Você está na página 1de 1

Rua Paraíba, 504 - Neópolis - Gravataí - RS - Fone: 3431-9227

Nome: ____________________________Turma: 201 Data: ________ Nota: _______


Matéria: LITERATURA 201 Prof.ª ADRIANA AZAMBUYA

TRABALHO (1º TRIMESTRE)

1. Pesquise sobre a obra A liberdade conduzindo o povo, de Eugene de Delacroix. Cole o quadro e descreva o
que ele representa.

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

2. Leia o trecho abaixo:


Jovens, coragem! Por muito penoso que nos queiram fazer o presente, o futuro será belo. O Romantismo, tantas
vezes mal definido não é senão, afinal, o liberalismo em literatura e é essa a sua definição verdadeira se o considerarmos
sob o aspecto militante. Esta verdade já foi compreendida por quase todos os espíritos nobres, cujo número é elevado; e,
em breve, visto que a tarefa está bem adiantada, o liberalismo literário não será menos popular do que o liberalismo
político. A liberdade na arte, a liberdade na sociedade, é essa a dupla finalidade para a qual devem contribuir unidos
todos os espíritos coerentes e lógicos [...] Os ultras de todos os tipos, clássicos ou monárquicos, esforçar-se-ão
inutilmente para conseguir reconstruir o antigo regime, a sociedade e a literatura; cada avanço do país, cada
desenvolvimento das inteligências, cada passo da liberdade fará desabar tudo o que eles arquitetarem. E, afinal, as suas
tentativas de reação terão sido úteis. Na revolução, todo o movimento faz avançar. A verdade e a liberdade têm uma
característica admirável: tudo o que se fizer a favor ou contra elas resultará em seu benefício. Ora, depois de tantas
coisas notáveis que os nossos antecessores realizaram e nós testemunhamos, transpusemos a velha ordem social; por
que não deixaríamos para trás a velha ordem poética? Para um povo novo, uma nova arte [...]
(Trecho de Hernani de Victor Hugo)

a) Qual é o tom desse prefácio? O que esse tom sugere sobre o contexto de produção da obra prefaciada?
b) Para Victor Hugo, por que a arte precisa ser inovada?