Você está na página 1de 4

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Centro de Ciências Sociais


Instituto de Ciências Sociais

PROGRAMA DE DISCIPLINA OBRIGATÓRIA


DISCIPLINA: Sociologia II ‐ Noite
CÓDIGO: ICS03 13640
TEMA: Modernidade e Racionalidade em Max Weber e Georg Simmel
PROFESSOR RESPONSÁVEL: Lia de Mattos Rocha
PROFESSORAS COLABORADORAS: Raquel Carriconde e Aline Sousa
ANO: 2019 SEMESTRE: 2019.2

OBJETIVOS:
Seguindo uma organização clássica das escolas de sociologia e ciências sociais, o curso
de Sociologia II tem por ementa a contribuição de Weber e Simmel para a teoria social.
Contudo, nossa proposta é partir da contribuição desses autores, ou de um aspecto delas,
e discutir interfaces, continuidades e rompimentos propostos por outros autores. Assim,
o programa parte da proposição de Weber e Simmel: a transição do feudalismo para o
capitalismo nos países ocidentais é marcada, profundamente, pela produção de uma
mentalidade específica e própria deste momento histórico, a racionalidade econômica.
Esta seria caracterizada pela impessoalidade, objetividade, eficácia na articulação entre
meios e fins, pela especialização, pelo conhecimento técnico, legal, burocrático, etc.
Porém, tal mentalidade estabeleceu-se como representação hegemônica, legitimando a
colonização e a escravidão de outros povos. A dimensão ideológica da colonização é
também fundamental para produzir a modernidade tal como a conhecemos hoje. Desta
forma, a bibliografia selecionada irá contrastar essas abordagens, aprofundar a
discussão sobre conceitos como racionalidade e modernidade e sedimentar perspectivas
outras sobre esse processo histórico.



PROGRAMA DE CURSO E BIBLIOGRAFIA:

1
05/08: Apresentação do curso

12/08: Modernidade, Capitalismo e Colonização
Bibliografia obrigatória:
MARX, K. “A “assim chamada” acumulação primitiva. (Cap. 24). In: ______. O capital.
Crítica da economia política. São Paulo: Boitempo Editorial, 2013.
Bibliografia auxiliar:
HOBSBAWM, Eric. “A Grande Expansão” (Cap. 2). A era das revoluções: 1789‐1848.
Editora Paz e Terra, 2015, pp. 49‐66.

19/08: Modernidade como mudança cultural a partir de Weber e Simmel
Bibliografia obrigatória:
COHN, Gabriel.“Introdução”. In: ______ (org.) Weber. Coleção Grandes Cientistas So‐
ciais. São Paulo: Editora Atica., 1991, pp. 07‐34.
Bibliografia auxiliar:
LÖWY, Michael. “Marx e Weber: Kapitalismus”. In: ______. A jaula de aço: Max Weber
e o marxismo weberiano. São Paulo: Boitempo Editorial, 2014, pp. 17‐40.

26/08: O capitalismo segundo Simmel
Bibliografia obrigatória:
SIMMEL, Georg. As grandes cidades e a vida do espírito (1903). Mana, v. 11, n. 2, p.
577‐591, 2005.
Bibliografia auxiliar:
SIMMEL, Georg. O Dinheiro na cultura moderna. Mimeo. s/d. [1896].

02/09: Racionalidade como princípio da ação social moderna
Bibliografia obrigatória:
WEBER, Max. Conceitos sociológicos fundamentais (§1‐7). In: Economia e socie‐
dade, vol. 1, Brasília: UNB, 2000, pp. 3‐23.
Bibliografia auxiliar:
COHN, Gabriel. “O mundo dividido” (Cap. 1). In: ______. Crítica e Resignação ‐ Funda‐
mentos da Sociologia de Max Weber. São Paulo: T. A. Queiroz Editor. 1979, pp. 3‐
13.

2
09/09: Racionalidade como princípio da ação social moderna
Bibliografia obrigatória:
WEBER, Max. Os tipos de dominação. In: Economia e sociedade, vol. 1, Brasília:
UNB, 2000, pp. 139‐166.
Bibliografia auxiliar:
COHN, Gabriel. “O mundo dividido” (Cap. 1). In: ______. Crítica e Resignação ‐ Funda‐
mentos da Sociologia de Max Weber. São Paulo: T. A. Queiroz Editor. 1979, pp. 3‐
13.

16/09: O capitalismo como “espírito”.
Bibliografia obrigatória:
WEBER, Max. “Filiação religiosa e estratificação social" (cap. 1). In: ______. A ética
protestante o espírito do capitalismo. SãoPaulo: Companhia das Letras, 2004.

23/09: O capitalismo como “espírito”.
Bibliografia obrigatória:
WEBER, Max. "O espírito do Capitalismo" (cap. 2). In: ______. A ética protestante o
espírito do capitalismo. SãoPaulo: Companhia das Letras, 2004.

30/09: O capitalismo como “espírito”.
Bibliografia obrigatória:
WEBER, Max. "O ascetismo e o espírito do capitalismo" (cap. 5). In: ______. A ética
protestante o espírito do capitalismo. SãoPaulo: Companhia das Letras, 2004.

07/10: Revisão e Prova (a ser entregue dia 21/10)

Dia 14/10 não haverá aula.

21/10: Existiram outras racionalidades? Perspectiva decolonial latino‐americana.
Bibliografia obrigatória:
QUIJANO, Aníbal. Dom Quixote e os moinhos de vento na América Latina. Estudos
Avançados, v. 19, n. 55, p. 9‐31, 2005.
Bibliografia auxiliar:

3
QUIJANO, Aníbal. Colonialidad y modernidad/racionalidad. Perú Indigena. 13(29):
11‐20, 1992.

Dia 28/10 não haverá aula.

04/11: Existiram outras racionalidades? Perspectiva decolonial da diáspora
africana.
Bibliografia obrigatória:
GILROY, Paul. “Senhores, senhoras, escravos e as antinomias da modernidade:. In:
______. O Atlântico Negro: Modernidade e dupla consciência. São Paulo: Editora 34,
2001, pp. 101‐156
Bibliografia auxiliar:
MBEMBE, Achille. "Introdução". In: ______. Crítica da razão negra; tradução de Se‐
bastião Nascimento. São Paulo: n‐1 edições, 2018.

11/11: Existiram outras racionalidades? Perspectiva da epistemologia feminista.
Bibliografia obrigatória:
SEGATO, Rita Laura. Gênero e colonialidade: em busca de chaves de leitura e de um
vocabulário estratégico descolonial. E‐cadernos ces, n. 18, 2012.
Bibliografia auxiliar:
LUGONES, María. Rumo a um feminismo descolonial. Revista Estudos Feministas,
v. 22, n. 3, p. 935‐952, 2014.

18/11: Revisão e Prova (a ser entregue dia 25/11).
25/11: Entrega da Prova
02/12: Resultado
09/12: Prova Final