Você está na página 1de 7

Fundação Centro de Ciências e Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro

Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro

Avaliação Presencial – AP1


Período - 2012/1º
Disciplina: ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
Coordenador: FRANCISCO COELHO MENDES

Data da prova:
Aluno (a): ...........................................................................................................................
Pólo: ...................................................................................................................................
 A prova é composta por 4 (quatro) questões e em cada questão está especificada a quantidade de pontos
equivalentes;
 Só serão aceitas respostas feitas a caneta esferográfica de cor azul ou preta.

GABARITO
Questão 01 (2, 0 pontos)

Analise a figura a seguir e fale sobre a composição e projeção de uma rede de comunicação.

Figura 8.3: Sistema de comunicação.


Fonte: Sistemas de Informação e as decisões gerenciais na era da Internet. O´Brien, 2004.

1
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________.

Resposta 01

Você deve mencionar que uma rede de comunicação pode ser formada pela integração de vários
elementos de outros sistemas de rede como: Internet, Extranet (rede de computadores de uma empresa
que faz uso da Internet para partilhar com segurança parte do seu sistema de informação aos usuários
externos, tais como: representantes e clientes), Intranet, parceiros, clientes, funcionários e firewall
(dispositivo de segurança). A rede de comunicação possui processadores e softwares que auxiliam no
gerenciamento e controle da comunicação. Os processadores e softwares da rede de comunicação
podem ser classificados como: processador front-end (gerencia a comunicação para o computador
hospedeiro), concentrador (coleta e armazena mensagens temporariamente), controlador (supervisiona
o tráfego de comunicações) e multiplexador (permite a um único canal de comunicação transportar
transmissões de dados).

Uma rede de comunicação é projetada para atender as necessidades de transações internas e externas à
empresa, bem como troca de informações e de dados, armazenamento de dados, controle gerencial,
facilidade de acesso, segurança da informação, entre outras necessidades.

2
Questão 02 (3, 0 pontos)

O setor da construção civil no Brasil resolveu desenvolver um projeto. Só que esse é um


projeto complexo que requer a coordenação de muitos grupos diferentes, de centenas de
desenhos de arquitetura e documentos de projeto que podem mudar diariamente.
Dispendiosos atrasos causados por perda de documentos podem estar diretamente ligados ao
fracasso ou sucesso de muitas empresas nesse setor em que as margens de lucro são bastante
reduzidas, variam de 2 a 5%.

A tecnologia Web está começando a atacar esse problema. Novos sistemas de gerenciamento
de projetos de construção baseados na Web habilitam gerentes de projeto a trocar documentos
e trabalhar online onde quer que estejam, utilizando software de navegador Web. Por exemplo,
a vivax.com.br, com sede em Manaus, AM, oferece aos clientes um espaço compartilhado
onde gerentes de projeto podem trocar documentos com engenheiros e arquitetos, conduzir
concorrências para serviços de empreiteiros, acompanhar a programação e o desempenho e
realizar reuniões online.

A ConstruFácil, empresa com vasta experiência em construção civil, utilizou os serviços da


vivax.com.br para melhor gerenciar e acelerar a construção e, ao mesmo tempo, reduzir
custos. Um dos projetos foi a reforma de dois teatros no Rio de Janeiro. Esse projeto reunia
semanalmente dez consultores de projeto, em parte para decidir alterações de projeto. Uma
vez encerradas as reuniões, as alterações decididas eram enviadas aos arquitetos para integrá-
las às plantas, que depois eram devolvidas aos consultores, que então produziam documentos
mais detalhados e os passavam à empresa encarregada da construção.

No passado, todas as plantas eram desenhadas à mão e enviadas pelo correio à próxima
pessoa envolvida no processo. Agora, as alterações podem ser carregadas no site da
vivax.com.br para comunicação instantânea e revisão imediata, propiciando com isso redução
dos custos.

Há também softwares que permitem às empresas construtoras fazer pedidos e controlar os


suprimentos da obra na medida de suas necessidades. A gerência não precisa mais dispor de
horas fazendo pedidos por telefone ou usando catálogos para selecionar produtos. A nova
tecnologia poupa tempo e despesas com postais e encomendas expressas, aumenta a
velocidade e habilita os gerentes para melhor controlar os processos.

Quais são os benefícios para a administração da organização, aqui descritos, provenientes da


utilização de softwares de gerenciamento do conhecimento baseados na Web?

3
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________ .

Resposta 02

Os principais benefícios para a administração da organização do setor de construção civil


estão associados à utilização da tecnologia do conhecimento e serviços de Internet, ao
oferecer aos clientes um espaço compartilhado onde gerentes de projeto podem trocar
documentos com engenheiros e arquitetos, conduzir concorrências para serviços de
empreiteiros, acompanhar a programação e o desempenho, e realizar reuniões online via Web.
Além de propiciar um melhor gerenciamento e aceleramento da construção e, ao mesmo
tempo, reduzir os custos, as empresas construtoras também podem fazer pedidos e controlar
os suprimentos da obra conforme suas necessidades.

Sua resposta pode se encerrar aqui. Caso queira complementar, você poderá acrescentar que:
as empresas precisam de programas de gestão do conhecimento porque eles se tornaram um
patrimônio produtivo e estratégico central na economia da informação atual e fonte potencial
de vantagem estratégica. A gestão do conhecimento é um conjunto de processos para
gerenciar e ampliar sistemática e ativamente os repositórios do sistema de conhecimento de
uma organização. Os sistemas de informação podem desempenhar um papel importante na
gestão do conhecimento, auxiliando a organização a criar, armazenar, distribuir e aplicar
conhecimento, e a capturar sua base de conhecimento. A organização conta também com a
contribuição dos sistemas de escritório, sistemas de trabalhadores do conhecimento, sistemas
de colaboração em grupo e aplicações de inteligência artificial que são especialmente úteis
para a gestão do conhecimento porque enfocam o suporte ao trabalho de informação e
conhecimento, a definição e codificação da base de conhecimento da organização.

4
Questão 03 (3, 0 pontos)
Relacione os níveis empresariais de sistemas de informação da coluna da
esquerda com suas respectivas características e exemplos na coluna da
direita, atribuindo os números entre parênteses.

(1) Sistemas de (6) Apresenta como características de processamento de informações de entrada


apoio ao executivo (eventos), de processamento (classificação, listagem), de saída (relatórios, resumo) e
(SAE) de usuários (supervisores e operadores). Ex: processamento de pedidos, folha de
pagamento, treinamento e desenvolvimento.

(2) Sistemas de (4) Apresenta como características de processamento de informações de entrada


apoio à decisão (especificações de projeto), de processamento (modelagem), de saída (projetos e
(SAD) gráficos) e de usuários (pessoal técnico). Ex: estação de trabalhos de engenharia e
administrativos.

(3) Sistemas de (5) Apresenta como características de processamento de informações de entrada


informação (documentos, cronogramas), de processamento (gerenciamento de documentos), de
gerenciais (SIG) saída (correspondência) e de usuários (funcionário de escritório). Ex: tratamento de
imagens, edição de textos e agenda eletrônica.

(4) Sistemas de (2) Apresenta como características de processamento de informações de entrada


trabalhadores do (pequeno volume de dados), de processamento (interatividade), de saída (análise de
conhecimento (STC) decisão) e de usuários (equipe de assessores da gerência). Ex: gerenciamento de
vendas, controle de estoque e orçamento anual.

(5) Sistemas de (3) Apresenta como características de processamento de informações de entrada (alto
automação de volume de dados), de processamento (modelos simples), de saída (relatórios/sumários
escritório (AE) executivos) e de usuários (gerentes de nível médio). Ex: programação da produção e
análise de custos.

(6) Sistemas de (1) Apresenta como características de processamento de informações de entrada (dados
processamento de agregados), de processamento (interatividade e análise), de saída (projeções) e de
transações (SPT) usuários (gerentes seniores). Ex: previsão de tendência de vendas e planejamento de
pessoal.

5
Questão 04 (2,0 pontos)

Atualmente os países desenvolvidos e em desenvolvimento preocupam-se com sua segurança


nacional e com a segurança dos seus SI, principalmente no que se refere aos ataques
terroristas. Primeiro eles atacam as redes de computadores da Nasdaq e da Bolsa de Valores
de Nova York, causando interrupção no comércio. Em seguida, caem as redes de
computadores de importantes bancos de varejo, como Citibank e Chase. Então, uma ação
indevida causa o colapso da rede elétrica do Brasil e das operações de controle de tráfego
aéreo, obrigando o desvio de centenas de vôos. Se bem sincronizados e implementados, uma
série de ataques desse tipo sobre sistemas elétricos, de transportes, de comunicações e
financeiros pode avariar, em questão de horas, a infra-estrutura que mantém o Brasil
funcionando e deixar o país paralisado durante dias.

Qualquer pessoa munida de um computador e de uma conexão com a Internet (um


funcionário desgostoso, um grupo de hackers mal intencionados ou um grupo bem financiado
e bem organizado, como uma rede terrorista) pode abalar a infra-estrutura de um país. Muitos
especialistas acham que os países desenvolvidos estão amplamente expostos a esse tipo de
ataque. Vários países estão desenvolvendo capacidades ofensivas e defensivas no campo da
“ciberguerra” (modalidade de guerra onde são utilizados computadores).

As redes de comunicação militares do Brasil também são vulneráveis a ataques da


“ciberguerra” e do “ciberterrorismo” (modalidade de terrorismo que usa computadores ou
tecnologias da informação de forma criminosa, particularmente através da Internet, para
causar um dano físico ou virtual), pois a maioria das informações do Ministério da Defesa é
transportada por redes comerciais abertas. Isso possibilita a ação de invasores (hackers) que
podem obter privilégios de administrador e, a partir daí, fazer tudo que um administrador de
sistema poderia fazer, inclusive copiar arquivos ou instalar software para monitorar as
atividades dos usuários.

Algumas providências devem ser tomadas para administrar essa ameaça. Como, por exemplo,
criar uma Central Nacional de proteção à infra-estrutura do país, capaz de dar um alarme
rápido no caso de “ciberataques” e manter a ligação entre o governo e as corporações. O
Ministério da Defesa, por sua vez, deveria formar uma “força-tarefa” para operações em redes
de computadores, a fim de coordenar programas defensivos e ofensivos na guerra de
informações.

Que fatores de administração, organização e tecnologia devem ser considerados pelo Brasil
em um plano de segurança da comunicação na Internet?

6
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________ .

Resposta 04

Em um plano de segurança da comunicação na Internet, o país deve considerar os fatores de


administração, organização e tecnologia que se refere à implementação das políticas de
desenvolvimento de recursos humanos com capacidades ofensivas e defensivas no campo da
“ciberguerra” e do “ciberterrorismo”. Uma ação relevante refere-se à redução das informações
veiculadas em redes de comunicação abertas. O país poderia criar uma Central Nacional de
proteção à infra-estrutura, capaz de dar um alarme rápido no caso de “ciberataques” e manter
a ligação entre o governo e as corporações do Ministério da Defesa. Poderia criar também
uma “força-tarefa” para operações em redes de computadores, a fim de coordenar programas
defensivos e ofensivos na guerra de informações.

Outros fatores a serem considerados referem à necessidade de se criar backups de sistemas


com informações relevantes para a segurança do país, bem como auditoria dos SI, sejam elas
individuais ou globais, e buscar também avaliar a eficácia e eficiência da qualidade dos
sistemas. Algumas medidas de precaução podem ser tomadas, como: criptografia,
autenticação, integridade da mensagem, assinatura digital, certificado digital e transação
eletrônica segura.

GABARITO
GABARITO 7

Você também pode gostar