Você está na página 1de 2

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS

AULA 1 – VISÃO GERAL

A Taxonomia é o ramo da Biologia que classifica os


organismos de acordo com diversas características.

A classificação atual é dita natural, tendo em vista


diversas características que agrupam organismos com
mais semelhanças; diferentemente da classificação
artificial, onde poucas características eram selecionadas
para o agrupamento de espécies.

AULA 2 – CLADOGRAMAS Reino Monera

Definição Organismos unicelulares, procariontes, autótrofos ou


heterótrofos; bactérias e cianobactérias
Organização esquemática, nas chamadas árvores
filogenéticas, de grupos de organismos com Reino Protista
características em comum, de forma parcimoniosa.
Organismos uni ou pluricelulares, eucariontes, autótrofos
Domínios ou heterótrofos; protozoários e algas

Organizações atuais, acima de reinos, que separa os Reino Fungi


organismos eucariontes (Domínio Eukarya) e os
procariontes (Domínios Bacteria e Archea). Organismos uni ou pluricelulares, eucariontes e
heterótrofos; cogumelos e leveduras.
Conceitos Importantes
Reino Metaphyta (ou Plantae)
Homologia: características compartilhadas entre
organismos de um mesmo grupo. Organismos pluricelulares, eucariontes e autótrofos;
briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.
Sinapomorfia: sinônimo de novidade evolutiva em um
Reino Metazoa (ou Animalia)
grupo monofilético.
Organismos pluricelulares, eucariontes e heterótrofos;
Ancestral comum: representante de um grupo poríferos, anelídeos, cordados.
monofilético.

Grupo monofilético: Grupo que reúne organismos que


compartilham entre si características em comum.

Grupo parafilético: Grupo de organismos que AULA 4 – ESPÉCIE E NOMENCLATURA BIOLÓGICA


compartilham entre si características em comum, mas que
exclui um grupo da árvore filogenética. Espécie

Grupo polifilético: Grupo de organismos que Organismos com singularidade bioquímica e genética,
compartilham entre si características em comum, mas que que reproduzem entre si e geram descendentes férteis.
exclui mais de um grupo da árvore filogenética.
Nomenclatura de espécie

Regra 1: Em latim.

Regra 2: Binomial, caracterizando o gênero e o epíteto


AULA 2 – CATEGORIAS TAXONÔMICAS específico.

Organização Regra 3: Em destaque (negrito, ou itálico, ou sublinhado).

Regra 4: O gênero deve ser escrito com primeira letra


maiúscula, e o epíteto específico letra minúscula.
Fonte: Stoodi

Copyright © 2018 Stoodi Ensino e Treinamento à Distância


www.stoodi.com.br
1
CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS

Exemplos: Homo sapiens, Canis lupus, Wuchereria


bancrofti, Aedes aegypti.

AULA 5 – CHAVES DICOTÔMICAS

Posicionamento de organismos, geralmente oferecendo


duas possibilidades, a partir da classificação dos mesmos
frente a uma característica.

Conceitos Importantes

Plesiomorfia: tipo de caracter primitivo, presente nos


primeiros grupos de uma árvore filogenética. Ex: ausência
de coluna vertebral em vertebrados.

Apomorfia: tipo de caráter recente ou derivado de um


caráter primitivo. Ex: asa em aves.

Sinapomorfia: tipo de caráter que define um grupo


monofilético.

Copyright © 2018 Stoodi Ensino e Treinamento à Distância


www.stoodi.com.br
2