Você está na página 1de 4

DIMENSIONAMENTO DE RESERVATÓRIOS DE

ÁGUA
As instalações de água fria devem ser projetadas e construídas de modo a:

- Garantir o fornecimento de água de forma continua, em quantidade suficiente, compressões


e velocidades adequadas para o sistema de tubulações e peças de utilização (chuveiro,
torneiras, etc.) funcionem perfeitamente;
- Preservar rigorosamente a qualidade da água do sistema de abastecimento;
- Garantir o máximo de conforto aos usuários, incluindo a redução dos níveis de ruído nas
tubulações.

O dimensionamento das instalações prediais de água fria envolve basicamente duas etapas:

- Dimensionamento dos reservatórios (que deve ser calculado pelo arquiteto)


- Dimensionamento das tubulações (feito por um engenheiro)

Dimensionamento dos Reservatórios


Reservatórios Inferior e Superior

De acordo com a Norma NBR 5626:

5.1.4 Informações preliminares


5.1.4.1 As seguintes informações devem ser previamente levantadas pelo projetista:
a) características do consumo predial (volumes, vazões máximas e médias, características da
água, etc.);
b) características da oferta de água (disponibilidade de vazão, faixa de variação das pressões,
constância do abastecimento, características da água, etc.);
c) necessidades de reservação, inclusive para combate a incêndio;
d) no caso de captação local de água, as características da água, a posição do nível do lençol
subterrâneo e a previsão quanto ao risco de contaminação.

A Norma NBR 5626 também diz que existe uma maneira para definir o tamanho certo dos
reservatórios Inferior e Superior.

A função da caixa d’água é ser um reservatório para dois dias de consumo (por precaução para
eventuais faltas de abastecimento público de água), sendo que o reservatório inferior deve ser
3/5 e o superior 2/5 do total de consumo para esse período. No caso de prédios, ainda deve ser
acrescentar de 15 a 20% desse total para reserva de incêndio. No caso de residência de
pequeno tamanho, recomenda-se que a reserva mínima seja de 500 L.

Calcula-se o consumo diário pela fórmula:

CD= CP x N

Onde: CD = consumo diário, CP = consumo per capita, N = número de ocupantes.

Por exemplo: Vamos supor um prédio com reservatório superior de 5000 litros. Neste caso teríamos
1000 litros para reserva de incêndio, ou seja:

5000 x 20/100 = 1000 litros

Vamos acompanhar um exemplo para entender melhor esses cálculos. Qual a capacidade da
caixa d’água de uma residência que irá atender 5 pessoas?

2
De acordo com a tabela de estimativa de consumo predial diário, uma pessoa consome em
média 150 litros de água por dia.

Este dado pode ser obtido através da tabela AF01:

Importante:

Quando não se sabe quantas pessoas vão morar na casa, devemos utilizar os dados da tabela
AF 02:

Assim devemos multiplicar:

5 pessoas vezes 150 litros/dia = 750 litros/dia de consumo de água na casa.

Lembrando que o reservatório deverá atender a casa por dois dias, esse valor deverá ser multiplicado
por 2. Ou seja:

750 x 2 = 1500 litros para 2 dias de consumo para 5 moradores da casa.

Neste caso, o consumidor pode optar por uma caixa de 1500 litros, ou uma de 1000 litros e uma segunda
caixa de 500 litros.

3
Observação:

Recomendamos o uso do bom senso nos casos onde a capacidade calculada da caixa ultrapassar as
condições financeiras do consumidor e as condições técnicas da obra (estrutura por exemplo), que
deverá resistir ao peso da caixa.

Lembre-se que 1000 litros = 1000 kg. Na situação do exemplo, como o cálculo foi feito para dois dias e
em eventuais faltas de abastecimento de água o consumidor já tem por hábito economizar água, pode
se decidir pelo uso de uma caixa de menor capacidade, que atenda o consumo de pelo menos 1 dia,
que neste exemplo é de 750 litros. Um reservatório de 1000 litros seria o suficiente.

Com base no valor calculado de 1500 litros, vamos dimensionar as capacidades dos reservatórios inferior
e superior.

Reservatório Inferior:

Para calcular o tamanho da caixa d’água inferior, devemos achar o valor correspondente a 3/5 de 1500
da seguinte forma:

3/5 x 1500 = 900 litros

Nesse caso, como não se encontra no mercado uma caixa d’água com esse volume, deve-se instalar a
Caixa d’água Tigre 1000 litros.

Reservatório Superior:

Para a caixa d’água superior, o valor que devemos encontrar é de 2/5 do consumo, ou seja, 2/5 de 1500:

2/5 x 1500 = 600 litros

ANEXOS – OUTRAS TABELAS PARA O DIMENSIONAMENTO DE RESERVATÓRIOS DE ÁGUA

Tabela 1 - Taxa de ocupação de prédios públicos ou comerciais

Local Taxa de ocupação


Bancos Uma pessoa por 5 m2 de área
Escritórios Uma pessoa por 6 m2 de área
Pavimentos térreos Uma pessoa por 2,5 m2 de área
Lojas-pavimentos superiores Uma pessoa por 5 m2 de área
Museus e bibliotecas Uma pessoa por 5,5 m2 de área
Salas de hotéis Uma pessoa por 5,5 m2 de área
Restaurantes Uma pessoa por 1,4 m2 de área
Salas de operação (hospital) Oito pessoas
Teatros, cinemas e auditórios Uma cadeira para cada 0,7 m2 de área

4
Tabela 2 - Consumo de água para dimensionamento de reservatório

Tipo de Prédio Consumo litros / dia Unidade


Serviço Doméstico
Apartamentos 200 per capta
Apartamentos de luxo 300 a 400 por dormitórios

Apartamentos de luxo 200 por quarto de empregada


Residência de luxo 300 a 400 per capta
Residência de médio valor 150 per capta
Residência popular 120 a 150 per capta
Alojamentos provisórios de obra 80 per capta
Apartamento de zelador 60 a 1000 per capta
Serviço Público
Edifícios de escritório 50 a 80 por ocupante efetivo
Escolas, internatos 150 per capta
Escolas, externatos 50 por aluno
Escolas, semi-internato 100 por aluno
Hospitais e casas de saúde 250 por leito
Hotéis com cozinha e lavanderia 250 a 350 por hóspede
Hotéis com cozinha e lavanderia 120 por hóspede
Lavanderias 30 por kg de roupa seca
Quartéis 150 por soldado
Cavalarias 100 por cavalo
Restaurantes 25 por refeição
Mercados 5 por m² de área
Garagens e postos de serviços 100 por automóvel
Garagens e postos de serviços 150 por caminhão
Rega de jardins 1,5 por m² de área
Cinemas, teatros 2 por lugar
Igrejas 2 por lugar
Ambulatórios 25 per capta
Creches 50 per capta
Serviço Industrial
Fábricas (uso pessoal) 70 a 80 por operário
Fábricas com restaurante 100 por operário
Usinas de leite 5 por litro de leite
Matadouros 300 por animal abatido de grande porte
Matadouros 150 por animal abatido de grande porte