Você está na página 1de 2

Nome do(a) aluno(a): BIANCA BRUZINGA ARAÚJO

Nome do(a) professor(a): MARIANA DE SOUZA NOVAES GOMES TEIXEIRA

E-mail do(a) aluno(a): bruzingaic@gmail.com Data: 23/08/2019

Disciplina: Metodologia Científica

Título do
trabalho Arquiteturas no Brasil: 1900 a 1990
O objeto de estudo deste livro é a arquitetura brasileira do século XX que obteve
Problema de grande reconhecimento internacional, sendo a construção da cidade de Brasília o
pesquisa ou maior marco da arquitetura deste século. Além disso após a crítica do pós
objeto do estudo modernismo é feita a releitura do movimento moderno.

O meio ambiente não deve ser pensado dissociado de todos os outros sistemas
planetários. Esta percepção que coloca a ênfase no todo, é conhecida como
“sistêmica”.

A sustentabilidade ambiental, para ser plenamente alcançada, deve ser abordada


Metodologia de
em todas as suas implicações, nas esferas das atividades humanas.
desenvolvimento
do trabalho A metodologia utilizada na elaboração do tema é então a sistêmica; entender as
coisas sistematicamente significa colocá-las dentro de um contexto e estabelecer
a natureza de suas relações.

Qualquer ação proposta para diminuir impactos da construção civil sobre o meio
ambiente contribui, em última instância, para a sustentabilidade de todo o
planeta.

Principais Em 1900 tendo como motivo a comemoração dos 400 anos da chagada de
conceitos e Portugal ao Brasil, o Club de Engenharia promoveu Congresso de Engenharia e
reflexões Industria tendo como intuito combater o monopólio dos bacharéis de Direito.
apresentados Dentre os assuntos abordados durante o Congresso de Engenharia de 1900
estavam as estruturas ferroviárias, os portos e navegação, hidráulica agrícola,
saneamento e de forma indireta falou-se também de urbanização.

O início do século XX, tendo como cenário a forte exportação de produtos


primários como o café e a borracha, o Brasil presenciou um forte crescimento
populacional nas capitais. Tal crescimento, que ocorreu de forma desordenada,
intensificou o aparecimento de problemas ocupacionais.

No final do século XIX para o século XX, iniciou-se a instalação de mecanismos


urbanos com os sistemas de abastecimento de água e saneamento, instalações
de gás e serviços de eletricidade. Nascia ali uma preocupação com a distribuição
dos espaços, modernização das estruturas e de modo mais amplo, falava-se de
urbanização.

Uma das primeiras ações que marcaram esse período foi a transferência da
capital mineira que até então era a cidade colonial ouro preto para uma cidade
planejada, construída para este fim, Belo Horizonte.

Apesar do conceito de sustentabilidade vir sendo amplamente discutido ao longo


das últimas décadas, ainda não é possível perceber com clareza a aplicabilidade
de ações na busca pelo desenvolvimento de uma construção civil sustentável.

Existem obviamente esforços por meio de certos setores produtivos propondo


Principais ações que buscam criar alternativas sustentáveis para solucionar os problemas
resultados e urbanos, como por exemplo, os programas de reciclagem de resíduos de
conclusões do demolição.
estudo
No entanto, estes programas seriam mais eficientes se houvesse uma prévia
separação dos resíduos no canteiro de obras, o que normalmente não acontece.

Percebe-se, portanto que os processos de engenharia de obras para se alcançar


a sustentabilidade não devem ser isolados. Os processos devem envolver vários
setores da sociedade, promovendo ações de educação ambiental, permitindo
dessa forma que todos os envolvidos tenham conhecimento da sua importância e
abrangência na busca pela sustentabilidade como um todo.

Limitações do O estudo discute e analisa o processo da sustentabilidade como um todo quanto


estudo aos mais diversos critérios, no entanto, não especifica a questão financeira.

Recomendações Seria interessante e enriquecedor apontar as vantagens e desvantagens de


de novos edifícios sustentáveis no que diz respeito à custos e orçamentos.
estudos