Você está na página 1de 7
CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL Gabinete do Deputado Leandro Grass id EXCELENTISSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL y ‘TuBUYALDE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL Tooseccooooesyer019 | ml izTm] Doe: 82009741 4 2evoe2019 171389 i vive. gov brcakeutas Leandro Grass, brasileiro, solteiro, Deputado Distrital, portador do R.G 2.168.161 e do CPF 000.143.601-52, com domictlio profissional no Edificio Sede da Camara Legislativa do Distrito Federal, Gabinete 13, situado na Praca Municipal - Quadra 2+ Lote 5 - CEP: 70.094-902, vem, respeitosamente, com amparo no art. 230, inciso III, c/c 1°, XIX, ambos do Regimento Interno do Tribunal de Contas do Distrito Federal, apresentar a presente REPRESENTACAO. Em face de ilegalidades perpetradas pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal, atinentes a utilizago de patriménio pubblico de forma diversa daquela determinada pelas normas especificas. Praga Municival Quadra 2 Lote 05 - 3° Andar— Gabinete 13 — Cémara Legisiativa do Distrito Federal (CEP. 70,094-902 / Brasil. DF ~ Fone. 3348-8132/06 CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL Gabinete do Deputado Leandro Grass mI a 1-DOS FATOS 0 Portal Metrépoles noticiou, no ultimo dia 23.8.2019, que o Espaco Oscar Niemeyer seria reaberto no Ultimo dia 24.8.2019, com exposicao do artista goiano Siron Franco sobre o acidente com 0 césio-1375, Nao se discute a qualidade do trabalho daquele artista, reconhecido nacionalmente, com obras expostas em diversos museus e espacos do Brasil e do mundo. ‘A exposigao apresentada é deveras importante para que nunca se esqueca da tragédia ocorrida em Goiania e que até os dias atuais repercute na comunidade local. Sucede que ha um aspecto relevante sobre o Espaco Oscar Niemeyer que parece ter sido desconsiderado pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Griativa do Distrito Federal. © Espago Oscar Niemeyer, assim denominado por forca do Decreto n° 11.215, de 18 de agosto de 1988, ocupa imével que foi doado por Construtora, a0 Distrito Federal, com as seguintes condigies, que constam nos “considerandos” do decreto Considerando os termos da doacao do imével construido no “Lote J", ao lado da Praca dos Trés Poderes, segundo os quais a doadora pretende que se denomine “ESPACO CULTURAL NIEMEYER", destinando-o ainda aos trabalhos da Comisséo do CONJUNTO CULTURAL e sede da FUNDACAO OSCAR NIEMEYER; Considerando a revolucionéria contribuicéo do arquiteto de Brasilia 4 moderna engenharia civil, como assinala a carta compromisso de doago; Considerando, finalmente, que a vontade da doadora coincide com o dever do donatario, no sentido de homenagear 0 consagrado artista e autor da arquitetura reconhecida como obra do século pela UNESCO, DECRETA: i ‘ Disponivel em _https://www.metropoles.com/colunas-blogs/janela-indiscreta/adf-reabre-espaca- dedicado-a-niemeyer-mas-sem-obras-do-arquiteto, Acesso em 26.8.2019, as 12h47. Praga Municipal Quadra 2 Lote 05 3° Andar— Gabinete 13 - Camara Legisiativa do Distrito Federal (CEP: 70,094-902 /Braslla-OF ~ Fone: 3348-81308, CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL Pia Gabinete do Deputado Leandro Grass \ - Art. 1° — Fica denominado ESPACO CULTURAL NIEMEYER 0 imével edificado no “Lote J”, ao lado da Praga dos Trés Poderes, o qual abrigaré a Comiss&o do Conjunto Cultural e a FundacSo Oscar Niemeyer. Art. 2° — Este Decreto entra em vigor na data de sua publicacdo, revogadas as disposigdes em contrério. Com efeito, o Decreto n° 11.215/1988, editado pelo entdo Governador José Aparecido de Oliveira, estabelece que 0 espaco deve sediar o Espaco Cultural Niemeyer. Consequéncia ldgica da destinagdio é que o local sirva de referéncia para 0 acervo de Oscar Niemeyer. Em 2012 o espaco foi fechado. A época, conforme se extrai da reportagem outrora referida, o local abrigava pegas, desenhos, croquis, maquetes e documentos originais utilizados por colaboradores e pelo principal arquiteto de Brasilia. Apés uma série de problemas estruturais, 0 local foi fechado e 0 acervo encaminhado ao Rio de Janeiro, para que ficasse sob a tutela da familia do Arquiteto. No entanto, causa espécie que a reabertura do local no tenha qualquer referéncia ao homenageado. Recorde-se o fato de que a doacao sé foi possivel porquanto vinculada ao referido objeto. Se assim nao fosse, a Construtora Serveng/Civilsan S/A néo teria doado o imével construido. E também o que se verifica de jornais da época, que demonstram que o Governador José Aparecido acolheu sugesto da prépria Construtora. O texto do jornal demonstra que 0 referido espaco abrigaré “a meméria dos ousados projetos que, na definicdo de Lticio Costa, formam a ‘paisagem arquitet6nica de Brasilia’”. Assim, serve a presente para evitar que a Administragéo haja em desacordo ‘com o principio da legalidade e com os termos do préprio contrato de doagdio, que gerou a edicdo de decreto que até hoje regula a destinacao e uso do referido imével. Uma vez que se trata de patriménio cultural, é certo que cabe a esta Corte de Contas se manifestar sobre 0 tema, pugnando-se pelo conhecimento da presente representacdo e seu ‘raga Municipal Quadra 2 Lole 05 ~3° Ander ~ Gabinete 13 ~ Camara Legislative do Disito Federal ‘CEP: 70,094-902 / Brasila-DF ~ Fone: 3348-8132/06 CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL Gabinete do Deputado Leandro Grass xs provimento, para que determine ao Distrito Federal que tome providéncias com 0 escopo de regularizar a utiizac&o do Espaco Oscar Niemeyer w DOS DISPOSITIVOS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS VIOLADOS O artigo 37 da Constituicio Federal determina que a Administrac&o deve obsequiosa obediéncia ao principio da legalidade. A Lei Organica do Distrito Federal, em seu artigo 19, contém norma de mesmo contetido, cujo teor ora se destaca: Art. 19. A Administracao Publica direta e indireta de qualquer dos poderes do Distrito Federal obedece aos principios de legalidade, impessoalidade, moralidade, _publicidade, razoabilidade, motivacgo, participagao popular, transparéncia, eficiéncia e interesse pUblico, e também ao seguinte: Assim, descabe ao Administrador adotar medidas que as normas nao lhe autorizem a fazé-Io. No presente caso, nos termos do Decreto n° 11.215/1988, descabe ao Distrito Federal que destine o Espaco Oscar Niemeyer para objeto distante daquele que originou a doacdo do imével. Recorde-se, novamente, um dos motivos para a edic&io do decreto: Considerando, finalmente, que a vontade da doadora coincide com 0 dever do donatario, no sentido de homenagear 0 consagrado artista e autor da arquitetura reconhecida como obra do século pela UNESCO. dever do donatério, portanto, era homenagear o artista. E isso foi feito até 2012. No entanto, sem que haja motivo aparente, sendo a vontade do administrador de ocasido, @ reabertura do espaco se dard em dissondncia ao compromisso realizado pelo Distrito Federal para receber, em doacio, o imével construido. Para além do principio da legalidade, cumpre destacar dois dos objetivos prioritérios do Distrito Federal e que constam na Lei Organica. So os incisos VIII e IX do x artigo 3°, a seguir: raga Munidpal Quadra 2 Lote 05 ~ 3° Andar~ Gabinete 13 Ciara Legislaiva do Disinto Federal (CEP? 70.094-902/ Brasila-DF ~ Fone: 3348-8132/06, CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL Gabinete do Deputado Leandro Grass Art, 3° Sdo objetivos prioritarios do Distrito Federal: 1c) VIII - preservar sua identidade, adequando as exigéncias do desenvolvimento a preservacdo de sua memoria, tradigao e peculiaridades; IX - valorizar e desenvolver a cultura local, de modo a contribuir para a cultura brasileira. Com efeito, a doacao do imével, conforme jé visto e revisto, tinha por objeto abrigar as memérias dos projetos ousados que deram ensejo a Brasilia, projetos esses que advém da expertise de Oscar Niemeyer. Assim, cabe ao Distrito Federal observar os seus objetivos prioritarios, sob pena de nao mais se preservar a sua memoria e, por conseguinte, a sua identidade. Reitere-se que no ha qualquer dbice & produgdo artistica de Siron Franco. Alids, a exposico que ora se busca dar luzes é bastante relevante que poderia, quica, ser abrigada em espaco maior (Museu Nacional). No entanto, para preservar a origem do espaco e a homenagem feita, em decorréncia da doacéio, é que se busca ajustar a utilizao do espaco para o que de fato se destina. Cumpre recordar ainda a teoria dos motivos determinantes para a pratica de determinados atos administrativos. Com efeito, todo e qualquer ato administrative deve ser motivado, sendo que o motivo deve ser idéneo e vincula a atuaco posterior daquele agente que pratica 0 ato. Destaque-se, nesse particular, o que Celso Anténio Bandeira de Mello dispde sobre a teoria dos motivos determinantes: “De acordo com esta teoria, os motivos que determinaram a vontade do agente, isto é, os fatos que serviram de suporte sua decisio, integram a validade do ato. Sendo assim, a invocagéo dos “motivos de fato” falso, inexistentes ou incorretamente qualificados vicia 0 ato mesmo quando, conforme j& se disse, a lei no haja estabelecido, antecipadamente, os motivos que ensejariam a pratica do ato. Uma vez enunciados pelo agente os motivos em que se calou, ainda quando a lei nao haja expressamente imposto essa T ‘Praga Municipal Quadra 2 Lote 05 - 3° Andar~ Gabinete 13 ~ Camara Legislative do Distnto Federal ‘CEP: 70,094.902 /Brasila-DF ~ Fone: 3348-8132/08 i CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL Gabinete do Deputado Leandro Grass a obrigacio de enuncid-los, 0 ato sera valido se estes realmente ocorreram e o justificavam."2 © uso do espaco, na forma do Decreto 11.215/88, foram ajustados em razo da propria doacdo. Se o Decreto nao foi revogado ou ainda, as raz6es pelas quais a doacio foi levada a efeito nao se modificaram, a pratica de ato em descompasso com 0 Decreto no se revela valida e, portanto, torna invalida a decisao de destinar 0 espaco para exposicio diversa daquela a que se refere o decreto regulamentar. Diante do exposto, espera-se que esse Tribunal, diante dos indicios de irregularidade de atuac&o estatal, adote providéncias para determinar que o Distrito Federal no utilize 0 espaco Oscar Niemeyer de forma diversa daquela estatuida no Decreto 11.215/88, regularizando-se, portanto, a sua destinacdo, de acordo com os termos que deram ensejo & doaco do imével. III — COMPETENCIA DO TRIBUNAL DE CONTAS PARA APURACAO DAS ILEGALIDADES ORA APONTADAS Por fim, cumpre observar que, diante das evidentes ilegalidades e do potencial prejuizo ao erério distrital, é certo que Tribunal de Contas do Distrito Federal detém competéncia para apreciar e julgar a presente representagdo. Nesse particular, destaque-se 0 que dispde 0 Regimento Interno desta Colenda Corte de Contas: Art. 1° Ao Tribunal de Contas do Distrito Federal, drgao de controle externo, nos termos da Constituigéo Federal, da Lei Organica do Distrito Federal e da Lei Complementar do DF n° 1, de 9 de maio de 1994, compete: (.) XIX - apurar e decidir sobre dentincia que Ihe seja encaminhada por cidado, partido politico, associagéo ou sindicato, bem como sobre representagdes em geral, versando sobre irregular jades de atos sujeitos ao seu controle; 2 MELLO, Celso Anténio Bandalra de. Curso de Direito Administrativo. 26? ed. rev. ¢ atual. até a Emenda Constitucional 57, de 18.12.2008. So Paulo: Malheiros, 2009. Pag. 398. "Praga Municipal Quadra 2 Lote 05 - 3° Andar— Gabinete 13 - Camara Legisiativa do Distrito Federal ‘CEP: 70,094-902 / Brasla-DF ~ Fone: 3348-8132/06 ¥ CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL { Gabinete do Deputado Leandro Grass QF (a) “art. 230. © Tribunal receberd representacdes sobre ilegalidades, irregularidades ou abusos identificados no exercicio da administracao contabil, financeira, orgamentéria, operacional e patrimonial dos drgdos e entidades sujeitos & sua jurisdig’o ou na aplicacio de quaisquer recursos repassados ao Distrito Federal, ou por este, mediante ajuste de qualquer natureza”. Como demonstrado, os procedimentos adotados pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, merecendo a analise criteriosa deste Egrégio Tribunal. IV—DOS PEDIDOS Demonstrada pois, a competéncia, dessa Corte, bem como os indicios concernentes & irregularidade apontada, requer-se seja recebida a representaco, nos termos do artigo 230 do Regimento Interno do Tribunal de Contas do Distrito Federal, e, confirmadas as irregularidades ora apontadas — utilizaco indevida do Espaco Oscar Niemeyer - sejam tomadas providéncias para que sejam respeitados os ditames do Decreto 11.215/88 e, por conseguinte, o espaco volte a ser utilizado para a sua destinacéo original. Termos em que pede deferimento. Brasilia-DF, 26 de agosto de 2019. LEANDRO GRASS Deputado Distrital Rede Sustentabi jade ‘Praga Municipal Quadra 2 Lote 08 ~ 3° Andar Gabinete 13 - Camara Legisiatva do Distito Federal ‘CEP: 70,094-902 / Brasila.DF ~ Fone: 3348-8132/06