Você está na página 1de 35

A MÚSICA DO BRASIL

IMPÉRIO
A História de Antônio Carlos Gomes
Independência do Brasil

• Com o Retorno de D. João em 1821, Portugal temeu o risco de o


Brasil se tornar sede do Império após a morte do Monarca, já
que D. Pedro permaneceu no Rio de Janeiro, e nivelou o (país) à
condição de simples colônia novamente.

• Em 9 de Janeiro de 1822 Dom Pedro (I), resistindo à pressões da


metrópole, decide permanecer no Brasil, expulsa as tropas
portuguesas do Rio de Janeiro e em 7 de setembro, proclama a
independência do Brasil.
Revoltas
• Com a declaração de
Independência, diversas
revoltas (principalmente no
nordeste) explodiram em
virtude de alguns grupos
regionais serem leais a Lisboa e
outros ao Rio de Janeiro.

• Surgiram também movimentos


de independência locais. Na
Província da Cisplatina esse
movimento deu origem ao
Uruguai.

• Com sucessivos embates e


revoltas, D Pedro I renuncia ao
trono do Império em 1831.
Revoltas e Conflitos
Música na Corte Imperial
www.novomilenio.inf.br/festas/1822hino.htm
www.goeb.com.br/hinomaconico.html

D. Pedro I – Imperador também era músico e compositor.


Além de um famoso Te Deum, compôs também o Hino da Independência e o Hino da
Maçonaria do Brasil. Viu o declínio da música na corte após o retorno de D. João a Portugal.
Francisco Manuel da Silva
• Aluno de José Maurício e
Sigismund Neukomm. Trabalhou
como instrumentista da Capela
Real de D. João VI.

• Foi o maior músico no Brasil na


época de D. Pedro I. Era
compositor, regente e
responsável pela Capela
Imperial.

• Além de duas missas famosas


(Missa ferial e Missa em Mib)
sua composição mais famosa é o
Hino Nacional Brasileiro – •Seu grande feito como professor e
originalmente escrito para a organizador do ensino de música no
comemoração da deposição de Brasil, foi a criação do Conservatório
D. Pedro I.
do Rio de Janeiro.
Sociedades e Clubes de Concerto
• Assim como na Europa (início do séc. XIX) o Brasil viu
surgir nas décadas de 1860-1890, sociedades e clubes de
concerto.
• Rio de Janeiro - Sociedade de Concertos Clássicos (1870),
Clube Mozart (1867), Clube Beethoven (1882).
• São Paulo – Clube Haydn (1883).
• Em 1887 surgiram os concertos populares, pois as
sociedades acima ofereciam audições exclusivas para os
seus sócios.
• Em São Paulo circularam duas revistas musicais: Gazeta
Musical (1893-95), e Música (1896). No Rio de Janeiro
apareceram as revistas Gazeta Musical (1891-93) e Revista
Musical e de Belas Artes.
DOM PEDRO II
Novo Imperador
• Com o retorno de D. Pedro I os
ânimos se acalmaram um pouco.

• Como herdeiro do trono ficou


uma criança de 5 anos, D Pedro II.

• O Brasil passou a ser governado


por uma “regência trina” e depois
na forma de eleição de um único
regente.

Dom Pedro II assumindo o Império aos • Era plano da elite dominante que
15 anos D. Pedro II acendesse ao poder
em 1843 aos 18 anos, entretanto
isto ocorreu em 1840. Foi o
chamado “golpe de maioridade”.
A Organização do Governo
• O governo de D. Pedro II
reconheceu que para obter
apoio de líderes locais
precisaria de instituições
governamentais sólidas.
• O apoio ao Rio de Janeiro era
devolvido em vantagens
comerciais.
• Títulos de Nobreza foram
distribuídos aos montes
(inaugurou-se a era dos
Barões no Brasil.
O Fim da Escravatura
• No início do Séc. XIX europeus já
demonstravam preocupação frente a
africanização da “raça” branca.

• Começam a surgir os primeiros


movimentos abolicionistas,
coincidindo com as primeiras teorias
racistas com base na biologia.

• Em 1850 é decretado o fim do


comércio de escravos no Brasil.
• Em 1888 a abolição “total” do
trabalho escravo.

• Para suprir a mão de obra que se


escasseava e impulsionar a atividade
industrial no Brasil, iniciou-se o
processo migratório europeu ao país.
Imigração Européia
Imigração Européia
Imigração Européia
Mudança na Moda e na Cultura
Mudança na Moda e na Cultura
(Família)
Diferenças Culturais
• As mutações de 1850 em diante
tiveram repercussões não previstas
por seus idealizadores.

• A imigração européia e a importação


de modas que a acompanhou, tendeu
a se concentrar em áreas
economicamente mais desenvolvidas.

• O resultado disso foi o aumento das


diferenças culturais entre o norte e o
sul, cidade e campo, litoral e Sertão.
Nova Moda Cultural no Brasil
• Procurar vestígios de antigas
civilizações, que teriam existido no
interior do país antes da chegada de
Cabral. Criou-se o Instituto histórico
e Geográfico Brasileiro “IHGB”.

• Algumas dessas incursões deram


resultado. Foram achados em Minas
Gerais fósseis humanos, que
confirmavam a existência de um
antiqüíssimo povoamento do
território brasileiro.

• Francisco Varnhgen, procurou


demonstrar, através da comparação
de vocábulos indígenas com os de
antigas civilizações, a origem euro-
asiática dos povos tupi-guarani.
Busca da Identidade Nacional
• Essa busca visava construir • Imediatamente após a
uma identidade nacional. criação do IHGB, um alemão
– Karl von Martius, elaborou
• Os intelectuais vinculados a uma teoria que: “A história
esse projeto investiram no do Brasil resultaria da fusão
combate aos movimentos de três raças: Branca, Negra
separatistas, mostrando que e Índia”.
os “brasileiros” constituíam
uma nacionalidade com
característica próprias.

• O IHGB reuniu
historiadores, romancistas,
poetas, administradores
públicos e políticos.
Resultado
• Isto mostrava que os brasileiros • Cabia aos intelectuais
são diferentes dos portugueses. aprofundar os estudos e criar
meios pedagógicos para sua
• Ao considerar a nacionalidade divulgação.
algo a ser “descoberto”, o
romantismo em muito • Misturando arqueologia com
contribuía para a superação poesia, lingüística com
intelectual da experiência romance, pintura com ópera.
colonial.
• Foram elaboradas,
• Daí a busca do passado representadas, divulgadas e
indígena. Por não saber ao certo debatidas explicações de como
a origem destes, descobertas o Brasil se tornou brasileiro.
arqueológicas poderiam sugerir
novas formas de entender e de
valorizar a identidade nacional.
Personagens
José de Alencar
Música
Antônio Carlos Gomes
Ópera “O Guarani”
Quem foi ele?
• Nasceu em Campinas (11/07/1836)
• Filho do Mestre-de-Banda Manuel José
Gomes e Maria Jaguary Cardoso. O avô era
espanhol e a mãe tinha sangue indígena.
• Teve muitos irmãos, todos educados na
música. O pai logo que pode, formou uma
banda, ou orquestra, com a família.
• O pai de Carlos Gomes foi alunos de André
da Silva Gomes, mestre-de-capela da Sé
paulistana.
Origem • Carlos iniciou seus estudos na música aos 10
anos de idade com o pai. Aprendeu a tocar
diversos instrumentos. Foi também pianista e
uma “voz agradável” de tenor.
• Aos 15 anos já dava aulas de Música.
• Começou a compor bem cedo. Aos 18 anos
compôs a Missa São Sebastião.
A Liberdade
• Tornou-se grande entusiasta
da ópera Italiana.
• Ia constantemente a São
Paulo assistir espetáculos
desse gênero
• Conhecia diversas partituras
completas.
• As composições Hino
acadêmico e a Modinha
Quem sabe?, são da fase em
que Carlos Gomes procurava
alçar vôo.
• Em 1859, após um concerto
em São Paulo partiu para
Santos e lá tomou um Navio
para o Rio de Janeiro.
Enfim na Corte
• No Rio de Janeiro foi
apresentado a D. Pedro II.

• Estudou no Conservatório
dirigido por Francisco Manuel.
Foi aluno do professor
Gianinni.

• Aos 25 anos foi contratado


para ser regente e ensaiador
da Ópera Nacional. Compôs e
apresentou sua primeira
ópera – A noite do Castelo.

• Dois anos mais tarde era


encenada a segunda ópera
Joana de Flandres.
Itália
Conservatório de Milão
• A encenação de Joana de
Flandres rendeu ao
compositor uma pensão do
imperador.

• A ida para aperfeiçoar-se na


Itália era um passo
inevitável.

• D. Pedro, grande admirador


de Wagner desejava enviá-lo
à Alemanha, porém devido a •A condição para que sua bolsa
formação italiana de Carlos
Gomes o compositor foi fosse mantida era a apresentação
enviado a Milão. Estudou de de uma grande ópera nos dois
1864-66 sob a direção de primeiros anos de estudo na
Lauro Rossi. Itália.
Sucesso com “O Guarani”
• Após o sucesso de suas Revistas
Musicais com libretos de Antônio
Scalvini – “Se as Minga” e “Nella
luna”, o famoso teatro Scala de
Milão, aceitou que sua ópera “O
Guarani” fosse encenada.

• A estréia ocorreu em março de


1870 com grande sucesso. Foram
12 récitas, no ano seguinte 15.

• A obra era inspirada no romance


de José de Alencar e libreto de
Sacalvini e Carlo D’Ormeville.

• O maior erro de Carlos Gomes foi


vender todos os direitos sobre a
ópera ao editor Lucca.
Enredo
• O libreto de Scalvini, situa a
ação da ópera em 1560.

• Exalta romanticamente a
nobreza e a bravura do índio
•O sucesso de “O Guarani” fez
Peri, filho de um cacique
com que a ópera fosse encenada
Guarani, que salva a
em diversos teatros europeus.
idealizada heroína Ceci, tanto •
das maquinações de um •Em 1870 o compositor volta ao
grupo de aventureiros, Brasil para uma série de
chefiado por Gonzalez, como concertos e é condecorado por
da sanha dos índios aimorés. D. Pedro II. (Ordem da Rosa –
Maior condecoração Brasileira)
Outras Óperas
• Fosca – considerada juntamente com • Com Libreto de Antonio
Lo Schiavo a melhor ópera do Ghislamonti (mesmo libretista
compositor. da ópera Aida de Verdi), conta a
história de uma heroína (Fosca)
• Obra de inspiração essencialmente que faz parte de um bando de
italiana, possui grande pujança piratas, que raptam um nobre
melódica. Constitui um avanço artístico veneziano (Paulo), por que ela se
nítido sobre O Guarani. apaixona.
• Foi um marco na estética da ópera • Resgatado Paulo volta a Veneza
para se casar com Délia, em uma
italiana. cerimônia coletiva na famosa
• Introduziu alguns Leitmotiven à festa das Marias.
maneira wagneriana. Era considerada • Os piratas planejam raptar todas
uma ópera para entendidos. A mais as noivas e Fosca aproveita a
equilibrada de todas as óperas do oportunidade de vingança e
rapta Paulo e sua noiva também.
compositor.
• Depois que os tem prisioneiros
• Não fez o sucesso que o compositor Fosca oscila entre os
esperava na estréia pois não possuía a sentimentos de crueldade e
violência, exagero e o arrebatamento perdão.
do Guarani.
Outras Óperas
• Salvador Rosa – não muito • Maria Tudor – não fez muito
satisfeito com o sucesso inicial de sucesso na Itália pois a ópera foi
Fosca, o compositor inicia a acusada de anti-italiana. Críticos a
composição de uma nova Ópera, consideram sem o exagero
intentando agradar o público italiano.
italiano.
• Salvador Rosa, um diplomata • Lo Schiavo – Aceitando a idéia do
italiano enviado a Espanha, Visconde de Taunay e empolgado
apaixona-se e é correspondido por com as idéias abolicionistas da
Isabel – filha de um Duque. Princesa Isabel, compôs a ópera
• Fernandez, oficial do exército com um índio no papel principal. O
espanhol ameaça matar Salvador libretista não permitiu um negro
Rosa se Isabel não se casar com como protagonista.
ele (Fernandez). • Segundo vários críticos é a melhor
• Após o casamento S. Rosa acusa ópera do compositor, pesar de o
Isabel de traição e ela se suicida, libreto ser pobre.
como prova de amor.
• A ópera fez grande sucesso na • Condor – última ópera de Carlos
Itália pois o país estava em Gomes. O compositor não viveu
processo de independência. para ver o suesso.
Obras Importantes
• Saluto del Brasile – Composto • Oratório Colombo (poema
a pedido do Imperador D. Pedro II sinfônico vocal) Poema em quatro
para os festejos do aniversário da partes de Algino Falanca, retrata
independência do Estados Unidos Colombo às voltas com uma
da América. paixão sem esperança –
desespero que o aguilhotina para
• Progresso – Hino ao Povo a grande façanha que será a
descoberto de um novo mundo.
Campineiro - Instituído pela Lei
7.945, de 27 de junho de 1.994,
o Hino Oficial de Campinas é • Conta a história de sua
uma composição musical do apresentação ao rei e rainha da
maestro campineiro Antonio Espanha, a viagem da Europa
para a América e a descoberta da
Carlos Gomes, com letra Terra. Ao fim destaca-se o Hino
adaptada, provavelmente pelo ao Mundo Novo.
próprio maestro, de um poema
do jornalista Carlos Ferreira,
retirado do livro Alcyones.
Dramas Familiares e Financeiros
• Casou-se em Milão com • Talvez o erro mais grave
Adelina Peri. Ficaram cometido por Carlos
casados durante 7 anos e Gomes seja a construção
tiveram 5 filhos. de um palácio chamado
• O processo de separação Vila Brasilia.
foi doloroso e litigioso. • Mandou trazer do Brasil
• O maestro provavelmente diversas espécies de ave e
tinha um caso amoroso animais silvestres.
com a soprano romena • Foi a falência pois não
Hariclée Darclée. conseguia manter a casa
funcionando
adequadamente.
• No local hoje existe um
conservatório musical.
Vila Brasilia
Últimos Anos
• Teve por muitos anos uma
doença incurável na garganta.
Passou também por cirurgias.
• Alguns insucessos na carreira
o debilitaram muito, embora
fosse aclamado gênio no
Brasil.
• No último ano de vida foi
convidado a ser diretor do
conservatório de Belém do
Pará, onde fora
homenageado. O ciclo da
borracha estava no auge.
• Chegou na cidade muito
doente. Faleceu em
16/09/1896 com 60 anos.