Você está na página 1de 4

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

8ºan
LÍNGUA PORTUGUESA
1.8 o
3º período – Matutino 11 de setembro de 2015

INSTRUÇÕES, OBSERVAÇÕES & INFORMAÇÕES


1. O raciocínio que conduz a uma resposta deverá estar claramente exposto e organizado, com início, meio e fim. De outra
forma, a pontuação da questão será prejudicada, podendo até ser igual a zero.
2. Respeite os espaços delimitados pelas margens; eles são suficientes para respostas adequadas. Evite o uso de
abreviaturas e símbolos, pois poderão não ser reconhecidos e invalidar a resposta.
3. Cuide da apresentação da avaliação: use letra legível, evite rasuras, responda às questões no espaço adequado. Em caso
de erro, anule com um risco e refaça. O uso de corretivos (liquid paper ou similares) implica anulação da resposta.
4. Não empreste nem solicite emprestado material escolar (caneta, lápis, borracha, régua, etc.). É proibido o uso de
calculadora (inclusive relógio-calculadora).
5. Não serão permitidas consultas. Telefones celulares, MP3 player, ipod e similares devem ser DESLIGADOS e guardados na
bolsa ou colocados sobre a mesa do professor, longe do seu alcance.
6. A cada questão será atribuída uma pontuação de 0,0 a 1,0, em intervalos de 0,1. A pontuação da avaliação será o
somatório das pontuações nas questões, e a nota da avaliação será a pontuação multiplicada pelo fator de ajuste.
7. O respeito a estas instruções faz parte da avaliação e interfere na nota. A interpretação faz parte da avaliação.

Os Miseráveis, do escritor francês Victor Hugo, foi escrito em 1862 e é uma narração de caráter social em que o
misticismo, a fantasia e a denúncia das injustiças formam uma trama complexa, na qual se descreve vividamente, ao tempo
de condenação, a injustiça social da França do século XIX.
1. O trecho abaixo servirá de auxílio para responder à questão
(...) Deixou de ter um nome, passou a ser um número: 24.601. E sua irmã? E as crianças? Pergunte
a um vendaval onde arremessou as folhas secas. Sem ninguém por eles, partiram ao acaso. Abandonaram a
terra onde nasceram. Foram esquecidos. Com o tempo, até Jean Valjean os esqueceu. (...) Durante a prisão,
o inofensivo podador de árvores tornou-se um homem temível. Tinha ódio da lei e da sociedade. Por
consequência, de toda a humanidade. De ano para ano, sua alma foi se tornando amarga. Desde que fora
preso, há dezenove anos, Jean Valjean não soltava uma lágrima.

A sucessão dos acontecimentos e as difíceis circunstâncias vividas pelas personagens levantam questões a respeito de lei,
justiça e solidariedade. Jean Valjean, após ser rejeitado por diversas vezes ao sair da cadeia, recebeu uma ajuda que mudou
a sua vida e, mesmo com todas as suas descrenças, o ex-presidiário chorou pela primeira vez.
a) Explique, resumidamente, como foi essa ajuda e quem o ajudou. (0,5)

b) Após o ocorrido acima, Jean Valjean encontrou o menino Gervásio (Gervais). Esse encontro mudou totalmente o
comportamento de Valjean; pois, a partir daí, refletiu e tomou consciência de seus atos. O que aconteceu nesse
encontro? (0,5)

AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE LÍNGUA PORTUGUESA | 8º ANO :: 3º período :: matutino:: ENSINO FUNDAMENTAL | 18M3Por_2015_pro.docx pág. 1 de 4
CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

2. O filósofo suíço Jean-Jacques Rousseau defendia que “o homem nasce bom, mas a sociedade o corrompe” em seu discurso
acerca da origem e dos fundamentos da desigualde entre os homens.
a) Estabeleça uma relação, evidenciada em fatos narrados na obra, entre a situação vivida pelo personagem Jean Valjean
na obra Os Miseráveis, de Victor Hugo, e o pensamento de Jean-Jacques Rousseau. (0,5)

b) Cite um episódio em que Jean Valjean escutou a sua consciência antes de agir. (0,5)

3. Victor Hugo discute a miséria social na obra citada, que é seu romance mais popular. Nela, o escritor viu uma ótima
oportunidade de revelar o panorama socioeconômico de uma França pós-revolução, testemunhando a miséria daquele
século, associada à pobreza miserável de Fantine, de Cosette, de Marius, do inspetor Javert e do próprio Jean Valjean
(Madeleine).
a) De que forma os destinos de Madeleine e Fantine se cruzaram na obra de Victor Hugo? (0,5)

b) Fantine, por desespero, deixou Cosette na estalagem do Sr. Thénardier e fazia de tudo para enviar dinheiro para o
sustento de sua filha. Escreva duas situações degradantes que Fantine fez por amor à menina Cosette. (0,5)

4. Foram feitas alterações em algumas frases do texto. Em apenas uma, dado o contexto, as alterações praticamente nada
alteraram do significado da frase e assim manteve-se o valor semântico da conjunção.
I. A opção em que isso ocorre é: (0,4)
Frase original Frase modificada
“Dessa forma, ele não consegue emprego Dessa forma, ele não consegue emprego em
a) em lugar algum nem alguém que o ajude.” lugar algum, todavia alguém que o ajude.
“Embora a aparência dos produtos tivesse O preço de fabricação caíra bastante, tal qual a
sofrido pouca mudança, o preço de aparência dos produtos tivesse sofrido pouca
b)
fabricação caíra bastante.” mudança.
“Como não podia frequentar salões ou Já que não podia frequentar salões nem
restaurantes caros, seu passatempo restaurantes caros, seu passatempo predileto
c) predileto era fazer longos passeios pelo era fazer longos passeios pelo campo de Marte.
campo de Marte.”
“Todas as suas boas ações até agora não “Todas as suas boas ações até agora não teriam
d) teriam sentido, se as fizesse.” sentido, uma vez que as fizesse.”
“Não gosto de mistérios, por isso vou Não gosto de mistérios, porém vou desvendá-lo
e) desvendá-lo rapidamente.” rapidamente.

AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE LÍNGUA PORTUGUESA | 8º ANO :: 3º período :: matutino:: ENSINO FUNDAMENTAL | 18M3Por_2015_pro.docx pág. 2 de 4
CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

II. Conforme a análise estrutural e semântica do período a seguir, responda ao que se pede. (0,6)
Não gostava de mistérios, contudo sua vida ninguém conhecia.
a) Classificação do período:

b) Classificação da primeira oração:

c) Qual o valor semântico da conjunção da segunda oração em relação à primeira?

5. Leia as informações a seguir e faça o que se pede.


I. “O casal e duas filhas já quase mocinhas amontoavam-se num único quarto, pois não podiam pagar outro cômodo.”
II. “O casal e duas filhas já quase mocinhas amontoavam-se num único quarto; não podiam, pois, pagar outro cômodo.”
a) A conjunção "pois" provoca mudança de sentidos nos dois períodos. Qual a relação de sentido estabelecida entre as
orações de cada período? (0,4)
I: ________________________________________________________________________________________________________________________________________

II: ________________________________________________________________________________________________________________________________________

b) A posição da conjunção “pois” exige mudança na pontuação da frase. Tenha as frases acima como referências e
explique a razão dessa mudança. (0,6)

6. Leia os dois períodos:


I. Desde que Cosette entrou na vida de Jean Valjean, ele se transformou em uma pessoa mais sensível.
II. Desde que Cosette entre na vida de Jean Valjean, ele se transformará em outra pessoa.
É correto afirmar que a locução conjuntiva "desde que" dá às duas informações o mesmo sentido? Explique de forma clara
e completa. (1,0)

7. Ainda a respeito das informações da obra literária Os miseráveis, julgue os itens como corretos (C) ou errados (E). (1,0)

C E Madeleine fundou uma grande fábrica. Com ele, a cidade de Montreuil-sur-Mer prosperou. Empregou quem
precisava trabalhar, mas exigia honestidade e pureza de costumes de todos os funcionários.
C E Gavroche é o filho mais velho dos Thénardier, que não é amado pelos pais. Ele mora sozinho na rua, participa
das barricadas e é morto durante a recolha de balas dos mortos da Guarda Nacional.
Marius descobriu a verdade sobre Jean Valjean depois de receber a visita do falsário Thénardier. Esse foi o
C E motivo por que seu avô, o senhor Gillenormand, impediu a reaproximação de seu neto com Cosette e seu pai,
Jean Valjean.
C E Fauchelevent salva a vida de Valjean quando levanta uma carroça debaixo da qual ele estava preso, e depois
arruma para ele um emprego como jardineiro num convento em Paris.
Durante as barricadas, Jean Valjean tivera a vida do destemido Javert em suas mãos, mas o salva da morte.
C E Javert ficou em conflito: entregar Valjean seria ingratidão, mas deixá-lo livre seria uma traição para com seu
dever de cumpridor da lei. Então, como homem cumpridor da lei, preferiu morrer.

AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE LÍNGUA PORTUGUESA | 8º ANO :: 3º período :: matutino:: ENSINO FUNDAMENTAL | 18M3Por_2015_pro.docx pág. 3 de 4
CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

8. Em relação às duas orações abaixo, faça o que se pede.

I. Javert perseguia tanto Jean Valjean.


II. Jean mudava de nome constantemente.

a) Sem alterar o sentido e a ordem das duas informações dadas, una as duas orações em um período composto,
fazendo que a primeira oração passe a ser principal e a segunda passe a ser a consequência da primeira. (0,5)

b) Sem alterar o sentido e a ordem das duas informações, una as duas orações em um período composto, fazendo que a
primeira oração passe a ser a causa da segunda oração. (0,5)

AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE LÍNGUA PORTUGUESA | 8º ANO :: 3º período :: matutino:: ENSINO FUNDAMENTAL | 18M3Por_2015_pro.docx pág. 4 de 4