Você está na página 1de 31

SSEEQQUUÊÊNNCCIIAASS

DDIIDDÁÁTTIICCAASS

ENTRE NO TIME DO CONTROLE E DA PREVENÇÃO

T I I C C A A S S ENTRE NO TIME DO CONTROLE E DA

INFORMAÇÃO E ATITUDE FAZEM TODA A DIFERENÇA NA SUA ESCOLA E NA SUA COMUNIDADE

NO TIME DO CONTROLE E DA PREVENÇÃO INFORMAÇÃO E ATITUDE FAZEM TODA A DIFERENÇA NA SUA
NO TIME DO CONTROLE E DA PREVENÇÃO INFORMAÇÃO E ATITUDE FAZEM TODA A DIFERENÇA NA SUA

RUI COSTA GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA

JOÃO LEÃO VICE-GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA

OSVALDO BARRETO FILHO SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

ADERBAL DE CASTRO SUBSECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

ELIEZER SANTOS DA SILVA SUPERINTENDENTE DE POLÍTICAS PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA

EDILEUZA NUNES SIMÕES NERIS DIRETORA DA EDUCAÇÃO BÁSICA

FABIO FERNANDES BARBOSA COORDENADOR DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE

APRESENTAÇÃO

Quando falamos de epidemias na história do Brasil, a primeira a ser lembrada é a febre amarela. Transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti, chegou ao Brasil no século XVII em navios que vinham da África. Os primeiros casos datam de 1685, no Recife, e de 1692, na cidade de Salvador. Durante o século XVIII, não foram relatados casos dessa doença no Brasil. Ela retornou apenas entre 1849 e 1850, na forma de uma grande epidemia, que atingiu quase todo o país. Uma das cidades mais atacadas foi o Rio de Janeiro. Atualmente, o Brasil está diante de uma grave emergência de saúde pública, um enorme desafio provocado pelo aumento da proliferação do mosquito Aedes aegypti e de sua tríplice consequência: a Dengue, a Febre Chikungunya e a transmissão do Zika vírus. Essa última está relacionada a casos de microcefalia, que tem preocupado devido o comprometimento muito grave no sistema nervoso central, impondo condição de deficiência cerebral profunda e permanente nos bebês. E provocando medo nas mulheres grávidas de contraírem o vírus Zika. Assim, contamos com a participação de todos e todas nas ações em nossas escolas. Vamos combater a proliferação do mosquito! Se cada um der sua contribuição efetiva, com todo o empenho, no enfrentamento ao vetor, por meio de uma atuação cidadã e engajada, nós, seguramente, seremos a principal força que o Brasil possui para proteger nossas grávidas e nossos futuros estudantes. O nosso objetivo é reduzir drasticamente os focos de reprodução do Aedes aegypti. Somente com a união de todos, vamos conseguir vencer esse enorme desafio. A atuação das famílias é estratégica, no combate ao mosquito. Não podemos permitir o acúmulo de água em pneus, vasos, garrafas, caixas d’água e quaisquer outros depósitos. São nesses ambientes que o Aedes aegypti se reproduz. A sua vigilância em casa, no trabalho ou na escola, é fundamental. É por acreditar na força dos nossos estudantes que convidamos você professor(a) para nos ajudar a derrotar a transmissão do Zika vírus e as demais doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Faça da sua escola, e da sua casa, um território livre do mosquito. Desenvolva, junto com seus familiares, amigos e colegas, ações de combate ao mosquito. Com a união de todos, vamos conseguir vencer esse grande desafio.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - N° 1

AUTOR: DUWILLAMI EMBIRASSU DE ARRUDA COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE

Tema

CONTROLE DO AEDES

 

Público Alvo

 

1ª ano Ensino Médio

 
 

Argumentar em favor do respeito à vida saudável na comunidade escolar e no seu entorno, promovendo a discussão do problema socioambiental causado pelo Aedes;

Objetivos

Demonstrar atitudes de respeito à natureza humana e não humana, buscando qualidade de vida e a prática do controle social na vida escolar;

- Produzir uma história em quadrinhos em equipe distribuindo os papéis de cada membro;

- Produzir ações de acompanhamento e

combate

aos

focos

do

mosquito na

comunidade escolar.

 
 

1. - Cartilha;

2. - Informativos sobre como evitar o criadouro

do mosquito Aedes;

 

Recursos

3. - Lápis, borracha, papel ofício, cartolina e

caneta esferográfica;

 

4. - Celular;

5. - Computador com acesso à internet.

 

1ª Etapa:

Desenvolvimento

- Conversar sobre a transmissão da dengue pelo mosquito Aedes;

 

- Conversar sobre os diferentes sintomas para Dengue, Zika vírus e Chikungunya; - Mapear os limites da comunidade a fim de delimitar o campo de pesquisa; - Pesquisar, junto à Unidade Básica de

Saúde local, algum material instrutivo sobre

o

combate ao mosquito Aedes;

- Pesquisar as inter-relações pessoais que existiram na comunidade antes do advento do combate e controle do Aedes; - Analisar a degradação natural como possível causa do aumento dos focos do mosquito.

2ª Etapa:

- Conversar sobre a criação de uma história em quadrinhos cuja abordagem seja uma medida de prevenção ao foco do mosquito; - Pesquisar os meios de combater o mosquito Aedes; - Criar personagens, escrever roteiro e

desenhar história com base na pesquisa realizada sobre o mosquito. - Dividir a turma em equipes para produção textual e artística dos quadrinhos;

- Cada equipe deve elaborar uma situação de combater ao foco do mosquito, provocando reflexões e mudanças de posturas frente ao problema socioambiental do cotidiano.

3ª Etapa:

- Seleção de figuras e textos que comporão

a

história em quadrinhos;

- Confecção da história de quadrinhos reunindo a síntese da produção dos grupos; - Apresentação do trabalho para a turma.

 

Registro da participação nas equipes e do interesse individual no trabalho a partir de critérios como:

Avaliação

a) participação nas pesquisas e discussões; b) argumentação em relação aos conceitos abordados nas pesquisas; c) autoavaliação da qualidade do trabalho e envolvimento de cada membro da equipe.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - N° 2

AUTOR: DUWILLAMI EMBIRASSU DE ARRUDA COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE

Tema

PREVENÇÃO À DENGUE

Público Alvo

2ª ano Ensino Médio

 

- Argumentar em favor do respeito à vida saudável na comunidade escolar e no seu entorno, promovendo a discussão do problema socioambiental da dengue;

Objetivos

- Demonstrar atitudes de respeito à natureza humana e não humana, buscando qualidade de vida e o exercício do controle social na escola;

- Produzir um vídeo em equipe distribuindo os papéis de cada membro;

- Produzir uma ação comunitária de eliminação do vetor.

 

1. - Cartilhas;

2. - Informativos sobre como controlar os criadouros do Mosquito Aedes;

3. - Lápis, borracha, papel ofício, caderno, cartolina e caneta esferográfica;

4. - Celular;

Recursos

5. - Máquina Fotográfica;

6. - Filmadora;

7. - Revistas;

8. - Livros;

9. - Computador com acesso à internet.

 

1ª Etapa - Conversar sobre as medidas preventivas contra o foco do mosquito Aedes; - Conversar sobre os diferentes sintomas

Desenvolvimento

para Dengue, Zika vírus e Chikungunya; - Pesquisar, junto à internet, revistas e livros, conteúdo científico sobre as medidas de prevenção adotadas contra o foco do mosquito Aedes; - Pesquisar se existe uma experiência exitosa de enfrentamento ao mosquito na comunidade escolar; - Mapear os limites da comunidade a fim de delimitar o campo de pesquisa;

2ª Etapa - Conversar sobre a criação de um vídeo cuja abordagem seja uma medida de prevenção ao foco do mosquito; - Criar personagens, escrever roteiro e desenhar as tomadas para a filmagem sobre uma medida de prevenção ao foco do mosquito Aedes; - Entrevistar moradores, estudantes e funcionários que tiveram alguma experiência com as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes; - Pesquisar os tipos de medidas adotadas pela comunidade local no combate ao foco do mosquito Aedes; - Dividir a turma, em equipes, para produção das tomadas do vídeo e realização das entrevistas na comunidade; - Elaborar, em equipes, o roteiro do conteúdo para a filmagem e coletar informações a fim de subsidiar a produção final do vídeo, provocando reflexões e mudanças de posturas frente ao problema socioambiental da dengue.

3ª Etapa - Editar, com a opinião consensual das

equipes, as cenas que comporão o vídeo; - Produzir a versão final do vídeo sobre

experiência exitosa e/ou medida preventiva de combate ao mosquito Aedes; - Apresentação do vídeo final para a turma.

 

Registro da participação nas equipes e do interesse individual no trabalho a partir de critérios como:

Avaliação

a) participação na elaboração do vídeo e, também, nas pesquisas e nas discussões sobre medidas preventivas contra o mosquito Aedes; b) argumentação em relação aos conceitos abordados durante a elaboração do vídeo em equipe; c) auto-avaliação da qualidade do trabalho e envolvimento de cada membro da equipe.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - N° 3

AUTOR: DUWILLAMI EMBIRASSU DE ARRUDA COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE

PREVENÇÃO CONTRA O MOSQUITO AEDES AEGYPTI (dramatização)

Tema

Público Alvo

2ª ano Ensino Médio

Objetivos

- Argumentar em favor do respeito à vida saudável na comunidade escolar e no seu entorno, promovendo a discussão do problema socioambiental causado pelo mosquito Aedes;

- Demonstrar atitudes de respeito ao meio ambiente, buscando qualidade de vida e o exercício do controle social na comunidade;

- Produzir, em equipe, uma dramatização sobre o controle do vetor, distribuindo os papéis de cada estudante na sua respectiva equipe;

- Conscientizar a comunidade escolar quanto às ocasiões de vulnerabilidade ao vetor.

Recursos

1. - Cartilhas;

2. - Informativos sobre as medidas de controle do vetor;

3. - Lápis, borracha, papel ofício, caderno, cartolina e caneta esferográfica;

4. - Celular;

5. - Máquina fotográfica;

6. - Filmadora;

7. - Revistas;

8. - Livros;

9. - Computador com acesso à internet.

1ª Etapa:

- Elaborar uma peça teatral que aborde medidas de controle do mosquito Aedes; - Elaborar uma peça que trate das doenças vinculadas ao vetor; - Conversar sobre as medidas de controle ao vetor; - Conversar sobre doenças (Dengue, Zika vírus e Chikungunya) com seus sintomas vinculados ao vetor; - Pesquisar, junto à internet, revistas e livros, conteúdo científico sobre as medidas de controle do vetor; - Pesquisar se existe uma experiência exitosa de enfrentamento ao mosquito Aedes na comunidade escolar.

2ª Etapa:

- Conversar sobre a criação de uma dramatização cuja abordagem seja uma medida de controle do vetor; - Criar personagens, escrever roteiro e desenhar história da peça, expondo situações em que a comunidade local tenha se exposto ao vetor; - Pesquisar junto aos colegas, funcionários, moradores, funcionários, professores e gestores as ocasiões de vulnerabilidade ao vetor; - Discutir os meios de controlar a proliferação do mosquito Aedes na comunidade a fim de subsidiar o discurso dos personagens da dramatização; - Obter conhecimento, junto à Unidade Básica de Saúde local, a fim de fundamentar a elaboração do roteiro da peça; - Dividir a turma em equipes para produção das tomadas da peça e realização das entrevistas na comunidade; - Elaborar, em equipes, o roteiro da dramatização e coletar informações a fim de subsidiar a produção final da peça, provocando reflexões e mudanças de posturas frente ao problema socioambiental causado pelo vetor.

3ª Etapa:

- Elaborar e selecionar, com a opinião consensual das equipes, as cenas que comporão a dramatização; - Concluir a versão final da dramatização sobre as medidas de controle do vetor; - Apresentação da peça para a turma.

Desenvolvimento

Avaliação

Registro da participação nas equipes e do interesse individual no trabalho a partir de critérios como:

a) participação na elaboração da dramatização e, também, nas pesquisas sobre medidas de controle do vetor; b) argumentação em relação aos conceitos abordados durante a elaboração da dramatização em equipe; c) auto-avaliação da qualidade do trabalho e envolvimento de cada membro da equipe.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - N° 4

AUTORA: ANA RITA SANTANA DE JESUS COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE

Tema

 

As doenças causadas pelo Aedes aegypti

Público Alvo

 

2º e 3º ano Ensino Médio

 

Conhecer as características do mosquito

transmissor da dengue, zika e chinkungnya;

Identificar os sintomas das doenças;

Objetivos

Selecionar algumas práticas de prevenção para divulgar na comunidade educativa;

Compreender como as doenças se disseminam e como identificar seus sintomas.

 

1.

TV;

2. Vídeo;

3. Computador com acesso à internet.

4. Câmera fotográfica ou celular;

5. Lápis;

6.

Borracha;

Recursos

7. Caneta;

8. Cartolina;

9. Tinta;

10.Papel ofício.

11.Revistas;

12.Jornais.

Desenvolvimento

Desenvolvimento Imagem disponível em: http://www.acessa.com/saude/arquivo/dengue/2010/05/14-cidades/0322- aedes.jpg 1ª

Imagem disponível em:

http://www.acessa.com/saude/arquivo/dengue/2010/05/14-cidades/0322-

aedes.jpg

1ª Etapa:

Leitura de jornais e revistas sobre o tema. Discussões com os educandos sobre as doenças causadas pelo Aedes aegypti. Identificar as doenças causadas pelo mosquito. Fazer um painel identificando os sintomas de cada doença.

2ª Etapa:

Organização de dados quantitativos e a construção de tabelas com índices sobre os casos das doenças. Construção de gráficos com os resultados obtidos. Divida a classe em grupos e distribua papel, cada grupo vai fazer uma campanha de prevenção às doenças.

3ª Etapa:

Trabalhar a relação homem, sociedade, meio ambiente e saúde com os educandos. Organizar uma inspeção do ambiente escolar e limpeza na unidade escolar colégio como iniciativo para sensibilizar os educandos da necessidade de manter o ambiente limpo, evitando a reprodução do mosquito.

o ambiente limpo, evitando a reprodução do mosquito. Imagem disponível em:

Imagem disponível em: http://www.dengue.org.br/mosquito_aedes.html

4ª Etapa:

Identificar as causas do aumento das doenças. Trabalhar a qualidade de vida através do esporte, da conscientização e do conhecimento das doenças mais frequentes no bairro/município. Organizar uma peça com os educandos com o tema “as epidemia que assolam o nosso bairro/cidade/Estado” e apresentar a comunidade escolar.

Avaliação

A avaliação poderá ser feita em todos os momentos propostos, por meio da observação das vivências em cada atividade e dos registros individuais e cada aluno. É importante perceber a compreensão da turma sobre doenças e as formas de transmissão.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - N° 5

AUTORA: ANA RITA SANTANA DE JESUS COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE

Tema

Prevenção ao Mosquito da Dengue, Zika e Chinkungnya!

Público Alvo

 

1ª ano Ensino Médio

 
 

Provocar uma postura investigativa sobre a Dengue na exploração do ambiente institucional e seu entorno.

Objetivos

Sensibilizar a comunidade escolar e do entorno, para os perigos da dengue e a importância do envolvimento de todos em sua prevenção.

Sensibilizar os educandos para os cuidados com o ambiente, a saúde e a higiene.

Desenvolver

os

conceitos

de

sustentabilidade

e

reciclagem.

 

1. TV;

2. Vídeo;

3. Câmera fotográfica ou Celular;

 

4. Lápis;

5. Giz de cera;

6. Borracha;

Recursos

7. Caneta esferográfica;

 

8. Papel metro;

 

9. Tesoura;

10. Cola;

11 .Espetinhos de churrasco;

 

13.Informativos

sobre

como

evitar

o

criadouro

do

mosquito Aedes.

 

Desenvolvimento

Etapa:

Roda de conversa – com leitura de imagem: Que pode ser dentro ou fora da sala, o professor apresenta aos educandos imagens do mosquito da dengue; Questionar: Sabem o nome desse mosquito? Conhecem suas caracteriscas? Sabem o mal que esse mosquito pode causar às pessoas? Quais os sintomas que as pessoas sentem quando

são picadas por ele? Instigar a discussão e anotar no caderno as respostas dos educandos. Construção de um painel coletivo ilustrado/ pode ser em pequenos grupos.

Eu sou o Mosquito da Dengue! (colar a imagem e escrever o nome) Onde podem me encontrar? (colar imagens de possíveis criadouros) Quais os sintomas que as pessoas sentem quando

picados pelo mosquito? Pedir para os educandos colorirem, recortarem e colarem nos espaço reservado aos sintomas.

“Conhecendo o Mosquito!”

espaço reservado aos sintomas. “Conhecendo o Mosquito!” Imagem

Imagem

A/S_XFa0i8h3I/AAAAAAAAAQ8/AFaYmSDIvSs/s1600/1102077086--

sintomas.png>

disponível

em:<http://3.bp.blogspot.com/_GN6Y87WeM-

Como

educandos).

se

prevenir?

(escrever

as

falas

dos

Etapa:

 

Atividades: construção de Paródia: Dengue Colocar a paródia no papel metro;

Realizar a leitura cantada com os educandos várias vezes.

Fazer a compreensão oral da paródia;

Linguagem Gráfica: Desenho – Fazer um desenho

 

e

pintar sobre a paródia trabalhada.

Quando os educandos forem entregando os desenhos – Questionar sobre e se possível escrever as falas nos desenhos.

Etapa:

 

Linguagem Artística: Confeccionando máscaras do mosquito da dengue!

Construindo o mosquito da dengue com moldes de

cartolina!

Cantar novamente com os educandos a paródia! Imprimir os moldes em cartolina e tirar a Xerox para todos os alunos; Entregar a cada educando os seus moldes! Pedir para colorir – de preto (lápis oi giz de cera);

Pedir para recortar as partes e montar o mosquito, Colar em espetinhos de churrasco e guardar para

a

caminhada.

em espetinhos de churrasco e guardar para a caminhada. Fonte: Cantinho da Alê. Atividade coletiva, apresentação
em espetinhos de churrasco e guardar para a caminhada. Fonte: Cantinho da Alê. Atividade coletiva, apresentação

Fonte: Cantinho da Alê.

Atividade coletiva, apresentação de uma peça com

o

tema combate ao mosquito da Dengue!

 

Etapa:

Produção de texto coletivo: Incentive os educandos a produzirem um texto sobre a prevenção ao mosquito Aedes. Monte o cartaz com as imagens e escreva a historinha produzida pelo grupo. Produção, em equipe, de um vídeo sobre a prevenção ao mosquito Aedes.

 

Etapa:

Caminhada pela escola e comunidade: Eu, você,

nós no combate a DENGUE!

Avaliação

A avaliação poderá ser feita em todos os momentos propostos, por meio da observação das vivências nas atividades e dos registros individuais de cada aluno. É importante perceber a compreensão da turma sobre os sintomas da doença e a necessidade de sua prevenção. O professor deverá avaliar os alunos na participação das discussões e nas atividades propostas.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA – Nº 6

AUTORA: ANA RITA SANTANA DE JESUS COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE

Tema

 

Prevenção ao Mosquito da Dengue!

 

Público Alvo

 

1ª ano Ensino Médio

 
 

Sensibilizar

a

comunidade

escolar

da

Objetivos

responsabilidade de cada um no processo de prevenção e combate a dengue.

Conhecer

a

dengue:

sua

origem,

o

mosquito

transmissor e seus sinais e sintomas;

Conhecer o papel da escola no combate a dengue

 
 

1, TV;

 

Recursos

2. Vídeo;

3. Lápis;

4. Giz de cera;

5. Borracha;

6. Caneta esferográfica;

 

7. Papel metro;

 

8.

Tesoura;

9.

Cola;

10.

Informativos

sobre

como

evitar

o

criadouro

do

mosquito Aedes.

 
 

1ª Etapa:

 
 

Conversar com os alunos sondando o nível de conhecimento que eles têm sobre a dengue.

Sabe como se pega (contrai) essa doença?

 

E sobre os cuidados que devemos ter para evitar a dengue?

Já viram cartazes de alerta em algum local? Onde?

Apresentar textos e algumas ilustrações para os alunos sobre o tema. Divida a classe em grupos e distribua papel, cada grupo vai fazer sua campanha de prevenção à

 

dengue com ilustrações. Sugestões de ilustrações:

 

Desenvolvimento

 
Desenvolvimento    
 
 

Imagem disponível: http://www.nslourdes.com.br/dengue1.jpg

 
 
 

Imagem

disponível:

http://www.portalhoje.com/wp-

 

content/uploads/2010/10/dengue.jpg

 

Etapa:

 
 

Vamos observar os cartazes da campanha de

prevenção a dengue e ler as informações contidas neles. Converse com seus colegas sobre sua campanha. Quais as semelhanças entre eles?

Com quais finalidades esses cartazes foram produzidos?

 

3ª Etapa:

 
 

Entregar texto para os alunos com o tema. Leitura silenciosa e oral. Realizar debate sobre o tema. Produção de uma história em quadrinhos que conte uma medida de prevenção ao foco do mosquito.

4ª Etapa:

 
 

Elaboração de uma cartilha com o tema combate a Dengue

 

A

avaliação poderá ser feita em todos os momentos

Avaliação

propostos, por meio da observação das vivências em cada atividade e dos registros individuais de cada aluno. É importante perceber a compreensão da turma sobre as

atitudes que deverão ser tomadas para evitar a proliferação

do

mosquito Aedes aegypti.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA – Nº 7

AUTOR: ALTAIR DOS SANTOS CERQUEIRA COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE

Tema:

 

Ser Humano e Saúde

 

Público Alvo

 

Nível de Ensino - Ensino Fundamental 8ª Série

 
 

Identificar os principais sintomas da dengue;

 

Objetivos

Identificar

as

principais

formas

de

prevenção

e

tratamento da dengue

 
 

1.

Computador com acesso à internet.

 

2.

Este site funciona como banco de informações que podem ser utilizados para pesquisa.

Recursos

<http://www.fiocruz.br/ioc/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=346&sid=3

2>

 

1ª Etapa:

 

Pergunte a turma se todos conhecem a dengue e como podemos evitá-la? Haverá inúmeras respostas, e após ouvi-las, faça então um desafio – solicite que eles pesquisem os seguintes tópicos:

 

1. Dengue: histórico, mosquito, doença.

 

2. Combate: como combater a doença e preventivo;

 

3. Tratamento: os sintomas e orientações para o tratamento;

2ª Etapa:

 

Desenvolvimento

Será no laboratório de informática (ambiente informatizado) e que o trabalho será desenvolvido em duplas – você, professor(a) pode permitir que os alunos as montem ou você pode montá-las. (explique como uma dupla deve trabalhar em conjunto, ou seja, que cada um é importante e que deve haver um respeito mútuo entre eles e que as tarefas deverão ser feitas em conjunto). No laboratório de informática, faça que cada grupo explore o atalho do programa sobre dengue (já devidamente criado) ou se preferir, faça que os alunos acessem a página do RIVED e eles mesmos baixem o programa sobre dengue (conforme orientações acima citadas). Oriente a dupla quanto a exploração do site. Peça que eles não acessem o item Teste e explique que eles terão cerca de 30 minutos para acessar todo o programa. Caso seja necessário,

oriente os alunos quanto a compreensão dos conceitos apresentados no programa. Após o término desse prazo peça que os grupos acessem o item teste para faze-lo (lembre os alunos a raciocinarem ao escolherem a resposta – falso ou verdadeiro – e que não devem chutar a resposta). Fale para o grupo que eles devem fazer esse teste somente uma vez e aguardar você, professor(a), anotar o resultado.

3ª Etapa:

 

Peça para a turma fazer um círculo e discuta novamente o assunto (brevemente), reiterando as perguntas feitas na 1ª Etapa: Solicite

a

participação de todos e incentive-os a responder tais questões.

Essa discussão deve durar, no máximo,30minutos. Para a finalização do assunto, peça que cada grupo elabore um folder, cartilha e/ou cartaz sobre o assunto. Para um maior aprofundamento do mesmo, você pode sugerir que eles façam uma pesquisa na internet sobre o assunto (veja recursos complementares – sites) digitando “dengue” (fique atento sobre a fidedignidade/validade das informações obtidas nos sites, dê

preferência a sites de universidades e/ou entidades que entendam

do

assunto)

ou

acessar

o

site

http://www.fiocruz.br/ioc/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=346&sid

=32 (já com atalho no desktop) para obter maiores informações

sobre

 

a

dengue.

Você, professor(a), ao solicitar que o grupo elabore um folder sobre

o

assunto pode introduzir, neste momento, o conceito de frases,

parágrafos, etc., ou seja, conceitos ligados à Língua Portuguesa.

Além

disso, faz-se necessário

especificar

assuntos

para

a

montagem do folder, ou seja, você, professor(a) deve criar/elaborar

a

estrutura do folder, por exemplo:

 

MODELO DE FOLDER Capa: título, figura, nome dos alunos, série, turma, nome do(a) professor(a), nome da instituição de ensino, data e local.

 
 

Conteúdo:

 

Dengue: histórico

Doença: tipos e seus sintomas;

 

Mosquito: Aedes egypti como principal transmissor da dengue, seu histórico e seu ciclo de vida;

 

Combate: como combater a doença e preventivo;

Tratamento: os sintomas e orientações para o tratamento;

 

Agradecimentos e colaboradores

 

Além disso, você, professor(a), pode introduzir conceitos ligados à manipulação correta do programa de editor de textos. Grave o produto do grupo e o imprima.

 

Atividades complementares:

 
 

1.

Você pode discutir o que o Governo Brasileiro, o seu governo estadual/municipal/distrital e o que você estão fazendo para evitar proliferação da dengue na sua

   

cidade;

 

2.

Propor que os alunos façam uma campanha para evitar a dengue na sua cidade/município/cidade (por meio de uma campanha na comunidade escolar e/ou, na reunião de pais, cada turma irá conscientizar os pais da turma ao lado sobre esta questão e/ou outra atividade social);

Expor todo o material produzido no pátio da escola ou numa

.

 

A

avaliação

dos

alunos

pode

ser

feita

das

seguintes

maneiras:

 

1.

Discussão

sobre

o

assunto

na

turma;

2. O grupo pode realizar o teste proposto no programa

Avaliação

(possui

 

dez

questões)

3. Elaboração de um cartaz/folder no computador sobre o

 

assunto pelos alunos (utilizando programas de edição de

texto

nos

sistemas

Windows

e

Linux);

4. Elaboração de uma Campanha para combater a dengue na comunidade escolar.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - N° 8

AUTOR: ALTAIR DOS SANTOS CERQUEIRA COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE

Tema:

 

Ser Humano e saúde

 

Público Alvo

 

Ensino Fundamental – 8 série

 
 

•Identificar os principais sintomas da dengue;

 

Objetivos

•Identificar

as

principais

formas

de

prevenção

e

tratamento da dengue.

 
 

1.

-Computador com Internet, TV, Vídeo

 

2.

Para outras informações acesse o sítio:

Recursos

<http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm

 

?idtxt=22207>

 
 

1ª ETAPA:

Professor, inicie a Etapa: com a turma organizada em uma roda de conversa. Pergunte aos alunos o que sabem sobre a Dengue. Construa um cartaz com as hipóteses das crianças sobre o que é esta doença. Após o diálogo e a confecção do cartaz, leve a turma ao Laboratório de Informática da escola e assista ao vídeo sugerido abaixo:

Informática da escola e assista ao vídeo sugerido abaixo: Fonte: http://www.dengue.org.br/dengue.html Desenvolvimento

Fonte: http://www.dengue.org.br/dengue.html

Desenvolvimento

Após assistirem ao vídeo, converse com os alunos sobre o que aprenderam acerca da história da Dengue e sobre o que é esta doença. Aproveite para confeccionar um novo cartaz com as novas informações que poderão confirmar ou refutar as hipóteses dos alunos elaboradas no primeiro cartaz. Trabalhe com a turma as informações contidas no sítio que revelam o que é a Dengue, sendo esta, uma doença infecciosa causada por vírus, que ocorre com mais frequência em áreas tropicais e subtropicais do mundo, como no Brasil.

2ª ETAPA:

Professor, para esta Etapa: a discussão será em torno da forma como podemos adquirir a Dengue. A turma já compreendeu que a Dengue é uma doença transmitida pela fêmea do mosquito Aedes aegypti. Divida a turma em duplas e leve o grupo para o Laboratório de Informática. Informe às crianças que o objetivo é acessar o sítio sugerido abaixo e fazer a leitura do texto para desvendar outras informações sobre a Dengue.

do texto para desvendar outras informações sobre a Dengue. Fonte:

Fonte: http://recreionline.abril.com.br/fique_dentro/ciencia/corpohu

mano/conteudo_271393.shtml

Depois que todos lerem e fazerem novas descobertas sugira que cada dupla elabore um texto explicando sobre a forma de transmissão da doença e outras informações relevantes sobre a mesma que o texto, do sítio, faz referência. Após a escrita do texto e da sua ilustração, propicie um momento de socialização, em que cada dupla possa ler e comunicar a sua escrita.

3ª ETAPA:

cada dupla possa ler e comunicar a sua escrita. 3ª ETAPA: Fonte: http://www.dengue.org.br/mosquito_aedes.html

Fonte: http://www.dengue.org.br/mosquito_aedes.html Professor é importante que o aluno conheça o desenvolvimento do mosquito da Dengue para compreender a importância da prevenção, a forma de reprodução e proliferação. Para esta Etapa:, sugerimos que a turma assista no Laboratório de Informática, ao vídeo sugerido abaixo. Com este vídeo, temos como objetivo que as crianças compreendam o ciclo de vida do mosquito transmissor do vírus da Dengue. Vida Do Aedes Aegypti

transmissor do vírus da Dengue. Vida Do Aedes Aegypti Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=O0h7BgXLQzU

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=O0h7BgXLQzU

Professor, depois de assistirem ao vídeo, divida a sala em grupos de quatro ou cinco alunos e proponha que cada grupo faça um cartaz ilustrativo das fases de vida do mosquito. Após a confecção dos cartazes, os mesmos poderão ser expostos no mural da escola para que toda a comunidade escolar tenha acesso às informações. Você também poderá agendar um horário com outras turmas para que os alunos socializem as descobertas, por meio de uma exposição oral, desta forma estará trabalhando a linguagem oral e escrita.

Avaliação

Professor, a avaliação deverá ser feita em todos os momentos propostos, por meio da observação das vivências em cada atividade proposta e dos registros individuais de cada aluno. É importante perceber a compreensão da turma sobre o que é a Dengue e as formas de transmissão da doença.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - N° 9

AUTOR: ALTAIR DOS SANTOS CERQUEIRA

COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE

Tema:

Meio Ambiente e Saúde

Público Alvo

Ensino Médio 1ª Série

 

Recursos

Computador com Internet, TV, Vídeo Para outras informações sobre o combate da dengue poderá ser acessado o site: http://www.combatadengue.com.br/

 

Etapa

Motivação inicial para o estudo da Dengue e levantamento dos conhecimentos prévios dos alunos

   

O

professor deverá perguntar aos alunos se eles já ficaram

doentes alguma vez, como se sentiram etc

Feito isto, o

professor deverá apresentar o tema da Etapa: aos alunos.

 

O

professor deverá perguntar se os alunos sabem: o que é

Dengue, como se contrai a doença, como se pode evitá-la etc. Este é um tema bastante comentado na mídia, então provavelmente todos os alunos saberão alguma coisa sobre

esta doença.

 

Desenvolvimento

Pergunte se alguém da classe já teve dengue ou se conhece alguém que já teve a doença. Pergunte se sabem algo sobre os sintomas e a forma de tratamento. Veja também se eles conhecem algo sobre a forma de transmissão da doença e de como prevení-la. Após a conversa, o professor perguntará e registrará no quadro o que os alunos sabem e desejam aprender sobre o mosquito Aedes Aegypti transmissor da doença denominada dengue.

 
 

2ª Etapa

 

Recursos Interativos

 

Depois de introduzido o assunto, o professor deverá apresentar o recurso abaixo, que poderão acessá-lo no computador colocando o endereço no navegador Mozilla Firefox. Solicite que os alunos dividam-se em duplas e/ou trios para o desenvolvimento das atividades seguintes. Mesmo estando em duplas ou trios, é importante que todos os alunos tenham a oportunidade de manusear o recurso e que tenham um tempo razoável para que possam explorá-lo.

Recurso:

 
 

link do Recurso no site do Portal do Professor: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/recurso

s/926/187.swf

 

Há no recurso várias opções de exploração tais como:

Dengue: nesta opção o aluno poderá conhecer, por meio de uma imagem, como é o mosquito da dengue, qual é o seu ciclo de vida e como a transmissão da doença pode ocorrer.

Figura 1 - Tela do recurso que aborda a temática da dengue Combate: nesta opção

Figura 1 - Tela do recurso que aborda a temática da dengue Combate: nesta opção o aluno poderá conhecer algumas medidas de combate à dengue, clicando em vários objetos do cenário como, por exemplo, piscina e, então, conhecer o que deve ser feito para que este não seja um local de proliferação da doença.

que este não seja um local de proliferação da doença. Figura 2 - Tela do recurso

Figura 2 - Tela do recurso que aborda a temática do combate à dengue

Tratamento: nesta opção o aluno poderá conhecer quais são os tratamentos que aliviam os sintomas da dengue, também clicando em alguns objetos do cenário para obter tais informações. Por exemplo, ao clicar em um copo que está no cenário há a informação de que a pessoa que está com dengue deve beber muita água!

Figura 3 - Tela do recurso que aborda a temática do tratamento da dengue Teste:

Figura 3 - Tela do recurso que aborda a temática do tratamento da dengue

Teste: nesta opção o aluno poderá testar os conhecimentos adquiridos no recurso, por meio de questionamentos em que deverá responder se tal afirmação é verdadeira ou falsa.

deverá responder se tal afirmação é verdadeira ou falsa. Figura 4 - Tela do recurso que

Figura 4 - Tela do recurso que aborda a parte dos testes Ao terminar a exploração do recurso, sugerimos que o professor pergunte aos alunos o que eles aprenderam sobre a Dengue, e então procure sistematizar os conhecimentos que foram trabalhados antes e depois da apresentação e exploração do recurso. O professor poderá anotar no quadro-negro os principais pontos, solicitando que os alunos copiem esses dados em um arquivo no Kword do laptop. Perguntar aos alunos que dúvidas eles tem em relação ao assunto em estudo, procurando saná-las coletivamente, com auxilio de todos os alunos.

Para acessar o Kword:

3ª Etapa Turma da Mônica contra a Dengue Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=vZgmsDT10E8&feature=f vw Após a

3ª Etapa

Turma da Mônica contra a Dengue

3ª Etapa Turma da Mônica contra a Dengue Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=vZgmsDT10E8&feature=f vw Após a

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=vZgmsDT10E8&feature=f vw Após a realização da atividade RIVED (Rede Internacional Virtual de Educação) "Dengue", propor aos alunos que assistam ao vídeo "Turma da Mônica contra a Dengue". O vídeo pode ser tanto exibido pelo professor com a utilização de um projetor multimídia, como os alunos posso acessar o endereço pelo navegador Mozilla Firefox. Solicitar que anotem no arquivo do Kword os principais sintomas da doença.

4ª Etapa

Elaboração de um panfleto

Utilizando-se do programa KPresenter ou similar do computador, o professor deverá propor aos alunos que façam um panfleto explicativo sobre como Combater a Dengue. Além da sistematização do conteúdo aprendido, o professor poderá trabalhar a escrita da língua portuguesa. Os alunos, para a realização do panfleto, deverão aprender a copiar imagens da Internet e inseri-las nos textos (neste caso, nos panfletos). Para tanto, os alunos deverão utilizar-se do KPresenter [Iniciar -> Aplicativos -> Kpresenter].Com o KPresenter é possível criar o

panfleto especificando o tipo de formato de folha, isto é, se sua apresentação terá como saída uma folha A4, Legal, Letter, ou a tela do seu computador. Pode-se, ainda, definir a disposição do texto na apresentação, simplesmente clicando nos modelos existentes. Além disso, é possível inserir imagens.

O professor, como suporte para a realização de tal atividade, poderá mostrar aos alunos os cartazes distribuídos pelo ministério da saúde, panfletos e notícias de jornais da sua cidade que falem sobre mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue.

Em seguida, o professor deve propor e orientar os alunos no que diz respeito a elaboração de um panfleto, o qual será utilizado para conscientizar, alertar e orientar a comunidade escolar, funcionários, professores, alunos, família sobre o que é a dengue, os sintomas, o que fazer, como prevenir ou combater.

Para esta atividade organize a turma em grupos de quatro. Cada grupo deverá criar um panfleto. Aproveite o momento para auxiliar os grupos na construção do panfleto, na escrita das palavras e na organização das idéias. Depois que todos terminarem a atividade, poderão enviar via email o panfleto realizado para um dos outros grupos avaliarem o trabalho. Possibilite um momento de leitura e de correção dos panfletos pelos grupos. Após este momento, o panfleto deve retornar para o grupo que o escreveu, para que possam fazer as alterações sugeridas pelo grupo avaliador. Os critérios a ser levados em conta na avaliação podem ser:

clareza na exposição das informações, importância e correção das informações, adequação das imagens, uso adequado da linguagem e grafia correta das palavras. Exemplo de panfleto poderá ser encontrado no seguinte link: http://www.vespasiano.mg.gov.br/portal/index.php/licitacoes/97 -campanha-contra-a-dengue

Sugestão:

O link abaixo mostra como inserir figuras em textos :

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaEtapa:.html?Etapa:

=935

Ao término da confecção dos panfletos, faça cópias destes materiais e entregue aos alunos, para que eles possam colocar em espaços dentro da escola e levar estas informações também à comunidade escolar. Sugestão: os alunos poderão identificar na própria casa, escola, cidade situações passíveis de ocasionar o aparecimento do mosquito da dengue (locais com água parada, por exemplo). As imagens usadas nos panfletos poderiam ser feitas pelos próprios alunos com a WxCam [Iniciar -> Aplicativos -> Multimídia], retratando esses locais identificados como propensos a ser foco da doença. Ao término da confecção dos panfletos, faça cópias destes materiais e entregue aos alunos, para que eles possam colocar em espaços dentro da escola e levar estas informações também à comunidade escolar. Sugestão: os alunos poderão identificar na própria casa, escola, cidade situações passíveis de ocasionar o aparecimento do

 

mosquito da dengue (locais com água parada, por exemplo). As imagens usadas nos panfletos poderiam ser feitas pelos próprios alunos com a WxCam [Iniciar -> Aplicativos -> Multimídia], retratando esses locais identificados como propensos a ser foco da doença

 

-

A avaliação poderá ser feita em todos os momentos

propostos, por meio da observação das vivências nas atividades propostas e dos registros individuais de cada aluno. É importante perceber a compreensão da turma sobre os sintomas da doença e a necessidade de sua prevenção. O professor deverá avaliar os alunos na dedicação à exploração do recurso, na participação das discussões e atividades propostas.

-

Observar se entenderam as causas e consequências da

dengue a partir dos recursos e vídeos trabalhados e da atividade do momento 2;

-

Verificar se os alunos estão utilizando corretamente os

Avaliação

recursos do computador solicitados (copiar, inserir imagens, digitar textos);

Participam durante as discussões a respeito do assunto estudado, compreendendo as formas de evitar a dengue;

-

-

Envolvimento dos alunos ao confeccionarem o panfleto

sobre a dengue, bem como a sua realização levando-se em conta os critérios apontados na explicação da atividade;

O instrumento Teste, também poderá ser utilizada também como um recurso de avaliação.

Referências:

http://www.fiocruz.br/ioc/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=346&sid=32

http://www.vespasiano.mg.gov.br/portal/index.php/licitacoes/97-campanha-contra-a-

dengue

http://1.bp.blogspot.com/_Z9QrypYwqEo/R_Q1VXkNJ7I/AAAAAAAAAPU/x0mr2KNO1M/S

269/dengue.jpg e http://www.portalhoje.com/wp-content/uploads/2010/10/dengue.jpg

http://www.youtube.com/watch?v=vZgmsDT10E8&feature=fvw

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/recursos/926/187.swf

http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=22207

http://www.combatadengue.com.br/

http://marciacruzcoordenacaopassoapasso.blogspot.com.br/2013/08/tema-de-

olhos-vivo-no-mosquito-da-dengue.html

http://blogafceducacao.blogspot.com.br/2010/05/sequencia-didatica-3-ano-texto-

combate.html

http://www.aprendebrasil.com.br/especiais/revoltadavacina/epidemias_imprimir.as

p?strTitulo=As%20epidemias