Você está na página 1de 4

MEMÓRIA DE CAMPO - AVALIAÇÃO DA EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL AO RUÍDO

1 - IDENTIFICAÇÃO DA AVALIAÇÃO AMOSTRA Nº: GHE: Data:


Foto colaborador usando o dosimetro.
Empresa: G. Geral: G. Área: Téc. responsável
amostragem:

Unidade: Local: Processo:

Nome: Registro: Função:

Instrumento: Mic: Nº Serie: Certific. calibração: Validade: Supervisor da


área:

Calibrador: Nº Serie: Certific. calibração: Validade: Gerente da área:

2 - DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS DURANTE A AVALIAÇÃO LOCAIS PRINCIPAIS FONTES DE RUÍDO OTOTÓXICOS NO AMBIENTE

3 - PROTEÇÃO PESSOAL E COLETIVA CONTRA RUIDO


Tipo de E.P.I: Fabricante: Modelo: Nº CA: Nivel de Redução de Ruído - Sf (dB):
Tipo de E.P.C: Fabricante: Data da Instalação: Fonte ruidosa atenuada:
4 - VALIDAÇÃO DA MEDIÇÃO
Avaliação pessoal do trabalhador sobre exposição ruído: Abaixo do normal: Normal: Acima do normal: Justifique: Dia típico:
Horário inicio da medição: Horário encerramento da medição: Intervalo na medição: às Tempo total: 0:00 Duração da medição aceitável:
Integridade do equipamento: Programação equipamento: Calibração inicial: Verificação da calibração final: Calibração aceitavel:
Valor projetado (jornada de 8 hs): dBA Fd5: Dose% Fd5: dBA Fd3: Dose% Fd3: Resultado coerente com dia típico:
Observação: AMOSTRA REPRESENTATIVA: SIM
F.S 2 - Memória de campo Ruído TriADD Consulting STHO Ltda Outubro/2012 - Revisão 1
OTOTÓXICOS NO AMBIENTE

SIM
Outubro/2012 - Revisão 1