Você está na página 1de 11

Lista de Exercícios sobre Interpretação de Gráficos e Imagens cobradas nas provas da ETEC.

Professora: Érika Rosa Ribeiro

Analise o cartum para responder às questões 1 e 2

1. Após a leitura do cartum, pode-se concluir corretamente que ele


(A) representa os hábitos primitivos compartilhados entre os seres humanos e outras espécies.
(B) corrige o modelo darwiniano, evidenciando o desenvolvimento das espécies por meio da
convivência pacífica e ordenada.
(C) distorce o modelo evolucionista, retratando a influência negativa do consumo desenfreado na
manutenção da biodiversidade.
(D) critica o modelo evolucionista, segundo o qual os seres vivos surgem a partir do material
orgânico descartado de outros seres vivos.
(E) utiliza a teoria da evolução para evidenciar hábitos ambientais destrutivos do ser humano,
como poluir o ambiente do qual se originou.

2. Gênero textual define-se como composições socialmente estáveis que têm o objetivo de
passar determinadas informações. Cada gênero textual tem peculiaridades que variam de
acordo com seus objetivos (informar, criticar, convencer, relatar...), com seu público alvo
(adultos, crianças, escritores, professores...), com seu canal de veiculação (mídia impressa,
revistas on-line...) e assim por diante. Para atingir seus objetivos, os gêneros textuais podem
utilizar tanto a linguagem verbal quanto a não verbal. Sobre o cartum apresentado, assinale a
alternativa que identifique, corretamente, as características desse gênero, seu objetivo e a
linguagem predominantes.

CARACTERÍSTICAS OBJETIVO LINGUAGEM


(A) Desenho humorístico ou caricatural, espécie de anedota Criticar Não Verbal
gráfica que satiriza comportamentos humanos.
(B) Desenho humorístico, com ou sem legenda ou balão, que Informar Verbal
tem por tema algum acontecimento atual, que comporta
crítica e focaliza, por meio de caricatura, uma ou mais
personagens envolvidas.
(C) Segmento de história em quadrinhos, apresentado em Ironizar Verbal e não
jornais ou revistas numa só faixa horizontal. Verbal
(D) Desenhos em sequência, inicialmente sobre cartão e depois Entreter Verbal
em papel ou afim, em preto ou em cores, para fins
caricaturais ou humorísticos de amplo espectro de
percepção e aceitação.
(E) Narração de particularidade curiosa ou jocosa que acontece Comover Não Verbal
à margem dos eventos mais importantes, e por isso pouco
divulgada, de uma determinada personagem ou passagem
histórica.

3.

Na tirinha, o Rato Ruter faz um pedido a Níquel: um pedaço de seu queijo. No entanto, Níquel
não entende o pedido. Assim, o humor da tira é gerado, pois Níquel
(A) parece não prestar atenção ao pedido nos dois primeiros quadrinhos.
(B) deixa claro não querer compartilhar seu queijo antes de uma ordem expressa.
(C) só entende o pedido por meio da linguagem informal e do grito, expresso pelas letras em
negrito.
(D) tem em suas mãos um objeto que não se trata de uma substância e nem uma guloseima,
palavras expressas como sugestão.
(E) entende a solicitação desde o primeiro quadrinho, mas só resolve respondê-la quando seu
interlocutor usa palavras de seu repertório.

4. Veja as imagens

A primeira imagem se trata de uma pintura a óleo, de 1665, do artista neerlandês Johannes
Vermeer, intitulada de Moça com brinco de pérola. Ao lado dela, vê-se uma personagem muito
famosa no mundo dos desenhos animados. O recurso empregado para aproximação entre as
imagens é chamado de
(A) linearidade, visto que a imagem 2 foi desenvolvida antes da imagem 1.
(B) intertextualidade, visto que há uma influência da imagem 1 para a criação da imagem 2.
(C) complementaridade, visto que a imagem 2 complementa o sentido descrito na imagem 1.
(D) periodicidade, visto que as duas imagens denotam uma temática recorrente ao longo da
história.
(E) subjetividade, visto que a imagem 1 e a imagem 2 apresentam modos de interpretação
diferente para cada pessoa.

5. Leia a tirinha para responder à questão

A tirinha apresenta a personagem Mafalda contando ao globo terrestre seu projeto de vida. Para
concretizá-lo, Mafalda, no último quadrinho, usa uma pergunta para pedir ao globo terrestre que
(A) crie uma oportunidade de emprego como tradutora.
(B) se mantenha em crise até que ela ingresse na ONU.
(C) não desapareça antes que ela realize o seu plano.
(D) a conserve viva para ver o mundo crescer.
(E) conflitos e guerras exterminem o mundo.

6.

Sobre a distribuição espacial dos grandes centros urbanos pelo mundo apresentados na tabela,
é possível afirmar corretamente, que
(A) no final do século XIX, as maiores cidades estavam concentradas nos países
subdesenvolvidos.
(B) no ano de 2015, a maioria das grandes aglomerações urbanas estava concentrada em um
único continente.
(C) no ano de 1990, duas das maiores aglomerações urbanas do planeta pertenciam à América
Latina.
(D ) nos três momentos registrados na tabela aparece, pelo menos, uma cidade do continente
europeu.
(E) no ano de 2015, as três maiores aglomerações urbanas se encontravam no continente
asiático.

7.

Considerando as tendências apontadas pelas pirâmides etárias, as verbas devem priorizar


(A) os programas de controle de natalidade.
(B) os programas de atendimento pré-natal e as gestantes.
(C) a ampliação do número de creches e a educação infantil.
(D) os serviços de saúde para as crianças e os jovens.
(E) a assistência aos idosos e a previdência social.

8. Leia a charge e responda à questão.


A charge dialoga com uma parte do enigma da Esfinge de Tebas, criatura mitológica grega:
“Decifra-me, ou devoro-te”. Assinale a alternativa que contenha o nome que pode ser dado ao
diálogo entre a charge e o enigma.
(A) Ambiguidade
(B) Coesão
(C) Desfecho
(D) Intertextualidade
(E) Transitividade

9. Leia o cartaz e responda à questão.

Esse cartaz faz alusão à questão da fome no mundo, convocando o leitor a repensar e mudar os
seus hábitos de consumo. O cartaz é um gênero textual cuja função é chamada de injuntiva e
apresenta características tais como (A) um caráter persuasivo e a presença de verbos no
imperativo.
(B) um caráter descritivo, sem defesa de um ponto de vista.
(C) a presença de estrofes e versos que apresentam rima.
(D) a descrição de um ser vivo, um objeto ou um ambiente.
(E) o desenvolvimento de um enredo, composto de clímax e desfecho.

10. Leia o texto e a tabela para responder à questão.

O aleitamento materno é a mais sábia estratégia natural de vínculo, afeto, proteção e nutrição
para a criança e constitui a mais sensível, econômica e eficaz intervenção para redução da
morbimortalidade infantil. Permite ainda um grandioso impacto na promoção da saúde integral
da dupla mãe/bebê. Nos primeiros dias após o nascimento, o leite materno é chamado de
colostro. O leite de mães de recém-nascidos prematuros é diferente do de mães de bebês a
termo. A principal proteína do leite materno é a lactoalbumina e a do leite de vaca é a caseína,
de difícil digestão para a espécie humana. A tabela apresenta as diferenças entre o colostro e o
leite maduro, entre o leite de mães de bebês a pré-termo e de bebês a termo e entre o leite
materno e o leite de vaca.
De acordo com o texto e a tabela, pode-se afirmar que
(A) um bebê a termo de 27 dias, ao ser amamentado, ingere 7,0 g/dL de lactose.
(B) a lactoalbumina, a principal proteína do leite de vaca, é de fácil digestão para o bebê.
(C) o leite de vaca, por ter mais proteína que o colostro e que o leite maduro, é mais adequado
para a criança.
(D) o leite maduro consumido pelo bebê a pré-termo contém mais lactose que o leite de vaca e
menos proteína que o colostro.
(E) o colostro apresenta mais lipídios, menos proteína e menos lactose do que o leite maduro,
independentemente dos dias de vida do bebê.

11.

É correto afirmar que a charge


(A) ilustra a imigração de europeus após os diversos atentados ocorridos recentemente em
países como França e Itália.
(B) ironiza o muro de contenção à imigração mexicana nos Estados Unidos, construído no norte
do país no início de 2015.
(C) critica a ação brasileira em relação aos refugiados haitianos, que morrem ao tentar
atravessar o mar do Norte rumo ao Brasil.
(D) apresenta a questão dos refugiados, sobretudo sírios que, por conta da guerra em seu país,
tentam chegar à Europa pelo Mediterrâneo.
(E) debate a situação dos jovens britânicos que, por conta da saída do Reino Unido da União
Europeia, têm dificuldades para emigrar para os países vizinhos.

12. Recentemente, foi descoberta no Brasil uma camada geológica sedimentar denominada Pré-
Sal, situada abaixo de uma grande camada de sal e com grande potencial de acúmulo de
petróleo. Ela está localizada na plataforma continental brasileira, em uma área de cerca de 800
km de extensão por 200 km de largura que pode ter de 5 km a 7 km de profundidade, entre os
estados de Santa Catarina e Espírito Santo.

Um dos maiores desafios para a exploração do petróleo desse local é a


(A) proximidade dessa região com as placas tectônicas do Brasil e da África, que podem se
chocar.
(B) alta temperatura da água no fundo do oceano, podendo gerar combustão espontânea do
petróleo.
(C) existência de constantes tsunamis que impedem a aproximação de navios cargueiros e
petroleiros.
(D) grande distância que a separa do território brasileiro, uma vez que essa área se encontra no
oceano Pacífico.
(E) extração do petróleo com segurança, em face da grande profundidade onde se encontram as
reservas de petróleo.

13. Os gráficos da figura apresentam as evoluções da capacidade de atendimento e da


demanda máxima instantânea de energia elétrica em um país fictício no período de 2005 a 2015.
Analisando esses gráficos, é verdadeiro afirmar que
(A) de 2005 a 2008, a demanda máxima instantânea e a capacidade de atendimento
apresentaram valores compreendidos na faixa de 3 000 MW a 4 000 MW.
(B) de 2005 a 2015, houve, pelo menos, um intervalo de um ano em que a capacidade de
atendimento apresentou decrescimento.
(C) de 2005 a 2015, de ano a ano, a demanda máxima instantânea apresentou valores cada vez
maiores.
(D) de 2008 a 2010, o crescimento da demanda máxima instantânea foi maior que o crescimento
da capacidade de atendimento.
(E) de 2012 a 2015, a capacidade de atendimento variou mais de 1 000 MW.

14. O viajante francês Jean-Baptiste Debret registrou, no início do século XIX, uma atividade de
trabalho no Brasil, conforme pode-se ver na imagem.
A imagem mostra
(A) trabalhadores livres operando um equipamento de forja movido a energia elétrica, nos
primeiros tempos da industrialização brasileira.
(B) pessoas escravizadas trabalhando na moagem da cana de açúcar, em um equipamento
movido pela força humana.
(C) pessoas manejando um maquinário de tecelagem, atividade que se desenvolveu no início
do período monárquico.
(D) o interior de uma fábrica de móveis, onde se encontram equipamentos relacionados à
marcenaria.
(E) a produção de farinha por meio de um instrumento rudimentar movido pela energia hidráulica

15. A Confederação Nacional do Transporte, em sua Pesquisa CNT de Rodovias 2014,


apresenta a tabela:

De acordo com a distribuição da malha rodoviária federal pavimentada, pode-se afirmar


corretamente que,
(A) em 2004, a região Sul contava com 22,2% da extensão dessa malha.
(B) em 2014, a extensão dessa malha na região Centro-Oeste era de 8 235 km.
(C) no período de 2004 a 2014, no Brasil, essa malha teve um crescimento de 19,7%.
(D) em 2004 e em 2014, a região Sudeste, apresenta a maior participação na extensão dessa
malha.
(E) no período de 2004–2014, a região Norte, apesar da menor extensão, apresentou o maior
crecimento dessa malha.

16. Leia o texto e analise a tabela para responder à questão.

O Brasil foi um dos principais destinos dos navios chamados de tumbeiros, que transportavam
centenas de africanos durante a existência do regime escravista. Entre os séculos XVI e XIX,
estima-se que ao menos 5,5 milhões de africanos tenham sido embarcados para o Brasil, o que
representa cerca da metade do total das pessoas capturadas na África para a escravidão nesse
período. Desses africanos, calcula-se que 3,6 milhões eram procedentes da África Centro-
Ocidental e do Sudeste Africano – regiões do grande grupo etnolinguístico banto – que
compartilham elementos culturais, sociais, tecnológicos semelhantes entre si.
De acordo com os dados da tabela, sobre o transporte de africanos para o Brasil, é correto concluir
que
(A) mais de 2 milhões de africanos embarcaram entre 1601 e 1800.
(B) a Amazônia não recebeu africanos escravizados no século XVIII.
(C) Bahia e Pernambuco eram o destino da maior parte dessas pessoas.
(D) o maior número de africanos destinados ao Sudeste embarcou no século XIX.
(E) a região Sudeste sempre foi o destino da maior parte das pessoas que embarcaram.

17. Com a ajuda da publicidade, o automóvel tornou-se símbolo de status. Com o passar do tempo,
o consumo desse produto foi aumentando significativamente na maioria dos países do mundo.
Com isso, vários setores da economia também se expandiram, como oficinas mecânicas,
concessionárias de veículos, seguradoras e estacionamentos; porém, em contrapartida, surgiram
os grandes congestionamentos causados pelo número cada vez maior de automóveis em
circulação.

Considerando a charge e as consequências e transtornos que os grandes congestionamentos


causam, é correto concluir que
(A) a irritação pela qual passam os motoristas nos congestionamentos nas grandes cidades pode
ser resolvida pelo uso do telefone celular durante o ato de dirigir, pois isso diminui o risco de
acidentes.
(B) o problema dos congestionamentos das grandes cidades se resolve com a desapropriação de
áreas públicas para a expansão da malha viária e o estreitamento das ruas e avenidas.
(C) o uso do automóvel permitiu a contração do perímetro urbano das grandes cidades, em função
da construção de grandes avenidas, viadutos e anéis viários em seu entorno.
(D) os círculos publicitários abrem nas grandes cidades empresas especializadas na fabricação
de veículos, explorando o status que o automóvel naturalmente oferece.
(E) o aumento da frota de automóveis em circulação nas grandes cidades gera acréscimo nas
despesas governamentais com a saúde pública.

18. Para responder à questão de número 18, considere a tela Guernica, de Pablo Picasso
(figura1), pintada em protesto ao bombardeio à cidade espanhola de mesmo nome, e a imagem
criada pelo cartunista argentino, Quino (figura 2).

Na cena criada por Quino, está presente a


intertextualidade, pois
(A) o humor surge em consequência da falta
de dedicação e de empenho da faxineira no
momento de realizar as tarefas da casa.
(B) a dona da casa é uma pessoa que aprecia
pintura e possui várias obras de artistas
cubistas em sua residência.
(C) as alterações realizadas pela faxineira na
pintura de Picasso mantiveram a ideia original
proposta pelo pintor para Guernica.
(D) o cartunista reproduz a famosa pintura de
Picasso, inserindo-a em um novo contexto que
é a sala em desordem de uma residência.
(E) a faxineira irrita-se com a sujeira deixada
pelos adolescentes da casa os quais
frequentemente realizam festas para os
amigos.

Você também pode gostar