Você está na página 1de 10

MINDFULNESS

APLICADO
Por: Charles Betito
Sobre o Autor

CHARLES BETITO

Executivo de empresas de tecnologia e inovação há mais de 18 anos, é também


empreendedor, instrutor de meditação e professor de filosofia budista..

Atuou como CFO e COO sempre buscando conciliar a vida executiva com seus
estudos relacionados ao desenvolvimento humano, principalmente com foco em
trazer mais consciência, equilíbrio e sucesso ao mundo dos negócios. Formado
pela FGV, passou também pela SINGULARITY University e tem pós-graduação
pelo MIT com enfoque em Inovação, Tecnologia e Liderança.

Estuda e pratica mindfulness e meditação há mais de 15 anos e participou de


diversos retiros de aprofundamento, além de visitar e estudar países como Butão
Nepal como fonte de inspiração para uma vida mais equilibrada.

Atuou como Diretor durante 3 anos em um centro de meditação em São Paulo,


com mais de 200 unidades pelo mundo e tem formação em Neuro-coaching pelo
NLI (Neuroleadership Institute), The Inner Game International School e Art of
Hosting. Hoje atua como CEO e co-fundador do MIND|station e tem como
objetivo ajudar as pessoas a entender suas mentes e a construir futuros melhores
para a humanidade.

MINDFULNESS APLICADO 2
O que é?

MINDFULNESS APLICADO

Por mais de 15 anos estudei mindfulness e meditação com o máximo


de energia ao mesmo tempo que empreendia, cuidava da minha
empresa e da minha carreira como executivo de tecnologia. Em um
dado momento percebi que embora desenvolvesse minha mente e
percebesse com mais frequência o sofrimento das pessoas, era muito
difícil ajudá-las de fato. E por ajudar eu quero dizer, resolver as
situações difíceis em que se encontravam sem que para isso eu tivesse
que impor o que eu acreditava. Não adiantava nada ensinar
mindfulness sem que conseguisse fazer uma ligação direta com o dia
a dia do trabalho e das complexidades da nossa vida.

MINDFULNESS APLICADO 3
Percebia também o crescente interesse pelo tema era geralmente
muito puxado pelos estudos da neurociência. Notava também que a
maioria das pessoas que se engajavam com estas práticas faziam
isso buscando objetivos como: diminuir o estresse, aumentar o foco ou
trabalhar melhor as emoções. Embora todos estes sejam válidos e
bons objetivos, eles não tem a energia suficiente para fazer com que a
maioria das pessoas de fato passem a tornar a prática do mindfulness
um hábito a ponto de realmente alcançarem o que buscavam. Além
disso a maioria das pessoas que ensinam são médicos
(neurocientistas ou profissionais da saúde), pessoas ligadas a algum
tipo de religião asiática (budista em sua maioria) ou muitas vezes
professores de yoga. Nada de errado com isso, aliás muito pelo
contrário, eu mesmo aprendi muito com esses profissionais.

Mas ainda havia um grande incômodo, que era conseguir achar


pessoas estivessem neste caminho e que como eu, tinham que
negociar com bancos, fechar projetos complexos com grandes
empresas, bater metas, lidar com o mais variado numero de pessoas
em diversas reuniões, E ao mesmo tempo estudar e aplicar estes
conceitos no dia a dia a fim de tornar a vida de todos à volta melhor.

MINDFULNESS APLICADO 4
Foi então que ao longo deste caminho encontrei algumas dessas
pessoas e que servem como grande fonte de inspiração para o
trabalho que resolvi fazer hoje. Algumas delas vocês terão a
oportunidade de ver nas minhas recomendações nos próximos e-
books e cursos que produzirmos.

E a partir disso que no início deste ano comecei a jornada de


novamente voltar a empreender, mas agora com o objetivo de trazer
todo esse conhecimento e pessoas incrivelmente inspiradoras para
próximo da realidade de quem vive a vida intensamente, trabalha e
entende que o mundo precisa ser transformado de dentro para fora.

E é para isso que estamos aqui, neste início de jornada e com muita
bagagem para compartilhar. Entendemos que a mente humana é
vasta, ainda sabemos muito pouco sobre ela, mas temos a certeza de
que podemos treiná-la para que expresse todo o seu potencial.
Vamos juntos transformar mentes e construir Futuros brilhantes para
todos. Faça parte desta mudança. :-)

MINDFULNESS APLICADO 5
Treinar a mente é essencial neste mundo
exponencial. E o mindfulness é uma das
melhores ferramentas para tal. Mas de nada
adianta se não conseguirmos aplicá-lo no
nosso dia a dia. Antes de falarmos da
aplicação, é importante também fazer uma
distinção entre o mindfulness e a meditação.
Mindfulness é o nome dado a um conjunto
de técnicas desenvolvidas, ou adaptadas,
pela ciência que nos ajudam a treinar
manter a nossa atenção no momento
presente, com propósito e aceitação. A
meditação pode ser considerada uma
prática dentro do conjunto do mindfulness e
que possui inúmeras formas e objetivos
distintos. No entanto, a mais amplamente
utilizada no meio médico é muito parecida
com a técnica tradicional conhecida como
Shamatha (na tradição budista), ou
breathing meditation. No meu ver, quando
associada a estudos mais profundos sobre a
natureza da mente, esta é uma das mais
profundas formas de se treinar a mente a
manter clareza, foco e principalmente
desenvolver gentileza e compaixão, palavras
tão faladas ultimamente e de forma tão
superficial.

MINDFULNESS APLICADO 6
E como podemos aplicar o
mindfulness no dia a dia?

Aqui vão algumas dicas:


Uso de tecnologia - Princípio de “caçar" ao invés de
ser “caçado”. Isso significa que sempre antes de
olharmos o celular nós nos perguntamos “porque”
estamos fazendo isso. Mesmo que seja para ver algo
nas redes sociais. Ao percebermos o real motivo pelo
qual vamos mexer no celular deixamos de ser
“levados" pela mente habitual e passamos a ter mais
controle de onde colocamos nossa atenção.

Conversas Conscientes - A prática do mindfulness


desmembra-se em várias outras formas de
prestarmos atenção no momento presente. Uma delas
é quando estamos conversando com outras pessoas.
Ao estarmos 100% presentes para o outro, sendo
curiosos a respeito do que está sendo dito e
conseguindo respeitar espaços e tempos de fala, algo
muito incomum nos dias de hoje, tendemos a manter
melhores relações, achar soluções para problemas ou
mesmo enxergar aquilo que não está sendo dito
diretamente. Conversa Consciente é uma prática que
ensinamos em alguns dos cursos que temos
disponíveis.

MINDFULNESS APLICADO
7
Presença – A chave do desenvolvimento da presença está
na nossa postura física. Pesquisadores e cientistas estão
estudando há tempos a relação entre a nossa postura e a
forma com que vemos a realidade e com que as outras
pessoas nos veem. Ao termos consciência disso e a mente
treinada, conseguimos então usar a postura física a nosso
favor. Seja em uma conversa com um sócio, chefe ou
cliente, ou mesmo quando vamos negociar algo em casa
com filhos, cônjuges ou família em geral. Existem algumas
posturas que criam uma certa aura de confiança e evocam
qualidades de liderança. A melhor maneira de treinar isso é
perceber algum momento em que você esteja se sentindo
bem e influenciando pessoas, em uma conversa ou reunião,
e notar sua postura. Feito isso você pode usar e aprimorar
esta mesma postura no seu dia a dia.

Produtividade e Performance - Mais foco, atenção,


capacidade de regulação emocional e controle de estresse
nos ajuda a produzir mais e melhor. E isso se traduz
principalmente na capacidade de priorizar tarefas e de
simplificar a vida, começando forma com que nos
comunicamos com os outros.. A prática do mindfulness,
quando se torna um hábito, nos ajudar a redescobrir
algumas habilidades que deixamos de lado e que vão além
das qualidades citadas acima. Dentre elas estão a
paciência, coragem, entusiasmo, humildade e a capacidade
de termos uma mentalidade (mindset) de adaptação.. Tudo
isso se reflete diretamente na maneira com que nos
engajamos com a realidade do trabalho no nosso dia a dia.

MINDFULNESS APLICADO
8
Quer aprender a meditar?
Logo abaixo encontra-se a instrução de uma prática de meditação simples e
bastante potente para quem quer começar ou testar uma nova técnica.

Preparação
Ache um local confortável e adequado para praticar. Estabeleça um tempo de
pratica e lembre-se de usar um timer para não ter que controlar o tempo. Relaxe.
Seja gentil consigo mesmo.

Postura
1. Ao sentar-se sobre uma almofada, as pernas são levemente cruzadas à frente.
Caso você̂ sente em uma cadeira, mantenha os pés firmes e plantados no
chão.
2. A coluna vertebral é ereta, respeitando sua curvatura natural.
3. As mãos ficam descansando sob as coxas.
4. Os braços e ombros estão relaxados, o peito aberto sem forçar e as costas
firmes.
5. O queixo é posicionado ligeiramente para dentro.
6. As pálpebras estão semiabertas, com um olhar suave por volta de 1m a 2m a
frente do corpo sem focar em nenhum ponto ou objeto especifico.
7. Relaxe a face e os músculos da mandíbula.

A Logica de colocar a mente na respiração


A mente está sempre meditando e focada em alguma coisa, geralmente
tomamos o "eu" (mente discursiva habitual) como objeto. Na meditação
podemos descansar a mente no presente, colocando-a na respiração. Note os
pensamentos, e com gentileza deixe-os ir e continuamente retorne à
respiração. Não importa se os pensamentos são "bons" ou "ruins”, não os
julgue. Nós mudamos a alocação selvagem da mente para uma mais estável,
clara e forte.

MINDFULNESS APLICADO 9
Transformações e benefícios

Há uma grande “pegadinha" nisso tudo. Embora os inúmeros livros e


artigos digam que ao treinarmos a mente através do mindfulness nós
conseguimos melhorar nosso foco, diminuir o estresse, fortalecermos
nosso sistema imunológico, dentre inúmeros outros. Isso só é
conseguido quando nós treinamos “não ter um objetivo” durante a
prática. E isso se dá ao constantemente percebermos os pensamentos
e conseguirmos escoltar nossa atenção para o momento presente
sem esperarmos “conseguir” algo com isso.

Estes inúmeros benefícios vem sendo validados pela ciência, mas já


eram de amplo conhecimento dos praticantes de meditação e
práticas contemplativas antigas. O que torna este momento da
história único é o fato de haver convergência entre ciência e tradição
como nunca antes houve na história.

Por fim, entendo que a maior transformação não vem do fato de


atingirmos estes benefícios, ou de conseguirmos levar uma vida
menos estressante e focada. Mas sim do fato de percebermos, ou
melhor, lembrarmos que a vida é como uma música. E ao invés de
querermos chegar logo na última nota, como se estivéssemos
buscando aquele “grande objetivo no final”, como o sucesso, nossa
aposentadoria, ou algo com que almejamos muito. Nós passamos a
dançar e cantar enquanto a música está sendo tocada, em outras
palavras, apreciando e permanecendo presente com a nossa
experiência, sem julgamentos, sentindo tudo que há para sentir, aqui e
agora. E este é o maior dos presentes de toda esta jornada.

Faça parte da nossa comunidade. Siga-nos nos nas redes sociais


e fique atento aos lançamentos de cursos online e presenciais.

MINDFULNESS APLICADO
10