteeste eletroduto porque mais adiante o Lumine nos auxiliará com todas
as verificações exigidas por norma.

Caixa de passagem de PVC lançada distante 30cm da laje do teto

Nos auxiliará com o dimensionamento dos condutos previstos em norma.


O Lumine:
Possui amplo cadastro de peças, com mais de 3000 opções.

Na prática:
Analise o projeto para definir as peças que serão usadas.
Conheça os fornecedores de peças do mercado.

2 Lançamentos
s do pavimento Térreo

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Térreo


Abra o arquivo “Aula05.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Térreo”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

64

Antes de lançar algum elemento, deve-se


deve se verificar se a captura de pontos que
está ligada é a correta. A captura “Intersecção” é a captura usada na
maioria dos casos. É necessário mantê-la
mantê la ligada sempre, alterando para outro
tipo de captura apenas quando for necessário.

2.1 Apagando a mobília

Vídeo 1 – Apagar a mobília


Pressione as teclas “Alt” + “F7”, em seguida pressione “F2”
Clique no botão “Níveis de desenho” na barra de ferramentas.
Selecione todos os níveis disponíveis com exceção do nível “AR-Mobília”
“AR Mobília”
Clique em Propriedades
Clique duas vezes nas opções “Visível” e “Ativo” até ambas fiquem desmarcadas.
Clique em “Ok” nas duas janelas.
Selecione todos os elementos visíveis e pressione a tecla “Delete”.
Clique no botão “Níveis de desenho” na barra de ferramentas.
Clique em Propriedades
Marque as opções “Visível” e “Ativo”.
Clique em “Ok” nas duas janelas.

Pavimento térreo sem a mobília

2.2 Inserindo as caixas de passagem

Vídeo 1 – A primeira caixa de passagem


Pressione a tecla “F5” para definir um zoom no corredor à direita do desenho.
Ative a ferramenta “Ponto Médio”.
Clique no menu “Elementos-Caixa
“Elementos de Passagem”.
Selecione a posição “Teto” e clique “Ok”
Clique nos vértices externos da linha da parede do banheiro.
Filtre o diálogo com o grupo “Caixa de Passagem”
Atribua a peça “PVC – teto (ref. Cemar) – 120x120x75mm”
Clique mais uma vez no desenho para definir a posição da caixa.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

65

Vídeo 2 – Finalizando as caixas de passagem deste zoom


Clique no ponto central da linha da parede abaixo do banheiro.
Em seguida clique na extremidade da linha próximo a porta.
Selecione a caixa de passagem “PVC
“ - teto (ref. Cemar) – 120x120x75mm”.
Clique novamente no desenho para definir a posição da caixa.
Repita o mesmo procedimento na parede da sala acima.

Vídeo 3 – Mais caixas de passagem


Afaste o desenho com as teclas “Alt + F7”.
Aplique o zoom no corredor
corred no lado esquerdo do desenho
Clique no ponto central da linha da parede abaixo do banheiro
Em seguida clique na extremidade da linha próximo a porta.
Selecione a caixa de passagem “PVC - teto (ref. Cemar) – 120x120x75mm”.
Clique novamente no desenho para definir a posição da caixa.
Refaça o procedimento na sala acima.

Não vamos lançar a caixa de passagem neste banheiro, isso porque vamos
copiar todos os elementos do outro banheiro para este.

Vídeo 4 – Caixa de passagem extra


Desloque o zoom para a secretaria.
Desligue a ferramenta de captura “Ponto Médio”
Clique no ponto na linha da parede alinhado horizontalmente às tomadas.
Selecione a caixa de passagem “PVC - teto (ref. Cemar) – 120x120x75mm”.
Clique novamente no desenho para definir a posição da caixa.

2.3 Inserindo os Eletrodutos


Relativo aos condutos o Lumine disponibiliza duas formas de lançamento, como você
pode observar na barra de ferramentas. Um conduto reto e um conduto em curva.
A diferença entre eles é apenas visual, ou seja, para evitar que o conduto reto cruze
outros elementos e acabe “poluindo” o desenho podemos utilizar o conduto em curva. Com ele
podemos evitar que ocorra a sobreposição de muitos elementos dificultando a leitura do projeto.
Entretanto para o calculo da fiação e demais materiais que o Lumine fará automaticamente, os
condutos serão considerados retos, evitando o desperdício de material em virtude das curvas.

Diferença entre conduto reto e conduto em curva

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

66

Vídeo 1 – O primeiro conduto em curva


Aplique o zoom na sala dos professores.
Certifique-se que nenhuma ferramenta de captura esta ativada.
Clique no botão “Conduto em curva”
Escolha a posição “Teto”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique na caixa de passagem e em seguida no ponto sêxtuplo entre as janelas da sala.
Defina as curvas do eletroduto, clicando em dois pontos que criam retas tangentes aos
pontos inicial e final do conduto.

Vídeo 2 – Condutos da sala dos professores


Clique na caixa de passagem e depois no ponto duplo mais próximo.
Determine a curva do eletroduto nos dois pontos.
Clique no botão “Conduto” na barra de ferramentas.
Escolha a posição Baixa.
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique no primeiro ponto duplo e depois no ponto mais abaixo.
Clique no terceiro ponto de telecomunicação.
Pressione “Esc” para encerrar o comando.

Não deu certo:


Veja que sempre que o conduto é ligado em dois pontos em alturas diferentes o Lumine
perguntará se você deseja manter o conduto na posição inicialmente escolhida ou se deseja
alterar a altura do conduto de acordo com algum dos pontos selecionados. Quando isso
ocorrer leia a mensagem com atenção e selecione a opção de seu interesse. Neste caso
vamos manter a posição “Teto”.

Vídeo 3 – Condutos da biblioteca


Enquadre a biblioteca com as ferramentas de zoom.
Ative o comando ”Conduto em curva” na barra de ferramentas.
Escolha a posição “Teto”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação logo ao lado.
Defina a curva do conduto.
Repita o procedimento para lançar mais dois condutos em curva até o ponto sêxtuplo e o
ponto duplo livre mais próximo.
Ative o comando “Conduto”
Selecione a posição “Baixa” e mantenha a peça “Eletroduto PVC rosca 1””
Interligue os 3 pontos duplos embutidos na parede.
Pressione “ESC” para encerrar o comando.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

67

Vídeo 4 – Condutos do banheiro e corredor


Aplique o zoom no banheiro e corredor.
Clique no menu ”Elementos-Condutos-Adicionar em Curva”.
Escolha a posição “Teto”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação do banheiro.
Defina a curva do conduto.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação do corredor.
Defina a curva do conduto.

Vídeo 5 – Condutos do almoxarifado


Aplique o zoom no almoxarifado.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação duplo ao lado.
Defina a curva do conduto.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação sêxtuplo na parede oposta.
Defina a curva do conduto.
Clique no botão ”Condutos”.
Escolha a posição “Baixa”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Interligue os dois pontos restantes.
Pressione “Esc” para encerrar o comando.

Vídeo 6 – Condutos da sala de telecomunicação


Aproxime o zoom da sala de telecomunicação.
Pressione “Enter” para ativar o último comando utilizado
Escolha a posição “Baixa”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Interligue os três pontos em sequência.
Pressione “Esc” para encerrar o comando.

Vídeo 7 – Condutos da secretaria


Aproxime o zoom da secretaria.
Clique no botão ”Condutos em curva”.
Escolha a posição “Teto”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Lance 3 eletrodutos que interliguem:
- A caixa de passagem e o ponto duplo ao seu lado.
- A caixa de passagem e o ponto sêxtuplo no lado oposto da sala.
- A caixa de passagem e a segunda caixa alinhada com os pontos de piso.
Clique no botão ”Condutos”.
Escolha a posição “Baixa”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Interligue os dois pontos em sequência.
Pressione “Esc” para encerrar o comando.
Pressione “Enter” para ativar o último comando utilizado
Escolha a posição “Piso”

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

68

Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Interligue os quatro pontos em sequencia.
Pressione “Esc” para encerrar
encerr o comando.

2.4 Configurando padrões dos condutos


Como prometido vamos ver agora uma forma de configurar o Lumine para deixar o
projeto de cabeamento com a leitura mais fácil.

Vídeo 1 – Configurar condutos


Clique no menu “Configuração
Configuração-Padrões”.
Selecione a aba “Condutos
Condutos”.
Selecione as opções do diálogo conforme a figura abaixo.
Clique em “Ok” para encerrar as configurações.

Diálogo de configuração de padrões de condutos

2.5 Espelhando o banheiro


Cumprindo mais uma promessa da aula anterior vamos agora copiar todos os elementos
do projeto de cabeamento lançados no banheiro para o banheiro na outra ala do pavimento.
Essa possibilidade que o Lumine nos oferece aumenta ainda mais a produtividade do
software porque permite copiar elementos semelhantes diminuindo o tempo de lançamento.

Vídeo 1 – Espelhar o banheiro


Aplique o zoom na área do banheiro da ala direita.
Ative o botão “Filtrar desenho” na barra de ferramentas.
Selecione todos os pontos, condutos e caixa de passagem pertencentes ao banheiro e
corredor.
Clique
que no menu “Manipular-Espelhar”
“Manipular
Vá até o hall do pavimento.
Desligue o botão “Filtrar desenho”, verifique se a ferramenta “Intersecção” esta ligada e
ative a ferramenta “Ortogonal”

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

69

Clique no ponto central do hall conforme o vídeo.


Em seguida clique em um ponto abaixo do primeiro para finalizar o comando.
Clique em “Sim” nas duas caixas de diálogo que serão mostradas.

Banheiro da ala direita espelhado para a ala esquerda

3 Lançamentos
s do pavimento Tipo

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Térreo


Abra o arquivo “Aula05-Etapa01.pre”
“Aula05 na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela projeto e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Tipo 1”.
Verifique se a ferramenta de captura “Intersecção” está habilitada.

3.1 Apagando a mobília

Vídeo 1 – Apagar a mobília


Pressione as teclas “Alt” + “F7”, em seguida pressione “F2”
Clique no botão “Níveis de desenho” na barra de ferramentas.
Selecione todos os níveis disponíveis com exceção do nível “AR-Mobília”
“AR Mobília”
Clique em Propriedades
Clique duas vezes nas opções “Visível” e “Ativo” até ambas fiquem desmarcadas.
Clique em “Ok” nas duas janelas.
Selecione todos os elementos visíveis e pressione a tecla “Delete”.
Clique no botão “Níveis de desenho” na barra de ferramentas.
Clique em Propriedades
Marque as opções “Visível” e “Ativo”.
Clique em “Ok” nas duas janelas.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

70

Pavimento Tipo sem a mobília

3.2 Inserindo as caixas de passagem

Vídeo 1 – A primeira caixa de passagem


Pressione a tecla “F5” para definir um zoom no corredor à direita do desenho.
Ative a ferramenta “Ponto Médio”.
Médio”
Clique no menu “Elementos-Caixa
“Elementos de Passagem”.
Selecione a posição “Teto” e clique “Ok”
Clique nos vértices externos da linha da parede do banheiro.
Filtre o diálogo com o grupo “Caixa de Passagem”
Atribua a peça “PVC – teto (ref. Cemar) – 120x120x75mm”
Clique
lique mais uma vez no desenho para definir a posição da caixa.

Vídeo 2 – Finalizando as caixas de passagem


Clique no ponto central da linha da parede acima do banheiro
Em seguida clique na extremidade da linha próximo à porta.
Selecione a caixa de passagem “PVC - teto (ref. Cemar) – 120x120x75mm”.
Clique novamente no desenho para definir a posição da caixa.

3.3 Inserindo os eletrodutos

Vídeo 1 – Condutos do banheiro e corredor


Aplique o zoom no banheiro e corredor.
Clique no menu ”Elementos
Elementos-Condutos-Adicionar em Curva”.
Escolha a posição “Teto”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação do banheiro.
Defina a curva do conduto.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação do corredor.
Defina a curva do conduto.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

71

Vídeo 2 – Condutos da sala de aula


Enquadre a sala de aula com as ferramentas de zoom.
Ative o comando ”Conduto em curva” na barra de ferramentas.
ferramenta
Escolha a posição “Teto”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação logo ao lado.
Defina a curva do conduto.
Repita o procedimento para
para lançar mais dois condutos em curva até o ponto sêxtuplo e o
ponto duplo livre mais próximo.

Vídeo 3 – Condutos da sala de telecomunicação


Aproxime o zoom da sala de telecomunicação.
Clique no botão “Conduto” na barra de ferramentas
Escolha a posição “Baixa”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Interligue os três pontos em sequência.
Pressione “Esc” para encerrar o comando.

3.4 Espelhando as salas

Vídeo 1 – Espelhar uma sala de aula


Aplique
ue o zoom na área da sala de aula.
Ative o botão “Filtrar desenho” na barra de ferramentas.
Selecione todos os pontos, condutos e caixa de passagem pertencentes à sala de aula.
Clique no menu “Manipular-Espelhar”
“Manipular
Vá até o banheiro do pavimento.
Desligue o botão “Filtrar desenho”, verifique se a ferramenta “Intersecção” esta ligada e
ative a ferramenta “Ortogonal”
Clique no ponto central do banheiro conforme o vídeo.
Em seguida clique em um ponto à esquerda do primeiro para finalizar o comando.
Clique em “Sim”
m” nas duas caixas de diálogo que serão mostradas.

Sala de aula espelhada para sala abaixo

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

72

Vídeo 2 – Espelhar a ala direita inteira


Enquadre o desenho inteiro do pavimento.
Ative o botão “Filtrar desenho” na barra de ferramentas.
Selecione todos os pontos, condutos e caixa de passagem pertencentes à ala direita.
Clique no menu “Manipular-Espelhar”
“Manipular
Vá até o hall do pavimento.
Desligue o botão “Filtrar desenho”, verifique se a ferramenta “Intersecção” esta ligada e
ative a ferramenta “Ortogonal”
Clique no ponto central do hall conforme o vídeo.
Em seguida clique em um ponto abaixo do primeiro para finalizar o comando.
Clique em “Sim” nas duas caixas de diálogo que serão mostradas.

Ala direita espelhada para a ala esquerda

4 Lançamentos
s do pavimento Cobertura

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Cobertura


Abra o arquivo “Aula05-Etapa02.pre”
“Aula05 na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela Projeto e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Cobertura”.
Verifique se a ferramenta de captura “Intersecção”
“Int está ativa.

4.1 Apagando a mobília

Vídeo 1 – Apagar a mobília


Pressione as teclas “Alt” + “F7”, em seguida pressione “F2”
Clique no botão “Níveis de desenho” na barra de ferramentas.
Selecione todos os níveis disponíveis com exceção do nível “AR-Mobília”
Mobília”
Clique em Propriedades
Clique duas vezes nas opções “Visível” e “Ativo” até ambas fiquem desmarcadas.
Clique em “Ok” nas duas janelas.
Selecione todos os elementos visíveis e pressione a tecla “Delete”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

73

Clique no botão “Níveis de desenho” na barra de ferramentas.


Selecione todos os níveis disponíveis
Clique em Propriedades
Marque as opções “Visível” e “Ativo”.
Clique em Ok nas duas janelas.

Pavimento cobertura sem a mobília

4.2 Inserindo as caixas de passagem

Vídeo 1 – As primeiras caixas de passagem


p
Pressione a tecla “F5” para definir um zoom no corredor à direita do desenho.
Ative a ferramenta “Ponto Médio”.
Clique no menu “Elementos-Caixa
“Elementos de Passagem”.
Selecione a posição “Teto” e clique “Ok”
Clique nos vértices externos da linha da parede do banheiro.
Filtre o diálogo com o grupo “Caixa de Passagem - Sobrepor”.
Atribua a peça “PVC – teto (ref. Cemar) – 120x120x75mm”.
Clique mais uma vez no desenho para definir a posição da caixa.
Clique no ponto central da linha da parede abaixo do banheiro.
banheiro
Em seguida clique na extremidade da linha próximo a porta.
Selecione a caixa de passagem “PVC - teto (ref. Cemar) – 120x120x75mm”.
Clique novamente no desenho para definir a posição da caixa.

Vídeo 2 – As caixas de passagem do laboratório


Clique no ponto central da linha da parede acima do banheiro.
Em seguida clique na extremidade da linha próximo a porta.
Selecione a caixa de passagem “PVC - teto (ref. Cemar) – 120x120x75mm”.
Clique novamente no desenho para definir a posição da caixa.
Repita o mesmo procedimento
ocedimento para lançar a segunda caixa mais ao fundo da sala.
Desligue a ferramenta “Ponto Médio” e lance a caixa no ponto do meio da parede.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

74

4.3 Inserindo os eletrodutos

Vídeo 1 – Condutos do banheiro e corredor


Aplique o zoom no banheiro e corredor.
Clique no menu ”Elementos-Condutos-Adicionar em Curva”.
Escolha a posição “Teto”
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação do banheiro.
Defina a curva do conduto.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação do corredor.
Defina a curva do conduto.

Vídeo 2 – Condutos do auditório


Enquadre o auditório com as ferramentas de zoom.
Ative o comando ”Conduto em curva” na barra de ferramentas.
Escolha a posição “Teto”.
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação logo ao lado.
Defina a curva do conduto.
Repita o procedimento para lançar mais dois condutos em curva até o ponto sêxtuplo e o
ponto duplo livre mais próximo.
Ative o comando “Conduto”.
Selecione a posição “Baixa” e mantenha a peça “Eletroduto PVC rosca 1””.
Interligue os 2 pontos duplos embutidos na parede.
Pressione “ESC” para encerrar o comando.

Vídeo 3 – Condutos do laboratório


Enquadre o laboratório com as ferramentas de zoom.
Ative o comando ”Conduto em curva” na barra de ferramentas.
Escolha a posição “Teto”.
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique na caixa de passagem e no ponto de telecomunicação logo ao lado.
Defina a curva do conduto.
Repita o procedimento para lançar o conduto em curva até o ponto sêxtuplo.
Ative o comando “Conduto”.
Selecione a posição “Baixa” e mantenha a peça “Eletroduto PVC rosca 1””.
Interligue os 2 pontos duplos embutidos na parede.
Pressione “ESC” para encerrar o comando.
Ative o comando “Conduto”.
Selecione a posição “Teto” e mantenha a peça “Eletroduto PVC rosca 1””.
Interligue as 2 caixas de passagem em sequência.
Pressione “ESC” para encerrar o comando.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

75

Vídeo 4 – Condutos de piso do laboratório


Ative o comando “Conduto”.
Selecione a posição “Piso”
“Piso” e mantenha a peça “Eletroduto PVC rosca 1””.
Interligue os pontos embutidos no piso com a caixa de passagem alinhada verticalmente
com os pontos.
Pressione “ESC” para encerrar o comando.
Repita o mesmo procedimento para lançar as demais fileiras de condutos.
condutos.
Não se esqueça de interligar o ponto embutido na parede com a última fileira de
condutos no piso.

Vídeo 5 – Condutos da sala de telecomunicação


Aproxime o zoom da sala de telecomunicação.
Pressione “Enter” para ativar o último comando utilizado.
Escolha
colha a posição “Baixa”.
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Interligue os três pontos em sequência.
sequ
Pressione “Esc” para encerrar o comando.

4.4 Espelhando

Vídeo 1 – Espelhar a ala direita inteira


Enquadre o desenho inteiro do pavimento.
Ative o botão “Filtrar desenho” na barra de ferramentas.
Selecione todos os pontos, condutos e caixa de passagem pertencentes à ala direita.
Clique no menu “Manipular-Espelhar”
“Manipular
Vá até o hall do pavimento.
Desligue
sligue o botão “Filtrar desenho”, verifique se a ferramenta “Intersecção” esta ligada e
ative a ferramenta “Ortogonal”
Clique no ponto central do hall conforme o vídeo.
Em seguida clique em um ponto abaixo do primeiro para finalizar o comando.
Clique em “Sim” nas duas caixas de diálogo que serão mostradas.

Ala direita espelhada para a ala esquerda

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

76

Aula 6 – Lançando os Quadros de


Telecomunicação

1 Distribuição dos serviços

Pavimento Dados Telefone Total


Térreo 86 8 94
Tipo 1 79 1 80
Tipo 2 79 1 80
Cobertura 109 3 112
Total 353 13 366
Planilha de distribuição dos serviços nos pavimentos

Cabeamento Estruturado Flexibilidade


Todos os pontos podem oferecer todos os serviços ofertados na edificação de acordo
com a necessidade do usuário
Em projeto temos apenas uma previsão de divisão da estrutura em telefone e dados,
mas esta configuração poderá ser alterada a qualquer momento.

Normalmente a taxa de proporção entre telefone e dados fica entre 25 a 30%,


ou seja, a cada 3 ou 4 pontos de dados teremos 1 ponto telefônico.
Nosso projeto exemplo tem uma proporção inferior a de mercado, devido
talvez a tratar-se de uma instituição de ensino.

Opções do Projeto Exemplo – Universidade QiSat


Queremos que o serviço de dados possa ser oferecido a todos os pontos de
telecomunicações simultaneamente.
Faremos a ligação entre pavimentos (backbone) utilizando fibra óptica prevendo
redundância.
Utilizaremos PABX que permite até 100 ramais. Iremos disponibilizar até 24 ramais
telefônicos por pavimento

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

77

2 Armários de telecomunicação
Começaremos nosso trabalho no Lumine pelo lançamento dos armários de
telecomunicação que são responsáveis pela ligação entre os pavimentos.

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Térreo


Abra o arquivo “Aula06.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Térreo”.

Antes de lançar algum elemento, deve-se verificar se a captura de pontos que


está ligada é a correta. A captura “Intersecção” é a captura usada na
maioria dos casos. É necessário mantê-la ligada sempre, alterando para outro
tipo de captura apenas quando for necessário.

2.1 Armário de telecomunicação do pavimento Térreo

Vídeo 1 – Lançando o switch (SW01)


Enquadre a sala de telecomunicação no desenho.
Clique no botão “Quadro de telecomunicação” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Média”
Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Híbrido
- Subgrupo: Switch (10/100Base TX – 10/100/1000Base Fx)Mbps
- Peça: 24 portas RJ45 + 2 portas SC
Em repetições digite 4.
Desmarque a opção “Saída para WA”.
Clique em “Ok”.

Vídeo 2 – Lançando o patch panel 1 (PP01)


Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão RJ45 (CM8v)
- Peça: 48 portas
Marque a opção “Saída para WA”.
Clique em “Ok”.

Vídeo 3 – Lançando o patch panel 2 (PP02)


Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão RJ45 (CM8v)
- Peça: 24 portas
Desmarque a opção “Saída para WA”
Clique em “Ok”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

78

Vídeo 4 – Ligações e desenho


Selecione a linha SW01 (RJ45) e PP01 (RJ45) e digite a quantidade 86.
Selecione a linha PP01 (RJ45) e PP02 (RJ45) e digite a quantidade 8.
Clique em “Ok”.
Responda “Sim” ao diálogo “Deseja associar os ramais livres ao quadro lançado”.
Na caixa “Pontos livres”, clique em “PT Dados” e depois no botão “>”.
Clique em “Fechar”.
Clique na ferramenta de captura “Ponto Médio”.
Clique no ponto central da parede ao fundo da sala de telecomunicação e depois no
vértice à sua direita.
Selecione o grupo “Rack”.
Escolha a opção “Aberto c/ guias de cabos – 19” – pé nivelador – 12U”.
Alterne a simbologia da peça.
Clique em “Atribuir”.

2.2 Armário de telecomunicação do pavimento Tipo

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Tipo 1


Abra o arquivo “Aula06-Etapa01.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Tipo 1”.

Vídeo 2 – Lançando o switch (SW01)


Enquadre a sala de telecomunicação no desenho.
Clique no botão “Quadro de telecomunicação” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Média”.
Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Híbrido
- Subgrupo: Switch (10/100Base TX – 10/100/1000Base Fx)Mbps
- Peça: 24 portas RJ45 + 2 portas SC
Em repetições digite 4..
Desmarque a opção “Saída para WA”.
Clique em “Ok”.

Vídeo 3 – Lançando o patch panel 1 (PP01) e o patch panel 2


(PP02)
Clique no botão “+”
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão RJ45 (CM8v)
- Peça: 48 portas
Marque a opção “Saída para WA”
Clique em Ok
Clique no botão “+”
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão RJ45 (CM8v)
- Peça: 24 portas
Desmarque a opção “Saída para WA”
Clique em Ok

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

79

Vídeo 4 – Ligações e desenho


Selecione a linha SW01 (RJ45) e PP01 (RJ45) e digite a quantidade 79.
Selecione a linha PP01 (RJ45) e PP02 (RJ45) e digite a quantidade 1.
Clique em “Ok“.
Responda “Sim” ao diálogo “Deseja associar os ramais livres ao quadro lançado”.
Na caixa “Pontos livres”, clique em “PT Dados” e depois no botão “>”.
Clique em “Fechar”.
Clique na ferramenta de captura “Ponto Médio”.
Clique no ponto central da parede ao fundo da sala de telecomunicação e depois no
vértice a sua direita.
Selecione o grupo “Rack”.
Escolha a opção “Aberto c/ guias de cabos – 19” – pé nivelador – 12U”.
Altere a simbologia da peça.
Clique em “Atribuir”.

2.3 Armário de telecomunicação do pavimento Cobertura

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Cobertura


Abra o arquivo “Aula06-Etapa02.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Cobertura”.

Vídeo 2 – Lançando o switch (SW01)


Enquadre a sala de telecomunicação no desenho.
Clique no botão “Quadro de telecomunicação” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Média”.
Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Híbrido
- Subgrupo: Switch (10/100Base TX – 10/100/1000Base Fx)Mbps
- Peça: 24 portas RJ45 + 2 portas SC
Em repetições digite 5.
Desmarque a opção “Saída para WA”.
Clique em “Ok”.

Vídeo 3 – Lançando o patch panel 1 (PP01) e o patch panel 2


(PP02)
Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão RJ45 (CM8v)
- Peça: 48 portas
Marque a opção “Saída para WA”
Clique em “Ok”.
Clique no botão “+”
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão RJ45 (CM8v)
- Peça: 24 portas
Desmarque a opção “Saída para WA”.
Clique em “Ok”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

80

Vídeo 4 – Ligações e desenho


Selecione a linha SW01 (RJ45) e PP01 (RJ45) e digite a quantidade 109.
Selecione a linha PP01 (RJ45) e PP02 (RJ45) e digite a quantidade 3.
Clique em “Ok”.
Responda “Sim” ao diálogo “Deseja associar os ramais livres ao quadro lançado”.
Na caixa “Pontos livres”, clique em “PT Dados” e depois no botão “>”.
Clique em “Fechar”.
Clique na ferramenta de captura “Ponto Médio”.
Clique no ponto central da parede ao fundo da sala de telecomunicação e depois no
vértice à sua direita.
Selecione o grupo “Rack”.
Escolha a opção “Aberto c/ guias de cabos – 19” – pé nivelador – 12U”.
Altere a simbologia da peça.
Clique em “Atribuir”.

3 Sala de equipamentos

Vídeo 1 – Lançando o DIO


Abra o arquivo “Aula06-Etapa03.pre” na pasta Curso Cabeamento.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes no pavimento “Térreo”.
Enquadre a sala de telecomunicação no desenho.
Clique no botão “Quadro de equipamentos” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Média”.
Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Ótico
- Subgrupo: DIO – 24 portas + Kit emenda
- Peça: Conector SC + Exten. 2 fibras MM
Em repetições digite 1.
Clique em “Ok”.

Vídeo 2 – Lançando o bloco de conexão e o PABX


Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão 110 IDC 19”
- Peça: 100 pares
Clique em “Ok”
Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: PABX
- Peça: 50/300
Clique em “Ok”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

81

Vídeo 3 – Lançando os painéis de conexão


Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão RJ45 (CM8v)
- Peça: 24 portas
- Repetições: 4
Clique em “Ok”.
Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão RJ45 (CM8v)
- Peça: 48 portas
Clique em “Ok”.

Vídeo 4 – Lançando mais painéis de conexão


Clique no botão “+”.
Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão RJ45 (CM8v)
- Peça: 48 portas
Clique em “Ok”.
Repita o procedimento mais duas vezes.

Vídeo 5 – Ligações e desenho


Selecione a linha PC01 (110 IDC – 4P) e PABX01 (110 IDC – 4P) e digite a quantidade 1.
Selecione a linha PABX01 (110 IDC – 4P) e PP01 (110 IDC – 4P) e digite a quantidade
100.
Selecione a linha PP01 (RJ45) e PP02 (RJ45) e digite a quantidade 24.
Selecione a linha PP01 (RJ45) e PP03 (RJ45) e digite a quantidade 24.
Selecione a linha PP01 (RJ45) e PP04 (RJ45) e digite a quantidade 24.
Selecione a linha PP01 (RJ45) e PP05 (RJ45) e digite a quantidade 24.
Clique em “Ok“.
Clique na ferramenta de captura “Ponto Médio”.
Clique no ponto central da parede lateral da sala de telecomunicação e depois no vértice
ao fundo.
Selecione o grupo “Rack”.
Escolha a opção “Gabinete 19” – porta acrílico cristal – 28 U x 470mm”.
Altere a simbologia da peça.
Clique em “Atribuir”.

4 Infraestrutura de entrada

Vídeo 1 – Lançando o quadro de entrada


Abra o arquivo “Aula06-Etapa04.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Térreo”.
Enquadre a sala de telecomunicação no desenho.
Clique no botão “Quadro de entrada” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Média”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

82

Clique no botão “+”.


Selecione as opções:
- Grupo: Acessórios de Cabeamento – Metálico
- Subgrupo: Painel de Conexão 110 IDC 19”
- Peça: 100 pares
Em repetições digite 1.
Clique em “Ok”.
Desative a ferramenta de captura “Ponto Médio”.
Clique no ponto central da parede lateral da sala de telecomunicação.
Selecione o grupo “Rack”.
Escolha a opção “Caixa Padrão 19” – porta acrílico fumê – 5U x 400mm”.
Altere a simbologia da peça.
Clique em “Atribuir”

5 Associando os quadros
Com todos os quadros devidamente lançados. Precisamos agora fazer a associação
entre eles no Lumine.

Vídeo 1 – Associar os quadros


Com o croqui aberto, acesse o menu “Elementos-Associar
“Elementos Quadros”
Clique na aba “Cabeamento”.
Na área de Quadros livres, selecione a opção “Térreo – SEQ1”.
Na área Hierarquia clique em SET1.
Clique no botão “>”.
Clique nos três quadros que aparecem no lado dos “Quadros livres” .
Clique no SEQ1, na área “Hierarquia”.
Clique no botão “>”.
Clique em “OK”.

Diálogo de associação dos quadros

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

83

6 Ligação entre os quadros


Para fazer a ligação entre os quadros. Proceda no Lumine da seguinte forma:

Vídeo 1 – Ligações no quadro de entrada


Aplique o zoom no quadro de entrada.
Dê dois cliques no símbolo do quadro de entrada.
Clique no botão “Elementos...”.
Clique na aba “Quadros subordinados”.
Selecione a linha PC01 (110 IDC – 4P) e SEQ: PC01 (110 IDC – 4P).
Digite a quantidade 25.
Clique em “Ok” para encerrar.

Vídeo 2 – Ligações no armário de telecomunicações do térreo


Aplique o zoom no quadro de telecomunicação do térreo.
Dê dois cliques no símbolo do quadro.
Clique no botão “Elementos...”.
Clique na aba “Quadro superior”.
Selecione a linha SEQ1: DIO-2401 (SC) e SW01 (SC).
Digite a quantidade 2.
Selecione a linha SEQ1: PP02 (110 IDC – 4P) e PP02 (110 IDC – 4P).
Digite a quantidade 24.
Clique em “Ok” para encerrar.

Vídeo 3 – Ligações no armário de telecomunicações do tipo


Aplique o zoom no quadro de telecomunicação do tipo 1.
Dê dois cliques no símbolo do quadro.
Clique no botão “Elementos...”.
Clique na aba “Quadro superior”.
Selecione a linha SEQ1: DIO-2401 (SC) e SW01 (SC).
Digite a quantidade 2.
Selecione a linha SEQ1: PP03 (110 IDC – 4P) e PP02 (110 IDC – 4P).
Digite a quantidade 24.
Clique em “Ok” para encerrar.

Vídeo 4 – Ligações no armário de telecomunicações da cobertura


Aplique o zoom no quadro de telecomunicação da cobertura.
Dê dois cliques no símbolo do quadro.
Clique no botão “Elementos...”.
Clique na aba “Quadro superior”.
Selecione a linha SEQ1: DIO-2401 (SC) e SW01 (SC).
Digite a quantidade 2.
Selecione a linha SEQ1: PP05 (110 IDC – 4P) e PP02 (110 IDC – 4P).
Digite a quantidade 24.
Clique em “Ok” para encerrar.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

84

Vídeo 5 – Dimensionar distribuição


Acesse o menu “Cabeamento
Cabeamento-Dimensionar distribuição”.

Diálogo de dimensionamento da distribuição

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

85

Aula 7 – Lançando as Eletrocalhas

1 Interligação das salas


Para fazer a interligação das salas em nosso projeto optamos por utilizar eletrocalhas do
tipo furada com suspensão vertical. Dentre as mais variadas dimensões disponíveis no mercado,
utilizaremos como dimensão padrão a eletrocalha de 100x50mm, ou seja, uma eletrocalha de 100
milimetros de largura e 50 milimetros de altura.
Este tipo de eletrocalha permite o fácil acesso aos cabos. Se for necessário passar algum
cabo adicional ou novo este tipo de eletrocalha facilita o manuseio mesmo depois que o sistema
de cabeamento já esta operando.

Sempre verifique se existem conexões que atendam a necessidade da


eletrocalha escolhida para o projeto.
Nem sempre utilizar eletrocalhas de tamanhos diferentes é viável devido à falta
de conexões para as adaptações necessárias.

2 Eletrocalhas do pavimento Térreo

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Térreo


Abra o arquivo “Aula07.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Térreo”.

Antes de lançar algum elemento, deve-se verificar se a captura de pontos que


está ligada é a correta. A captura “Intersecção” é a captura usada na
maioria dos casos. É necessário mantê-la ligada sempre, alterando para outro
tipo de captura apenas quando for necessário.

Vídeo 2 – A primeira eletrocalha


Enquadre o banheiro da ala direita do desenho.
Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”.
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”
Clique sobre a caixa de passagem do corredor.
Desloque a visualização até o banheiro da ala esquerda.
Clique na caixa de passagem do corredor.
Pressione “Esc”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

86

Vídeo 3 – A eletrocalha da ala esquerda


Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”.
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”.
Ative a ferramenta de captura “Perpendicular”.
Clique sobre a caixa de passagem abaixo da eletrocalha já lançada.
Clique sobre a eletrocalha existente.
Continue o lançamento clicando agora na caixa de passagem mais acima.
Pressione “Esc”.

Vídeo 4 – A eletrocalha da ala direita


Enquadre o banheiro da ala direita do desenho.
Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”.
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”.
Ative a ferramenta de captura “Perpendicular”
Clique sobre a caixa de passagem abaixo da eletrocalha já lançada.
Clique sobre a eletrocalha existente.
Continue o lançamento clicando agora na caixa de passagem mais acima.
Pressione “Esc”.

Vídeo 5 – A eletrocalha da sala de telecomunicação


Enquadre a sala de telecomunicação do desenho.
Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”
Clique sobre o armário de telecomunicação.
Desloque a visualização até a eletrocalha central do desenho.
Clique sobre a eletrocalha com a ferramenta “Perpendicular” ativa.
Pressione “Esc”.

Vídeo 6 – Os eletrodutos restantes


Enquadre o hall do desenho.
Clique no botão “Conduto em curva”.
Escolha a posição “Teto”.
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique no ponto sêxtuplo do hall e na eletrocalha.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

87

Defina as curvas do eletroduto, clicando em dois pontos que criam retas tangentes aos
pontos inicial e final do conduto.
Pressione “Esc”.
Enquadre a sala de telecomunicação do desenho.
Clique no botão “Conduto”.
Escolha a posição “Piso”.
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Ative a ferramenta de captura “Intersecção”.
Clique no ponto duplo mais próximo e no armário de telecomunicação.
Selecione a opção “Manter como Piso” e clique em “Ok”.
Interligue o armário de telecomunicação, depois no quadro de equipamentos
Selecione novamente a opção “Manter como Piso” e clique em “Ok”.
Interligue o Quadro de Entrada.
Selecione a opção “Trocar para média” e clique em “Ok”.

Vídeo 7 – Definindo as peças


Enquadre a eletrocalha horizontal no hall e corredores.
Clique no menu “Elementos-Definir Peças-Seleção”.
Selecione as 4 peças pendentes desta eletrocalha.
Atribua as peças:
- Cruzeta (X) 90º - 100x50mm.
- Cruzeta (X) 90º - 100x50mm.
- T Horizontal 90º - 100x50mm.
Desligue o filtro “diâmetros” e localize a peça:
- Saída para eletroduto 100x50mm – 1”

3 Eletrocalhas do pavimento Tipo

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Tipo


Abra o arquivo “Aula07-Etapa01.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Tipo”.

Antes de lançar algum elemento, deve-se verificar se a captura de pontos que


está ligada é a correta. A captura “Intersecção” é a captura usada na
maioria dos casos. É necessário mantê-la ligada sempre, alterando para outro
tipo de captura apenas quando for necessário.

Vídeo 2 – A primeira eletrocalha


Enquadre o banheiro da ala direita do desenho.
Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”.
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

88

Clique em “Ok”
Clique sobre a caixa de passagem do corredor.
Desloque a visualização até o banheiro da ala esquerda.
Clique na caixa de passagem do corredor.
Pressione “Esc”.

Vídeo 3 – A eletrocalha da ala esquerda


Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”.
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”.
Ative a ferramenta de captura “Perpendicular”.
Clique sobre a caixa de passagem abaixo da eletrocalha já lançada.
Clique sobre a eletrocalha existente.
Continue o lançamento clicando agora na caixa de passagem mais acima.
Pressione “Esc”.

Vídeo 4 – A eletrocalha da ala direita


Enquadre o banheiro da ala direita do desenho.
Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”.
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”.
Ative a ferramenta de captura “Perpendicular”
Clique sobre a caixa de passagem abaixo da eletrocalha já lançada.
Clique sobre a eletrocalha existente.
Continue o lançamento clicando agora na caixa de passagem mais acima.
Pressione “Esc”.

Vídeo 5 – A eletrocalha da sala de telecomunicação


Enquadre a sala de telecomunicação do desenho.
Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”
Clique sobre o armário de telecomunicação.
Desloque a visualização até a eletrocalha central do desenho.
Clique sobre a eletrocalha com a ferramenta “Perpendicular” ativa.
Pressione “Esc”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

89

Vídeo 6 – Os eletrodutos restantes


Enquadre o hall do desenho.
Clique no botão “Conduto em curva”.
Escolha a posição “Teto”.
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique no ponto sêxtuplo do hall e na eletrocalha.
Defina as curvas do eletroduto, clicando em dois pontos que criam retas tangentes aos
pontos inicial e final do conduto.
Pressione “Esc”.
Enquadre a sala de telecomunicação do desenho.
Clique no botão “Conduto”.
Escolha a posição “Piso”.
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Ative a ferramenta de captura “Intersecção”.
Clique no ponto duplo mais próximo e no armário de telecomunicação.
Selecione novamente a opção “Manter como Piso” e clique em “Ok”.
Pressione “Esc”.

Vídeo 7 – Definindo as peças


Enquadre a eletrocalha horizontal no hall e corredores.
Clique no menu “Elementos-Definir Peças-Seleção”.
Selecione as 4 peças pendentes desta eletrocalha.
Atribua as peças:
- Cruzeta (X) 90º - 100x50mm.
- Cruzeta (X) 90º - 100x50mm.
- T Horizontal 90º - 100x50mm.
Desligue o filtro “diâmetros” e localize a peça:
- Saída para eletroduto 100x50mm – 1”

4 Eletrocalhas do pavimento Cobertura

Vídeo 1 – Acessando o pavimento Cobertura


Abra o arquivo “Aula07-Etapa02.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes do pavimento “Cobertura”.

Antes de lançar algum elemento, deve-se verificar se a captura de pontos que


está ligada é a correta. A captura “Intersecção” é a captura usada na
maioria dos casos. É necessário mantê-la ligada sempre, alterando para outro
tipo de captura apenas quando for necessário.

Vídeo 2 – A primeira eletrocalha


Enquadre o banheiro da ala direita do desenho.
Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

90

Selecione a posição “Teto”.


Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”
Clique sobre a caixa de passagem do corredor.
Desloque a visualização até o banheiro da ala esquerda.
Clique na caixa de passagem do corredor.
Pressione “Esc”.

Vídeo 3 – A eletrocalha da ala esquerda


Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”.
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”.
Ative a ferramenta de captura “Perpendicular”.
Clique sobre a caixa de passagem abaixo da eletrocalha já lançada.
Clique sobre a eletrocalha existente.
Continue o lançamento clicando agora na caixa de passagem mais acima.
Pressione “Esc”.

Vídeo 4 – A eletrocalha da ala direita


Enquadre o banheiro da ala direita do desenho.
Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”.
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”.
Ative a ferramenta de captura “Perpendicular”
Clique sobre a caixa de passagem abaixo da eletrocalha já lançada.
Clique sobre a eletrocalha existente.
Continue o lançamento clicando agora na caixa de passagem mais acima.
Pressione “Esc”.

Vídeo 5 – A eletrocalha da sala de telecomunicação


Enquadre a sala de telecomunicação do desenho.
Clique no botão “Eletrocalha” na barra de ferramentas.
Selecione a posição “Teto”
Selecione a peça:
- Grupo: Eletrocalha furada tipo C pré-galv. quen
- Subgrupo: Suspensão vertical – Fixação simples
- Peça: 100x50mm
Clique em “Ok”
Clique sobre o armário de telecomunicação.
Desloque a visualização até a eletrocalha central do desenho.
Clique sobre a eletrocalha com a ferramenta “Perpendicular” ativa.
Pressione “Esc”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

91

Vídeo 6 – Os eletrodutos restantes


Enquadre o hall do desenho.
Clique no botão “Conduto em curva”.
Escolha a posição “Teto”.
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Clique no ponto sêxtuplo do hall e na eletrocalha.
Defina as curvas do eletroduto, clicando em dois pontos que criam retas tangentes aos
pontos inicial e final do conduto.
Pressione “Esc”.
Enquadre a sala de telecomunicação do desenho.
Clique no botão “Conduto”.
Escolha a posição “Piso”.
Selecione Grupo: Eletroduto PVC rosca, SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha, Peça:
1” e clique “Ok”.
Ative a ferramenta de captura “Intersecção”.
Clique no ponto duplo mais próximo e no armário de telecomunicação.
Selecione novamente a opção “Manter como Piso” e clique em “Ok”.
Pressione “Esc”.

Vídeo 7 – Definindo as peças


Enquadre a eletrocalha horizontal no hall e corredores.
Clique no menu “Elementos-Definir Peças-Seleção”.
Selecione as 4 peças pendentes desta eletrocalha.
Atribua as peças:
- Cruzeta (X) 90º - 100x50mm.
- Cruzeta (X) 90º - 100x50mm.
- T Horizontal 90º - 100x50mm.
Desligue o filtro “diâmetros” e localize a peça:
- Saída para eletroduto 100x50mm – 1”

5 Copiando o pavimento Tipo


Até agora o pavimento Tipo 2 está vazio pois estamos utilizando apenas o pavimento
Tipo 1. Finalizados os lançamentos no Tipo1 vamos copiar todos os elementos inclusive a
arquitetura para o pavimento Tipo 2.

Vídeo 1 – Copiar pavimentos


Abra o arquivo “Aula07-Etapa03.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” clique com o botão direito sobre o pavimento “Tipo 1”.
Clique na opção “Copiar Croqui”.
Na janela selecione o destino “Tipo 2”.
Deixe selecionados os itens: “Telefônico”, “Cabeamento” e “Arquitetônico”.
Clique em “Ok”.
Clique duas vezes sobre o pavimento Tipo 2.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

92

Diálogo de cópia de croqui de um pavimento

Vídeo 2 – Renumerando os elementos por percurso


Clique no menu “Elementos-Renumerar”.
“Elementos
Clique no botão “Critérios”.
Clique na aba “Cabeamento”.
Selecione a opção “Percurso”.
Clique em “Ok” nas duas janelas.

Diálogo de configuração da numeração de cabeamento


cabeam

Vídeo 3 – Associando os quadros


Clique no menu “Elementos-Associar
“Elementos Quadros”.
Selecione a aba “Cabeamento”.
Em quadros livres selecione “AT3”.
Na área hierarquia clique em “SEQ1”.
Clique no botão “>”.
Clique em “Ok” para encerrar.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

93

Diálogo de associação dos quadros

Vídeo 4 – Ligações no armário de telecomunicação do tipo


Aplique o zoom no quadro de telecomunicação do tipo 2.
Dê dois cliques no símbolo do quadro.
Clique no botão “Elementos...”.
Clique na aba “Quadro superior”.
Selecione a linha SEQ1: DIO-2401
DIO (SC) e SW01 (SC).
Digite a quantidade 2.
Selecione a linha SEQ1: PP04 (110 IDC – 4P) e PP02 (110 IDC – 4P).
Digite a quantidade 24.
Clique em “Ok” para encerrar.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

94

Aula 8 – Fiação, Dimensionamento e


Pranchas

1 Ligando os pavimentos

Vídeo 1 – Ligando os pavimentos Cobertura e Tipo 2


Abra o arquivo “Aula08.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes no pavimento “Cobertura”.
Clique no botão “Ligar ao pavimento inferior”.
Dê um zoom sobre a região da sala de telecomunicação.
Selecione a peça
- Grupo: Eletroduto PVC rosca
- SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha
- Peça: 3”
Clique “Ok”.
Clique no armário de telecomunicação (AT4).
Agora clique no armário de telecomunicação (AT3).

Vídeo 2 – Ligando os pavimentos Tipo 2 e Tipo 1


Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes no pavimento “Tipo 2”.
Clique no botão “Ligar ao pavimento inferior”.
Dê um zoom sobre a região da sala de telecomunicação.
Selecione a peça
- Grupo: Eletroduto PVC rosca
- SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha
- Peça: 3”
Clique “Ok”.
Clique no armário de telecomunicação (AT3).
Agora clique no armário de telecomunicação (AT2).

Vídeo 3 – Ligando os pavimentos Tipo 1 e Térreo


Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui clicando duas vezes no pavimento “Tipo 1”.
Clique no botão “Ligar ao pavimento inferior”.
Dê um zoom sobre a região da sala de telecomunicação.
Selecione a peça
- Grupo: Eletroduto PVC rosca
- SubGrupo: Eletroduto c/ braçadeira cunha
- Peça: 3”
Clique “Ok”.
Clique no armário de telecomunicação (AT2).
Agora clique no armário de telecomunicação (AT1).

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

95

2 Colocando a fiação do projeto


Nesse momento, com a tubulação já definida, será efetuada a colocação da fiação e o
dimensionamento dos condutos.
Na inserção da fiação, ao invés do usuário precisar definir, trecho a trecho, qual é a
fiação necessária para ligar os pontos do projeto, o programa dispõe de um comando muito
especial, o “Colocar toda a fiação de cabeamento”.
Esse comando tem a função de incluir os condutores necessários no projeto como um
todo e não apenas no pavimento corrente, com base nos caminhos detectados pelos condutos
lançados entre os pontos.

Esse traçado é feito de forma apenas semi-automática, pois existem, em


algumas situações, várias possibilidades para o traçado de um circuito.

Pode-se incluir ou excluir manualmente os condutores acessando o diálogo de edição de


cada conduto envolvido, ou utilizando, quando possível, o comando “Cabeamento-Fiação-Passar
fios”.

Vídeo 1 – Abrindo o arquivo


Abra o arquivo “Aula08-Etapa01.pre” na pasta “Curso de Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui do pavimento “Térreo”.

Vídeo 2 – Colocando toda a fiação


Acesse o menu “Cabeamento – Fiação - Colocar toda a fiação de cabeamento” ou clique
no botão correspondente.

Vídeo 3 – Movendo a indicação da fiação


Acesse o comando “Visualizar-Zoom” ou pressione a tecla de atalho “F5” e defina uma
área envolvendo exatamente a região da sala de telecomunicação.
Acesse o menu “Manipular-Mover”.
Selecione a representação da fiação clicando com o mouse sobre a mesma. Deve-se
selecionar apenas os fios e não o conduto.
Pressione “Enter” para confirmar a seleção.
Informe como ponto referência um ponto qualquer clicando próximo ao conduto
Informe como ponto de destino um ponto qualquer, clicando em um ponto um pouco à
direita, de forma que a indicação fique em uma área livre do desenho.

O programa sempre liga a representação da fiação com o conduto origem,


através de uma linha de chamada, independente da posição da representação.
A representação é automaticamente colocada na horizontal quando movida.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

96

A modificação na posição da fiação possui apenas efeitos estéticos e fica a critério do


usuário. O mesmo processo pode ser repetido para todos os condutos desejados no projeto.
Da mesma forma, as demais representações em cada ponto são elementos tipo
“Campo”, que podem ser movidos livremente pelo usuário, sem perder a ligação com os
elementos originais.

3 Verificações
Agora, foram lançados todos os pontos e os condutos que os ligam. Com isto, o
lançamento está praticamente completo. Deve-se,
Deve neste momento, verificá-lo.
Após a etapa de lançamento dos pontos, o programa já conferiu, por exemplo, se algum
ponto
onto ficou sem equipamento associado entre outras verificações. Agora, o programa pode
conferir se os condutos lançados permitem definir um caminho para a fiação entre todos os
pontos necessários.

Vídeo 1 – Verificando proximidades e traçado no pavimento Térreo


T
Vá até o menu Janela e acesse o pavimento “Térreo”.
Execute o comando “Elementos-Verificar
“Elementos Proximidades”.
Pressione “OK” no diálogo: “Não há problema de proximidade de conexão”.
Acessar o menu “Cabeamento
Cabeamento-Verificar-Traçado”.
Pressione “OK” no diálogo:
diálogo: “Não foram encontrados problemas no lançamento”.

Mensagem de verificação de proximidades

A verificação de proximidades detecta erros de captura que podem ocorrer no


lançamento dos condutos. Porém deve-se
deve se lembrar que o programa indica os
erros de captura com a mensagem "A conexão adicionada não se apóia em
nenhum conduto do pavimento. Confirma a posição da conexão?". Ao
responder "Sim", o programa lança uma nova caixa,
caixa próximo à existente.

Vídeo 2 – Verificando proximidades e traçado no pavimento Tipo 1


Vá até o menu Janela e acesse o pavimento “Tipo 1”.
Execute o comando “Elementos-Verificar
“Elementos Proximidades”.
Pressione “OK” no diálogo: “Não há problema de proximidade de conexão”.
Acessar o menu “Cabeamento
Cabeamento-Verificar-Traçado”.
Pressione “OK” no diálogo:
diálogo: “Não foram encontrados problemas no lançamento”.
Repita os mesmos procedimentos nos pavimentos “Tipo 2” e “Cobertura
Cobertura”

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

97

Na documentação eletrônica do Lumine é possível obter uma descrição detalhada dos


critérios utilizados pelo software para as verificações efetuadas. Com isso você poderá entender
melhor os códigos de erro que o programa pode apresentar, e aplicar uma solução para o
mesmo.

Vídeo 3 – Acessando os códigos de erro na documentação


Acesse o menu “?”.
Selecione a opção “Conteúdo”.
Execute
cute um duplo clique sobre o item “Critérios para projeto de cabeamento”.
Execute um duplo clique sobre o item “Dimensionamento dos condutores”.

3.1 Comprimento dos cabos


Diferente de uma rede elétrica, uma infraestrutura de cabeamento estruturado não
permite a emenda de cabos. Cada cabo é passado diretamente do ponto (PT) até o equipamento
dentro do quadro (AT) que o alimenta.
Conforme as recomendações da NBR 14565 e da TIA/EIA 568-B,
568 B, o comprimento total dos
cabos é limitado a 90 metros no cabeamento secundário.
secundá

Representação esquemática do cabeamento secundário

Vídeo 1 – Verificar comprimento


Clique no comando “Cabeamento-Verificar-Comprimento
“Cabeamento dos cabos”.
Pressione “OK” no diálogo “Não foram encontrados cabos com comprimento excessivo
no projeto”.

Mensagem de verificação de comprimento dos cabos

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

98

3.2 Visualização tridimensional dos condutos


Outra
utra forma de visualizar os condutos lançados é o recurso de Visão 3D. Através dela
pode-se
se obter uma visualização tridimensional da tubulação que representa a ligação
liga de
condutos, caixas e quadros do projeto.

Vídeo 1 – Visualização 3D

Clique no botão ou no menu Elementos – Visão 3D.


Utilize a barra de ferramentas “Posição” para movimentar o ângulo de visualização
tridimensional.

Barra de ferramentas Posição em visão 3D

Visão 3D do projeto

4 Dimensionar os condutos
Uma vez que já foram definidas todas as seções adotadas nos circuitos do projeto, pode-
pode
se efetuar o dimensionamento dos condutos em si. Esse dimensionamento é muito simples, poispo
é baseado apenas em uma taxa de ocupação máxima da seção transversal do conduto.

Vídeo 1 – Dimensionando os condutos do Térreo


Vá até a janela “Projeto” e acesse o croqui do pavimento “Térreo”.
Acesse o menu “Visualizar – Enquadrar”.
Acesse o menu “Elementos-Condutos-Verificar
“Elementos diâmetros”.
Na mensagem 35 que indica o conduto que liga o quadro “AT1” ao quadro “SEQ1”
pressione o botão “Atribuir” para aceitar a sugestão da peça de 4”.
Na mensagem 36 que indica o conduto que liga o quadro “SEQ1” ao quadro quad “SET1”
pressione o botão “Atribuir” para aceitar a sugestão da peça de 1 1/2”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

99

Diálogo de verificação de diâmetro dos condutos

Vídeo 2 – Dimensionando os condutos do Tipo 1


Vá até a janela “Projeto” e acesse o croqui do pavimento “Tipo 1”.
Acesse o menu
enu “Visualizar – Enquadrar”.
Acesse o menu “Elementos-Condutos-Verificar
“Elementos diâmetros”.
Pressione o botão “Fechar” para não aceitar nenhuma das 28 sugestões apontadas.

Vídeo 3 – Dimensionando os condutos do Tipo 2


Vá até a janela “Projeto” e acesse o croqui do pavimento “Tipo 2”.
Acesse o menu “Visualizar – Enquadrar”.
Acesse o menu “Elementos-Condutos-Verificar
“Elementos diâmetros”.
Pressione o botão “Fechar” para não aceitar nenhuma das 29 sugestões apontadas.

Vídeo 4 – Dimensionando
ensionando os condutos da Cobertura
Vá até a janela “Projeto” e acesse o croqui do pavimento “Cobertura”.
Acesse o menu “Visualizar – Enquadrar”.
Acesse o menu “Elementos-Condutos-Verificar
“Elementos diâmetros”.
Pressione o botão “Fechar” para não aceitar nenhuma dasdas 29 sugestões apontadas.

Lembre que a alteração da seção dos condutos traria a diminuição de custos


da lista de materiais do projeto.
O projetista deve ficar atento a questões como esta para escolher o que melhor
se adéqua a realidade de cada projeto.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

100

5 Gerando o detalhamento
O programa permite gerar, a partir do lançamento da tubulação, listas de materiais, mapa
de cabos, legendas e o detalhamento dos racks.
Na verdade, é possível incluir qualquer um desses elementos durante o lançamento do
projeto, pois tais elementos gráficos são "inteligentes", sendo atualizados automaticamente pelo
programa a qualquer modificação no projeto.

Vídeo 1 – Abrindo o arquivo


Abra o arquivo “Aula08-Etapa02.pre” na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse a janela “Projeto” e abra o croqui do pavimento “Térreo”.

5.1 Legendas
O programa possui um elemento especial “Legenda” que reproduz graficamente uma
lista de todas as simbologias diferentes utilizadas pelos elementos contidos na janela.

O critério adotado pelo programa é o de incluir uma entrada de legenda para


cada descrição diferente encontrada e não para cada símbolo diferente
utilizado. Desta forma, dois elementos com símbolos diferentes (potências
diferentes de um mesmo tipo de lâmpada, por exemplo) podem gerar uma
mesma legenda, se estiverem cadastrados com igual descrição.

Vídeo 1 – Gerando legendas – Parte 1


Afaste o desenho pressionando “F2”.
Acesse o menu “Elementos-Legenda-Símbolos” e informe a posição da legenda com um
clique à direita do centro da linha lateral da biblioteca (o ponto solicitado refere-se ao
canto superior esquerdo da legenda).
Abra o croqui do pavimento “Tipo 1”.
Afaste o desenho pressionando “F2”.
Acesse o menu “Elementos-Legenda-Símbolos” e informe a posição da legenda com um
ponto à direita do centro da linha lateral da sala de aula.

Vídeo 2 – Gerando legendas – Parte 2


Abra o croqui do pavimento “Tipo 2”.
Afaste o desenho pressionando “F2”.
Acesse o menu “Elementos-Legenda-Símbolos” e informe a posição da legenda com um
ponto a direita do centro da linha lateral da sala de aula.
Abra o croqui do pavimento “Cobertura”.
Afaste o desenho pressionando “F2”.
Acesse o menu “Elementos-Legenda-Símbolos” e informe a posição da legenda com um
ponto a direita do centro da linha lateral do mini-auditório.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

101

5.2 Detalhamento dos racks


Finalizada a inserção das legendas, vamos agora incluir nos desenhos os detalhes dos
equipamentos de cada pavimento.

Vídeo 1 – Gerando o detalhe dos equipamentos no pavimento


Cobertura
Acesse o menu “Cabeamento-Quadros-Detalhe dos equipamentos”.
No diálogo, selecione o quadro “AT4” e pressione “OK”.
Informe um ponto próximo ao vértice superior direito do desenho.

Vídeo 2 – Gerando o detalhe dos equipamentos nos pavimentos


Tipo
Feche o pavimento “Cobertura” e selecione o pavimento “Tipo 2”
Acesse o menu “Cabeamento-Quadros-Detalhe dos equipamentos”.
No diálogo, selecione o quadro “AT3” e pressione “OK”.
Informe um ponto próximo ao vértice superior direito do desenho.
Feche agora o croqui do pavimento “Tipo 2” e selecione o pavimento “Tipo 1”.
Acesse o menu “Cabeamento-Quadros-Detalhe dos equipamentos”.
No diálogo, selecione o quadro “AT2” e pressione “OK”.
Informe um ponto próximo ao vértice superior esquerdo do desenho.

Vídeo 3 – Gerando o detalhe dos equipamentos no pavimento


Térreo – AT1
Feche o pavimento “Tipo 1” e selecione o pavimento “Térreo”
Acesse o menu “Cabeamento-Quadros-Detalhe dos equipamentos”.
No diálogo, selecione o quadro “AT1” e pressione “OK”.
Informe um ponto próximo ao vértice superior direito do desenho.

Vídeo 4 – Gerando o detalhe dos equipamentos no pavimento


Térreo – SEQ1 e SET1
Acesse o menu “Cabeamento-Quadros-Detalhe dos equipamentos”.
No diálogo, selecione o quadro “SEQ1” e pressione “OK”.
Informe um ponto à direita do “AT1” lançado anteriormente.
Em seguida, acesse novamente o menu “Cabeamento-Quadros-Detalhe dos
equipamentos”.
No diálogo, selecione o quadro “SET1” e pressione “OK”.
Informe um ponto abaixo do “SEQ1”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

102

Croqui do pavimento Térreo com o detalhamento

5.3 Prumada de cabeamento


O Lumine pode gerar um esquema vertical para demonstrar a interligação física entre os
quadros de telecomunicações, equipamentos e caixas de passagem. Este esquema é chamado
de “Prumada de Cabeamento”.
”.

Vídeo 1 – Gerando a prumada de cabeamento


Feche todas as janelas de croqui que eventualmente estejam abertas.
Acesse o menu “Estrutura-Prumada
“Estrutura de cabeamento”.
Clique no menu “Projeto-Salvar
“Projeto arquivo como”.
Digite “Prumada de Cabeamento” e clique em “Salvar”
Digite novamente “Prumada de Cabeamento” e clique em “Ok”

Diálogo de associação da prumada de cabeamento ao projeto

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

103

5.4 Lista de materiais


A lista de materiais pode ser gerada em formatos de arquivos DOC, HTML e TXT,
havendo ainda a possibilidade de contabilizar as peças de toda a edificação ou somente de um
pavimento.
Antes de gerar a lista pode-se
pode configurá-la,
la, alterando as fontes do título, subtítulo, corpo
de texto entre outros.

Vídeo 1 – Configuração dos relatórios


Acesse o comando “Configurações – Relatórios”.
Opte pela visualização RTF. Caso você esteja
esteja trabalhando na versão demonstrativa será
possível acessar somente em formato TXT (opção interna).
As fontes dos relatórios podem ser alteradas clicando no botão .
Para este curso manteremos as configurações atuais.
Feche a configuração clicando no botão “OK”.

Diálogo de configuração dos relatórios

Vídeo 2 – Gerando a lista de materiais


Acesse na janela de projeto o pavimento “Térreo” efetuando um duplo clique sobre o
mesmo.
Acesse o comando “Elementos – Lista de materiais – Relatório do projeto”.
Feche a lista clicando no botão no alto, à direita da janela.
Acesse o comando “Elementos – Lista de materiais – Relatório do pavimento”.
Novamente feche a lista clicando no botão no alto, à direita da janela.

5.5 Gerando o mapa de cabos


Outra importante ferramenta disponível no Lumine é o “MapaMapa de cabos”, nele são
relacionados todos os cabos do projeto, seu comprimento e o local onde estão localizadas suas
extremidades.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

104

Vídeo 1 – Mapa de cabos


Acesse na janela “Projeto” o pavimento “Cobertura” efetuando um duplo clique sobre o
mesmo.
Acesse o comando “Cabeamento – Mapa de Cabos”.
Após verificar seu conteúdo, feche a janela “Mapa de Cabos”

Para acessar o mapa de cabos dos demais pavimentos é necessário abrir o


croqui do pavimento e acessar novamente o menu “Cabeamento
Cabeamento-Mapa de
Cabos”.

5.6 Gerando o diagrama esquemático dos racks


Outra importante ferramenta disponível no Lumine é o “MapaMapa de cabos”, nele são
relacionados todos os cabos do projeto, seu comprimento e o local onde estão localizadas suas
extremidades.

Vídeo 1 – Diagrama esquemático dos racks


Acesse o comando “Cabeamento – Diagrama esquemático dos racks”.
Após verificar seu conteúdo, feche
f a janela do desenho.
No diálogo que se abre clique em “Sim”.
Selecione a pasta “Curso de Cabeamento” que contém os arquivos de apoio do curso.
Digite o nome “Diagrama esquemático dos racks.cad”.
Clique em “Salvar”.
Na janela seguinte aceite a sugestão de título apresentada pelo Lumine e clique em “Ok”.

Diálogo de associação do diagrama esquemático dos racks ao projeto

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

105

6 Gerando as Pranchas
Visto que todos os desenhos do projeto estão completos, pode-se
pode se efetuar a geração das
pranchas finais. Esta operação
ação permite agrupar os diversos desenhos associados ao projeto em
folhas de tamanho personalizado e o programa encarrega-se
encarrega se de distribuir os elementos nas
folhas.
Os próximos passos que veremos a seguir estão relacionados com a configuração e a
geração das pranchas.

Vídeo 1 – Configurando as pranchas


Abra o arquivo “Aula08-Etapa03.pre”
“Aula08 na pasta “Curso Cabeamento”.
Acesse menu “Estrutura – Gerar Pranchas”.
No diálogo “Gerar pranchas” clique no botão “Configurar”.
A configuração deve se referir a uma prancha A0:
- Tamanho da área útil: 1149 x 821mm
- Ponto inicial da área útil: 30 x 10mm
- Tamanho do selo: 170 x 70mm
- Espaçamento entre elementos: 5mm
Clique em “OK” para fechar a configuração da prancha.
De volta ao diálogo “Gerar pranchas” clique no botão “Todos”.

Diálogo de configuração das pranchas

Vídeo 2 – Gerando as pranchas


No diálogo “Gerar pranchas” clique no botão “OK”. Serão geradas 5 pranchas.
Para visualizar o desenho que está na prancha acesse o comando “Prancha - Mostrar
somente layout”.
Selecione
elecione a prancha 3.
Clique com o botão direito sobre os detalhes da prancha 3.
No menu de contexto selecione o comando “Mover para a outra prancha”.
Na linha de comando digite o número 4 e tecle “Enter”.
Elimine a prancha 3 acessando o comando “Prancha – Excluir prancha”.
Selecione a prancha 2.
Clique com o botão direito sobre o detalhe da prancha 2.
No menu de contexto selecione o comando “Mover para a outra prancha”.
Na linha de comando digite o número 1 e tecle “Enter”.
Elimine a prancha 2 acessando o comando “Prancha – Excluir prancha”.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

106

Vídeo 3 – Posicionando o desenho nas pranchas – Parte 1


Para organizar os desenhos na prancha 1 acesse o comando “Prancha – Reordenar
prancha corrente”.
Clique sobre a aba da prancha 2.
Acesse o comando “Prancha – Reordenar prancha corrente”.

Vídeo 4 – Posicionando o desenho nas pranchas – Parte 2


Selecione a prancha 3.
Clique com o botão direito sobre o “Esquema Vertical”
Selecione a opção “Mover para a outra prancha”
Digite o número 2 na linha de comando.
Clique com o botão direito sobre o “Diagrama esquemático dos racks”
Selecione a opção “Mover para a outra prancha”
Digite o número 1 na linha de comando.
Acesse o comando “Prancha – Excluir prancha”
Para organizar os desenhos na prancha 2 acesse o comando “Prancha – Reordenar
prancha corrente”.
Clique sobre a aba da prancha 1.
Acesse o comando “Prancha – Reordenar prancha corrente”.

Prancha reordenada

Os desenhos presentes nas pranchas são formados por elementos simples, não
apresentando mais vínculos com dados de dimensionamento. Sendo assim, qualquer
modificação efetuada dentro da prancha não será mais verificada pelo programa e também não
será mais atualizada na lista de materiais.
Finalizadas as correções na prancha, agora iremos inserir a margem de uma folha A0 e
salvar o arquivo.
É necessário salvar o arquivo de pranchas, pois estes desenhos não fazem parte do
arquivo PRE. Nesse caso, será gerado um novo arquivo com a extensão PRC que será associado
ao arquivo PRE.

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

107

Vídeo 5 – Inserindo as margens


Acesse o comando “Ferramentas - Ler DWG/DXF”.
Selecione o arquivo “A0.DXF” que está em “Curso Cabeamento”.
No diálogo DXF, marque as opções Não converter e Manter do desenho original.
Clique no botão “OK” para inserir a margem.
Clique na prancha 2 e efetue o mesmo procedimento.
Acesse o comando “Projeto – Salvar arquivo como” (esta opção não estará acessível na
versão demonstrativa).
Selecione a pasta “Curso Cabeamento” para salvar
salvar o arquivo e defina o nome “Prancha”.
Defina novamente o nome “Prancha” para associar ao arquivo PRE do Lumine.
A impressão do desenho pode ser efetuada acessando o comando “Projeto – Imprimir”.
No diálogo de impressão pode-se
pode definir as espessuras dass linhas (o diálogo de
impressão não estará acessível na versão demonstrativa).

Prancha finalizada com a margem e selo

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância


www.cliqueapostilas.com.br

108

Ficha Técnica do Curso

Supervisão geral
Eng. Civil Rodrigo Broering Koerich, M.Sc

Autor
Pedro Vieira

Coordenação de P&D
Pedro Vieira

Roteirização
Marcelo Vitor Remor
Pedro Vieira

Hipermídia
Inty Brian Nicolas dos Santos Castillo
Tatiane Besen

Locução
Duran Silveira

Curso Básico Cabeamento Estruturado utilizando o Lumine V4 – a distância