Você está na página 1de 7

Manual de Procedimentos da Operação

Módulo 10 - Submódulo 10.21

Instrução de Operação

Operação em Contingência na Área 500 /230 kV Centro da Região Nordeste

Código Revisão Item Vigência

IO-OC.NE.5CT 14 3.3.3. 08/08/2018

MOTIVO DA REVISÃO

- Alteração nos procedimentos de perda de um Autotransformador 500 / 230 kV – 600 MVA da SE Paulo
Afonso IV, item 3.2.1.

LISTA DE DISTRIBUIÇÃO

CNOS COSR-NE Chesf Coelba


ED-Alagoas Celpe Energisa-SE
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo10 - Submódulo 10.21
Instrução de Operação Código Revisão Item Vigência

Operação em Contingência na Área 500 /230 kV Centro


IO-OC.NE.5CT 14 3.3.3. 08/08/2018
da Região Nordeste

ÍNDICE

1. OBJETIVO.........................................................................................................................................3

2. CONSIDERAÇÕES GERAIS .................................................................................................................3

3. PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS ........................................................................................................3

3.1. Contingências de Linhas de Transmissão ......................................................................................3

3.1.1. LT 500 kV Luiz Gonzaga / Paulo Afonso IV – C1(C1) ....................................................3

3.1.2. LT 500 kV Paulo Afonso IV / Xingó – C1(V6) ................................................................4

3.1.3. LT 230 kV Paulo Afonso / Zebu – C1(Z1) ou C2(Z2) .....................................................4

3.2. Contingência em Transformadores ...............................................................................................4

3.2.1. SE Paulo Afonso IV – Autotransformador 500 / 230 kV – 600 MVA – T7 ou T8 ..........4

3.2.2. SE Abaixadora – Transformador 230 / 69 kV – 100 MVA – T2 ....................................6

3.2.3. SE Zebu – Transformador 230 / 69 / 13,8 kV – 100 MVA – T1 ....................................6

3.2.4. SE Zebu – Transformador 230 / 69 kV – 100 MVA – T2...............................................7

Referência:. DPL – REL - 0150/2018 – DIRETRIZES PARA A OPERAÇÃO ELÉTRICA COM HORIZONTE MENSAL – JUNHO DE 2018. 2/ 7
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo10 - Submódulo 10.21
Instrução de Operação Código Revisão Item Vigência

Operação em Contingência na Área 500 /230 kV Centro


IO-OC.NE.5CT 14 3.3.3. 08/08/2018
da Região Nordeste

1. OBJETIVO

Estabelecer procedimentos para a operação da Área 500 / 230 kV Centro da Região Nordeste, quando de
contingência de equipamentos ou linhas de transmissão, a serem seguidos pelos operadores do CNOS,
COSR-NE e a Operação da Chesf, de acordo com o Submódulo 10.9 – Operação em contingência, dos
Procedimentos de Rede.

2. CONSIDERAÇÕES GERAIS

2.1. Esta Instrução de Operação apresenta os procedimentos para adequação do ponto de operação do
sistema após a contingência de um equipamento ou linha de transmissão da Rede de Operação.
Também podem constar procedimentos para operação considerando a contingência de mais
equipamentos com a indisponibilidade do primeiro.

2.2. Constam nesta instrução os procedimentos para contingências de todas as linhas de transmissão e
transformadores da Rede de Operação. As contingências dos demais equipamentos da Rede de
Operação constam nesta instrução somente no caso de necessitarem de procedimentos específicos
de ajustes no sistema.

2.3. Quando de contingências em equipamentos ou linhas de transmissão da Rede de Operação, os


procedimentos que envolvem a necessidade de redespacho de geração em usinas de sua área de
atuação, com o objetivo de eliminar sobrecarga em algum componente do SIN (da Rede de
Operação ou fora desta), evitar corte de carga ou colapso de tensão em sua área de atuação, devem
ser executados de imediato pelos Centros Regionais de Operação do ONS. Nestes casos os
redespachos de geração em usinas sistêmicas (destacadas em vermelho) devem ser informados
logo a seguir ao CNOS.

Redespachos de geração em usinas da Rede de Operação sistêmica ou regional sob responsabilidade


de outro Centro de Operação do ONS (destacadas em azul) ou alteração de intercâmbio entre
regiões devem ser solicitados previamente ao CNOS.

Os demais procedimentos, que não estejam associados aos objetivos citados no item acima, que
envolvam redespacho de geração em usinas da Rede de Operação Sistêmica (destacadas em
vermelho) ou em usinas da Rede de Operação sistêmica ou regional sob responsabilidade de outro
Centro de Operação do ONS (destacadas em azul) devem ser solicitados previamente ao CNOS.

Qualquer sincronismo e partida de usinas térmicas deve ser previamente autorizado pelo CNOS

2.4. Quando se tratar de desligamento programado, os procedimentos contidos no Programa Diário de


Operação – PDO prevalecem sobre os procedimentos contidos nesta Instrução de Operação.

3. PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS

3.1. CONTINGÊNCIAS DE LINHAS DE TRANSMISSÃO

3.1.1. LT 500 KV LUIZ GONZAGA / PAULO AFONSO IV – C1(C1)

Consequência: Não são esperadas consequências significativas para esta contingência.

Referência:. DPL – REL - 0150/2018 – DIRETRIZES PARA A OPERAÇÃO ELÉTRICA COM HORIZONTE MENSAL – JUNHO DE 2018. 3/ 7
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo10 - Submódulo 10.21
Instrução de Operação Código Revisão Item Vigência

Operação em Contingência na Área 500 /230 kV Centro


IO-OC.NE.5CT 14 3.3.3. 08/08/2018
da Região Nordeste

Adotar os mesmos procedimentos de operação em regime normal.

3.1.2. LT 500 KV PAULO AFONSO IV / XINGÓ – C1(V6)

Consequência: Não são esperadas consequências significativas para esta contingência.

Adotar os mesmos procedimentos de operação em regime normal.

3.1.3. LT 230 KV PAULO AFONSO / ZEBU – C1(Z1) OU C2(Z2)

Consequência: Não são esperadas consequências significativas para esta contingência.


Coordenação

Coando e
Execução
Controle
Passo

Procedimento Objetivo / Item de Controle

Desativar o religamento automático da


COSR-NE
COSR-NE

LT 230 kV Paulo Afonso / Zebu – C1(Z1)


(Crop)
Chesf

1 –
ou C2(Z2) que permaneceu em
operação.

3.2. CONTINGÊNCIA EM TRANSFORMADORES

3.2.1. SE PAULO AFONSO IV – AUTOTRANSFORMADOR 500 / 230 KV – 600 MVA – T7 OU T8

Consequência: Poderá implicar violação no carregamento do autotransformador remanescente e na LT 230


kV Paulo Afonso / Zebu ligada ao barramento com autotransformador.
Coordenação

Comando e
Execução
Controle
Passo

Procedimento Objetivo / Item de Controle

Transferir a LT 230 kV Paulo Afonso / - Eliminar a sobrecarga na LT LT 230 kV


COSR-NE
COSR-NE

(Crop)
Chesf

1 Zebu para o barramento 230 kV da SE Paulo Afonso / Zebu ligada ao barramento


Paulo Afonso sem autotransformador. com autotransformador.

Caso se verifique níveis elevados de tensão no barramento 230 kV da SE Paulo Afonso sem
-
autotransformador, adotar o seguinte procedimento:

Referência:. DPL – REL - 0150/2018 – DIRETRIZES PARA A OPERAÇÃO ELÉTRICA COM HORIZONTE MENSAL – JUNHO DE 2018. 4/ 7
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo10 - Submódulo 10.21
Instrução de Operação Código Revisão Item Vigência

Operação em Contingência na Área 500 /230 kV Centro


IO-OC.NE.5CT 14 3.3.3. 08/08/2018
da Região Nordeste
Coordenação

Comando e
Execução
Controle
Passo

Procedimento Objetivo / Item de Controle

Transferir o suprimento das cargas da


COSR-NE
COSR-NE

(Crop)
Chesf

2 SE Zebu 138 kV e da SE Abaixadora para -


este barramento com tensões elevadas.
COSR-NE
COSR-NE

Caso ocorra violação no carregamento do autotransformador remanescente, adotar


3 sequencialmente os passos 3.1, 3.2 e 3.3.
-
Chesf (Crop)
COSR-NE
COSR-NE

Ajustar a tensão de 230 kV da SE Paulo No limite superior da faixa indicada para o


3.1 Afonso e 500 kV da SE Paulo Afonso IV. horário.

Percentual de redução
Barramento no carregamento do
230 kV da SE autotransformador
Paulo Afonso remanescente em
cuja geração função do acréscimo
será elevada. de geração em PAF.
ATR (B1) ATR (B2)
Chesf (Crop)

Elevar a geração do complexo de Paulo


COSR-NE
COSR-NE

B1 67 % 17 %
3.2 Afonso.
B2 17 % 67 %

Onde:

ATR(B1): Autotransformador ligado ao


barramento 230 kV B1 da SE Paulo Afonso;

ATR(B2): Autotransformador ligado ao


barramento 230 kV B2 da SE Paulo Afonso.
COSR-NE

Aumentar o valor do FNE no sentido


CNOS

3.3 Até o valor permitido para o cenário.


Norte para o Nordeste
-

Referência:. DPL – REL - 0150/2018 – DIRETRIZES PARA A OPERAÇÃO ELÉTRICA COM HORIZONTE MENSAL – JUNHO DE 2018. 5/ 7
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo10 - Submódulo 10.21
Instrução de Operação Código Revisão Item Vigência

Operação em Contingência na Área 500 /230 kV Centro


IO-OC.NE.5CT 14 3.3.3. 08/08/2018
da Região Nordeste

3.2.2. SE ABAIXADORA – TRANSFORMADOR 230 / 69 KV – 100 MVA – T2

Consequências: Poderá haver sobrecarga na LT 69 kV Abaixadora / Zebu – C1(V2).


Coordenação

Comando e
Execução
Controle
Passo

Procedimento Objetivo / Item de Controle

- Caso ocorra a consequência prevista acima, adotar os seguintes procedimentos:


COSR-NE
COSR-NE

(Crop)
Chesf

1 Elevar a tensão 230 kV da SE Zebu. - Até o valor mais elevado possível.

- Reduzir o carregamento na LT 69 kV
Chesf (Crop) /

Abaixadora / Zebu – C1(V2), dado que o


ED-Alagoas
COSR-NE
COSR-NE

Desenergizar a LT 69 kV Abaixadora /
2 fluxo na LT 69 kV Abaixadora / Delmiro
Delmiro Gouveia – C1(J1).
Gouveia – C1(J1) estará no sentido de
Abaixadora para Delmiro Gouveia.
Coelba / ED-Alagoas /
Celpe / Energisa-SE

- Carregamento do transformador 230/69


COSR-NE
COSR-NE

Caso necessário, efetuar os possíveis kV – 100 MVA – T2 da SE Zebu 230 kV -


3 cortes de carga. conforme estabelecido no CD-
CT.NE.5CT.02.

3.2.3. SE ZEBU – TRANSFORMADOR 230 / 69 / 13,8 KV – 100 MVA – T1

Consequências: Acentuada redução de tensão 69 kV nas SEs Zebu e Delmiro Gouveia implicando rejeição
natural de carga.

Sobrecarga na LT 69 kV Abaixadora / Delmiro Gouveia – C1(J1), podendo implicar desligamento desta LT.
Coordenação

Comando e
Execução
Controle
Passo

Procedimento Objetivo / Item de Controle

Referência:. DPL – REL - 0150/2018 – DIRETRIZES PARA A OPERAÇÃO ELÉTRICA COM HORIZONTE MENSAL – JUNHO DE 2018. 6/ 7
Manual de Procedimentos da Operação - Módulo10 - Submódulo 10.21
Instrução de Operação Código Revisão Item Vigência

Operação em Contingência na Área 500 /230 kV Centro


IO-OC.NE.5CT 14 3.3.3. 08/08/2018
da Região Nordeste
Coordenação

Comando e
Execução
Controle
Passo

Procedimento Objetivo / Item de Controle

- Caso ocorra a consequência prevista acima, adotar os seguintes procedimentos:

- Possibilitar o suprimento das cargas da


COSR-NE
COSR-NE

Abrir o link 69 kV com a SE Zebu 138 / 69


(Crop)
Chesf

1 SE Zebu 230/69 kV pelo transformador


kV.
230 / 69 / 13,8 kV – 100 MVA – T2.
ED Alagoas
COSR-NE
COSR-NE
Coelba /

Proceder os possíveis cortes de carga,


2 -
caso necessário.

3.2.4. SE ZEBU – TRANSFORMADOR 230 / 69 KV – 100 MVA – T2

Consequências: Não são esperadas consequências significativas para esta contingência.

Adotar os mesmos procedimentos de operação em regime normal.

Referência:. DPL – REL - 0150/2018 – DIRETRIZES PARA A OPERAÇÃO ELÉTRICA COM HORIZONTE MENSAL – JUNHO DE 2018. 7/ 7