Você está na página 1de 1208

MANUAL DE SERVIÇO

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
PT-BR
Conteúdo

INTRODUÇÃO
Motor ........................................................................................ 10
[10.001] Motor e cárter . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1

[10.202] Purificadores de ar e linhas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.2

[10.216] Tanques de combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3

[10.254] Coletores de admissão/escape e silenciador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4

[10.400] Sistema de resfriamento do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.5

Sistemas hidráulicos ................................................................... 35


[35.000] Sistemas hidráulicos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.1

[35.102] Válvulas de controle da bomba . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.2

[35.106] Bomba de deslocamento variável. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.3

[35.300] Reservatório, arrefecedor e filtros. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.4

[35.304] Unidades de bomba de combinação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.5

[35.352] Sistema de balanço hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.6

[35.353] Sistema de percurso hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.7

[35.354] Junta central hidráulica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.8

[35.355] Controle manual hidráulico. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.9

[35.356] Controle do pedal hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.10

[35.359] Válvula de controle principal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.11

[35.736] Sistema hidráulico da lança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.12

[35.737] Sistema hidráulico do braço de escavação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.13

[35.738] Sistema hidráulico da caçamba da escavadeira e retroescavadeira . . . . . . . . . . . . 35.14

Estruturas e lastro....................................................................... 39
[39.101] Estrutura superior . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39.1

[39.103] Conjunto do anel de giro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39.2

[39.140] Lastros e suportes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39.3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
Esteiras e suspensão da esteira ................................................... 48
[48.130] Estrutura da esteira e rodas de tração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48.1

[48.100] Esteiras (Tracks) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48.2

[48.134] Unidades de tensão da esteira. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48.3

[48.138] Roletes da esteira . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48.4

Controle de clima da cabine ......................................................... 50


[50.100] Aquecedor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50.1

[50.200] Ar-condicionado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50.2

Sistemas elétricos....................................................................... 55
[55.000] Sistema elétrico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.1

[55.015] Sistema de controle do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.2

[55.036] Controle do sistema hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.3

[55.051] Comandos do Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado (HVAC) . . . . . . . . . . . . . . 55.4

[55.302] Bateria. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.5

[55.640] Módulos eletrônicos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55.6

Lanças, braços de escavação e caçambas .................................... 84


[84.910] Lança. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 84.1

[84.100] Caçamba . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 84.2

Plataforma, cabine, lataria e adesivos ........................................... 90


[90.116] Para-lamas e protetores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90.1

[90.124] Assento do operador com ajuste pneumático. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90.2

[90.150] Cabine. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90.3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
71114529A-DRAFT 11/02/2015
INTRODUÇÃO

71114529A-DRAFT 11/02/2015
1
Conteúdo

INTRODUÇÃO

Orientação - Aviso importante sobre a manutenção do equipamento (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3


Prefácio - Ecologia e meio-ambiente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Regras de segurança (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Regras de segurança (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Segurança pessoal (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Segurança pessoal - Etiqueta "não operar" (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Instruções básicas (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Torque -Tipos de parafusos (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
Instruções básicas - Oficina e Montagem (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
Torque - Torques mínimos de aperto para montagens normais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Torque - Dados de torque padrão para sistema hidráulico (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Especificações gerais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Fatores de conversão - Unidades usadas (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.


71114529A-DRAFT 11/02/2015
2
INTRODUÇÃO

Orientação - Aviso importante sobre a manutenção do equipamento


[29163000]
CX220C Modelo padrão LA

Todos os trabalhos de reparos e manutenção listados neste manual devem ser executados apenas pelo pessoal
de revendas qualificadas, cumprindo rigorosamente as instruções fornecidas e usando, sempre que possível, as
ferramentas especiais.

Qualquer um que execute serviços de reparos e manutenção sem observar os procedimentos aqui fornecidos será
responsabilizado por quaisquer danos subsequentes.

O fabricante e todas as organizações da cadeia de distribuição, inclusive os revendedores locais, regionais ou na-
cionais, entre outros, se isentam de qualquer responsabilidade pelos danos causados por peças e/ou componentes
não aprovados pelo fabricante, inclusive aqueles usados para a manutenção ou o conserto do produto fabricado
ou comercializado pelo fabricante. De qualquer forma, nenhuma garantia é oferecida ou atribuída em relação ao
produto fabricado ou comercializado pelo fabricante no caso de danos causados por peças e/ou componentes não
aprovados pelo fabricante.

As informações neste manual estão atualizadas até a data de publicação deste. O aperfeiçoamento contínuo é
a política do fabricante. Algumas informações podem não ter sido atualizadas devido a modificações de um tipo
comercial ou técnico ou alterações em normas e legislações de países diversos.

Em caso de dúvida, consulte as Redes de Vendas e Serviços.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
3
INTRODUÇÃO

Prefácio - Ecologia e meio-ambiente [48248195]


CX220C Modelo padrão LA

Terra, ar e água são fatores vitais para a agricultura e para a vida em geral. Quando não houver lei que regulamente
o tratamento de algumas substâncias utilizadas pela tecnologia avançada, o bom senso deve governar o uso e a
eliminação dos produtos de natureza química e petroquímica.
NOTA: A seguir, algumas recomendações que podem ser úteis:

• Familiarize-se e tenha certeza que compreende a legislação referente aplicável em seu país.
• Quando não houver legislação, obtenha informações junto aos fornecedores de óleos, filtros, baterias, combustí-
veis, anticongelantes, agentes de limpeza etc., com relação aos efeitos desses produtos no homem e na natureza,
e como armazenar em segurança, usar e eliminar essas substâncias.
• Em muitas situações, consultores agrícolas também poderão ajudá-lo.

Conselhos úteis
• Evite abastecer os tanques usando latas ou sistemas de distribuição de combustível com pressurização inade-
quada, pois eles podem causar derramamentos consideráveis.
• Em geral, evite contato de quaisquer combustíveis, óleos, ácidos, solventes etc. com a pele. A maioria deles
contém substâncias que podem ser prejudiciais à sua saúde.
• Os óleos modernos contêm aditivos. Não queime combustíveis contaminados e/ou óleos descartados em sistemas
comuns de aquecimento.
• Evite derramamento quando estiver esvaziando misturas de líquido de arrefecimento do motor, óleo do motor, da
caixa de câmbio, hidráulico, etc. Não misture fluidos de freio drenados ou óleos com lubrificantes. Armazene-os
de modo seguro até que possam ser descartados de modo adequado para que fiquem de acordo com a legislação
local e os recursos disponíveis.
• As misturas modernas de líquido de arrefecimento, ou seja, anticongelantes e outros aditivos devem ser trocados a
cada dois anos. Eles não devem ser despejados no solo, mas devem ser coletados e eliminados adequadamente.
• Não abra o sistema de ar-condicionado. Ele contém gases que não devem ser liberados na atmosfera. Ser reven-
dedor CASE CONSTRUCTION ou o especialista em ar-condicionado tem um extrator especial para essa finalidade
e farão a recarga do sistema adequadamente.
• Conserte imediatamente os vazamentos ou defeitos no sistema hidráulico ou de arrefecimento do motor.
• Não aumente a pressão em um circuito pressurizado, pois isso pode levar à falha do componente.
• Proteja as mangueiras durante a solda, pois os resíduos de solda que penetram podem queimar uma mangueira
ou enfraquecê-la, permitindo a perda de óleo, líquido de arrefecimento, etc.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
4
INTRODUÇÃO

Regras de segurança [23870865]


CX220C Modelo padrão LA

PERIGO
Operação ou execução de serviços inadequados nesta máquina podem resultar em um acidente.
Só opere esta máquina ou realize lubrificação, manutenção ou reparos nela depois de ler e entender
as informações de operação, lubrificação, manutenção e reparo.
O descumprimento resultará em morte ou ferimentos graves.
D0010A

CUIDADO
Perigo de manutenção!
Sempre realize todos os procedimentos de serviço pontualmente nos intervalos descritos neste ma-
nual. Isso garante excelentes níveis de desempenho e segurança máxima durante a operação da
máquina.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W0132A

CUIDADO
Sistema pressurizado!
Antes de iniciar qualquer procedimento de serviço, é sua responsabilidade saber o número de acu-
muladores na máquina e o procedimento correto para liberar a pressão de cada acumulador.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W0136A

AVISO: Ambiente e condições de trabalho extremas necessitam de intervalos de manutenção mais curtos.

Use fluidos, lubrificantes e filtros Case para uma melhor proteção e desempenho da máquina. Todos os fluidos,
lubrificantes e os filtros devem ser descartados de acordo com os padrões e as normas ambientais. Entre em contato
com o concessionário caso tenha dúvidas sobre o serviço e a manutenção da máquina.

Leia os adesivos de segurança e os adesivos informativos na máquina. Leia o Manual do Operador e o manual de
segurança. Entenda a operação da máquina antes de começar qualquer serviço de manutenção.

Antes de fazer manutenção na máquina, coloque uma etiqueta "não operar" no volante ou sobre a chave de ignição.
Certifique-se de que a etiqueta esteja em um local visível para todos que possam operar ou fazer manutenção na
máquina. É fornecida uma etiqueta em cada máquina nova. Etiquetas adicionais estão disponíveis com seu conces-
sionário.

Peças plásticas e de resina


• Evite usar gasolina, solvente de tinta etc. ao limpar peças plásticas, o console, o conjunto de instrumentos etc.
• Só use água, sabão neutro e um pano macio ao limpar essas peças.

• A utilização de gasolina, solventes etc. causará descoloração, rachaduras ou deformação da peça que está sendo
limpa.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
5
INTRODUÇÃO

Regras de segurança [10150116]


CX220C Modelo padrão LA

Precauções de segurança padrão


Esteja informado e informe a equipe da legislação vigente que regula a segurança, e forneça a documentação
disponível para consulta.
• Mantenha as áreas de trabalho o mais limpas possível.
• Garanta que as áreas de trabalho estejam equipadas com caixas de emergência. Elas devem estar claramente
visíveis e sempre conter o equipamento sanitário adequado.
• Os extintores de incêndio devem ser devidamente identificados e sempre estar livres de obstruções. A eficiência
deles deve ser verificada regularmente, e a equipe deve ser treinada sobre as intervenções e prioridades adequa-
das.
• Mantenha todas as saídas de emergência livres de obstruções e claramente marcadas.
• Deve ser estritamente proibido fumar em áreas de trabalho sujeitas a risco de incêndio.

Prevenção de lesões
• Use vestimentas de trabalho e óculos de segurança adequados, sem joias como anéis e correntes, quando estiver
trabalhando perto de motores e equipamentos em movimento.
• Use luvas e óculos de segurança ao realizar as seguintes operações:
• Encher ou trocar óleos de lubrificação.
• Usar ar comprimido ou líquidos a uma pressão maior do que 2 bar (29 psi).
• Use um capacete de segurança quando estiver trabalhando perto de cargas ou equipamentos suspensos e o tra-
balho estiver ao nível da cabeça.
• Sempre use sapatos de segurança e roupas adequadas ao seu número.
• Utilize creme de proteção para as mãos.
• Troque a roupa molhada logo que possível.
• Na presença de tensões superiores a 48 - 60 V, verifique a eficiência das conexões elétricas de massa e solo.
Assegure-se de que as mãos e os pés estejam secos e use placas de isolamento nos pés. Os trabalhadores
devem ser adequadamente treinados para trabalhar com eletricidade.
• Não fume nem comece uma chama aberta perto de baterias e qualquer material combustível.
• Coloque os panos sujos de óleo, combustível diesel ou solventes em recipientes anti-incêndio especialmente for-
necidos.
• Não utilize ferramentas ou equipamentos para nenhum uso diferente do que foi originalmente destinado. Podem
ocorrer lesões graves.
• Se você estiver fazendo um motor funcionar em área fechada, garanta que haja um ventilador de exaustão sufici-
ente em uso para eliminar os gases de escape.

Durante a manutenção
• Nunca abra a tampa de enchimento do sistema de resfriamento quando o motor estiver quente. O líquido em alta
temperatura na pressão operacional poderia resultar em perigos graves e risco de queimadura. Aguarde até que
a temperatura diminui abaixo de 50 °C (122 °F).
• Nunca adicione líquido de arrefecimento em um motor superaquecido e use apenas os líquidos adequados.
• Sempre trabalhe quando o motor estiver desligado. Determinadas circunstâncias exigem manutenção do motor
em funcionamento. Esteja ciente de todos os riscos envolvidos nessa operação.
• Utilize sempre recipientes adequados e seguros para fluidos do motor e óleo usado.
• Mantenha o motor limpo de todos os líquidos derramados, como óleo, combustível diesel e/ou solventes químicos.
• O uso de solventes ou detergentes durante a manutenção pode exalar vapores tóxicos. Sempre mantenha as
áreas de trabalho arejadas. Use uma máscara de segurança, se necessário.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
6
INTRODUÇÃO

• Não deixe panos sujos que podem conter substâncias inflamáveis perto do motor.
• Sempre tenha cuidado ao dar partida em um motor depois de realizar qualquer trabalho. Esteja preparado para
cortar o ar de admissão do motor em caso de descontrole.
• Nunca desligue as baterias enquanto o motor estiver funcionando.
• Desconecte as baterias antes de realizar qualquer trabalho no equipamento.
• Desconecte as baterias para colocar uma carga sobre elas com um testador de carga.
• Depois da realização de qualquer trabalho, verifique se a polaridade da braçadeira da bateria está correta e se as
braçadeiras estão bem apertadas e seguras do curto-circuito e oxidação acidentais.
• Antes de desconectar qualquer tubulação (pneumática, hidráulica, de combustível, etc), verifique se toda a pressão
foi liberada. Tome todas as precauções necessárias sangrando e drenando a pressão residual. Use sempre o
equipamento de segurança adequado.
• Não altere o comprimento dos fios.
• Não conecte nenhuma ferramenta eletrônica de serviço ao equipamento elétrico do motor, a menos que especifi-
camente aprovado pela CASE CONSTRUCTION.
• Não modifique o sistema de combustível ou o sistema hidráulico, a menos que aprovado pela CASE CONSTRUC-
TION. Qualquer modificação não autorizada comprometerá a assistência da garantia e poderá afetar o funciona-
mento e a vida útil do motor.

Para o motor equipado com uma unidade de controle eletrônico


• Não solde nenhuma parte do equipamento sem retirar a unidade de controle.
• Retire-a caso haja trabalhos que exijam aquecimento acima de 80 °C (176 °F).
• Não pinte os componentes e as conexões eletrônicas.
• Não altere os dados arquivados na unidade de controle eletrônico que comanda o motor. Qualquer manipulação
ou alteração dos componentes eletrônicos anulará a assistência de garantia do motor e poderá afetar a ordem
correta de trabalho e a vida útil do motor.

Respeito ao meio ambiente


• O respeito ao meio ambiente deve ser de importância fundamental. Tome todas as precauções necessárias para
garantir a segurança e a saúde da equipe.
• Informe a equipe das leis relativas à distribuição de fluidos de motor usados.
• Manuseie as baterias com cuidado, armazenando-as em um ambiente bem ventilado e dentro de recipiente antiá-
cido.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
7
INTRODUÇÃO

Segurança pessoal [38198892]


CX220C Modelo padrão LA

Precauções de segurança
• Antes de fazer a revisão de um sistema de ar condicionando, leia e observe as seguintes precauções de segurança.
Assegure-se de que eventuais reparos somente sejam realizados por pessoal devidamente treinado e habilitado.
• Nunca tente desmontar o sistema de ar condicionado. Vazamentos do fluído refrigerante podem ocasionar quei-
maduras graves nos olhos e nas mãos.
• O fluído refrigerante deve ser sempre manuseado com o maior cuidado a fim de evitar acidentes.
• Mantenha a embalagem do fluído refrigerante bem como o sistema de ar condicionado afastado de chamas ou de
fontes de calor, o aumento de pressão resultante pode dar origem a explosão da embalagem ou do sistema.
• Se em contato direto com chamas livres ou superfícies aquecidas de metal, o fluído refrigerante irá decompor-se
e produzirá produtos tóxicos e ácidos.
• Nunca descarregue o fluído refrigerante para a atmosfera. Ao reparar as unidades do ar condicionado, deve-se
utilizar uma unidade aprovada de recuperação de fluído refrigerante operada por um técnico.
• Quando descarregar o fluído refrigerante no sistema, faça-o numa área bem ventilada com perfeita circulação de
ar e longe de chamas livres.
• Ao carregar e descarregar o sistema utilize sempre óculos de segurança e tome as precauções adequadas de
forma a proteger, de uma forma geral e os olhos em particular, de qualquer derramamento acidental do fluído
refrigerante.
• A mistura de óleo e fluído refrigerante contida no sistema de ar condicionado está pressurizada. Nestas condições,
nunca afrouxe as uniões nem trabalhe com os tubos sem que o sistema tenha sido devidamente despressurizado.
• Antes de soltar qualquer conector, tape-o com um pano grosso e use óculos e luvas para evitar que o fluíido
refrigerante entre em contato com a pele ou com os olhos.
Em caso de acidente, proceda da seguinte forma:
• Se o fluído refrigerante atingir os olhos, lave imediata e abundantemente com água destilada ou água da torneira
e dirija- se a um hospital para os cuidados médicos especiais.
• Se o fluído refrigerante entrar em contato com a pele, lave com água fria e procure cuidados médicos imediata-
mente em um hospital.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
8
INTRODUÇÃO

Segurança pessoal - Etiqueta "não operar" [62792270]


CX220C Modelo padrão LA

CUIDADO
Perigo de manutenção!
Antes de começar a fazer manutenção na máquina, fixe uma etiqueta de advertência NÃO OPERAR
na máquina, em uma área visível.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W0004A

Quando a máquina não estiver funcionando corretamente e/ou precisar de manutenção, fixe uma etiqueta NÃO OPE-
RAR na máquina em uma área claramente visível.
Complete as informações da etiqueta com a "razão" descrevendo o mau funcionamento ou o serviço necessário.
Valide a razão para fixação da etiqueta assinando o seu nome na área designada na etiqueta.
A etiqueta só deve ser removida pela pessoa que a assinou e fixou, após a validação de que os reparos ou serviços
foram concluídos.

(A) (D)

(E)
(B)

(F)
(C)

Componentes da etiqueta
A. NÃO REMOVA ESTA ETIQUETA. - (Advertência) A etiqueta só deve ser removida pela pessoa que a assinou e
fixou, após a validação de que os reparos ou serviços foram concluídos.
B. Veja o outro lado - (Referência para obter mais informações no verso da etiqueta.)
C. Número de peça CNH - (Solicite este número de peça do seu Fornecedor de Peças de Serviço para obter esta
etiqueta NÃO OPERAR.)
D. NÃO OPERAR - (Aviso!)
E. RAZÃO - (Área para descrever o mau funcionamento ou serviço necessário antes da operação.)
F. Assinado por - (Área de assinatura - a ser assinada pela pessoa que validou a razão para a instalação da eti-
queta.)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
9
INTRODUÇÃO

Instruções básicas [40362988]


CX220C Modelo padrão LA

Padrões de manutenção
Inspeção de componentes
Nome da peça Item de inspeção Critério e solução
Verifique se há riscos, oxidação, e Se qualquer peça estiver danificada,
corrosão. substitua a carcaça.
• As partes deslizantes do furo
da carcaça e do carretel,
especialmente a circunferência
externa, às quais a pressão de
retenção é aplicada.
• Área da parte de vedação que
Carcaça esteja em contato com o anel-O.
• Peças de vedação e assentamento
da válvula de alívio principal e de
sobrecarga.
• Parte de vedação do bujão.
• Defeitos em outras peças que
possam impedir o funcionamento
normal.
Verifique se há riscos, escoriações, Se puder detectar algum defeito
oxidação, e corrosão. passando a unha sobre a superfície
de deslizando da circunferência
Carretel externa, substitua o carretel.
Instale o carretel girando-o para Se o carretel danificar o anel-O e não
dentro do furo da carcaça. se mover suavemente, repare ou
substitua o carretel.
Verifique se a agulha e a mola Se a mola estiver danificada,
apresentam danos. substitua-a.
Se o assento da agulha ou a mola
Agulha
estiverem danificados, substitua-os.
Insira a agulha na carcaça e Se a agulha se mover suavemente
movimente-a. sem
Verifique se há oxidação, corrosão, Substitua se estiver muito danificado.
deformação, e quebra da mola, do
Mola e peças relacionadas
assento da mola, do batente, do
parafuso espaçador e da tampa.
Verifique se há oxidação e danos na Substitua.
superfície externa.
Válvula de alívio principal, válvula de Inspecione a face de contato do Substitua se estiver danificado.
alívio do orifício, válvula de corte de assento da válvula.
derivação. Inspecione o anel-O, o anel de Como regra geral, substitua todas as
encosto, e a vedação. pelas por novas. (Entre a carcaça e
a vedação)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10
INTRODUÇÃO

Recomendações de serviço para flange bipartido


AVISO:

1. Limpe e inspecione as superfícies de vedação. Os ar-


ranhões / asperezas causam vazamentos e desgaste
dos vedadores. O desnivelamento causa extrusão
dos vedadores. Caso os defeitos não possam ser cor-
rigidos, substitua os componentes.
2. Utilize sempre anéis-O especificados. Inspecione os
anéis-O quanto a quaisquer danos. Tome cuidado
para não raspar os anéis-O. Durante a instalação de
um anel-O em uma cavidade, utilize graxa para se-
gurá-lo no lugar.

LAIL11CX0070A0A 1

3. Monte soltas as metades do flange bipartido. Certifi-


que-se de que a fenda esteja centralizada e perpendi-
cular ao orifício. Aperte os parafusos com a mão para
segurar as peças no lugar. Tome cuidado para não
esmagar o anel-O.
4. Aperte os parafusos alternada e diagonalmente, con-
forme mostrado, a fim de garantir um aperte uniforme.
5. Não utilize chaves pneumáticas. As chaves pneumá-
ticas muitas vezes apertam totalmente um parafuso
antes de apertar os outros, resultando em danos nos
anéis-O e aperto desigual aos parafusos.

LAIL11CX0071A0A 2

LAIL11CX0072A0A 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
11
INTRODUÇÃO

Travamento das porcas e dos parafusos


• Placa de trava
AVISO: Não reutilize as placas de trava removidas. Não
tente dobrar o mesmo ponto duas vezes.

• Contrapino
AVISO: Não reutilize contrapinos removidos. Durante o
aperto, alinhe os furos localizados, não quando estiver
afrouxando.

• Arame de travamento
AVISO: Aplique o arame nos parafusos na direção de
aperto, não na direção de afrouxamento.
BRAG12CXCNH0011 4

(1) –CORRETO=Dobre ao lonho da borda em canto vivo


(2) –ERRADO = Não a dobre arredondada
(3) –ERRADO
(4) –CORRETO
(5)–CORRETO
(6) –Dobre ao longo da borda em canto vivo
(7) –CORRETO
(8) –CORRETO
(9) –ERRADO
(10) –ERRADO APERTAR
(11) –CORRETO AFROUXAR
BRAG12CXCNH0012 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
12
INTRODUÇÃO

Torque -Tipos de parafusos [40798738]


CX220C Modelo padrão LA

Aperte corretamente as porcas e os parafusos conforme


as especificações de torque. São utilizados dois tipos
de parafusos, parafuso T sextavado e parafuso de so-
quete (Allen), cada um fabricado de material diferente.
Durante a montagem da máquina ou dos componentes
certifique-se de que esteja utilizando os parafusos corre-
tos e apertando-os conforme as especificações.

(1) Parafuso T Sextavado.


(2) Parafuso Soquete (Allen)

BRAG12CXCNH0009 1

Tabela de torque de aperto especificado


Diâmetro do Tamanho Tamanho Parafuso
parafuso da chave da chave T, parafuso
sextavada soquete
M8 13 6 29.5 N·m
M10 17 8 64 N·m
M12 19 10 108 N·m
M14 22 12 175 N·m
M16 24 14 265 N·m
M18 27 14 390 N·m
M20 30 17 540 N·m
M22 32 17 740 N·m
M24 36 19 930 N·m
M27 41 19 1370 N·m
M30 46 22 1910 N·m
M33 50 24 2550 N·m
M36 55 27 3140 N·m

1. Aplique lubrificante (exemplo: i. e. zinco branco B dissolvido em óleo para mancais) aos parafusos e porcas a fim
de estabilizar o coeficiente de fricção dos mesmos.
2. Tolerância de torque é de ±10%.
3. Certifique-se de estar utilizando parafusos de comprimento correto. Os parafusos muito compridos não podem
ser apertados, pois a ponta deles entra em contato com o fundo do furo. Os parafusos muito curtos não podem
desenvolver força de aperto suficiente.
4. Os torques apresentados na tabela servem apenas para uso geral. Não use estes torques se um torque diferente
é fornecido para uma aplicação especifica.
5. Certifique-se de que os filetes de rosca das porcas e dos parafusos estejam limpos antes de instalar os mesmos.
Remova a sujeira ou a corrosão, se houver.

Seqüência de aperto doa parafusos


Quando apertar dois ou mais parafusos, aperte-os alternadamente, conforme mostrado, a fim de garantir um aperto
uniforme.

BRAG12CXCNH0010 2
(1) Aperte uniformemente o superior e o inferior, alternadamente. (2) Aperte em diagonal. (3) Aperte
apartir do centro e em diagonal.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
13
INTRODUÇÃO

Instruções básicas - Oficina e Montagem [101605533]


CX220C Modelo padrão LA

CALÇOS
Para cada operação de ajuste, selecionar calços de ajuste e medir separadamente usando micrômetro; a seguir,
adicionar os valores registrados. Não confiar na medição de todo o conjunto de calços, que pode estar incorreta, ou
no valor indicado em cada calço.

VEDAÇÕES DO EIXO ROTATIVO


Para instalar corretamente a vedação do eixo rotativo, proceder da seguinte forma:
• antes da montagem, mergulhar a vedação no óleo a ser vedado, pelo menos durante 30 minutos.
• limpar completamente o eixo e verificar se a superfície de trabalho do eixo não está danificada.
• posicionar o lábio de vedação voltado para o fluido; com abas hidrodinâmicas, considerar o sentido de rotação do
eixo e posicionar os sulcos de modo a desviar o fluido para o lado interno da vedação.
• cobrir o lábio de vedação com uma fina camada de lubrificante (usar óleo e não graxa) e encher com graxa o
espaço entre o lábio de vedação e o anel de poeira em vedações de lábios duplos
• inserir a vedação em seu assento e pressionar para baixo com um punção achatado ou uma ferramenta para
instalação de vedação. Não bater na vedação com martelo ou bastão.
• Durante o posicionamento da vedação, verificar se está em perpendicular com o assento; uma vez instalada,
verificar se está em contato com o elemento de encosto, se necessário.
• para prevenir danos no lábio de vedação do eixo, instalar uma proteção durante as operações de instalação.

VEDAÇÕES DO ANEL O
Lubrificar as vedações do ANEL O antes de posicioná-las nas bases; isso impedirá giro excessivo e dobras, que
prejudicariam a eficiência da vedação.

COMPOSTOS DE VEDAÇÃO
Aplicar um dos seguintes compostos de vedação nas superfícies de junção quando especificado: SILMATE®
RTV1473 ou LOCTITE® RTV 598™ ou LOCTITE® INSTANT GASKET 587 BLUE. Antes de aplicar o composto de
vedação, preparar as superfícies conforme indicado na embalagem do produto ou como segue:
• remover quaisquer incrustações com uma escova metálica
• remover toda a graxa das superfícies com um agente limpador localmente aprovado como solvente de segurança
ou limpador para peças dos freios.

PEÇAS DE REPOSIÇÃO
Usar somente "Peças Originais CNH " ou "Peças CASE CONSTRUCTION".

Somente peças de reposição originais garantem a mesma qualidade, duração e segurança que as peças originais,
pois são iguais às peças montadas na produção-padrão. Somente as "Peças Originais CNH" ou "Peças CASE
CONSTRUCTION" podem oferecer essa garantia.
Ao solicitar peças de reposição, fornecer sempre as seguintes informações:
• modelo da máquina (nome comercial) e número de série
• número de peça da peça solicitada, que pode ser encontrado nas “Microfichas” ou no “Catálogo de Peças de
Reposição”, usados no processamento de pedidos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
14
INTRODUÇÃO

PROTEÇÃO DOS SISTEMAS ELETRÔNICOS/ELÉTRICOS DURANTE OPERAÇÕES DE CAR-


REGAMENTO OU DE SOLDAGEM
PERIGO
O ácido da bateria causa queimaduras. As baterias contêm ácido sulfúrico.
Evite contato com a pele, olhos ou roupas. Antídoto (externo): lave com água. Antídoto (olhos): lave
com água por 15 minutos e procure ajuda médica imediatamente. Antídoto (interno): beba grandes
quantidades de água ou leite. Não induza o vômito. Procure ajuda médica imediatamente.
O descumprimento resultará em morte ou ferimentos graves.
D0117A

Para não danificar os sistemas eletrônicos/elétricos, sempre observar o seguinte:


1. Nunca conectar ou desconectar qualquer parte do circuito de carga, inclusive as conexões da bateria, quando o
motor está funcionando.
2. Nunca aterrar qualquer componente do circuito de carga.
3. Sempre desconectar o cabo de aterramento da bateria antes de qualquer soldagem por arco ou em qualquer
plataforma fixada à Escavadeira.
• posicionar a garra de aterramento do soldador o mais perto possível da área de soldagem
• no caso de soldagem perto de um módulo de computador, o módulo deve ser removido.
• nunca permitir que cabos de soldagem fiquem por cima, próximos ou cruzados em relação a qualquer fiação
elétrica ou componente eletrônico durante uma soldagem
4. Sempre desconectar o cabo negativo da bateria ao carregar com um carregador de bateria.
AVISO: se uma soldagem deve ser executada na unidade, na plataforma (se conectada), o cabo de aterramento
da bateria deve ser desconectado da bateria. O sistema de monitoração eletrônica e o sistema de carga serão
danificados se isso não for realizado.

Remover o cabo de aterramento da bateria. Reconectar o cabo ao terminar a soldagem.

FERRAMENTAS
As ferramentas que a CASE CONSTRUCTION sugere e ilustra neste manual foram:
• especificamente pesquisadas e projetadas para uso nas máquinas CASE CONSTRUCTION
• essenciais para operações de reparo confiáveis
• fabricadas com precisão e rigorosamente testadas de modo a permitir uma operação eficiente e duradoura

Ao usar essas ferramentas, o técnico de reparação terá as seguintes vantagens:


• operação em condições técnicas excelentes
• obtenção dos melhores resultados
• economia de tempo e mão-de-obra
• trabalho em condições seguras
NOTA: Os termos “dianteiro”, “traseiro”, “direito” e “esquerdo” (quando correspondentes a diversas peças) são de-
terminados a partir da parte traseira, na direção de deslocamento da máquina em operação.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
15
INTRODUÇÃO

Torque - Torques mínimos de aperto para montagens normais


[65040565]
CX220C Modelo padrão LA

Ferragens em unidades decimais


Parafusos, porcas e prisioneiros de classe 5
Tamanho Nm lb/pol / lb/pés
1/4 in 12 - 15 Nm 108 - 132 lb in
5/16 in 23 - 28 Nm 204 - 252 lb in
3/8 in 48 - 57 Nm 420 - 504 lb in
7/16 in 73 - 87 Nm 54 - 64 lb ft
1/2 in 109 - 130 Nm 80 - 96 lb ft
9/16 in 149 - 179 Nm 110 - 132 lb ft
5/8 in 203 - 244 Nm 150 - 180 lb ft
3/4 in 366 - 439 Nm 270 - 324 lb ft
7/8 in 542 - 651 Nm 400 - 480 lb ft
1 in 787 - 944 Nm 580 - 696 lb ft
1-1/8 in 1085 - 1193 Nm 800 - 880 lb ft
1-1/4 in 1519 - 1681 Nm 1120 - 1240 lb ft
1-3/8 in 1980 - 2278 Nm 1460 - 1680 lb ft
1-1/2 in 2631 - 2983 Nm 1940 - 2200 lb ft

Parafusos, porcas e prisioneiros de classe 8


Tamanho Nm lb/pol / lb/pés
1/4 in 16 - 20 Nm 144 - 180 lb in
5/16 in 33 - 39 Nm 288 - 348 lb in
3/8 in 61 - 73 Nm 540 - 648 lb in
7/16 in 95 - 114 Nm 70 - 84 lb ft
1/2 in 149 - 179 Nm 110 - 132 lb ft
9/16 in 217 - 260 Nm 160 - 192 lb ft
5/8 in 298 - 358 Nm 220 - 264 lb ft
3/4 in 515 - 618 Nm 380 - 456 lb ft
7/8 in 814 - 976 Nm 600 - 720 lb ft
1 in 1220 - 1465 Nm 900 - 1080 lb ft
1-1/8 in 1736 - 1953 Nm 1280 - 1440 lb ft
1-1/4 in 2468 - 2712 Nm 1820 - 2000 lb ft
1-3/8 in 3227 - 3688 Nm 2380 - 2720 lb ft
1-1/2 in 4285 - 4827 Nm 3160 - 3560 lb ft

NOTA: Use porcas espessas com parafusos de classe 8.

Ferragens em unidades métricas


Parafusos, porcas e prisioneiros de classe 8.8
Tamanho Nm lb/pol / lb/pés
4 mm 3 - 4 Nm 24 - 36 lb in
5 mm 7 - 8 Nm 60 - 72 lb in
6 mm 11 - 12 Nm 96 - 108 lb in
8 mm 26 - 31 Nm 228 - 276 lb in
10 mm 52 - 61 Nm 456 - 540 lb in
12 mm 90 - 107 Nm 66 - 79 lb ft
14 mm 144 - 172 Nm 106 - 127 lb ft
16 mm 217 - 271 Nm 160 - 200 lb ft
20 mm 434 - 515 Nm 320 - 380 lb ft
24 mm 675 - 815 Nm 500 - 600 lb ft
30 mm 1250 - 1500 Nm 920 - 1100 lb ft

71114529A-DRAFT 11/02/2015
16
INTRODUÇÃO

Tamanho Nm lb/pol / lb/pés


36 mm 2175 - 2600 Nm 1600 - 1950 lb ft

Parafusos, porcas e prisioneiros de classe 10.9


Tamanho Nm lb/pol / lb/pés
4 mm 4 - 5 Nm 36 - 48 lb in
5 mm 9 - 11 Nm 84 - 96 lb in
6 mm 15 - 18 Nm 132 - 156 lb in
8 mm 37 - 43 Nm 324 - 384 lb in
10 mm 73 - 87 Nm 54 - 64 lb ft
12 mm 125 - 150 Nm 93 - 112 lb ft
14 mm 200 - 245 Nm 149 - 179 lb ft
16 mm 310 - 380 Nm 230 - 280 lb ft
20 mm 610 - 730 Nm 450 - 540 lb ft
24 mm 1050 - 1275 Nm 780 - 940 lb ft
30 mm 2000 - 2400 Nm 1470 - 1770 lb ft
36 mm 3500 - 4200 Nm 2580 - 3090 lb ft

Parafusos, porcas e prisioneiros de classe 12.9


Tamanho Nm lb/pol / lb/pés
Geralmente os valores de torque especificados para as ferragens de classe 10.9 podem ser usados sem
problemas nas ferragens de classe 12.9.

Conexões hidráulicas de aço


Conexão de dilatação de 37°
Diâmetro externo do tubo/diâmetro Tamanho da rosca Nm lb/pol / lb/pés
interno da mangueira
mm polegada
6.4 mm 1/4 in 7/16-20 in 8 - 16 Nm 72 - 144 lb in
7.9 mm 5/16 in 1/2-20 in 11 - 22 Nm 96 - 192 lb in
9.5 mm 3/8 in 9/16-18 in 14 - 34 Nm 120 - 300 lb in
12.7 mm 1/2 in 3/4-16 in 20 - 57 Nm 180 - 504 lb in
15.9 mm 5/6 in 7/8-14 in 34 - 79 Nm 300 - 696 lb in
19.0 mm 3/4 in 1-1/16-12 in 54 - 108 Nm 40 - 80 lb ft
22.2 mm 7/8 in 1-3/16-12 in 81 - 135 Nm 60 - 100 lb ft
25.4 mm 1 in 1-5/16-12 in 102 - 158 Nm 75 - 117 lb ft
31.8 mm 1-1/4 in 1-5/8-12 in 169 - 223 Nm 125 - 165 lb ft
38.1 mm 1-1/2 in 1-7/8-12 in 285 - 338 Nm 210 - 250 lb ft

Roscas retas com anel O-ring


Diâmetro externo do tubo/diâmetro Tamanho da rosca Nm lb/pol / lb/pés
interno da mangueira
mm polegada
6.4 mm 1/4 in 7/16-20 in 16 - 26 Nm 144 - 228 lb in
7.9 mm 5/16 in 1/2-20 in 22 - 34 Nm 192 - 300 lb in
9.5 mm 3/8 in 9/16-18 in 34 - 54 Nm 300 - 480 lb in
12.7 mm 1/2 in 3/4-16 in 57 - 91 Nm 540 - 804 lb in
15.9 mm 5/6 in 7/8-14 in 79 - 124 Nm 58 - 92 lb ft
19.0 mm 3/4 in 1-1/16-12 in 108 - 174 Nm 80 - 128 lb ft
22.2 mm 7/8 in 1-3/16-12 in 136 - 216 Nm 100 - 160 lb ft
25.4 mm 1 in 1-5/16-12 in 159 - 253 Nm 117 - 187 lb ft
31.8 mm 1-1/4 in 1-5/8-12 in 224 - 357 Nm 165 - 264 lb ft
38.1 mm 1-1/2 in 1-7/8-12 in 339 - 542 Nm 250 - 400 lb ft

71114529A-DRAFT 11/02/2015
17
INTRODUÇÃO

Parafusos de montagem com flange fendido


Tamanho Nm lb/pol / lb/pés
5/16-18 in 20 - 27 Nm 180 - 240 lb in
3/8-16 in 27 - 34 Nm 240 - 300 lb in
7/16-14 in 47 - 61 Nm 420 - 540 lb in
1/2-13 in 74 - 88 Nm 55 - 65 lb ft
5/8-11 in 190 - 203 Nm 140 - 150 lb ft

Extremidade da vedação da face do anel O-ring Conexão da extremidade do


ressalto do anel O-ring ou porca
de pressão
Tamanho Diâmetro externo do Tamanho Nm lb/pol / Tamanho Nm lb/pol /
do traço tubo da rosca lb/pés da rosca lb/pés
SAE mm pol.
nominal
-4 6.4 mm 1/4 in 9/16-18 in 14 - 16 Nm 120 - 144 lb 7/16-20 in 23 - 27 Nm 204 - 240 lb
in in
-6 9.5 mm 3/8 in 11/16-16 in 24 - 27 Nm 216 - 240 lb 9/16-18 in 34 - 41 Nm 300 - 360 lb
in in
-8 12.7 mm 1/2 in 13/16-16 in 43 - 54 Nm 384 - 480 lb 3/4-16 in 61 - 68 Nm 540 - 600 lb
in in
-10 15.9 mm 5/8 in 1-14 in 62 - 76 Nm 552 - 672 lb 7/8-14 in 81 - 88 Nm 60 - 65 lb ft
in
-12 19.0 mm 3/4 in 1-3/ 90 - 65 - 80 lb ft 1-1/ 115 - 85 - 90 lb ft
16-12 in 110 Nm 16-12 in 122 Nm
-14 22.2 mm 7/8 in 1-3/ 90 - 65 - 80 lb ft 1-13/ 129 - 95 - 100 lb
16-12 in 110 Nm 16-12 in 136 Nm ft
-16 25.41 mm 1.0 in 1-7/ 125 - 92 - 105 lb 1-5/ 156 - 115 - 125 lb
16-12 in 140 Nm ft 16-12 in 169 Nm ft
-20 31.8 mm 1-1/4 in 1-11/ 170 - 125 - 140 lb 1`-5/ 201 - 150 - 160 lb
16-12 in 190 Nm ft 6-12 in 217 Nm ft
-24 38.1 mm 1-1/2 in 2-12 in 200 - 150 - 180 lb 1-7/8-12 in 258 - 190 - 200 lb
254 Nm ft 271 Nm ft

71114529A-DRAFT 11/02/2015
18
INTRODUÇÃO

Torque - Dados de torque padrão para sistema hidráulico


[10093671]
CX220C Modelo padrão LA

INSTALAÇÃO DE CONEXÕES AJUSTÁVEIS


EM RESSALTOS DE ROSCA RETA DE ANEL
O-RING

1. Cubra o anel O-ring com óleo leve ou vaselina para lu-


brificá-lo. Instale o anel O-ring na ranhura adjacente à
arruela de encosto metálica montada na extremidade
final da ranhura (4).
2. Instale a conexão no ressalto da rosca reta SAE até
que a arruela de encosto metálica esteja em contato
com a face do ressalto (5).
NOTA: Não aperte em demasia nem distorça a arruela 23085659 1
de encosto metálica.
3. Solte a conexão (em sentido anti-horário) até no má-
ximo um giro para posicioná-lo. Segure o bloco da
conexão com uma chave, aperte a porca de pressão
e a arruela contra a face do ressalto (6).

DADOS DE TORQUE PADRÃO PARA TUBOS HIDRÁULICOS E CONEXÕES


PORCAS DOS TUBOS PARA CONEXÕES DE DILATAÇÃO DE PORCAS DE PRESSÃO
37° DE CONEXÕES
AJUSTÁVEIS DE
BUJÕES DE RESSALTO
DO ANEL O-RING,
ASSENTOS GIRATÓRIOS
JIC-37°
TAMA- DE DA TAMANHO TORQUE TORQUE
NHO TUBULAÇÃO DAS
ROSCAS
4 6.4 mm (1/4 in) 7/16-20 12 - 16 N·m (9 - 12 lb ft) 8 - 14 N·m (6 - 10 lb ft)
5 7.9 mm (5/16 in) 1/2-20 16 - 20 N·m (12 - 15 lb ft) 14 - 20 N·m (10 - 15 lb ft)
6 9.5 mm (3/8 in) 9/16-18 29 - 33 N·m (21 - 24 lb ft) 20 - 27 N·m (15 - 20 lb ft)
8 12.7 mm (1/2 in) 3/4-16 47 - 54 N·m (35 - 40 lb ft) 34 - 41 N·m (25 - 30 lb ft)
10 15.9 mm (5/8 in) 7/8-14 72 - 79 N·m (53 - 58 lb ft) 47 - 54 N·m (35 - 40 lb ft)
12 19.1 mm (3/4 in) 1-1/16-12 104 - 111 N·m (77 - 82 lb ft) 81 - 95 N·m (60 - 70 lb ft)
14 22.2 mm (7/8 in) 1-3/16 -12 122 - 136 N·m (90 - 100 lb ft) 95 - 109 N·m (70 - 80 lb ft)
16 25.4 mm (1 in) 1-5/16-12 149 - 163 N·m (110 - 120 lb ft) 108 - 122 N·m (80 - 90 lb ft)
20 31.8 mm (1-1/4 in) 1-5/8-12 190 - 204 N·m (140 - 150 lb ft) 129 - 158 N·m (95 - 115 lb ft)
24 38.1 mm (1-1/2 in) 1-7/8-12 217 - 237 N·m (160 - 175 lb ft) 163 - 190 N·m (120 - 140 lb ft)
32 50.8 mm (2 in) 2-1/2-12 305 - 325 N·m (225 - 240 lb ft) 339 - 407 N·m (250 - 300 lb ft)

Esses torques não são recomendados para tubos com DE de 12.7 mm (1/2 in) e maiores, com espessura de parede
de 0.889 mm (0.035 in) ou menos. O torque é específico para tubos de parede de 0.889 mm (0.035 in) em cada
aplicação individual.

Antes de instalar as conexões de dilatação e aplicar o torque de 37 °, limpe a face da dilatação e as roscas com
solvente limpo ou limpador Loctite e aplique vedante hidráulico LOCTITE® 569 na dilatação de 37 ° e nas roscas.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
19
INTRODUÇÃO

Instale a conexão e aplique o torque especificado, solte a conexão e aplique novamente o torque de acordo com as
especificações.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
20
INTRODUÇÃO

TORQUE DE CONEXÃO DE ROSCA DO CONEXÃO DE ROSCA DO TUBO


TUBO Tamanho das roscas Torque (Máximo)
1/8-27 13 N·m (10 lb ft)
Antes de instalar e apertar as conexões do tubo, limpe as
1/4-18 16 N·m (12 lb ft)
roscas com solvente limpo e limpador Loctite, e aplique
o vedante LOCTITE® 567 PST PIPE SEALANT em todas as 3/8-18 22 N·m (16 lb ft)
conexões, inclusive as de aço inoxidável ou LOCTITE® 1/2-14 41 N·m (30 lb ft)
565 PST para a maior parde de conexões de metal. Para 3/4-14 54 N·m (40 lb ft)
os sistemas de contaminação zero/alta filtração, use
LOCTITE® 545.

INSTALAÇÃO DE CONEXÕES DE ANEL


O-RING COM FACE PLANA
Ao instalar as conexões de anel o-ring com face plana,
limpe completamente as superfícies planas e as cone-
xões (1), e lubrifique o anel O-ring (2) com óleo leve. Ga-
ranta que as superfícies estejam alinhadas corretamente.
Aplique o torque à conexão de acordo com o torque espe-
cificado indicado no manual de reparo.
AVISO: Se as superfícies da conexão não forem limpas
corretamente, o anel O-ring não será vedado correta-
mente. Se as superfícies da conexão não forem alinha-
das corretamente, as conexões poderão se danificar e
não ter a vedação correta. 50011183 2

AVISO: Sempre use óleos e filtros de substituição de fá-


brica genuínos, e garanta a lubrificação e filtragem cor-
reta dos óleos do motor e do sistema hidráulico.

O uso dos óleos e das graxas corretas, assim como a pre-


servação da limpeza do sistema hidráulico resultarão no
prolongamento da vida útil da máquina e dos componen-
tes.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
21
INTRODUÇÃO

Especificações gerais [40216187]


CX220C Modelo padrão LA

Valor
Dimensão recomendado Ação a ser
Nome da peça e item de inspeção
padrão para tomada
substituição
Folga entre o êmbolo e o orifício do cilindro "D-d"

Substitua
0.039 mm 0.067 mm o êmbolo
ou cilindro.

LAIL11CX0017A0A 1
Folga entre o êmbolo e a parte vedada da sapata "∂"

Substitua
o conjunto
0 ~ 0.1 mm 0.3 mm
da sapata
do êmbolo.

LAIL11CX0018A0A 2
Espessura da sapata "t"

Substitua
o conjunto
4.9 mm 4.7 mm
da sapata
do êmbolo.

LAIL11CX0019A0A 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
22
INTRODUÇÃO

Valor
Dimensão recomendado Ação a ser
Nome da peça e item de inspeção
padrão para tomada
substituição
Altura livre da mola do cilindro "L"

Substitua
41.1 mm 40.3 mm a mola do
cilindro.

LAIL11CX0020A0A 4
Altura combinada da placa de retenção e da bucha esférica "H-h"

Substitua
um jogo
de buchas
23.0 mm 22.0 mm esféricas
ou a
placa de
retenção.

LAIL11CX0021A0A 5

Normas de reparo para o cilindro, placa da válvula e placa de inclinação (face da placa da sapata )

Placa de distribuição (seção Aspereza de superfície necessitando 3 Z


deslizante). de correção.
Placa oscilante (face da placa da Aspereza padrão de superfície (valor Inferior a 0.4 Z (polimento)
sapata). de correção).
Cilindro (seção deslizante).
Aspereza de cada superfície.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
23
INTRODUÇÃO

Fatores de conversão - Unidades usadas [40434695]


CX220C Modelo padrão LA

Unidades SI (Sistema Internacional de Unidades) são usadas neste manual.

Unidades do sistema MKSA e Inglês também são indicadas entre parênteses logo atrás das unidades SI.

Exemplo: 24.5 MPa (3554 psi)

Uma tabela de conversão de unidades SI para outras unidades de sistema é mostrada abaixo para fins de referência.

Conver- Para Conver- Para


Quantidade Multiplicar por Quantidade Multiplicar por
ter de (SI) (Outros) ter de (SI) (Outros)
mm in 0.03937 MPa kgf/cm2 10.197
Comprimento Pressão
mm ft 0.003281 MPa psi 145.0
l US gal 0.2642 kW CV-PS 1.360
Potência
Volume l US qt 1.057 kW HP 1.341
m3 yd3 1.308 Temperatura °C °F °C x 1.8 + 32
Massa kg lb 2.205 km/h mph 0.6214
Velocidade
N kgf 0.10197 min-1 rpm 1.0
Força
N lbf 0.2248 l/min US gpm 0.2642
Taxa de vazão
N·m kgf·m 0.10197 ml/rev cc/rev 1.0
Torque
N·m lbf·ft 0.7375

71114529A-DRAFT 11/02/2015
24
MANUAL DE SERVIÇO
Motor

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10
Conteúdo

Motor - 10

[10.001] Motor e cárter . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1

[10.202] Purificadores de ar e linhas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.2

[10.216] Tanques de combustível . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3

[10.254] Coletores de admissão/escape e silenciador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4

[10.400] Sistema de resfriamento do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10
Motor - 10

Motor e cárter - 001

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 1
Conteúdo

Motor - 10

Motor e cárter - 001

DADOS TÉCNICOS

Motor
Especificações gerais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

SERVIÇO

Motor
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Medida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 2
Motor - Motor e cárter

Motor - Especificações gerais [101083244]


CX220C Modelo padrão LA

Desempenho
Velocidade deslocamento
Lenta 3.7 km/h (2 mph)
Rápida 5.7 km/h (4 mph)

Especificações do motor
Especificações principais
Fabricante FPT Tier 3
Modelo F4GE9684E*J615
Motor a diesel tipo injeção direta arrefecido a água, de 4 ciclos
Tipo
com turbocompressor do intercooler
Número de cilindros 6 alinhados
Orifício 104 mm (4.09 in)
Curso 132 mm (5.20 in)
Deslocamento total 6728 cm³ (411 in³)
Relação de compressão 17 : 1
Potência de saída nominal (a 2000 RPM) ( ISO
118 kW (160 Hp)
14396: sem ventilador)
Torque máximo (a 1400 RPM) ( ISO 14396) 670 N·m (494 lb ft)
Marcha lenta alta 2200 RPM
Marcha lenta baixa 800 RPM
Taxa de consumo de combustível 212 g/kWh
Volume total de óleo do motor 17.8 L (4.7 US gal)
Volume de óleo no filtro 0.90 L (0.24 US gal)
Volume de óleo na linha 0.85 L (0.22 US gal)
Volume de óleo nas galerias do motor 1.50 L (0.40 US gal)
Peso sem óleo 510.0 kg (1124.4 lb)

Alimentação
Sequência de injeção 1-5-3-6-2-4

Bateria
Tensão 2 x 12 V
Capacidade 2 x 100 A·h

Motor de partida
Fabricante BOSCH
Tensão 24 V
Saída 4 kW (5 Hp)

Alternador
Fabricante BOSCH
Tensão 24 V
Saída 90 A

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 3
Motor - Motor e cárter

Curva característica do motor


Condição a ser medida: o valor líquido é indicado, medindo sem ventilador de arrefecimento.

SMC1253 1

Volume de consumo de combustível


= (Taxa de consumo de combustível/0,835 x 1000) x kW x fator de carga (α)
= ( 212 g/kWh/0,835 x 1000) x 118 kW x α
α = 29,95 L/h
Α: fator de carga padrão (0,70 ~ 0,80)
Consumo de combustível em funcionamento regular (fator de carga 0,70 ~ 0,80) 21.8 - 24.9 l/hour (5.8 - 6.6 US gal/hour)

NOTA: A curva de consumo de combustível é derivada dos valores de protótipo do motor.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 4
Motor - Motor e cárter

Motor - Preparar [101083258]


CX220C Modelo padrão LA

Preparação para remoção


1. Remova o fio terra da bateria.
2. Remova o capô e a proteção. Remova a tampa
inferior.
3. Remova mangueira do purificador de ar.
4. Remova o contrapeso.
5. Remova a mangueira do radiador e a mangueira
do intercooler.
6. Remova a mangueira de combustível e a man-
gueira do aquecedor e, se necessário, desconecte
a mangueira do ar condicionado.
7. Se necessário, remova a bomba, o silencioso e o
radiador.
8. Remova o conector do chicote.
1. Remova o cabo de aterramento E/G.
2. Cabo do motor de partida-terminal do motor de
partida B.
3. Remova o conector que conecta o chicote su-
perior ao motor e chicote da ECU.
4. Chicote superior
P1 Terminal do alternador B
CN-160 Sensor de velocidade E/G
Válvula solenoide proporcional da bomba
CN-141, CN142 P1, P2
Sensor de pressão da bomba CN-139, CN-140
P1, P2
M-1 Terminal do motor de partida C
NOTA: Prepare um suporte que sustente o peso do con-
junto do motor. e que possa suportar o motor removido
com firmeza.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 5
Motor - Motor e cárter

TULI12ECX3380FB 1

TULI12ECX1634FB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 6
Motor - Motor e cárter

Motor - Remoção [101083261]


CX220C Modelo padrão LA

TULI12ECX3418HA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 7
Motor - Motor e cárter

1. Remova a mangueira do filtro de óleo do motor.


Coloque a bandeja de óleo sob a conexão do filtro (1)
e desconecte as mangueiras (2), (3).

: 41 mm (1.6 in)
2. Coloque uma tampa de proteção nas mangueiras aber-
tas.
3. Remova as mangueiras da bomba de injeção de com-
bustível (4) e separador de água.
Coloque a bandeja de combustível sob as conexões
(4) e desconecte as mangueiras (5).
4. Solte o parafuso de montagem do motor da estrutura.
1. Afrouxe as 4 porcas (6) M18
: 27 mm (1.1 in)
2. Afrouxe os 4 parafusos (7) M18 X 150.
: 27 mm (1.1 in)
3. Remova as 4 placas (8).
4. Remova os suportes de borracha superiores (9) e
(10) 2 cada.
5. Amarrando o corpo do motor
1. Amarre o fio que prende o motor nas orelhas de
elevação nos lados dianteiro e traseiro.
Peso: aprox. 544 kg (1199 lb)
Fio: diâm. 6 mm (0.2 in)x 1 m (3.3 ft) - 2 peças.
IMPORTANTE: Prepare um suporte que sustente o peso
do conjunto do motor. e que possa suportar o motor remo-
vido com firmeza.
6. Posicione o motor no suporte estável.
7. Remova os 4 suportes de borracha (9), (10).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 8
Motor - Motor e cárter

Motor - Instalar [101083264]


CX220C Modelo padrão LA

Instalação do motor
1. A instalação é feita na ordem inversa da remoção.
2. Torque de aperto.

Nº Nome Torque de aperto Observações


7 Parafuso sextavado M18 X 150 202.5 - 247.5 N·m (149.36 - 182.55 lb ft) Aplique LOCTITE® 271™
11 Parafuso sextavado M12 X 80 104 - 126 N·m (76.71 - 92.93 lb ft) Aplique LOCTITE® 262™
12 Parafuso sextavado M12 X 40 104 - 126 N·m (76.71 - 92.93 lb ft) Aplique LOCTITE® 262™

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 9
Motor - Motor e cárter

Motor - Medida [101083270]


CX220C Modelo padrão LA

Aquecimento do motor
Dê a partida no motor para elevar a temperatura do
líquido de arrefecimento do motor para 60 - 90 °C (140
- 194 °F) na superfície do tanque superior do radiador.
O indicador de temperatura do líquido de arrefecimento
E/G é usado para medir.
A faixa em cor branca mostra a temperatura de aprox.
65 - 105 °C (149 - 221 °F), portanto, confirme se o pon-
teiro indica a temperatura dentro da faixa branca.

TULI12ECX0098AA_PTBR 1

Velocidade do motor medida através do diagnóstico de serviço


1. Ligue o interruptor do motor de partida com o interrup-
tor de parada do alarme pressionado.
2. Um programa nº e uma revolução do motor real são
mostrados como o item nº 2.
3. A tela avança como nº 2, nº 3....sempre que o "inter-
ruptor de seta para cima" no conjunto do indicador é
pressionado.
4. A tela retorna como nº 45, nº 44....sempre que o "inter-
ruptor de seta para baixo" é pressionado.
5. O mostrador não desaparece a menos que o interrup-
tor do motor de partida seja desligado.
SMIL14CEX0705AA_PTBR 2

TULI12ECX0100AA 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 10
Motor - Motor e cárter

Motor - Instrução de serviço [101083273]


CX220C Modelo padrão LA

Motor
Fatores Verificação
Vazamento,
Filtros Líquido
Problemas entupimento
1* 2* 3* 4* 5* 6* 7* 8* 9* 10* 11* 12* 13* 14* 15*
Falha na partida
Capacidade inadequada de arranque
Ο Ο Ο Ο
(demora muito tempo)
Falha na partida do motor/motor não
Ο
gira
Falha na partida do motor/motor gira,
mas sem gás de escape (sem injeção Ο Ο Ο Ο
de combustível)
Falha na partida do motor/gás de
escape é emitido, mas o motor não Ο Ο Ο Ο Ο
arranca (com injeção de combustível)
Rotação insuficiente
Baixa execução do motor (baixa
Ο Ο Ο
capacidade de seguimento)
Rotação em más condições
Ο Ο Ο
(oscilação)
Saída inadequada
Motor parou durante a operação Ο Ο Ο
Saída está abaixada Ο Ο Ο Ο Ο
Superaquecimento Ο Ο
Outras falhas
Fumaça de escape está preta Ο Ο Ο Ο
Fumaça de escape está branca Ο Ο
Maior consumo de óleo (ou gás de
Ο Ο
escape azul)
Contaminação inicial do óleo Ο Ο Ο Ο Ο
Maior consumo de combustível Ο Ο Ο Ο
Penetração de óleo no líquido de
arrefecimento, fluxo de retorno,
redução da quantidade de líquido de
arrefecimento
Pressão hidráulica diminui (monitor
Ο Ο
acende)
Quantidade de óleo aumenta
Ο
(penetração de água e combustível)
Vibração

1* Falta de nível de combustível 9* Nível de óleo do cárter de óleo


2* Purificador de ar obstruído 10* Contaminação de água e combustível com óleo
3* Filtro de combustível entupido 11* Bateria inadequada ou deteriorada
12* Vazamento, entupimento do sistema de
4* Filtro de óleo entupido
combustível e penetração de ar
Correia do ventilador deslizado, polia do
5* 13* Vazamento de óleo do motor
ventilador desgastada
14* Vazamento de ar entre o turbocompressor e
6* Mangueira do respiro esmagada ou entupida
o coletor de admissão
7* Combustível inadequado em uso 15* Silencioso entupido
8* Nível do líquido de arrefecimento

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 11
Motor - Motor e cárter

Verificação da lateral Equipamento elétrico


Fatores
da pá Lateral da pá Lateral do motor
Problemas 1* 2* 3* 4* 5* 6* 7* 8* 9* 10* 11* 12* 13* 14* 15* 16*
Falha na partida
Capacidade inadequada de
Ο Ο Ο Ο
arranque (demora muito tempo)
Falha na partida do motor/motor
Ο Ο Ο Ο Ο Ο Ο Ο
não gira
Falha na partida do motor/motor
gira, mas sem gás de escape
(sem injeção de combustível)
Falha na partida do motor/gás de
escape é emitido, mas o motor
Ο Ο
não arranca (com injeção de
combustível)
Rotação insuficiente
Baixa execução do motor (baixa
capacidade de seguimento)
Rotação em más condições
(oscilação)
Saída inadequada
Motor parou durante a operação Ο
Saída está abaixada Ο
Superaquecimento Ο Ο Ο
Outras falhas
Fumaça de escape está preta
Fumaça de escape está branca
Maior consumo de óleo (ou gás
de escape azul)
Contaminação inicial do óleo
Maior consumo de combustível
Penetração de óleo no líquido de
arrefecimento, fluxo de retorno,
redução da quantidade de líquido
de arrefecimento
Pressão hidráulica diminui
Ο
(monitor acende)
Quantidade de óleo aumenta
(penetração de água e
combustível)
Vibração Ο

1* Parafusos de montagem soltos, danos na


9* Conexão solta do terminal do cabo da bateria
borracha de montagem
2* Falha na tampa de pressão do radiador 10* Relé da bateria
Núcleo do radiador entupido/aleta entupido e
3* 11* Alternador
esmagado
Descamação do isolamento de espaço ao redor
4* 12* Vela de ignição
do radiador
5* Falha no sistema hidráulico 13* Relé da vela
6* Mau funcionamento da válvula de descarga e
14* Motor de partida
sensor de pressão baixa
7* Fiação do circuito de partida 15* Relé de segurança
8* Interruptor de ignição do motor de partida 16* Interruptor hidráulico

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 12
Motor - Motor e cárter

Sistema
Sistema de
Sistema de Sistema de de ar-
Fatores admissão e
combustível lubrificação refeci-
exaustão
mento
Problemas 1* 2* 3* 4* 5* 6* 7* 8* 9* 10* 11* 12* 13* 14*
Falha na partida
Capacidade inadequada de arranque
Ο Ο
(demora muito tempo)
Falha na partida do motor/motor não gira
Falha na partida do motor/motor gira,
mas sem gás de escape (sem injeção de
combustível)
Falha na partida do motor/gás de escape
é emitido, mas o motor não arranca (com Ο Ο
injeção de combustível)
Rotação insuficiente
Baixa execução do motor (baixa
Ο Ο Ο
capacidade de seguimento)
Rotação em más condições (oscilação)
Saída inadequada
Motor parou durante a operação Ο
Saída está abaixada Ο Ο Ο Ο
Superaquecimento Ο Ο Ο
Outras falhas
Fumaça de escape está preta Ο Ο Ο
Fumaça de escape está branca Ο Ο Ο Ο Ο
Maior consumo de óleo (ou gás de escape
Ο Ο Ο
azul)
Contaminação inicial do óleo Ο Ο Ο Ο
Maior consumo de combustível Ο Ο Ο
Penetração de óleo no líquido de
arrefecimento, fluxo de retorno, redução da Ο Ο
quantidade de líquido de arrefecimento
Pressão hidráulica diminui (monitor
Ο Ο Ο Ο
acende)
Quantidade de óleo aumenta (penetração
Ο Ο Ο
de água e combustível)
Vibração Ο

1* Falha no injetor 8* Danos no arrefecedor da EGR


2* Falha na bomba de alimentação 9* Falha na bomba de óleo
3* Tempo de injeção de combustível inadequado 10* Falha na válvula de alívio
Vazamento de combustível na tampa do
4* 11* Falha na válvula de regulagem
cabeçote
Tubo de drenagem de óleo do turbocompressor Vazamento e esmagamento de tubulação
5* 12*
entupido hidráulica
Vedação do turbocompressor desgastada,
6* 13* Danos na bomba de água
danificada
Emperramento e interferência do
7* 14* Falha no termostato (não aberto)
turbocompressor

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 13
Motor - Motor e cárter

Fatores Corpo do motor


Problemas 1* 2* 3* 4* 5* 6* 7* 8* 9* 10* 11*
Falha na partida
Capacidade inadequada de arranque (demora muito
Ο Ο
tempo)
Falha na partida do motor/motor não gira Ο
Falha na partida do motor/motor gira, mas sem gás de
escape (sem injeção de combustível)
Falha na partida do motor/gás de escape é emitido, mas o
Ο Ο
motor não arranca (com injeção de combustível)
Rotação insuficiente
Baixa execução do motor (baixa capacidade de
Ο Ο
seguimento)
Rotação em más condições (oscilação)
Saída inadequada
Motor parou durante a operação Ο
Saída está abaixada Ο Ο
Superaquecimento Ο Ο
Outras falhas
Fumaça de escape está preta Ο Ο
Fumaça de escape está branca Ο Ο Ο Ο
Maior consumo de óleo (ou gás de escape azul) Ο Ο Ο Ο Ο
Contaminação inicial do óleo Ο Ο
Maior consumo de combustível Ο
Penetração de óleo no líquido de arrefecimento, fluxo
de retorno, redução da quantidade de líquido de Ο Ο Ο Ο
arrefecimento
Pressão hidráulica diminui (monitor acende) Ο
Quantidade de óleo aumenta (penetração de água e
Ο Ο Ο Ο
combustível)
Vibração Ο Ο

Danos no núcleo do arrefecedor de óleo do motor Desgaste do anel do pistão e da camisa, vara do
1* 7*
e no anel O-ring anel
2* Filtrador entupido, danos no tubo de óleo 8* Furo devido a cavitação
Danos no cabeçote do cilindro e gaxeta do Desgaste e danos da vedação do óleo traseiro e
3* 9*
cabeçote superfície da vedação
4* Falha na luva do suporte da injeção 10* Danos na caçamba
5* Desgaste e falha na válvula e na guia da válvula 11* Danos na engrenagem do volante
6* Danos e emperramento do pistão e da biela

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 14
Índice

Motor - 10

Motor e cárter - 001


Motor - Especificações gerais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Motor - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Motor - Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Motor - Medida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Motor - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Motor - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 15
71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.1 [10.001] / 16
Motor - 10

Purificadores de ar e linhas - 202

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.2 [10.202] / 1
Conteúdo

Motor - 10

Purificadores de ar e linhas - 202

SERVIÇO

Purificador de ar
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.2 [10.202] / 2
Motor - Purificadores de ar e linhas

Purificador de ar - Preparar [101083293]


CX220C Modelo padrão LA

1. Abra o conjunto do painel (A) e (B).


2. Abra o conjunto do capô (C).

TULI12ECX1479AB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.2 [10.202] / 3
Motor - Purificadores de ar e linhas

Purificador de ar - Remoção [101083573]


CX220C Modelo padrão LA

1. Desconecte os terminais na fiação do indicador (7).


2. Solte as presilhas (1), (2) em ambos os lados da man-
gueira (3).
3. Puxe a mangueira para fora (3).
Ferramentas: chave de fenda plana
4. Remova os 4 parafusos sems (4) M10 X 25.
: 17 mm
5. Retire o conjunto do purificador de ar (5) do suporte (6).

TULI12ECX1483AB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.2 [10.202] / 4
Motor - Purificadores de ar e linhas

Purificador de ar - Instalar [101083623]


CX220C Modelo padrão LA

1. Prenda o purificador de ar (5) usando parafusos sems


(4) M10 X 25 no suporte (6).
: 17 mm
: 39.2 N·m (29 lb ft)
2. Conecte a mangueira (3) à extremidade do purificador
de ar.
3. Aperte a presilha (1) e (2) em ambos os lados da man-
gueira (3).

: 5.9 N·m (4.4 lb ft)


4. Conecte o chicote do fio ao indicador (7) no purificador TULI12ECX1483AB 1
de ar.
: 3.9 N·m (2.9 lb ft)

TULI12ECX1488AB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.2 [10.202] / 5
Índice

Motor - 10

Purificadores de ar e linhas - 202


Purificador de ar - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Purificador de ar - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Purificador de ar - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.2 [10.202] / 6
Motor - 10

Tanques de combustível - 216

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.3 [10.216] / 1
Conteúdo

Motor - 10

Tanques de combustível - 216

SERVIÇO

Tanque de combustível
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.3 [10.216] / 2
Motor - Tanques de combustível

Tanque de combustível - Preparar [101083664]


CX220C Modelo padrão LA

1. Destrave a tampa (1) com a chave do motor de partida


e abra-a.
2. Desaperte a válvula (2) sob o tanque (3) e drene o
combustível.
Capacidade do tanque: 320 l (84.5 US gal)
3. Solte o parafuso da máquina 5 (4) e retire o conector
do sensor de nível (5).
4. Solte a presilha e puxe-a para fora as mangueiras (6)
e (7).
5. Tampe as extremidades das mangueiras para evitar
vazamento de combustível.
TULI12ECX1432AB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.3 [10.216] / 3
Motor - Tanques de combustível

Tanque de combustível - Remoção [101083679]


CX220C Modelo padrão LA

1. Remova os 4 parafusos de cabeça (8) M16 X 40.


: 24 mm
2. Conecte o cabo de elevação no olhal de elevação no
tanque de combustível (3) e remova o tanque de com-
bustível.
Peso: 113 kg (249.1 lb)
3. Remova os calços (9).
NOTA: Anote os locais dos calços antes de removê-los.

TULI12ECX1437AB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.3 [10.216] / 4
Motor - Tanques de combustível

Tanque de combustível - Instalar [101083683]


CX220C Modelo padrão LA

1. Prenda o tanque de combustível (3) na estrutura


usando 4 parafusos (8) M16 X 40.
Aplique LOCTITE® 262™ nas roscas.
: 24 mm
NOTA: Se a folga (frouxidão) entre a montagem do tanque
e a estrutura exceder 1 mm (0.04 in), ajuste a folga com o
calço (9) e aperte os parafusos sextavados (8) para instalar
o tanque.

TULI12ECX1437AB 1

2. Torque de aperto:

Posição de aperto Torque de aperto


Parafuso sextavado M16 - (8) 196.4 - 235.6 N·m (144.86 - 173.77 lb ft)
Parafuso de máquina M5 - (4) 1.76 - 2.16 N·m (1.30 - 1.59 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.3 [10.216] / 5
Índice

Motor - 10

Tanques de combustível - 216


Tanque de combustível - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Tanque de combustível - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Tanque de combustível - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.3 [10.216] / 6
Motor - 10

Coletores de admissão/escape e silenciador - 254

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.4 [10.254] / 1
Conteúdo

Motor - 10

Coletores de admissão/escape e silenciador - 254

SERVIÇO

Silencioso de escape
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.4 [10.254] / 2
Motor - Coletores de admissão/escape e silenciador

Silencioso de escape - Preparar [101083693]


CX220C Modelo padrão LA

Preparação para remoção


1. Remova o conjunto do capô (A), (B) e a proteção (C),
(D)
2. Remova o conjunto do painel (E).

TULI12ECX3376AB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.4 [10.254] / 3
Motor - Coletores de admissão/escape e silenciador

Silencioso de escape - Remoção [101083696]


CX220C Modelo padrão LA

1. Remova a tampa (1).


2. Remova as 8 porcas (2) M8 e os 2 parafusos em U (3).
: 13 mm
3. Remova os 2 parafusos sems (4) M10 X 35, as 2 ar-
ruelas (5) e as 2 porcas (6).
: 17 mm
4. Separe o conjunto da braçadeira (7) do silencioso (8).
5. Remova o silencioso (8).
Peso: 18 kg (40 lb)
TULI12ECX3403AB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.4 [10.254] / 4
Motor - Coletores de admissão/escape e silenciador

Silencioso de escape - Instalar [101083704]


CX220C Modelo padrão LA

A instalação ocorre na ordem inversa da remoção com


atenção para os seguintes itens:
1. Procedimento de fixação do parafuso em U (3).
1. Aperte as 4 porcas (A) até que não haja espaço
e certifique-se de que a dimensão "C" esteja total-
mente nivelada.
2. Aperte as porcas (A) com o torque especificado e
confirme as dimensões "C" no lado direito e es-
querdo mais uma vez.
3. Aperte as porcas (B) com o torque especificado e
certifique-se de que os parafusos em U não este-
jam inclinados TULI12EXL4086AB 1

4. Torque de aperto
Porca A: 7.9 - 9.7 N·m (5.8 - 7.2 lb ft).
Porca B: 8.9 - 12.7 N·m (6.6 - 9.4 lb ft).
2. Instale o conjunto da braçadeira (7).
1. Coloque a extremidade da braçadeira (7) 10 mm
(0.39 in) longe da ponta da fenda do silencioso
para que a junta da braçadeira não se estenda
sobre a fenda do silencioso.
2. Instale o conjunto da braçadeira (7) na direção ilus-
trada.
3. Torque de aperto:

Nº Nome Torque de aperto


4 Parafuso sems 68.6 - 98 N·m (50.6 - 72.3 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.4 [10.254] / 5
Índice

Motor - 10

Coletores de admissão/escape e silenciador - 254


Silencioso de escape - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Silencioso de escape - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Silencioso de escape - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.4 [10.254] / 6
Motor - 10

Sistema de resfriamento do motor - 400

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.5 [10.400] / 1
Conteúdo

Motor - 10

Sistema de resfriamento do motor - 400

SERVIÇO

Radiador
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.5 [10.400] / 2
Motor - Sistema de resfriamento do motor

Radiador - Preparar [101085228]


CX220C Modelo padrão LA

Preparação para remoção


1. Efetue a sangria do ar do tanque de óleo hidráulico e
instale o batente de sucção.
2. Remover conjunto do cabeçote.
3. Remova a bateria.
4. Remova o farol.
5. Abra o conjunto do painel.
6. Remova a tampa inferior instalada no lado inferior do
radiador.
7. Coloque o dreno abaixo do radiador.
Coloque o recipiente 18 l (4.8 US gal) embaixo da vál- TULI12ECX1612AB 1
vula de drenagem para drenar a água.
Capacidade de água do radiador: 5.5 l (1.5 US gal)
8. Remova a mangueira (1) do subtanque do radiador (2).
Retire a presilha (3) da lateral da tampa do radiador e
desconecte a mangueira (1).
9. Desconecte a mangueira (4).
IMPORTANTE: Não solte as juntas das mangueiras rela-
cionadas ao ar-condicionado. Caso contrário, o refrige-
rante irá vazar.
10. Mova o condensador do ar-condicionado (5) e tanque
receptor (6).
Solte 2 parafusos sems (7) M8 X 25 e 2 parafusos
sems (8) M10 X 30.
: 13 mm (0.51 in), 17 mm (0.67 in)
Mova um conjunto de condensador do ar-condi-
cionado (5) e tanque receptor (6).
11. Desconecte o conector do interruptor de nível do lí-
quido de arrefecimento.

TULI12ECX1616AB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.5 [10.400] / 3
Motor - Sistema de resfriamento do motor

Radiador - Remoção [101085231]


CX220C Modelo padrão LA

1. Remova os 4 parafusos sems (9) M12 X 35.


: 19 mm (0.75 in)
2. Remova 2 cabos (10), (11).

TULI12ECX1620AB 1

3. Solte a abraçadeira (12) na mangueira de água (13).


Ferramentas: chave de fenda
4. Remova a mangueira de água (13).
5. Solte a abraçadeira (14) na mangueira de água (15) e
remova o parafuso (16) M10 X 20.
Ferramentas: chave de fenda
: 17 mm (0.67 in)
6. Remova a mangueira de água (17).

TULI12ECX1623AB 2

7. Solte a abraçadeira (18) na mangueira do intercooler


(19).
Ferramentas: chave de fenda
8. Remova a mangueira do intercooler (19).
9. Solte a abraçadeira (20) na mangueira do intercooler
(21) e remova o parafuso (22) M10 X 20.
Ferramentas: chave de fenda
: 17 mm (0.67 in)
10. Remova a mangueira do intercooler (21).

TULI12ECX1624AB 3

11. Remova os 3 parafusos sems (23) M8 X 20.


: 13 mm (0.51 in)
12. Remova a proteção (24).

TULI12ECX1625AB 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.5 [10.400] / 4
Motor - Sistema de resfriamento do motor

13. Solte 2 parafusos (25) M12 X 55 para a presilha de


fixação (26).
: 19 mm (0.75 in)
14. Coloque um reservatório de óleo embaixo da junta da
mangueira. Solte 4 parafusos sems (27) M12 X 35 e
remova as mangueiras de óleo hidráulico (28) e (29).
: 30 mm (1.18 in)

TULI12ECX1629AB 5

15. Remova os 4 parafusos sems (30) M20X35.


: 19 mm (0.75 in)
16. Ao levantar o ventilador do motor, mova o radiador
para que ele não interfira com o mesmo.
17. Conecte todas as extremidades das tubulações com
um pano limpo, etc.
18. Remoção do radiador (31).
Coloque uma amarra nos olhais de elevação do
conjunto do radiador e remova-o com um guindaste.
Peso: 83 kg (183 lb)
TULI12ECX1630AB 6

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.5 [10.400] / 5
Motor - Sistema de resfriamento do motor

Radiador - Instalar [101085234]


CX220C Modelo padrão LA

Instalação do radiador
1. A instalação é feita na ordem inversa da remoção. Pre-
silhas removidas da mangueira devem ser colocadas
na posição original.
2. Instale o conjunto do radiador.
Coloque uma amarra nos olhais de elevação do radia-
dor e coloque-o na posição original temporariamente.
Instale a mangueira hidráulica, mangueira do radiador
e mangueira do intercooler. Tenha atenção quanto à
largura da mangueira.
3. Parafuso de fixação do radiador.
Aplique LOCTITE® 262™ em 4 parafusos sems (30)
M12 X 35.
TULI12ECX1631AB 1
: 19 mm (0.7 in)
: 108.5 - 132.7 N·m (80.0 - 97.9 lb ft)
4. Ajuste a folga entre o ventilador e a saia do radiador
em torno da circunferência, conforme abaixo:
Para trás e para frente:
20 - 25 mm (0.8 - 1.0 in)
5. Limpe a área do emplastro do isolamento totalmente
antes de aplicá-lo.
6. Preparação de óleo hidráulico e LLC (Long Life Coo-
lant, líquido de arrefecimento de vida longa).
Após concluir a instalação, prepare o óleo hidráulico e
a água.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.5 [10.400] / 6
Índice

Motor - 10

Sistema de resfriamento do motor - 400


Radiador - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Radiador - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Radiador - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
10.5 [10.400] / 7
Av. General David Sarnoff, 2237 - Inconfidentes, Contagem (MG) - Brasil, CEP:32210-900

SERVICE - Technical Publications & Tools

IMPRESSO NO BRASIL

© 2015 CNH Industrial Latin America LTDA

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do texto e das ilustrações desta publicação.

É política da CASE CONSTRUCTION o contínuo melhoramento dos seus produtos, reservando-se o direito à
alteração de preços, especificações ou equipamentos, em qualquer altura, sem notificação prévia.

Todos os dados fornecidos na presente publicação estão sujeitos a variações de produção. Os valores referentes a
dimensões e pesos são meramente aproximados e as ilustrações não representam necessariamente produtos em
condições padrão. Para obter informações precisas sobre um produto específico, consulte a sua Concessionária
CASE CONSTRUCTION.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
PT-BR
MANUAL DE SERVIÇO
Sistemas hidráulicos

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

[35.000] Sistemas hidráulicos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.1

[35.102] Válvulas de controle da bomba . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.2

[35.106] Bomba de deslocamento variável. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.3

[35.300] Reservatório, arrefecedor e filtros. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.4

[35.304] Unidades de bomba de combinação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.5

[35.352] Sistema de balanço hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.6

[35.353] Sistema de percurso hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.7

[35.354] Junta central hidráulica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.8

[35.355] Controle manual hidráulico. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.9

[35.356] Controle do pedal hidráulico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.10

[35.359] Válvula de controle principal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.11

[35.736] Sistema hidráulico da lança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.12

[35.737] Sistema hidráulico do braço de escavação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35.13

[35.738] Sistema hidráulico da caçamba da escavadeira e retroescavadeira . . . . . . . . . . . . . . 35.14

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35
Sistemas hidráulicos - 35

Sistemas hidráulicos - 000

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Sistemas hidráulicos - 000

DADOS TÉCNICOS

Sistemas hidráulicos
Especificações gerais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

DADOS FUNCIONAIS

Sistemas hidráulicos
Visão geral - Componentes principais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
Descrição estática (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Localização do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Localização do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
Identificação do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
Diagrama hidráulico 01 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Diagrama hidráulico 02 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31
Diagrama hidráulico 03 - Válvula de retenção para lança e braço (opcional) (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35
Diagrama hidráulico 03 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39
Diagrama hidráulico 04 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43
Estrutura do diagrama hidráulico 05 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 47
Estrutura do diagrama hidráulico 06 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
Estrutura do diagrama hidráulico 07 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52
Estrutura do diagrama hidráulico 08 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57
Estrutura do diagrama hidráulico 08 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63
Estrutura do diagrama hidráulico 09 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 69
Estrutura do diagrama hidráulico 09 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73
Estrutura do diagrama hidráulico 10 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 79
Estrutura do diagrama hidráulico 10 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 89
Estrutura do diagrama hidráulico 11 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 93
Estrutura do diagrama hidráulico 11 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97
Estrutura do diagrama hidráulico 12 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 101
Estrutura do diagrama hidráulico 12 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 113

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 2
Estrutura do diagrama hidráulico 13 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 117
Estrutura do diagrama hidráulico 13 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125
Estrutura do diagrama hidráulico 14 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 133
Estrutura do diagrama hidráulico 14 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 139

SERVIÇO

Sistemas hidráulicos
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 145
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 146
Medida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 151
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 152
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 153
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 155
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 158
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 159
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 161
Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 162
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 164
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165
Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 173
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 176
Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 177

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 3
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Especificações gerais [100893591]


CX220C Modelo padrão LA

Modelo M5X130CHB-10A-89A/295
Tipo Placa oscilante e êmbolo de deslocamento fixo
Deslocamento 129.2 cm³ (7.88 in³)
Pressão de trabalho 32.4 MPa (4700 psi)
Máx. fluxo 220 l/min (58 US gpm)
Motor hidráulico
Torque de frenagem 655 N·m (483 lb ft)
Pressão de alívio 2.5 - 5.0 MPa (363 - 725 psi)
Pressão de ajuste do
29 MPa (4206 psi)
alívio
Massa 47 kg (104 lb)
Tipo 2KAR6P72/240-712
Bloco da válvula anti-reação
Massa 2.5 kg (5.5 lb)
Massa do motor hidráulico 49.5 kg (109 lb)
Tipo de redução de
Planetária de 2 estágios
velocidade
Relação de redução 15.378
Óleo de lubrificação Óleo de engrenagem SAE 90 (grau API GL-4 )
Unidade de redução Volume de óleo
2.7 l (0.7 US gal)
lubrificante
Graxa Base de lítio de pressão extrema nº 2
à base de lítio Aprox. 0.7 kg (1.5 lb)
Massa 134 kg (295 lb)
Peso total Aprox. 185.5 kg (409 lb)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 4
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Visão geral - Componentes principais


[100893776]
CX220C Modelo padrão LA

Máquina

TULI12ECX3411GB 1

1. Cilindro do braço 10. Motor a diesel 19. Ajustador da esteira


2. Lança 11. Contrapeso 20. Roda de ajuste da esteira
3. Junta giratória 12. Radiadores 21. Sapata da esteira
4. Motor de giro 13. Motor de percurso 22. Cabine
5. Tanque de combustível 14. Esteiras 23. Cilindro da lança
6. Tanque do óleo hidráulico 15. Baterias 24. Caçamba
7. Válvula de controle 16. Rolo superior 25. Cilindro da caçamba
8. Bombas hidráulicas 17. Rolo inferior 26. Braço
9. Silencioso 18. Sistema do purificador de ar

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 5
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Estrutura superior

TULI12ECX0106GB 2

1. Cabine de controle 5. Bomba hidráulica


2. Bloco da válvula solenoide proporcional 6. Válvula de controle
3. Radiadores 7. Unidade do motor de giro
4. Motor 8. Articulação central

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 6
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Abaixo do carreto

TULI12ECX0110GB 3

1. Unidade do motor de percurso para a direita 4. Engrenagem de giro


2. Unidade do motor de percurso para a esquerda 5. Conjunto da engrenagem intermediária
dianteira
3. Articulação central

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 7
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Acessório Dianteiro

TULI12ECX3412FB 4

1. Cilindro da lança
2. Cilindro do braço
3. Cilindro da caçamba
4. Lança
5. Braço

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 8
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Visão geral [100893831]


CX220C Modelo padrão LA

Esboço

Visão geral

TULI12ECX0793FB 1

Símbolo Nome do pórtico Tamanho da porta Torque de aperto


A, B Porta principal PF 3/4 167 N·m (123 lb ft)
DB Porta de drenagem PF 3/8 74 N·m (55 lb ft)
M Pórtico de compensação PF 3/4 167 N·m (123 lb ft)
Pórtico de medição da
PA, PB PF 1/4 36 N·m (27 lb ft)
pressão
Pórtico de liberação do freio
PG, PR PF 1/4 36 N·m (27 lb ft)
de estacionamento
Indicador do nível de óleo
L PF 1/2 65 N·m (48 lb ft)
de engrenagem
Pórtico de abastecimento
IP PF 3/4 98 N·m (72 lb ft)
do óleo de engrenagem

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 9
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX1017GB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 10
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX3378GB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 11
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0795FA 4

TULI12ECX3379FA 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 12
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Visão geral [100893842]


CX220C Modelo padrão LA

Resumo
Os circuitos hidráulicos são montados com as seguintes funções e recursos para obter fácil operabilidade, segurança,
manuseio de volume de massa e baixo consumo de combustível.

Desempenho Dispositivo Função Recursos

• Percurso reto • Percurso reto em operação


combinada

• Percurso com mudança de 2 • Mudança de velocidade de percurso


velocidades e retorno automático para 1-2 e baixa velocidade/alto torque em
a 1a velocidade (baixa) serviço pesado
Percurso
• Freio de estacionamento automático • Frenagem automática ao estacionar

• Proteção contra sobrecarga do motor • Evita sobrecarga do motor de


percurso em declives

• Operação do piloto de percurso • Evita a procura pelo mecanismo de


percurso sem choque incorporado

• Função protetora de rotação reversa • Fácil posicionamento para proteger


contra giro de retorno ao parar de
girar

Balanço • Circuito de prioridade de giro • Fácil operação de velocidade do giro


Fácil (operação simultânea dos movimentos estável, nivelamento da inclinação do
operabilidade de giro e retração do braço) braço, escavação com pressão do
e segurança giro

• Freio de estacionamento de giro • Freio de estacionamento do giro ao


automático operar em um declive

• Sistema de controle piloto hidráulico • Ação leve com alavanca de operação

• Sistema de travamento de segurança • Desligamento do circuito piloto com a


piloto alavanca de travamento de segurança

• Válvula de bloqueio (lança/braço) • Protege a lança e o braço de queda


inesperada (queda natural)
Acessório
• Válvula de retenção da lança • Prevenção de queda da lança em
(opcional) caso de quebra da tubulação lateral
da cabeça da lança

• Válvula manual de emergência para • Para segurança, essa válvula abaixa


abaixamento do acessório o acessório levantado até o solo se
a máquina parar com problemas do
motor, assim, a pressão no cilindro do
acessório pode ser liberada

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 13
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Desempenho Dispositivo Função Recursos

• Tanque de óleo hidráulico • Para evitar a entrada de poeira no óleo


pressurizado hidráulico e promover a capacidade
de autossucção da bomba

• Filtrador de sucção • Remover a sujeira no lado de sucção

• Filtro de linha, circuito piloto • Para evitar mau funcionamento do


circuito de operação piloto

• Filtro de óleo do circuito de retorno • Para evitar contaminação do óleo


hidráulico
Fácil
operabilidade Outros
e segurança • Resfriamento do óleo hidráulico pelo • Para evitar deterioração do óleo
arrefecedor de óleo hidráulico

• Circuito de drenagem de pressão • Para liberar a pressão do circuito


principal para trabalhos de reparo na
tubulação

• Válvula de controle principal com • A tubulação opcional e o trabalho


válvula opcional adicional são fáceis

• Chaveamento da linha de retorno para • O chaveamento da linha de retorno


máquina N&B na cabine (opcional) para máquina N&B pode ser alterado
por meio de um interruptor na cabine

• Bomba de deslocamento variável com • Controle da taxa de suprimento da


fluxo elétrico controlado bomba com um comando de corrente
para a válvula solenoide proporcional
da bomba de deslocamento variável

Bomba • Controle de fluxo positivo • Controle de fluxo por pressão de


controle piloto positivo

• Controle de segurança do sistema • Controle de segurança pelo


hidráulico sistema hidráulico quando o fluxo
elétrico controlado pela bomba de
Capacidade de deslocamento variável falhar
manuseio de
massa
• Circuito de confluência de • Aumento da velocidade da operação
levantamento da lança de levantamento da lança

• Circuito de confluência do braço • Aumento da velocidade da operação


do braço
Acessório
• Circuito de confluência da caçamba • Para aumento da velocidade da
operação da caçamba (escavação e
despejo)

• Operação ideal por meio da seleção • Operação eficiente em todos os


do modo de trabalho (H,S) modos de trabalho

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 14
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Desempenho Dispositivo Função Recursos

Baixo
Microcomputa- • Auto acel • Reduz o consumo de combustível
consumo de e ruído, diminuindo a velocidade do
dor
combustível motor quando a alavanca de controle
estiver na posição neutra

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 15
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Descrição estática [100893866]


CX220C Modelo padrão LA

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 16
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Construção - motor de giro

TULI12ECX1018HA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 17
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Torque de Qt- Torque de


Nº Peças Qtd. Nº Peças
aperto d. aperto
51 Válvula de alívio; M33 X 2 177 N•m 400 Válvula anti-reação; M22 2 69 N•m
1.5 (130.55 lb ft) X 1.5 (50.89 lb ft)
051-1 Anel O-ring; 1B G30 2 400-1 Anel O-ring; 1B P20 2
Sub-válvula de 1
52 400-2 Anel de reserva 2
anti-reação
100 Carcaça da válvula Parafuso de soquete;
1 401 4
anti-reação M20 X 45
443 Rolamento de rolos 1 431 N•m
101 Eixo propulsor 1
(317.89 lb ft)
111 Cilindro 1 444 Rolamento de rolos 1
114 Placa da mola 1 451 Pino 2
469 Bujão ROMH; M30 X 1.5 2 334 N•m
121 Pistão 9
(246.35 lb ft)
Anel O-ring;
122 Sapata 9 472 1
W1516,WG40
123 Local de ajuste 1 488 Anel O-ring; 1B P28 2
124 Placa da sapata 1 491 Vedação do óleo 1
131 Placa da válvula 1 702 Pistão de freio 1
151 Bujão; PF 1/4 2 36 N•m Anel O-ring;
706 1
(26.55 lb ft) W1516,WG38
Anel O-ring;
161 Anel O-ring; 1B P11 2 707 1
W1516,WG41
162 Anel O-ring; 1B P12 2 712 Mola do freio 18
163 Anel O-ring; 1B P6 2 742 Placa de fricção 3
171 Parafuso de soquete; M8 4 29 N•m
743 Placa do separador 4
× 55 (21.39 lb ft)
980 Bujão; PF 1/4 1 0.9 N•m
301 Carcaça 1
(0.66 lb ft)
984 Bujão; PF 3/8 1 1.7 N•m
303 Carcaça da válvula 1
(1.25 lb ft)
985 Bujão; PF 3/4 3 4.4 N•m
351 Êmbolo 2
(3.25 lb ft)
993 Bujão; PT1/2 1 65 N•m
355 Mola 2
(47.94 lb ft)
994 Bujão; PT3/4 1 98 N•m
390 Placa do nome 1
(72.28 lb ft)
391 Rebite 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 18
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Unidade redutora de giro

TULI12ECX1019GA 2

Torque de Torque de
Nº Peças Qtd. Nº Peças Qtd.
aperto aperto
1 Eixo do pinhão 1 17 Rolamento da agulha 4
Engrenagem solar nº
2 1 18 Arruela 8
1
3 Pinhão nº 1 3 19 Anel de retenção 1
Engrenagem solar nº
4 1 20 Anel de retenção 1
2
5 Pinhão nº 2 4 21 Luva 1
6 Coroa 1 22 Pino da mola 4
23 Parafuso sextavado; 11 181 N·m
7 Conjunto da cruzeta 1
M14 X 130 (133.50 lb ft)
8 Cruzeta 1
9 Eixo 4 25 Tubo L=130 1
10 Rolamento esférico 1 26 Cotovelo 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 19
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Torque de Torque de
Nº Peças Qtd. Nº Peças Qtd.
aperto aperto
27 Bujão 1 69.1 N·m
11 Rolamento esférico 1
(50.97 lb ft)
12 Vedação do óleo 1 28 Anel de retenção 3
13 Alojamento 1 29 Vedação do óleo 1
14 Arruela de encosto 3 30 Graxeira 1
15 Arruela de encosto 3 31 Encaixe de alívio 1
16 Rolamento da agulha 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 20
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Descrição dinâmica [100893876]


CX220C Modelo padrão LA

Unidade redutora de giro

Operação
A unidade redutora de giro é usada para reduzir a veloci-
dade de rotação que é transmitida pelo motor hidráulico
e para convertê-la em força de giro intensa (torque).

A unidade redutora da velocidade do giro é equipada com


mecanismo de redução da rotação planetária.

O mecanismo planetário é constituído por engrenagem


solar, pinhão planetário, eixo planetário, cruzeta e cre-
malheira do motor, como mostrado na Fig. 1.

Para a operação do 1º estágio planetário, o motor hidráu-


lico gira a engrenagem solar nº 1 (2). A engrenagem solar
(2) é engatada com o pinhão planetário (3) e gira, mas,
TULI12ECX0779AA 1
como a cremalheira do motor (6) é fixa, o pinhão plane-
tário (3) gira sobre a engrenagem solar (2) com o eixo
planetário e a cruzeta (7).
A função da cruzeta é fixar o pinhão planetário e o eixo
planetário e transmitir a potência do pinhão planetário
para a cruzeta através do eixo planetário.

A cruzeta nº 1 (7) é vinculada à engrenagem solar nº 2


(4) pela ranhura involuta e transmite a potência para o 2º
estágio do mecanismo planetário.

Para a operação do 2º estágio da planetária, a potência


é transmitida para a engrenagem solar (4) → pinhão pla-
netário (5) → cruzeta (8) similarmente ao 1º estágio.

A cruzeta no. 2 (8) está vinculada ao eixo do pinhão (1)


pelo lado ranhurado, e o pinhão (1) é engatado com a en-
grenagem de giro fixado no trem de rolamento (estrutura
inferior) e gira.

TULI12ECX0780BB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 21
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Localização do componente [100893886]


CX220C Modelo padrão LA

Cilindro de posicionamento

TULI12ECX1040GA 1

1. Tubo do cilindro 13. Pistão


2. Haste do pistão 14. Anel vedação
3. Cabeçote do cilindro 15. Anel de reserva (Qtd. 2)
4. Bucha 16. Anel deslizante (Qtd. 2)
5. Anel elástico 17. Anel deslizante (Qtd. 2)
6. Anel amortecedor 18. Calço
7. Anel em U 19. Porca do pistão; M80 × 3 9900 N·m (7301.86 lb ft)
Parafuso fixador; M14 X 2 46.2 - 67.6 N·m (34.08 - 49.86 lb
8. Anel de reserva 20.
ft)
9. Anel raspador 21. Esfera de aço
10. Anel O-ring 22. Bucha do pino (Qtd. 4)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 22
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

11. Anel de reserva 23. Anel raspador (Qtd. 4)


12. Parafuso de soquete; M20 X 2.5 (Qtd. 12) 24. Graxeira; M10 X 1
520 N·m (383.53 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 23
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Localização do componente [100893897]


CX220C Modelo padrão LA

Cilindro da caçamba

TULI12ECX2632GB 1

1. Anel raspador 9. Anel de reserva 18. Anel O-ring


2. Anel de reserva 10. Anel O-ring 19. Anel deslizante (Qtd. 2)
3. Vedação 11. Haste do cilindro 20. Anel deslizante (Qtd. 2)
4. Vedação 12. Tubo do cilindro 21. Calço
5. Bucha 13. Rolamento do assento 22. Parafuso fixador
6. Anel elástico 15. Pistão 23. Esfera de aço
7. Cabeçote do cilindro 16. Anel de reserva (Qtd. 2) 24. Porca
8. Parafuso de soquete (Qtd. 12) 17. Anel vedação

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 24
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Identificação do componente [100893909]


CX220C Modelo padrão LA

Desmontagem e montagem do redutor de giro

TULI12ECX2182GB 1

1. Eixo do pinhão 17. Rolamento da agulha (Qtd.: 4)


2. Engrenagem solar no. 1 18. Arruela de encosto (Qtd.: 8)
3. Pinhão no. 1 (Qtd.: 3) 19. Anel elástico
4. Engrenagem solar no. 2 20. Anel elástico
5. Pinhão no. 2 (Qtd.: 4) 21. Luva
6. Coroa 22. Pino da mola (Qtd.: 4)
7. Conjunto da cruzeta nº 1 23. Parafuso de soquete (Qtd.: 11)
8. Conjunto da cruzeta nº 2 25. Tubo
9. Eixo 26. Cotovelo
10. Rolamento esférico (Qtd.: 4) 27. Bujão
11. Rolamento esférico 28. Anel elástico (Qtd.: 3)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 25
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

12. Vedação do óleo 30. Vedação do óleo


13. Alojamento 31. Graxeira
15. Arruela de encosto (Qtd.: 6) 32. Encaixe de alívio
16. Rolamento da agulha (Qtd.: 3)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 26
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico 01 [100893953]


CX220C Modelo padrão LA

Circuitos e componentes hidráulicos


Chave de leitura do diagrama hidráulico
Item Nome do componente
1. Conjunto da bomba hidráulica.
2. Válvula de controle (principal)
3. Unidade do motor de giro
4. Unidade do motor de percurso
5. Cilindro da lança (Dir. e Esq.)
6. Cilindro do braço
7. Cilindro da caçamba
8. Junta giratória
9. Válvula piloto (ATT)
10. Válvula piloto (percurso)
11. Filtro em linha
12. Filtrador de sucção
13. Conjunto da válvula solenoide.
14. Filtro de retorno
15. Respiro de ar
16. Válvula de retenção
17. Válvula de retenção
18. Válvula de retenção

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 27
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 28
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX3356JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 29
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 30
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico 02 [100894106]


CX220C Modelo padrão LA

Circuito hidráulico N&B de controle manual proporcional (opcional)


Chave de leitura do circuito hidráulico N&B de controle manual proporcional

Item Nome do componente


50 Válvula do trambulador
51 Válvula de parada
52 Válvula piloto
53 Válvula shuttle
54 Válvula de alívio de sobrecarga

O circuito hidráulico para controle manual proporcional N&B é usado para ser adicionado ao circuito padrão.

Selecione a condição e comando da válvula proporcional quando qualquer cisalhador único e fluxo ou disjuntos de
confluência estiverem em serviço.

Sinal de comando da válvula solenoide proporcional


Seleção
(W:O, W/O: -)
Sinal de comando
Interruptor de
eletromagnético
seleção de Percurso P1 Des- P2 Des-
da válvula P1 Bomba P2 Bomba
fluxo único/ reto carrega carrega
seletora (50)
confluência
(W:O, W/O: -)
Fluxo de
confluência Confluência “LIG” – Ο Ο Ο Ο Ο
do cisalhador
Fluxo único Confluência
– – Ο – – Ο
do cisalhador “DES”
Disjuntor Confluência
Ο – Ο – – Ο
“DES”

Quando usar o cisalhador, de acordo com a especificação do cisalhador instalado.

Ajuste a válvula de alívio de sobrecarga (54) do pórtico opcional para personalizar a pressão de ajuste ordinária da
especificação.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 31
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 32
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0289JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 33
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 34
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico 03 - Válvula de retenção


para lança e braço (opcional) [100894159]
CX220C Modelo padrão LA

Válvula de fixação para a lança


A válvula de fixação para a lança evita que a mesma caia em caso de quebras da tubulação do cilindro do lado do
cabeçote.

Válvula de fixação para o braço


A válvula de fixação para o braço evita que o mesma caia em caso de quebras da tubulação do cilindro do lado da
haste.

Chave de leitura do circuito hidráulico


Item Nome do componente
55 Válvula de fixação para os cilindros da lança
56 Válvula de fixação para o cilindro do braço

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 35
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito hidráulico válvula de fixação para a lança e o braço

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 36
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0290JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 37
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 38
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico 03 [100894166]


CX220C Modelo padrão LA

Válvula de fixação para a lança e o braço

Válvula de fixação para a lança


A válvula de fixação para a lança evita que a mesma caia em caso de quebras da tubulação do cilindro do lado do
cabeçote.

Válvula de fixação para o braço


A válvula de fixação para o braço evita que o mesma caia em caso de quebras da tubulação do cilindro do lado da
haste.

Chave de leitura do circuito hidráulico


Item Nome do componente
55 Válvula de fixação para os cilindros da lança
56 Válvula de fixação para o cilindro do braço

Circuito hidráulico válvula de fixação para a lança e o braço

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 39
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 40
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX3357JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 41
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 42
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico 04 [100894178]


CX220C Modelo padrão LA

Circuito hidráulico adicional de controle manual proporcional com descarga de pressão


(opcional)
Chave de leitura do circuito hidráulico adicional
Item Nome do componente
57 Bomba de engrenagens
58 Válvula de controle
59 Válvula solenoide
60 Válvula solenoide
61 Válvula shuttle

O circuito hidráulico adicional com descarga de pressão é adicionado ao sistema hidráulico padrão.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 43
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito hidráulico adicional de controle manual proporcional com descarga de pressão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 44
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0291JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 45
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 46
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 05


[100894183]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito de posicionamento (versão de articulação tripla)

Chave de leitura do circuito de posicionamento hidráulico


Item Nome do componente
62 P1 válvula OPT
63 Válvula de fixação para o cilindro posicionador
64 Cilindro posicionador
65 Válvula piloto de posicionamento

Operação
Quando a operação de posicionamento é realizada, a pressão secundária proporcional piloto é fornecida pela aber-
tura A da válvula piloto de posicionamento (65) e flui para a abertura PAo1 da P1 válvula OPT (62) e, em seguida, o
carretel da P1 válvula OPT (62) é acionado. O óleo de pressão da bomba P1 é fornecido para o lado (R) do cilindro
posicionador (64) por meio da abertura Ao1 da P1 válvula OPT (62). Por outro lado, o óleo de retorno do lado (H) do
cilindro posicionador retorna para o circuito do tanque pela abertura Bo1 da P1 válvula OPT (62).

A válvula de fixação (63) impede que haja falha no posicionamento no caso de ocorrer quebra da tubulação do cilindro
do lado da haste.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 47
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito de posicionamento (versão de articulação tripla)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 48
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0292JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 49
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 50
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 06


[100894240]
CX220C Modelo padrão LA

Código de cores padrão para os circuitos hidráulicos


Azul
Alimentação, circuito de drenagem menor que 0.44 MPa (64 psi)
Verde
Retorno, circuito de compensação, 0.44 - 0.59 MPa (64 - 86 psi)
Roxo
Pressão piloto, secundário (incluindo válvula proporcional) 0.59 - 5 MPa (86 - 725 psi)
Vermelho
Pressão piloto, primário (incluindo válvula proporcional) 5 MPa (725 psi)
Laranja
Pressão de acionamento da bomba principal, 5 - 34.3 MPa (725 - 4975 psi)
Tom de azul
Na operação da válvula
Válvula vermelha
Quando a válvula solenoide proporcional (redução) estiver operando
solenoide vermelho
Em ativo e excitação
Exibe o circuito do fluxo e circuito de espera quando estiver operando.
Quanto aos símbolos elétricos neste manual, consulte o diagrama do circuito elétrico.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 51
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 07


[101086935]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito do neutro
Esta seção descreve o seguinte:
• Válvula de corte de derivação e controle da válvula de descarga
• Alavanca da trava de segurança e circuito piloto
• Controle de fluxo positivo da bomba
• Controle de curva da bomba P-Q (pressão-quantidade)

Operação da válvula de corte de derivação e válvula de descarga alojada na válvula de


controle

Válvula de corte de derivação


Na partida no motor, a pressão secundária de saída ( PSV-D, PSV-B) das válvulas proporcionais de descarga P1 e
P2, de acordo com a saída de comando pelo controlador mechatro, e essa pressão é exercida em PBp1 e nas portas
PBp2 e, consequentemente, o carretel de corte de derivação é alternado para o lado CLOSE (FECHAR).
O carretel de corte de derivação normalmente fica fixo no lado FECHADO após a partida do motor. É alternada para
o lado ABERTO somente se ocorrer falha da válvula proporcional da bomba e controlador mechatro.

Válvula de descarga
Na partida no motor, como a válvula de corte de derivação, as pressões secundárias geradas pelas válvulas propor-
cionais de descarga P1 e P2 ( PSV-D, PSV-B) são exercidas nas portas PCb e PCa, consequentemente, as válvulas
de descarga P1 e P2 são alternadas para o lado OPEN (ABRIR).

Alavanca da trava de segurança e circuito piloto

Finalidade
Para proteger a conexão de movimento inesperado para segurança.

Princípio
Corte da origem da pressão da válvula piloto para operação.

Operação
Se a alavanca da trava de segurança (vermelha) for empurrada para a frente após a partida do motor, o interruptor
de limite (SW-11) é ligado. O relé temporizador é ativado um segundo depois, que faz com que o solenoide (SV-4)
do bloco da válvula solenoide (13) seja energizado e o circuito piloto de operação fique em espera.

Controle de fluxo positivo da bomba

Tipo
Bomba de deslocamento variável com fluxo elétrico controlado.

Princípio
O comando I de corrente para a válvula solenoide proporcional controla a taxa de suprimento da bomba.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 52
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Operação
1. Operação de elevação do fluxo (Bombado motor P1)
Com a operação de qualquer uma das alavancas de controle, a pressão de operação secundária da válvula piloto
é elevada e a pressão em elevação se transforma na elevação da tensão de saída correspondente à entrada
de pressão pelo sensor de pressão baixa. O sinal do controlador mechatro processa esta mudança de tensão,
resultando na elevação do valor I da corrente de comando para a válvula solenoide proporcional da bomba e,
consequentemente, o fluxo da bomba se eleva. Isso se chama “Sistema de controle positivo”.
À medida que a corrente de comando da bomba se eleva, a pressão secundária da válvula solenoide proporcional
também se eleva. No regulador conectado à bomba, o carretel (652) através do pistão (643) é empurrado para a
direita e para na posição onde estiver proporcional à força da mola piloto (646). O pórtico do tanque conectado
ao furo grande do servo pistão (532) se abre e o pistão se move para a esquerda com a pressão de suprimento
P1 do furo pequeno, resultando no aumento do ângulo de inclinação (α).
O servo pistão (532) e o carretel (652) são conectados à alavanca de retroalimentação (611). Portanto, quando
o servo pistão se move para a esquerda, o carretel (652) também se move para a direita por meio da alavanca
de retorno. Com este movimento, a abertura da luva do carretel se fecha gradualmente e o servo pistão para na
posição que a abertura se fecha completamente.
2. Operação de redução de fluxo
À medida que o valor I da corrente do controlador mechatro é reduzida, a pressão secundária da válvula propor-
cional reduz e o carretel (652) se move para a esquerda pela força da mola piloto (646). Com o movimento do
carretel, a pressão de suprimento P1 normalmente flui para o furo grande do pistão através do carretel.
A pressão de suprimento P1 flui para o furo pequeno do servo pistão, mas o servo pistão se move para a direita
devido à diferença de área, resultando na redução do ângulo de inclinação. Da mesma forma, quando o servo
pistão se move para a direita, o carretel é deslocado (652) para a esquerda pela alavanca de retroalimentação.
A operação é mantida até que a abertura da luva do carretel seja fechada.

Operação do controle de curva p-q da bomba

Tipo
Bomba variável tipo controle de fluxo elétrico

Princípio
Executar uma operação do valor do sensor de pressão alta da bomba para o valor de controle da curva P-Q e enviar
um comando para a válvula solenoide proporcional da bomba.

Operação

O sensor de pressão alta da bomba converte a pressão para a tensão de saída correspondente à pressão de supri-
mento da bomba.
O controlador mechatro converte a saída de tensão como sensor de pressão alta para o valor de controle da curva
P-Q. Por outro lado, selecione o valor da corrente de comando do controle positivo da bomba a partir do sensor
de pressão baixa em ordem mais baixa e os valores são supridos para a válvula proporcional respectiva da bomba
como uma corrente de comando. Com esta operação, a potência da bomba é controlada de forma a não exceder a
potência do motor para que o motor não apague.

Circuito neutro: Função de controle positivo com a alavanca da trava de segurança para
baixo (posição destravada)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 53
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 54
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0294JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 55
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 56
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 08


[101086941]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito de percurso
Esta seção descreve o seguinte:
• Circuito de operação simultânea do piloto para frente
do percurso
• Circuito de comando solenoide de percurso de 2 veloci-
dades e função de retorno de 1 velocidade automática
• Circuito principal de percurso
• Função do motor de percurso

Circuito de operação simultânea do piloto


para frente do percurso

Finalidade
Força de operação leve e operação sem choque.

Mecatrônica
1. Se a alavanca de percurso com mecanismo assento
for operada para movimentos de percurso à direita,
esquerda e frente, a pressão proporcional piloto se-
cundária vem dos pórticos 3, 1 da P/V (10). A maior
das pressões é selecionada, sai das portas 6, 5 e atua
nos sensores de baixa pressão (SE-9) (SE-10).
2. A pressão secundária flui para o piloto PAr e as portas
PAL da válvula de controle (2), move o carretel de
percurso e liga o circuito principal.
3. A tensão de saída do sensor de pressão baixa vai para
o controlador mechatro. O controlador mechatro rea-
liza processamento de sinal e gera corrente corres-
pondente ao aumento do fluxo para a válvula propor-
cional da bomba P1 e (PSV-P1) e para a válvula pro-
porcional da bomba P2 e (PSV-P2); ao mesmo tempo,
a corrente do comando é gerada na válvula de des-
carga P1 e (PSV-D) e na válvula de descarga P2 e
(PSV-B).
4. As pressões secundárias geradas pela válvula pro-
porcional da bomba P1 e pela válvula proporcional da
bomba (PSV-P1) e P2 (PSV-P2) são exercidas no re-
gulador da bomba, acionando a bomba no lado de au-
mento do fluxo de entrega.
5. A pressão secundária fornecida na válvula da des-
carga P1 ( (PSV-D)) e na válvula de descarga P2 (
(PSV-B)) é alimentada para as portas PCb e PCa for-
necidas na válvula de controle (2).
A pressão secundária da válvula proporcional que é
exercida nas portas PCb e PCa coloca o carretel de
descarga no lado CLOSE (FECHAR).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 57
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito de comando solenoide de percurso


de 2 velocidades e função de retorno de 1a
velocidade automática

Finalidade
Mudar a velocidade do motor de percurso com o interrup-
tor.

Princípio
Quando o interruptor é girado um sinal elétrico é emi-
tido. Ele excita o solenoide de percurso de 2 velocida-
des que, por sua vez, converte a pressão piloto primária
e a auto-pressão até um ângulo de inclinação do motor
de deslocamento variável

Operação
Se o interruptor com a marca do coelho no agrupamento
de indicadores for pressionado, o solenoide (SV-3) do
bloco da válvula proporcional (13) será excitado e muda
a válvula proporcional. Então, a pressão de comando do
solenoide é emitida do pórtico A3, entra no pórtico Ps do
motor de percurso (4), abre a passagem de óleo para o
pistão de seleção da 2ª velocidade e faz o motor operar
no modo de inclinação da 2ª velocidade com a sua auto-
pressão.
No entanto, quando a pressão do circuito principal subir
além de 27.3 MPa (3960 psi), a autopressão do motor
empurra o pistão de seleção da 2ª velocidade de volta
para a 1ª velocidade.

Circuito principal de percurso

Operação
O óleo de entrega da bomba A1 e portas A2, que altera
o carretel de percurso com a operação do piloto de per-
curso, flui para a porta P1 no lado esquerdo do motor (4)
e para a porta P2 no lado direito do motor (4) por meio
das portas C, D da junta articulada (8) das portas AL, AR
de C/V, e gira o motor de percurso.

Circuito principal de percurso

Operação
O óleo de entrega da bomba A1 e portas A2, que altera
o carretel de percurso com a operação do piloto de per-
curso, flui para a porta P1 no lado esquerdo do motor (4)
e para a porta P2 no lado direito do motor (4) por meio
das portas C, D da junta articulada (8) das portas AL, AR
de C/V, e gira o motor de percurso.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 58
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Função
1. Evita a operação excessiva do motor em um de-
clive.
2. Válvula de retenção que impede a cavitação do mo-
tor hidráulico.
3. Válvula de alívio sem choque e válvula anticavita-
ção quando a força de inércia é interrompida.
4. Mecanismo de alteração de velocidade de 2 etapas
alto/baixo e retorno automático da 1ª velocidade em
carga alta.
5. Freio de estacionamento de percurso.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 59
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito de percurso: 2ª velocidade de percurso, operação simultânea do lado esquerdo e


lado direito

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 60
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0299JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 61
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 62
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 08


[101086945]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito de percurso
Esta seção descreve o seguinte:
• Circuito de operação simultânea do piloto para frente do percurso
• Circuito de comando solenoide de percurso de 2 velocidades e função de retorno de 1 velocidade automática
• Circuito principal de percurso
• Função do motor de percurso

Circuito de operação simultânea do piloto para frente do percurso

Finalidade
Força de operação leve e operação sem choque.

Mecatrônica
1. Se a alavanca de percurso com mecanismo assento for operada para movimentos de percurso à direita, esquerda
e frente, a pressão proporcional piloto secundária vem dos pórticos 3, 1 da P/V (10). A maior das pressões é
selecionada, sai das portas 6, 5 e atua nos sensores de baixa pressão (SE-9) (SE-10).
2. A pressão secundária flui para o piloto PAr e as portas PAL da válvula de controle (2), move o carretel de percurso
e liga o circuito principal.
3. A tensão de saída do sensor de pressão baixa vai para o controlador mechatro. O controlador mechatro rea-
liza processamento de sinal e gera corrente correspondente ao aumento do fluxo para a válvula proporcional da
bomba P1 e (PSV-P1) e para a válvula proporcional da bomba P2 e (PSV-P2); ao mesmo tempo, a corrente do
comando é gerada na válvula de descarga P1 e (PSV-D) e na válvula de descarga P2 e (PSV-B).
4. As pressões secundárias geradas pela válvula proporcional da bomba P1 e pela válvula proporcional da bomba
(PSV-P1) e P2 (PSV-P2) são exercidas no regulador da bomba, acionando a bomba no lado de aumento do fluxo
de entrega.
5. A pressão secundária fornecida na válvula da descarga P1 ( (PSV-D)) e na válvula de descarga P2 ( (PSV-B)) é
alimentada para as portas PCb e PCa fornecidas na válvula de controle (2).
A pressão secundária da válvula proporcional que é exercida nas portas PCb e PCa coloca o carretel de descarga
no lado CLOSE (FECHAR).

Circuito de comando solenoide de percurso de 2 velocidades e função de retorno de 1a


velocidade automática

Finalidade
Mudar a velocidade do motor de percurso com o interruptor.

Princípio
Quando o interruptor é girado um sinal elétrico é emitido. Ele excita o solenoide de percurso de 2 velocidades que, por
sua vez, converte a pressão piloto primária e a auto-pressão até um ângulo de inclinação do motor de deslocamento
variável

Operação
Se o interruptor com a marca do coelho no agrupamento de indicadores for pressionado, o solenoide (SV-3) do bloco
da válvula proporcional (13) será excitado e muda a válvula proporcional. Então, a pressão de comando do solenoide
é emitida do pórtico A3, entra no pórtico Ps do motor de percurso (4), abre a passagem de óleo para o pistão de
seleção da 2ª velocidade e faz o motor operar no modo de inclinação da 2ª velocidade com a sua auto-pressão.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 63
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

No entanto, quando a pressão do circuito principal subir além de 27.3 MPa (3960 psi), a autopressão do motor em-
purra o pistão de seleção da 2ª velocidade de volta para a 1ª velocidade.

Circuito principal de percurso

Operação
O óleo de entrega da bomba A1 e portas A2, que altera o carretel de percurso com a operação do piloto de percurso,
flui para a porta P1 no lado esquerdo do motor (4) e para a porta P2 no lado direito do motor (4) por meio das portas
C, D da junta articulada (8) das portas AL, AR de C/V, e gira o motor de percurso.

Circuito principal de percurso

Operação
O óleo de entrega da bomba A1 e portas A2, que altera o carretel de percurso com a operação do piloto de percurso,
flui para a porta P1 no lado esquerdo do motor (4) e para a porta P2 no lado direito do motor (4) por meio das portas
C, D da junta articulada (8) das portas AL, AR de C/V, e gira o motor de percurso.

Função do motor de percurso

Função
1. Evita a operação excessiva do motor em um declive.
2. Válvula de retenção que impede a cavitação do motor hidráulico.
3. Válvula de alívio sem choque e válvula anticavitação quando a força de inércia é interrompida.
4. Mecanismo de alteração de velocidade de 2 etapas alto/baixo e retorno automático da 1ª velocidade em carga
alta.
5. Freio de estacionamento de percurso.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 64
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito de percurso: 2ª velocidade de percurso, operação simultânea do lado esquerdo e


lado direito

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 65
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 66
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX3353JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 67
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 68
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 09


[101086949]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito da caçamba
Esta seção descreve o seguinte:
1. Circuito piloto de escavação da caçamba
2. Operação de aceleração automática
3. Controle de fluxo no modo de trabalho
4. Circuito principal de prioridade de percurso de escavação da caçamba
5. Limitador de curso do carretel da caçamba

Circuito piloto de escavação da caçamba

Mecatrônica
1. Quando a operação de escavação da caçamba é realizada, a pressão secundária proporcional é suprida através
do pórtico 1 da V piloto direita V (9), flui para o pórtico PAc e atua no sensor de pressão baixa ( SE-1) e, ao mesmo
tempo, o carretel da caçamba é comutado.
2. A saída de tensão pelo sensor de pressão baixa ( SE-1) vai para o controlador mechatro. O controlador mechatro
executa processamento de sinal e gera corrente correspondente ao aumento de fluxo da bomba para as válvulas
proporcionais da bomba ( PSV-P1) e ( PSV-P2) nos lados da bomba P1 e P 2, e, ao mesmo tempo, a corrente de
comando é gerada na válvula da descarga P1, ( PSV-D), válvula da descarga P2 ( PSV-B) e válvula proporcional
de prioridade de percurso ( PSV-C).
Nas páginas a seguir, a relação da operação do sensor de baixa pressão para o aumento de fluxo da bomba e
na válvula proporcional de descarga é a mesma. Portanto, a explicação é omitida.
3. A saída de pressão secundária pela válvula proporcional da bomba P1 ( PSV-P1) e pela válvula proporcional da
bomba P2 ( PSV-P2) é exercida no regulador da bomba, acionando a bomba no lado de aumento do fluxo de
entrega.
4. A pressão secundária fornecida na válvula da descarga P1 ( PSV-D) e na válvula de descarga P2 ( PSV-B) é
levada para as portas PCb e PCa fornecidas na válvula de controle (2).
A pressão secundária da válvula proporcional que é exercida nas portas PCb e PCa coloca o carretel de descarga
no lado CLOSE (FECHAR).
5. A pressão secundária fornecida na válvula proporcional de prioridade de percurso ( PSV-C) é levada para a porta
PTb fornecida na válvula de controle (2) e alterna a válvula prioritária de percurso em um estágio.

Operação de aceleração automática

Princípio
A aceleração automática atua de acordo com os sinais do sensor de pressão baixa.

Operação
Quando a alavanca está na posição neutra

Caso o sensor não receba o sinal de 4 s ou mais, mesmo que o mostrador de aceleração esteja ajustado para a
posição MAX, a velocidade do motor deve ser elevada para 1000 RPM.

Quando a alavanca é operada

Quando a pressão 0.67 MPa (97 psi) é gerada no sensor de baixa pressão na especificação PADRÃO (percurso, ca-
çamba, giro, braço), a tensão proporcional do sensor de baixa pressão entra no controlador mechatro e, em seguida,
a velocidade do motor retorna para a posição de definida no mostrador, correspondente à operação da alavanca.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 69
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Controle de fluxo no modo de trabalho

Princípio
Quando a velocidade do motor for intermediária ou menos, o valor da corrente de comando para manter a taxa de
suprimento da bomba constante é suprido.

Operação
Mesmo se a velocidade do motor especificada pelo potenciômetro de aceleração for velocidade baixa, já que a taxa
de suprimento corresponde à velocidade intermediária, o atuador se move antes do movimento equivalente à taxa
do ângulo da alavanca de controle em operação com carga leve.

Circuito principal de confluência (confluxo) de prioridade de escavação e de percurso da


caçamba

Operação
1. O óleo fornecido através da abertura A1 da bomba P1 entra na porta P1 de C/V (2), abre a válvula de retenção
da carga LCc pelo circuito paralelo e entra no carretel da caçamba.
2. Por outro lado, o óleo fornecido através da porta A2 da bomba P2 entra na porta P2 de C/V (2), conflui com o
óleo da bomba P1 por meio da válvula prioritária de percurso e entra no carretel da caçamba. (Confluência de
óleo das 2 bombas)
3. Com a função do circuito piloto, o fluxo de óleo é alternado do carretel da caçamba e é alimentado na lateral do
cabeçote do cilindro da caçamba através da porta Ac de C/V (2). Por outro lado, o óleo de retorno do lado da
haste do cilindro ( R) é acelerado pelo carretel da caçamba e retorna para o circuito do tanque através do pórtico
Bc da C/V (2).

Referências
• Na operação de descarga da caçamba, a válvula prioritária de percurso também é comutada, como na operação
de escavação resultando na confluência com percurso reto.
• Quando a operação da caçamba e outra operação são realizadas simultaneamente, a válvula prioritária de per-
curso não atua resultando no fluxo único do circuito da caçamba.

Limitador de curso do carretel da caçamba

Finalidade
Para prender a operabilidade simultânea de lança e braço e para evitar escavações em baixa velocidade do motor.

Operação
Ao reforçar para cima a pressão da conexão, a pressão primária piloto é exercida no pórtico PCc da C/V (2) através
da válvula solenoide de reforço, opera o limitador do curso do carretel da caçamba e o caminho do óleo de aceleração
do carretel. Isto resulta no aumento da pressão da bomba P1, possibilitando a operação simultânea da lança para
cima e escavação da caçamba.

Mesmo que a velocidade do motor esteja baixa, a cavitação pode ser evitada de forma semelhante com a atuação
do limitador de curso.

Circuito da caçamba: Escavação da caçamba (confluência da prioridade de percurso), ace-


leração automática e controle constante do fluxo de espera

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 70
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0304JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 71
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 72
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 09


[101086951]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito da caçamba
Esta seção descreve o seguinte:
1. Circuito piloto de escavação da caçamba
2. Operação de aceleração automática
3. Controle de fluxo no modo de trabalho
4. Circuito principal de prioridade de percurso de escavação da caçamba
5. Limitador de curso do carretel da caçamba

Circuito piloto de escavação da caçamba

Mecatrônica
1. Quando a operação de escavação da caçamba é realizada, a pressão secundária proporcional é suprida através
do pórtico 1 da V piloto direita V (9), flui para o pórtico PAc e atua no sensor de pressão baixa ( SE-1) e, ao mesmo
tempo, o carretel da caçamba é comutado.
2. A saída de tensão pelo sensor de pressão baixa ( SE-1) vai para o controlador mechatro. O controlador mechatro
executa processamento de sinal e gera corrente correspondente ao aumento de fluxo da bomba para as válvulas
proporcionais da bomba ( PSV-P1) e ( PSV-P2) nos lados da bomba P1 e P 2, e, ao mesmo tempo, a corrente de
comando é gerada na válvula da descarga P1, ( PSV-D), válvula da descarga P2 ( PSV-B) e válvula proporcional
de prioridade de percurso ( PSV-C).
Nas páginas a seguir, a relação da operação do sensor de baixa pressão para o aumento de fluxo da bomba e
na válvula proporcional de descarga é a mesma. Portanto, a explicação é omitida.
3. A saída de pressão secundária pela válvula proporcional da bomba P1 ( PSV-P1) e pela válvula proporcional da
bomba P2 ( PSV-P2) é exercida no regulador da bomba, acionando a bomba no lado de aumento do fluxo de
entrega.
4. A pressão secundária fornecida na válvula da descarga P1 ( PSV-D) e na válvula de descarga P2 ( PSV-B) é
levada para as portas PCb e PCa fornecidas na válvula de controle (2).
A pressão secundária da válvula proporcional que é exercida nas portas PCb e PCa coloca o carretel de descarga
no lado CLOSE (FECHAR).
5. A pressão secundária fornecida na válvula proporcional de prioridade de percurso ( PSV-C) é levada para a porta
PTb fornecida na válvula de controle (2) e alterna a válvula prioritária de percurso em um estágio.

Operação de aceleração automática

Princípio
A aceleração automática atua de acordo com os sinais do sensor de pressão baixa.

Operação
Quando a alavanca está na posição neutra

Caso o sensor não receba o sinal de 4 s ou mais, mesmo que o mostrador de aceleração esteja ajustado para a
posição MAX, a velocidade do motor deve ser elevada para 1000 RPM.

Quando a alavanca é operada

Quando a pressão 0.67 MPa (97 psi) é gerada no sensor de baixa pressão na especificação PADRÃO (percurso, ca-
çamba, giro, braço), a tensão proporcional do sensor de baixa pressão entra no controlador mechatro e, em seguida,
a velocidade do motor retorna para a posição de definida no mostrador, correspondente à operação da alavanca.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 73
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Controle de fluxo no modo de trabalho

Princípio
Quando a velocidade do motor for intermediária ou menos, o valor da corrente de comando para manter a taxa de
suprimento da bomba constante é suprido.

Operação
Mesmo se a velocidade do motor especificada pelo potenciômetro de aceleração for velocidade baixa, já que a taxa
de suprimento corresponde à velocidade intermediária, o atuador se move antes do movimento equivalente à taxa
do ângulo da alavanca de controle em operação com carga leve.

Circuito principal de confluência (confluxo) de prioridade de escavação e de percurso da


caçamba

Operação
1. O óleo fornecido através da abertura A1 da bomba P1 entra na porta P1 de C/V (2), abre a válvula de retenção
da carga LCc pelo circuito paralelo e entra no carretel da caçamba.
2. Por outro lado, o óleo fornecido através da porta A2 da bomba P2 entra na porta P2 de C/V (2), conflui com o
óleo da bomba P1 por meio da válvula prioritária de percurso e entra no carretel da caçamba. (Confluência de
óleo das 2 bombas)
3. Com a função do circuito piloto, o fluxo de óleo é alternado do carretel da caçamba e é alimentado na lateral do
cabeçote do cilindro da caçamba através da porta Ac de C/V (2). Por outro lado, o óleo de retorno do lado da
haste do cilindro ( R) é acelerado pelo carretel da caçamba e retorna para o circuito do tanque através do pórtico
Bc da C/V (2).

Referências
• Na operação de descarga da caçamba, a válvula prioritária de percurso também é comutada, como na operação
de escavação resultando na confluência com percurso reto.
• Quando a operação da caçamba e outra operação são realizadas simultaneamente, a válvula prioritária de per-
curso não atua resultando no fluxo único do circuito da caçamba.

Limitador de curso do carretel da caçamba

Finalidade
Para prender a operabilidade simultânea de lança e braço e para evitar escavações em baixa velocidade do motor.

Operação
Ao reforçar para cima a pressão da conexão, a pressão primária piloto é exercida no pórtico PCc da C/V (2) através
da válvula solenoide de reforço, opera o limitador do curso do carretel da caçamba e o caminho do óleo de aceleração
do carretel. Isto resulta no aumento da pressão da bomba P1, possibilitando a operação simultânea da lança para
cima e escavação da caçamba.

Mesmo que a velocidade do motor esteja baixa, a cavitação pode ser evitada de forma semelhante com a atuação
do limitador de curso.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 74
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito da caçamba: Escavação da caçamba (confluência da prioridade de percurso), ace-


leração automática e controle constante do fluxo de espera

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 75
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 76
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX3354JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 77
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 78
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 10


[101086953]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito da lança
Esta seção descreve a operação de confluência de elevação da lança.

Circuito piloto de levantamento da lança

Circuito principal de confluência de 2 bombas de levantamento da lança em C/V

Circuito piloto de levantamento da lança


Operação
1. Se a operação da lança para cima for executada, a pressão proporcional piloto secundária da válvula piloto direita
(9) sai do pórtico 4 e atua sobre o sensor de pressão baixa ( SE3). Ao mesmo tempo, a pressão atua nos pórticos
PAb e PB1.
2. A pressão secundária que entra no pórtico PAb do C/V (2) comuta o carretel da lança. A pressão secundária que
entra na porta PB1 comuta o carretel de confluência da lança.

Circuito principal de confluência de 2 bombas de levantamento da lança em C/V

Finalidade
Aceleração da lança para cima

Princípio
Confluência de óleo de 2 bombas

Operação
1. O óleo fornecido através da porta A1 da bomba P1 flui para a porta C/V (2) P1 e se divide no circuito de derivação
e circuito paralelo. Como a válvula de descarga P1 está fechada, o carretel da lança é movido e o circuito de
derivação é fechado, o óleo abre a válvula de retenção LCb com o circuito paralelo e flui para o carretel da lança.
2. Em seguida, o óleo passa pelo carretel da lança, abre a válvula de bloqueio da válvula de bloqueio da lança CRb
e é levado na lateral (H) do cilindro da lança pela porta C/V (2) Ab.
3. Entretanto, o óleo fornecido da porta A2 da bomba P2 entra na porta P2 de C/V (2) e, devido ao desligamento da
válvula de descarga P2, o óleo passa através do circuito paralelo e pelo restritor na circunferência do carretel de
confluência da lança, empurra a válvula de retenção da carga CCb para a posição aberta do circuito de confluên-
cia da lança e combina o óleo fornecido pela bomba P1 internamente.
4. O óleo de retorno da lateral do cilindro da lança (R) flui para o circuito do tanque pelo carretel da lança da porta
C/V (2) Bb.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 79
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito da lança: Operação de lança para cima, função de confluência

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 80
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0309JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 81
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 82
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Esta seção descreve a operação de abaixamento da lança.

Circuito piloto de abaixamento da lança

Prevenção contra queda natural pela válvula de travamento e atuação no abaixamento

Função de recirculação constante do circuito principal de abaixamento da lança

Circuito piloto de abaixamento da lança


Operação
1. Se a operação da lança para baixo for executada, a pressão proporcional piloto secundária sai do pórtico 2 da
válvula piloto direita (9) e atua sobre o sensor de pressão baixa ( SE-4).
Ao mesmo tempo, a pressão atua na PBb porta de C/V (2).
2. A saída de tensão do sensor de baixa pressão ( SE-4) entra no controlador mechatro e é processado nele.
3. Em seguida, a pressão secundária proporcional alimentada na porta C/V (2) PBb se divide em duas tubulações
e aciona o carretel da lança e libera a válvula de retenção da lança.

Prevenção contra queda natural pela válvula de travamento e atuação no abaixamento

Finalidade
Evitar a queda natural quando a alavanca estiver em neutro

Princípio
O retorno do óleo para o carretel da lança é evitado pelo assento do cabeçote da válvula de travamento da lança.

Operação
Na atuação da lança para baixo, a válvula seletora é trocada pela pressão proporcional secundária do pórtico PBb.
Então, a câmara da mola do cabeçote da válvula de travamento CRb atravessa a linha de drenagem (Dr) e causa a
abertura do cabeçote da válvula de travamento.

Quando a alavanca da lança está em ponto-morto, a linha de drenagem na câmera da mola do cabeçote da válvula
de retenção CRb é fechada, o que faz com que o cabeçote seja fechado.

O resultado é que o óleo que retorna do cabeçote do cilindro da lança (H) para o carretel da lança é mantido pres-
sionado e anula os vazamentos do carretel da lança.

Assim, o cilindro da lança é impedido de fazer uma queda natural.

Função de recirculação constante do circuito principal de abaixamento da lança

Finalidade
Prevenir contra a cavitação durante o movimento de abaixamento da lança.

Princípio
O óleo que retorna do cabeçote do cilindro da lança (H) recircula para a haste (R).

Operação
Quando o óleo é suprido para o lado da haste do cilindro da lança (R) durante a operação de abaixamento da lança,
ela se movimenta mais rapidamente do que deveria, em alguns casos, pelo próprio peso da conexão.

Nessa ocasião, a pressão do circuito no lado da haste (R) está no lado negativo.

O óleo fornecido para a haste do cilindro da lança (R) flui para a porta A1 da bomba P1 e para a porta P1 de C/V. O
óleo passa através do carretel da lança e sai da porta Bb.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 83
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Nessa ocasião, o óleo que retorna do cabeçote (H) passa através da passagem no trajeto de recirculação do carretel
da lança, empurra a válvula de retenção no carretel para a posição aberta é recirculado até a porta Bb e fornecido
para a haste (R). Quando a pressão (R) é maior que a pressão do cabeçote (H), a válvula de retenção no carretel se
fecha.

Então, a reciclagem é interrompida.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 84
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 85
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito da lança: Operação de abaixamento da lança e de prevenção contra a queda natural da lança

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 86
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0314JA 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 87
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 88
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 10


[101086955]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito da lança
Esta seção descreve a operação de confluência de elevação da lança.

Circuito piloto de levantamento da lança

Circuito principal de confluência de 2 bombas de levantamento da lança em C/V

Circuito piloto de levantamento da lança

Operação
1. Se a operação da lança para cima for executada, a pressão proporcional piloto secundária da válvula piloto direita
(9) sai do pórtico 4 e atua sobre o sensor de pressão baixa ( SE3). Ao mesmo tempo, a pressão atua nos pórticos
PAb e PB1.
2. A pressão secundária que entra no pórtico PAb do C/V (2) comuta o carretel da lança. A pressão secundária que
entra na porta PB1 comuta o carretel de confluência da lança.

Circuito principal de confluência de 2 bombas de levantamento da lança em C/V

Finalidade
Aceleração da lança para cima

Princípio
Confluência de óleo de 2 bombas

Operação
1. O óleo fornecido através da porta A1 da bomba P1 flui para a porta C/V (2) P1 e se divide no circuito de derivação
e circuito paralelo. Como a válvula de descarga P1 está fechada, o carretel da lança é movido e o circuito de
derivação é fechado, o óleo abre a válvula de retenção LCb com o circuito paralelo e flui para o carretel da lança.
2. Em seguida, o óleo passa pelo carretel da lança, abre a válvula de bloqueio da válvula de bloqueio da lança CRb
e é levado na lateral (H) do cilindro da lança pela porta C/V (2) Ab.
3. Entretanto, o óleo fornecido da porta A2 da bomba P2 entra na porta P2 de C/V (2) e, devido ao desligamento da
válvula de descarga P2, o óleo passa através do circuito paralelo e pelo restritor na circunferência do carretel de
confluência da lança, empurra a válvula de retenção da carga CCb para a posição aberta do circuito de confluên-
cia da lança e combina o óleo fornecido pela bomba P1 internamente.
4. O óleo de retorno da lateral do cilindro da lança (R) flui para o circuito do tanque pelo carretel da lança da porta
C/V (2) Bb.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 89
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito da lança: Operação de lança para cima, função de confluência.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 90
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX3355JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 91
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 92
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 11


[101086957]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito de giro
Esta seção descreve as seguintes operações.
1. Circuito piloto de giro para a esquerda
2. Freio de estacionamento automático de giro
3. Circuito principal de giro
4. Circuito do motor de giro

Circuito piloto para giro esquerdo

Operação
1. Quando a operação de giro para a esquerda é realizada, a pressão secundária piloto proporcional é fornecida
pela porta (1) do piloto V (9) à esquerda, e a pressão secundária atua na porta PBs de C/V (2) e, ao mesmo
tempo, flui para a porta Pss de C/V e age no sensor de pressão baixa (SE-5).

1. A saída de tensão pelo sensor de pressão baixa é entrada no controlador mechatro e é processada por sinal.
2. Em seguida, a pressão secundária levada para porta secundária PBs de C/V (2) liga o carretel de giro.

Freio de estacionamento automático de giro

Finalidade
Travamento de giro na posição neutra e de estacionamento.

Princípio
Liberar o freio mecânico somente quando necessário para operar o giro e a retração do braço.

Operação
1. O sistema de estacionamento do giro excita o estacionamento de giro SOL (SV-1) normalmente se o interruptor
de ignição for ligado e funcionar com a ação do freio mecânico.
2. O freio mecânico é liberado se o solenoide de estacionamento de giro for desativado somente quando a pressão
operacional secundária nas ações de giro e de retração do braço agir em qualquer um dos sensores de baixa
pressão (SE-5, (7)).
3. O solenoide de estacionamento de giro (SV-1) é excitado cinco segundos depois que a pressão de giro dos
sensores de baixa pressão (SE-5) é reduzida a zero.
No caso do braço estar em operação, o solenoide de estacionamento do giro (SV-1) é excitado no momento
que a pressão no sensor de pressão baixa do braço (SE-7) se reduzir a zero. Isto provoca a operação do freio
mecânico.

Circuito principal de giro

Operação
1. O óleo fornecido da porta A2 da bomba P2 entra na porta P2 de C/V (2) e é captada na linha de derivação e no
circuito paralelo. Entretanto, como a linha de derivação é fechada quando o carretel do giro é comutado, o óleo
empurra a válvula de retenção de carga LCs para abrir através do circuito paralelo, entra no pórtico B do motor
de giro via pórtico Bs da C/V (2) e gira o motor no sentido anti-horário.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 93
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito do motor de giro


1. Circuito contra cavitação na desaceleração de giro.
2. Válvula de alívio sem choque que evita que o motor de giro seja revertido.

Circuito de giro: Operação de giro (lado esquerdo)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 94
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0320JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 95
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 96
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 11


[101086959]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito de giro
Esta seção descreve as seguintes operações.
1. Circuito piloto de giro para a esquerda
2. Freio de estacionamento automático de giro
3. Circuito principal de giro
4. Circuito do motor de giro

Circuito piloto para giro esquerdo

Operação
1. Quando a operação de giro para a esquerda é realizada, a pressão secundária piloto proporcional é fornecida
pela porta (1) do piloto V (9) à esquerda, e a pressão secundária atua na porta PBs de C/V (2) e, ao mesmo
tempo, flui para a porta Pss de C/V e age no sensor de pressão baixa (SE-5).
2. A saída de tensão pelo sensor de pressão baixa é entrada no controlador mechatro e é processada por sinal.
3. Em seguida, a pressão secundária levada para porta secundária PBs de C/V (2) liga o carretel de giro.

Freio de estacionamento automático de giro

Finalidade
Travamento de giro na posição neutra e de estacionamento.

Princípio
Liberar o freio mecânico somente quando necessário para operar o giro e a retração do braço.

Operação
1. O sistema de estacionamento do giro excita o estacionamento de giro SOL (SV-1) normalmente se o interruptor
de ignição for ligado e funcionar com a ação do freio mecânico.
2. O freio mecânico é liberado se o solenoide de estacionamento de giro for desativado somente quando a pressão
operacional secundária nas ações de giro e de retração do braço agir em qualquer um dos sensores de baixa
pressão (SE-5, (7)).
3. O solenoide de estacionamento de giro (SV-1) é excitado cinco segundos depois que a pressão de giro dos
sensores de baixa pressão (SE-5) é reduzida a zero.
No caso do braço estar em operação, o solenoide de estacionamento do giro (SV-1) é excitado no momento
que a pressão no sensor de pressão baixa do braço (SE-7) se reduzir a zero. Isto provoca a operação do freio
mecânico.

Circuito principal de giro

Operação
1. O óleo fornecido da porta A2 da bomba P2 entra na porta P2 de C/V (2) e é captada na linha de derivação e no
circuito paralelo. Entretanto, como a linha de derivação é fechada quando o carretel do giro é comutado, o óleo
empurra a válvula de retenção de carga LCs para abrir através do circuito paralelo, entra no pórtico B do motor
de giro via pórtico Bs da C/V (2) e gira o motor no sentido anti-horário.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 97
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito do motor de giro


1. Circuito contra cavitação na desaceleração de giro.
2. Válvula de alívio sem choque que evita que o motor de giro seja revertido.

Circuito de giro: Operação de giro (lado esquerdo)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 98
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX3308JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 99
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 100
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 12


[101086961]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito do braço
Esta seção descreve as seguintes operações
1. Circuito piloto de operação do braço retraído, carga leve
2. Circuito principal de recirculação/circuito principal de confluência interna do braço retraído, carga leve

Circuito piloto de operação do braço retraído, carga leve

Motivo:
Aceleração e anti-cavitação quando o braço estiver com carga leve.

Princípio:
O óleo que retorna da haste do cilindro do braço (R) recircula variavelmente para o cabeçote (H) no braço do carretel
2 no C/V.

Operação:
1. Quando a operação de retração do braço for executada, a pressão proporcional piloto secundária sai do pórtico
4 da válvula piloto esquerda (9) e atua sobre o sensor de pressão baixa (SE-7).
Ao mesmo tempo, a pressão se bifurca em dois fluxos, atua sobre o pórtico PAa1 e o pórtico PLc2, muda o carretel
do braço e a válvula de travamento do braço CRar é liberada.
2. A tensão de saída pelo sensor de pressão baixa entra no controlador mechatro, é processada pelo sinal piloto e
sai em P1, P2, na válvula proporcional da bomba (PSV-P1), (PSV-P2) e na válvula proporcional inversa do braço
2 (PSV-A).
3. A pressão secundária da válvula proporcional piloto, que é reduzida pela válvula proporcional inversa do braço 2
(PSV-A), comuta o carretel do braço 2.

Circuito principal de recirculação/confluência interna do braço retraído, carga leve

Operação:
1. O óleo fornecido pela bomba P2 flui na seção esquerda de percurso através da porta P2 da C/V (2) e se bifurca
para o circuito de derivação e circuito paralelo, mas, como o carretel do braço 1 está comutado, o óleo suprido
que atravessa o circuito paralelo abre a válvula de retenção de carga LCa e flui para o carretel do braço 1.
2. Por outro lado, o óleo de fornecimento da bomba flui na porta P1 de P1 de C/V (2), e depois flui para a seção de
percurso reto e no trajeto paralelo à direita do percurso. Então, como o carretel do braço 2 foi comutado, o óleo
de fornecimento abre a válvula de retenção de carga LCAT2, passa pelo carretel do braço 2 e conflui com o óleo
fornecido pela bomba P2 na seção da válvula, e flui na lateral do cabeçote do cilindro do braço (H) Aa através da
porta de C/V (2).
3. O óleo de retorno da lateral do cilindro do braço (R) flui na porta Ba de C/V (2) e passa através da porta Ba, pois
a válvula de retenção do braço CRar é aberto e flui para o carretel do braço 2 através do carretel do braço 1.
4. Como o carretel do braço 2 é alternado para a posição de recirculação normal, causando restrição de passagem
ao tanque, o óleo de retorno da lateral do cilindro do braço (R) flui para a lateral do cilindro do braço (H).

• Como com carga leve a pressão no lado da haste do cilindro (R) é maior do que a do lado do cabeçote (H),
ele abre o carretel do braço 2 alojado na válvula de retenção e recircula no lado do cabeçote (H), resultando na
aceleração da operação de retração do braço com carga leve.

5. Controle de prevenção contra cavitação na operação de retração do braço.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 101
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

A corrente de comando entra na válvula proporcional solenoide do braço 2 pelo processamento do sinal da velo-
cidade E/G e pressão piloto do braço retraído, da mesmo forma, o carretel do braço 2 é comutado para a posição
neutra (prevenção contra cavitação), resultando na prevenção contra cavitação.
Posição do carretel do braço 2

TULI12ECX3270AA 1

Referência:
Na operação com carga leve de retração do braço (recir-
culação normal, confluência), quando a conexão na qual
o lado da bomba P1 é aplicada for operada, o caminho
de retração do metro do carretel do braço 2 fecha, resul-
tando na operação de fluxo único.

TULI12ECX3271AA 2

Circuito do braço: Operação de retração do braço (carga leve), função de recirculação do


braço e anti-cavitação

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 102
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0324JA 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 103
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 104
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Esta seção descreve as seguintes operações


1. Circuito piloto de operação do braço retraído, carga pesada (corte de recirculação)
2. Circuito principal de confluência da sequência de operação de retração do braço, carga pesada

Circuito piloto de operação do braço retraído, carga pesada

Operação:
1. Na operação de retração do braço, quando a carga pesada é aplicada no braço e a pressão da bomba P2 au-
menta até a pressão definida, a saída da tensão pelo sensor de pressão da bomba P2 (SE-23) se converte e
sinal (processamento de sinal) pelo controlador mechatro, consequentemente, a corrente da válvula proporcional
solenoide do braço 2 é controlada de acordo com a pressão da carga e a recirculação variável do braço é cortada.
Quando a recirculação é cortada, a confluência interna é presa de forma semelhante à da operação com carga
leve.
2. A atuação da válvula piloto esquerda devido à operação de retração do braço é equivalente àquela da operação
com carga leve.

Circuito principal de corte de recirculação de operação de retração do braço, carga pesada

Motivo:
Aceleração da operação de retração do braço.

Princípio:
Cortar a recirculação e reduzir a pressão da haste.

Operação:
1. O óleo de fornecimento da bomba P2 flui na seção de percurso à esquerda através da porta P2 de C/V (2) e é
captada pelo circuito de derivação e pelo circuito paralelo. Consequentemente, o carretel do braço é comutado
e empurra e abre a válvula de retenção de carga LCa através do circuito paralelo e flui no carretel do braço.
2. Por outro lado, o óleo fornecido pela bomba P1 flui na porta P1 de C/V (2), e flui na passagem paralela à direita
do percurso pela seção reta do percurso. Então, como o carretel do braço 2 foi comutado, o óleo de fornecimento
abre a válvula de retenção de carga LCAT2 e conflui com o óleo fornecido pela bomba P2 na seção da válvula, e
flui na lateral do cabeçote do cilindro do braço (H) Aa através da porta de C/V (2).
3. O óleo de retorno da lateral do cilindro do braço (R) flui na porta Ba de C/V (2) e flui para a válvula de bloqueio
do braço CRar, mas, como a válvula de bloqueio do braço CRar está aberto, o óleo de retorno passa pela válvula
de bloqueio do braço CRar e flui no carretel do braço 2.
4. O óleo de retorno retorna diretamente para o tanque, pois o carretel do braço 2 é alternado para posição de corte.
Posição do carretel do braço 2

TULI12ECX3272AA 4

Circuito do braço: Operação de retração do braço (carga pesada), função de confluência


e de recirculação do braço

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 105
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 106
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0329JA 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 107
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 108
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Esta seção descreve as seguintes operações


1. Circuito piloto da extensão do braço
2. Circuito principal de confluência de 2 bombas de extensão do braço
3. Proteção contra queda natural com a válvula de travamento do braço

Circuito piloto da extensão do braço

Operação:
1. Quando a operação do braço estendido for executada, a pressão proporcional piloto secundária sai do pórtico
8 da válvula piloto esquerda (9) e atua sobre o sensor de pressão baixa (SE- 8). Ao mesmo tempo, o óleo se
bifurca em dois fluxos e atua sobre as portas PBa1 e PBa2 de C/V (2).
2. A pressão secundária proporcional operacional que flui na porta PBa1 de C/V (2) liga o carretel do braço 1.
3. Em seguida, a pressão secundária operacional que flui na porta PBa2 de C/V (2) comuta a válvula do carretel do
braço 2.

Circuito principal de confluência de 2 bombas de extensão do braço

Motivo:
Aceleração da operação de extensão do braço.

Princípio:
O óleo suprido pela bomba P1 conflui com o óleo suprido pela bomba P2 em C/V (2).

Operação:
1. O óleo suprido pela bomba P1 abre a válvula de retenção de carga (LCAT2), comutando o carretel do braço 2 e
conflui com o óleo suprido pela bomba P2 logo antes da válvula de travamento do braço.
2. E, o óleo de fornecimento da bomba P2 flui pelo carretel do braço 1 e conflui com o óleo de distribuição P1, abre
a válvula de bloqueio da válvula de retenção do braço CRar com fluxo livre e flui na lateral da haste do cilindro do
braço (R) através da porta Ba de C/V (2).
3. Por outro lado, o óleo de retorno da lateral do cilindro do braço (H) flui na porta Aa e retorna ao tanque através
do carretel do braço 1 e carretel do braço 2.
A linha de retorno que não passa pela válvula de retenção de reforço é usada para este circuito de retorno para
reduzir a perda de pressão.

Proteção contra queda natural com a válvula de travamento do braço

Motivo:
Para evitar que o braço caia naturalmente com o peso do braço de da caçamba.

Princípio:
Assentamento completo do circuito de retorno contra o carretel do braço do circuito do lado do cilindro do braço (R).

Operação:
1. Quando a pressão secundária para a operação do braço desaparece e o cilindro do braço para, a pressão no
lado da haste (R) atravessa o seletor da válvula de travamento do pórtico Ba da C/V, atua a contrapressão na
válvula de travamento CRar e assenta a válvula de travamento.
2. Como o fluxo de óleo para o carretel do braço da válvula de travamento está completamente fechado, a queda
natural do braço devido a vazamentos de óleo pelo carretel do braço é evitada.

Circuito do braço: Operação de extensão do braço, função de confluência

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 109
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 110
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0334JA 6

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 111
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 112
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 12


[101086963]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito do braço
Esta seção descreve as seguintes operações.
1. Circuito piloto de operação do braço retraído, carga leve.
2. Circuito principal de recirculação/circuito principal de confluência interna do braço retraído, carga leve.

Circuito piloto de operação do braço retraído, carga leve

Motivo:
Aceleração e anti-cavitação quando o braço estiver com carga leve.

Princípio:
O óleo que retorna da haste do cilindro do braço (R) recircula variavelmente para o cabeçote (H) no braço do carretel
2 no C/V.

Operação:
1. Quando a operação de retração do braço for executada, a pressão proporcional piloto secundária sai do pórtico
4 da válvula piloto esquerda (9) e atua sobre o sensor de pressão baixa (SE-7).
Ao mesmo tempo, a pressão se bifurca em dois fluxos, atua sobre o pórtico PAa1 e o pórtico PLc2, muda o carretel
do braço e a válvula de travamento do braço CRar é liberada.
2. A tensão de saída pelo sensor de pressão baixa entra no controlador mechatro, é processada pelo sinal piloto e
sai em P1, P2, na válvula proporcional da bomba (PSV-P1), (PSV-P2) e na válvula proporcional inversa do braço
2 (PSV-A).
3. A pressão secundária da válvula proporcional piloto, que é reduzida pela válvula proporcional inversa do braço 2
(PSV-A), comuta o carretel do braço 2.

Circuito principal de recirculação/confluência interna do braço retraído, carga leve

Operação:
1. O óleo fornecido pela bomba P2 flui na seção esquerda de percurso através da porta P2 da C/V (2) e se bifurca
para o circuito de derivação e circuito paralelo, mas, como o carretel do braço 1 está comutado, o óleo suprido
que atravessa o circuito paralelo abre a válvula de retenção de carga LCa e flui para o carretel do braço 1.
2. Por outro lado, o óleo de fornecimento da bomba flui na porta P1 de P1 de C/V (2), e depois flui para a seção de
percurso reto e no trajeto paralelo à direita do percurso. Então, como o carretel do braço 2 foi comutado, o óleo
de fornecimento abre a válvula de retenção de carga LCAT2, passa pelo carretel do braço 2 e conflui com o óleo
fornecido pela bomba P2 na seção da válvula, e flui na lateral do cabeçote do cilindro do braço (H) Aa através da
porta de C/V (2).
3. O óleo de retorno da lateral do cilindro do braço (R) flui na porta Ba de C/V (2) e passa através da porta Ba, pois
a válvula de retenção do braço CRar é aberto e flui para o carretel do braço 2 através do carretel do braço 1.
4. Como o carretel do braço 2 é alternado para a posição de recirculação normal, causando restrição de passagem
ao tanque, o óleo de retorno da lateral do cilindro do braço (R) flui para a lateral do cilindro do braço (H).

• Como com carga leve a pressão no lado da haste do cilindro (R) é maior do que a do lado do cabeçote (H),
ele abre o carretel do braço 2 alojado na válvula de retenção e recircula no lado do cabeçote (H), resultando na
aceleração da operação de retração do braço com carga leve.

5. Controle de prevenção contra cavitação na operação de retração do braço.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 113
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

A corrente de comando entra na válvula proporcional solenoide do braço 2 pelo processamento do sinal da velo-
cidade E/G e pressão piloto do braço retraído, da mesmo forma, o carretel do braço 2 é comutado para a posição
neutra (prevenção contra cavitação), resultando na prevenção contra cavitação.
Posição do carretel do braço 2

TULI12ECX3270AA 1

Referência:
Na operação com carga leve de retração do braço (recir-
culação normal, confluência), quando a conexão na qual
o lado da bomba P1 é aplicada for operada, o caminho
de retração do metro do carretel do braço 2 fecha, resul-
tando na operação de fluxo único.

TULI12ECX3271AA 2

Circuito do braço: Operação de retração do braço (carga leve), função de recirculação do


braço e anti-cavitação

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 114
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX3309JA 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 115
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 116
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 13


[101086965]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito combinado
Esta seção descreve apenas a diferença da operação combinada.

Lança para cima/percurso, circuito piloto

Lança para cima/percurso, circuito principal

Lança para cima/percurso, circuito piloto

Operação
1. <Operação: Ponto diferente do circuito piloto da operação independente>
1. O controlador mechatro gera corrente de comando para a válvula proporcional do solenoide de prioridade de
percurso após o processamento de sinal, a válvula proporcional de solenoide gera pressão secundária e age
na porta PTb de C/V (2).
2. Então, a pressão da porta PTb comuta a válvula prioritária de percurso.

Lança para cima/percurso, circuito principal

Finalidade
Para garantir movimento de percurso reto durante a operação de percurso, mesmo se o acessório for operado.

Princípio
A ação de percurso e a ação da conexão são ativadas por bombas bastante diferentes.

Operação
1. O óleo fornecido pela bomba P1 flui através da porta P1 de C/V (2) e se ramifica no circuito paralelo P1 e no
carretel de prioridade de percurso.
O óleo fornecido pela bomba P2 flui através da porta P2 de C/V (2) e se ramifica no circuito paralelo P2 e no
carretel de prioridade de percurso.
2. O óleo fornecido que flui no circuito paralelo P1 de P1 abre a válvula de retenção CT1 e LCb e flui para o carretel
da lança, o que é exercido na operação de levantamento da lança.
O óleo suprido que flui para o carretel de percurso reto da bomba P1 abre a válvula de retenção CT2 por que o
carretel de percurso reto está comutado e flui no carretel de confluência da lança e é exercido na operação da
lança para cima com a confluência de óleo interno.
(Na operação de prioridade de percurso, o óleo suprido pela bomba P1 é exercido na operação da conexão.)
3. O óleo suprido que flui para o circuito tandem P2 da bomba P2 flui no carretel de percurso esquerdo para deslocar
para a esquerda.
O óleo suprido que flui para o carretel de prioridade de percurso da bomba P2 flui no carretel de percurso direito
por que o carretel de percurso reto está comutado e é exercido na operação de percurso direito.
(Na operação de prioridade de percurso, o óleo suprido pela bomba P2 é exercido na operação de percurso.)
4. No entanto, uma parte do fluxo é levada à restrição do entalhe do carretel de prioridade de percurso. A velocidade
das conexões como percurso, lança, etc. é ajustada pelo circuito de restrição.

Operação de lança para cima e percurso para a frente em 1ª velocidade, função de priori-
dade de percurso.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 117
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 118
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0339JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 119
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 120
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Nesta seção, a operação independente foi omitida e descreve a diferença da operação combinada.

Giro/retração do braço, carga leve, circuito piloto

Giro/retração do braço, circuito principal de prioridade de giro

Giro/retração do braço, carga leve, circuito piloto

Operação
1. Durante a operação, o giro (esquerda) e a retração do braço se movem ao mesmo tempo, o controlador mechatro
gera corrente de comando para a válvula proporcional solenoide de prioridade de percurso ( PSV-C) e para a
válvula proporcional inversa do solenoide do braço 2, de acordo com o processamento de sinal, e essa válvula
proporcional gera pressão secundária, que atua na porta PTb e na porta PAa2 de C/V (2).
2. A pressão da porta PTb aciona o carretel de prioridade de percurso, de acordo com a pressão piloto secundária,
e a pressão da porta PAa2 aciona o carretel do braço 2 para a posição de recirculação forçada.

Giro/retração do braço, circuito principal de prioridade de giro

Finalidade
Velocidade estável de giro.

Princípio
Elevar a pressão do óleo que flui para o cilindro do braço e dar a prioridade da distribuição da bomba P2 para a
operação de giro.

Operação
1. O circuito principal de giro opera com o fluxo da bomba P2. Mas, no lado do circuito da bomba P2, o fluxo vai para
o circuito de giro e circuito do braço simultaneamente por que o circuito de giro e circuito do braço são paralelos.
O carretel do braço 2 é ligado à posição de recirculação forçada e a abertura de medição de saída não está lá,
então a pressão de óleo de retorno é elevada, causando aumento da pressão do circuito no cabeçote do cilindro
do braço H.
2. Ao mesmo tempo, o metro do carretel 2 do braço se fecha e o braço em confluência, portanto, é cancelado e o
óleo suprido da bomba P2 e bomba P1 se combina no circuito paralelo no lado da bomba P2 por que o carretel
de percurso reto estava comutado.
A confluência do óleo suprido de P1 e P2 com alta pressão flui no lado do giro, tendo prioridade sobre todos os
outros.
Esta operação é chamada de "Circuito de prioridade de giro".

Posição do carretel do braço 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 121
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX3269AA_PTBR 2

Operação de giro/retração do braço, função de prioridade de giro

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 122
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0344JA 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 123
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 124
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 13


[101086967]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito combinado
Esta seção descreve apenas a diferença da operação combinada.

Lança para cima/percurso, circuito piloto

Lança para cima/percurso, circuito principal

Lança para cima/percurso, circuito piloto

Operação
Ponto diferente do circuito piloto da operação independente
1. O controlador mechatro gera corrente de comando para a válvula proporcional do solenoide de prioridade de
percurso após o processamento de sinal, a válvula proporcional de solenoide gera pressão secundária e age na
porta PTb de C/V (2).
2. Então, a pressão da porta PTb comuta a válvula prioritária de percurso.

Lança para cima/percurso, circuito principal

Finalidade
Para garantir movimento de percurso reto durante a operação de percurso, mesmo se o acessório for operado.

Princípio
A ação de percurso e a ação da conexão são ativadas por bombas bastante diferentes.

Operação
1. O óleo fornecido pela bomba P1 flui através da porta P1 de C/V (2) e se ramifica no circuito paralelo P1 e no
carretel de prioridade de percurso.
O óleo fornecido pela bomba P2 flui através da porta P2 de C/V (2) e se ramifica no circuito paralelo P2 e no
carretel de prioridade de percurso.
2. O óleo fornecido que flui no circuito paralelo P1 de P1 abre a válvula de retenção CT1 e LCb e flui para o carretel
da lança, o que é exercido na operação de levantamento da lança.
O óleo suprido que flui para o carretel de percurso reto da bomba P1 abre a válvula de retenção CT2 por que o
carretel de percurso reto está comutado e flui no carretel de confluência da lança e é exercido na operação da
lança para cima com a confluência de óleo interno.
(Na operação de prioridade de percurso, o óleo suprido pela bomba P1 é exercido na operação da conexão.)
3. O óleo suprido que flui para o circuito tandem P2 da bomba P2 flui no carretel de percurso esquerdo para deslocar
para a esquerda.
O óleo suprido que flui para o carretel de prioridade de percurso da bomba P2 flui no carretel de percurso direito
por que o carretel de percurso reto está comutado e é exercido na operação de percurso direito.
(Na operação de prioridade de percurso, o óleo suprido pela bomba P2 é exercido na operação de percurso.)
4. No entanto, uma parte do fluxo é levada à restrição do entalhe do carretel de prioridade de percurso. A velocidade
das conexões como percurso, lança, etc. é ajustada pelo circuito de restrição.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 125
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Operação de lança para cima e percurso para a frente em 1ª velocidade, função de prioridade de percurso.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 126
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0339JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 127
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 128
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Nesta seção, a operação independente foi omitida e descreve a diferença da operação combinada.

Giro/retração do braço, carga leve, circuito piloto

Giro/retração do braço, circuito principal de prioridade de giro

Giro/retração do braço, carga leve, circuito piloto

Operação
1. Durante a operação, o giro (esquerda) e a retração do braço se movem ao mesmo tempo, o controlador mechatro
gera corrente de comando para a válvula proporcional solenoide de prioridade de percurso ( PSV-C) e para a
válvula proporcional inversa do solenoide do braço 2, de acordo com o processamento de sinal, e essa válvula
proporcional gera pressão secundária, que atua na porta PTb e na porta PAa2 de C/V (2).
2. A pressão da porta PTb aciona o carretel de prioridade de percurso, de acordo com a pressão piloto secundária,
e a pressão da porta PAa2 aciona o carretel do braço 2 para a posição de recirculação forçada.

Giro/retração do braço, circuito principal de prioridade de giro

Finalidade
Velocidade estável de giro.

Princípio
Elevar a pressão do óleo que flui para o cilindro do braço e dar a prioridade da distribuição da bomba P2 para a
operação de giro.

Operação
1. O circuito principal de giro opera com o fluxo da bomba P2. Mas, no lado do circuito da bomba P2, o fluxo vai para
o circuito de giro e circuito do braço simultaneamente por que o circuito de giro e circuito do braço são paralelos.
O carretel do braço 2 é ligado à posição de recirculação forçada e a abertura de medição de saída não está lá,
então a pressão de óleo de retorno é elevada, causando aumento da pressão do circuito no cabeçote do cilindro
do braço H.
2. Ao mesmo tempo, o metro do carretel 2 do braço se fecha e o braço em confluência, portanto, é cancelado e o
óleo suprido da bomba P2 e bomba P1 se combina no circuito paralelo no lado da bomba P2 por que o carretel
de percurso reto estava comutado.
A confluência do óleo suprido de P1 e P2 com alta pressão flui no lado do giro, tendo prioridade sobre todos os
outros.
Esta operação é chamada de "Circuito de prioridade de giro".

Posição do carretel do braço 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 129
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX3269AA_PTBR 2

Operação de giro/retração do braço, função de prioridade de giro

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 130
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0344JA 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 131
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 132
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 14


[101086969]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito de drenagem (liberação) da pressão


Esta seção descreve as seguintes operações:

1. Circuito piloto de liberação da pressão


2. Circuito principal de liberação da pressão

Circuito piloto de liberação da pressão

Motivo:
Para liberar a pressão do circuito principal para fazer reparos na tubulação.

Princípio:
Quando o modo é comutado para o “Modo de liberação de pressão” com o interruptor no agrupamento de
indicadores, o controlador mechatro supre os comandos a seguir.
1. Valor de comando de inclinação mínima para a válvula proporcional da bomba ( PSV-P1, PSV-P2).
2. “Válvula de comando de velocidade de controle de alívio da pressão” de saída na ECU. (Sistema elétrico).
3. Valor de comando de espera para P1, válvulas proporcionais de descarga P2.
Como comutar para o “Modo de liberação de pressão”
1. Selecione o modo de diagnóstico serviço 1.
(Mantenha pressionado o "INTERRUPTOR DE PARADA DA BUZINA" no conjunto do indicador, gire o inter-
ruptor de ignição "LIGADO".)
2. Selecione o modo de ajuste de serviço 1.
(Sob a condição de que "Tela nº 1" do "Modo de diagnóstico de serviço 1" seja exibido, mantenha pressionado
o "INTERRUPTOR DE PARADA DA BUZINA", pressione o "INTERRUPTOR DO MENU" 3 vezes. Quando
"MENU DE SERVIÇO" for exibido, usando o interruptor "PARA CIMA" ou "PARA BAIXO", selecione "AJUSTE
DE SERVIÇO 1". Pressione o interruptor "PRÓXIMO" para selecionar "AJUSTE DE SERVIÇO 1-2").
3. Utilizar o interruptor "PARA CIMA" ou "PARA BAIXO", e selecione "PRESSIONE DRENO".
Em seguida, pressione o interruptor, e o cursor apontará para "DESLIGADO".
4. Pressione o interruptor "PARA CIMA" para exibir "LIGAR", e pressione o interruptor "MENU".
5. A tela do conjunto do indicador muda para tela comum, e “DRAINING HYD. PRESS” (Drenando pressão hi-
dráulica) é exibido.

Operação:
1. A válvula proporcional da bomba reduz o fluxo da bomba para o mínimo.
2. Válvulas proporcionais de descarga ( PSV-D, PSV-B) geram pressão secundária e a pressão secundária flui nas
portas PCb, PCa de C/V (2) e aciona as válvulas de descarga P1, P2 para a posição "ABERTA".

Circuito principal de liberação da pressão


NOTA: Antes de realizar a liberação da pressão hidráulica, certifique-se de colocar uma caçamba no solo.

Operação:
1. Quando a alavanca de operação é movida para neutro durante a operação do motor, será exibido “DRENANDO
PRESS, HIDR.” no agrupamento de indicadores, enquanto que o interruptor de modo muda para o modo de alívio
de pressão.
Durante este tempo, a cigarra intermitente soa continuamente. Quando as alavancas de comando à direita e à
esquerda são operados 4 ou 5 vezes para seu curso, a pressão é aliviada.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 133
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Quando a drenagem da pressão for concluída, desligue a chave de ignição e o som do alarme vibratório será
interrompido. Se a pressão da bomba for determinada como mais de 1 MPa (145 psi) pelo valor de saída do
sensor de alta pressão ( SE 22, SE 23) (ou os sensores de alta pressão estiverem quebrados), “FAIL DRAIN
HYD. PRESS” será exibido e o alarme vibratório soará continuamente. Neste caso, a buzina também não para
até que a chave de ignição do motor seja “DESLIGADA”. Repita o procedimento de alívio de pressão mais uma
vez.

Sistema Hidráulico:
2. Se as válvulas de descarga forem giradas para a posição de liberação de pressão, o óleo suprido por cada bomba
será descarregado para a passagem do tanque. Se os carretéis forem comutados para a operação piloto, a
pressão remanescente dos atuadores poderá ser aliviada para o circuito do tanque, isto é, a pressão do circuito
principal pode ser liberada.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 134
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito de drenagem (liberação de pressão): no modo de alívio de pressão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 135
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 136
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0349JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 137
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 138
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 14


[101086971]
CX220C Modelo padrão LA

Circuito de drenagem (liberação) da pressão


Esta seção descreve as seguintes operações:

1. Circuito piloto de liberação da pressão


2. Circuito principal de liberação da pressão

Circuito piloto de liberação da pressão

Finalidade
Para liberar a pressão do circuito principal para fazer reparos na tubulação.

Princípio
Quando o modo é comutado para o “Modo de liberação de pressão” com o interruptor no agrupamento de
indicadores, o controlador mechatro supre os comandos a seguir.
1. Valor de comando de inclinação mínima para a válvula proporcional da bomba ( PSV-P1, PSV-P2).
2. “Válvula de comando de velocidade de controle de alívio da pressão” de saída na ECU. (Sistema elétrico).
3. Valor de comando de espera para P1, válvulas proporcionais de descarga P2.
Como comutar para o “Modo de liberação de pressão”
1. Selecione o modo de diagnóstico serviço 1.
(Mantenha pressionado o "INTERRUPTOR DE PARADA DA BUZINA" no conjunto do indicador, gire o inter-
ruptor de ignição "LIGADO".)
2. Selecione o modo de ajuste de serviço 1.
(Sob a condição de que "Tela nº 1" do "Modo de diagnóstico de serviço 1" seja exibido, mantenha pressionado
o "INTERRUPTOR DE PARADA DA BUZINA", pressione o "INTERRUPTOR DO MENU" 3 vezes. Quando
"MENU DE SERVIÇO" for exibido, usando o interruptor "PARA CIMA" ou "PARA BAIXO", selecione "AJUSTE
DE SERVIÇO 1". Pressione o interruptor "PRÓXIMO" para selecionar "AJUSTE DE SERVIÇO 1-2").
3. Utilizar o interruptor "PARA CIMA" ou "PARA BAIXO", e selecione "PRESSIONE DRENO".
Em seguida, pressione o interruptor, e o cursor apontará para "DESLIGADO".
4. Pressione o interruptor "PARA CIMA" para exibir "LIGAR", e pressione o interruptor "MENU".
5. A tela do conjunto do indicador muda para tela comum, e “DRAINING HYD. PRESS” (Drenando pressão hi-
dráulica) é exibido.

Operação
1. A válvula proporcional da bomba reduz o fluxo da bomba para o mínimo.
2. Válvulas proporcionais de descarga ( PSV-D, PSV-B) geram pressão secundária e a pressão secundária flui nas
portas PCb, PCa de C/V (2) e aciona as válvulas de descarga P1, P2 para a posição "ABERTA".

Circuito principal de liberação da pressão


NOTA: Antes de realizar a liberação da pressão hidráulica, certifique-se de colocar uma caçamba no solo.

Operação
1. Quando a alavanca de operação é movida para neutro durante a operação do motor, será exibido “DRENANDO
PRESS, HIDR.” no agrupamento de indicadores, enquanto que o interruptor de modo muda para o modo de alívio
de pressão.
Durante este tempo, a cigarra intermitente soa continuamente. Quando as alavancas de comando à direita e à
esquerda são operados 4 ou 5 vezes para seu curso, a pressão é aliviada.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 139
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Quando a drenagem da pressão for concluída, desligue a chave de ignição e o som do alarme vibratório será
interrompido. Se a pressão da bomba for determinada como mais de 1 MPa (145 psi) pelo valor de saída do
sensor de alta pressão ( SE 22, SE 23) (ou os sensores de alta pressão estiverem quebrados), “FAIL DRAIN
HYD. PRESS” será exibido e o alarme vibratório soará continuamente. Neste caso, a buzina também não para
até que a chave de ignição do motor seja “DESLIGADA”. Repita o procedimento de alívio de pressão mais uma
vez.

Hidráulica
2. Se as válvulas de descarga forem giradas para a posição de liberação de pressão, o óleo suprido por cada bomba
será descarregado para a passagem do tanque. Se os carretéis forem comutados para a operação piloto, a
pressão remanescente dos atuadores poderá ser aliviada para o circuito do tanque, isto é, a pressão do circuito
principal pode ser liberada.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 140
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Circuito de drenagem (liberação de pressão): no modo de alívio de pressão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 141
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 142
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

TULI12ECX0349JA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 143
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 144
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Preparar [101244947]


CX220C Modelo padrão LA

Operações preliminares
1. Os componentes hidráulicos são produtos de precisão
e têm folgas pequenas. Portanto, montar e desmontar
em um local limpo e sem poeira. Usar ferramentas
limpas e óleo de limpeza e manusear os componentes
com o máximo de cuidado.
2. Se um componente for removido do corpo principal,
limpar a área ao redor dos pórticos cuidadosamente
e tampá-los de modo que não entre poeira e água. Ao
encaixá-los de volta no corpo, não remover os bujões
até que a tubulação esteja completa.
3. Estudar o desenho da estrutura antes de iniciar o traba-
lho e preparar as peças necessárias de acordo com o
seu objetivo e o escopo do trabalho. Vedações e anéis
O-ring quando removidos, não podem ser reutilizados.
4. O pistão e o bloco do cilindro são encaixados na fábrica
quando novos. Se você tiver a intenção de reutilizá-los,
colocar uma marca no pistão e no bloco do cilindro.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 145
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Desmontar [100895681]


CX220C Modelo padrão LA

Desmontagem do cilindro da caçamba


O procedimento de desmontagem abaixo começa com
base no princípio de que as tubulações hidráulicas e a
linha que prendem as faixas foram removidas.
NOTA: Massa do cilindro da caçamba: 153 kg (337 lb).
1. Levante e coloque com segurança o cilindro em uma
bancada usando um guindaste.
Certifique-se de que o cilindro seja colocado horizon-
talmente. Drene o óleo hidráulico do cilindro.
2. Estenda totalmente a haste do cilindro (11). Prenda a
extremidade da haste usando um guindaste. Remova
os parafusos de soquete (8) do cabeçote do cilindro
(7).

: 14 mm (0.55 in)
IMPORTANTE: Certifique-se de extrair a haste do cilindro
(11) em linha reta para não danificar as superfícies desli-
zantes.
3. Puxe para fora o cabeçote do cilindro (7) do tubo do
cilindro (12), batendo com um martelo de plástico.
4. Prenda a haste do cilindro (11). Coloque as marcas
de correspondência entre a haste do cilindro (11) e a
porca (24).
5. Remova o parafuso fixador (22) e a esfera de aço (23).

: 10 mm (0.39 in)
NOTA: Corte sua parte um cogumelo com uma furadeira
em primeiro lugar, pois o parafuso fixador foi espalhado
com um punção e um martelo em dois lugares depois de
ter sido parafusado.
6. Solte a porca (24). Remova o pistão (15), o calço (21)
e o rolamento do assento. Soquete para soltar a porca
(24):
Cilindro da caçamba: 90 mm (3.54 in)
7. Remova o anel de vedação (17), os anéis de desliza-
mento (19) e (20), o anel O-ring (18) e os anéis de re-
serva (16) do pistão (15).
8. Remova o cabeçote do cilindro (7) da haste do cilindro
(11).
9. Remova os anéis O-ring (10), os anéis de reserva (9)
e (2) do cabeçote do cilindro (7) e, em seguida, retire o
anel raspador (1), a vedação (3), o anel do buffer (4),
o anel elástico (6)e a bucha (5).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 146
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Medida [100895783]


CX220C Modelo padrão LA

Velocidade do giro
Finalidade
Meça o tempo de oscilação e confirme o desempenho
entre a bomba hidráulica e motor de giro do sistema de
acionamento do motor.
Condições
Temperatura do óleo hidráulico: 45 - 55 °C (113 -
131 °F)
Revolução do motor em solo firme e nivelado: marcha
lenta alta
Preparação
Coloque a caçamba vazia e estenda a barra, braço e o
cilindro da barra completamente.
E a máquina vai para a posição de alcance mínimo.
Medição
Mova a máquina levando a alavanca de giro para o
seu curso total. Meça o tempo requerido para fazer
duas voltas após a volta preliminar e calcule o tempo
requerido para uma volta.

TULI12ECX0447AA 1

Velocidade do giro
Valor referência para
Posição de Medida Valor padrão Limite de serviço
concerto
Velocidade do giro em
4.2 - 5.4 RPM 5.4 - 6.9 RPM 7.2 RPM
alcance mínimo

Desempenho do freio de giro


Finalidade

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 147
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Confirme o desempenho do torque do freio pela válvula


de alívio oscilante.
Condições
Temperatura do óleo hidráulico: 45 - 55 °C (113 -
131 °F)
Revolução do motor em solo firme e nivelado: marcha
lenta alta
Preparação
1. Coloque a caçamba vazia, retraia o cilindro do
braço completamente e estenda o cilindro da ca-
çamba completamente. E mova a barra para que
os pinos da parte superior fiquem posicionados na
mesma altura do pino da base da lança. TULI12ECX0448AA_PTBR 2
2. Coloque uma marca de par na circunferência ex-
terna do rolamento oscilante da lateral da estrutura
superior da lateral da estrutura da esteira. Coloque
dois polos (marcos) na parte traseira e dianteira da
linha estendida da marca par.
Medição
1. Quando operar na velocidade normal do giro, a
troca da alavanca para a posição neutra na posi-
ção polo a operação de oscilação para.
2. Calcule o ângulo de desvio da oscilação seguindo a
seguinte equação, depois que a oscilação do corpo
superior para, usando a quantidade de deflexão (m)
das marcas par na pista de oscilação e o compri-
mento da circunferência da pista de oscilação:

TULI12ECX0449AA_PTBR 3

Ângulo de desvio da = Quantidade de deflexão das marcas par [m (ft-in)]


x 360°
oscilação (°) Comprimento de pista de circunferência da pista de giro [m (pés-pol.)]

Desempenho de freio de giro


Valor referência para
Posição de Medida Valor padrão Limite de serviço
concerto
Oscilação de 180° 75° ou menos 85° 90°

Desempenho do freio de estacionamento oscilante


Finalidade
Confirme o desempenho mecânico do freio de estacio-
namento oscilante que está instalado dentro do motor
de giro.
Condições
Em um declive de 15° de inclinação.
Pare a máquina nos ângulos retos com a inclinação.
Coloque a caçamba vazia, retraia o cilindro do braço
completamente e estenda o cilindro da caçamba com-
pletamente. E mova a barra para que os pinos da parte
superior fiquem posicionados na mesma altura do pino
da base da lança.

TULI12ECX0450AA 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 148
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Preparação
Coloque um transferidor na placa da sapata e confirme
que ela forma um ângulo com mais de 15°.
Coloque uma marca par na lateral interna da pista e na
lateral externa da pista.
Medição
Depois de 5 min que o motor parar, meça o compri-
mento do movimento das marcas de par.

TULI12ECX0451AA 5

Desempenho do freio de giro do desempenho


Valor referência para
Posição de Medida Valor padrão Limite de serviço
concerto
C 0 mm (0 in)/ 5 min 1 mm (0.04 in)/ 5 min 2 mm (0.08 in)/ 5 min

Taxa de dreno do motor de giro


Finalidade
Meça a taxa de dreno do motor de giro e confirme o
desempenho do motor de giro.
Condições
Temperatura do óleo hidráulico: 45 - 55 °C (113 -
131 °F)
Revolução do motor em solo firme e nivelado: marcha
lenta alta
Preparação
1. Desligue o motor.
2. Libere pressão do interior do circuito hidráulico.
3. Desconecte a mangueira de dreno do motor de
giro de sua extremidade retornando ao tanque de
óleo hidráulico e coloque o óleo em um recipiente.
4. Coloque um bujão na lateral do tanque.
Medida na trava do percurso
1. Dê partida no motor e coloque as superfícies da
caçamba voltadas para o interior da placa da sa-
pata esquerda.
2. Libere o motor de giro no curso total do movimento
oscilatório.
3. Colete a quantidade de óleo drenado em um reci-
piente por 30 s.

TULI12ECX0452B 6

Taxa de dreno do motor de giro


Valor referência para
Posição de Medida Valor padrão Limite de serviço
concerto
Taxa de dreno 2.1 l (0.55 US gal)/ 30 min 5.2 l (1.4 US gal)/ 30 min 6.2 l (1.6 US gal)/ 30 min

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 149
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instalar [100895789]


CX220C Modelo padrão LA

Instalação do cilindro do posicionador


NOTA: Peso do cilindro do posicionador: 220 kg (485 lb).
1. Usando um guincho, alinhe o furo do cilindro do posi-
cionador com o furo do pino do posicionador no suporte
da ponta de lança.
2. Instale os calços de ajuste (14), o pino (13), instale
o parafuso (12) no pino (13) e aperte as porcas de
pressão (11).
: 24 mm (0.94 in)
: 147 - 201 N·m (108 - 148.2 lb ft)
3. Conecte as mangueiras de lubrificação (10) e as man-
gueiras (8) e (9) ao cilindro do posicionador.
: 10 mm (0.39 in)
: 78 - 88 N·m (57.5 - 64.9 lb ft)
: 36 mm (1.42 in)
: 177 N·m (130.5 lb ft)
TULI12ECX2055AB 1

NOTA: Encha o tanque de óleo hidráulico com óleo hidráu-


lico até o nível especificado. Faça o motor funcionar em
marcha lenta. Verifique as conexões das mangueiras para
ver se há vazamento de óleo.
4. Levante levemente o cilindro do posicionador e alinhe
a haste do cilindro do posicionador com o furo do pino
no braço.
NOTA: Para fácil alinhamento, dê partida no motor e use
a alavanca de controle do braço.
5. Instale os calços de ajuste (7), o pino (6), instale o
parafuso (5) no pino (6) e aperte as porcas de pressão
(4). TULI12ECX2056AB 2
: 24 mm (0.94 in)
: 147 N·m (108 lb ft)
NOTA: Efetue a sangria do ar do circuito hidráulico.

TULI12ECX2052AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 150
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instalar [100895798]


CX220C Modelo padrão LA

Instalação do cilindro da caçamba


NOTA: Peso do cilindro da caçamba: 153 kg (337 lb).
1. Conecte o cilindro da caçamba (1) a um guindaste
usando uma correia de amarra.
Alinhe o orifício do cilindro da caçamba com o orifício
do pino no suporte de ponta do braço.
2. Instale os calços de ajuste (12) e insira o pino (11).
Instale o parafuso (10) e aperte as porcas de pressão
(1).
: 24 mm (0.9 in)
: 132 - 162 N·m (97 - 119 lb ft)
3. Conecte as duas mangueiras (8) ao cilindro da ca-
çamba (1).

: 10 mm (1.4 in)
: 78 - 88 N·m (58 - 65 lb ft)
: 36 mm (1 in)
: 159 - 195 N·m (117 - 144 lb ft)
NOTA: Encha o tanque de óleo hidráulico com óleo hidráu-
lico até o nível especificado. Faça o motor funcionar em
marcha lenta. Verifique as conexões das mangueiras para
ver se há vazamento de óleo.

TULI12ECX2034BB 1

4. Alinhe a haste do cilindro da caçamba com as articula-


ções da caçamba (13) e (14).
Instale os calços (7) e o pino (6).
NOTA: Para fácil alinhamento, dê partida no motor e use
a alavanca de controle do braço.
5. Instale o parafuso (5) no pino (6), depois aperte as
porcas de pressão (4).
: 24 mm (0.9 in)
132 - 162 N·m (97 - 119 lb ft)
IMPORTANTE: Se a articulação (13) tiver sido desconec-
tada do braço, certifique-se de inserir os calços (7) ao co- TULI12ECX2035AB 2
nectá-la. Efetue a sangria do ar do circuito hidráulico.
6. Conecte as mangueiras de lubrificação.

: 17 mm (0.7 in)
: 20 N·m (14.8 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 151
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Desmontar [100895819]


CX220C Modelo padrão LA

Desmontagem dos cilindros da lança


Certifique-se de ter lido todas as precauções para tra-
balho em preparação , no link Sistemas hidráulicos -
Preparar (35.000) antes de iniciar o procedimento de
desmontagem.
O procedimento de desmontagem abaixo começa com
base no princípio de que as tubulações hidráulicas e a
linha que prendem as faixas foram removidas.
NOTA: Massa do cilindro da lança: 176 kg (388.014 lb)
1. Levante e coloque com segurança o cilindro em uma
bancada usando um guindaste. Certifique-se de que
o cilindro seja colocado horizontalmente. Drene o óleo
hidráulico do cilindro.
2. Estenda totalmente a haste do cilindro (11). Prenda a
extremidade da haste usando um guindaste. Remova
os parafusos de soquete (8) do cabeçote do cilindro
(7).
: 14 mm (0.55 in)
IMPORTANTE: Certifique-se de extrair a haste do cilindro
(11) em linha reta para não danificar as superfícies desli-
zantes.
3. Puxe para fora o cabeçote do cilindro (7) do tubo do
cilindro (12), batendo com um martelo de plástico.
4. Prenda a haste do cilindro (11). Coloque as marcas
de correspondência entre a haste do cilindro (11) e a
porca (24).
5. Remova o parafuso fixador (22) e a esfera de aço (23).
: 10 mm (0.39 in)
NOTA: Corte sua parte um cogumelo com uma furadeira
em primeiro lugar, pois o parafuso fixador foi espalhado
com um punção e um martelo em dois lugares depois de
ter sido parafusado.
6. Solte a porca (24) com a ferramenta especial. Remova
o pistão (15), o calço (21) e o rolamento do assento
(13).
Soquete para soltar a porca (24):
– Cilindro da lança: 90 mm (3.5 in)
7. Remova o anel de vedação (17), os anéis de desliza-
mento (19) e (20), o anel O-ring (18) e os anéis de re-
serva (16) do pistão (15).
8. Remova o cabeçote do cilindro (7) da haste do cilindro
(11).
9. Remova os anéis O-ring (10), os anéis de reserva (9)
e (2) do cabeçote do cilindro (7) e, em seguida, retire o
anel raspador (1), a vedação (3), o anel do buffer (4),
o anel elástico (6)e a bucha (5).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 152
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Remoção [100895822]


CX220C Modelo padrão LA

IMPORTANTE: Possíveis vazamentos de fluido sob pres-


são podem penetrar na pele, resultando em ferimentos
graves. Para evitar esse risco, libere a pressão residual
antes de desconectar os tubos hidráulicos ou qualquer ou-
tro tubo. Pressione a válvula localizada no tanque de óleo
hidráulico para efetuar a sangria da pressão residual presa
dentro do tanque.
O óleo hidráulico, no final de um turno de trabalho, pode
estar muito quente e causar, se vazado, possíveis queima-
duras graves.
Antes de iniciar qualquer intervenção, certifique-se de que
o óleo e os componentes tenham resfriado.
Certifique-se sempre de que os ganchos e correntes usa-
dos para levantar estejam em boas condições e adequa-
dos para a carga esperada.
Fragmentos metálicos podem voar quando um martelo for
usado para remover os pinos. Certifique-se de usar prote-
ção necessária.

Remoção do cilindro da caçamba


1. Estacione a máquina em um terreno firme e nivelado.
Posicione o acessório dianteiro, conforme mostrado na
figura, e abaixe a caçamba até o solo.
2. Pressione a válvula localizada no tanque de óleo hi-
dráulico para efetuar a sangria da pressão residual
dentro do tanque em si.
3. Desconecte as mangueiras de lubrificação.
: 17 mm (0.7 in)

TULI12ECX2098AB 1

4. Insira o bloco de madeira (3) entre o cilindro da ca-


çamba (1) e o braço (2).
5. Complete a sangria da pressão residual do sistema
hidráulico, consultando o "Procedimento para sangria
da pressão do sistema hidráulico" na página Módulos
eletrônicos - Configurar (55.640) .
AVISO: A extremidade do pino (6) da articulação cairá
quando o pino for removido, possivelmente resultando em
lesões pessoais. Certifique-se de prender o elo usando
um fio antes de remover o pino (6).

TULI12ECX2099AB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 153
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

6. Solte as porcas de pressão (4) e remova o parafuso


(5). Retire o pino (6) com a ajuda de um macete e uma
barra, de modo que a extremidade do cilindro fique livre
e, em seguida, remova os calços de ajuste (7).
: 24 mm (0.9 in)

TULI12ECX2100AB 3

7. Desconecte as mangueiras (8) do cilindro da caçamba


(1).
: 10 mm (0.4 in)
: 36 mm (1.4 in)
Coloque os bujões nos tubos e mangueiras do cilindro.
8. Usando um guincho, levante um pouco o cilindro da
caçamba (1). Solte as porcas de pressão (9), remova
o parafuso (10) e retire o pino (11) com a ajuda de um
macete e uma barra, de modo que a extremidade do
cilindro fique livre e, em seguida, remova os calços de
ajuste (12).
: 24 mm (0.9 in)
9. Remova o cilindro da caçamba (1).

TULI12ECX2623BB 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 154
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Remoção [100895841]


CX220C Modelo padrão LA

NOTA: Fixar etiquetas ou rótulos nas mangueiras e adap-


tadores para auxiliar na montagem.
1. Remova o tubo (5) e (6) ( PF 1/2).

: 27 mm (1.06 in)
: 73.5 - 83.5 N·m (54.2 - 61.6 lb ft)
2. Retire os tubos (1) e (7) ( PF 1).

: 36 mm (1.42 in)
: 159 - 195 N·m (117 - 144 lb ft)
3. Retire os tubos (2) e (8) ( PF 1).

: 36 mm (1.42 in)
: 159 - 195 N·m (117 - 144 lb ft)
4. Retire os tubos (3) e (4) ( PF 1/4).

: 19 mm (0.75 in)
: 24.4 - 34.4 N·m (18.0 - 25.4 lb ft)

TULI12ECX1774FB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 155
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

5. Remova a mangueira de dreno (2).

: 27 mm (1.06 in)
: 73.5 - 83.5 N·m (54.2 - 61.6 lb ft)
6. Remova as mangueiras (4) e (6).

: 36 mm (1.42 in)
: 159 - 195 N·m (117.3 - 143.8 lb ft)
7. Remova as mangueiras (1) e (3).

: 36 mm (1.42 in)
: 159 - 195 N·m (117.3 - 143.8 lb ft)
8. Remova a mangueira (5).

: 19 mm (0.75 in)
: 24.4 - 34.4 N·m (18.0 - 25.4 lb ft)

TULI12ECX1777BC 2

9. Solte a porca do batente (7) M20 da junta giratória e


remova o parafuso (8) M20 X 120.

: 36 mm (1.42 in)
: 157 N·m (115.8 lb ft)

TULI12ECX1778AB 3

10. Remova os dois adaptadores (9) e (10).

: 19 mm (0.75 in)
: 36 N·m (26.6 lb ft)

TULI12ECX1779AB 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 156
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

11. Retire os seis parafusos (2) M10 X 25.

: 19 mm (0.75 in)
: 14.7 N·m (10.8 lb ft)
12. Retire a presilha (1).

: 6.8 N·m (5.0 lb ft)


13. Remova a vedação (4).
13. Remova a vedação (3) do flange (4).

TULI12ECX1782AB 5

14. Fixe o parafuso de olhal (5), levantá-lo temporaria-


mente e remover os três parafusos (6) M12 X 35.

: 19 mm (0.75 in)
: 108 N·m (79.7 lb ft)
NOTA: Peso da junta articulada: 31 kg (68.3 lb).

TULI12ECX1783BB 6

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 157
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Remoção [100895846]


CX220C Modelo padrão LA

1. Remover a mangueira (1) do T do pórtico M de com-


pensação M.
: 36 mm (1.4 in)
2. Remova as mangueiras (2) e (3) do T na porta do dreno
Dr
: 27 mm (1.1 in)
3. Remover as mangueiras (4) e (5) dos cotovelos dos
pórticos Ae B.

• : 36 mm (1.4 in)

TULI12ECX2165AB 1

4. Remover a mangueira (6) do cotovelo do pórtico PG.


: 19 mm (0.7 in)
5. Conectar nos bujões nos pórticos abertos na unidade
do motor de giro.
6. Remova a unidade do motor de giro, soltando os para-
fusos ( (7) Qtd. 13).
: 30 mm (1.2 in)
7. Remover a tampa plástica (8) M12 na parte superior
do motor de giro e instalar o parafuso de olhal de ele-
vação.
TULI12ECX2166AB 2
: 36 mm (1.4 in)

8. Coloque uma amarra e remova a unidade de giro.


NOTA: Peso da unidade de giro: 185.5 kg (409 lb).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 158
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Remoção [100895852]


CX220C Modelo padrão LA

Remoção do cilindro do posicionador


1. Insira um bloco de madeira (3) entre o cilindro do posi-
cionador (1) e a lança (2).
2. Pressione a válvula localizada no tanque de óleo hi-
dráulico para efetuar a sangria da pressão residual
dentro do tanque em si.
Complete a sangria da pressão residual do sistema hi-
dráulico, consultando o "Procedimento para sangria da
pressão do sistema hidráulico" em Módulos eletrôni-
cos - Configurar (55.640) .

TULI12ECX2051AB 1

3. Solte as porcas de pressão (4), remova o parafuso (5)


e retire o pino (6) com a ajuda de um macete e uma
barra, de modo que a extremidade do cilindro fique livre
e, em seguida, remova os calços de ajuste (7).

: 24 mm (0.945 in)
4. Desconecte as mangueiras (8) e (9) do cilindro do
braço. Coloque os bujões nos tubos e mangueiras do
cilindro.
: 10 mm (0.39 in)

: 36 mm (1.42 in)
TULI12ECX2052AB 2

5. Desconecte a mangueira de lubrificação (10).

: 17 mm (0.67 in)
NOTA: Peso do cilindro do posicionador: 220 kg
(485.02 lb).

TULI12ECX2053AC 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 159
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

6. Usando um guincho, levante um pouco o cilindro do


posicionador (1). Solte as porcas de pressão (11), re-
mova o parafuso (12) e retire o pino (13) com a ajuda
de um macete e uma barra, de modo que a extremi-
dade do cilindro fique livre e, em seguida, remova os
calços de ajuste (14).

: 24 mm (0.94 in)
7. Remova o cilindro do posicionador (1).

TULI12ECX2054AB 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 160
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instalar [100895864]


CX220C Modelo padrão LA

1. Limpe as superfícies correspondentes da unidade do


motor de giro e a estrutura superior.
2. Aplique FAG3 LOCTITE® em toda a superfície de mon-
tagem da unidade do motor de giro.
3. Colocar a unidade de giro na estrutura superior.
NOTA: Peso da unidade de giro: 185.5 kg (409 lb).
4. Remover os parafusos com olhal de elevação e o in-
sertos dos orifícios, as capas plásticas (8) M12, remo-
vidas anteriormente.
5. Fixe a unidade de giro à estrutura, apertando os para-
fusos (7) (Qtd. 13). TULI12ECX2167AB 1

: 30 mm (1.18 in)

: 485 - 593 N·m (358 - 437 lb ft)


6. Instalar as mangueiras (4) e (5) nos cotovelos dos pór-
ticos A e B.

: 30 mm (1.18 in)

: 108 N·m (79.7 lb ft)


7. Instalar a mangueira (6) no cotovelo do pórtico PG.

TULI12ECX2168AB 2
: 19 mm (0.75 in)

: 26.5 - 32.3 N·m (19.55 - 23.82 lb ft)


8. Instale as mangueiras (2) e (3) no T na porta do dreno
Dr.

: 27 mm (1.06 in)

: 83.8 - 102.4 N·m (61.81 - 75.53 lb ft)


9. Instalar a mangueira (1) no pórtico M de compensação.

: 36 mm (1.42 in)

: 158.9 - 194.1 N·m (117 - 143 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 161
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Montar [100895879]


CX220C Modelo padrão LA

1. Colocar o alojamento (18) em uma bancada adequada


voltado para cima.
As operações a seguir são necessárias apenas
quando os rolamentos do rolete (28) e (42) forem
removidos:
A. Fazer montagem a quente da corrediça interna do
rolamento do rolete (28) no eixo propulsor (5).
B. Fazer montagem a quente da corrediça interna do
rolamento do rolete (42) no eixo propulsor (5).
C. Encaixe a vedação do óleo (34) no alojamento
(18).
1
D. Monte a corre externa do rolamento do rolete (28) TULI12ECX2175AB

no alojamento (18), batendo levemente a haste de


aço.
2. Prenda o eixo propulsor (5) no alojamento (18).
3. Insira a placa da sapata (11).
4. Ajuste a placa de ajuste (10) e a mola (7), depois ajuste
o subconjunto do pistão (8) e o conjunto (9).
5. Monte o subconjunto (8) e (9) do pistão fixado na placa
de fixação (10) no cilindro (6), coincidir com a ranhura
do eixo propulsor (5) e inserir no local adequado.
6. Coloque o alojamento (18) com a vedação do óleo vol-
tada para baixo e monte a placa separadora (40) e a
placa de fricção (39) no alojamento (18).

TULI12ECX2176AB 2

TULI12ECX2177AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 162
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

7. Encaixe os anéis O-ring (36), (37) no alojamento (18).


8. Monte o pistão do freio (35) no alojamento (18).
9. Monte a mola do freio (38) no pistão do freio (35). Cer-
tificar-se de que a mola esteja colocada firmemente na
parte marcada do pistão do freio.
NOTA: Essa operação é necessária apenas quando o ro-
lamento do rolete (42) for removido.
10. Inserir a corrediça externa do rolamento do rolete (42)
no alojamento da válvula (19) e bater levemente a
haste de aço usando um martelo ao mesmo tempo.
11. Monte a placa da válvula (12) no alojamento da vál- TULI12ECX2178AB 4
vula (19) e encaixe o anel O-ring (32) nela.
12. Instale o alojamento da válvula (19) no alojamento
(18) e fixe-a com os parafusos de soquete (27).

: 17 mm (0.67 in)

: 430 N·m (317 lb ft)


13. Encaixe o êmbolo (20) e a mola (21) no alojamento
da válvula (19). Em seguida, aperte o bujão (31) equi-
pado com o anel O-ring (33) contra o alojamento da
válvula (19).

: 14 mm (0.55 in)

: 334 N·m (246 lb ft)


14. Encaixe a válvula de alívio (1) no alojamento da vál-
vula (19).

: 41 mm (1.61 in)

: 177 N·m (131 lb ft)

TULI12ECX2179BB 5

15. Encaixe o subconjunto anti-reação (3) no alojamento


da válvula (19).

: 6 mm (0.24 in)

: 29 N·m (21 lb ft)

TULI12ECX2180AB 6

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 163
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Desmontar [100895882]


CX220C Modelo padrão LA

Conjunto do cilindro do posicionador


1. Instale a bucha (5) no cabeçote do cilindro (7) usando
uma prensa.
IMPORTANTE: Certifique-se de que os anéis estejam ins-
talados corretamente.
2. Instale a vedação (3), o anel de reserva (2), o anel
elástico (6) e a vedação (4) na luva dianteira do cilindro
(7).
3. Instale o anel raspador (1) no cabeçote do cilindro (7)
usando um martelo de plástico (7).
4. Instale os anéis O-ring (10) e o anel de reserva (9) no
cabeçote do cilindro (7).
5. Instale o anel O-ring (18), o anel de reserva (16) (Qtd.
2), o anel de vedação (17), o anel deslizante (19) (Qtd.
2), (20) (Qtd. 2) no pistão (15).
6. Instale o cabeçote do cilindro (7) na haste do cilindro
(11).
7. Instale o pistão (15) na haste do cilindro (11).
8. Instale o calço (21) na haste do cilindro (11). Apertar
a porca (24)). Certifique-se de alinhar a marca da má-
quina na haste com aquela na porca.
Ferramentas especiais de giro da porca (24): 110 mm
(4.33 in)

: 9900 N·m (7301.86 lb ft)


9. Alinhe os orifícios na haste do cilindro (11) e na porca
(24). Insira a esfera de aço (23) no orifício e aperte o
parafuso fixador (22) dentro do orifício.
Estenda a cabeça do parafuso fixador (22) nos dois
lugares usando um punção e um martelo.

: 12 mm (0.47 in)

: 46.2 - 67.6 N·m (34.08 - 49.86 lb ft)


IMPORTANTE: Certifique-se de alinhar a haste do cilindro
(11) com o centro do tubo do cilindro (12) ao inserir, para
evitar danificar os anéis.
10. Prenda o tubo do cilindro (12) horizontalmente
usando uma bancada de trabalho. Insira a haste do
cilindro (11) no tubo do cilindro (12).
11. Instale o cabeçote do cilindro (7) no tubo do cilindro
(12). Aperte os parafusos de soquete (8).

: 17 mm (0.67 in)

: 520 N·m (383.53 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 164
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Desmontar [100895889]


CX220C Modelo padrão LA

1. Remover o bujão de drenagem e drenar o óleo hidráu-


lico do alojamento (18).
2. Fixar o motor em uma bancada para que o eixo pro-
pulsor (5) saia por baixo. Nessa ocasião, colocar uma
marca correspondente nas peças casadas do aloja-
mento (18) e do alojamento da válvula (19).
NOTA: Escolher um local limpo e colocar um lençol de
borracha ou pano em uma bancada de trabalho. Manusear
o alojamento da válvula com cuidado para que as peças
não amassem.
3. Soltar a válvula de alívio (1) e separá-la de seu aloja-
mento (19).

: 41 mm (1.6 in)
4. Soltar o subconjunto da válvula anti-reação (3) e re-
movê-lo de seu alojamento (17).

: 6 mm (0.2 in)

TULI12ECX2460BB 1

5. Separe os bujões (31) do alojamento da válvula (19) e


extraia as molas (21) e os êmbolos (20).

: 17 mm (0.7 in)
6. Solte os parafusos de soquete (27) e separe o aloja-
mento da válvula (19) do alojamento (18).
NOTA: Se o parafuso de soquete (27) estiver frouxo, o
alojamento da válvula (19) flutua do alojamento (18) pela
força das molas do freio (38).
7. Separe a placa da válvula (12) do alojamento da vál-
vula (19)
TULI12ECX2461AB 2
: 17 mm (0.7 in)
8. Extraia a mola do freio (38) do pistão do freio (35).
9. Extraia o pistão do freio (35) com a ferramenta especial
(A).
10. Coloque o motor no respectivo lado novamente e ex-
traia o bloco do cilindro (6) do eixo propulsor (5), ex-
traia o pistão (8), ajuste a mola (7), a placa (10) e a
sapata (11).
11. Extraia a placa de fricção (39) e a placa separadora
(40) do alojamento.
12. Extraia o eixo propulsor (5) usando um macete de
plástico.
TULI12ECX2462AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 165
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Executar as operações a seguir conforme necessário:


A. Retirar a corrediça interna do rolamento do rolete
(28) do eixo propulsor (5), usando uma prensa.
B. Retirar a corrediça externa do rolamento do ro-
lete (28) do alojamento (18), batendo levemente
a haste de aço da lateral do alojamento da veda-
ção do óleo (34).
C. Separar a corrediça externa do rolamento do ro-
lete (29) do alojamento da válvula (19), usando um
extrator de rolamentos de martelo deslizante.
IMPORTANTE: Não reutilize o rolamento.

TULI12ECX2463BB 4

TULI12ECX2464AB 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 166
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Montar [100895907]


CX220C Modelo padrão LA

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 167
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

1. Limpar suficientemente cada peça com óleo de lava-


gem e secar com ar comprimido.
2. Verifique a existência de falhas em todas as peças.
3. Prenda a vedação do óleo (30) na luva (21) usando
ferramenta especial (F). Prenda a vedação do óleo (30)
na luva (21) usando ferramenta especial (E).
4. Insira a luva (21) e vedação do óleos (30) no eixo do
pinhão (1).
5. Aplique óleo de engrenagens no perímetro do eixo do
pinhão (1)levemente para evitar emperramento.
6. Vede com graxa suficiente o rolamento esférico (infe- SM0725 1
rior) (11) e force-o para o eixo do pinhão (1) usando a
ferramenta especial (G) (G) Vede com graxa suficiente
o rolamento esférico (inferior) (11) e force-o para o eixo
do pinhão (1) usando a ferramenta especial (F).
Força da prensa: 4 - 5 t (8818.5 - 11023.1 lb)
NOTA: Como o rolamento é formado com uma partição na
seção central, vede-o com graxa nos dois lados.

TULI12ECX3321AB 2

TULI12ECX2194AB 3

SM0727 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 168
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

7. Aplique graxa suficiente no conjunto do eixo do pinhão.


Graxa: graxa à base de lítio para extrema pressão
(SHELL Albania EP2 ou equivalente)
8. Coloque o alojamento (13) em uma bancada nivelada e
fixar o parafuso de olhal ( M10) na extremidade do eixo
do conjunto do eixo do pinhão e perpendicularmente
pendurá-lo e colocá-lo no alojamento.
NOTA: Oriente horizontalmente a corrediça externa do ro-
lamento esférico e insira-a batendo levemente. Se a cor-
rediça externa estiver inclinada, é difícil inserir mesmo ba-
tendo.
Então não forçar para inseri-la, mas retirá-la uma vez e
orientar horizontalmente a corrediça externa duas vezes e TULI12ECX2196AB 6

inserir novamente.
9. Defina o conjunto do alojamento para que o pinhão di-
recione para baixo e encaixe a vedação do óleo (12) no
alojamento (13) com a ferramenta especial (H).Ajuste
o conjunto do alojamento de forma que o pinhão dire-
cione para baixo e encaixe a vedação do óleo no (12)
alojamento (13) usando a ferramenta especial (G)
NOTA: Aplique LOCTITE® 515™ no perímetro da vedação
do óleo. Preencha um terço (1/3) do espaço da seção
ranhurada fornecida na borda da vedação do óleo (12) com
graxa. Inseri-la horizontalmente dando atenção à borda da
vedação do óleo para não danificá-la.

TULI12ECX2197AB 7

TULI12ECX3322AB 8

SM0730 9

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 169
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

10. Encaixe o rolamento esférico de encaixe (superior)


(10) no eixo do pinhão (1) e no alojamento (13) ao
mesmo tempo usando a ferramenta especial (L). En-
caixe o rolamento esférico de encaixe (superior) (10)
no eixo do pinhão (1) e no alojamento (13) ao mesmo
tempo usando a ferramenta especial (H).
11. Prenda o anel de retenção (20). Prenda o anel elás-
tico (20).
12. Monte o conjunto da cruzeta no. 1, executando as
seguintes operações:
A. Cubra a superfície do orifício do pinhão (3) com
graxa. Colocar o pinhão (3) na arruela de en- SM0731 10
costo (15) e montar os rolamentos de agulha (16)
na superfície do orifício.
B. Encaixe as arruelas de encosto (15), os pinhões
(3) e encaixar os anéis elásticos (28) com um
alicate.

TULI12ECX3324AB 11

TULI12ECX2200AB 12

TULI12ECX2601AB 13

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 170
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

13. Monte o conjunto da cruzeta no. 2, executando as


seguintes operações:
A. Cubra a superfície do orifício do pinhão (5) com
graxa. Colocar o pinhão (5) na arruela de en-
costo (18) e encaixar o rolamento da agulha (17)
na superfície do orifício.
B. Monte a arruela de encosto (18) e o pinhão (5),
insira um eixo (9) dentro da cruzeta (8) e no pino
da mola de acionamento (22).
14. Insira o conjunto da cruzeta no. 2 (8) no eixo ranhu-
rado do eixo do pinhão.
15. Instale a engrenagem solar no. 2 (4), direcionando a
ranhura para cima.

TULI12ECX2602BB 14

TULI12ECX2603AB 15

TULI12ECX2604AB 16

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 171
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

16. Aplique um filme fino de vedante LOCTITE® 515™ na


superfície casada do alojamento (13) e da crema-
lheira do motor (6) e monte-os, alinhando os dentes
da engrenagem e de acordo com as marcas corres-
pondentes fornecidas.
17. Engate o conjunto da cruzeta no. 1 (7) com a crema-
lheira do motor (6) e coloque-os no lugar.
18. Engate a engrenagem solar no. 1 (2) com pinhões n°
1 (3) e coloque-os no lugar.
19. Encaixe o tubo de drenagem (25) e o bujão (27).

: 12 mm (0.5 in) TULI12ECX2605AB 17

: 70 N·m (51.6 lb ft)


20. Encha 3 l (0.8 US gal) com óleo de engrenagem ( API
GL-5).
21. Prenda os parafusos com olhal ( M10) nos orifícios
rosqueados do motor de giro e coloque uma amarra.
Cubra a superfície correspondente da cremalheira do
motor (6) com vedante LOCTITE® 515™.
Inserir a junta ranhurada do motor de giro e coincidir
as marcas. Cubra os parafusos de soquete (23) com
vedante Three-Bond 1360K e fixe-os.

: 12 mm (0.5 in)
TULI12ECX2606AB 18
: 181 N·m (133.5 lb ft)

TULI12ECX2607AB 19

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 172
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Desmontar [100895917]


CX220C Modelo padrão LA

1. Coloque o conjunto da unidade de redução em uma


bancada estável como mostra a figura 1, remover o bu-
jão (27), drenar o óleo, colocar uma marca correspon-
dente na superfície casada da figura 1no lado direito.
2. Solte todos os parafusos de soquete (23) ( M14). Fixar
os parafusos com olhal ( M10) nos orifícios do parafuso
de elevação na superfície superior do motor de giro e
levantar o conjunto com o guindaste.
Se estiver difícil remover o conjunto do motor de giro
da unidade de redução, levante-o inserindo uma chave
de fenda na ranhura do flange.

: 12 mm (0.47 in)
TULI12ECX2183AB 1

TULI12ECX2184AB 2

3. Remova a engrenagem solar no. 1 (2).


4. O conjunto da cruzeta (7) [que consiste de arruelas de
encosto (15), pinhões no. 1 (3), rolamentos de agu-
lha (16) e anéis elásticos (28)] pode ser removido facil-
mente da ranhura se estiver levantado nessa condição.
5. Fixe os parafusos com olhal ( M10) na superfície su-
perior da cremalheira do motor (6) e levante-a ligeira-
mente com uma amarra.
Colocar uma chave de fenda na superfície casada da
cremalheira do motor (6) e do alojamento (13) e re-
mover a cremalheira do motor (6) batendo levemente
na circunferência externa da cremalheira do motor com
um macete de plástico. TULI12ECX2185AB 3

6. Retirar a engrenagem solar no. 2 (4) e remover o con-


junto da cruzeta no. 2 (8).

TULI12ECX2186AB 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 173
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

NOTA: Especialmente se não for encontrada nenhuma fa-


lha, não é permitido continuar a desmontagem.
Verificar se há possíveis falhas nas peças de acordo com
o procedimento de inspeção indicado nas normas de ma-
nutenção.
Recomenda-se que o eixo do pinhão e o conjunto do aloja-
mento sejam substituídos ao mesmo tempo como um con-
junto. Mas se for inevitável substituir uma parte deles, se-
guir o procedimento indicado abaixo.
7. Remover o anel de retenção (20) do eixo do pinhão (1).
7. Remover o anel elástico (20) do eixo do pinhão (1).
8. Puxe o eixo do pinhão (1), a luva (21), a vedação do TULI12ECX2187AA 5
óleo (30) e o rolamento esférico (inferior) (11) para fora,
usando uma prensa, ao mesmo tempo em que sus-
tenta o alojamento (13) com a ferramenta especial (B).
NOTA: O rolamento esférico (superior) (10) e a vedação
do óleo (12) são deixados no alojamento.
9. Puxe a vedação do óleo (30), a luva (21) e o rolamento
esférico (inferior) (11) para fora de usando ferramentas
especiais (C) e (D) ao mesmo tempo em que sustenta
o conjunto do eixo do pinhão, conforme ilustrado na
Fig. 7.
Força da prensa: 30 t (6613.87 lb)
NOTA: Não reutilizar o rolamento e a vedação do óleo re-
movida.

SM0720 6

SM0721 7

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 174
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

10. Defina o alojamento (13), conforme ilustrado na fig.


8, insira a ferramenta especial (E) entre o rolamento
(10) e a vedação do óleo (12) e remova o rolamento
(10), batendo na parte superior do acumulador.
11. Remova a vedação do óleo (12) do alojamento (13).
NOTA: Não reutilizar o rolamento e a vedação do óleo re-
movida.
12. Desmonte o conjunto da cruzeta no. 1 executando as
seguintes operações.
A. Remova os anéis de fixação (28) com um alicate.
B. Remova as arruelas de encosto (15), os pinhões SM0722 8
(3) e os rolamentos de agulha (16).
NOTA: O eixo fixado no conjunto da cruzeta (17) é vedado.
Ao substituir as peças, substituir o conjunto da cruzeta
como peça única. Os pinhões (3) não podem ser substituí-
dos individualmente. Substituí-los em conjuntos de três.
13. Desmontar o conjunto da cruzeta no. 2 executando
as seguintes operações.
A. Retirar o pino da mola (22).
B. Extraia os eixos (9) da cruzeta (8) e remova as
arruelas de encosto (18), os pinhões (5) e os rola-
mentos de agulha (24).
TULI12ECX2191AB 9
NOTA: Os pinhões (5) não podem ser substituídos indivi-
dualmente. Substituí-los em conjuntos de quatro.

TULI12ECX2192BB 10

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 175
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Preparar [100895931]


CX220C Modelo padrão LA

Operações preliminares:
1. Antes de desmontar, limpar cuidadosamente a parte
externa da unidade de redução do giro, verificando se
há danos ou arranhões.
2. Drenar o óleo da engrenagem da unidade de redução.
3. Remover o tubo de drenagem.
4. Para facilitar a remontagem, antes de desmontar fazer
uma marca correspondente nas peças (X) a serem co-
nectadas no alojamento da redução.

TULI12ECX2183AB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 176
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço [100895951]


CX220C Modelo padrão LA

Padrões de manutenção

Motor de giro
Valor recomendado para
Item Dimensão padrão Solução
substituição
Folga entre o pistão e o
orifício do cilindro “D-d”

Substituir o pistão ou o
0.027 mm (0.0011 in) 0.052 mm (0.0020 in)
cilindro

Folga entre o pistão e a


peça vedada da sapata “d”

Substitua o conjunto da
0 mm (0.0000 in) 0.3 mm (0.0118 in)
sapata e o pistão

Espessura da sapata “t”

Substitua o conjunto da
5.5 mm (0.217 in) 5.3 mm (0.209 in)
sapata e o pistão

Espessura da placa de
fricção “t” 2.0 mm (0.079 in) 1.8 mm (0.071 in) Substituir

Norma para correção das superfícies deslizantes


Se a rugosidade da superfície deslizante das peças ul-
trapassar a norma a seguir, corrigir ou substituir a peça.

Norma para correção das superfícies deslizantes


Rugosidade da superfície que
Nome das peças Rugosidade de superfície padrão
requer correção
Sapata 0.8–Z (Ra=0,2) (polimento) 3-Z (RA= 0,8)
Placa da sapata 0.4–Z (Ra=0,1) (polimento) 3-Z (RA= 0,8)
Cilindro 1.6–Z (Ra=0,4) (polimento) 12,5-Z (RA= 3,2)
Placa da válvula 0.8–Z (Ra=0,2) (polimento) 6,3-Z (RA= 1,6)

NOTA: Polir cada superfície deslizante com um nível de rugosidade padrão ou mais fino. Se as superfícies deslizan-
tes esférica da mola (7) e do cilindro (6) estiverem rugosas, substituir as peças aos pares.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 177
Sistemas hidráulicos - Sistemas hidráulicos

Engrenagem da redução de giro

TULI12ECX2612FB 1

Código Item Nível para reparo Limite de serviço Solução


Substituir o
Desgaste no eixo planetário no. Ø 38.989 - 39 mm (1.53 -
A. conjunto da
1 1.54 in)
cruzeta inteiro
Sem descamação
Ø 28.991 - 29 mm (1.14 - Substituir quatro
Desgaste no eixo planetário no.
B. 1.14 in) eixos como um
2
conjunto
Condição da Não deve haver descamação excedendo
Substituir (o pinhão
superfície do 1.6 mm (0.1 in) de diâmetro, desgaste anormal
planetário deve ser
C. Engrenagem dente ou emperramento
substituído em um
Condição do conjunto de quatro)
Não deve haver trincas
flanco do dente
Espessura da arruela de 1.4 - 1.6 mm (0.06 - 0.06 in) 1.3 mm (0.05 in)
D. Substituir
encosto
Espessura da arruela de 1.8 - 2 mm (0.07 - 0.08 in) 1.6 mm (0.06 in)
E. Substituir
encosto
Desgaste no eixo (diâmetro da Ø 94.913 - 95 mm (3.74 - Ø 94.9 mm
F. peça que entra em contato com 3.74 in) (3.74 in) Substituir
a vedação do óleo)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 178
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Sistemas hidráulicos - 000


Sistemas hidráulicos - Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Sistemas hidráulicos - Descrição estática (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Sistemas hidráulicos - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 146
Sistemas hidráulicos - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 152
Sistemas hidráulicos - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 164
Sistemas hidráulicos - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165
Sistemas hidráulicos - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 173
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico 01 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico 02 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico 03 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico 03 - Válvula de retenção para lança e braço (opcional) (*) . . . . . . . . 35
Sistemas hidráulicos - Diagrama hidráulico 04 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43
Sistemas hidráulicos - Especificações gerais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 05 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 47
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 06 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 07 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 08 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 08 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 09 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 69
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 09 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 10 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 79
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 10 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 89
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 11 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 93
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 11 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 12 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 101
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 12 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 113
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 13 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 117
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 13 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 14 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 133
Sistemas hidráulicos - Estrutura do diagrama hidráulico 14 (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 139
Sistemas hidráulicos - Identificação do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
Sistemas hidráulicos - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 179
Sistemas hidráulicos - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 151
Sistemas hidráulicos - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 161
Sistemas hidráulicos - Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 177
Sistemas hidráulicos - Localização do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Sistemas hidráulicos - Localização do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
Sistemas hidráulicos - Medida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147
Sistemas hidráulicos - Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 162
Sistemas hidráulicos - Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167
Sistemas hidráulicos - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 145
Sistemas hidráulicos - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 176
Sistemas hidráulicos - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 153
Sistemas hidráulicos - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 155
Sistemas hidráulicos - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 158
Sistemas hidráulicos - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 159
Sistemas hidráulicos - Visão geral - Componentes principais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Sistemas hidráulicos - Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Sistemas hidráulicos - Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.1 [35.000] / 180
Sistemas hidráulicos - 35

Válvulas de controle da bomba - 102

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Válvulas de controle da bomba - 102

DADOS TÉCNICOS

Válvula de controle da bomba


Torque (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

DADOS FUNCIONAIS

Válvula de controle da bomba


Vista explodida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Localização do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9

SERVIÇO

Válvulas de controle da bomba


Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Válvula de controle da bomba
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 2
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Válvula de controle da bomba - Torque [100895982]


CX220C Modelo padrão LA

Torque de aperto do parafuso, do bujão e da porca


Nº Tamanho rosca Torque de aperto
412, 413 M8 29 N·m (21.4 lb ft)
438, 439 M6 12 N·m (8.9 lb ft)
418 M5 6.9 N·m (5.1 lb ft)
466 PF 1/4 36 N·m (26.6 lb ft)
496 NPTF1/16 8.8 N·m (6.5 lb ft)
630 M30 X 1.5 160 N·m (118.0 lb ft)
801 M8 16 N·m (11.8 lb ft)
802 M10 19 N·m (14.0 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 3
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Válvula de controle da bomba - Vista explodida [100896065]


CX220C Modelo padrão LA

TULI12ECX0944HA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 4
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

NOTA: O número em um retângulo representa os parafusos fixadores. Não mexer nos parafusos fixadores na medida
do possível.

041. Válvula de retenção 646. Mola piloto


079. Válvula redutora proporcional do solenoide 651. Luva
412. Parafuso de soquete M8 X 50 (Qtd. 2) 652. Carretel
413. Parafuso de soquete M8 X 70 (Qtd. 2) 653. Assento da mola
418. Parafuso de soquete M5 X 12 (Qtd. 2) 654. Mola de retorno
438. Parafuso de soquete M6 X 20 (Qtd. 8) 655. Ajuste a mola
439. Parafuso de soquete M6 X 25 (Qtd. 5) 656. Tampa do bloco
466. Bujão PF 1/4 (Qtd. 3) 662. Mola
496. Bujão (Qtd. 18) 708. Anel O-ring
541. Assento (Qtd. 2) 722. Anel O-ring (Qtd. 3)
543. Batente (Qtd. 2) 724. Anel O-ring (Qtd. 8)
545. Esfera de aço (Qtd. 2) 725. Anel O-ring
601. Carcaça 728. Anel O-ring
611. Alavanca de retroalimentação 730. Anel O-ring
612. Alavanca 1 732. Anel O-ring
613. Alavanca 2 733. Anel O-ring
614. Bujão de fulcro 734. Anel O-ring
615. Ajuste o bujão 753. Anel O-ring
621. Haste de compensação 755. Anel O-ring (Qtd. 7)
622. Carcaça do pistão 756. Anel O-ring
623. Haste de compensação 757. Anel O-ring
624. Assento da mola 763. Anel O-ring
625. Mola externa 801. Sextavada M8 (Qtd. 2)
626. Mola interna 802. M10 Porca
627. Ajuste a haste 814. Anel elástico
628. Parafuso fixador 836. Anel elástico
629. Tampa 858. Anel elástico (Qtd. 2)
630. Porca de pressão M30 X 1.5 874. Pino Ø 4×11,7 L
631. Luva 875. Pino Ø 4 ×8 L (Qtd. 2)
641. Tampa piloto 876. Pino Ø 5x8 L (Qtd. 2)
642. Carretel 887. Pino
643. Pistão do piloto 897. Pino Ø 4×19 L
644. Assento da mola 898. Pino Ø 7,5x11 L
645. Ajuste a haste 924. Parafuso de soquete M8 X 20

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 5
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Válvula de controle da bomba - Localização do componente


[100896100]
CX220C Modelo padrão LA

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 6
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Construção

TULI12ECX0181HA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 7
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Parafuso de soquete; M8 X 50 (Qtd. 2) 29 N·m


412. (21.4 lb ft) 652. Carretel
Parafuso de soquete; M8 X 70 (Qtd. 2) 29 N·m
413. (21.4 lb ft) 653. Assento da mola
Parafuso de soquete; M5 X 12 (Qtd. 2) 6.9 N·m (5.1 lb
418. ft) 654. Mola de retorno
Parafuso de soquete; M6 X 20 (Qtd. 8) 12 N·m (8.9 lb
438. ft) 655. Ajuste a mola
Parafuso de soquete; M6X35 (Qtd. 5) 12 N·m (8.9 lb
439. ft) 656. Tampa do bloco
466. Bujão Vp; G1/4 (Qtd. 3) 36 N·m (26.6 lb ft) 662. Mola
496. Bujão; NPTF1/16 (Qtd. 15) 8.8 N·m (6.5 lb ft) 708. Anel O-ring
541. Assento (Qtd. 2) 722. Anel O-ring (Qtd. 3)
543. Batente 1 (Qtd. 2) 724. Anel O-ring (Qtd. 8)
545. Esfera (Qtd. 2) 725. Anel O-ring
601. Carcaça 728. Anel O-ring
611. Alavanca de retroalimentação 730. Anel O-ring
612. Alavanca 1 732. Anel O-ring
613. Alavanca 2 733. Anel O-ring
614. Bujão de fulcro 734. Anel O-ring
615. Bujão de ajuste 753. Anel O-ring
621. Pistão de compensação 755. Anel O-ring (Qtd. 7)
622. Carcaça do pistão 756. Anel O-ring
623. Haste de compensação 757. Anel O-ring
624. (C) Assento da mola 763. Anel O-ring
625. Mola externa 801. Porca; M8 16 N·m (11.8 lb ft)
626. Mola interna 802. Porca; M10 19 N·m (14 lb ft)
627*. (C) Ajuste da haste 814. Anel elástico
628*. Parafuso de ajuste (C) 836. Anel elástico
629. (C) Tampa 858. Anel elástico (Qtd. 2)
630. Porca de pressão; M30 X 1.5 160 N·m (118 lb ft) 874. Pino; Ø4 × 11.7 l (3.1 US gal)
631. Luva 875. Pino; Ø4 × 8 l (2.1 US gal) (Qtd. 2)
641. Tampa piloto 876. Pino; Ø5 × 8 l (2.1 US gal) (Qtd. 2)
642. Carretel 887. Pino
643. Pistão do piloto 897. Pino; Ø5 × 19 l (5.0 US gal)
644. (Q) Assento da mola 898. Pino; Ø11,5 × 11.8 l (3.1 US gal)
645. (Q) Ajuste da haste 924*. Parafuso do soquete; M8 X 20
646. Mola piloto 79. Válvula redutora proporcional do solenoide
651. Luva

* Os códigos em uma estrela representam os parafuso fixador. Não mexer nos parafusos fixadores na medida do
possível.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 8
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Válvula de controle da bomba - Descrição dinâmica [100896116]


CX220C Modelo padrão LA

Função de controle
Controle de fluxo elétrico
• Controle de fluxo positivo
• Controle de potência total

Controle de modo de emergência


• Controle positivo hidráulico
• Controle de potência total hidráulico

Resumo
O regulador KR3G-YT1K para a bomba do pistão axial em
linha série K3V é composto pelo mecanismo de controle,
conforme mencionado abaixo:

Controle de fluxo e controle de fluxo elétrico positivo


O ângulo de inclinação da bomba (taxa de fornecimento)
é controlado, controlando o valor de comando atual da
válvula redutora proporcional solenoide acoplada ao re-
gulador. O regulador faz controle do fluxo positivo (con-
trolo positivo), que aumenta a taxa de fornecimento à me-
dida que a pressão secundária da válvula redutora pro-
porcional solenoide aumente. Uma vez que esta função
permite que a potência de saída da bomba seja variada,
é possível alcançar potência ideal de acordo com a con-
dição de operação. Além disso, uma vez que a bomba
fornece apenas o fluxo de óleo necessário, a máquina
não consome energia excessiva.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 9
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Controle de potência constante no modo de emergência


Quando a válvula de redução de pressão proporcional
eletromagnética não puder gerar a pressão secundária
devido ao problema, o carretel do modo de emergência
é chaveado automaticamente, e o controle é alternado
do controle elétrico para o controle hidráulico (modo de
emergência).

No modo de emergência, a pressão do comando Powers-


hift Pf desloca o valor de ajuste da potência. A pressão
do Powershift (pressão secundária da válvula proporcio-
nal eletromagnética-válvula redutora) é levada à seção
de controle de potência do regulador em cada passagem
dentro da bomba através da bomba e desloca o respec-
tivo controle para o mesmo valor de ajuste de potência.

Na condição do Powershifted, à medida que a pressão


de autofornecimento da bomba Pd1 aumenta, o ângulo
de inclinação da bomba (taxa de fornecimento) é auto-
maticamente reduzido; consequentemente, o torque de
entrada é controlado para o valor constante ou menos.
(Quando a velocidade é constante, a potência de entrada
também é constante.) Essa bomba é controlada por Pd1
apenas, independentemente da outra pressão de forne-
cimento. Condição em que a potência é controlada, o re-
gulador de cada a bomba é controlado para o ângulo de
inclinação diferente (taxa de fornecimento). Consequen-
temente, na condição em que a potência é controlada, a
sobrecarga do motor é automaticamente impedida, inde-
pendentemente do carregamento da bomba 2. E, em es-
tado normal, como a pressão Powershift é 0 MPa (0 psi),
o controle de potência não é trabalhado. Com esse me-
canismo, é possível obter potência adequada para a con-
dição de trabalho. Esse regulador é composto dos dois
tipos de sistema de controle acima, mas, quando ambos
os controles são acionados juntos, o comando do ângulo
de baixa inclinação (baixa taxa de fornecimento) precede
na operação mecânica descrita mais adiante.

Controle da taxa de fluxo elétrico


Como mostrado na Fig. 1, a taxa de fornecimento Q das
bombas é controlada pela corrente de entrada I (pressão
piloto Pi).

TULI12ECX0184AA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 10
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Aumento da taxa de fluxo


À medida que o valor atual do comando I aumenta, a
pressão secundária P2 da válvula de redução da pressão
proporcional eletromagnética aumenta, e, pressionando
o pistão piloto (643) na direção (A), ele para na posição
e a pressão secundária P2 equilibra a força da mola pi-
loto (646). O movimento do pistão do piloto é transferido
para a alavanca 2 (613) através do pino (875) e gira no
fulcro (B) na direção da seta. Além disso, o movimento
da alavanca 2 é transferido para a alavanca de retroali-
mentação (611) através do pino (897) e gira no fulcro (C)
na mesma direção da seta de (B).

Consequentemente, o carretel (652) conectado à ala-


vanca de retroalimentação se move em direção a (D).
Quando o carretel se move em direção a (D), a porta
(CL) conectada à porta do tanque é aberta e a pressão
na câmera do diâmetro do orifício grande do servo pistão
é liberada, consequentemente o servo pistão (532) se
move em direção a (E) de acordo com a pressão de
fornecimento Pd1 no pequeno diâmetro da câmera do
pistão do orifício, resultando no aumento da taxa de
fluxo.

Uma vez que a alavanca de retroalimentação é conec-


tada ao servo pistão e ao carretel, a alavanca de retroali-
mentação gira nos fulcros (F) com o movimento do servo
pistão em direção a (E), consequentemente o carretel é
retornado para a posição original.
TULI12ECX0186BA 2
Com esse movimento, a abertura da luva do carretel se
fecha gradualmente e o servo pistão para na posição que
a abertura se fecha completamente.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 11
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Redução da taxa do fluxo


À medida que o valor atual do comando I é reduzido, a
pressão secundária P2 da válvula de redução da pressão
proporcional eletromagnética é reduzida, e, pressionando
o pistão piloto (643) na direção (G), ele para na posição
e a força da mola piloto (646) equilibra a pressão secun-
dária P2. O movimento do pistão do piloto é transferido
para a alavanca 2 (613) através do pino (875) e gira no
fulcro (H) na direção da seta. Além disso, o movimento
da alavanca 2 é transferido para a alavanca de retroali-
mentação (611) através do pino (897) e gira no fulcro (I)
na mesma direção da seta de (H). Consequentemente, o
carretel (652) conectado à alavanca de retroalimentação
se move em direção a (J).

Quando o carretel se move em direção a (J), a pressão


de fornecimento Pd1 é levada na câmera de diâmetro do
orifício grande do servo pistão pelo carretel e pela porta
(CL). A câmera de diâmetro do orifício pequeno da câ-
mara do servo pistão recebe constantemente o forneci-
mento da pressão Pd1, consequentemente o servo pis-
tão se move em direção a (K), de acordo com a diferença
de área resultante na redução do ângulo de inclinação,
e, finalmente, a taxa de fluxo é reduzida. Uma vez que a
alavanca de retroalimentação é conectada ao servo pis-
tão e ao carretel, a alavanca de retroalimentação gira no
fulcro (L) com o movimento do servo pistão em direção a
(K), consequentemente o carretel é retornado para a po-
sição original.
TULI12ECX0189BA 3
Com esse movimento, a abertura da luva do carretel se
fecha gradualmente e o servo pistão para na posição que
a abertura se fecha completamente.

Controle de potência (no modo de emergência)


Quando a pressão de carga da bomba aumenta, o ângulo
de inclinação é reduzido, evitando a sobrecarga do motor.
A operação do controle de potência é igual ao controle do
fluxo, e é explicada a seguir.

TULI12ECX0191AA 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 12
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Operação de prevenção contra sobrecarga


Como a pressão de fornecimento Pd1 age na seção de
compensação escalonada da haste com o aumento da
pressão de autofornecimento da bomba Pd1, a haste de
compensação (623) é empurrada para (M) e move-se
para a posição da pressão de fornecimento Pd1, equili-
brando a força da mola externa (625) e da mola interna
(626). O movimento da haste de compensação é trans-
ferido para a alavanca 1 (612) através do pino (875) e
gira no fulcro (N) na direção da seta. Além disso, o movi-
mento da alavanca 1 (612) é transferido para a alavanca
de retroalimentação (611) através do pino (897) e gira no
fulcro (O) na mesma direção da seta de (N). Consequen-
temente, o carretel (652) conectado à alavanca de retroa-
limentação se move em direção a (P).

Quando o carretel se move em direção a (P), a pressão


de fornecimento Pd1 é levada na câmera de diâmetro do
orifício grande do servo pistão pelo carretel e pela porta
(CL). Como a pressão de fornecimento Pd1 é constan-
temente levada para a câmera de diâmetro do orifício
grande do servo pistão, o servo pistão se move em dire-
ção a (Q), de acordo com a diferença de área, resultando
na redução do ângulo de inclinação, consequentemente,
a taxa de fluxo também é reduzida.

Uma vez que a alavanca de retroalimentação é conec-


tada ao servo pistão e ao carretel, a alavanca de retroa-
limentação gira no fulcro (R) com o movimento do servo
pistão em direção a (Q), consequentemente o carretel é TULI12ECX0192BA 5
retornado para a posição original. Com esse movimento,
a abertura da luva do carretel se fecha gradualmente e
o servo pistão para na posição que a abertura se fecha
completamente.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 13
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Operação de recuperação de fluxo


Como a haste de compensação (623) é empurrada na
direção de (S) com a força da mola externa (625) e da
mola interna (626) com redução de pressão de autofor-
necimento da bomba Pd1, e se move para a posição, a
força da mola externa (625) e da mola interna (626) equi-
libra a pressão de fornecimento Pd1. O movimento da
haste de compensação é transferido para a alavanca 1
(612) através do pino (875) e gira no fulcro (T) na direção
da seta.

Além disso, o movimento da alavanca 1 (612) é transfe-


rido para a alavanca de retroalimentação (611) através do
pino (897) e gira no fulcro (T) na mesma direção da seta
de (N). Consequentemente, o carretel (652) conectado à
alavanca de retroalimentação se move em direção a (V).
À medida que o carretel se move em direção a (V), a porta
(CL) é aberta e conectada à porta do tanque, a pressão
na câmera do diâmetro do orifício grande do servo pis-
tão é liberada é liberada e o servo pistão (532) se move
em direção a (W) com pressão de fornecimento Pd1 em
câmera de diâmetro de pequeno orifício e, consequente-
mente, a taxa de fluxo é levantada. Uma vez que a ala-
vanca de retroalimentação é conectada ao servo pistão
e ao carretel, a alavanca de retroalimentação gira no ful-
cro (X) com o movimento do servo pistão em direção a
(W), consequentemente o carretel é retornado para a po-
sição original. Com esse movimento, a abertura da luva
do carretel se fecha gradualmente e o servo pistão para
na posição que a abertura se fecha completamente. TULI12ECX0194BA 6

Comando do mecanismo de prioridade do ângulo de inclinação baixo (baixa taxa de fluxo)


Como dito na explicação, os comandos de inclinação do
controle do fluxo e do controle de potência são transferi-
dos para a alavanca de retroalimentação (611) e o carre-
tel (652) através da seção de orifício grande da alavanca
1 (612) e da alavanca 2 (613), mas, como o pino (dia 5)
é extruído (897) no lado onde fazendo ângulo de incli-
nação menor entre em contato com ele (dia 9), conse-
quentemente o orifício (dia 9) da alavanca no lado onde
maior comando ângulo de inclinação é dada é livre sem
entrar em contato com o pino (897). Dessa maneira de
seleção mecânica, o comando no lado do ângulo de in-
clinação baixo do controle de fluxo e controle de potência
tem uma prioridade.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 14
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Ação do Powershift
A potência ajustada da bomba é controlada de acordo
com o movimento de controle pela pressão Pf do Powers-
hift. À medida que a pressão de potência Pf aumenta, a
haste de compensação (623) move-se para a direita atra-
vés do pino (898) e pistão de compensação (621). Por
isso, como a operação de prevenção contra sobrecarga
do controle de potência, o ângulo de inclinação da bomba
fica menor e o valor de ajuste de potência é reduzido. Ao
contrário, se a pressão do Powershift Pf for reduzida, o
valor de ajuste da potência será elevado.

A pressão do Powershift Pf desta bomba é geralmente


ajustada para 0 MPa (0 psi), mas, no modo de emergên-
cia, a pressão do Powershift Pf é elevada para 4.9 MPa TULI12ECX0198AA 7
(711 psi).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 15
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Ajuste do regulador
O regulador pode ser ajustado em termos de fluxo má-
ximo, fluxo mínimo, características de controle de potên-
cia (no controle de modo de emergência), características
de controle de fluxo, usando o parafuso fixador.

Ajuste do fluxo máximo (Ver bomba hidráu-


lica-construção)
Ajuste o fluxo máximo, soltando a porca (808) e aper-
tando o parafuso fixador (954) (ou afrouxando). Apertar
o parafuso fixador (954) diminui a taxa de fornecimento,
conforme indicado.

Somente o fluxo máximo varia, mas outras características


de controle permanecem inalterados.

Nº do parafuso de ajuste 954


Nº de giros para aperto 1/4
Pressão piloto Pi (corrente
Sem mudança
de entrada I)
Pressão mín. no fluxo de
5.8 l/min (1.5 US gpm)
entrega

Ajuste do fluxo mínimo (Ver bomba hidráu-


lica-construção)
Ajuste o fluxo mínimo, soltando a porca (806) e apertando
o parafuso fixador (953) (ou afrouxando). Apertar o pa- TULI12ECX0199BA 8
rafuso de soquete aumenta a taxa de fornecimento, con-
forme indicado.

Outras características de controle permanecem inaltera-


das da mesma forma como o ajuste do fluxo máximo;
preste atenção ao fato de que o excesso de aperto pode
aumentar a energia exigida no fornecimento máximo (na
ação de alívio).

Nº do parafuso de ajuste 953


Nº de giros para aperto 1/4
Pressão piloto Pi (corrente
Sem mudança
de entrada I)
Pressão mín. no fluxo de
4.6 l/min (1.2 US gpm)
entrega

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 16
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Válvulas de controle da bomba - Instalar [100896143]


CX220C Modelo padrão LA

1. Instalar a válvula piloto (8) na estrutura apertando os


parafusos de fixação (9) M6 X 25 completos com ar-
ruelas.
: 5 mm (0.2 in)
: 11.8 N·m (8.7 lb ft)
2. Conectar as mangueiras na carcaça da válvula piloto
(8).
: 19 mm (0.7 in) (Porta: P)
: 29.4 N·m (22 lb ft)
: 22 mm (0.9 in) (Porta: 1 a 8, T)
: 49 N·m (36 lb ft)
TULI12ECX1664AB 1

3. Apertar a empunhadura na válvula piloto, aperta a


porca de pressão (5) e reconectar o conector elétrico.
: 22 mm (0.9 in)
: 41.2 N·m (30.4 lb ft)

Lado esquerdo Lado direito


5 Giro (L) Cinza 1 Caçamba (H) Vermelho
6 Giro (R) Vermelho 2 Caçamba (R) Azul
7 Braço (H) Azul 3 Lança (H) Verde
8 Braço (R) Verde 4 Lança (R) Cinza

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 17
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

4. Instale os painéis laterais (2) e (3) apertando os para-


fusos de fixação.

: 5 N·m (3.7 lb ft)


5. Trave a tampa de proteção de borracha (4) no painel
lateral (2).

TULI12ECX1666BB 2

TULI12ECX4845BB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 18
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Válvula de controle da bomba - Desmontar [100896157]


CX220C Modelo padrão LA

Desmontagem do regulador
1. Prosseguir com as operações de desmontagem em um
local limpo.
Espalhar o lençol de borracha ou pano sobre a ban-
cada de trabalho para proteger as peças.
2. Limpe as peças removendo sujeira, a ferrugem, etc, da
superfície do regulador com óleo de lavagem.
3. Remover os parafusos de soquete (412) e (413) do
regulador e separe-os do corpo da bomba.

: 6 mm (0.24 in)

TULI12ECX0969BB 1

4. Remova o parafuso de soquete (438) e separe a placa


da porta (656).

: 5 mm (0.20 in)
5. Remova os parafusos de soquete (438) e retire a
tampa (629).

: 5 mm (0.20 in)
NOTA: A tampa está equipada com os parafusos fixado-
res (628) e (925), haste de ajuste (627), porca de pres-
são (630), porca sextavada (801) e parafuso fixador (924).
Não solte essas peças. Se estiverem soltas, os valores
pré-ajustados de pressão e de fluxo mudarão.

TULI12ECX0970AB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 19
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

6. Após a remoção do subconjunto da cobertura (629), re-


tire a mola externa (625), mola interna (626) e assento
da mola (624) da peça de compensação. Em seguida,
retire a haste de ajuste (645), a mola piloto (646) e o
assento da mola (644) da peça piloto.
NOTA: A haste de ajuste (645) sai facilmente se um para-
fuso M4 for usado (A).

TULI12ECX0971AB 3

7. Remova o parafuso de soquete (439) e a tampa do pi-


loto (641). Quando a tampa do piloto sobressair, se-
pare a mola do conjunto (655) da seção do piloto.
: 5 mm (0.20 in)

TULI12ECX0972AB 4

8. Remova o anel elástico (814), o assento da mola (653),


a mola de retorno (654) e a luva (651).
NOTA: A luva (651) é equipada com o anel elástico (836).
Ao remover o anel elástico (814), a mola de retorno (654)
sobressai; tome cuidado para não perdê-la.

TULI12ECX0973AB 5

9. Remova o anel elástico (858) e retire o bujão de fulcro


(614) e ajuste o bujão (615).

TULI12ECX0974AB 6

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 20
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

NOTA: O bujão de fulcro (614) e o bujão de ajuste (615)


saem facilmente se um parafuso M6 for usado.

TULI12ECX0975AB 7

10. Retire a alavanca 2 (613) com uma pinça.


NOTA: Não extraia o pino (875).

TULI12ECX0976AB 8

11. Extraia o pino (874) e remova a alavanca de retroali-


mentação (611).
NOTA: Pressione o pino (874) da parte superior com uma
haste de aço do transmissor (Ø 4 x 100) de modo que não
interfira na alavanca (612).

TULI12ECX0977AB 9

TULI12ECX0978AB 10

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 21
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

12. Retire a alavanca 1 (612).


NOTA: Não extraia o pino (875).
13. Extraia o pistão do piloto (643) e o carretel (652).
14. Extraia o alojamento do pistão (622), o pistão de com-
pensação (621) e a haste de compensação (623).
NOTA: A alojamento do pistão (622) sai do lado oposto do
alojamento do pistão se a haste de compensação (623) for
pressionada para fora.
15. Remova o bujão VP (466) da tampa do piloto (641) e
extraia o carretel (642) e a mola (662).

TULI12ECX0979BB 11

TULI12ECX0980AB 12

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 22
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

Válvula de controle da bomba - Montar [100896176]


CX220C Modelo padrão LA

Montagem
1. A montagem é na ordem inversa à desmontagem.
Execute o trabalho prestando atenção ao seguinte:
• Reparar essas peças danificadas durante a des-
montagem e preparar a substituição da peças
antecipadamente.
• Limpe as peças cuidadosamente em óleo limpo, so-
prá-las com jato de ar e montar as peças em um
local limpo.
• Sempre aperte os parafusos e bujões de acordo com
o torque especificado. A tolerância do torque deve
estar em 10%.
• Não deixe de revestir as peças móveis com óleo TULI12ECX0981AB 1
hidráulico limpo antes da montagem.
• Substituir as vedações como os anéis O-ring.
2. Monte a haste de compensação (623) no orifício de
compensação do cárter (601).
3. Coloque o pino montado na alavanca 1 (612) na ra-
nhura da haste de compensação (623). Em seguida,
monte a alavanca no pino (875) que é pressionado no
alojamento (601).
4. Monte o carretel (652) e a luva (651) no orifício do
carretel do alojamento.
NOTA: Certificar-se de que o carretel e a luva se movam
suavemente no alojamento. Tenha cuidado com o sentido
do carretel.
TULI12ECX0982AB 2

5. Monte a alavanca de retroalimentação (611). Em se-


guida, coloque o pino (874) no orifício do pino da ala-
vanca de retroalimentação.
NOTA: O trabalho é facilitado se o pino for colocado um
pouco na alavanca de retorno antecipadamente. Tomar
cuidado para não trocar o sentido da alavanca de retorno.

TULI12ECX0983AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 23
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

6. Monte o pistão piloto (643) no orifício de controle ne-


gativo do alojamento.
NOTA: Certificar-se de que o pistão piloto se desloca sua-
vemente.
7. Coloque o pino (875) pressionado na alavanca 2 (613)
na ranhura do pistão piloto e monte a alavanca 2 (613).

TULI12ECX0984AB 4

8. Monte o bujão de fulcro (614) para que o pino (875)


prensado no fulcro entre no orifício do pino da alavanca
2 (613). Em seguida, instale o anel elástico (858).
9. Insira o bujão de ajuste (615) e encaixe um anel elás-
tico (858).
NOTA: Tome cuidado para não misturar os orifícios nos
quais o fulcro e o bujão de ajuste são inseridos. Opere a
alavanca de retroalimentação e certifique-se de que a folga
não seja grande e de que a alavanca se mova suavemente.

TULI12ECX0985AB 5

TULI12ECX0986AB 6

10. Monte a mola de retorno (654) e o assento da mola


(653) no orifício do carretel e ajuste o anel elástico
(814).
11. Monte a mola de ajuste (655) no orifício do carretel.
Coloque o pistão de compensação (621) e o aloja-
mento do pistão (622) no orifício de compensação e
prenda a tampa piloto (641) com os parafusos de so-
quete (438) e (439).

: 5 mm (0.20 in)
: 12 N·m (8.9 lb ft)

TULI12ECX0988AB 7

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 24
Sistemas hidráulicos - Válvulas de controle da bomba

12. Monte o carretel (642) e a mola (662) na tampa do


piloto (641) e aperte os bujões VP (466).

: 5 mm (0.20 in)
: 36 N·m (26.6 lb ft)
13. Coloque o assento da mola (644), mola piloto (646) e
ajuste a haste (645) no orifício do piloto. Em seguida,
monte o assento da mola (624), mola interna (626) e
externa (625) no orifício de compensação.
NOTA: Não confunda a direção do assento da mola.

TULI12ECX0989AB 8

14. Prenda a tampa (629) equipada com parafusos fixa-


dores (628) e (925), ajuste a haste (627), a porca de
pressão (630), a porca (801) e o parafuso de soquete
(924). Em seguida, fixe-os com os parafusos de so-
quete (438).

: 5 mm (0.20 in)
: 12 N·m (8.9 lb ft)

TULI12ECX0990AB 9

15. Fixe a tampa do bloco (656) e aperte os parafusos


(438).

: 5 mm (0.20 in)
: 12 N·m (8.9 lb ft)

TULI12ECX0991AB 10

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 25
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Válvulas de controle da bomba - 102


Válvula de controle da bomba - Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Válvula de controle da bomba - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
Válvula de controle da bomba - Localização do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Válvula de controle da bomba - Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23
Válvula de controle da bomba - Torque (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Válvula de controle da bomba - Vista explodida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Válvulas de controle da bomba - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.2 [35.102] / 26
Sistemas hidráulicos - 35

Bomba de deslocamento variável - 106

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Bomba de deslocamento variável - 106

DADOS TÉCNICOS

Bomba
Especificações gerais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

DADOS FUNCIONAIS

Bomba de deslocamento variável


Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Bomba
Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diagrama hidráulico (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Identificação do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Vista explodida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15

SERVIÇO

Bomba de deslocamento variável


Medida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21
Bomba
Configurar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33
Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 34

DIAGNÓSTICO

Bomba
Detecção e solução de problemas Sobrecarga no motor (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 2
Detecção e solução de problemas (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35
Detecção e solução de problemas (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 3
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Especificações gerais [100896200]


CX220C Modelo padrão LA

Bomba de
Item Bomba principal engrenagens para
a piloto
Bomba K3V112DTP1KMR-YT2K-HV ZX10LPRZ7-07G
Bomba com êmbolo de Bomba de engrenagens
Tipo deslocamento variável: tipo do tipo deslocamento
regulador conectado fixo
Máx. capacidade de deslocamento 110 cm³ (6.71 in³) x 2 10 cm³ (0.6 in³)
Nominal (Sentido
horário,
visto da
Velocidade 2000 RPM ←
extremi-
dade do
eixo)
Nominal 34.3 MPa (4975 psi)
Pressão 5.0 MPa (725 psi)
Reforço ATT 37.8 MPa (5483 psi)
220 l/min (58 US gpm)x 2 em
Máx. fluxo 20 l/min (5.3 US gpm)
7.8 MPa (1131 psi)
Máx. potência de entrada (em 2000 RPM) 114 kW (155 Hp) 3.4 kW (4.6 Hp)
Máx. torque de entrada (em 1200 RPM) 544 N·m (401 lb ft) 14.7 N·m (10.8 lb ft)
Modelo KR3G-YT2K-V
Função Controle de fluxo elétrico, controle de fluxo positivo,
de controle de potência total no modo de emergência e
Regulador
controle controle de mudança de potência
Outros Com válvula solenoide redutora proporcional
(KDRDE5K-31/30C50)
Massa 143 kg (315 lb)

NOTA: A pressão máxima de entrada de e o torque máx. de entrada da bomba principal incluem os da bomba de
engrenagens.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 4
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba de deslocamento variável - Descrição dinâmica [100896212]


CX220C Modelo padrão LA

Operação
O conjunto da bomba é equipado com duas bombas, dis-
postas sobre o mesmo eixo, que estão conectadas à en-
grenagem (116) e distribuem a potência de giro aos trens
de engrenagens em um eixo diferente. Assim a rotação
do motor é transmitida para o eixo dianteiro (111) que
aciona as duas bombas e, ao mesmo tempo, aciona a
bomba de engrenagens piloto disposta sobre o outro eixo.

O conjunto da bomba consiste em grande parte de:

• O grupo rotativo, peça principal da bomba que aciona


a rotação.
• O grupo da placa oscilante que altera a taxa de distri-
buição.
• O grupo do bloco da válvula que seleciona entre a dis-
tribuição e a sucção de óleo.
• O grupo da TDP que transmite a potência de aciona-
mento à bomba de engrenagens.

TULI12ECX0176BB 1

Grupo giratório
O grupo giratório consiste no eixo (111), no bloco do cilindro (141), no pistão (151), na placa (153), sapata (152), na
bucha esférica (156) e na mola do cilindro (157).

O eixo é apoiado por rolamentos (123) e (124) em ambas as extremidades. A sapata, que é vedada pelo pistão,
forma uma junta esférica e alivia a força de compressão que é gerada pela pressão de carga.

Além disso, o pistão é fornecido com uma cavidade para que possa se mover levemente na placa da sapata (211),
obtendo o equilíbrio hidráulico.

O subgrupo pistão-sapata é pressionado contra a placa da sapata pela mola do cilindro, através da placa retentora
e da bucha esférica, para que se mova suavemente sobre a placa da sapata. Os blocos de cilindros (141) também
são pressionados contra as placas de válvula (313) ou (314) pela ação da mola do cilindro (157).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 5
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

TULI12ECX0177FA 2

Grupo da placa oscilante


O grupo de placa oscilante consiste em placa oscilante
(212), placa da sapata (211), suporte da placa oscilante
(251), bucha de inclinação (214),pino de inclinação (531)
e servo pistão (532). A placa oscilante é uma peça cilín-
drica formada no lado oposto da superfície deslizante da
sapata e é apoiada pelo suporte da placa oscilante.

A força hidráulica controlada pelo regulador flui para a


câmara hidráulica que fica em ambos os lados do servo
pistão. Isso move o servo pistão para a direita e para a
esquerda. O resultado é que a placa oscilante balança
no suporte da placa oscilante através da parte esférica
do pino de inclinação e muda o ângulo de inclinação (a).

TULI12ECX0178BB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 6
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Grupo do bloco da válvula


O grupo do bloco da válvula consiste no bloco da válvula
(312), nas placas de válvula (313) e (314) e no pino da
placa da válvula (885). As placas da válvula com duas
portas em formato crescente são instaladas no bloco da
válvula (312) para alimentar o óleo e reutilizá-lo a partir
do bloco do cilindro (141). O óleo comutado pela placa
da válvula é conectado ao tubo externo pelo caminho do
bloco da válvula.

TULI12ECX0179BB 4

TDP grupo
O grupo da TDP é composto pela 1ª marcha (116), 2ª mar-
cha (117) e 3ª marcha (118). A 2a e a 3a marchas são
suportadas pelos rolamentos (125) e (126), respectiva-
mente, e instaladas no bloco da válvula.

Agora, se o eixo for acionado pelo motor, o bloco do cilin-


dro girará junto pela articulação da ranhura. Se a placa
oscilante for inclinada, os pistões dispostos no bloco do
cilindro farão movimento recíproco com relação ao cilin-
dro conforme o bloco do cilindro gira. Se observarmos
apenas um pistão, veremos que ele faz um movimento
para se afastar da placa da válvula (processo de sucção
do óleo) nos primeiros 180° e um movimento de encon-
tro à placa da válvula (processo de distribuição de óleo)
nos 180° restantes. Se a placa oscilante não for inclinada
(ângulo de inclinação zero), o pistão não se deslocará, ou
seja, não distribuirá o óleo.

A rotação do eixo é assumida pela 1ª engrenagem (116)


e transmitida para a 2ª engrenagem (117) e para a 3ª en-
grenagem (118), para acionar a bomba de engrenagens
que está vinculada à 3ª engrenagem.

TULI12ECX0180BB 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 7
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Visão geral [100896219]


CX220C Modelo padrão LA

Vista geral e pórticos hidráulicos

TULI12ECX0151GB 1

1. Conjunto da bomba principal PH1. Porta do sensor de pressão G 3/8-17


2. Conjunto do regulador (Qtd. 2) PH2. Porta do sensor de pressão G 3/8-17
3. Conjunto da bomba de engrenagens (para piloto) a1. Porta do indicador G 1/4-15
4. Válvula redutora proporcional do solenoide (Qtd. 2) a2. Porta do indicador G 1/4-15
5. TDP quantidade a3. Porta do indicador G 1/4-15
Porta de fornecimento SAE 414 bar (6000 psi)
A1. a4. Porta do indicador G 1/4-15
25.4 mm (1 in)
Porta de fornecimento SAE 414 bar (6000 psi)
A2. a5. Porta do indicador G 1/4-14
25.4 mm (1 in)
Porta de sucção SAE 172 bar (2500 psi) 63.5 mm Porta de fornecimento da bomba de
B1. A3.
(2.5 in) engrenagens G 1/2-19

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 8
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Porta de sucção da bomba de engrenagens


Dr. Porta de drenagem G 3/4-20 B3.
G 3/4-20.5
Porta de drenagem da bomba de
PSV1. Porta auxiliar servo G 1/4-13 Dr3.
engrenagens G 3/8-15
PSV2. Porta auxiliar servo G 1/4-13

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 9
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Diagrama hidráulico [100896244]


CX220C Modelo padrão LA

Diagrama do circuito hidráulico

TULI12ECX0157GB 1

1. Conjunto da bomba principal


2. Conjunto do regulador (Qtd. 2)
3. Conjunto da bomba de engrenagens (para piloto)
4. Válvula redutora proporcional do solenoide (Qtd. 2)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 10
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Identificação do componente [100896256]


CX220C Modelo padrão LA

Bomba hidráulica

Bomba principal

TULI12ECX0163GA 1

111. Eixo propulsor (F) 468. Bujão VP; PF 3/4 (Qtd. 4)


113. Eixo propulsor (G) 490. Bujão VP; NPTF1/16 (Qtd. 32)
116. Marcha nº 1 531. Pino de inclinação M24 X 2 (Qtd. 2)
123. Rolamento do rolete (Qtd. 2) 532. Servo pistão M24 X 2 (Qtd. 2)
124. Rolamento da agulha (Qtd. 2) 534. Batente (L) (Qtd. 2)
127. Espaçador do rolamento (Qtd. 3) 535. Batente (S) (Qtd. 2)
141. Bloco do cilindro (Qtd. 2) 546. Espaçador (Qtd. 2)
151. Pistão (Qtd. 18) 548. Pino de realimentação (Qtd. 2)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 11
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

152. Sapata (Qtd.) 18) 702. Anel O-ring; 1B G35 (Qtd. 2)


153. Placa retentora (Qtd. 2) 710. Anel O-ring; 1B G95 (Qtd. 2)
156. Bucha esférica (Qtd. 2) 717. Anel O-ring; 1B G145 (Qtd. 4)
157. Mola do cilindro (Qtd. 18) 724. Anel O-ring; 1B P8 (Qtd. 16)
211 Placa da sapata (Qtd. 2) 725. Anel O-ring; 1B P11 (Qtd. 9)
212. Placa oscilante (Qtd. 2) 727. Anel O-ring; 1B P14 (Qtd. 3)
214. Inclinação bucha (Qtd. 2) 728. Anel O-ring; 1B P24 (Qtd. 4)
251. Suporte da placa oscilante (Qtd. 2) 732. Anel O-ring; 1B P18 (Qtd. 2)
261. Tampa de vedação (F) 774. Vedação do óleo
271. Carcaça da bomba (Qtd. 2) 789. Anel de reserva; P18 (Qtd. 2)
312. Bloco da válvula 792. Anel de reserva; G35 (Qtd. 2)
313. Placa da válvula (R) 806. Porca; M16 (Qtd. 2)
314. Placa da válvula (L) *808. Porca; M20 (Qtd. 2)
325. Bloco do sensor *824. Anel elástico (Qtd. 2)
326. Tampa 885. Pino da placa da válvula (Qtd. 2)
401. Parafuso de soquete; M20 X 210 (Qtd. 8) 886. Pino da mola (Qtd. 4)
406. Parafuso de soquete; M8 X 20 (Qtd. 4) 901. Parafuso com olhal M10 (Qtd. 2)
407. Parafuso de soquete; M6 X 55 (Qtd. 3) 953. Parafuso de soquete; M16 x 35 (Qtd. 2)
414. Parafuso de soquete; M10 X 20 (Qtd. 4) *954. Parafuso fixador M20 (Qtd. 2)
466. Bujão VP; PF 1/4 (Qtd. 2) *04. Bomba de engrenagens
467. Bujão VP; PF 3/8 (Qtd. 2) 05. TDP quantidade

* Os códigos em estrela representam ajuste do parafuso. Não mexer nos parafusos fixadores na medida do possível.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 12
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba de engrenagens (para piloto)

TULI12ECX0167GA 2

307. Cabeçote 434. Soquete do flange; M8 × 55 (Qtd. 2)


308. Assento 435. Soquete do flange; M10 X 35 (Qtd. 2)
309. Anel 466. Bujão Vp; G1/4 (Qtd. 2)
310. Mola 700. Anel
311. Parafuso fixador 710. Anel O-ring
312. Porca de pressão; M14 X 1.5 725. Anel O-ring
351. Caixa de engrenagens 732. Anel O-ring
353. Engrenagem condutora 850. Anel trava
354. Engrenagem acionada 877. Pino (Qtd. 2)
355. Filtro A3. Porta de fornecimento; G1/2 53 N·m (39.1 lb ft)
361. Case dianteiro B3. Porta de sucção; G3/4 74 N·m (55 lb ft)
433. Soquete do flange; M8 × 40 (Qtd. 2) Dr4. Porta de drenagem; G3/8 34 N·m (25 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 13
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

TDP caixa de engrenagens

TULI12ECX0169GA 3

10. Eixo intermediário 414. Parafuso de soquete; M10 X 20 (Qtd. 2)


11. Caixa de engrenagens 435. Soquete do flange; M10 X 20 (Qtd. 4)
12. Pino 468. Bujão Vp: G3/4
117. 2a velocidade 711. Anel O-ring
118. 3a velocidade 728. Anel O-ring
125. Rolamento de esfera (Qtd. 2) 825. Anel elástico
126. Rolamento de rolos 826. Anel elástico
128. Espaçador do rolamento (Qtd. 2) 886. Pino (Qtd. 2)
262. Tampa

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 14
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Vista explodida [100897275]


CX220C Modelo padrão LA

TULI12ECX3158GA 1

NOTA: O número em um retângulo representa os parafusos fixadores. Não mexer nos parafusos fixadores na medida
do possível.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 15
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

4. Bomba piloto 407. Parafuso de soquete M6 X 55 (Qtd. 3)


5. TDP alojamento de engrenagens 412. Parafuso de soquete (Qtd. 2)
6. Anel O-ring (Qtd. 2) 413. Parafuso de soquete (Qtd. 2)
7. Tampa 435. Parafuso de soquete (Qtd. 2)
8. Parafuso de soquete (Qtd. 2) 466. Bujão VP PF 1/4 (Qtd. 2)
9. Regulador 467. Bujão VP PF 3/8 (Qtd. 2)
10. Válvula de curto circuito 468. Bujão VP PF 3/4 (Qtd. 4)
11. Parafuso de soquete 490. Bujão NPTF 1/16 (Qtd. 27)
111. Eixo (F) 531. Pino de inclinação M24 X 2 (Qtd. 2)
113. Eixo (R) 532. Servo pistão M24 X 2 (Qtd. 2)
116. 1a velocidade 534. Batente (Qtd. 2)
123. Rolamento do rolete (Qtd. 2) 535. Batente (Qtd. 2)
124. Rolamento da agulha (Qtd. 2) 546. Espaçador (Qtd. 2)
127. Espaçador do rolamento (Qtd. 4) 548. Pino de realimentação (Qtd. 2)
141. Bloco do cilindro (Qtd. 2) 702. Anel O-ring (Qtd. 2)
151. Pistão (Qtd. 18) 710. Anel O-ring (Qtd. 2)
152. Sapata (Qtd.) 18) 717. Anel O-ring (Qtd. 2)
153. Placa (Qtd. 2 724. Anel O-ring (Qtd. 18)
156. Bucha esférica (Qtd. 2) 725. Anel O-ring (Qtd. 6)
157. Mola do cilindro (Qtd. 18) 727. Anel O-ring (Qtd. 3)
211. Placa da sapata (Qtd. 2) 728. Anel O-ring (Qtd. 4)
212. Placa oscilante (Qtd. 2) 732. Anel O-ring (Qtd. 2)
214. Inclinação bucha (Qtd. 2) 774. Vedação do óleo
251. Suporte da placa oscilante (Qtd. 2) 789. Anel de reserva (Qtd. 2)
261. Tampa (dianteira) 792. Anel de reserva (Qtd. 2)
262. Tampa (traseira) 806. Porca Sextavada M16 (Qtd. 2)
271. Carcaça da bomba (Qtd. 2) 808. Porca Sextavada M20 (Qtd. 2)
312. Bloco da válvula 824. Anel elástico (Qtd. 2)
313. Placa da válvula (dianteira) 885. Pino da placa da válvula (Qtd. 2)
314. Placa da válvula (traseira) 886. Pino da mola (Qtd. 4)
325. Bloco do sensor 901. Parafuso com olhal M10 (Qtd. 2)
401. Parafuso de soquete M20 X 210 (Qtd. 8) 953. Parafuso fixador M16 X 30 (Qtd. 2)
406. Parafuso de soquete M8 X 20 (Qtd. 4) 954. Parafuso fixador M20 (Qtd. 2)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 16
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba de deslocamento variável - Medida [100897341]


CX220C Modelo padrão LA

Preparação para a medida da pressão hidráulica

Equipamento hidráulico
6.9 MPa (1001 psi)manômetro: 1 unidade
49 MPa (7107 psi)manômetro: 2 unidades
Equipamento de medida de pressão e instrumento para
análise: 1 unidade

TULI12ECX0402BA 1

Medição da limpeza do óleo hidráulico


IMPORTANTE: Após a liberação do ar no tanque de óleo
hidráulico, abra a tampa, pegue uma amostra de óleo no
tanque hidráulico e meça com o instrumento para análise.
Se o valor medido for maior que o valor padrão, substitua
o filtro de retorno ou troque o óleo hidráulico.

Posicione para instalar o manômetro

Circuito principal
Após liberar a pressão no tanque de óleo hidráulico
e sistema, substitua os bujões\ PF 1/4 das portas do
indicador da bomba principal (a1) (a2) por bujões para
medição de pressão, e anexe o manômetro 49 MPa
(7107 psi).

Circuito piloto
Substitua o bujão do indicador piloto (a5) pelo bujão PF
1/4 para medição de pressão, e prenda o manômetro
6.9 MPa (1001 psi).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 17
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba de deslocamento variável - Instrução de serviço [100897344]


CX220C Modelo padrão LA

Padrão de manutenção:
Valor
Dimensão recomendado
Nome da peça e item de inspeção Solução
padrão para
substituição
Folga entre o pistão e o orifício do cilindro (D-d)

0.028 mm 0.056 mm Substitua o pistão


(0.0011 in) (0.0022 in) ou o cilindro.

TULI12ECX0939AB 1
Folga entre o pistão e a peça vedada da sapata (d)

Substituir o
0 - 0.1 mm (0 - 0.3 mm
conjunto da
0.0039 in) (0.0118 in)
sapata do pistão.

TULI12ECX0940AA 2
Espessura da sapata (t)

Substituir o
3.9 mm 3.7 mm
conjunto da
(0.1535 in) (0.1457 in)
sapata do pistão.

TULI12ECX0941AA 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 18
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Valor
Dimensão recomendado
Nome da peça e item de inspeção Solução
padrão para
substituição
Altura livre da mola do cilindro (L)

31.3 mm 30.2 mm Substitua a mola


(1.2323 in) (1.1890 in) do cilindro.

TULI12ECX0942AA 4
Altura combinada da placa retentora e bucha esférica
(H-h)

Substitua um
10.5 mm 9.8 mm conjunto de bucha
(0.4134 in) (0.3858 in) esférica ou placa
retentora.

TULI12ECX0943AA 5

Padrões de reparo para o cilindro, placa da válvula e placa oscilante (superfície da placa
da sapata)
Placa da válvula (seção deslizante).
Rugosidade da superfície que requer
Placa oscilante (superfície da placa 3-Z
correção.
da sapata).
Cilindro (seção deslizante). Rugosidade padrão da superfície
Menos de 0,4 Z (polimento)
Rugosidade de cada superfície. (valor de correção)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 19
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba de deslocamento variável - Instrução de serviço [100897347]


CX220C Modelo padrão LA

Padrão de manutenção
Em caso de arfagem (1 passo tem mais de 1 mm
(0.039 in), enquanto a razão de área é maior do que
5%) observada na superfície dos dentes da 2ª engre-
nagem (117) e da 3ª engrenagem (118), substituir as
engrenagens. Substituir as engrenagens também no
caso de exibirem danos excessivos.

Ponto de retirada de ar
1. Após a instalação da válvula de alívio, ligar o motor.
2. Soltar o bujão de retirada de ar (1) até o anel O-ring (2)
sair, para permitir a saída do fluxo de ar.
3. A operação de remoção do ar estará concluída quando
apenas óleo hidráulico fluir do bujão (1).
4. Apertar o bujão (1) com o torque especificado.
: 17 mm
: 23 N·m (17 lb ft)

TULI12ECX0966BB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 20
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba de deslocamento variável - Preparar [100897350]


CX220C Modelo padrão LA

CUIDADO
Saída de fluido.
O vazamento de fluido hidráulico ou combustível diesel sob pressão pode penetrar na pele e causar
infecção ou outros ferimentos. Para evitar ferimentos, alivie toda a pressão antes de desconectar os
tubos dos fluidos ou realizar trabalhos no sistema hidráulico. Antes de aplicar pressão, verifique se
todas as conexões estão apertadas e os componentes estão em boas condições. Nunca use as mãos
para verificar vazamentos suspeitos sob pressão. Use um pedaço de papelão ou madeira para esse
fim. Em caso de ferimentos provocados por vazamento de fluidos, consulte o médico imediatamente.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W0178A

CUIDADO
Evite lesões!
O óleo quente pressurizado pode causar queimaduras. Despressurize a haste ou remova a tampa
lentamente com o motor desligado para liberar a pressão do tanque hidráulico.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W1238A

AVISO: Verificar se os dispositivos de elevação (ganchos, correntes, etc.) estão em perfeitas condições sem nenhum
sinal de desgaste excessivo e se são adequados para suportar o peso da carga.
1. Estacione a máquina em uma superfície firme e nive-
lada.
2. Para drenar a pressão hidráulica do Sistema hidráu-
lico, consulte Módulos eletrônicos - Configurar
(55.640) “Liberação da pressão hidráulica”.
3. Desligar o motor. Pressionar a válvula localizada na
tampa do tanque de óleo hidráulico para liberar a pres-
são residual presente no próprio tanque.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 21
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Configurar [100897377]


CX220C Modelo padrão LA

Curva de controle da bomba

TULI12ECX0507FA 1

[1] 99 kW (134.6 Hp) modo H em percurso ou trabalho


opcional
[2] 83 kW (112.8 Hp) modo H em acessório operacional
[ 3] 75 kW (102.0 Hp) modo S em acessório operacio-
nal
Revolução de entrada: 2000 RPM
Potência de entrada: 114 kW (155.0 Hp)
Torque de entrada: 544 N·m (401.2 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 22
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

TULI12ECX0512FA 2

[4] 91 kW (123.7 Hp): no modo de emergência


Revolução de entrada: 2000 RPM
Potência de entrada: 114 kW (155.0 Hp)
Torque de entrada: 544 N·m (401.2 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 23
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Instalar [100897414]


CX220C Modelo padrão LA

1. Levantar o dispositivo da bomba hidráulica por meio do


guindaste e dos cabos.
NOTA: Peso do dispositivo da bomba hidráulica: 143 kg
(315 lb).
2. Instalar o dispositivo da bomba hidráulica no motor
com os parafusos correspondentes.

: 17 mm (0.67 in)
: 387.9 - 474.1 N·m (286.1 - 349.7 lb ft)
3. Instalar todas as mangueiras e o coletor no dispositivo
da bomba hidráulica.
: 19 mm (0.75 in)
: 29.4 N·m (21.7 lb ft)
: 22 mm (0.87 in)
: 39.2 N·m (28.9 lb ft)
: 30 mm (1.18 in)
: 137.2 N·m (101.2 lb ft)
: 36 mm (1.42 in)
: 156.9 N·m (115.7 lb ft)
: 8 mm (0.31 in)
: 64 N·m (47.2 lb ft)
: 10 mm (0.39 in)
: 108 N·m (79.7 lb ft)
4. Acoplar todos os conectores elétricos.
5. Instalar todas as portas e painéis de proteção.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 24
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Desmontar [100897432]


CX220C Modelo padrão LA

• Prosseguir com as operações de desmontagem em


um local limpo.
Espalhar o lençol de borracha ou pano sobre a ban-
cada de trabalho para proteger as peças.
• Limpar as peças removendo sujeira, ferrugem, etc,
da superfície da bomba com óleo de lavagem.
• Drenar o óleo do alojamento da bomba removendo
os bujões dos pórticos de drenagem (466) e (468).

: 19.36 mm (0.76 in)

TULI12ECX0910AB 1

1. Remoção da bomba piloto.


Remover os parafusos de soquete (435) e remover a
bomba piloto (4).

: 8 mm (0.31 in)
2. Remova o alojamento da engrenagem da TDP.
Remover os parafusos de soquete (435)e, em seguida,
retirar o alojamento da engrenagem da TDP (5).

: 8 mm (0.31 in)

TULI12ECX0913AB 2

3. Remoção do regulador.
Remova os parafusos de soquete (412) e (413), depois
remova o regulador (9).

: 6 mm (0.24 in)

TULI12ECX0915AB 3

4. Solte os parafusos de soquete (401) que prendem o


suporte da placa oscilante (251), alojamento da bomba
(271) e bloco da válvula (312).

: 17 mm (0.67 in)

TULI12ECX0916AB 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 25
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

5. Colocar a bomba nivelada em uma bancada com a su-


perfície de montagem do regulador voltada para baixo.
Em seguida, separar o alojamento da bomba (271) e o
bloco da válvula (312).
NOTA: Ao virar a superfície de montagem do regulador
para baixo, colocar uma placa de borracha na bancada
para não marcar a superfície de montagem.
Quando o alojamento da bomba for separada do bloco da
válvula, remover a 1ª engrenagem (116) ao mesmo tempo.

TULI12ECX0917AB 5

6. Extraia o cilindro (141) para fora do alojamento da


bomba (271) em paralelo ao eixo (111). Ao mesmo
tempo, extraia o pistão (151), a placa (153), a bucha
esférica (156) e a mola do cilindro (157).
NOTA: Tomar cuidado para não marcar a superfície des-
lizante do cilindro, a bucha esférica, a sapata e a placa
oscilante.

TULI12ECX0918AB 6

7. Remova o parafuso de soquete (406) e a tampa de


vedação (261).

: 6 mm (0.24 in)
NOTA: A tampa da vedação pode ser retirada com facili-
dade se for retirada apertando-se os parafusos nos orifí-
cios rosqueados da tampa de vedação.
Uma vedação do óleo é encaixada na tampa da vedação.
Portanto, tomar cuidado para não marcar a vedação do
óleo.

TULI12ECX0919AB 7

8. Bater levemente no flange de montagem do suporte da


placa oscilante (251) do lado do alojamento da bomba
(271) e separar o suporte da placa oscilante do aloja-
mento da bomba.

TULI12ECX0920AB 8

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 26
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

9. Extraia a placa da sapata (211) e a placa oscilante


(212) do alojamento da bomba (271).

TULI12ECX0921AB 9

10. Bater levemente na extremidade do eixo (111) e (113)


com um martelo plástico e retirar o eixo do suporte da
placa oscilante.

TULI12ECX0922AB 10

11. Remova a placa da válvula (313) e (314) do bloco da


válvula (312).
NOTA: A placa da válvula pode sair durante a separação
do alojamento da bomba do bloco da válvula.

TULI12ECX0923AB 11

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 27
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

12. Se necessário, remova os tampões (534) e (535), o


servo pistão (532) e o pino de inclinação (531) do
alojamento da bomba (271), e remova o rolamento
da agulha (124) do bloco da válvula (312).
NOTA: Ao remover o pino de inclinação, tomar cuidado
para não marcar a cabeça do pino de inclinação usando
uma guia. É difícil separar o pino de inclinação do servo
pistão em alguns casos pois passa-se LOCTITE® nas peças
casadas entre eles. Tomar cuidado para não marcar o
servo pistão aplicando força excessiva.
Não remover os rolamentos de agulha, exceto quando sua
vida útil tiver terminado.
Não soltar as porcas hexagonais (806) e (808) do bloco da
válvula (312) e do suporte da placa oscilante (251). Um
fluxo definido se altera.

TULI12ECX0924BB 12

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 28
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Remoção [100897417]


CX220C Modelo padrão LA

1. Remover todas as portas e painéis de proteção para


obter acesso ao dispositivo da bomba hidráulica.
2. Desconectar todos os conectores elétricos.
3. Remover todas as mangueiras e o coletor do disposi-
tivo da bomba hidráulica.
: 19 mm (0.7 in), 22 mm (0.9 in),
30 mm (1.2 in), 36 mm (1.4 in)
: 8 mm (0.3 in), 10 mm (0.4 in)
4. Apertar o dispositivo da bomba hidráulica por meio dos
cabos de levantamento e do guindaste.
NOTA: Peso do dispositivo da bomba hidráulica: 143 kg
(315 lb).
5. Remover os parafusos de fixação do dispositivo da
bomba hidráulica e removê-la do motor.
: 17 mm (0.7 in)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 29
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Montar [100897435]


CX220C Modelo padrão LA

1. A montagem é efetuada na ordem inversa da desmon-


tagem, mas observar o seguinte:
• Reparar as peças marcadas na desmontagem. Ob-
ter peças de substituição prontas antecipadamente.
• Lavar as peças suficientemente em óleo de limpeza
e secá-las com jato de ar.
• Não esquecer de cobrir as áreas deslizantes e os
rolamentos com óleo hidráulico limpo.
• Em princípio, substituir as peças de vedação como
anéis O-ring e vedações de óleo.
• Apertar os bujões e parafusos de soquete de acordo
com os torques especificados neste manual, usando
uma chave de torque.
• Não misturar as peças da bomba dianteira com as
peças da bomba traseira.
2. Fixar o suporte da placa oscilante (251) no alojamento
da bomba (271) batendo levemente no suporte da
placa oscilante com um martelo plástico.
NOTA: Quando o servo pistão, o pino de inclinação e os
limitadores forem removidos, instalá-los no alojamento da
bomba primeiro.
Ao apertar o servo pistão e o pino de inclinação, use uma
guia para não danificar a cabeça do pino de inclinação e
do pino de retorno.
Cubra a peça aparafusada com LOCTITE® 262™.

TULI12ECX0925AB 1

3. Instalar a placa oscilante colocando o alojamento da


bomba com a superfície de montagem do regulador
para baixo. Inserir a bucha de inclinação da placa os-
cilante no pino de inclinação (531) e encaixar a placa
oscilante (212) no suporte (251) adequadamente.
NOTA: Confirmar com as duas mãos que a placa oscilante
se move suavemente.
O eixo deve é instalado facilmente se for aplicada graxa
nas peças deslizantes da placa oscilante e no suporte.
Não danificar as superfícies deslizantes da placa da sa-
pata.

TULI12ECX0926AB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 30
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

4. Instale o eixo (111) equipado com o rolamento (123), o


espaçador do rolamento (127) e o anel elástico (824),
no suporte da placa oscilante (251).
NOTA: Não bater no eixo com um martelo ou algo pare-
cido.
Fixar o rolamento batendo levemente na corrediça externa
dele com um martelo plástico e ajustá-lo exatamente na
extremidade usando uma haste de aço e outras ferramen-
tas.

TULI12ECX0927AB 3

5. Instale a tampa de vedação (261) no alojamento da


bomba (271) e fixe-a com os parafusos de soquete
(406).

: 6 mm (0.2 in)
: 29.4 N·m (21.7 lb ft)
NOTA: Cobrir a vedação do óleo na tampa da vedação
com uma fina camada de graxa.
Manusear a vedação do óleo com cuidado suficiente para
não marcá-la.

TULI12ECX0928AB 4

6. Monte o subcomponente do cilindro do pistão no bloco


do cilindro (141), pistão (151), placa (153), sapata
(152), bucha esférica (156) e mola do cilindro (157).
Alinhar a bucha esférica com a ranhura do cilindro e
inseri-la no alojamento da bomba.

TULI12ECX0929AB 5

7. Instale a placa da válvula (313) e (314) no bloco da


válvula (312), alinhando o pino.
NOTA: Não confundir os lados de sucção e fornecimento
da placa da válvula.

TULI12ECX0930AB 6

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 31
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

8. Instalar o bloco da válvula (312) no alojamento da


bomba (271) e apertá-los com os parafusos de so-
quete (401).

: 17 mm (0.7 in)
: 430 N·m (317 lb ft)
NOTA: O trabalho será favorecido se o conjunto for ini-
ciado a partir da bomba traseira.
Tomar cuidado para não trocar o sentido do bloco da vál-
vula (312). Instalá-lo de modo que o regulador fique como
visto da parte dianteira e o flange de sucção venha pela
direita.
Inserir a 1a engrenagem no bloco da válvula antecipada- TULI12ECX0931AB 7
mente e conectá-la às ranhuras do eixo.
9. Instale o regulador (9) apertando o pino de retorno da
alavanca de retorno do regulador, em seguida, instalar
o regulador e apertar o parafuso (412) e (413).

: 6 mm (0.2 in)
: 29.4 N·m (21.7 lb ft)
IMPORTANTE: Não trocar o regulador dianteiro pelo tra-
seiro.

TULI12ECX0933AB 8

10. Instale o alojamento da engrenagem da TDP (5) e


prenda-a com parafuso de soquete (435).

: 8 mm (0.3 in)
: 17 N·m (12.5 lb ft)

TULI12ECX0936AB 9

11. Instalar a bomba piloto (4) e apertá-la com o parafuso


de soquete (435).

: 8 mm (0.3 in)
: 17 N·m (12.5 lb ft)

TULI12ECX0937AB 10

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 32
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Instrução de serviço [100897438]


CX220C Modelo padrão LA

Padrão de manutenção
Nome da peça e item de Valor recomendado para
Dimensão padrão Solução
inspeção substituição
Folga entre o pistão e o
orifício do cilindro (D-d) Substituir o pistão ou o
0.039 mm (0.0015 in) 0.067 mm (0.0026 in)
cilindro

Folga entre o pistão e a


peça vedada da sapata (d)
Substituir o conjunto da
0 - 0.1 mm (0.000 - 0.004 in) 0.3 mm (0.012 in)
sapata do pistão.

Espessura da sapata (t)


Substituir o conjunto da
4.9 mm (0.193 in) 4.7 mm (0.185 in)
sapata do pistão.

Altura livre da mola do


cilindro (L)
Substituir a mola do
41.1 mm (1.618 in) 40.3 mm (1.587 in)
cilindro

Altura combinada da placa


retentora e bucha esférica Substituir um conjunto de
(H-h) 23.0 mm (0.906 in) 22.0 mm (0.866 in) bucha esférica ou placa
retentora

Padrões de reparo para o cilindro, placa da válvula e placa oscilante (superfície da placa
da sapata)
Placa da válvula (seção deslizante)
Rugosidade da superfície que requer
Placa oscilante (superfície da placa 3-Z
correção
da sapata)
Cilindro (seção deslizante) Rugosidade padrão da superfície
Menos de 0,4 Z (polimento)
Rugosidade de cada superfície (valor de correção)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 33
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Instrução de serviço [100897446]


CX220C Modelo padrão LA

Localizar causas de problemas


A bomba geralmente é equipada com um regulador,
válvulas auxiliares e bombas auxiliares, e isso torna a
localização da falha extremamente difícil. No entanto,
falhas seriam encontradas facilmente se os seguintes
itens de verificação tivessem sido resolvidos.
1. Inspecione o filtro e drene o óleo
Inspecione o elemento do filtro para verificar se há con-
taminações anormais. Algumas partículas metálicas
serão depositadas nele com o desgaste da sapata e
do cilindro. Caso partículas metálicas sejam encontra-
das em grande quantidade, os elementos podem ser
danificados. Nesse caso, verifique o óleo de dreno no
alojamento da bomba também.
2. Verifique se há vibração e som anormais
Certifique-se de que a bomba não vibre e faça um som
anormal. Certifique-se de que as oscilações do regu-
lador e a válvula de alívio valveAfs fixada sejam de fre-
quência regular. Caso a vibração e o som sejam anor-
mais, a bomba poderá estar gerando uma cavitação ou
quebrada internamente.
3. Quando duas bombas forem usadas
Caso duas bombas ou motores sejam usados ou
quando uma bomba dupla for usada. Troque os tubos
da bomba. Isso deixará claro que as bombas estão
com defeito ou que o circuito após as bombas está
com defeito.
4. Medições de pressão
Se o problema estiver relacionado às funções de con-
trole, evite desmontar as bombas descuidadamente,
mas procure as causas medindo as pressões.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 34
Sistemas hidráulicos - Bomba de deslocamento variável

Bomba - Detecção e solução de problemas Sobrecarga no motor


[100897290]
CX220C Modelo padrão LA

Problema Causa possível Correção


A revolução e a pressão Ajuste a pressão com o valor especificado
são maiores que os
valores configurados
O torque do regulador Reajuste o regulador Consulte o Manual do operador
está definido acima do
normal
As peças internas da Substitua as peças danificadas Verifique o filtro e drene o óleo para ver se
bomba estão emperradas há partículas de desgaste anormais
ou quebradas
O regulador está tubulado Regulador do tubo corretamente
incorretamente

Bomba - Detecção e solução de problemas [100897311]


CX220C Modelo padrão LA

Problema Causa possível Correção


O regulador está fora da Repare o regulador Consulte o Manual do operador
ordem
As peças internas da Substitua as peças danificadas Verifique o filtro e drene o óleo
bomba estão emperradas
ou quebradas
A bomba acoplada está Substitua as peças danificadas Remova a bomba acoplada e verifique a
fora da ordem união do eixo
A válvula acoplada está Verifique a válvula acoplada. Especial- Consulte o manual da válvula acoplada
fora da ordem mente o cabeçote, o assento e a mola
O regulador está tubulado Tubo corretamente
incorretamente

Bomba - Detecção e solução de problemas [100897332]


CX220C Modelo padrão LA

Problema Causa possível Correção


Cavitação Impeça a cavitação A pressão do turbo está baixa
Certifique-se de que o óleo hidráulico não A bomba acoplada está com problema
seja obscurecido O tubo de sucção está inalando ar
A resistência de sucção é alta
Peça vedada da sapata Substitua o pistão da sapata e a placa da
está quebrada sapata
O cilindro está rachado Substituir o cilindro
A bomba está instalada Instalação correta
incorretamente
O regulador está Repare o regulador Consulte o manual do regulador
emperrando
A válvula de alívio na Reparo a válvula acoplada Consulte o manual para a válvula acoplada
válvula acoplada está
emperrando
Som anormal e vibração Danos da engrenagem Substitua a engrenagem

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 35
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Bomba de deslocamento variável - 106


Bomba - Configurar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Bomba - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
Bomba - Detecção e solução de problemas (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35
Bomba - Detecção e solução de problemas (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35
Bomba - Detecção e solução de problemas Sobrecarga no motor (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35
Bomba - Diagrama hidráulico (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Bomba - Especificações gerais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Bomba - Identificação do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Bomba - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
Bomba - Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33
Bomba - Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 34
Bomba - Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Bomba - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
Bomba - Vista explodida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Bomba - Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Bomba de deslocamento variável - Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Bomba de deslocamento variável - Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Bomba de deslocamento variável - Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Bomba de deslocamento variável - Medida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Bomba de deslocamento variável - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.3 [35.106] / 36
Sistemas hidráulicos - 35

Reservatório, arrefecedor e filtros - 300

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.4 [35.300] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Reservatório, arrefecedor e filtros - 300

SERVIÇO

Reservatório, arrefecedor e filtros


Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Remoção - Tanque de óleo hidráulico (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.4 [35.300] / 2
Sistemas hidráulicos - Reservatório, arrefecedor e filtros

Reservatório, arrefecedor e filtros - Preparar [100897488]


CX220C Modelo padrão LA

1. Remova a tampa da capota (A), conjunto do painel


(B), proteção (C) e outras proteções necessárias para
remover o tanque de óleo hidráulico.
(Consulte Protetor da plataforma - Remoção
(90.116) e Protetor da plataforma - Instalar (90.116)).

TULI12ECX1443AB 1

2. Libere a pressão interna do tanque.


Remova a tampa (1) do respiro de ar (2) e empurre a
válvula (cabeça de parafuso) com as mãos.
IMPORTANTE: Continue pressionando até que o assobio
pare.

TULI12ECX1446AB 2

3. Remova os 6 parafusos sems (3) M10 X 25.


: 17 mm (0.7 in)
4. Remova a tampa (4).
5. Remova o filtro de sucção (5).
6. Remova os 6 parafusos sems (3) M10 X 25.
: 17 mm (0.7 in)
7. Remova a tampa (6).
8. Remova o elemento do filtro (7).
9. Gire a alça do conjunto de elemento (7B) e desmonte
o elemento do filtro removido (7).
Desmonte as peças: (7B), (7C), (7D) x2, (7E), (7F).
10. Coloque a bomba no tanque e extraia o óleo hidráu-
lico.
Capacidade do tanque: 217.8 l (57.5 US gal)
Quantidade de óleo de nível 166.8 l (44.1 US gal)

TULI12ECX1449BC 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.4 [35.300] / 3
Sistemas hidráulicos - Reservatório, arrefecedor e filtros

Reservatório, arrefecedor e filtros - Remoção - Tanque de óleo


hidráulico [100897509]
CX220C Modelo padrão LA

1. Remova as 2 presilhas (8) da lateral do tanque e


puxe-as para fora da mangueira de sucção (9).
Ferramentas: 2 chaves de fenda planas

TULI12ECX1453AB 1

2. Remova os 2 parafusos sems (10) M12 X 35 e remova


a mangueira de retorno (11).
: 19 mm (0.7 in)
3. Remova a mangueira de dreno (12) da bomba.
: 36 mm (1.4 in)
4. Remova a mangueira de dreno (13) do motor de giro.
: 27 mm (1.06 in)

TULI12ECX1458AB 2

5. Desconecte a mangueira de retorno piloto.


1. Remova a mangueira piloto (14).
: 22 mm (0.87 in)
2. Remova a mangueira piloto (15).
: 22 mm (0.87 in)
3. Remova a mangueira piloto (16).
: 22 mm (0.87 in)

TULI12ECX1461AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.4 [35.300] / 4
Sistemas hidráulicos - Reservatório, arrefecedor e filtros

6. Remova a mangueira de dreno (17) da bomba piloto.


: 22 mm (0.87 in)

TULI12ECX1464AB 4

7. Remova os 4 parafusos de cabeça (18) M16 X 40.


: 24 mm (0.94 in)
8. Coloque um fio amarra, usando uma placa de elevação
na parte superior do tanque.
Peso do tanque: aprox. 161 kg (354.94 lb)
9. Remova o calço (19).
NOTA: Anote os locais dos calços.

TULI12ECX1468AB 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.4 [35.300] / 5
Sistemas hidráulicos - Reservatório, arrefecedor e filtros

Reservatório, arrefecedor e filtros - Instalar [100897512]


CX220C Modelo padrão LA

Instalação do tanque de óleo hidráulico


1. Limpeza do tanque de óleo hidráulico.
2. Limpeza da mangueira de sucção.
3. Limpeza da montagem do tanque.
4. A instalação é feita na ordem inversa da remoção.
5. Instale os 4 parafusos de cabeça de montagem (18)
M16 X 40 M16 X 40 com LOCTITE® 262™.
: 24 mm (0.94 in)
: 196.4 - 235.6 N·m (144.9 - 173.8 lb ft)
IMPORTANTE: Se a folga (frouxidão) entre a montagem
do tanque e a estrutura exceder 1 mm (0.04 in), ajuste a
folga com o calço (19) e aperte o parafuso sextavado (18)
para instalar o tanque.
6. Conexão da mangueira de sucção (9).
1) Aplique PERMATEX ® FORM-A-GASKET® NO. 2
SEALANT no lado do tubo de conexão da mangueira e
insira-o.
2) Coloque a mangueira com a presilha (8).
: 4.89 - 5.89 N·m (3.6 - 4.3 lb ft)

TULI12ECX1472AB 1

7. Montagem do elemento de retorno.


Monte o elemento do filtro usando o kit de elementos
(20).

TULI12ECX1474AB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.4 [35.300] / 6
Sistemas hidráulicos - Reservatório, arrefecedor e filtros

8. Instale o elemento de retorno (7).


9. Instale o filtrador de sucção (5).
10. Aperte os parafusos sems (3) M10 X 25 que fixam as
tampas do tanque (4) e (6).
11. : 41.9 - 51.1 N·m (30.9 - 37.7 lb ft)
NOTA: Dois elementos (7D) são usados como um con-
junto.
Substitua o anel O-ring (7C) e embalagem (7F) por novos,
respectivamente.
IMPORTANTE: Substitua o anel O-ring instalado na parte
de trás da tampa do tanque por um novo.
11. : 41.9 - 51.1 N·m (30.9 - 37.7 lb ft)
NOTA: Dois elementos (7D) são usados como um con-
junto.
Substitua o anel O-ring (7C) e embalagem (7F) por novos,
respectivamente.
IMPORTANTE: Substitua o anel O-ring instalado na parte
de trás da tampa do tanque por um novo.

TULI12ECX3377BB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.4 [35.300] / 7
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Reservatório, arrefecedor e filtros - 300


Reservatório, arrefecedor e filtros - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Reservatório, arrefecedor e filtros - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Reservatório, arrefecedor e filtros - Remoção - Tanque de óleo hidráulico (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.4 [35.300] / 8
Sistemas hidráulicos - 35

Unidades de bomba de combinação - 304

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.5 [35.304] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Unidades de bomba de combinação - 304

DADOS FUNCIONAIS

Bomba
Vista explodida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

SERVIÇO

Bomba
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.5 [35.304] / 2
Sistemas hidráulicos - Unidades de bomba de combinação

Bomba - Vista explodida [100897533]


CX220C Modelo padrão LA

TULI12ECX0995FB 1

115. Eixo intermediário 435. Soquete de flange M10 X 20(Qtd. 4)


117. 2a velocidade 468. Bujão VP PF 3/4
118. 3a velocidade 710. Anel O-ring
125. Rolamento de esfera (Qtd. 2) 711. Anel O-ring
126. Rolamento de rolos 728. Anel O-ring
128. Espaçador do rolamento (Qtd. 2) 825. Anel elástico
262. Tampa (Qtd. 2) 826. Anel elástico
326. Carcaça de engrenagens 885. Pino da mola
414. Parafuso de soquete M10 X 20 (Qtd. 2) 886. Pino (Qtd. 2)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.5 [35.304] / 3
Sistemas hidráulicos - Unidades de bomba de combinação

Bomba - Desmontar [100897536]


CX220C Modelo padrão LA

1. Prosseguir com as operações de desmontagem em um


local limpo.
Espalhar o lençol de borracha ou pano sobre a ban-
cada de trabalho para proteger as peças.
2. Remover a sujeira, a ferrugem, etc, da superfície da
bomba com óleo de lavagem.
3. Drene o óleo do alojamento da bomba removendo o
bujão do pórtico de drenagem (468).
: 27 mm (1.06 in)
: 74 N·m (55 lb ft)
NOTA: Escoe o óleo dos bujões da bomba dianteira e tra-
seira.
4. Remova os parafusos de soquete (414). Em seguida,
remova a tampa (262).
: 8 mm (0.31 in)
: 33.3 N·m (25 lb ft)

TULI12ECX0992AC 1

5. Remova o anel elástico (885) e o eixo da marcha lenta


(115). Em seguida, extraia a 2ª marcha (117), o ro-
lamento do rolete (126) e o espaçador do rolamento
(128).
NOTA: O rolamento do rolete (126) não pode ser separado
da 2ª marcha (117).

TULI12ECX0993AC 2

6. Remova o anel elástico (825) e extraia a 3ª marcha


(118) e o rolamento de esfera (125).
NOTA: O rolamento de esfera (125) não pode ser sepa-
rado da 3ª marcha (118).

TULI12ECX0994AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.5 [35.304] / 4
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Unidades de bomba de combinação - 304


Bomba - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Bomba - Vista explodida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.5 [35.304] / 5
71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.5 [35.304] / 6
Sistemas hidráulicos - 35

Sistema de balanço hidráulico - 352

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Sistema de balanço hidráulico - 352

DADOS FUNCIONAIS

Sistema de balanço hidráulico


Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

SERVIÇO

Sistema de balanço hidráulico


Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 2
Sistemas hidráulicos - Sistema de balanço hidráulico

Sistema de balanço hidráulico - Descrição dinâmica [100897581]


CX220C Modelo padrão LA

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 3
Sistemas hidráulicos - Sistema de balanço hidráulico

Motor hidráulico
Se o óleo em alta pressão flui para o cilindro através da
porta de entrada (a) da placa da válvula (131), como mos-
trado na figura à direita, a pressão hidráulica agirá no pis-
tão (121) e criará força F na direção axial.

A força F pode ser dividida em força F1 vertical à placa


da sapata (124) através da sapata (122) e força F2 em
ângulos retos com o eixo.

A força F2 é transmitida para o bloco do cilindro (111)


através dos pistões (121) e faz com que o eixo propulsor
gire para produzir um momento de rotação.

O bloco do cilindro (111) tem nove pistões distribuídos de


maneira uniforme. O torque de rotação é transmitido ao
eixo propulsor ao girar os pistões conectados à porta de
entrada do óleo sob alta pressão.

Se o fornecimento de óleo e as direções de descarga fo-


rem revertidos, o eixo propulsor girará na direção oposta.

O torque teórico de saída T pode ser obtido pela seguinte


equação.

Pxq
T=
2xπ

p: Pressão efetiva do diferencial MPa


TULI12ECX1003BA 1

q: Deslocamento por cc/rev de rotação

TULI12ECX1004BA_PTBR 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 4
Sistemas hidráulicos - Sistema de balanço hidráulico

Seção da caixa da válvula

Operação do êmbolo de retenção anticavita-


ção
Como o sistema que usa esse tipo de motor não está
equipado com uma válvula com uma função de contra-
peso, em alguns casos o motor é girado além da taxa de
alimentação de óleo.

O sistema tem um êmbolo de retenção (351) e absorve


o óleo deficiente, para evitar que ocorra a cavitação por
causa da falta de óleo.

TULI12ECX1005BA 3

Operação da válvula de alívio


1. Considere onde a válvula de alívio é pressurizada. A
pressão nas portas P, R é igual à pressão do tanque
no inicio, como mostrado na Fig. 4.
A válvula de alívio começa a funcionar quando a pres-
são hidráulica determinada pelo produto da área A1
que recebe a pressão do êmbolo (301) e a pressão P
equilibra a pressão hidráulica determinada pelo pro-
duto da área A2 que recebe a pressão do êmbolo
(301) e a pressão pg da câmara g.

Posteriormente, a pressão da câmara g aumenta e o


pistão 1 (302) começa a se movimentar. A carga na TULI12ECX1006AA_PTBR 4
mola (321) aumenta por causa desse movimento do
pistão.
Como resultado, a pressão de alívio P aumenta e é
controlada no tempo t1 auxiliar da pressão de P1 até
Ps.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 5
Sistemas hidráulicos - Sistema de balanço hidráulico

Este processo é explicado a seguir nas relações entre


os movimentos dos componentes e a pressão de alívio:
A. Condição mostrada na Fig. 5.
Se a porta P da válvula de alívio for pressurizada, a
pressão é criada na câmara g através do restritor m
do êmbolo (301).
A pressão hidráulica que age no êmbolo (301) au-
menta e no momento que ela equilibra a carga Fsp
da mola (321), a válvula de alívio realiza a ação de
alívio pela pressão P1.
Esse relacionamento é expresso como:
P1 × A1 = Fsp 1+Pg 1× A2
onde Fsp 1:
TULI12ECX1007AA_PTBR 5
valor da carga de ajuste primário da mola (321).
B. Condição mostrada na Fig. 6.
A pressão da câmara g age na área A3 - A4 que re-
cebe a pressão do pistão 1 (302). Quando a pressão
hidráulica aumenta acima da carga da mola (321), o
pistão 1 começa a se mover para a esquerda.
Nesse momento, como a máquina gira para a es-
querda enquanto descarrega o óleo da câmara h dis-
posto entre o pistão 1 e o bujão de ajuste (401) na
câmara g através do orifício n fornecido no pistão 1
(302), a câmara h serve como uma câmara de des-
pejo.
A carga da mola aumenta lentamente até o pistão 1
alcançar a extremidade do bujão de ajuste. A pressão TULI12ECX1008AA_PTBR 6
de alívio P aumenta gradualmente.
C. Condição mostrada na Fig. 7.
A máquina não se desloca mais para a esquerda
quando o pistão 1 (302) atingir a extremidade do
bujão de ajuste (401). Então, a válvula de alívio
mantém sua ação de alívio normal através da qual a
pressão de alívio é mantida em P2. Nos processos
a. a c. acima, a pressão de alívio muda, conforme
ilustrado na Fig. 7.

TULI12ECX1009AA_PTBR 7

2. Função quando a pressão da válvula de alívio é redu-


zida.
Vamos considerar que a pressão da porta P foi redu-
zida.
Quando a pressão na porta P é reduzida a zero, a
pressão da câmara g cai até ó nível da pressão do
tanque. O resultado é que o êmbolo (301), que agora
está aberto, se move para a esquerda e é fixado ao
assento (341). Ao mesmo tempo, o pistão 1 (302) se
move para a direita pela ação da mola (321) e retorna
à condição da Fig. 8.

TULI12ECX1010AA 8

3. Operação da válvula antirreação

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 6
Sistemas hidráulicos - Sistema de balanço hidráulico

A. Condição neutra
A Fig. 9 ilustra a relação entre a condição neutra da
válvula antirreação e os circuitos hidráulicos. Agora,
vamos considerar a condição de frenagem em que a
pressão do freio gera na lateral da porta AM.
B. Quando ocorre a pressão do freio:
Se a pressão ( P) gerar na porta AM, ela passará
através da passagem L, do orifício no eixo do assento
(313) e na passagem m do êmbolo (311) e é levada
até a câmara n. Quando a pressão P aumenta acima
de um valor (Ps ) definido pela mola (321), o êmbolo
(311) comprime a mola (321) e a desloca à esquerda.
O assento (313) comprime a mola fraca (322) con-
forme é empurrado pelo êmbolo (311) e a move para
a esquerda.

TULI12ECX1011BA 9

TULI12ECX1012AB 10

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 7
Sistemas hidráulicos - Sistema de balanço hidráulico

C. Em ação antirreação
Quando a carga da inércia interromper o movimento
(ponto Y Fig. 13), a pressão do freio ( P) tenta dimi-
nuir.
Quando P <Ps, o êmbolo (311) se move para a lateral
de retorno direita pela ação da mola (321). O assento
(313) tenta se mover para a direita pela ação da mola
(322), mas como a câmara p fornece ação de despejo
pelo orifício g, o retorno do assento atrasa um pouco
em relação ao retorno do êmbolo.
Consequentemente, o assento t se abre. Isto faz com
que uma passagem que conecta a porta AM e as por-
tas BM, ou ambas as portas do motor hidráulico pelo
caminho de L →t→r→k. O resultado é que as pres- TULI12ECX1013AB 11
sões nas portas AM e BM tornam-se iguais (Pb), cai-
ndo na condição no ponto Z da Fig. 13. Isso evita o
choque de oscilação do motor hidráulico pela pressão
de fechamento da porta AM.

TULI12ECX1014AB 12

TULI12ECX1015AA 13

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 8
Sistemas hidráulicos - Sistema de balanço hidráulico

Seção do freio

Operação
O cilindro (111) é ligado pelo eixo propulsor (101) e uma
ranhura. A placa do separador (743) é fixada em sua di-
reção circunferência pelas ranhuras circulares fornecidas
no alojamento (301).

Agora, se a placa de fricção (742) ranhurada até a cir-


cunferência externa do cilindro for pressionada contra o
alojamento (301) através da placa separadora (743) e do
pistão do freio (702) pela ação da mola do freio (712), a
força de fricção é criada entre a placa de fricção (742) e
o alojamento (301), e entre a placa separadora (743) e o
pistão do freio (702). A força do atrito limita o eixo propul-
sor para frear o motor.
TULI12ECX0769AB 14
Nesse momento, quando a pressão de alívio do freio apli-
cada à câmara do óleo formada entre o pistão do freio
(702) e o alojamento (301) supera a força da mola, o freio
é liberado conforme o pistão do freio (702) se move até
que a placa de fricção (742) seja separada do alojamento
(301).

Unidade redutora de giro

Operação
A unidade redutora de giro é usada para reduzir a veloci-
dade de rotação que é transmitida pelo motor hidráulico
e para convertê-la em força de giro intensa (torque).

A unidade redutora da velocidade do giro é equipada com


mecanismo de redução da rotação planetária.

O mecanismo planetário é constituído por engrenagem


solar, pinhão planetário, eixo planetário, cruzeta e cre-
malheira do motor, como mostrado na Fig. 15.

Para a operação do 1º estágio planetário, o motor hidráu-


lico gira a engrenagem solar N°. 1 (2). A engrenagem
solar (2) é engatada com o pinhão planetário (3) e gira,
TULI12ECX0779AA 15
mas, como a cremalheira do motor (6) é fixa, o pinhão
planetário (3) gira sobre a engrenagem solar (2) com o
eixo planetário e a cruzeta (7).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 9
Sistemas hidráulicos - Sistema de balanço hidráulico

A função da cruzeta é fixar o pinhão planetário e o eixo


planetário e transmitir a potência do pinhão planetário
para a cruzeta através do eixo planetário.

A cruzeta nº 1 (7) é vinculada à engrenagem solar n°.


2 (4) pelo lado ranhurado, e transmite a energia para o
mecanismo planetário de 2º estágio.

Para a operação do 2º estágio da planetária, a potência


é transmitida para a engrenagem solar (4) → pinhão pla-
netário (5) → cruzeta (8) similarmente ao 1º estágio.

A cruzeta nº 2 (8) está vinculada ao eixo do pinhão (1)


pelo lado ranhurado, e o eixo do pinhão (1) é engatado
com a engrenagem de giro fixada no trem de rolamento
(estrutura inferior) e gira.

TULI12ECX0780BB 16

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 10
Sistemas hidráulicos - Sistema de balanço hidráulico

Sistema de balanço hidráulico - Preparar [100897608]


CX220C Modelo padrão LA

Operações preliminares
1. Os componentes hidráulicos são produtos de precisão
e têm folgas pequenas. Portanto, montar e desmontar
em um local limpo e sem poeira. Usar ferramentas
limpas e óleo de limpeza e manusear os componentes
com o máximo de cuidado.
2. Se um componente for removido do corpo principal,
limpar a área ao redor dos pórticos cuidadosamente
e tampá-los de modo que não entre poeira e água. Ao
encaixá-los de volta no corpo, não remover os bujões
até que a tubulação esteja completa.
3. Estudar o desenho da estrutura antes de iniciar o traba-
lho e preparar as peças necessárias de acordo com o
seu objetivo e o escopo do trabalho. Vedações e anéis
O-ring quando removidos, não podem ser reutilizados.
4. O pistão e o bloco do cilindro são encaixados na fábrica
quando novos. Se você tiver a intenção de reutilizá-los,
colocar uma marca no pistão e no bloco do cilindro.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 11
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Sistema de balanço hidráulico - 352


Sistema de balanço hidráulico - Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Sistema de balanço hidráulico - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.6 [35.352] / 12
Sistemas hidráulicos - 35

Sistema de percurso hidráulico - 353

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Sistema de percurso hidráulico - 353

DADOS TÉCNICOS

Sistema de percurso hidráulico


Especificações gerais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Capacidade (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

DADOS FUNCIONAIS

Sistema de percurso hidráulico


Diagrama hidráulico (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Identificação do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Localização do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diagrama hidráulico (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12

SERVIÇO

Sistema de percurso hidráulico


Verificar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
Medida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Verificar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23
Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 2
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Especificações gerais [100898463]


CX220C Modelo padrão LA

Características
Item Especificações
Unidade da engrenagem de redução Tipo epicicloidal, planetária de dois estágios
Modelo 710 C3 K.2
Relação da caixa de engrenagens 1 : 43.7
Motor de percurso Duas velocidades, tipo placa oscilante com pistão axial
Modelo MAG 170 VP
Alta velocidade 100.3 cm³/rev (6.12 in³/rev)
Deslocamento
Velocidade baixa 168.9 cm³/rev (10.31 in³/rev)
Máx. fluxo 220 l/min (58 US gpm)
Máx. torque de saída da caixa Alta velocidade 23927 N·m (17648 lb ft)
de engrenagens Velocidade baixa 40293 N·m (29719 lb ft)
Torque do freio de Estático 581 N·m (428.5 lb ft)
estacionamento Dinâmico 484 N·m (357 lb ft)
Pressão liberação do freio de estacionamento de
20 bar (290 psi)
pressão
Pressão ajustada da válvula de Destilação 311 bar (4509.5 psi) a 1.2 l/min (0.32 US gpm)
alívio Fluxo total 353 bar (5118.5 psi) a 40 l/min (10.6 US gpm)
Massa 235 kg (518 lb)

Sistema de percurso hidráulico - Capacidade [100898481]


CX220C Modelo padrão LA

Taxa de dreno do motor de percurso

Finalidade
Medir a taxa de drenagem do motor de percurso e confir-
mar o desempenho do motor de percurso.

Condições
Temperatura do óleo
45 - 55 °C (113 - 131 °F)
hidráulico:
Revolução do motor Marcha alta

Preparação
1. Coloque uma tampa sobre a roda dentada direita e
esquerda.
2. Pare o motor e libere a pressão do circuito hidráulico.
3. Conecte a mangueira com a porta de dreno do motor
de percurso e drene em um recipiente.

Medida no bloqueio do percurso


AVISO: A menos que a rotação force a direção na trava
do percurso, a nervura (A) pode ser quebrada pela tampa
(B) em alguns casos. TULI12ECX0445AA_PTBR 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 3
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

1. Dê partida no motor e alivie a pressão no curso total


da alavanca de percurso.
2. Meça a taxa de durante 30 s do alívio.

Taxa de dreno do motor de percurso

Taxa de drenagem (por 30 s) do motor de percurso


Valor
Posição de referência Limite de
Valor padrão
Medida para serviço
concerto
Taxa de 9 l (2.4 US 16 l (4.2 US 23 l (6.1 US
dreno gal) gal) gal)
TULI12ECX0446AA 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 4
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Diagrama hidráulico [100898507]


CX220C Modelo padrão LA

Circuito hidráulico

TULI12ECX0782FA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 5
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Descrição dinâmica [100898514]


CX220C Modelo padrão LA

Sentido de rotação
Ao montar o acionamento da esteira na máquina e conectar as mangueiras, siga as instruções mostras no desenho
abaixo para saber a direção correta da rotação.

TULI12ECX0783FA 1

Pórtico de entrada de óleo Pórtico de saída de óleo Sentido de rotação


P1 P2 Sentido horário
P2 P1 Anti-horário

Pressão de dreno do motor


Funcionamento contínuo Menor que 2 bar (29 psi)
Máx. intermitência 15 bar (218 psi)

Freio
O acionamento da esteira é fornecido com um freio a disco negativo de segurança conectado ao motor hidráulico
(freio de estacionamento).

A liberação do freio de estacionamento é operada automaticamente quando o óleo de alta pressão é fornecido para
um dos dois pórticos do motor hidráulico. Por isso, não é necessário piloto externo do freio.

Os dados técnicos do freio são mostrados no desenho de instalação do acionamento da esteira.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 6
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Identificação do componente


[100898524]
CX220C Modelo padrão LA

Construção

Acionamento da esteira

TULI12ECX0784FB 1

1. Motor hidráulico 2. Estágios de redução

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 7
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Localização do componente


[100898527]
CX220C Modelo padrão LA

Motor hidráulico

TULI12ECX0785FC 1

1. Placa de base do motor hidráulico 5. Conjunto da válvula de alívio


2. Eixo do motor, bloco do cilindro 6. Válvula de descarga
3. Unidade de freio 7. Carretel de duas velocidades
4. Válvula do freio

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 8
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Diagrama hidráulico [100898545]


CX220C Modelo padrão LA

Circuito hidráulico

TULI12ECX1021GA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 9
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Visão geral [100898547]


CX220C Modelo padrão LA

Motor hidráulico
Motor hidráulico com duas velocidades (tipo placa oscilante com pistão axial) contendo:

• Válvula de contrapeso integrada.


• Válvula de alívio transversal que contém um assento para aceleração e parada suave.
• Freio de estacionamento multidisco negativo integrado diretamente acionado a partir da pressão do óleo do motor
(não é necessária mangueira adicional).
• Função de velocidade dupla, permitindo que o motor seja ajustado para uma rotação rápida ou lenta.

Caixa de engrenagens planetárias


Caixa de engrenagens planetárias, 2 estágios, tipo de alojamento giratória. O acionamento da esteira é adequado
para ser usado como acionamento de esteira para tratores equipados com circuito hidráulico de ciclo aberto.

Portas

TULI12ECX1020FB 1

1 PF 3/4 Bujão de abastecimento de óleo


2 PF 3/4 Bujão de drenagem do óleo
3 PF 3/4 Bujão de nível de óleo
P1 PF 1”
Pórticos de serviço
P2 PF 1”
T PF 1/2 Pórticos de drenagem
CV PF 1/4 Pórtico de controle de 2 velocidades
Estanho PF 1/4 Pórtico de abastecimento de óleo do motor

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 10
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Pm1 PF 1/4
Pm2 PF 1/4 Portas do manômetro
Pp PF 1/4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 11
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Visão geral [100898634]


CX220C Modelo padrão LA

Motor hidráulico
Motor hidráulico com duas velocidades (tipo placa oscilante com pistão axial) contendo:
• Válvula de contrapeso integrada.
• Válvula de alívio transversal que contém um assento para aceleração e parada suave.
• Válvula de descarga integrada.
• Freio de estacionamento multidisco negativo integrado diretamente acionado a partir da pressão do óleo do motor
(não é necessária mangueira adicional).
• Função de velocidade dupla, permitindo que o motor seja ajustado para uma rotação rápida ou lenta.

Caixa de engrenagens planetárias


Caixa de engrenagens planetárias, 2 estágios, tipo de alojamento giratória. O acionamento da esteira é adequado
para ser usado como acionamento de esteira para tratores equipados com circuito hidráulico de ciclo aberto.

Portas

TULI12ECX0781FA 1

1 M22 X 1.5 Bujão de abastecimento de óleo


2 M22 X 1.5 Bujão de drenagem do óleo
P1 PF 1”
Pórticos de serviço
P2 PF 1”
T PF 1/2 Pórticos de drenagem
CV PF 1/4 Pórtico de controle de 2 velocidades
Estanho PF 1/4 Pórtico de abastecimento de óleo do motor

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 12
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Pm1 PF 1/4
Pm2 PF 1/4 Portas do manômetro
Pp PF 1/4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 13
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Verificar [100898668]


CX220C Modelo padrão LA

Desempenho do freio de estacionamento

Finalidade
Confirme que o freio de estacionamento tem uma con-
dição de parada da máquina na posição de percurso
sem carga e em uma inclinação de 15°.

TULI12ECX0443AA_PTBR 1

Condição
Uma inclinação com (Aprox. 15°) gradiente e uma con-
dição de parada em uma posição de percurso sem
carga.

Preparação
Coloque um medidor de ângulo na placa da sapata e
certifique-se de que ela faz um ângulo maior que 15°.
Erga um paralelo perpendicular com a nervura da es-
trutura guia na estrutura da esteira e marque (marca
como par) na placa da sapata.

Medição
Cinco minutos depois de o motor ter parado, meça a
distância de movimento da marcas par.

TULI12ECX0444AA_PTBR 2

Freio de estacionamento/ 5 min


Valor referência para
Posição de Medida Valor padrão Limite de serviço
concerto
C 0 1 mm (0.04 in) 2 mm (0.08 in)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 14
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Medida [100898676]


CX220C Modelo padrão LA

Medida do desempenho do percurso

Velocidade de percurso
Propósitos
Meça a revolução da roda dentada e certifique de que
o desempenho entre a bomba hidráulica e o motor de
percurso do sistema de acionamento do percurso.
Condições
Temperatura do óleo hidráulico: 45 - 55 °C (113 -
131 °F)
A lateral esquerda e direita do trator são tensionadas
de forma regular.
Preparação
Anexe o painel refletor com um imã à tampa do motor
de percurso.
Gire a estrutura oscilante a 90º como mostrado na Fig.
1 e faça o uma lateral do trator sair do solo usando o TULI12ECX0438AA 1
acessório.
Medição
Rotação do motor: Marcha lenta alta
Interruptor de percurso de 2 velocidades: 1ª velocidade
e 2ª velocidade
Pontos de medição: à direita e à esquerda
Método; por exemplo: Medir as revoluções por minuto
visualmente.

COIL14CEX1978AA 2

Revolução da roda dentada


Valor referência para
Item de medida Valor padrão Limite de serviço
concerto
Modo H de 1a
30.5 - 27.5 RPM 23.8 - 21.5 RPM 19.4 RPM ou Menos
Direita e velocidade
esquerda Modo H de 2a
50.4 - 45.6 RPM 39.3 - 35.6 RPM 32.2 RPM ou Menos
velocidade

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 15
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Desvio de percurso
Propósitos
Meça a quantidade de desvio no percurso 20 m (66 ft)
e verifique o equilíbrio horizontal entre a bomba hidráu-
lica e o motor de percurso do sistema de acionamento
do percurso.
Condição
Temperatura do óleo hidráulico: 45 - 55 °C (113 -
131 °F)
A lateral DIREITA ou ESQUERDA do trator são tencio-
nadas igualmente.
Revolução do motor em solo firme e nivelado: marcha
lenta alta.
Preparação
TULI12ECX0441AA 3
1. Curso reto a mais de 30 m (98 ft).
2. Posição de percurso na qual a parte inferior da ca-
çamba é levantada cerca de 30 cm (12 in).
Medição
1. Meça a distância máx. de desvio do arco circular no
comprimento 20 m (66 ft), excluindo o comprimento
preliminar de 3 - 5 m (10 - 16 ft).
2. Opere a alavanca de percurso ao mesmo tempo.

TULI12ECX0442AA 4

Desvio do percurso
Valor referência para
Posição de Medida Valor padrão Limite de serviço
concerto
A 240 mm (9.45 in)ou menos 480 mm (18.90 in) 720 mm (28.35 in)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 16
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Preparar [100898699]


CX220C Modelo padrão LA

IMPORTANTE: Possíveis vazamentos de fluido sob pres-


são podem penetrar na pele, causando ferimentos graves.
Previna-se contra esses perigos descarregando a pressão
antes de desconectar os tubos hidráulicos ou outros tubos.
O óleo hidráulico, no final de um turno de trabalho, pode
estar muito quente e causar, se derramado, queimaduras
graves.
Antes de começar qualquer intervenção, certificar-se de
que o óleo e os componentes estejam frios.
A tampa do tanque de óleo hidráulico pode ser ejetada,
caso a pressão do tanque não seja aliviada. Pressione a
válvula localizada no tanque de óleo hidráulico para liberar
a pressão residual presente no próprio tanque.
Verificar se os dispositivos de elevação (ganchos, corren-
tes, etc.) estão em perfeitas condições sem nenhum sinal
de desgaste excessivo e se são adequados para suportar
o peso da carga.

Preparação
1. Estacione a máquina em uma superfície firme e nive-
lada.
2. Para drenar a pressão hidráulica do sistema hidráu-
lico, consulte o procedimento "Liberação da pressão
hidráulica" na Módulos eletrônicos - Configurar
(55.640) .
3. Desligar o motor. Pressionar a válvula localizada na
tampa do tanque de óleo hidráulico para liberar a pres-
são residual presente no próprio tanque.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 17
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Remoção [100898737]


CX220C Modelo padrão LA

Preparação para remoção do motor


1. Remova a esteira, consulte Corrente da esteira - Re-
moção (48.100) levante a estrutura usando acessório
e coloque-o sobre blocos de madeira.

TULI12ECX2775AB 1

Remover a tampa
2. Solte os parafusos (6) M12 X 25 remova a tampa (1).

: 19 mm (0.75 in)
3. Preparação do cárter de óleo.

Remover o tubo hidráulico


4. Libere a pressão do circuito e efetue a sangria do ar
no tanque de óleo hidráulico, depois remova todos os
tubos que conectam ao motor. Em seguida, conecte
todos os tubos e a seção de junta para protegê-los
contra a entrada de poeira.
: 19 mm (0.75 in)
: 27 mm (1.06 in)
: 36.0 mm (1.4 in)

TULI12ECX2776AA 2

Remoção da roda dentada


5. Removendo (um lado) parafusos (2) M20 X 50.

: 30 mm (1.18 in)
NOTA: Massa da roda dentada: 48 kg (106 lb)

TULI12ECX2777AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 18
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Remoção dos parafusos de fixação do motor.


6. Aplique as marcas de correspondência no motor e na
estrutura de esteira e remova (um lado) os parafusos
(3) M16X60 .

: 24 mm (0.94 in)

TULI12ECX2778AB 4

Remoção do motor.
7. Amarre o motor com amarra de nylon aplicada no lado
próximo à seção de instalação da roda dentada e retire
o motor.
NOTA: Massa do motor: Sobre 262 kg (578 lb)

TULI12ECX2779AA 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 19
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Instalar [100898704]


CX220C Modelo padrão LA

1. Instale o motor usando parafusos M16 X 60 (1).


2. Conecte as mangueiras (2), (3), (4) e (5).
3. Instale a tampa (6) e fixe-a com os parafusos (7) e as
arruelas (8) e (9).
: 19 mm (0.75 in)
: 75 - 91.8 N·m (55.3 - 67.7 lb ft)
IMPORTANTE: Após concluir a instalação do motor ,certi-
ficar-se de abastecê-lo com óleo hidráulico. Após concluir
a instalação do motor , certificar-se de executar o teste de
direção para evitar o emperramento do motor. Testar a di-
reção como a seguir:
1. Fazer o motor funcionar com o indicador de controle do
motor na posição de marcha lenta.
2. Girar o interruptor do modo de velocidade de percurso
para a posição de velocidade lenta.
3. Teste o acionamento da máquina para frente e para trás
para 0.5 - 1 m (20 - 39 in) em cada direção cinco vezes ou
mais.

TULI12ECX0485BB 1

Desmontagem do dispositivo de percurso

Operações preliminares
Caso tenha sido necessária uma revisão (parcial ou to-
tal), será necessário desmontar o motor de engrena-
gens da máquina. Como se trata de um caso espe-
cifico de manutenção no redutor, esta deverá ser feita
por pessoa com experiência e habilidades especificas.
É importante que este procedimento seja feito com fer-
ramentas e em oficina adequadas. Assim como ferra-
mentas normais de oficina, também será necessário o
uso de ferramentas especiais.
Nas páginas a seguir são fornecidos todos os procedi-
mentos para desmontagem e remontagem do motor de
engrenagens. É importante segui-los rigorosamente.
Prossiga com essas operações usando todas as medi-
das de segurança necessárias, como por exemplo:
1. Fechar todas as conexões do sistema hidráulico do
motor redutor para evitar a entrada de peças estranhas
no circuito e no motor redutor.
2. Certifique-se que as superfícies do acoplamento não
sejam danificadas.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 20
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

3. Seguir o manuseio adequado de modo a garantir que


não haja riscos para a segurança humana e para ga-
rantir a confiabilidade do motor de engrenagens.
4. Disponibilize uma área de trabalho que esteja de
acordo com as diretrizes de segurança de trabalho e
de saúde do local de trabalho.
NOTA: A inspeção inicial do motor hidráulico e das en-
grenagens pode ser feita sem a desmontagem do aciona-
mento da esteira da máquina.
A inspeção inicial das engrenagens pode ser feita sem
a desmontagem do acionamento da esteira da má-
quina. Antes de desmontar o acionamento da esteira,
certificar-se de que o óleo esteja descarregado.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 21
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Verificar [100898741]


CX220C Modelo padrão LA

Avaliação das peças a serem substituídas


As peças mais comumente sujeitas a danos são as se-
guintes:
• Engrenagem
• Rolamentos
• Todos os vedantes
Substituir as peças irregulares ou usadas respeitando
as seguintes etapas:
1. Remover de modo preciso a sujeira e limpar especial-
mente bem as vedações, rolamentos e assentos dos
anéis de travamento.
2. Lubrificar as peças antes de conectá-las.
3. Em caso de engrenagens danificadas, por exemplo
uma planetária, não efetuar a substituição de uma en-
grenagem isoladamente, mas do conjunto de redução
inteiro.
4. Ao reconectar uma peça, sempre substituir todas as
vedações envolvidas. Adicionar um pouco de graxa
nos assentos e nas novas vedações para facilitar a
remontagem.
5. Substituir todas as peças danificadas por peças de re-
posição originais e fazê-lo seguindo todas as etapas
indicadas pelo fabricante neste manual.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 22
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Desmontar [100899013]


CX220C Modelo padrão LA

Caixa de engrenagens
1. Usando uma talha colocar a unidade da caixa de en-
grenagens (1) em um espaçador (2).

COIL14CEX1233AB 1

2. Desparafuse os parafusos de cabeçote de soquete nº


2 bujões M22 X 1.5 (3) e as arruelas da tampa da ex-
tremidade (4).

COIL14CEX1232AB 2

3. Desparafuse os parafusos de cabeçote de soquete nº


13 M10 X 30 (5), grau 12,9, da tampa da extremidade
(4)

: 8 mm (0.3 in)

COIL14CEX1231AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 23
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

4. Remova a tampa da extremidade (4).

COIL14CEX1230AB 4

5. Remova a vedação do anel O-ring (6) de seu assento


na tampa do conjunto (4).

COIL14CEX1229AB 5

6. Remova a engrenagem solar do 1º estágio (7).

COIL14CEX1228AB 6

7. Remova o conjunto da 1ª redução (8).

COIL14CEX1336AB 7

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 24
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

8. Remova o conjunto da 2ª redução (9).

COIL14CEX1335AB 8

9. Usando alicates, remover os anéis elásticos (10) de


seus assentos colocadas nos pinos do motor hidráulico
(11).

COIL14CEX1225AB 9

10. Usando um puxador remova as engrenagens plane-


tárias do segundo conjunto da 3a redução (12).

COIL14CEX1333AB 10

11. Retire o espaçador (13).


NOTA: Para continuar com a desmontagem da caixa de
engrenagens, é necessário agora removê-la da máquina
e levá-la a uma oficina adequada.

COIL14CEX1332AB 11

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 25
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

12. Usando uma furadeira, remover as calafetações da


porca do anel (14).

COIL14CEX1222AB 12

13. Usando uma talha, colocar o multiplicador de torque


(A) na porca do anel (14) e, usando um multiplicador
de torque, soltar a porca do anel (14).

COIL14CEX1221AB 13

14. Remover a porca do anel (14).

COIL14CEX1220AB 14

NOTA: Aperte os parafusos nº 2 M20 X 100 -8.8 ISO 4017


(15) a 180° com arruelas nº 2 22x60x4 ISO 7093 nos orifí-
cios de rosca do alojamento da caixa de engrenagens (17)
para evitar que o alojamento saia do motor hidráulico (16)
durante o movimento da unidade. Remover os parafusos
quando a unidade estiver posicionada.

TULI12ECX1119AB 15

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 26
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

15. Usando uma prensa, pressionar o limitador de metal


e remover o motor hidráulico (16) do alojamento da
caixa de engrenagens (17).
NOTA: No caso de vazamento de óleo, pode ser necessá-
rio verificar e ocasionalmente substituir as vedações per-
manentes (18), o que significa trocar as duas partes dos
anéis de metal e das vedações dos anéis O-ring.

COIL14CEX1329AB 16

16. Usando uma chave de fenda, remover a metade da


vedação (18) do motor hidráulico (16).

COIL14CEX1328AB 17

17. Usando um puxador e um limitador de metal, remover


a corrediça interna do rolamento do motor hidráulico
(16).

COIL14CEX1818AB 18

18. Remover a corrediça interna (20) do rolamento do alo-


jamento da caixa de engrenagens (17).

COIL14CEX1218AB 19

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 27
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

19. Remover as esferas do rolamento (21) do alojamento


da caixa de engrenagens (17).

COIL14CEX1217AB 20

Método de desmontagem do motor hidráulico

Desmontagem da válvula de limpeza


1. Soltar o primeiro bujão (1) da válvula de lavagem (2).
NOTA: Sugere-se acionar a máquina desse modo quando
o motor estiver totalmente montado.

COIL14CEX1055AB 21

2. Remova a vedação do anel O-ring (3) de seu assento


no primeiro bujão (1).

COIL14CEX1215AB 22

3. Soltar o segundo bujão (4) da válvula de lavagem (2).

COIL14CEX1214AB 23

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 28
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

4. Remova a vedação do anel O-ring (3) de seu assento


no segundo bujão (4).

COIL14CEX1325AB 24

5. Retire a mola (5) e do cabeçote (6).

COIL14CEX1324AB 25

6. Retirar o cabeçote móvel (6) da válvula de lavagem (2).

COIL14CEX1211AB 26

7. Soltar o terceiro bujão (7) da válvula de lavagem (2).

COIL14CEX1210AB 27

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 29
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

8. Remova a vedação do anel O-ring (3) de seu assento


no terceiro bujão (7).

COIL14CEX1209AB 28

9. Remova a 1ª mola (8) do conjunto do êmbolo. (9).

COIL14CEX1208AB 29

10. Soltar o quarto bujão (10) da válvula de lavagem (2).

COIL14CEX1207AB 30

11. Remova a vedação do anel O-ring (3) de seu assento


no quarto bujão (10).

COIL14CEX1206AB 31

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 30
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

12. Remova a 2ª mola (11) do conjunto do êmbolo. (9).

COIL14CEX1066AB 32

13. Retire o conjunto do êmbolo (9) da válvula de limpeza


(2).

COIL14CEX1204AB 33

14. Remover o 1ª assento da mola (12) do conjunto do


êmbolo. (9).

COIL14CEX1203AB 34

15. Remover o 2ª assento da mola (12) da válvula de la-


vagem (2).

COIL14CEX1202AB 35

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 31
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

16. Desparafuse os parafusos de cabeçote de soquete nº


4 M10 X 30 (13), grau 8.8, da válvula de limpeza (2)
com uma chave de cabeça sextavada macho.

: 8 mm (0.3 in)

COIL14CEX1201AB 36

17. Remova a válvula de alívio de descarga (2).

COIL14CEX1200AB 37

18. Remover as vedações dos anéis O-ring (14) da vál-


vula de lavagem (2).

COIL14CEX1199AB 38

19. Soltar o orifício M5 (15) da válvula de lavagem (2).

COIL14CEX1072AB 39

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 32
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Desmontagem do controle de duas velocidades


20. Solte o bujão (16) da placa de base (17).

COIL14CEX1197AB 40

21. Remova a vedação do anel O-ring (18) de seu as-


sento no bujão (16).

COIL14CEX1196AB 41

22. Remover o assento da mola (19) de seu assento na


placa de base (17).

COIL14CEX1195AB 42

23. Remover a mola (20) de seu assento na placa de base


(17).

COIL14CEX1315AB 43

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 33
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

24. Solte o bujão (21) da placa de base (17).

COIL14CEX1193AB 44

25. Remova a vedação do anel O-ring (18) de seu as-


sento no bujão (21).

COIL14CEX1817AB 45

26. Usando uma chave de fenda, retirar o carretel de duas


velocidades (22).

COIL14CEX1191AB 46

Desmontagem do conjunto da válvula de alívio.


27. Desparafusar os kits da válvula de alívio nº 2 (23).

COIL14CEX1190AB 47

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 34
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

28. Remover o pistão livre (24) da válvula de alívio (23).

COIL14CEX1189AB 48

29. Remova a vedação do anel O-ring (25) e os anéis de


reserva (26) de suas bases no pistão livre (24).

COIL14CEX1188AB 49

30. Remova a vedação do anel O-ring (27) da válvula de


alívio (23). Repita as mesmas etapas para a desmon-
tagem da 2ª válvula de alívio.

COIL14CEX1187AB 50

Desmontagem do conjunto da válvula de contrapeso


31. Desparafuse os parafusos de cabeçote de soquete
nº 4 M12 X 40 (28), grau 12,9, do primeiro conjunto
do bujão flangeado (29) com uma chave de cabeça
sextavada macho.
: 10 mm (0.4 in)

COIL14CEX1186AB 51

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 35
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

32. Retire o primeiro conjunto do bujão flangeado. (29) e


o assento da mola.

COIL14CEX1086AB 52

33. Retirar o assento da mola (30) do primeiro bujão flan-


geado (29).

COIL14CEX1087AB 53

34. Remova a primeira mola (31).

COIL14CEX1176AB 54

35. Remova o primeiro assento da mola (32) do carretel


da válvula do contrapeso (33).

COIL14CEX1183AB 55

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 36
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

36. Remover as molas (34) da placa de base (17).

COIL14CEX1182AB 56

37. Remover as vedações dos anéis O-ring (35) da placa


de base (17).

COIL14CEX1181AB 57

38. Remover as válvulas de retenção (36) da placa de


base (17).

COIL14CEX1816AB 58

39. Desparafuse os parafusos de cabeçote de soquete


nº 4 M12 X 40 (28), grau 12,9, do segundo conjunto
do bujão flangeado. (29) com uma chave de cabeça
sextavada macho.
: 10 mm (0.4 in)

COIL14CEX1179AB 59

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 37
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

40. Retire o segundo conjunto do bujão flangeado. (29) e


o assento da mola.

COIL14CEX1091AB 60

41. Retire o assento da mola (30) do segundo bujão flan-


geado (29).

COIL14CEX1177AB 61

42. Remova a segunda mola (31).

COIL14CEX1815AB 62

43. Remova o segundo assento da mola (32) do carretel


da válvula do contrapeso (33).

COIL14CEX1175AB 63

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 38
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

44. Remova o carretel da válvula de contrapeso (33).

COIL14CEX1174AB 64

Desmontagem do conjunto do bujão flangeado


45. Remova a vedação do anel O-ring (34) do bujão flan-
geado (29).

COIL14CEX1173AB 65

46. Solte o bujão (35) do bujão flangeado (29).

COIL14CEX1172AB 66

47. Remova a vedação do anel O-ring (36) do bujão (35).

COIL14CEX1171AB 67

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 39
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Desmontagem da placa de base


48. Solte o bujão (37) da placa de base (17).

COIL14CEX1170AB 68

49. Remova as vedações do anel O-ring (38) dos bujões


(39).

COIL14CEX1169AB 69

50. Solte o bujão (40) da placa de base (17).

COIL14CEX1168AB 70

51. Desparafuse os parafusos de cabeçote de soquete nº


4 orifícios M5 (41) da placa de base (17).

COIL14CEX1167AB 71

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 40
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

52. Remover a calafetação com um macho M5 antes de


desrosquear os giclês.

COIL14CEX1166AB 72

53. Desparafuse os parafusos de cabeçote de soquete nº


2 orifícios M5 (42) da placa de base (17).

COIL14CEX1165AB 73

54. Desparafuse os parafusos de cabeçote de soquete nº


10 M14 X 40 (43), grau 12,9, que fixam a placa de
base (17) no cubo flangeado (44).

COIL14CEX1814AB 74

IMPORTANTE: Remova cuidadosamente a placa de base


(17) até que os pinos - estejam completamente para fora.

COIL14CEX1163AB 75

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 41
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

55. Remova os pinos (45) de seus assentos.

COIL14CEX1162AB 76

56. Remova a placa da válvula (46).

COIL14CEX1161AB 77

57. Usando um puxador, remova o rolamento (47) da


placa de base (17).

COIL14CEX1160AB 78

Desmontagem do eixo do motor e do bloco do cilindro


58. Remova a vedação do anel O-ring (48) de seu as-
sento no cubo flangeado (44).

COIL14CEX1159AB 79

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 42
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

59. Remova a vedação do anel O-ring (49) do orifício pi-


loto do freio.

COIL14CEX1158AB 80

60. Remova as vedações do anel O-ring (50) dos orifícios


de mudança de velocidade.

COIL14CEX1157AB 81

61. Remova as molas (51) do pistão do freio (52).

COIL14CEX1278AB 82

62. Marque a posição do pistão do freio (52) como refe-


rência para a etapa de remontagem.

COIL14CEX1155AB 83

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 43
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

63. Usando dois parafusos M8, remova o pistão do freio


(52).

COIL14CEX1154AB 84

64. Remover as vedações dos anéis O-ring (53) do pistão


do freio (52).

COIL14CEX1153AB 85

65. Remova o 1º disco do freio (54).

COIL14CEX1812AB 86

66. Remova os conjuntos de discos do freio (55).

COIL14CEX1151AB 87

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 44
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

67. Remova o bloco do cilindro (56) do cubo flangeado


(44).

COIL14CEX1150AB 88

68. Remover o suporte da placa do fixador esférico (57).

COIL14CEX1149AB 89

69. Retire os pinos nº 3 (68) de seus assentos no bloco


do cilindro (56).

COIL14CEX1148AB 90

70. Remova os pistões e a placa retentora (58) e (59) do


cubo flangeado (44).

COIL14CEX1147AB 91

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 45
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

71. Remova os pistões (58) da placa de fixação (59).

COIL14CEX1146AB 92

72. Remova a placa oscilante (60) do cubo flangeado


(44).

COIL14CEX1145AB 93

73. Retire os pinos nº 2 (61) de seus assentos no cubo


flangeado (44).

COIL14CEX1144AB 94

74. Retire os pinos nº 2 (62) de seus assentos no cubo


flangeado (44).

COIL14CEX1143AB 95

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 46
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

75. Retire os pinos nº 2 (63) de seus assentos no cubo


flangeado (44).

COIL14CEX1142AB 96

76. Usando um martelo de borracha, retire o eixo do mo-


tor (64) do cubo flangeado (44).

COIL14CEX1141AB 97

77. Usando um puxador, remova o rolamento (65) do eixo


do motor (64).

COIL14CEX1140AB 98

78. Usando uma chave de fenda, remover o anel de ve-


dação de seu assento no cubo flangeado (44).
NOTA: Desmontar o anel de vedação apenas no caso de
substituição pois isso o danificará.
NOTA: A desmontagem termina com a operação acima.
Agora, todos os itens estão disponíveis para as inspeções
necessárias.

COIL14CEX1139AB 99

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 47
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Sistema de percurso hidráulico - Montar [100899016]


CX220C Modelo padrão LA

Remontagem do eixo do motor e do bloco do cilindro


1. Montar o anel de reserva (66) dentro do assento no
cubo flangeado (44).

COIL14CEX1138AB 1

2. Usando um martelo plástico e o limitador (B), pressio-


nar o anel de reserva no rebaixo do cubo flangeado
(44) até que a montagem esteja completa.

COIL14CEX1137AB 2

3. Colocar o anel externo do rolamento (65) no eixo do


motor (64).

COIL14CEX1136AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 48
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

4. Usando um martelo plástico e um limitador de metal,


montar completamente o rolamento (65) e o eixo do
motor (64).

COIL14CEX1135AB 4

5. Colocar o subconjunto do eixo do motor/rolamento (65)


- (64) no assento dentro do cubo flangeado (44).
IMPORTANTE: Tome cuidado ao inserir o eixo dentro da
vedação do motor (52).

COIL14CEX1134AB 5

6. Usando um martelo plástico e um limitador de metal,


montar completamente o subconjunto do eixo do mo-
tor/rolamento no rebaixo do cubo flangeado (44) até
que a montagem esteja completa.

COIL14CEX1133AB 6

7. Monte os pinos nº 2 (61) em seus assentos dentro do


cubo flangeado (44).

COIL14CEX1132AB 7

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 49
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

8. Monte os pinos nº 2 (63) em seus assentos dentro dos


pistões (62).

COIL14CEX1131AB 8

9. Monte os pinos nº 2 (62) em seus assentos dentro do


cubo flangeado (44).
IMPORTANTE: Certificar-se de que os pistões (62) pos-
sam se mover livremente em seus assentos.

COIL14CEX1130AB 9

10. Inserir a placa oscilante (60) dentro do cubo flangeado


(44) tendo cuidado para que os alojamentos esféricos
coincidam com as 2 esferas de aço.

COIL14CEX1129AB 10

11. Monte os pinos nº 3 (68) em seus assentos no bloco


do cilindro (56).

COIL14CEX1128AB 11

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 50
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

12. Montar o suporte do fixador esférico (57) no bloco do


cilindro (56).
NOTA: As duas ranhuras devem estar alinhadas.

COIL14CEX1127AB 12

13. O orifício (58) deve estar aberto e sem poeira ou su-


jeira.

COIL14CEX1126AB 13

14. Instale os pistões nº 9 (58) na placa retentora (59).

COIL14CEX1125AB 14

15. Montar o subconjunto da placa de fixação/pistões (58)


- (59) no bloco do cilindro (56).

COIL14CEX1285AB 15

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 51
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

16. Montar o subconjunto do bloco do cilindro (56) no


cubo flangeado (44) na ranhura do eixo do motor (64).

COIL14CEX1284AB 16

17. Monte o conjunto de discos de freio seguindo a se-


guinte ordem: primeiro, insira um disco do freio com
dentes externos (54).

COIL14CEX1283AB 17

18. Depois, insira o disco de aço com dentes internos


(55). Repita a operação até que todos os 3 discos
de freio e discos de aço nº 2 tenham sido montados.

COIL14CEX1282AB 18

19. Monte as vedações dos anéis O-ring (53) em seu as-


sento com o pistão do freio (52).

COIL14CEX1281AB 19

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 52
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

NOTA: Montar o pistão do freio (52) respeitando as mar-


cações feitas anteriormente e tendo cuidado para não da-
nificar as vedações já encaixadas.

COIL14CEX1842AB 20

20. Monte a vedação do anel O-ring (48) em seu assento


no cubo flangeado (44).

COIL14CEX1280AB 21

21. Montar a vedação do anel O-ring (49) no orifício piloto


do freio do cubo flangeado (44).

COIL14CEX1279AB 22

22. Montar as vedações dos anéis O-ring (50) nos orifí-


cios de mudança de velocidade do cubo flangeado
(44).

COIL14CEX1841AB 23

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 53
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

23. Inserir as molas (51) em seus assentos no pistão do


freio (52).

COIL14CEX1156AB 24

Montagem da placa de base


24. Colocar o rolamento (47) em seu assento na placa de
base (17).

COIL14CEX1840AB 25

25. Usando um martelo plástico e um limitador de metal,


pressionar o rolamento no rebaixo da placa de base
(17) até que a montagem esteja completa.

COIL14CEX1839AB 26

26. Colocar a placa da válvula (46) na placa de base (17).


IMPORTANTE: A superfície da camada de bronze deve
estar virada para cima.

COIL14CEX1112AB 27

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 54
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

27. Montar os pinos (45) em seus assentos na placa de


base (17).

COIL14CEX1111AB 28

28. Coloque a placa de base (17) no cubo com flange


(44).
IMPORTANTE: A placa de base é centralizada pelos dois
pinos (45) e a segunda passagem de óleo deve coincidir.

COIL14CEX1276AB 29

29. Fixe a placa de base (17) no cubo flangeado (44)


usando parafusos de soquete nº 10 M14 X 40 (43),
classe 12.9, apertados com uma chave de torque a
235 N·m (173.33 lb ft) de torque.

: 12 mm (0.47 in)
: 235 N·m (173.33 lb ft)

COIL14CEX1838AB 30

30. Com a ferramenta (C), encaixe as vedações do anel


O-ring em seus assentos nos bujões (39).

COIL14CEX1108AB 31

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 55
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

31. Insira os bujões (39) e aperte com uma chave de tor-


que a 34.3 - 39.3 N·m (25.30 - 28.99 lb ft) de torque.
: 34.3 - 39.3 N·m (25.30 - 28.99 lb ft)

COIL14CEX1107AB 32

32. Vede as roscas dos orifícios e dos bujões (40) com


fita de "Teflon".
NOTA: Certificar-se de que a fita esteja enrolada correta-
mente nos bujões (40).

COIL14CEX1106AB 33

33. Insira os orifícios nº 4 M5 (41) na placa de base (17)


e aperte com uma chave de torque e de torque 2 -
3 N·m (1.48 - 2.21 lb ft).
: 2 - 3 N·m (1.48 - 2.21 lb ft)

COIL14CEX1105AB 34

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 56
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

34. Insira os bujões (40) na placa de base (17) e aperte


com uma chave de torque e de torque 9 - 11 N·m (6.64
- 8.11 lb ft).
: 9 - 11 N·m (6.64 - 8.11 lb ft)

COIL14CEX1104AB 35

COIL14CEX1080AB 36

35. Aperte os orifícios nº 2 M5 (41) na placa de base (17)


com uma chave de torque e de torque 2 - 3 N·m (1.48
- 2.21 lb ft).
: 2 - 3 N·m (1.48 - 2.21 lb ft)

COIL14CEX1103AB 37

36. Usando um punção e um martelo, deformar o orifício


rosqueado (69).

COIL14CEX1102AB 38

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 57
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Remontagem do conjunto do bujão flangeado


37. Usando o batente (D), monte a vedação do anel
O-ring em seu assento no bujão (35).

COIL14CEX1101AB 39

38. Aperte os bujões (35) com uma chave de torque e


19.6 - 21.6 N·m (14.46 - 15.93 lb ft) de torque.
: 19.6 - 21.6 N·m (14.46 - 15.93 lb ft)

COIL14CEX1100AB 40

39. Montar o anel O-ring (34) em seu assento no bujão


flangeado (29).

COIL14CEX1099AB 41

Remontagem do conjunto da válvula do contrapeso


40. Inserir o carretel da válvula do contrapeso (33).

COIL14CEX1098AB 42

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 58
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

41. Inserir as válvulas de retenção (36) na placa de base


(17).

COIL14CEX1837AB 43

42. Inserir as vedações dos anéis O-ring (35) na placa de


base (17).

COIL14CEX1096AB 44

43. Inserir as molas (34) na placa de base (17).

COIL14CEX1095AB 45

44. Inserir o primeiro assento da mola (32) no carretel da


válvula do contrapeso (33).

COIL14CEX1094AB 46

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 59
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

45. Inserir a primeira mola (31) no carretel da válvula do


contrapeso (33).

COIL14CEX1093AB 47

46. Montar o assento da mola (30) em seu assento no 1o


bujão flangeado (29).

COIL14CEX1092AB 48

47. Montar o conjunto do primeiro bujão flangeado (29).

COIL14CEX1091AB 49

48. Aperte os orifícios nº 4 parafusos com cabeça de so-


quete M12 X 40 (28), classe 12,9, do primeiro conjunto
de bujão flangeado (29) com uma chave de torque
de cabeça sextavada macho a 98 - 118 N·m (72.28 -
87.03 lb ft) de torque.

: 10 mm (0.39 in)
: 98 - 118 N·m (72.28 - 87.03 lb ft)

COIL14CEX1090AB 50

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 60
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

49. Inserir o segundo assento da mola (32) no carretel da


válvula do contrapeso (33).

COIL14CEX1261AB 51

50. Inserir a segunda mola (31) no carretel da válvula do


contrapeso (33).

COIL14CEX1088AB 52

51. Montar o assento da mola (30) em seu assento no 2º


bujão flangeado (29).

COIL14CEX1087AB 53

52. Montar o conjunto do segundo bujão flangeado (29).

COIL14CEX1086AB 54

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 61
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

53. Aperte os orifícios nº 4 parafusos com cabeça de so-


quete M12 X 40 (28), classe 12,9, do segundo con-
junto de bujão flangeado (29) com uma chave de
torque de cabeça sextavada macho a 98 - 118 N·m
(72.28 - 87.03 lb ft) de torque.

: 14 mm (0.55 in)
: 98 - 118 N·m (72.28 - 87.03 lb ft)

COIL14CEX1086AB 55

COIL14CEX1085AB 56

Remontagem do conjunto da válvula de alívio


54. Usando o limitador (E), monte a vedação do anel
O-ringem seu assento na válvula de alívio (23).

COIL14CEX1084AB 57

55. Montar o primeiro anel de reserva (26) em seu as-


sento no pistão livre (24).

COIL14CEX1083AB 58

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 62
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

56. Montar a vedação do anel O-ring (25) em seu assento


no pistão livre (24). Após essa etapa montar o se-
gundo anel de reserva como exibido no croqui.

COIL14CEX1082AB 59

57. Inserir o pistão livre (24) na válvula de alívio (23) veri-


ficando se o lado da ranhura está voltado para dentro
do motor.

COIL14CEX1081AB 60

58. Inserir a válvula de alívio (23) dentro da placa de base


(17).

COIL14CEX1080AB 61

59. Aperte a válvula de alívio com uma chave de torque


(23) no torque 353 - 393 N·m (260.36 - 289.86 lb ft).
: 353 - 393 N·m (260.36 - 289.86 lb ft)

COIL14CEX1079AB 62

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 63
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Remontagem do controle de duas velocidades


60. Usando o batente (F), montar a vedação do anel
O-ring em seu assento no bujão (44).

COIL14CEX1078AB 63

61. Insira o bujão (44) e aperte com uma chave de torque


a 113 - 123 N·m (83.34 - 90.72 lb ft) de torque.
: 113 - 123 N·m (83.34 - 90.72 lb ft)

COIL14CEX1077AB 64

62. Inserir o kit do carretel de duas velocidades (22) cor-


retamente na placa de base (17).
NOTA: O carretel de duas velocidades (22) deve se mover
suavemente dentro de seu assento na placa de base (17).

COIL14CEX1076AB 65

63. Inserir a mola (20) no carretel de duas velocidades


(22).

COIL14CEX1075AB 66

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 64
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

64. Insira o espaçador (19) no assento da mola (20).

COIL14CEX1075AB 67

65. Usando a ferramenta (F), encaixe a vedação de anel


O-ring em seu assento no bujão (16).

COIL14CEX1073AB 68

66. Insira o bujão (16) e aperte com uma chave de torque


a 113 - 123 N·m (83.34 - 90.72 lb ft) de torque.
: 113 - 123 N·m (83.34 - 90.72 lb ft)

COIL14CEX1454AA 69

67. Montagem correta da válvula de controle de duas ve-


locidades.

TULI12ECX2856AA 70

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 65
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Remontagem da válvula de lavagem


68. Insira o orifício M5 (15)na válvula de descarga (2) e
aperte com uma chave de torque e de torque 2 - 3 N·m
(1.48 - 2.21 lb ft).
: 2 - 3 N·m (1.48 - 2.21 lb ft)

COIL14CEX1198AB 71

69. Montar as vedações dos anéis O-ring (14) em seu


assento na válvula de lavagem (2).

COIL14CEX1071AB 72

70. Montar a válvula de lavagem (2) na placa de base


(17).

COIL14CEX1070AB 73

71. Fixe a válvula de descarga (2) usando parafusos de


cabeça de soquete nº 4 M10 X 30 (13), classe 8.8,
apertados com uma chave de torque de cabeça sexta-
vada macho e de torque 53 - 63 N·m (39.09 - 46.47 lb
ft).

: 8 mm (0.31 in)
: 53 - 63 N·m (39.09 - 46.47 lb ft)

COIL14CEX1069AB 74

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 66
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

72. Deslizar a válvula de carretel de lavagem (9) dentro


da válvula de lavagem (2).

COIL14CEX1068AB 75

73. Inserir o 1ª assento da mola (12) no conjunto do êm-


bolo (9).

COIL14CEX1067AB 76

74. Inserir a 1ª mola (11) no conjunto do êmbolo (9).

COIL14CEX1066AB 77

75. Com a ferramenta (G), encaixe a vedação do anel


O-ring em seu assento no bujão (10).

COIL14CEX1065AB 78

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 67
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

76. Insira o bujão primeiro (10) na válvula de descarga (2)


e aperte com uma chave de torque e de torque 62 -
72 N·m (45.73 - 53.10 lb ft).
: 62 - 72 N·m (45.73 - 53.1 lb ft)

COIL14CEX1064AB 79

77. Inserir o segundo assento da mola (12) no lado oposto


do conjunto do êmbolo.

COIL14CEX1245AB 80

78. Inserir a segunda mola (8) no conjunto do êmbolo.

COIL14CEX1062AB 81

79. Com a ferramenta (G), encaixe a vedação do anel


O-ring em seu assento no bujão (7).

COIL14CEX1061AB 82

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 68
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

80. Insira o segundo bujão (7) na válvula de descarga (2)


e aperte com uma chave de torque e de torque 62 -
72 N·m (45.73 - 53.10 lb ft).
: 62 - 72 N·m (45.73 - 53.1 lb ft)
NOTA: Sugere-se acionar a máquina desse modo quando
o motor estiver totalmente montado.

COIL14CEX1060AB 83

81. Deslizar o cabeçote (6) dentro da válvula de lavagem


(2).

COIL14CEX1059AB 84

82. Inserir a mola (5) na válvula de lavagem (2).

COIL14CEX1058AB 85

83. Com a ferramenta (G), encaixe a vedação do anel


O-ring em seu assento no bujão (4).

COIL14CEX1057AB 86

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 69
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

84. Insira o terceiro bujão (4) na válvula de descarga (2)


e aperte com uma chave de torque e de torque 62 -
72 N·m (45.73 - 53.10 lb ft).
: 62 - 72 N·m (45.73 - 53.1 lb ft)

COIL14CEX1843AB 87

85. Com a ferramenta (G), encaixe a vedação do anel


O-ring em seu assento no bujão (1).

COIL14CEX1056AB 88

86. Insira o quarto bujão (1) na válvula de descarga (2)


e aperte com uma chave de torque e de torque 62 -
72 N·m (45.73 - 53.10 lb ft).
: 62 - 72 N·m (45.73 - 53.1 lb ft)
NOTA: Sugere-se acionar a máquina desse modo quando
o motor estiver totalmente montado.

COIL14CEX1216AB 89

87. Montagem correta da válvula de lavagem.

TULI12ECX2876AA 90

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 70
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Método de remontagem da caixa de engrenagens

Remontagem da caixa de engrenagens


1. Monte as esferas (1) no suporte plástico.

COIL14CEX1054AB 91

2. Colocar o anel interno do rolamento (2) em um espa-


çador (3).

COIL14CEX1053AB 92

3. Colocar o alojamento da caixa de engrenagens (4) no


anel interno do rolamento (2).

COIL14CEX1052AB 93

4. Montar a corrediça interna (2) do rolamento no aloja-


mento da caixa de engrenagens (4).

COIL14CEX1051AB 94

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 71
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

Preparação da vedação permanente:


1. Limpe cuidadosamente os assentos (A) e (B)
usando, se necessário, escovas metálicas ou sol-
ventes (as superfícies em contato ou (C) devem
ser perfeitamente limpas e secas).
2. Certifique-se de que as superfícies de vedação (D)
dos anéis de metal (E) não possuam nenhum ar-
ranhão, amassados ou substâncias estranhas; as
superfícies do anel metálico devem estar perfei-
tamente limpas e secas. Sugere-se que os anéis
metálicos sejam imersos em solvente volátil ou em
álcool.
3. Limpe cuidadosamente a superfície de recobri- TULI12ECX3243AA 95

mento (D) dos anéis metálicos (E) e remova a


sujeira e as impressões digitais. Depois, lubrifique
com um filme fino de óleo, tomando cuidado para
não espalhar o óleo nos demais componentes.
5. Coloque a 1ª vedação intermediária (5) na ferramenta
(H).

COIL14CEX1050AB 96

6. Através da ferramenta (H), efetuar a montagem da 1ª


metade da vedação (5) no alojamento da caixa de en-
grenagens (4).

COIL14CEX1049AB 97

7. Usando a mesma ferramenta (H), monte a 2ª meia ve-


dação no motor hidráulico (6).

COIL14CEX1048AB 98

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 72
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

NOTA: Corrija a verificação do conjunto da vedação per-


manente (5).

TULI12ECX2885BB 99

8. Limpe cuidadosamente as superfícies da vedação (5).


IMPORTANTE: Aplique um fino filme de óleo em toda face
metálica de uma ou ambas as vedações. O óleo só deve
ser colocado na superfície das vedações.

COIL14CEX1047AB 100

NOTA: Usando a uma talha posicionar o motor hidráulico


(6) dentro do alojamento da caixa de engrenagens (4).
9. Usando uma prensa e um limitador de metal, pressio-
nar o motor hidráulico (6) contra o rebaixo do aloja-
mento da caixa de engrenagens (4) até que a monta-
gem da unidade esteja completa.

COIL14CEX1046AB 101

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 73
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

NOTA: Aperte os parafusos nº 2 M20X100-8.8 ISO 4017


(7) a 180° com arruelas nº 2 22x60x4 ISO 7093 nos orifí-
cios de rosca do alojamento da caixa de engrenagens (4)
para evitar que o alojamento saia do motor hidráulico (6)
durante o movimento do mesmo. Remover os parafusos
quando a unidade estiver posicionada.

TULI12ECX2888AB 102

10. Coloque a porca do anel (8).

COIL14CEX1844AB 103

11. Usando uma talha, coloque o multiplicador de torque


( (A)) na porca de anel (8), aperte com uma chave
de torque com um torque do multiplicador de entrada
de 138 - 148 N·m (101.78 - 109.16 lb ft) correspon-
dente a um torque do multiplicador de saída de 7000
- 7500 N·m (5162.93 - 5531.72 lb ft).

COIL14CEX1221AB 104

12. Fixe a porca do anel (8) próximo aos 2 assentos do


motor hidráulico.

COIL14CEX1045AB 105

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 74
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

NOTA: Baliza Ø 4 - 5 mm (0.16 - 0.20 in) (profundidade 1


- 1.5 mm (0.04 - 0.06 in)).

TULI12ECX2892AA 106

13. Montar corretamente os espaçadores (9) nos pinos do


motor hidráulico (6).

COIL14CEX1845AB 107

14. Colocar os conjuntos planetários da 3ª redução (10)


nos pinos do motor hidráulico (6).

COIL14CEX1846AB 108

IMPORTANTE: Colocar corretamente os conjuntos plane-


tários da redução verificando se a ranhura está voltada
para a tampa da extremidade (11).

TULI12ECX2895AB 109

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 75
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

15. Usando um martelo de borracha e um limitador de me-


tal, pressionar os conjuntos planetários da 2ª redução
(12) contra os rebaixos do pino do motor hidráulico
(6).

COIL14CEX1044AB 110

16. Usando um alicate, montar os anéis elásticos (13) nos


assentos do pino do motor hidráulico (6).

COIL14CEX1043AB 111

17. Insira o conjunto da 2aredução (14).

COIL14CEX1042AB 112

18. Insira o conjunto da 1aredução (15).

COIL14CEX1041AB 113

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 76
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

19. Insira a engrenagem solar da 1ª redução (16).

COIL14CEX1040AB 114

20. Monte o anel O-ring (17) em seu assento na tampa


(18).

COIL14CEX1039AB 115

21. Colocar a tampa da extremidade (18) no alojamento


da caixa de engrenagens (4).

COIL14CEX1038AB 116

22. Aperte os orifícios nº os parafusos com cabeça de


soquete nº 13 M10 X 30 (19), classe 12.9, com uma
chave de torque e 85 N·m (62.69 lb ft) de torque.

: 8 mm (0.31 in)
: 85 N·m (62.69 lb ft)

COIL14CEX1037AB 117

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 77
Sistemas hidráulicos - Sistema de percurso hidráulico

23. Abastecer a caixa de engrenagens com óleo lubrifi-


cante.
Inserir as arruelas e os bujões (20) nos orifícios de
abastecimento/drenagem de óleo da tampa da extre-
midade (18). Aperte os bujões com uma chave de
torque e 30 - 40 N·m (22.13 - 29.50 lb ft) de torque.
: 30 - 40 N·m (22.13 - 29.50 lb ft)

COIL14CEX1036AB 118

Teste final e reinstalação


Verifique o produto, montando-o novamente na má-
quina. Verificar o funcionamento da transmissão.

Desmontagem e destruição do produto


Ao desmontar o motor de engrenagens, siga as indica-
ções fornecidas abaixo.
1. Remova a caixa de engrenagens da estrutura da má-
quina e deixe o óleo lubrificante fluir.
2. Desmonte completamente a caixa de engrenagens e
remova todo o óleo e graxa de suas peças.
3. Envie todas as peças perigosas e/ou contaminadas
para os centros de desmontagem autorizados, em con-
formidade com as respectivas regulamentações e leis
locais.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 78
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Sistema de percurso hidráulico - 353


Sistema de percurso hidráulico - Capacidade (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Sistema de percurso hidráulico - Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Sistema de percurso hidráulico - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23
Sistema de percurso hidráulico - Diagrama hidráulico (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Sistema de percurso hidráulico - Diagrama hidráulico (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Sistema de percurso hidráulico - Especificações gerais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Sistema de percurso hidráulico - Identificação do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Sistema de percurso hidráulico - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
Sistema de percurso hidráulico - Localização do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Sistema de percurso hidráulico - Medida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Sistema de percurso hidráulico - Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48
Sistema de percurso hidráulico - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Sistema de percurso hidráulico - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Sistema de percurso hidráulico - Verificar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
Sistema de percurso hidráulico - Verificar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
Sistema de percurso hidráulico - Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Sistema de percurso hidráulico - Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 79
71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.7 [35.353] / 80
Sistemas hidráulicos - 35

Junta central hidráulica - 354

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Junta central hidráulica - 354

DADOS TÉCNICOS

Girador hidráulico
Limites de serviços (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

DADOS FUNCIONAIS

Girador hidráulico
Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Identificação do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7

SERVIÇO

Girador hidráulico
Desconexão (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Inspecionar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 2
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Girador hidráulico - Limites de serviços [100899068]


CX220C Modelo padrão LA

Item Limite permitido (base da avaliação) Solução


Superfície Marcado ou algo danificado Substituir
deslizante e
peças vedadas
Superfície Marcado com mais de 0.1 mm (0.004 in) Substituir
Corpo, deslizante Marcado com menos de 0.1 mm (0.004 in) Reparar com pedra
haste exceto peças para afiar a óleo
vedadas
Anel da Desgaste com mais de 0.5 mm (0.020 in) de profundidade Substituir
superfície Desgaste com menos de 0.5 mm (0.020 in) de profundidade Repare
deslizante Arranhado com menos de 0.5 mm (0.020 in) e capaz de reparar Repare
Anel da Desgaste com mais de 0.5 mm (0.020 in) Substituir
Tampa superfície Desgaste com menos de 0.5 mm (0.020 in) Repare
deslizante Arranhado com menos de 0.5 mm (0.020 in) e capaz de reparar Repare

Anel deslizante
Limite permitido: Protraído excessivamente da ranhura
de vedação.

Solução: Substitua (por anel de reserva)

TULI12ECX1798AA 1

Limite permitido: anel da sapata mais estreito que


1.5 mm (0.059 in) da ranhura de vedação, ou mais
estreito que anel de reserva.

Solução: Substitua (por anel de reserva)

TULI12ECX1799AA 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 3
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Limite permitido: desgastado de forma desigual a mais


de 0.5 mm (0.020 in).

Solução: Substitua (por anel de reserva)

TULI12ECX1800AA 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 4
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Girador hidráulico - Visão geral [100899080]


CX220C Modelo padrão LA

Esboço

COIL14CEX1965AA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 5
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Especificações
Pressão de trabalho 34.3 MPa (4975 psi)
Portas de alta pressão A, B, C,
Máx. pressão de impacto 51.5 MPa (7470 psi)
D
Fluxo nominal 255 l/min (67.4 US gpm)
Pressão de trabalho 0.49 MPa (71 psi)
Portas de pressão baixa E
Fluxo nominal 50 l/min (13 US gpm)
Pressão de trabalho 5 MPa (725 psi)
Portas de pressão baixa F
Fluxo nominal 30 l/min (8 US gpm)
Velocidade de revolução 15 RPM
A, B, C, D (corpo) PF 1”
A, B, C, D (haste) PF 3/4
Tamanho dos pórticos
E PF 1/2
F PF 1/4
Comprimento (altura) 368 mm (14.5 in)
Peso 24.6 kg (54.2 lb)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 6
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Girador hidráulico - Identificação do componente [100899085]


CX220C Modelo padrão LA

TULI12ECX1030GB 1

1. Corpo 7. Anel O-ring


Parafuso com cabeça de soquete, M8 X 20 (Qtd.
2. Haste 8.
2) 30.4 N·m (22.4 lb ft)
Parafuso com cabeça de soquete, M8 X 30 (Qtd.
3. Prato de impulso 9.
3) 30.4 N·m (22.4 lb ft)
4. Tampa 12. Bujão
5. Vedação (Qtd. 5) 13. Anel O-ring (Qtd. 2)
6. Vedação

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 7
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Operação
A junta giratória consiste principalmente em um corpo (1) e uma haste (2) que rodam simultaneamente, em uma placa
de encosto (3) que prende os componentes juntos, uma tampa (4) que fecha um lado do corpo (1), uma vedação (5)
que divide os circuitos e o conjunto da vedação (6) e um anel O-ring (7) que evita vazamentos externos.

Existem quatro portas para os circuitos principais de percurso no corpo (1) e haste (2). Há quatro ranhuras de passa-
gem de óleo na superfície interna do corpo (1), com uma vedação (5) fixa acima e abaixo da ranhura de circunferência.

O óleo que flui no corpo (1) ou haste (2) mantém o fluxo passando pela ranhura de circunferência entre o corpo (1) e
a haste (2). O fluxo de óleo nunca é cortado devido à rotação. Além disso, há uma ranhura de óleo para lubrificação
que se conecta com a porta de drenagem, impedindo emperramento do corpo (1) com a haste (2).

Essa construção mantém os circuitos conectados entre os corpos de giro por uma junta giratória.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 8
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Girador hidráulico - Desconexão [100899140]


CX220C Modelo padrão LA

Desconectar a mangueira do lado inferior da junta arti-


culada.
NOTA: Fechar todas as aberturas com bujões para mantê-
las limpas.
Desconecte as duas mangueiras (1). (Porta E: PF 1/2)
: 27 mm
Torque de aperto: 78.5 N·m (58 lb ft)
Desconecte as mangueiras (2) e (3). (Porta A e B: PF
1)
: 36 mm
Torque de aperto: 177 N·m (130.5 lb ft)
Desconecte as mangueiras (4) e (5). (Porta C e D: PF
1)
: 36 mm
Torque de aperto: 177 N·m (130.5 lb ft)
Desconecte as duas mangueiras (6). (Porta F: PF 1/4)
: 19 mm
Torque de aperto: 29.4 N·m (21.7 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 9
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

TULI12ECX1644GB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 10
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Mangueiras laterais inferiores da junta articulada

TULI12ECX0819HB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 11
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Girador hidráulico - Desmontar [100899151]


CX220C Modelo padrão LA

Os códigos de peças usados nesse procedimento de


desmontagem correspondem àqueles do desenho de
fabricação na figura em Girador hidráulico - Identifi-
cação do componente (35.354) .
1. Marcar a tampa (4) e o corpo (1) com marcas coinci-
dentes para facilitar a remontagem.
2. Coloque um bloco 'V' (A) sobre uma bancada, colo-
que um conjunto de junta giratória na lateral, fixe-o e
solte o parafuso de soquete (9) através de um tubo e
chave. Alternativamente a junta articulada pode ser fi-
xada prendendo-se a haste (2) em um tornilho.
: 6 mm

TULI12ECX1786BB 1

3. Remova a tampa (4) do corpo (1) e extraia o anel O-ring


(7) da tampa (4).

TULI12ECX1787AB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 12
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

4. Soltar o parafuso de soquete (8) que fixa a placa de


encosto (3), da mesma maneira que removeu a tampa
mencionada acima (4)
• Ao remover placa de encosto (3) pelo corpo de fixa-
ção (1), suporte a haste (2) para que não caia.
: 6 mm

TULI12ECX1788BB 3

5. Coloque o corpo (1) em um bloco "V" (A). Colocar um


bloco de madeira contra a haste (2) através do corpo
para que cerca de metade da haste seja coberta pelo
bloco de madeira (B) e retirar usando um macete.
Batendo a haste sobre cerca de 1/2 do corpo, ela pode
ser facilmente removida com a mão.

TULI12ECX1790AB 4

6. Remova o anel de reserva dos conjuntos de vedações


(5) e (6) usando uma espátula (E).
NOTA: Certifique-se de que o corpo (1) não seja arranhado
pela ponta da espátula (E).

TULI12ECX1791AB 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 13
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

7. Retire o anel deslizante (B) dos conjuntos de vedações


(5) e (6) por meio do pino de uma chave de fenda (A) e
remova-os da ranhuras de anel O-ring (D). A figura na
lateral mostra o uso de apenas uma chave de fenda,
mas usando-se duas eles podem ser removidos com
mais segurança.
NOTA: Certificar-se de que o corpo (1) não seja arranhado
pela chave de fenda (A).

TULI12ECX1792BB 6

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 14
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Girador hidráulico - Instalar [100899148]


CX220C Modelo padrão LA ---

NOTA: Consulte " Girador hidráulico - Identificação do


componente (35.354) " para obter os tamanhos das cha-
ves e o torque de aperto.
Prosseguir com a reinstalação da junta giratória se-
guindo a operação na ordem inversa à remoção.
NOTA: Peso da junta articulada: 31 kg (68.3 lb).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 15
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Girador hidráulico - Montar [100899156]


CX220C Modelo padrão LA

Antes da montagem, limpe todas as peças (excluindo o


anel O-ring e o anel deslizante) e disponha na sequên-
cia da montagem.
1. Certificar-se de que o óleo e a graxa restantes tenham
sido completamente removidos.
2. Aplicar graxa na ranhura onde estão assentados os
anéis O-ring (6).
3. Aplicar um pouco de óleo hidráulico no anel O-ring (13)
e inseri-lo na ranhura. Verificar se o anel O-ring está
torcido.
4. O anel da sapata (B) é montado após a inserção do
TULI12ECX1794AB 1
anel de reserva, distorcendo-se ligeiramente a forma,
conforme ilustrado na Fig. 1. Além disso, após a inser-
ção de todas as vedações, certificar-se de que elas es-
tejam instaladas na ranhura da vedação usando uma
espátula.
5. Monte a vedação (5) de acordo com o mesmo proce-
dimento mencionado acima, após remover a graxa, o
óleo hidráulico e a vaselina da ranhura da vedação. As
vedações (5) não têm anel de reserva.
6. Cobrir levemente a circunferência externa da haste (2)
e a superfície interna do corpo (1) com graxa ou vase-
lina e inserir a haste (2) lentamente no corpo (1).
NOTA: Se a haste (2) for pressionada muito rapidamente,
a vedação pode ser danificada. Fazer isso lentamente. A
folga entre o corpo (1) e a haste (2) é de aproximadamente
0.1 mm (0.004 in). Empurre a haste reta ao longo do eixo
central.
A: Pressione com as duas mãos

TULI12ECX3381BB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 16
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

7. Ao mesmo tempo em que segura a haste (2) e o corpo


(1), iguale o orifício da placa de encosto (3) e o orifício
da haste (2).
8. Em seguida, após remover todo o óleo da rosca do
parafuso de soquete (8), cobri-lo com LOCTITE® 242®
e apertar na haste (2).
: 6 mm
: 30.4 N·m (22.4 lb ft)

TULI12ECX1796AB 3

9. Depois de instalar o anel O-ring (7) na tampa (4) e ali-


nhar as marcas de correspondência da tampa (4) e do
corpo (1), cubra (9) com parafuso de cabeça LOCTITE®
242® e aperte-a, concluindo a montagem.
: 6 mm
: 30.4 N·m (22.4 lb ft)

TULI12ECX1797AB 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 17
Sistemas hidráulicos - Junta central hidráulica

Girador hidráulico - Inspecionar [100899161]


CX220C Modelo padrão LA

Inspeção após a montagem


Após a conclusão da montagem, verificar se há vaza-
mento de óleo, resistência à pressão etc., usando um
dispositivo como o exibido na Fig. 1.
1. Porta de alta pressão (porta A, B, C, D e F).
Instalar uma válvula direcional (8) e um manômetro (1)
no pórtico lateral da haste e no pórtico lateral do corpo
respectivamente e, observando o manômetro (para ve-
rificar a alta pressão) instalado na lateral do corpo e
também regulando a válvula de alívio de alta pres-
são (7), aumentar gradualmente a pressão. Quando
a pressão for atingida, 1,5 vezes a pressão máxima de
trabalho, fechar a válvula de vedação (3) e travar o óleo
hidráulico na articulação.
Nesse momento, manter a válvula de parada (6) no
lado da válvula de alívio de baixa pressão fechada por
pelo menos 3 min e verificar se há distorções, rupturas
ou afrouxamento.
Durante o primeiro minuto, verificar se há vazamentos
de óleo e, em caso de queda da pressão, esse valor
deve ser de 10% da pressão retida. Essa verificação
deve ser executada em cada circuito.
2. Pórtico de baixa pressão (porta E).
Similar ao pórtico de alta pressão, instalar uma válvula
direcional e um manômetro em cada pórtico do lado da
haste e do lado do corpo.
Abrir a válvula de vedação (6) do lado da válvula de
alívio de baixa pressão (5) e, enquanto observa o ma-
1
nômetro (para verificar a baixa pressão) conectado ao TULI12ECX2304BB

lado do corpo e também regulando a válvula de alívio


de baixa pressão (5), aumentar gradualmente a pres-
são e verificar se há vazamento externo com uma ve-
rificação por cor com pressão de 0.49 MPa (71 psi).

1. Manómetro
2. Junta giratória
3. Válvula de parada
4. Fonte hidráulica
5. Válvula de alívio (baixa pressão)
6. Válvula de parada
7. Válvula de alívio para alta pressão
8. Válvula direcional
9. Tubulação, etc.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 18
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Junta central hidráulica - 354


Girador hidráulico - Desconexão (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Girador hidráulico - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
Girador hidráulico - Identificação do componente (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Girador hidráulico - Inspecionar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Girador hidráulico - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
Girador hidráulico - Limites de serviços (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Girador hidráulico - Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Girador hidráulico - Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 19
71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.8 [35.354] / 20
Sistemas hidráulicos - 35

Controle manual hidráulico - 355

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Controle manual hidráulico - 355

DADOS FUNCIONAIS

Controle manual hidráulico


Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Vista seccional (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7

SERVIÇO

Controle manual hidráulico


Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 2
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Controle manual hidráulico - Visão geral [100899167]


CX220C Modelo padrão LA

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 3
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Esboço

TULI12ECX0514HA_PTBR 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 4
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Controle manual hidráulico - Vista seccional [100899170]


CX220C Modelo padrão LA

Válvula piloto esquerda e direita

TULI12ECX0517GA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 5
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Torque de Torque de
Nº Peças Qtd. Nº Peças Qtd.
aperto aperto
101 Carcaça 1 218 Assento 4
151 Placa 1 221 Mola 4
201-1 Carretel 2 241-1 Mola 2
201-2 Carretel 2 241-2 Mola 2
211 Bujão 4 246-1 Mola 2
*212 Haste de empuxo 4 246-2 Mola 2
213 Vedação 4 ***301 Junta: M14 1 47.1 N·m
214 Anel O-ring: 1B P20 4 (34.74 lb
216-1 Assento da mola 2 ft)
216-2 Assento da mola 2 302 Placa circular 1
**217 Arruela 2 (Calço) 4 ****312 Porca de ajuste: 1 68.6 N·m
M14 (28.47 lb
ft)
501 Capas 1

Nota: * aplicar graxa na seção superior.

** Calço de ajuste da pressão secundária.

*** Aplicar graxa nas seções giratórias e deslizantes. Cuidado com a direção da montagem.

**** Aplicar LOCTITE® 277™.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 6
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Controle manual hidráulico - Descrição dinâmica [100899173]


CX220C Modelo padrão LA

Alavanca na posição neutra (ver Fig. 1).

A ação da mola ( (509) para ajuste de pressão secundá-


ria) que determina a pressão de saída da válvula piloto
não atua no carretel (201).

Portanto, o carretel (201) (para retorno) é empurrado para


cima por uma mola (221) [assento da mola (216)]. As
portas de saída ( 2, 4) conectam-se com a porta T. O
resultado é que a pressão de saída é igual à pressão do
tanque.

TULI12ECX0519BB 1

Quando a alavanca piloto é inclinada (ver Fig. 2). Quando


a alavanca é inclinada e a haste de empuxo (511) é pas-
sada, o carretel (201) [assento da mola (216)] se move
para baixo para fazer com que a porta P se conecte à
porta ( 2, 4), com o resultado que o óleo da bomba flui
para a porta piloto ( 2, 4) para produzir uma pressão.

TULI12ECX0520BB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 7
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Alavanca mantida (veja a Fig. 3)

Quando a pressão nas portas ( 2, 4) sobe a um nível equi-


valente à ação de mola (509) que é definida inclinando a
alavanca, a pressão hidráulica equilibra a ação da mola.

Quando a pressão das portas ( 2, 4) sobe acima de um


valor de ajuste, as portas ( 2, 4) e a porta P se fecham
enquanto as portas ( 2, 4) e a porta T se abrem.

Quando a pressão nas portas ( 2, 4) cai abaixo de um


valor de ajuste, as portas ( 2, 4) e a porta P se abre ao
mesmo tempo em que as portas ( 2, 4) e a porta T se fe-
cham. Assim a pressão secundária é mantida constante.

TULI12ECX0521BB 3

Operação na área onde o ângulo de inclinação da ala-


vanca é maior. (varia de acordo com o modelo)

Em alguns modelos, se a alavanca for inclinada além de


um determinado ângulo, a extremidade superior do car-
retel entrará em contato com fundo do orifício da haste
de empuxo. Isso mantém a pressão de saída conectada
P com a pressão da porta.

Além disso, em um modelo no qual um assento da mola


e uma mola são construídos na haste de empuxo, a parte
inferior do orifício da haste de empuxo entra em contato
com a mola se a alavanca for girada acima de um deter-
minado ângulo.

Isso faz com que o gradiente da pressão secundária al-


tere pela ação da mola. Depois disso, a parte inferior
do orifício da haste de empuxo entra em contato com a
extremidade superior do assento da mola, mantendo a
pressão de saída conectada à porta P.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 8
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Controle manual hidráulico - Preparar [100899179]


CX220C Modelo padrão LA

CUIDADO
Saída de fluido.
O vazamento de fluido hidráulico ou combustível diesel sob pressão pode penetrar na pele e causar
infecção ou outros ferimentos. Para evitar ferimentos, alivie toda a pressão antes de desconectar os
tubos dos fluidos ou realizar trabalhos no sistema hidráulico. Antes de aplicar pressão, verifique se
todas as conexões estão apertadas e os componentes estão em boas condições. Nunca use as mãos
para verificar vazamentos suspeitos sob pressão. Use um pedaço de papelão ou madeira para esse
fim. Em caso de ferimentos provocados por vazamento de fluidos, consulte o médico imediatamente.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W0178A

CUIDADO
Evite lesões!
O óleo quente pressurizado pode causar queimaduras. Despressurize a haste ou remova a tampa
lentamente com o motor desligado para liberar a pressão do tanque hidráulico.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W1238A

AVISO: Verificar se os dispositivos de elevação (ganchos,


correntes, etc.) estão em perfeitas condições sem nenhum
sinal de desgaste excessivo e se são adequados para su-
portar o peso da carga.

Preparação
1. Estacione a máquina em uma superfície firme e nive-
lada.
2. Para drenar a pressão hidráulica do sistema hidráulico,
consulte . Módulos eletrônicos - Configurar (55.640)
3. Desligar o motor. Pressionar a válvula localizada na
tampa do tanque de óleo hidráulico para liberar a pres-
são residual presente no próprio tanque.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 9
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Controle manual hidráulico - Remoção [100899183]


CX220C Modelo padrão LA

1. Pressione a peça "A" da capa de borracha (4) que é


enfiada no console e remova a tampa de proteção de
borracha do console.
2. Remova os painéis laterais (2) e (3), removendo os
parafusos de fixação.

3. Remova a empunhadura (1), removendo a porca de


pressão (5), desconectando a conexão elétrica rele-
vante na posição *.

: 22 mm
TULI12ECX1989AB 1
AVISO: Fixar uma etiqueta de identificação em cada man-
gueira para ajudar na remontagem.
4. Desconecte as mangueiras do conector da porta PF
3/8 (6) e PF 1/4 (7) da carcaça da válvula piloto (8).

: 19.22 mm
NOTA: Fixar uma tampa em cada extremidade da man-
gueira desconectada.
5. Remova a válvula piloto (8), removendo os parafusos
de fixação (9) M6 X 25 completos com as arruelas.

: 5 mm
TULI12ECX1990AB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 10
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Controle manual hidráulico - Instalar [100899186]


CX220C Modelo padrão LA

1. Instalar a válvula piloto (8)na estrutura apertando os


parafusos de fixação (9) M6 X 25 completos com ar-
ruelas.
: 5 mm
: 11.8 N·m (8.7 lb ft)
2. Conectar as mangueiras na carcaça da válvula piloto
(8)

: 19 mm (Porta: P)
: 29.4 N·m (22 lb ft)
: 22 mm (Porta: 1 a 8, T) TULI12ECX1664AB 1

: 49 N·m (36 lb ft)


3. Apertar a empunhadura na válvula piloto, aperta a
porca de pressão (5) e reconectar o conector elétrico.

: 22 mm
: 41.2 N·m (30.4 lb ft)

Lado esquerdo Lado direito


5 Giro (L) Cinza 1 Caçamba (H) Vermelho
6 Giro (R) Vermelho 2 Caçamba (R) Azul
7 Braço (H) Azul 3 Lança (H) Verde
8 Braço (R) Verde 4 Lança (R) Cinza

4. Instale os painéis laterais (2) e (3) apertando os para-


fusos de fixação.

: 5 N·m (3.7 lb ft)


5. Trave a tampa de proteção de borracha (4) no painel
lateral (2).

TULI12ECX1665BB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 11
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Controle manual hidráulico - Desmontar [100899189]


CX220C Modelo padrão LA

Desmontagem da válvula piloto esquerda e direita


Certifique-se ler as "Precauções para desmontagem"
antes de iniciar o trabalho de desmontagem.
NOTA: Substituir o anel O-ring a cada operação de des-
montagem, como regra.
1. Conectar cada pórtico da válvula piloto e limpá-lo com
querosene.
P Porta: PF 1/4
1÷4 porta e T: PF 3/8
2. Fixar a válvula piloto em um tornilho, com uma placa de
proteção (chapa de alumínio, etc.) e remover a tampa
de proteção (2).
COIL14CEX1449AA 1

3. Remova a porca de ajuste (1), aplicando chaves à


porca de ajuste (1) e à placa circular (3).

: 22.32 mm
4. Remova a placa circular (3).

: 32 mm
5. Gire a junta (4) no sentido anti-horário com o modelo
(E) ( 380001055) para removê-lo.

: 24 mm
TULI12ECX1670AB 2

AVISO: Quando a força das molas de retorno (15) for alta,


nunca soltar a junta (4). Se estiver solta, pode resultar em
salto da placa (5), do bujão (7) e da haste de empuxo (9).
Remover a junta (4) pressionando a placa (5) para baixo
com os dedos.

TULI12ECX1671AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 12
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

6. Remova a placa (5).


AVISO: Quando a força da mola de retorno (15) estiver
alta, pressionar a placa para deixá-la se soltar lentamente.
Quando a força da mola de retorno (15) for baixa, o bujão
(7) é deixado no alojamento (22) devido à resistência do
deslizamento do anel O-ring (8).

TULI12ECX1672AB 4

TULI12ECX1673AB 5

7. Remover o bujão (7) com uma chave.


AVISO: Para evitar ferimentos pessoais, o bujão (7) deve
ser removido lenta e uniformemente até que força da mola
de retorno (15) esteja completamente liberada.

TULI12ECX1674AB 6

8. Remova a haste de empuxo (9), o bujão (7), o conjunto


da válvula de redução de pressão (carretel) e as molas
de retorno (15) do alojamento (22).
NOTA: Registrar a combinação dos orifícios do pórtico no
alojamento e peças retiradas. O curso diferente de acordo
com a direção.

TULI12ECX1675AB 7

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 13
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

9. Empurre as molas (17) e (18) na faixa de 7 mm


(0.28 in) que é assentado com o movimento da mola
(12) e (14) e mude os assentos em uma direção lateral,
removendo os carretéis (20) e (21) através do orifício
maior do assento.
AVISO: Nunca empurre para baixo o assento da mola (12)
com 7 mm (0.28 in) ou mais. (Para a porta 1 e 3).
Nunca empurre para baixo o assento da mola (14) com
9.4 mm (0.37 in) ou mais. (Para a porta 2 e 4).

TULI12ECX1676AB 8

10. Remova o carretel (20) e (21), os assentos da mola


(12) e (14), as molas (17) e (18) e a arruela (19).
11. Remova a mola (10) e (11), o assento da mola (13)
da haste de empuxo (9).

TULI12ECX1677AB 9

12. Puxe para fora a haste de empuxo (9) do bujão (7).


13. Remover o anel O-ring (8) do bujão (7).

TULI12ECX1678AB 10

14. Remover a vedação interna (6) do bujão (7) com um


dispositivo pequeno.

TULI12ECX1679AB 11

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 14
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Limpeza de peças
1. Limpar completamente as peças com óleo de lavagem
e as peças da válvula piloto.
2. Seque as peças, esfregando um pano limpo.
3. Aplicar antiferrugem nas peças.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 15
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

Controle manual hidráulico - Montar [100899193]


CX220C Modelo padrão LA

Montagem da válvula piloto esquerda e direita


1. Aplicar a arruela 2 (19), as molas (17) e (18), os assen-
tos da mola (12) e (14) nos carretéis (20) e (21).

TULI12ECX1680AB 1

2. Empurre a mola (17) e (18) numa faixa em que o movi-


mento da mola seja assente (12) e (14) em uma única
direção e instale os carretéis (20) por meio do orifício
maior do assento da mola.
AVISO: Nunca empurre para baixo o assento da mola (12)
com 7 mm (0.276 in) ou mais. (Para a porta 1 e 3).
Nunca empurre para baixo o assento da mola (14) com
9.4 mm (0.370 in) ou mais. (Para a porta 2 e 4).

TULI12ECX1681AB 2

3. Coloque as molas (15) nas portas 1, 3 do alojamento


(22)e, em seguida, instale o conjunto da válvula de
redução de pressão. nele.
Coloque a mola (16) nas portas 2, 4 e, em seguida,
instale o conjunto da válvula de redução de pressão.
nele.
NOTA: Instale o conjunto removido respectivo nos respec-
tivos furos.

TULI12ECX1682AB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 16
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

4. Encaixe o anel O-ring (8) e a vedação (6) no bujão (7).


Aplique óleo hidráulico na superfície da haste de em-
puxo (9).

TULI12ECX1683AB 4

TULI12ECX1684AB 5

5. Insira a haste de empuxo (9) no bujão (7) e instale a


mola (10) e o assento da mola (13) na haste de empuxo
(9) no lado da porta 1, 3.
Insira a haste de empuxo (9) no bujão (7) e instale a
mola (11) e o assento da mola (13) na haste de empuxo
(9) no lado da porta 2, 4.

COIL14CEX1819AB 6

6. Encaixe o conjunto do bujão (7) no alojamento (22).

COIL14CEX1820AB 7

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 17
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

NOTA: Quando a força da mola (15) estiver baixa, ela para


na posição em que é pressionada pela resistência desli-
zante do anel O-ring (8).
Quando a força da mola (15) estiver alta, fixar a placa (5)
e pressionar 4 hastes impulsoras com as mãos ao mesmo
tempo e apertar a junta (4) temporariamente.
Instale os carretéis (20) e (21) retos e uniformemente den-
tro do orifício do alojamento (22).
Tomar cuidado para que os bujões (7) e a placa (5) não
pulem do alojamento (22).

COIL14CEX1452AA 8

7. Instale a junta (4) no alojamento (22) com a ferramenta


especial (E) ( 380001055) de forma segura.
: 22 mm
: 44.2 - 50 N·m (32.6 - 36.9 lb ft)

COIL14CEX1451AA 9

8. Instale a placa circular (3) para na junta (4).


AVISO: Parafuse-a até que toque as 4 hastes impulsoras
(9) igualmente.
O excesso de aperto do parafuso pode causar mau funcio-
namento da máquina.

COIL14CEX1450AA 10

9. Parafusar a porca de ajuste (1) aplicando LOCTITE®


277™ nas roscas da junta até que toque a placa cir-
cular (3) e apertá-la usando uma chave inglesa para
impedir o retorno da placa circular.
: 22 mm
: 63.7 - 73.5 N·m (47.0 - 54.2 lb ft)
: 32 mm

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 18
Sistemas hidráulicos - Controle manual hidráulico

10. Aplicar graxa resistente ao calor (G) na seção rotativa


da junta (4) e na parte superior da haste de empuxo
(9).

COIL14CEX1635AB 11

11. Cobrir com as capas (2).


12. Pulverizar com composto antiferrugem através de
cada pórtico e fixar os respectivos bujões.

COIL14CEX1449AA 12

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 19
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Controle manual hidráulico - 355


Controle manual hidráulico - Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
Controle manual hidráulico - Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
Controle manual hidráulico - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Controle manual hidráulico - Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
Controle manual hidráulico - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Controle manual hidráulico - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Controle manual hidráulico - Vista seccional (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Controle manual hidráulico - Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.9 [35.355] / 20
Sistemas hidráulicos - 35

Controle do pedal hidráulico - 356

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Controle do pedal hidráulico - 356

DADOS FUNCIONAIS

Controle do pedal hidráulico


Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3
Descrição estática (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Vista explodida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6

SERVIÇO

Controle do pedal hidráulico


Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Substituir (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Drenagem de fluido (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 2
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Controle do pedal hidráulico - Visão geral [100899197]


CX220C Modelo padrão LA

Visão externa

TULI12ECX0523FA 1

Torque de Nome do
Tamanho da porta Função
aperto pórtico
1 Pórtico esquerdo de avanço do percurso
2 Pórtico esquerdo de reversão do percurso
PF 3/8 30 N·m (22 lb ft) 3 Pórtico direito de avanço do percurso
4 Pórtico direito de reversão do percurso
T Porta do tanque
5 Pórtico esquerdo do sensor da pressão de percurso
16.7 N·m (12.3 lb
PF 1/4 6 Pórtico direito do sensor da pressão de percurso
ft)
P Pórtico da pressão piloto primária

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 3
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Especificações
Tipo 6TH6NRZ
Pressão primária 4.9 MPa (711 psi)
Pressão secundária 0.54 - 2.35 MPa (78 -
341 psi)
Fluxo nominal 25 l/min (6.6 US gpm)
Peso Aprox. 8 kg (18 lb)

TULI12ECX0524AA 2

Características do Desempenho

TULI12ECX0525FA_PTBR 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 4
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Controle do pedal hidráulico - Descrição estática [100899200]


CX220C Modelo padrão LA

Construção e operação
A válvula hidráulica de controle remoto no tipo TH6NR é operada pela válvula redutora de pressão operada direta-
mente. O equipamento de controle piloto TH6NR no tipo de pedal duplo é constituído pela seção de atuação que é
equipada com 2 suportes para pé (1), 4 válvulas de redução de pressão (11), 4 sistemas de amortecimento (12) e
corpo (6).

Cada válvula redutora de pressão é constituída por carretel de controle (2), mola de controle (3), mola de retorno (4)
e êmbolo (5).

O sistema de amortecimento é formado por êmbolo (8), orifício (9) e mola de retorno (10).

Em condição estacionária, o pedal é mantido na posição neutra pela mola de retorno (10).

Em operação, o pedal empurra o êmbolo (5) usado pela válvula redutora de pressão e o êmbolo (8) usado pelo
sistema de amortecimento.

O óleo hidráulico alimentado na câmara de amortecimento é mantido no orifício (9) pela pressão correspondente à
velocidade de operação. [De maneira similar, quando o pedal retorna à posição neutra com a mola de retorno, o óleo
hidráulico retido na câmara do assento é forçado para fora. Consequentemente, a mola de retorno é controlada pela
taxa do fluxo do óleo hidráulico que passa através do orifício (9).]

Ao mesmo tempo, o êmbolo (5) é empurrado contra a mola de retorno (4) e a mola de controle (3). A mola de controle
(3) move primeiro o carretel de controle (2) para baixo e, em seguida, fecha a passagem entre o pórtico de controle
e o cano de retorno no pórtico (T) do tanque. Ao mesmo tempo, o pórtico de controle é conectado à passagem (7).
Quando o carretel de controle atinge a posição, a força da mola de controle (3) equilibra a pressão do pórtico de
controle (1) ou (2), isso inicia a retenção da condição.

A pressão do pórtico de controle é proporcional ao percurso do êmbolo (5) e à posição do pedal (1) de acordo com
a relação mútua entre o carretel de controle (2) e a mola de controle (3). O controle da pressão do circuito fechado
torna o controle proporcional da válvula seletora e torna alta a responsabilidade da bomba hidráulica e do motor
possível na relação com as características da posição do pedal (1) e da mola de controle (3).

COIL14CEX1963AA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 5
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Controle do pedal hidráulico - Vista explodida [100899203]


CX220C Modelo padrão LA

Válvula piloto (de percurso)

TULI12ECX1692GA 1

NOTA: T = torque de aperto Nm (lbf·pés)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 6
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Nº Peças Qtd.
5. Capas de borracha 2
6. Pedal (placa do interruptor) (2)
6-d. Placa do interruptor 2
6-f. Parafuso de regulagem M8 × 28 4
6-g. Parafuso fixador M5 X 8 4
6-l. Parafuso de amortecimento 4
7. Kit da placa de retenção (1)
7-h. Placa 1
7-i. Parafuso sextavado M10 X 20 2
7-j. Eixo 2
7-k. Parafuso fixador M4 × 10 2
8. Kit do flange 4
10. Carretel de controle 4
11. Mola de retorno 4
12. Kit do flange do assento (4)
12-o. Êmbolo do assento ø14 4
12-x. Vedação ø14 × 20 × 3 6
12-y. Anel raspador 6
13. Mola de amortecimento 4
14. Kit da válvula de retenção (2)
14-q. Bujão M8 2
14-r. Esfera M6, 35 2
15. Orifício (4)
15-u. Bujão M6 4
15-t. Orifício M6, ø0,6 4
17. Kit da válvula shuttle (2)
17-w’. Orifício e válvula shuttle 2
17-r. Esfera M6, 35 2
17-z. Orifício M5, ø, ø0,8 2
21. Bujão 4
22. Carcaça da válvula 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 7
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Controle do pedal hidráulico - Preparar [100899208]


CX220C Modelo padrão LA

CUIDADO
Saída de fluido.
O vazamento de fluido hidráulico ou combustível diesel sob pressão pode penetrar na pele e causar
infecção ou outros ferimentos. Para evitar ferimentos, alivie toda a pressão antes de desconectar os
tubos dos fluidos ou realizar trabalhos no sistema hidráulico. Antes de aplicar pressão, verifique se
todas as conexões estão apertadas e os componentes estão em boas condições. Nunca use as mãos
para verificar vazamentos suspeitos sob pressão. Use um pedaço de papelão ou madeira para esse
fim. Em caso de ferimentos provocados por vazamento de fluidos, consulte o médico imediatamente.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W0178A

CUIDADO
Evite lesões!
O óleo quente pressurizado pode causar queimaduras. Despressurize a haste ou remova a tampa
lentamente com o motor desligado para liberar a pressão do tanque hidráulico.
O descumprimento pode resultar em morte ou ferimentos graves.
W1238A

AVISO: Verificar se os dispositivos de elevação (ganchos,


correntes, etc.) estão em perfeitas condições sem nenhum
sinal de desgaste excessivo e se são adequados para su-
portar o peso da carga.

Preparação
1. Estacione a máquina em uma superfície firme e nive-
lada.
2. Para drenar a pressão hidráulica do sistema hidráu-
lico, consulte o procedimento "Liberação da pressão
hidráulica" na Módulos eletrônicos - Configurar
(55.640) .
3. Desligar o motor. Pressionar a válvula localizada na
tampa do tanque de óleo hidráulico para liberar a pres-
são residual presente no próprio tanque.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 8
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Controle do pedal hidráulico - Remoção [100899213]


CX220C Modelo padrão LA

1. Solte os parafusos M12 X 30 (Qtd. 6) e retire a tampa


sob a cabine.
Peso: 5 kg (11 lb)
: 19 mm
2. Remova os tapetes da cabine.
3. Remova o pedal, removendo os parafusos de fixação
(1) M8 X 25 (Qtd. 4) e, em seguida, remova as alavan-
cas, removendo os parafusos de fixação (2) M10 X 25
(Qtd. 4).
: 13.17 mm
4. Desconecte os sensores de pressão (7) do corpo (8).
: 24 mm
AVISO: Fixar uma etiqueta de identificação em cada man-
gueira para ajudar na remontagem.
5. Desligar os tubos (através de (3) a (6)) do corpo (8).
: 19.22 mm
NOTA: Fixar uma tampa em cada extremidade da man-
gueira desconectada.
6. Remova o corpo (8), removendo os parafusos de fixa-
ção (9) M10 X 30 (Qtd. 4) completo com as arruelas.
: 17 mm

TULI12ECX1667BB 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 9
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Controle do pedal hidráulico - Instalar [100899216]


CX220C Modelo padrão LA

1. Instale o corpo (8) na estrutura, apertando os parafu-


sos de fixação (9) M10 X 30(Qtd. 4) completo com as
arruelas.
: 17 mm
: 34 - 40 N·m (25.08 - 29.50 lb ft)
2. Conecte os tubos (através de (3) a (6)) ao corpo (8).
Tubos (3) e (4):
: 19 mm
: 14.7 - 18.7 N·m (10.84 - 13.79 lb ft)
Tubos (5) e (6):
: 22 mm
: 27 - 33 mm (1.06 - 1.3 in)
3. Conecte os sensores de pressão (7) ao corpo (8).
: 24 mm
: 14.7 - 18.7 mm (0.58 - 0.7 in)
4. Instale os parafusos de fixação de aperto das alavan-
cas (2) M10 X 25 (Qtd. 4) parafusos de fixação de
aperto dos pedais (1) M8 X 25 (Qtd. 4).
Parafusos (2):
: 17 mm
: 46.1 N·m (34.00 lb ft)
Parafusos (1):
TULI12ECX1667BB 1
: 13 mm
: 23.5 N·m (17.33 lb ft)
5. Instale a tampa sob os parafusos de aperto da cabine
M10 X 30 (Qtd. 6).
Peso da tampa: 5 kg (11.02 lb)
: 19 mm
: 72 - 88 mm (2.83 - 3.5 in)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 10
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Controle do pedal hidráulico - Substituir [100899219]


CX220C Modelo padrão LA

Substituição da tampa de proteção


NOTA: A unidade de controle piloto não precisa ser remo-
vida da máquina para se executar essa operação.
1. Remova as duas capas com defeito.
(usando uma chave de fenda, se necessário)
2. Substitua ambas as capas por uma nova.
* Remontagem:
• Aplique primeiro a parte inferior da tampa de prote-
ção de borracha (5) na placa de retenção (7-h) entre
as 2 placas do interruptor (6).
• Em seguida colocar a parte inferior na ranhura ex-
terna da placa de retenção.
COIL14CEX1448AA 1
• Concluir encaixando a parte superior da tampa de
proteção de borracha na placa de montagem.

Remoção da placa do interruptor


1. Remover
• A unidade de controle piloto da máquina
• Ambas as capas de borracha
2. Remova o parafuso (7-k) prendendo o eixo usando
uma chave de soquete de 2 mm (0.08 in).
* Remontagem:
• Aplique uma gota de LOCTITE® 262™ na rosca do
parafuso de aperto
• Torque: 1.2 N·m (0.89 lb ft)
3. Instale um parafuso M3 no eixo da placa do interruptor
(7-j) para removê-lo (utilizando um alicate se necessá-
rio).
* Remontagem:
• Posicione o eixo de forma que o orifício (f) fique ali-
nhado com o parafuso de aperto (7-k), conforme
mostrado.
4. Marcar a posição da placa do interruptor antes de re-
movê-la.
5. Repetir a operação para a segunda placa do interrup-
tor.
6. Remontar as peças na ordem inversa.
COIL14CEX1530BB 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 11
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Ajuste da placa do interruptor


NOTA: Se a placa do interruptor (6) for substituída, é ne-
cessário ajustar os parafusos de regulagem (6-f).
1. Solte os 2 parafusos (6-g) usando uma chave de
soquete 2.5 mm (0.10 in).
* Remontagem:
• Aplique uma gota de LOCTITE® 262™ na rosca do
parafuso de aperto.
• Torque: 3 N·m (2.21 lb ft)
2. Coloque a placa do interruptor horizontalmente (6).
3. Parafusar simultaneamente os dois parafusos de
regulagem (6-g) usando uma chave de fenda (5.5 COIL14CEX1447AA 3

x 150) até perceber uma certa resistência.


NOTA: Não ajustar inadequadamente os dois parafusos
de amortecimento (6-l).
4. Aperte os parafusos de travamento (6-g) para man-
ter os parafusos de regulagem (6-f) na posição.
5. Repetir a operação para a segunda placa do inter-
ruptor e certificar-se de que as placas estejam pa-
ralelas.

COIL14CEX1634AB 4

Remoção da placa de retenção (7-h)


1. Remover
• A unidade de controle piloto da máquina
• Ambas as capas de borracha
• Ambas as placas de interruptores (6)
2. Solte simultaneamente os dois parafusos (7-i) que
prendem a placa de retenção, utilizando uma chave
de soquete 8 mm (0.31 in).
* Remontagem:
• Aplique uma gota de LOCTITE® 262™ na rosca do
parafuso.
COIL14CEX1446AA 5
• Torque: 30 N·m (22 lb ft)
3. Levante a placa de retenção (7-h) para removê-la.
* Remontagem:
• Usar a placa de retenção (7-h) para inserir os 4 guias
no corpo simultânea e perpendicularmente (22).
4. Remontar as peças na ordem inversa.
5. Drenar a unidade de controle piloto.

COIL14CEX1633AB 6

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 12
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Substituição das vedações do êmbolo de amortecimento


1. Remover
• A unidade de controle piloto da máquina
• Ambas as capas de borracha
• Ambas as placas de interruptores
• A placa de retenção
2. Remova o anel raspador (12-y) Remova o anel raspa-
dor (12-o).

COIL14CEX1632AB 7

* Remontagem:
• Substitua-o por um novo anel raspador (12-y).
AVISO: Sempre coloque o êmbolo de amortecimento
(12-o) antes do anel raspador (12-y) e certifique-se de que
o anel raspador (12-y) esteja posicionado corretamente.
3. Retire o êmbolo de amortecimento (12-o).
4. Usando uma agulha, remova a vedação (12-x) colo-
cada no lado de dentro do corpo (22).
* Remontagem:
• Substituir por uma nova vedação e engraxar.
TULI12ECX1700AB 8

COIL14CEX1821AB 9

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 13
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

• A: Apertar a vedação (12-x) entre os dedos para


obter um formato em 8.
• B, C: Inserir a vedação (12-x) na ranhura com os
dedos (borda na posição inferior).
• D: Empurrar a vedação (12-x) contra a lateral
usando a cabeça de uma pequena chave de so-
quete.
AVISO: Durante a remontagem, certificar-se de que a
vedação (12-x) está posicionada corretamente e prestar
atenção para não danificá-la nem torcê-la.
5. Repetir a operação para os outros 3 conjuntos.
6. Extraia as molas de amortecimento (13) do corpo (22)
(usando um alicate de ponta fina).
7. Inspecione as molas de amortecimento (13). Se forem
detectados defeitos, substituir as 4 molas.
8. Remontar as peças na ordem inversa.

COIL14CEX1822BB 10

Substituição da unidade de regulagem e êmbolo/guia


1. Remover
• A unidade de controle piloto da máquina
• Ambas as capas de borracha
• Ambas as placas de interruptores
• A placa de retenção
2. Substituição do guia/êmbolo
• Insira a extremidade de uma chave de fenda fina en-
tre a guia e o corpo (22), e levante cuidadosamente
a guia para removê-la do corpo.
NOTA: Segurar as guias com a outra mão durante a ope- COIL14CEX1631AB 11
ração de extração para limitar o efeito da mola de retorno
3. Retire o conjunto da guia/êmbolo.
4. Repetir a operação para os outros 3 subconjuntos.
5. Verificar visualmente se os guias/êmbolos estão em
boas condições. Se houver defeitos, substituir os 4
subconjuntos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 14
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

6. Substituição da unidade de regulagem e êmbolo/guia.


• Extrair as unidades de regulagem do corpo (22)
(usando alicate de ponta fina).
• Inspecionar as unidades de regulagem. Se forem
detectados defeitos nas peças, substituir as 4 uni-
dades
7. Substituição da mola de retorno (11):
• Extraia as molas de retorno (11) do corpo (22)
(usando um alicate de ponta fina).
• Inspecione as molas de retorno (11). Se forem de-
tectados defeitos, substituir as 4 molas. COIL14CEX1630AB 12

8. Remontar as peças na ordem inversa.

COIL14CEX1629AB 13

Substituição do kit do acelerador


1. Remover
• A unidade de controle piloto da máquina
• Ambas as capas de borracha
• Ambas as placas de interruptores
• A placa de retenção
• As molas e êmbolos de amortecimento
2. Solte o parafuso (15-u) usando uma chave de soquete
3 mm (0.12 in)
* Remontagem
• Aplique uma gota de LOCTITE® 262™ na rosca do COIL14CEX1445AA 14
parafuso.
• Aparafusar até que se assente logo acima do corpo
(22).
3. Desparafuse o acelerador (15-t) usando uma chave de
soquete 3 mm (0.12 in).
* Remontagem:
• Torque: 4 N·m (3 lb ft).
4. Repetir a operação para os outros 3 conjuntos.
5. Substitua-os por novos parafusos e (15-u) por novos
aceleradores (15-t).
COIL14CEX1628AB 15
6. Remontar as peças na ordem inversa.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 15
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Remoção do kit de válvula shuttle (17)


1. Remover a unidade de controle piloto da máquina.
NOTA: A unidade de controle piloto não precisa ser des-
montada para se realizar essa operação.
2. Desparafuse a válvula shuttle (17-w) usando uma
chave de soquete 4 mm (0.16 in)
Remontagem:
• Limpe bem o corpo para remover qualquer sinal de
LOCTITE®.
• Aplique uma gota de LOCTITE® 242® na rosca da
válvula shuttle (17-w).
• Torque: 4 N·m (3 lb ft). COIL14CEX1619AA 16

AVISO: Espere 8 h antes de usar a máquina para permitir


que o LOCTITE® 242® seque completamente.

COIL14CEX1444AA 17

4. Desparafuse o acelerador (17-z) usando uma chave de


soquete 2.5 mm (0.10 in).
* Remontagem:
• Aperte manualmente
5. Repetir a operação para os outros subconjuntos.
6. Inspecione as válvulas shuttle (17-w), as esferas (17-r)
e os aceleradores (17-z).
Se forem detectados defeitos, substituir todos os con-
juntos.
7. Remontar as peças na ordem inversa.
COIL14CEX1618AA 18

COIL14CEX1823AB 19

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 16
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Remoção do kit de válvula de retenção (14)


1. Remover a unidade de controle piloto da máquina.
NOTA: A unidade de controle piloto não precisa ser des-
montada para se realizar essa operação.
2. Desparafuse o bujão da válvula de retenção (14-q)
usando uma chave de soquete 4 mm (0.16 in).
* Remontagem:
• Drenar a unidade de controle piloto
• Torque: 5 N·m (3.69 lb ft).
3. Coloque o corpo (22) voltado para baixo para remover
a esfera (14-r).
COIL14CEX1625AB 20
4. Repetir a operação para o segundo kit de válvula de
retenção.
5. Inspecione os bujões da válvula de retenção (14-q), os
anéis O-ring e as esferas (14-r). Se forem detectados
defeitos, substituir todos os conjuntos.
6. Remontar as peças na ordem inversa.

COIL14CEX1626AB 21

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 17
Sistemas hidráulicos - Controle do pedal hidráulico

Controle do pedal hidráulico - Drenagem de fluido [100899223]


CX220C Modelo padrão LA

Drenagem da unidade de controle piloto hidráulico


1. Ao remover a placa de retenção, o kit do acelerador ou
o kit da válvula shuttle, é necessário drenar a unidade
piloto.
2. Remontar a unidade de controle piloto completamente.
3. Instalar o controle da unidade piloto na máquina.
4. Desparafuse levemente o bujão da válvula de retenção
(14-q) usando uma chave de soquete 4 mm (0.2 in).
5. Interruptor na máquina.
6. Operar gentilmente o pedal até que as bolhas desapa-
reçam.
COIL14CEX1627AB 1
7. Aperte o bujão da válvula de retenção (14-q).
Torque: 5 N·m (3.7 lb ft)
8. Repetir a operação para o outro bujão da válvula de
retenção.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 18
Índice

Sistemas hidráulicos - 35

Controle do pedal hidráulico - 356


Controle do pedal hidráulico - Descrição estática (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
Controle do pedal hidráulico - Drenagem de fluido (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
Controle do pedal hidráulico - Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10
Controle do pedal hidráulico - Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Controle do pedal hidráulico - Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Controle do pedal hidráulico - Substituir (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Controle do pedal hidráulico - Vista explodida (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
Controle do pedal hidráulico - Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 19
71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.10 [35.356] / 20
Sistemas hidráulicos - 35

Válvula de controle principal - 359

CX220C Modelo padrão

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 1
Conteúdo

Sistemas hidráulicos - 35

Válvula de controle principal - 359

DADOS TÉCNICOS

Válvula de controle principal


Especificações gerais (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3

DADOS FUNCIONAIS

Válvula de controle principal


Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14
Visão geral (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
Diagrama hidráulico (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Descrição dinâmica (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 47

SERVIÇO

Válvula de controle principal


Remoção (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 70
Instalar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 71
Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 72
Instrução de serviço (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 74
Montar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 75
Desmontar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 82
Inspecionar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 92
Preparar (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 93
Ajuste (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 94
Ajuste – Válvula de alívio (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97

DIAGNÓSTICO

Válvula de controle principal


Detecção e solução de problemas (*) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 99

(*) Consulte o conteúdo para obter os modelos específicos.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 2
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle principal - Especificações gerais [100899238]


CX220C Modelo padrão LA

Especificações
Item Especificações
Modelo KMX15YD/B44141
Fluxo máximo 220 l/min (58 US gpm) x 2
37.8 MPa (5483 psi)(porta da bomba)/ 39.7 MPa
Pressão de ajuste máxima
(5758 psi) (porta do atuador)
Padrão 34.3 MPa (4975 psi) em [ 70 l/min (18.5 US
Pressão de ajuste da válvula de alívio principal
gpm)] X 2
Com pressão de reforço de potência
37.8 MPa (5483 psi) em [ 60 l/min (15.9 US gpm)] X 2
Pressão de ajuste da válvula de alívio de sobrecarga
39.7 MPa (5758 psi)em [ 30 l/min (8 US gpm)]
(cabeça da lança, cabeça da caçamba, haste do braço)
Pressão de ajuste da válvula de alívio de sobrecarga
37.8 MPa (5483 psi)em [ 30 l/min (8 US gpm)]
(haste da lança, haste da caçamba, cabeça do braço)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 3
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle principal - Visão geral [100899256]


CX220C Modelo padrão LA

Portas da válvula de controle (1/2)

TULI12ECX1546HA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 4
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Portas da válvula de controle (2/2)

TULI12ECX1549GA 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 5
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (1/6)

TULI12ECX1544HB 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 6
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (2/6)

TULI12ECX1545HA 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 7
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (3/6)

TULI12ECX0997HB 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 8
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (4/6)

TULI12ECX0998HB 6

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 9
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (5/6)

TULI12ECX1000HB 7

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 10
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (6/6)

TULI12ECX1502FA 8

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 11
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Torque de aperto Nº Nome das Peças Qtd.


101 Carcaça A 1
102 Carcaça B 1
220 - 250 N·m (162 - 184 lb ft) 154 Bujão PF 3/4 3
Bujão MEC PT 1/4 (parafuso de
20 - 24 N·m (15 - 18 lb ft) 159 1
pré-revestimento)
Bujão MEC PT 1/16 NPTF1/16 (parafuso de
7.8 - 9.8 N·m (5.8 - 7.2 lb ft) 160 5
pré-revestimento)
161 Anel O-ring 7
162 Anel O-ring 15
163 Anel O-ring 11
164 Anel O-ring 19
201 Tampa 3
202 Tampa 6
203 Tampa 1
204 Tampa 1
205 Tampa 6
206 Tampa 1
Tampa da válvula de retenção da
207 1
contrapressão
209 Tampa 1
210 Tampa 1
9.8 - 14 N·m (7.2 - 10.3 lb ft) 211 Subconjunto seletor da válvula da trava 2
212 Placa 1
213 Placa 1
215 Válvula de segurança da lança 1
216 Pistão 1
261 Anel O-ring 12
264 Anel O-ring 10
266 Anel O-ring 4
25 - 34 N·m (18 - 25 lb ft) 273 Parafuso de soquete 40
98 - 120 N·m (72 - 89 lb ft) 274 Parafuso de soquete 4
98 - 120 N·m (72 - 89 lb ft) 275 Parafuso de soquete 4
25 - 34 N·m (18 - 25 lb ft) 278 Parafuso de soquete 5
9.8 - 14 N·m (7.2 - 10.3 lb ft) 279 Parafuso de soquete 3
301 Subconjunto do carretel da lança 1
302 Carretel 1 do braço 1
303 Carretel de balanço 1
304 Carretel caçamba 1
305 Carretel de confluência da lança 1
306 Carretel de percurso 2
307 Carretel de prioridade de percurso 1
308 Subconjunto do carretel 2 do braço 1
309 P1 carretel de descarga 1
310 P2 carretel de descarga 1
311 Carretel opcional 1
321 Mola 5
322 Mola 4
323 Mola 3
324 Mola 3
325 Mola 1
326 Mola 1
327 Mola 3
328 Mola 1
329 Mola 3
331 Assento da mola 24

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 12
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Torque de aperto Nº Nome das Peças Qtd.


16 - 18 N·m (12 - 13 lb ft)
333 Parafuso do espaçador 12
LOCTITE® 262™
336 Limitador 10
339 Limitador 1
340 Limitador 1
511 Cabeçote 11
512 Cabeçote 2
514 Cabeçote 2
515 Cabeçote 1
517 Válvula de retenção auxiliar 1
518 Cabeçote 1
521 Mola 11
522 Mola 2
523 Mola 1
524 Mola 2
527 Mola 1
528 Mola 1
230 - 260 N·m (170 - 192 lb ft) 551 Bujão 13
130 - 150 N·m (96 - 111 lb ft) 552 Bujão 2
230 - 260 N·m (170 - 192 lb ft) 556 Bujão 3
562 Anel O-ring 2
13 - 17 N·m (10 - 13 lb ft) 563 Bujão 1
564 Anel O-ring 1
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 601 Válvula de alívio principal 1
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 602 Válvula de alívio de sobrecarga 2
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 603 Válvula de alívio de sobrecarga 3
Conjunto de bujão para o orifício da válvula
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 604 2
de alívio
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 605 Válvula de alívio de sobrecarga 1
98 - 120 N·m (72 - 89 lb ft) 606 Válvula de corte de derivação 2
140 - 180 N·m (103 - 133 lb ft) 973 Parafuso de soquete 8
140 - 180 N·m (103 - 133 lb ft) 974 Parafuso de soquete 2
977 Placa do nome 2
978 Rebite

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 13
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle principal - Visão geral [100899259]


CX220C Modelo padrão LA

Pórticos da válvula de controle

Portas no lado superior


PAo Opcional
1 Válvula de alívio (R) do braço
PBa1 Braço 1 externo
PBs Oscilação (esquerda)
PB1 Confluência da barra
PAL Percurso do avanço esquerdo
T2 Retorno do tanque
PBa2 Braço 2 in
Mu Linha de abastecimento
2 Válvula de alívio da caçamba (R)
XAb Válvula de abaixamento da lança
PBb Abaixamento da lança
3 Válvula de alívio (H) da barra
PAr Percurso do avanço direito
4 Válvula de alívio principal
PCb Descarga de P1

TULI12ECX3416B 1

Portas nas laterais traseiras (na máquina)


P1 P1 Bomba
P2 P2 Bomba

TULI12ECX3417A 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 14
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Portas nas laterais direitas (na máquina)


BC Despejo da caçamba
PBc Despejo da caçamba
PCc Limite da caçamba (H)
Ab Elevação da lança
Dr Drene
AR Percurso do avanço direito
PL Reforço de energia ATT
AC Escavação da caçamba
Bb Abaixamento da lança
BR Percurso do Reverso Direito

TULI12ECX3418BB 3

Portas do lado esquerdo (na máquina)


Bo Opcional
Aa Retração do braço 1
Bs Oscilação esquerda
BL Percurso do reverso esquerdo
Ao Opcional
Ba Braço 1 externo
PLc2 Liberação da trava de retração do braço
Pss Sensor de pressão da oscilação baixa
As Oscilação direita
AL Percurso do avanço esquerdo
T1 Retorno do tanque

TULI12ECX3419BB 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 15
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Portas do lado inferior (na máquina)


PBL Percurso do reverso esquerdo
PCa Descarga de P2
PAs Oscilação direita
1 Válvula de alívio (H) do braço
PAa1 Braço interno
PBo Opcional
PTb Percurso reto
PBr Percurso do Reverso Direito
PAb Elevação da lança
2 Válvula de alívio (R) da barra
3 Válvula de alívio (H) da caçamba
PAc Escavação da caçamba
PAa2 Braço 2 in

TULI12ECX3420B 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 16
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle

TULI12ECX3421HA 6

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 17
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX3422HA 7

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 18
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX3423HA 8

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 19
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX3424HA 9

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 20
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX3425HA 10

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 21
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX3426GA 11

Torque de aperto Nº Nome das Peças Qtd.


101. Carcaça A 1
102. Carcaça B 1
220 - 250 N·m (162 - 184 lb ft) 154. Bujão R0H 3
Bujão MEC PT 1/4 (Parafuso de
20 - 24 N·m (15 - 18 lb ft) 159. 1
pré-revestimento)
Bujão PT 1/16 NPTF1/16 MEC (Parafuso de
7.8 - 9.8 N·m (5.8 - 7.2 lb ft) 160. 5
pré-revestimento)
161. Anel O-ring 7
162. Anel O-ring 15
163. Anel O-ring 11
164. Anel O-ring 19
201. Tampa 3
202. Tampa 6
203. Tampa 1
204. Tampa 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 22
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Torque de aperto Nº Nome das Peças Qtd.


205. Tampa 6
206. Tampa 1
207. Tampa da válvula de retenção da contrapressão 1
209. Tampa 1
210. Tampa 1
9.8 - 14 N·m (7.2 - 10.3 lb ft) 211. Subconjunto seletor da válvula da trava 2
212. Placa 1
213. Placa 1
216. Pistão 1
261. Anel O-ring 12
264. Anel O-ring 10
266. Anel O-ring 4
25 - 34 N·m (18 - 25 lb ft) 273. Parafuso 40
98 - 120 N·m (72 - 89 lb ft) 274. Parafuso 4
98 - 120 N·m (72 - 89 lb ft) 275. Parafuso 4
25 - 34 N·m (18 - 25 lb ft) 278. Parafuso 5
301. Subconjunto do carretel da lança 1
302. Carretel 1 do braço 1
303. Carretel de balanço 1
304. Carretel caçamba 1
305. Confluência da barra 1
306. Carretel de percurso 2
307. Carretel de prioridade de percurso 1
308. Carretel do braço 2 1
309. P1 carretel de descarga
310. P2 carretel de descarga 1
311. Carretel opcional 1
321. Mola 5
322. Mola 4
323. Mola 3
324. Mola 3
325. Mola 1
326. Mola 1
327. Mola 3
328. Mola 1
329. Mola 3
331. Assento da mola 24
16 - 18 N·m (12 - 13 lb ft)
333. Parafuso do espaçador 12
LOCTITE® 262™
336.. Limitador 10
339. Limitador 1
340. Limitador 1
511. Cabeçote 11
512. Cabeçote 2
514. Cabeçote 2
515. Cabeçote 1
517. Cabeçote 1
518. Cabeçote 1
521. Mola 11
522. Mola 2
523. Mola 1
524. Mola 2
527. Mola 1
528. Mola 1
230 - 260 N·m (170 - 192 lb ft) 551. Bujão 13
130 - 150 N·m (96 - 111 lb ft) 552. Bujão 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 23
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Torque de aperto Nº Nome das Peças Qtd.


230 - 260 N·m (170 - 192 lb ft) 556. Bujão 3
562. Anel O-ring 2
13 - 17 N·m (10 - 13 lb ft) 563. Bujão 1
564. Anel O-ring 1
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 601. Válvula de alívio principal 1
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 602. Válvula de alívio de sobrecarga 2
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 603. Válvula de alívio de sobrecarga 3
Conjunto do bujão para o orifício da válvula de
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 604. 2
alívio
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 605. Válvula de alívio de sobrecarga 1
98 - 120 N·m (72 - 89 lb ft) 606. Válvula de corte de derivação 2
140 - 180 N·m (103 - 133 lb ft) 973. Parafuso 8
140 - 180 N·m (103 - 133 lb ft) 974. Parafuso 2
977. Placa do nome 2
978. Rebite

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 24
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle principal - Visão geral [100899285]


CX220C Modelo padrão LA

Vista externa da válvula de controle (1/2)

TULI12ECX0530GA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 25
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Vista externa da válvula de controle (2/2)

TULI12ECX0534GA 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 26
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Pórticos da válvula de controle


Tamanho da
Torque de aperto Portas Descrição
porta
MU
150 - 180 N·m (110.63 - (T3) Conectado
PF 3/4
132.76 lb ft) (P5) Conectado
(P6) Conectado
PAa1 Pórtico piloto do braço 1 (entrada)
PBa1 Pórtico piloto do braço 1 (saída)
PAb Pórtico piloto do guincho (superior)
PBb Pórtico piloto do guincho (inferior)
PAc Pórtico piloto da caçamba (escavação)
PBc Pórtico piloto da caçamba (despejo)
PBL Pórtico piloto esquerdo de percurso (reversão)
69 - 78 N·m (50.89 - 57.53 lb
PF 3/8 PBr Pórtico piloto direito de percurso (reversão)
ft)
PAs Pórtico piloto de giro (direito)
PBs Pórtico piloto de giro (esquerdo)
PAa2 Pórtico piloto do braço 2 (entrada)
PBa2 Pórtico piloto do braço 2 (saída)
PAo Pórtico piloto opcional
PBo Pórtico piloto opcional
DR Porta de drenagem
Pórtico de seleção de alta pressão piloto de
Pss oscilação
PLc2 Pórtico piloto de seleção da válvula de bloqueio
PL Pórtico auxiliar de conexão
Pórtico piloto de confluência do guincho
PB1 (superior)
34 - 39 N·m (25.08 - 28.76 lb PTb Pórtico piloto de prioridade do percurso
PF 1/4 Pórtico piloto da válvula de descarga (lado P2)
ft) PCa
PCb Pórtico piloto da válvula de descarga (lado P1)
Pórtico piloto do limitador do percurso da
PCc caçamba (escavação)
PAL Pórtico piloto esquerdo de percurso (avanço)
PAr Pórtico piloto direito de percurso (avanço)
XAb Abaixamento do guincho para emergência
P1 Pórtico da bomba (lado P1)
83 - 110 N·m (61.22 - P2 Pórtico da bomba (lado P2)
M12
81.13 lb ft) T1 Pórtico 1 do tanque
T2 Pórtico 2 do tanque

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 27
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Tamanho da
Torque de aperto Portas Descrição
porta
Ar Pórtico do motor direito de percurso (avanço)
Br Pórtico do motor direito de percurso (reversão)
Pórtico do motor esquerdo de percurso
AL (avanço)
Pórtico do motor esquerdo de percurso
BL (reversão)
As Pórtico do motor de giro (direito)
Bs Pórtico do motor de giro (esquerdo)
Pórtico da lateral do cabeçote do cilindro da
Ab lança (superior)
49 - 65 N·m (36.14 - 47.94 lb Pórtico da lateral da haste do cilindro do
M10
ft) Bb guincho (inferior)
Pórtico da lateral do cabeçote do cilindro do
Aa braço (entrada)
Pórtico da lateral da haste do cilindro do braço
Ba (saída)
Pórtico da lateral do cabeçote do cilindro da
Ac caçamba (escavação)
Pórtico da lateral da haste do cilindro da
Bc caçamba (despejo)
Ao Porta do piloto opcional
Bo Porta do piloto opcional

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 28
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle principal - Descrição dinâmica [100899289]


CX220C Modelo padrão LA

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 29
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (1/6)

TULI12ECX0538HA 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 30
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (2/6)

TULI12ECX0542HA 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 31
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (3/6)

TULI12ECX0545HA 3

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 32
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (4/6)

TULI12ECX0549HA 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 33
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (5/6)

TULI12ECX0552HA 5

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 34
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle (6/6)

TULI12ECX0556GA 6

Torque de aperto Nº Nome das peças Qtd.


101 Carcaça A 1
102 Carcaça B 1
220 - 250 N·m (162 - 184 lb ft) 154 Bujão PF 3/4 3
Bujão MEC PT1/4 (Parafuso de
20 - 24 N·m (15 - 18 lb ft) 159 1
pré-revestimento)
Bujão MEC NPTF1/16 (Parafuso de
7.8 - 9.8 N·m (5.8 - 7.2 lb ft) 160 5
pré-revestimento)
161 Anel O-ring 7
162 Anel O-ring 15
163 Anel O-ring 11
164 Anel O-ring 19
201 Tampa 5
202 Tampa 4

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 35
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Torque de aperto Nº Nome das peças Qtd.


203 Tampa 1
204 Tampa 1
205 Tampa 7
206 Tampa 1
Tampa da válvula de retenção da
207 1
contrapressão
209 Tampa 1
210 Tampa 2
9.8 - 14 N·m (7.2 - 10.3 lb ft) 211 Subconjunto seletor da válvula da trava 2
212 Placa 1
213 Placa 1
215 Válvula de abaixamento da lança 1
216 Pistão 1
261 Anel O-ring 12
264 Anel O-ring 10
266 Anel O-ring 4
25 - 34 N·m (18 - 25 lb ft) 273 Parafuso de soquete 40
98 - 120 N·m (72 - 89 lb ft) 274 Parafuso de soquete 4
98 - 120 N·m (72 - 89 lb ft) 275 Parafuso de soquete 4
25 - 34 N·m (18 - 25 lb ft) 278 Parafuso de soquete 5
9.8 - 14 N·m (7.2 - 10.3 lb ft) 279 Parafuso de soquete 3
301 Subconjunto do carretel da lança 1
302 Carretel 1 do braço 1
303 Carretel de balanço 1
304 Carretel caçamba 1
305 Carretel de confluência da lança 1
306 Carretel de percurso 2
307 Carretel de prioridade de percurso 1
308 Subconjunto do carretel 2 do braço 1
309 Carretel de descarga P1 1
310 Carretel de descarga P2 1
311 Carretel opcional 1
321 Mola 5
322 Mola 4
323 Mola 3
324 Mola 3
325 Mola 1
326 Mola 1
327 Mola 3
328 Mola 1
329 Mola 3
331 Assento da mola 24

16 - 18 N·m (11.8 - 13.3 lb ft) LOCTITE® 333 Parafuso do espaçador 12


262™
336 Limitador 10
339 Limitador 1
340 Limitador 1
511 Cabeçote 11
563 Bujão 2
564 Anel O-ring 2
512 Cabeçote 2
514 Cabeçote 2
515 Cabeçote 1
517 Válvula de retenção auxiliar 1
518 Cabeçote 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 36
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Torque de aperto Nº Nome das peças Qtd.


521 Mola 11
522 Mola 2
523 Mola 1
524 Mola 2
527 Mola 1
528 Mola 1
230 - 260 N·m (170 - 192 lb ft) 551 Bujão 13
130 - 150 N·m (96 - 111 lb ft) 552 Bujão 2
230 - 260 N·m (170 - 192 lb ft) 556 Bujão 3
562 Anel O-ring 2
13 - 17 N·m (9.6 - 12.5 lb ft) 563 Bujão 2
564 Anel O-ring 2
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 601 Válvula de alívio principal 1
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 602 Válvula de alívio de sobrecarga 3
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 603 Válvula de alívio de sobrecarga 3
Conjunto de bujão para o orifício da válvula
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 604 2
de alívio
98 - 120 N·m (72 - 89 lb ft) 606 Válvula de corte de derivação 2
140 - 180 N·m (103 - 133 lb ft) 973 Parafuso de soquete 8
140 - 180 N·m (103 - 133 lb ft) 974 Parafuso de soquete 2
977 Placa do nome 1
978 Rebite 2

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 37
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de alívio principal (alívio em duas etapas) (601)

TULI12ECX0559FA 7

Torque de aperto Nº Peças Qtd.


69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 103 Bujão; M27 1
104 Parafuso fixador 1
121 Anel C 1
122 Espaçador 1
123 Anel C 1
124 Limitador do filtro 1
125 Filtro 1
163 Anel O-ring 1
512 Êmbolo 1
521 Mola 1
541 Assento 1
561 Anel O-ring 1
562 Anel de reserva 1
611 Cabeçote 1
613 Limitador 1
614 Pistão 1
621 Mola 1
652 Parafuso fixador 1
661 Anel O-ring 1
663 Anel O-ring 1
664 Anel O-ring 1
28 - 31 N·m (21 - 23 lb ft) 671 Porca de pressão; M14 1
46 - 52 N·m (34 - 38 lb ft) 673 Porca de pressão; M24 1
1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 38
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de alívio de sobrecarga (602, 603)

TULI12ECX0563FA 8

Torque de aperto Nº Peças Qtd.


69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 101 Corpo; M27 1
69 - 78 N·m (51 - 58 lb ft) 102 Bujão; M27 1
123 Anel C 1
124 Limitador do filtro 1
125 Filtro 1
161 Anel O-ring 1
162 Anel O-ring 1
301 Pistão 1
511 Êmbolo 1
521 Mola 1
522 Mola 1
541 Assento 1
561 Anel O-ring 1
562 Anel de reserva 1
563 Anel O-ring 1
564 Anel de reserva 1
611 Cabeçote 1
612 Assento da mola 1
621 Mola 1
651 Parafuso fixador 1
661 Anel O-ring 1
28 - 31 N·m (21 - 23 lb ft) 671 Porca de pressão; M14 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 39
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Carretel do braço 2 (308)

TULI12ECX0567EB 9

Torque de aperto Nº Peças Qtd.


308 Carretel 1
318 Êmbolo 1
341 Mola 1
352 Bujão 1
33 - 35 N·m (24 - 26 lb ft) LOCTITE® 638™
362 Anel O-ring 1
372 Anel de segurança 1

Carretel da lança (301)

TULI12ECX0568EB 10

Torque de aperto Nº Peças Qtd.


301 Carretel 1
317 Êmbolo 1
340 Mola 1
350 Bujão 1
16 - 18 N·m (12 - 13 lb ft) LOCTITE® 638™
361 Anel O-ring 1
371 Anel de segurança 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 40
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Carretel de prioridade de percurso (307)

TULI12ECX0569EB 11

Torque de aperto Nº Peças Qtd.


307 Carretel 1
350 Bujão 1
16 - 18 N·m (12 - 13 lb ft) LOCTITE® 638™
361 Anel O-ring 1
371 Anel de segurança 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 41
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Seletor da válvula de bloqueio (211)

TULI12ECX0575GA 12

Torque de aperto Nº Peças Qtd.


101 Carcaça 1
161 Anel O-ring 4
164 Anel O-ring 1
166 Anel O-ring 1
167 Anel O-ring 1
10 - 14 N·m (7.4 - 10.3 lb ft) 171 Parafuso de soquete 3
49 - 59 N·m (36 - 44 lb ft) 201 Bujão 1
321 Mola 1
511 Carretel 1
541 Luva 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 42
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de corte de derivação (606)

TULI12ECX0577FB 13

Torque de aperto Nº Peças Qtd.


98 - 120 N·m (72 - 89 lb ft) 101 Bujão 1
102 Anel O-ring 1
25 - 29 N·m (18 - 21 lb ft) 201 Parafuso de ajuste 1
202 Anel O-ring 1
25 - 29 N·m (18 - 21 lb ft) 301 Porca de pressão 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 43
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Tampa da válvula shuttle oscilante (204)

TULI12ECX0580GB 14

Torque de aperto Nº Peças Qtd.


166 Anel O-ring 1
202 Tampa 1
541 Esfera de aço 1
542 Assento 1
25 - 29 N·m (18 - 21 lb ft) 554 Bujão 1
7.9 - 9.8 N·m (5.8 - 7.2 lb ft) 555 Bujão 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 44
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de retenção do turbo (517)

TULI12ECX0583FB 15

Torque de aperto Nº Peças Qtd.


101 Cabeçote 1
102 Cabeçote 1
104 Bujão 1
20 - 29 N·m (15 - 21 lb ft) LOCTITE® 262™
107 Mola 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 45
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle principal - Diagrama hidráulico [101102947]


CX220C Modelo padrão LA

1. Prioridade de Deslocamento
2. P1 descarga
3. Deslocamento à direita
4. Lança
5. Caçamba
6. Braço 2
7. Opcional
8. Braço 1
9. Balanço
10. P2 descarga
11. Confluência da barra
12. Deslocamento à esquerda

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 46
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle principal - Descrição dinâmica [100899333]


CX220C Modelo padrão LA

Operação

Na posição neutra
O óleo hidráulico entregue pela bomba hidráulica P1 entra na porta P1 da válvula de controle e passa pela válvula
da descarga P1 (309), pelo circuito de baixa pressão (D) e pela válvula de retenção do turbo (517), e retorna para
o tanque hidráulico pela porta do tanque T1. E quando a operação da válvula de descarga não for possível por
causa de defeito do sistema de controle elétrico, porque a válvula de corte de derivação (606) localizada a jusante da
passagem de derivação central (52) abre, o óleo hidráulico dentro do pórtico da bomba hidráulica P1 passa através
do carretel de prioridade de percurso (306) e, em seguida, flui pela passagem de derivação central (52) que passa
através do percurso direito, guincho, caçamba e braço 2 e a válvula de corte de derivação (606) no lado P1, e flui
para o circuito de baixa pressão (D) e para a válvula de retenção auxiliar (517) e, então, retorna ao tanque hidráulico
através da porta tanque T1.

O óleo hidráulico entregue pela bomba hidráulica P2 passa pela válvula da descarga P2 (310), pelo circuito de baixa
pressão (D) e pela válvula de retenção do turbo (517), e retorna para o reservatório hidráulico pela porta do tanque
T1, da mesma forma, para o óleo hidráulico da bomba hidráulica P1. E quando a operação da válvula de descarga
não é possível, porque a válvula de corte de derivação (606) localizada a jusante da passagem de derivação central
(55) abre, o óleo hidráulico no pórtico da bomba hidráulica P2 passa através da passagem principal e, em seguida,
flui para a passagem de derivação central (55) que passa através do percurso à esquerda, oscilação e braço 1 e
opcionais e a válvula de corte de derivação (606) no lado P2, e flui para o circuito de baixa pressão (D) e para a
válvula de retenção auxiliar (517) e, então, retorna ao tanque hidráulico através da porta do tanque T1.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 47
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0595GA 1
Na posição neutra

(*) Conectado ao circuito de baixa pressão do alojamento lateral P2

Ativação na operação de percurso


a) Na operação de percurso independente

No início da operação de percurso (avanço), o óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P1 alimenta o motor
direito de percurso e o óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P2 alimenta o motor esquerdo de percurso.
A pressão piloto entra nas portas PAr e PAL, e os carretéis de percurso (306) para a esquerda e para a direita movem
para a direita a força das molas (323) (324) e a pressão secundária das válvulas proporcionais solenoide [X1] e [X2]
age nas portas PCb e PCa e aciona os carretéis de descarga (309) (310).

O óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P1 passa através do carretel de percurso reto (307) e flui para o
circuito principal e fica entre o perímetro do carretel de percurso direito (306) e a caraça e alimenta a lateral A do motor
de percurso direito através do pórtico Ar. O óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P2 flui entre o perímetro
do carretel de percurso esquerdo (306) e o alojamento e alimenta a lateral A do motor de percurso esquerdo através
do pórtico AL, de maneira similar ao fluxo do óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P1.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 48
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Mas por enquanto, o óleo de retorno das laterais B das operações de percurso direito e esquerdo passa entre o
perímetro dos carretéis de percurso (306) direito e esquerdo e pelo alojamento através das portas Br e BL e flui para
o circuito de baixa pressão (D), válvula de retenção auxiliar (517) e, então, retorna ao tanque hidráulico através da
porta T1 do tanque. Na reversão do percurso (no momento em que a pressão piloto age nos pórticos PBr e PBL da
válvula de controle), a ativação é similar aquela na operação de percurso de avanço.

TULI12ECX0598FB 2
No percurso reverso esquerdo (em que PBL é pressurizado)

a) Na operação de prioridade de percurso

Quando os atuadores, exceto a operação de percurso, e a operação de percurso são operador simultaneamente no
item a) supracitado “Na operação de percurso independente”, o sinal piloto externo age no pórtico PTb e o carretel
de percurso reto (307) se move para cima.

Com essa operação, o óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P1 flui principalmente a partir da P2 para A
e é usado por cada atuador, e o óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P2 flui principalmente de P2 para B
e para a passagem principal, e é usado para operações de percurso à direita e esquerda conforme o óleo hidráulico
realize as operações do atuador e de percurso simultaneamente. (Função de prioridade de percurso) Na posição
(I) do circuito, uma parte do óleo hidráulico distribuído pelo óleo hidráulico P1 passa através do entalhe circular no
carretel de prioridade de percurso (307) e entra de P1 a B permitindo que o óleo hidráulico seja alimentado a partir da
lateral do atuador para a lateral de percurso. E na posição (II) do circuito, o entalhe circular no carretel de prioridade
de percurso (307) se fecha e a linha da bomba nas laterais de percurso é independente da linha da bomba no atuador.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 49
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0702GB 3

A - para cada atuador


B - para percurso à direita
Movimento do carretel de prioridade de percurso

Ativação na operação da caçamba


a) Na operação de escavação da caçamba

Na operação de escavação da caçamba inicial, a pressão piloto entra na porta PAc, o carretel da caçamba (304) se
move para a esquerda com a força das molas (321), e (322), e, ao mesmo tempo, a pressão secundária da válvula
proporcional solenoide [XI] atua na porta PCb e aciona o carretel de descarga (309).

O óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P1 flui para a passagem paralela (53), empurra e abre a válvula
de retenção de carga LCc (511) e flui entre o perímetro do carretel da caçamba (304) e o alojamento através da
passagem em forma de U e é fornecido para a lateral do cabeçote do cilindro da caçamba (H) através do pórtico
(Ac).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 50
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Provisoriamente, o óleo de retorno da lateral da haste do cilindro da caçamba (R) passa entre o perímetro do carretel
da caçamba (304) e do alojamento, flui através do circuito de baixa pressão (D) e da válvula de retenção auxiliar
(517) e, então, retorna para o tanque hidráulico através do pórtico do tanque T1.

E quando a taxa de fluxo do óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P1 com o motor funcionando em marcha
lenta estiver baixa, o sinal piloto da saída entra no pórtico PCc e o pistão (216) se move para a direita. Com essa
ativação, o percurso máximo para a esquerda do carretel da caçamba (304) é limitado, consequentemente a área de
passagem entre o perímetro do carretel da caçamba (304) e o alojamento diminui. Como consequência, a taxa do
fluxo do óleo de retorno da lateral da haste do cilindro da caçamba (R) é reduzida e a velocidade de movimento do
cilindro da caçamba é limitada para evitar cavitação, que pode ocorrer na lateral do cabeçote do cilindro da caçamba
(H). (Limitador de percurso acionado)

TULI12ECX0706FB 4
Na operação de escavação da caçamba (Limitador de percurso acionado)

b) Na operação de despejo da caçamba

Na operação de despejo da caçamba inicial, a pressão piloto entra na porta PBc e o carretel da caçamba (304)
se move para a direita com a força das molas (321) (322) e, ao mesmo tempo, a pressão secundária da válvula
proporcional solenoide [XI] atua na porta PCb e aciona o carretel de descarga (309). O óleo hidráulico distribuído
pela bomba hidráulica P1 flui para a passagem paralela (53), empurra e abre a válvula de retenção de carga LCc
(511) e flui entre o perímetro do carretel da caçamba (304) e o alojamento através da passagem em forma de U e é
fornecido para a lateral da haste do cilindro da caçamba (R) através da porta (Bc).

Provisoriamente, o óleo de retorno da lateral do cabeçote do cilindro da caçamba (H) passa entre o perímetro do car-
retel da caçamba (304) e do alojamento, flui através do circuito de baixa pressão (D) retorna para o tanque hidráulico
através da porta do tanque T1. O óleo de retorno não passa através da válvula de retenção auxiliar (517).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 51
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0709FB 5

(D*) A jusante da válvula de retenção auxiliar


Na operação de despejo da caçamba

Lança
a) Na operação de elevação do guincho

Na operação da lança para cima inicial, a pressão piloto entra na porta PAb e o carretel da lança se move (301)
para a direita com a força das molas (321) (322) e, ao mesmo tempo, a pressão secundária da válvula proporcional
solenoide [XI] atua na porta PCb e aciona o carretel de descarga (309).

E a pressão piloto entra na porta PB1, e o carretel de confluência da lança (305) é alternada com a força das molas
(325) (326), e a pressão secundária da válvula proporcional solenoide [X2] atua na porta PCa e aciona os carretéis
de descarga (310).

O óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P1 flui para a passagem paralela (53), empurra e abre a válvula
de retenção de carga LCb (511) e flui entre o perímetro do carretel da lança (301) e o alojamento através da passa-
gem em forma de U e é fornecido para a lateral da plataforma dos cilindros do guincho (H) através do pórtico (Ab).
Provisoriamente, o óleo de retorno da lateral da haste do cilindro do guincho (R) passa entre o perímetro do carretel
da lança (301) e do alojamento, flui através do circuito de baixa pressão (D) e da válvula de retenção auxiliar (517)
e, então, retorna para o tanque hidráulico através da porta do tanque T1.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 52
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0713GB 6

(A): câmara BH
Na operação de elevação do guincho (carretel da lança)

a) Na operação de confluência da elevação do guincho

O óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P2 passa através do carretel de percurso esquerdo e entra na
passagem paralela (56), e empurra e abre a válvula de retenção de carga CP2, e flui entre o perímetro do carretel
de confluência do guincho (305) e do alojamento a partir da lateral A da passagem em forma de U, e empurra e abre
a válvula de retenção de confluência CCb (511) e entra na porta Ab através de passagem de confluência dentro do
alojamento e faz confluência com o óleo hidráulico da lateral da bomba hidráulica P1.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 53
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0716GB 7

(B): Passagem de confluência para o pórtico Ab do alojamento P1


Na operação de confluência da elevação do guincho (carretel de confluência do guincho)

c) Na operação de abaixamento do guincho

Na operação de descida da lança inicial, a pressão piloto entra na porta PBb e o carretel da lança se move (301)
para a esquerda com a força das molas (321) (322), e a pressão secundária da válvula proporcional solenoide [X1]
age em PCb e aciona o carretel de descarga (309). E, simultaneamente, o carretel do seletor da válvula de bloqueio
(211) é comutado, e o cabeçote (514) é liberado porque a câmara da mola do cabeçote da válvula de bloqueio CRb
(514) é conectada ao circuito de drenagem.

O óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P1 flui para a passagem paralela (53), empurra e abre a válvula de
retenção de carga LCb (511) e flui entre o perímetro do carretel da lança (301) e o alojamento através da passagem
em forma de U e é fornecido para a lateral da haste do cilindro do guincho (R) através do pórtico (Bb).

Entretanto, o óleo de retorno da lateral do cabeçote do cilindro da lança (H) entra na válvula de controle através
da porta (Ab). Como a retenção do cabeçote da válvula de retenção CRb (514), que está localizada neste lado do
carretel da lança (301) é liberada, o cabeçote da válvula de controle (514) empurra e abre. E, em seguida, o óleo de

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 54
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

retorno da câmara BH e passa entre o perímetro do carretel da lança (301) e do alojamento, flui através do circuito
de baixa pressão (D) e da válvula de retenção auxiliar (517) e retorna para o tanque hidráulico através da porta do
tanque T1. E uma parte do óleo de retorno flui para dentro do carretel da lança (301) através do entalhe circular da
carretel da lança (301). Como o óleo de retorno contém pressão suficiente com o próprio peso do guincho, braço,
etc., o óleo de retorno passa por dentro da passagem do carretel da lança (301) e empurra e abre o cabeçote (317)
à esquerda, como mostrado na figura e flui através do entalhe circular e, em seguida, é fornecido novamente para a
lateral da haste do cilindro (R) da lança através do pórtico Bb. (Função de recirculação do guincho)

TULI12ECX0720GB 8

(A): câmara BH
Na operação de abaixamento do guincho

Operação do braço
a) Na operação de abertura do braço

Na operação de expansão do braço inicial, a pressão piloto entra nas portas PBa1 e PBa2 e o carretel do braço 1 se
move (302) para a direita com a força das molas (321) (322)e, ao mesmo tempo, a pressão secundária da válvula
proporcional solenoide [X2] atua na porta PCa e aciona o carretel de descarga (310).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 55
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

E a pressão piloto também entra na porta PBa2, e o carretel do braço 2 (308) é alternado com a força das molas
(321) (328), e a pressão secundária da válvula proporcional solenoide [X1] atua na porta PCb e aciona os carretéis
de descarga (309).

O óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P2 flui para dentro da passagem paralela (56), empurra e abre a
válvula de retenção de carga LCa (511), e flui para a câmara AR entre o perímetro do carretel do braço 1 (302) e do
alojamento através da passagem em forma de U.

Provisoriamente, o óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P1 flui através da passagem de derivação central
(52) e empurra e abre a válvula de retenção de carga LCAT2 (511) e entra na passagem em forma de U; e empurra
e abre a válvula de retenção de carga LCAFF (515) fornecido com orifício, e flui para a passagem em forma de U. E,
em seguida, o óleo hidráulico flui entre o perímetro do carretel do braço 2 (308) e do alojamento, e entra na câmara
AR através da passagem interna do alojamento (RR) e faz confluência com o óleo hidráulico da lateral da bomba
hidráulica P2.

O óleo hidráulico de confluência abre o cabeçote da válvula de bloqueio CRar (514) e é fornecido para a lateral da
haste do cilindro do braço (R).

Nesse meio tempo, o óleo de retorno da lateral do cabeçote do cilindro do braço (H) flui entre o perímetro do carretel
do braço 1 (302) e do alojamento e passa pelo circuito de baixa pressão (D') e pela passagem interna do alojamento
(HH) e, em seguida, flui para dentro do circuito de baixa pressão (D') entre o perímetro do carretel do braço 2 (308)
e do alojamento.

O óleo de retorno no circuito de baixa pressão (D') retorna ao tanque hidráulico através do pórtico T1 do tanque sem
passar pela válvula de retenção auxiliar (517).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 56
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0723GB 9

(F): para o carretel do braço 1


(G): para a válvula piloto de corte
Na operação de abertura do braço

B) Operação de retração do braço (em carga leve: função de recirculação do braço)

Na operação de retração do braço inicial, a pressão piloto entra nas portas PAa1 e PLc2 e o carretel do braço 1 se
move (302) para a esquerda com a força das molas (321) (322) e, ao mesmo tempo, a pressão secundária da válvula
proporcional solenoide [X2] atua na porta PCa e aciona o carretel de descarga . (310) Ao mesmo tempo, como o
carretel do seletor da válvula de bloqueio (211) é comutado, a câmara da mola do cabeçote da válvula de bloqueio
CRar (514) é conectada ao circuito de drenagem e a retenção do cabeçote (514) é liberada.

E a pressão piloto entra pela válvula solenoide proporcional PAa2 [XR], e o carretel do braço 2 (308) se move para a
esquerda com a força das molas (321) (328) e a pressão secundária da válvula solenoide proporcional [X1] atua na
porta PCb e aciona os carretéis de descarga (309). Mas na operação de carga leve, porque a válvula proporcional
do solenoide [XR] é acionada e o carretel do braço 2 (308) permanece na posição do circuito (I).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 57
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

O óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P2 flui para dentro da passagem paralela (56), empurra e abre
a válvula de retenção de carga LCa (511), e flui o pórtico (Aa) entre o perímetro do carretel do braço 1 (302) e do
alojamento através da passagem em forma de U. Provisoriamente, o óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica
P1 flui através da passagem de derivação central (52) e empurra e abre a válvula de retenção de carga LCAT2 (511)
e entra na passagem em forma de U e, também, o óleo da passagem paralela (53) empurra e abre a válvula de
retenção de carga LCAP2 (515) fornecido com orifício, e flui para a passagem em forma de U. E, em seguida, o óleo
hidráulico flui entre o perímetro do carretel do braço 2 (308) e do alojamento da passagem em forma de U e entra
no pórtico (Aa) através da passagem interna do alojamento (HH) e faz confluência com o óleo hidráulico da lateral
da bomba hidráulica P2.

O óleo hidráulico da confluência é fornecido para a lateral do cabeçote do cilindro do braço (H) através do pórtico
(Aa).

Provisoriamente, o óleo de retorno da lateral da haste do cilindro do braço (R) entra na válvula de controle através
do pórtico (Ba). Como a retenção do cabeçote da válvula de bloqueio CRar (514) que está localizado neste lado
do carretel do braço 1 (302) é liberada, o óleo de retorno empurra e abre o cabeçote dá válvula de bloqueio CRar
(514) e entra da câmara AR. O óleo de retorno na câmara AR é levado aos carretéis do braço 2 (308) através do
carretel do braço 1 (302) e pelo alojamento dentro da passagem (RR), mas, como os carretéis do braço 2 (308) não
se conectam à passagem de baixa pressão (D) no circuito (I), toda o fluxo flui no carretel do braço 1 (302).

O óleo de retorno da câmara AR passa através do perímetro do carretel do braço 1 (302) e do alojamento e flui através
da passagem interna do alojamento (RH) e é levado para dentro do carretel do braço 2 (308) através do entalhe
circular (a) do carretel do braço 2 (308). Na operação de carga leve, como o óleo de retorno contém pressão mais
alta que a da lateral na plataforma do cilindro do braço (H) com o próprio peso do braço, etc., o óleo hidráulico dentro
do carretel do braço 2 (308) passa através da válvula de retenção (317) e flui para dentro da passagem interna do
alojamento (HH) e novamente é fornecido para a lateral do cabeçote do cilindro do braço (H). (Função de recirculação
do braço)

E uma parte do óleo de retorno que foi levado aos carretéis do braço 2 (308) passa através da válvula de retenção
(319), e flui através da válvula de retenção do turbo (517) pelo circuito de pressão de carga (D) e retorna para o
tanque hidráulico pela porta do tanque T1.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 58
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0726GB 10

(F): para o carretel do braço 1


(G): para a válvula piloto de corte
Operação de retração do braço (em carga leve: função de recirculação do braço)

c) Na operação de fechamento (Em operação de carga pesada)

A função de recirculação do braço é eficaz em acionar rapidamente o cilindro do braço em operação de carga leve,
mas em operação de carga pesada (trabalho exige mais potência); a função causa perda de potência. Essa válvula
de controle seleciona a presença da função de recirculação em operação de carga leve e pesada com a válvula
proporcional do solenoide [XR]. (Função de recirculação variável)

O caminho do fluxo do óleo hidráulico na operação de carga pesada, o caminho na lateral de alimentação no cilindro
do braço é o mesmo que na operação de carga leve, difere daquele do óleo de retorno. Na operação de carga
pesada, a válvula proporcional do solenoide [XR] é acionada e o carretel do braço 2 (308) é posicionado no circuito
(II). O óleo de retorno da lateral da haste do cilindro (R) entra na válvula de controle através do pórtico (Ba). Como a
retenção do cabeçote da válvula de bloqueio CRar (514) que está localizado neste lado do carretel do braço 1 (302)
é liberada, o óleo de retorno empurra e abre o cabeçote dá válvula de bloqueio CRar (514) e entra da câmara AR.
O óleo de retorno na câmara AR é levado para o carretel do braço 2 (308) através do carretel do braço 1 (302) e

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 59
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

da passagem interna da caraça (RR). Mas como o carretel do braço 2 (308) está conectado à passagem de baixa
pressão (D) no circuito (II), quase todo o óleo de retorno passa entre o perímetro do carretel do braço 2 (308) e do
alojamento e flui através da válvula de retenção auxiliar (517)) através da baixa pressão (D) e retorno ao tanque
hidráulico através da porta do tanque T1.

O óleo de retorno da câmara AR passa entre o perímetro do carretel do braço 1 (302) e do alojamento e flui através
da passagem interna do alojamento (RH) e é levado para dentro do carretel do braço 2 (308) através do entalhe
circular (a) do carretel do braço 2 (308). Em operação de carga pesada, como a pressão na lateral do cabeçote do
cilindro do braço de extensão (H) é mais alta do que na lateral da haste, o óleo hidráulico no carretel do braço 2 (308)
não flui para dentro da passagem interna do alojamento (HH), mas flui através da válvula de retenção (319) e passa
pela válvula de retenção auxiliar (517), através da baixa pressão (D), e retorna ao tanque hidráulico através da porta
T1.

TULI12ECX0770GB 11

(F): para o carretel do braço 1


(G): para a válvula piloto de corte
Na operação de fechamento (Em operação de carga pesada)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 60
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Operação de oscilação
Na operação de giro inicial, a pressão piloto entra nas portas PAs ou PBs e o carretel do braço se move (303) para a
esquerda ou para a direita com a força das molas (321) (322) e, ao mesmo tempo, a pressão secundária da válvula
solenoide proporcional [X2] atua na porta PCa e aciona o carretel de descarga (310).

Ao mesmo tempo, caso a pressão pilota atue no pórtico PAs, a pressão piloto flui através da válvula shuttle dentro
da tampa (204) através da passagem interna e, em seguida, levada para o pórtico Pss. Quando a pressão piloto
age no pórtico PBs, a pressão piloto também flui através da válvula shuttle dentro da tampa (204) e, em seguida, é
levada para o pórtico Pss.

O óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P2 flui para a passagem paralela (56), empurra e abre a válvula de
retenção de carga LCs (511) e flui entre o perímetro do carretel oscilante (303) e o alojamento através da passagem
em forma de U e é fornecido para a lateral A ou B do motor de giro através do pórtico (As) ou (Bs).

Entretanto, o óleo de retorno da lateral do motor de giro A ou B passa entre o perímetro do carretel de giro (303) e
pelo alojamento da porta (Bs) ou (As) flui pelo circuito de baixa pressão (D) da válvula de retenção de turbo (517),
e, em seguida, retorna para o tanque hidráulico pela porta do tanque T1.

TULI12ECX0771FB 12
Operação de oscilação

Acionamento do carretel da opção da operação de fechamento


Esse carretel é usado para controlar a opção de fechamento da conexão como Cortador (Triturador), etc.

Quando a pressão piloto age na porta PAo ao operar o acessório na opção, a pressão piloto entra nas portas PAo, e
o carretel de opção (311) se move com a força das molas (323) (324) e, ao mesmo tempo, a pressão secundária da
válvula solenoide proporcional [X2] atua na porta PCa e aciona o carretel de descarga (310).

O óleo hidráulico distribuído pela bomba hidráulica P2 flui para a passagem paralela (56) e empurra e abre a válvula
de retenção de carga LCo (511) e flui entre o perímetro do carretel opcional (311) e o alojamento através da passagem
em forma de U e é fornecido para o atuador da conexão através do pórtico (Ao).

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 61
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Provisoriamente, o óleo de retorno do atuador para oscilação da conexão passa entre o perímetro do carretel opcional
(311) e do alojamento através do pórtico (Bo) e flui através do circuito de baixa pressão (D) e a válvula de retenção
auxiliar (517) e, então, retorna para o tanque hidráulico através do pórtico T1 do tanque.

A operação onde a pressão piloto age no pórtico PBo é a mesma como mostrado acima.

* A passagem de óleo é ramificado em direção a lateral da extremidade da válvula de controle no meio do curso do
carretel opcional (311) no pórtico Ao, mas quando a válvula seletora N&B (Nibbler and Breaker, Cortador e Disjuntor)
é fornecida na lateral da extremidade da válvula de controle, essa passagem de óleo é usada para conectar a válvula
seletora N & B (O).

TULI12ECX0772FB 13
Acionamento do carretel da opção da operação de fechamento

Operação da válvula de bloqueio


A válvula de bloqueio fica alojada entre cada pórtico da válvula de controle conectada à lateral da haste do cilindro
do braço (R) e à lateral do cabeçote do cilindro do braço (H) e ao carretel e ao carretel da lança e reduz o vazamento
devido à pressão de fixação causada por cada cilindro.

a) Carretel da lança em posição neutra (o carretel do braço faz a mesma operação.)

Quando o carretel da lança (301) é ajustado para a posição neutral, o carretel (511) do seletor da válvula de bloqueio é
mantido na lateral esquerda, como mostrado na figura. Nesta posição, as passagens Sa e Sb são conectadas uma a
outra na parte interna da bucha (541) e no perímetro do carretel (511). Então, na câmara da mola (RH) do cabeçote da
válvula de bloqueio, a pressão de fixação recebida da lateral do cabeçote do cilindro da lança (H) passa da passagem
Sa para o carretel (541) da bucha (511) e é conectada através da passagem Sb e, como consequência, o cabeçote da
válvula de bloqueio (514) é mantido pressionado na lateral inferior, como mostrado na figura, e restringe o vazamento
ao mínimo.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 62
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0773GB 14

1. Óleo de retorno do cabeçote do cilindro da lança


2. Seletor da válvula de bloqueio
Operação da válvula de bloqueio (na posição neutra do carretel da lança)

b) Na operação de abaixamento do guincho (na operação de fechamento do braço)

A pressão piloto PBb da operação de abaixamento do guincho age no pórtico PLc do seletor da válvula de bloqueio
e o carretel (511) se move para a direita, como mostrado na figura. Depois que o carretel (511) foi movido, o orifício
(a) da bucha (541) primeiro se fecha e, em seguida, as passagens Sa e Sb são bloqueadas, portanto, o recebimento
de pressão retida do lado do cabeçote do cilindro da lança (H) não atua na câmara da mola (RH) do cabeçote da
válvula de retenção (514).

E, depois que o carretel (511) foi movido, a parte interna da bucha (541) é conectada da porta para a Dr passagem
DR pela câmara da mola (321).

Com essa atuação, a câmara da mola (RH) do cabeçote da válvula de retenção (514) é conectada no orifício (b) da
bucha (541) para drenar a passagem Dr até Sb, e a força que empurra o cabeçote (514) para baixo, como mostrado
na figura, é liberada. E, como o cabeçote da válvula de bloqueio (514) recebe a pressão de fixação da lateral do

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 63
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

cabeçote do cilindro da lança (H) na seção que recebe pressão no tipo de anel que é formado pelo diâmetro da guia
e pelo diâmetro do assento do cabeçote da válvula de bloqueio (514), o cabeçote da válvula de bloqueio (514) é
empurrado para cima e é aberto.

A operação supracitada, na operação de abaixamento do guincho, é executada antes de fazer a abertura (abertura
do medidor) que é usada para fazer o óleo de retorno voltar da lateral do cabeçote do cilindro da lança do carretel da
lança (301) para a abertura do tanque, a operação não tem efeito sobre a realização da operação de abaixamento
do guincho. No caso da operação de fechamento do braço, o procedimento é o mesmo.

TULI12ECX0774GB 15

1. Óleo de retorno do cabeçote do cilindro da lança


2. Seletor da válvula de bloqueio
Operação do seletor da válvula de bloqueio (na operação de abaixamento do guincho)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 64
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de corte de derivação


Esta válvula de corte de derivação está localizada a jusante da passagem de derivação central (52) na lateral P1 e
na passagem de derivação central (55) na lateral P2. E essa válvula de corte de derivação controla a taxa do fluxo
do óleo hidráulico de cada passagem de derivação central até a passagem de baixa pressão (D).

a) Em operação normal

O parafuso fixador (201) é apertado na extremidade em operação normal. A extremidade cônica do parafuso fixador
(202) é ajustada no assento do alojamento, e o fluxo entre a passagem de derivação central (52) e a passagem de
baixa pressão (D) é bloqueada.

Consequentemente, em operação normal, a passagem de derivação central (52) é sempre bloqueada na passagem
de baixa pressão (D). E o óleo hidráulico fornecido pela bomba P1 não flui pela passagem de derivação central (52),
mas retorna ao tanque hidráulico por meio do P1 carretel de descarga (309).

TULI12ECX0775FB 16
Válvula de corte de derivação (Em operação normal)

b) Quando ocorrer um defeito

Quando o sistema elétrico está com defeito, o carretel de descarga P1 (309) para na posição neutra. O óleo hidráulico
inserido da bomba P1 é bloqueado com P1 o carretel de descarga (309). A pressão da bomba sobe para ajustar a
pressão da válvula de alívio principal, porque o óleo flui pelo pela passagem de derivação central (52) e é bloqueada
com a válvula de corte de derivação (606).

Entretanto, o óleo hidráulico flui da passagem de derivação central (52) e flui pela passagem de baixa pressão (D)
pela válvula de corte de derivação (606).

Assim, quando o sistema elétrico está com defeito, o P1 carretel de descarga (309) é deslocado para a posição
neutra. E a passagem para passagem de baixa pressão (D) é bloqueada, mas, como a passagem de derivação
central (52) é conectada à passagem de baixa pressão (D) pela válvula de corte de derivação (606), o aumento
anormal da pressão da bomba é impedido.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 65
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0776FB 17
Válvula de corte de derivação (Em condição de defeito)

Válvula de retenção auxiliar, válvula de retenção de derivação


a) Válvula de retenção auxiliar

A válvula de retenção auxiliar está localizada entre a passagem de baixa pressão (D) e o pórtico T1 do tanque
e gera pressão auxiliar necessária para a passagem de baixa pressão.
A. Em operação normal
O óleo hidráulico da passagem de baixa pressão (D) move a válvula de retenção auxiliar (517) para cima contra
a força da mola (527) e retorna ao tanque hidráulico através do pórtico T1 do tanque. Neste momento, a pressão
gerada pela mola (527) é usada como a pressão auxiliar para a passagem de baixa pressão. Mas o óleo de
retorno usado para a operação de abertura do braço e despejo da caçamba não passa pela válvula de retenção
auxiliar (517), retorna da passagem de baixa pressão (D') para o tanque hidráulico através do pórtico do tanque
T1.
B. Em operação de compensação
Ao abastecer para compensar a taxa do fluxo através da passagem de baixa pressão (D) após a suspensão da
operação de oscilação, se a quantidade de óleo hidráulico na passagem de baixa pressão (D) não for suficiente,
o óleo hidráulico deficiente é fornecido do tanque hidráulico para a passagem de baixa pressão (D).
Quando o óleo hidráulico deficiente na passagem de baixa pressão (D) não for suficiente, a pressão da passagem
de baixa pressão (D) é reduzida. Se a pressão da passagem de baixa pressão (D) for reduzida à pressão no
pórtico T1 do tanque, o cabeçote (102) alojado na válvula de retenção auxiliar (517) recebe a pressão no pórtico
T1 do tanque na seção de recebimento no tipo de anel que é constituído pelo diâmetro da guia e pelo diâmetro
do assento do cabeçote (102), e é empurrado para cima e abre, e o óleo hidráulico flui do tanque hidráulico até
a passagem de baixa pressão (D) para compensar a taxa de fluxo deficiente.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 66
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0777GB 18

1. Em operação normal
2. Em operação de compensação
Operação da válvula de retenção auxiliar

b) Válvula de retenção de derivação

Mesmo se a pressão no pórtico do tanque T1 aumentar devido a uma mudança súbita da taxa do fluxo de retorno,
a válvula de retenção de derivação é acionada e evita que a pressão no pórtico T1 do tanque aumente acima da
pressão especificada e, como consequência, o arrefecedor de óleo e o filtro localizados entre o pórtico T1 do tanque
e o tanque hidráulico são protegidos contra possíveis danos.

Quando a pressão no pórtico T1 do tanque aumentar até a pressão adicionada pela mola (528), a válvula de retenção
de derivação (518) é empurrada e abre contra a força da mola (528), e o óleo hidráulico no pórtico T1 do tanque
retorna diretamente para o tanque hidráulico através do pórtico T2 do tanque.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 67
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

TULI12ECX0778FB 19
Operação da válvula de retenção de derivação

Válvula manual de emergência para desconexão


A válvula de agulha (Válvula manual de emergência da conexão de abaixamento) é equipada internamente entre o
pórtico Ab da lateral do cabeçote do cilindro da lança e dá válvula de bloqueio do guincho. Por motivos de segurança,
a abaixa a conexão levantada até o chão, se a máquina parar com problemas no motor. Somente se o guincho for
abaixado, a pressão no cilindro da conexão poderá ser liberada pela operação da alavanca de controle do braço ou
da caçamba.

a) Explicação funcional

Em casos normais, a válvula de agulha foi bloqueada completamente para evitar vazamento de pressão do
circuito do guincho.
A. Abaixamento da lança
Primeiro, solte a porca de pressão e solte a válvula de agulhas na extremidade do contato.

IMPORTANTE: A válvula de agulha é fornecida para evitar falha no mecanismo do limitador. Mas o mecanismo
pode causar quebras por força indevida.

O óleo da lateral da plataforma (1) do cilindro do guincho (H) flui para a passagem de drenagem (4) através do orifício,
e o guincho abaixa lentamente. O tempo de abaixamento do guincho até o chão é de cerca de 4 - 8 min, de acordo
com a posição da máquina e a pressão de fixação.

B. Função do atuador
A pressão do óleo do pórtico XAb é reduzida ao liberar a pressão de fixação da lateral do cabeçote do cilindro da
lança na passagem de drenagem (4) através do orifício.
A operação do atuador com a válvula de controle piloto é possível ao levar a pressão média através do orifício
do pórtico XAb até a válvula shuttle (7). Nesta função, essa condução da pressão média garante a pressão
primária do controle remoto (origem da pressão). Esta função garante que o movimento do cilindro do guincho,
do braço, da caçamba e de outros possa ser acionado somente para baixo pelo próprio peso. Consequentemente
é possível a liberação da pressão.
Mas após a conexão ser abaixada até o chão pelo abaixamento do guincho, a pressão de fixação desaparece e
o controle remoto através da válvula piloto torna-se impossível.

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 68
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

C. Cilindro do guincho com válvula de fixação


Se o cilindro do guincho tiver válvula de fixação, solte a válvula de agulha mencionada anteriormente junto com
a válvula de alívio do pórtico da válvula de fixação, e o cilindro do guincho começa a abaixar o guincho.
O carretel da válvula de fixação se move para abrir a lateral pela pressão de retorno da válvula de alívio do pórtico,
e a pressão de fixação do cilindro do guincho é levada para a “Válvula manual de emergência para abaixamento
da conexão”, possibilitando a operação do atuador pela válvula piloto.

Válvula manual de emergência para operação de abaixamento da conexão

TULI12ECX0792GB 20

1. Lateral do cabeçote do cilindro da lança 6. Porca de pressão


2. Válvula de controle 7. Válvula shuttle
3. Tanque do óleo hidráulico 8. Para válvula solenoide de bloqueio da alavanca
4. Passagem de dreno 9. Para válvula piloto de controle
5. Válvula de agulha

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 69
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle principal - Remoção [100899373]


CX220C Modelo padrão LA

1. Remover o painel de proteção da válvula de controle


removendo os parafusos de fixação.
: 19 mm (0.75 in)
2. Desconectar todas as mangueiras, tubos e conectores
da válvula de controle (1).
NOTA: Fixar as tampas nas mangueiras e tubos. Fixar
etiquetas ou rótulos nas mangueiras e tubos para auxiliar
na montagem.
3. Remova os parafusos (2) M16 X 45.
: 24 mm (0.94 in)
4. Remova a válvula de controle (1) com guindaste.
NOTA: Peso do conjunto da válvula de controle: 235 kg
(518 lb).

TULI12ECX0967BC 1

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 70
Sistemas hidráulicos - Válvula de controle principal

Válvula de controle principal - Instalar [100899376]


CX220C Modelo padrão LA

1. Instale a válvula de controle (1), apertando os 4 para-


fusos (2) M16 X 45.
: 24 mm (0.94 in)
: 235 N·m (173 lb ft)
2. Conectar todas as mangueiras, tubos e conectores na
válvula de controle.

TULI12ECX0967BB 1

Conector/Parafuso Porca da mangueira Observa-


Superfí- Superfí- ções
Tamanho
Portas cies pla- Torque de cies pla- Torque de
da bitola Nome
nas opos- aperto nas opos- aperto
tas tas
Pss, PLc2, PL, PB1, PTb, PCa, 36 N·m 29 N·m
PF 1/4 19 19
PCb, PCc, PAL, PAr, XAb (27 lb ft) (21 lb ft)
PAa1, PBa1, Pab, PBb, Pac,
Junta 74 N·m 49 N·m
PF 3/8 PBc, PBL, PBr, Pas, PBs, 22 22
ORS (55 lb ft) (36 lb ft)
PAa2, PBa2, Pao, Pbo, DR
162 N·m 118 N·m
PF 3/4 MU 36 36
(119 lb ft) (87 lb ft)
Ar, Br, AL, BL, As, Bs, Aa, Ba, 70.6 N·m
14 – –
Ac, Bc (52.1 lb ft)
M10
57 N·m
Ab, Bb, Ao, Bo 14 – –
Parafuso (42 lb ft)
sems 62.2 N·m
P1, P2 17 – –
(46 lb ft)
M12
96 N·m
T1, T2 17 – –
(71 lb ft)

3. Verifique se há vazamento de óleo e a operação.


4. Instalar o painel de proteção da válvula de controle
usando os respectivos parafusos de fixação.
: 19 mm (0.75 in)
: 80 N·m (59 lb ft)

71114529A-DRAFT 11/02/2015
35.11 [35.359] / 71