Você está na página 1de 6

1

Generalidades sobre Esplancnologia


é a ciência que estuda as vísceras,
especialmente as que constituem os sistemas
Definição:
circulatório, respiratório, digestório, urinário,
genitais feminino e masculino.

Órgãos:
Conjunto de dois ou mais tecidos que se
unem para desempenhar uma função
comum.

Sistemas:
Conjunto de órgãos que funcionam
cooperativamente para cumprir um mesmo
propósito comum. Ex.: sistema digestório,
cujos órgãos se ocupam da digestão e
Sistemas e absorção dos alimentos.
Aparelhos:
Aparelhos:
Conjunto de órgãos que se destinam a uma
função especial.
Ex.: Aparelho Lacrimal (reúne órgãos
destinados à produção e eliminação da
lágrima).

Em alguns casos, aparelho é usado como


sinônimo de sistema (aparelho digestivo e
sistema digestório).
2

Definição e Estrutura:
 Uma das grandes cavidades do corpo
humano, abrange órgãos como o coração e
os pulmões.
 Delimitada pela caixa torácica (formada
pelas estruturas ósseas) e pela parede
torácica (formada pelos tecidos e músculos
que a envolvem).
Mediastino:
 Espaço existente entre as duas pleuras
pulmonares, e que é ocupado pelas demais
vísceras que compõem o tórax.
 Divide-se em mediastino superior e
mediastino inferior (respectivamente acima
Cavidade
e abaixo da linha). O mediastino superior
Torácica:
não se subdivide. O mediastino inferior
subdivide-se em anterior, médio e posterior.
 Mediastino Superior: posteriormente,
contém o esôfago e a traquéia;
anteriormente, contém o timo; entre estes,
contém os grandes vasos relacionados com
o coração.
 Mediastino Anterior: contém parte do timo.
 Mediastino Médio: contém o coração e o
pericárdio, além dos brônquios principais e
a estrutura das raízes dos pulmões.
 Mediastino Posterior: contém, entre outras
estruturas, o esôfago e a aorta torácica, que
o atingem vindos do mediastino superior.
3
4

Definição e Estrutura:
 Uma das grandes cavidades do corpo humano,
abrange órgãos como o estômago, intestino,
fígado, pâncreas, rins, ureteres, baço, glândulas
supra-renais e sistema nervoso autônomo.
 Limites:
o Superior: músculo diafragma;
Cavidade
o Inferior: cavidade pélvica.
Abdominal:
Espaços e Conteúdos:
Peritônio: membrana serosa de parede dupla que
forra a parede abdominal (peritônio parietal) e as
vísceras para revesti-las (peritônio visceral).
Retroperitoneal: é todo órgão situado entre o
peritônio parietal e a parede posterior do abdome.
Ex.: rins.
5

Outras estruturas relacionadas:


 Mesentério: lâmina dupla de peritônio
que possui a dupla função de prender o
órgão à parede abdominal posterior e
permitir a comunicação neurovascular
entre o órgão e a parede do corpo.
 Omento: prega do peritônio que passa do
estômago e parte proximal do duodeno
para órgãos adjacentes ou para a parede
Cavidade abdominal.
Abdominal: o Omento Menor: liga a curvatura menor
do estômago e a parte proximal do
duodeno ao fígado.
o Omento Maior: grande prega que se
projeta inferiormente para baixo como
um avental a partir da curvatura maior
do estômago e parte proximal do
duodeno em direção ao intestino, se
prendendo neste e no mesentério.
6

Definição:
 Localizada inferiormente à cavidade
abdominal, é delimitada por uma linha
imaginária que une as cristas ilíacas.
Estrutura:
 Anatomicamente, é dividida em pelve maior
Cavidade (ou falsa, mais superior) e pelve menor (ou
Pélvica: verdadeira, mais inferior).
o Pelve maior: parte da pelve superior à
linha arqueada ou linha terminal
o Pelve menor: parte da pelve entre a linha
terminal e uma linha que se estende da
borda inferior da sínfise púbica ao ápice
do cóccix.

f
C
C f