Você está na página 1de 30

IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

PREFEITURA DE CAPITÃO POÇO

Prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias


Prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias
Prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias
Prova de Matemática e suas Tecnologias
A COR DA CAPA DO SEU CADERNO DE QUESTÕES É AZUL. MARQUE-A EM SEU CARTÃO-RESPOSTA.

ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado do seu CARTÃO-RESPOSTA, com sua


caligrafia usual, considerando as letras maiúsculas e minúsculas, a seguinte frase.

Suba o primeiro degrau com fé

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES SEGUINTES

1. Este CADERNO DE QUESTÕES contém 70 questões numeradas de 1 a 70, dispostas da seguinte maneira:
a) questões de número 1 a 10, relativas à área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
b) questões de número 11 a 30 são relativas à área de Ciências Humanas e suas Tecnologias;
c) questões de número 31 a 60 são relativas à área de Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
d) questões de número 61 a 70 são relativas à área de Matemática e suas Tecnologias;

2. Confira se o seu CADERNO DE QUESTÕES contém a quantidade de questões e se essas questões estão na ordem
mencionada na instrução anterior. Caso o caderno esteja incompleto, tenha qualquer defeito ou apresente divergência,
comunique ao aplicador da sala para que ele tome as providências cabíveis.
3. Para cada uma das questões objetivas, são apresentadas 5 opções identificadas com as letras , , , e . Apenas
uma responde corretamente à questão.
4. O tempo disponível para estas provas é de quatro horas.
5. Reserve os 30 minutos finais para marcar seu CARTÃORESPOSTA. Os rascunhos e as marcações assinaladas no
CADERNO DE QUESTÕES não serão considerados na avaliação.
6. Quando terminar as provas, acene para chamar o aplicador e entregue este CADERNO DE QUESTÕES e o CARTÃO-
RESPOSTA.
7. Você poderá deixar o local de prova somente após decorridas duas horas do início da aplicação e poderá levar seu
CADERNO DE QUESTÕES ao deixar em definitivo a sala de provas nos 30 minutos que antecedem o término das provas
LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

Questões de 01 a 10

QUESTÃO 01

Disponível em: www.ccsp.com.br. Acesso em: 26 jul. 2010 (adaptado)

O anúncio publicitário está internamente ligado ao ideário de consumo quando sua função é vender
um produto. No texto apresentado, utilizam-se elementos linguísticos e extralinguísticos para
divulgar a atração “Noites do Terror”, de um parque de diversões. O entendimento da propaganda
requer do leitor:
a identificação com o público-alvo a que se destina o anúncio.
a avaliação da imagem como uma sátira às atrações de terror.
a atenção para a imagem da parte do corpo humano selecionada aleatoriamente.
o reconhecimento do intertexto entre a publicidade e um dito popular.
a percepção do sentido literal da expressão “noites do terror”, equivalente à expressão
“noites de terror”.

QUESTÃO 02
SONETO DE FIDELIDADE
De tudo ao meu amor serei atento
Antes e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou ao seu contentamento.
E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama.
Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.
(MORAES, Vinícius de. Antologia poética. São Paulo: Cia das Letras, 1992)

A palavra mesmo pode assumir diferentes significados, de acordo com a sua função na frase.
Assinale a alternativa em que o sentido de mesmo equivale ao que se verifica no 3º. verso da 1ª.
estrofe do poema de Vinícius de Moraes.
“Pai, para onde fores, / irei também trilhando as mesmas ruas…” (Augusto dos Anjos)
“Agora, como outrora, há aqui o mesmo contraste da vida interior, que é modesta, com a
exterior, que é ruidosa.” (Machado de Assis)
“Havia o mal, profundo e persistente, para o qual o remédio não surtiu efeito, mesmo em
doses variáveis.” (Raimundo Faoro)
“Mas, olhe cá, Mana Glória, há mesmo necessidade de fazê-lo padre?” (Machado de Assis)
“Vamos de qualquer maneira, mas vamos mesmo.” (Aurélio)

CursinhoPopular - LC - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página2


QUESTÃO 03
“Os filhos de Ana eram bons, uma coisa verdadeira e sumarenta. Cresciam, tomavam banho,
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

exigiam para si, malcriados, instantes cada vez mais completos. A cozinha era enfim espaçosa, o
fogão enguiçado dava estouros. O calor era forte no apartamento que estavam aos poucos
pagando. Mas o vento batendo nas cortinas que ela mesma cortara lembrava-lhe que se quisesse
podia parar e enxugar a testa, olhando o calmo horizonte. Como um lavrador. Ela plantara as
sementes que tinha na mão, não outras, mas essas apenas. (…)”
LISPECTOR, C. Laços de família. Rio de Janeiro: Rocco, 1998.
A autora emprega por duas vezes o conectivo mas no fragmento apresentado. Observando aspectos
da organização, estruturação e funcionalidade dos elementos que articulam o texto, o
conectivo mas:
expressa o mesmo conteúdo nas duas situações em que aparece no texto.
quebra a fluidez do texto e prejudica a compreensão, se usado no inicio da frase.
ocupa posição fixa, sendo inadequado seu uso na abertura da frase.
contem uma ideia de sequência temporal que direciona a conclusão do leitor.
assume funções discursivas distintas nos dois contextos de uso.

QUESTÃO 04
Nas conversas diárias, utiliza-se frequentemente a palavra “próprio” e ela se ajusta a várias
situações. Leia os exemplos de diálogos:
I. – A Vera se veste diferente!
– É mesmo, é que ela tem um estilo próprio.
II. – A Lena já viu esse filme uma dezena de vezes! Eu não consigo ver o que ele tem de tão
maravilhoso assim.
– É que ele é próprio para adolescente.
III. – Dora, o que eu faço? Ando tão preocupada com o Fabinho! Meu filho está impossível!
– Relaxa, Tânia! É próprio da idade. Com o tempo, ele se acomoda.
Nas ocorrências I, II e III, “próprio” é sinônimo de, respectivamente,
adequado, particular, típico.
peculiar, adequado, característico.
conveniente, adequado, particular.
adequado, exclusivo, conveniente.
peculiar, exclusivo, característico.

QUESTÃO 05

Observando as falas das personagens, analise o emprego do pronome SE e o sentido que adquire no
contexto. No contexto da narrativa, é correto afirmar que o pronome SE:
em I, indica reflexividade e equivale a “a si mesmas”.
em II, indica reciprocidade e equivale a “a si mesma”.
em III, indica reciprocidade e equivale a “umas às outras”.
em I e III, indica reciprocidade e equivale a “umas às outras”.
em II e III, indica reflexividade e equivale a “a si mesma ” e “a si mesmas”, respectivamente.

CursinhoPopular- LC - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página3


QUESTÃO 06
Leia a tirinha para responder à questão.
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

Considerando as regras de concordância nominal e verbal, de acordo com a norma-padrão da língua


portuguesa, assinale a alternativa correta.
A comunicação e a confiança dos filhos serão aumentadas se os pais responderem às
perguntas feitas por eles com clareza e simplicidade.
A comunicação e a confiança dos filhos será aumentadas se os pais responderem às perguntas
feitas por eles com clareza e simplicidade.
A comunicação e a confiança dos filhos será aumentada se os pais responderem às perguntas
feitas por eles com clareza e simplicidade.
A comunicação e a confiança dos filhos serão aumentada se os pais responderem às perguntas
feitas por eles com clareza e simplicidade.
A comunicação e a confiança dos filhos serão aumentadas se os pais responderem às
perguntas feita por eles com clareza e simplicidade.

QUESTÃO 07
Sobre a intertextualidade explícita, podemos afirmar que:
Ocorre de maneira velada, sem a citação expressa do texto-fonte, cabendo ao leitor reativar
informações em sua memória para perceber a intertextualidade.
Ocorre, apenas, nos textos poéticos, não sendo admitida em outros gêneros, como o gênero
anúncio publicitário.
Ocorre somente por meio de paráfrase e paródia do texto-fonte.
Trata-se de um plágio do texto-fonte, ou seja, uma transcrição integral do texto-fonte.
Ocorre a citação da fonte do intertexto, podendo ser encontrada nas citações, nos resumos,
resenhas e traduções, além de estar presente também em diversos anúncios publicitários.

CursinhoPopular- LC - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página 4


QUESTÃO 08
Quem não passou pela experiência de estar lendo um texto e defrontar-se com passagens já lidas em
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

outros? Os textos conversam entre si em um diálogo constante. Esse fenômeno tem a denominação
de intertextualidade. Leia os seguintes textos:
I. Quando nasci, um anjo torto
Desses que vivem na sombra
Disse: Vai Carlos! Ser “gauche” na vida.
(ANDRADE, Carlos Drummond de. Alguma poesia. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1964)

II. Quando nasci veio um anjo safado


O chato dum querubim
E decretou que eu tava predestinado
A ser errado assim
Já de saída a minha estrada entortou
Mas vou até o fim.
(BUARQUE, Chico. Letra e Música. São Paulo: Cia das Letras, 1989)
III. Quando nasci um anjo esbelto
Desses que tocam trombeta, anunciou:
Vai carregar bandeira.
Carga muito pesada pra mulher
Esta espécie ainda envergonhada.
(PRADO, Adélia. Bagagem. Rio de Janeiro: Guanabara, 1986)

Adélia Prado e Chico Buarque estabelecem intertextualidade, em relação a Carlos Drummond de


Andrade, por
reiteração de imagens.
oposição de ideias.
falta de criatividade.
negação dos versos.
ausência de recursos.

QUESTÃO 09
Leia a tirinha:

O vocábulo “somente” poderia, sem alterar o sentido do texto, ser substituído por
normalmente.
exclusivamente.
na maioria das vezes.
eventualmente.
principalmente.

CursinhoPopular- LC - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página 5


QUESTÃO 10
A legião on-line
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

Um dos temas de “O Romance Luminoso”, a obra póstuma e incrivelmente contemporânea de


Mario Levrero, é o uso da internet como antidepressivo. Sem alcançar a tal experiência luminosa
que lhe permitiria escrever um romance iniciado há 15 anos, o autor passa os dias em frente ao
computador curtindo o fracasso. Baixa e elabora programas, joga paciência, busca sites ao acaso.
Nas raras vezes em que desgruda da tela, recorre a outro vício: a televisão.
É um transtorno cada vez mais comum. Todo mundo conhece alguém que está sempre conectado;
acorda e já olha o celular, o qual dormiu ao lado dele na cama; checa os aplicativos de cinco em
cinco minutos; quando não está on-line, sente ansiedade, mau humor, angústia, tristeza. Os viciados
em smartphones são uma legião.

Publicado em 2005, o livro de Levrero destaca-se não só pela atualidade mas também pelo caráter
profético. A páginas tantas, o autor anota: “O mundo do computador já foi invadido pelos abjetos*,
e quanto mais barato fica mais cresce a abjeção. Não porque os pobres sejam necessariamente
abjetos, e sim porque as pessoas mais vivas usarão as maravilhas tecnológicas para embrutecer mais
ainda os pobres”.
E conclui: “A internet tem mostrado, cada vez mais claramente, para que nasceu, e, com vistas a
esse objetivo, será controlada por comerciantes e estadistas”. Isso nos leva, naturalmente, a pensar
na relação das redes sociais com a empresa de dados políticos ligada à campanha presidencial de
Donald Trump. Ou, em outro caso, sendo obrigadas a excluir contas por suspeita de fraude.
Esse cenário de disseminação de informações questionáveis – com o fim de manipular condutas –,
mas que em geral têm aceitação, aprofunda mais ainda a abjeção diagnosticada por Levrero.
Que tal passar mais tempo off-line?
(Alvaro Costa e Silva. Folha de S.Paulo, 11.08.2018. Adaptado)

*Abjeto: de abjeção → ato, estado ou condição que revela alto grau de torpeza, degradação.

A reescrita do trecho “Nas raras vezes em que desgruda da tela, recorre a outro vício: a televisão.”
preserva o sentido do texto original e atende à norma-padrão de pontuação e de regência verbal, em:
A televisão é, outro vício com o qual recorre nas raras vezes em que desgruda da tela.
A televisão é outro vício no qual recorre nas raras vezes em que, desgruda da tela.
A televisão é outro vício ao qual recorre, nas raras vezes em que desgruda da tela.
A televisão é outro vício pelo qual, recorre nas raras vezes em que desgruda da tela.
A televisão é outro vício do qual recorre nas raras vezes, em que desgruda da tela.

CursinhoPopular- LC - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página6


CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

(GEOGRAFIA)→ Questões de 11 a 20

QUESTÃO 11
O sociólogo espanhol Manuel Castells sustenta que “a comunicação de valores e a mobilização em
torno do sentido são fundamentais. Os movimentos culturais (entendidos como movimentos que
têm como objetivo defender ou propor modos próprios de vida e sentido) constroem-se em torno de
sistemas de comunicação – essencialmente a internet e os meios de comunicação – porque esta é a
principal via que esses movimentos encontram para chegar àquelas pessoas que podem
eventualmente partilhar os seus valores, e a partir daqui atuar na consciência da sociedade no seu
conjunto”.
(Disponível em: www.compolitica.org. Acesso em: 2 mar. 2012).
Em 2011, após uma forte mobilização popular via redes sociais, houve a queda do governo de
Hosni Mubarak, no Egito. Esse evento ratifica o argumento de que
a internet atribui verdadeiros valores culturais aos seus usuários.
a consciência das sociedades foi estabelecida com o advento da internet.
a revolução tecnológica tem como principal objetivo a deposição de governantes
antidemocráticos.
os recursos tecnológicos estão a serviço dos opressores e do fortalecimento de suas práticas
políticas.
os sistemas de comunicação são mecanismos importantes de adesão e compartilhamento de
valores sociais.

QUESTÃO 12
A recuperação da herança cultural africana deve levar em conta o que é próprio do processo
cultural: seu movimento, pluralidade e complexidade. Não se trata, portanto, do resgate ingênuo do
passado nem do seu cultivo nostálgico, mas de procurar perceber o próprio rosto cultural brasileiro.
O que se quer é captar seu movimento para melhor compreendê-lo historicamente.
(MINAS GERAIS. Cadernos do Arquivo 1: Escravidão em Minas Gerais. Belo Horizonte: Arquivo Público Mineiro, 1988.)
Com base no texto, a análise de manifestações culturais de origem africana, como a capoeira ou o
candomblé, deve considerar que elas
permanecem como reprodução dos valores e costumes africanos.
perderam a relação com o seu passado histórico.
derivam da interação entre valores africanos e a experiência histórica brasileira.
contribuem para o distanciamento cultural entre negros e brancos no Brasil atual.
demonstram a maior complexidade cultural dos africanos em relação aos europeus.

QUESTÃO 13
A África também já serviu como ponto de partida para comédias bem vulgares, mas de muito
sucesso, como Um príncipe em Nova York e Ace Ventura: um maluco na África; em ambas, a
África parece um lugar cheio de tribos doidas e rituais de desenho animado. A animação O rei
Leão, da Disney, o mais bem-sucedido filme americano ambientado na África, não chegava a contar
com elenco de seres humanos.
LEIBOWITZ, E. “Filmes de Hollywood sobre África ficam no clichê”. Disponível em: http://noticias.uol.com.br. Acesso em: 17 abr. 2010.

A produção cinematográfica referida no texto contribui para a constituição de uma memória sobre a
África e seus habitantes. Essa memória enfatiza e negligencia, respectivamente, os seguintes
aspectos do continente africano:
A história e a natureza.
O exotismo e as culturas.
A sociedade e a economia.
O comércio e o ambiente.
A diversidade e a política.

CursinhoPopular - CH - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página 7


QUESTÃO 14
O Brasil é considerado por muitos estudiosos como um país de industrialização tardia ou país
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

subdesenvolvido industrializado. Denominações à parte, é certo que o Brasil tem aumentado a


participação dos produtos industriais na pauta das exportações. Analise as afirmações sobre o
processo de industrialização brasileiro.
( ) Apesar de vir perdendo indústrias nas últimas duas décadas, a região Sudeste ainda mantém a
liderança nacional tanto no que se refere ao valor de produção como quanto ao número de
empregados no setor industrial.
( ) Um novo modelo de industrialização tem sido instalado no Brasil. Trata-se da criação de Zonas
Especiais de Exportação em áreas densamente povoadas como o litoral da região Norte e na área
central da região Sul.
( ) Até a década de 1990, a metrópole de São Paulo concentrava ¾ da produção nacional de
veículos. Na última década, as transnacionais automobilísticas optaram pela descentralização e
surgiram unidades produtivas em outras regiões como o Sul e o Nordeste.
( ) Permanece em vigor o modelo de substituição de importações da década de 1950; apesar das
políticas neoliberais e do processo de globalização, a produção nacional continua protegida das
importações de bens industriais concorrentes aos nacionais.
( ) A internacionalização do processo de industrialização ocorreu em fases sucessivas: uma delas
foi no período JK quando se instalaram no País indústrias de bens de consumo duráveis; a mais
recente está associada às privatizações das estatais na década de 1990.
V, V, F,V, V
F, F, F, V, F
V, F, V, F, V
V, F, V, F, F
V, V, V, F, V

QUESTÃO 15
Estamos testemunhando o reverso da tendência histórica da assalariação do trabalho e socialização
da produção, que foi característica predominante na era industrial. A nova organização social e
econômica baseada nas tecnologias da informação visa à administração descentralizadora, ao
trabalho individualizante e aos mercados personalizados. As novas tecnologias da informação
possibilitam, ao mesmo tempo, a descentralização das tarefas e sua coordenação em uma rede
interativa de comunicação em tempo real, seja entre continentes, seja entre os andares de um
mesmo edifício.
(CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo:
Paz e Terra, 2006 (adaptado).

No contexto descrito, as sociedades vivenciam mudanças constantes nas ferramentas de


comunicação que afetam os processos produtivos nas empresas. Na esfera do trabalho, tais
mudanças têm provocado
o aprofundamento dos vínculos dos operários com as linhas de montagem sob influência dos
modelos orientais de gestão.
o aumento das formas de teletrabalho como solução de larga escala para o problema do
desemprego crônico.
o avanço do trabalho flexível e da terceirização como respostas às demandas por inovação e
com vistas à mobilidade dos investimentos.
a autonomização crescente das máquinas e computadores em substituição ao trabalho dos
especialistas técnicos e gestores.
o fortalecimento do diálogo entre operários, gerentes, executivos e clientes com a garantia de
harmonização das relações de trabalho.

CursinhoPopular - CH - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página 8


QUESTÃO 16
Entre as causas que explicam a relativa diminuição de concentração industrial na área metropolitana
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

de São Paulo podemos considerar


I. A deseconomia de escala na região, em face dos baixos custos de produção.
II. Um sindicalismo forte e atuante na Grande São Paulo e nos arredores.
III. Incentivos Fiscais oferecidos por outras regiões.

Está correto o que se afirma em


apenas I e II.
apenas II e III.
apenas I e III.
apenas III.
I, II e III.

QUESTÃO 17
Assinale a alternativa que indica corretamente o fator considerado determinante para a localização
das indústrias durante a Primeira Revolução Industrial (final do século XVIII e meados do século
XIX).
Reservas de petróleo.
Incentivos fiscais.
Mão de obra especializada.
Jazidas de carvão mineral.
Disponibilidade de água.

QUESTÃO 18
João Maria trabalhava na colheita de cana de açúcar, na Zona da mata açucareira da região
Nordeste, quando resolveu migrar para São Paulo em busca de uma melhor qualidade de vida e de
empregos que pagassem melhor. João Maria realizou uma migração interna do tipo:
Migração intrarregional
Migração pendular
Migração inter-regional
Migração intermunicipal
Migração interestadual

QUESTÃO 19
Existem quatro tipos de pirâmides etárias que refletem a estrutura da sociedade. Sobre esses tipos de
pirâmides, assinale a alternativa INCORRETA:
A pirâmide jovem possui a base larga, o que indica altas taxas de natalidade. Sendo assim, a
população do lugar representado é considerada jovem.
A pirâmide adulta possui base larga, contudo, apresenta tendências de redução. O topo
aparece mais alargado bem como o corpo da pirâmide, que representa a população
economicamente ativa.
A pirâmide envelhecida possui a base larga, indicando aumento da população idosa e,
consequentemente, elevação da expectativa de vida. Além disso, seu topo é estreito, indicando
diminuição das taxas de natalidade.
A pirâmide rejuvenescida apresenta base alargada e topo também mais largo, tendência vista,
principalmente, em países desenvolvidos.
A pirâmide de base larga significa que a população em relação as mulheres está crescendo,
Isso significa mais renda para o pais.

CursinhoPopular - CH - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página 9


QUESTÃO 20
De acordo com o IBGE, o nordeste foi a região com maior retorno de migrantes do Brasil na
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

primeira década do século XXI. As principais causas para essa tendência são:
A diminuição do potencial atrativo da região sudeste e a recente recuperação econômica da
região nordestina.
A diminuição do potencial atrativo da região sudeste e a política de governo atual que
incentiva o regresso dos nordestinos para sua região, objetivando diminuir a violência nas
grandes cidades da região sudeste.
A recuperação econômica da região nordestina e a crise econômica que o restante do país vive
atualmente, que faz com que a região nordestina seja a região mais atrativa do país
atualmente.
A política de governo atual, que incentiva o regresso dos nordestinos para sua região,
objetivando diminuir a violência nas grandes cidades da região sudeste.
A descoberta do pré-sal na região nordestina, que atrai muitos nordestinos para a sua terra
natal visando trabalhar nas refinadoras de petróleo e a diminuição do potencial atrativo da
região sudeste.

(HISTÓRIA)→ Questões de 21 a 30

QUESTÃO 21
O regime político conhecido como Estado Novo implantado por golpe do próprio Presidente
Getúlio Vargas, em 1937, pode ser associado à(ao):
radicalização política do período representada pela Aliança Nacional Libertadora, de
orientação comunista, e pela Ação Integralista Brasileira, de orientação fascista.
modernização econômica do país e seu conflito com as principais potências
capitalistas do mundo, que tentavam lhe barrar o desenvolvimento.
ascensão dos militares à direção dos principais órgãos públicos, porque já se delineava
o quadro da Segunda Guerra Mundial.
democratização da sociedade brasileira em decorrência da ascensão de novos grupos
sociais como os operários.
retorno das oligarquias agrárias ao poder, restaurando-se a Federação nos mesmos
moldes da República Velha.

QUESTÃO 22
No período do Estado Novo, Vargas impulsionou o desenvolvimento da indústria de base no Brasil.
Para tanto, foi necessário:
o desmantelamento do setor agroindustrial e a desapropriação dos grandes latifúndios.
o enfraquecimento do controle estatal e o direcionamento da atividade industrial para o
setor privado.
a criação da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), a Companhia Vale do Rio Doce
(CVRD) e a Companhia Hidrelétrica de São Francisco.
a criação de comunas rurais ao longo do sertão brasileiro.
a criação de laços econômicos com companhias latino-americanas, visando assim a
uma associação pan-americanista industrial.

CursinhoPopular - CH - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página10


QUESTÃO 23
Essa imagem foi impressa em cartilha escolar durante a vigência do Estado Novo com o intuito de
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

destacar a sabedoria inata do líder governamental.


atender a necessidade familiar de obediência infantil.
promover o desenvolvimento consistente das atitudes solidárias.
conquistar a aprovação política por meio do apelo carismático.
estimular o interesse acadêmico por meio de exercícios intelectuais.

CursinhoPopular - CH - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página11


QUESTÃO 24
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

(Nosso Século. São Paulo: Abril Cultural, 1980.)

A charge de Ziraldo relaciona o autoritarismo ao nacionalismo característico dos governos militares


brasileiros, porque faz a seguinte denúncia:
a palavra de ordem seguia uma diretriz de patriotismo obrigatório.
o nacionalismo militarista supunha a negação da exploração capitalista.
o abandono do país significava a manutenção de fé no futuro da nação.
o autoritarismo tinha um respaldo inegável dos diversos segmentos sociais.
N.R.A

QUESTÃO 25
O processo de redemocratização brasileiro, no final da década de 1970, combinou pressões da
sociedade civil e a estratégia de distensão/abertura do próprio regime militar, como pode ser
observado na(no):
vitória do movimento popular das “Diretas Já”, permitindo eleições gerais diretas em 1982.
concessão de anistia “ampla, geral e irrestrita”, por lei de iniciativa do governo, mas que
excluía as principais lideranças ligadas ao governo derrubado em 1964.
total autonomia do movimento sindical, forçada pelas greves do ABCD paulista.
revogação dos Atos Institucionais, por iniciativa do governo, após negociação com setores
representativos da sociedade civil.
“pacote de abril” de 1977, que transformou o Congresso Nacional em Assembleia
Constituinte.

QUESTÃO 26
"O duque de Bridgewater censurava os seus homens por terem voltado tarde depois do almoço;
estes se desculparam dizendo que não tinham ouvido a badalada da 1 hora, então o duque modificou
o relógio, fazendo-o bater 13 badaladas."
Este texto revela um dos aspectos das mudanças oriundas do processo industrial inglês no final do
século XVIII e início do século XIX. A partir do conhecimento histórico, pode-se afirmar que:
os trabalhadores foram beneficiados com a diminuição da jornada de trabalho em
relação à época anterior à revolução industrial.
a racionalização do tempo foi um dos aspectos psicológicos significativos que marcou
o desenvolvimento da maquinofatura.
os empresários de Londres controlavam com mais rigor os horários dos trabalhadores,
mas como compensação forneciam remuneração por produtividade para os pontuais.
as fábricas, de modo em geral, tinham pouco controle sobre o horário de trabalho dos
operários, haja vista as dificuldades de registro e a imprecisão dos relógios naquele
contexto.
os industriais criaram leis que protegiam os trabalhadores que cumpriam corretamente
o horário de trabalho.

CursinhoPopular - CH - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página12


QUESTÃO 27
Sobre a inovação tecnológica no sistema fabril na Inglaterra do século XVIII, é correto afirmar que
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

ela:
foi adotada não somente para promover maior eficácia da produção, como também
para realizar a dominação capitalista, à medida que as máquinas submeteram os
trabalhadores a formas autoritárias de disciplina e a uma determinada hierarquia.
ocorreu graças ao investimento em pesquisa tecnológica de ponta, feito pelos
industriais que participaram da Revolução Industrial.
nasceu do apoio dado pelo Estado à pesquisa nas universidades.
deu-se dentro das fábricas, cujos proprietários estimulavam os operários a desenvolver
novas tecnologias.
foi única e exclusivamente o produto da genialidade de algumas gerações de
inventores, tendo sido adotada pelos industriais que estavam interessados em aumentar
a produção e, por conseguinte, os lucros.

QUESTÃO 28
Entre as décadas de 1930 e 1950 é possível observar a emergência de regimes denominados
populistas em diferentes países latino-americanos.
Sobre esses regimes na América Latina na primeira metade do século XX, assinale (V) para as
afirmativas verdadeiras e (F) paras as afirmativas falsas.
( ) Regimes populistas, de forma geral, podem ser definidos como governos fortes e
centralizados sob o domínio de líderes reformistas, ao mesmo tempo autoritários e
carismáticos, com grande apoio popular.
( ) Os principais representantes do populismo na America Latina são Evo Morales, na Bolívia;
Hugo Chavez, na Venezuela; e Luiz Inácio Lula da Silva, no Brasil.
( ) Os principais representantes do populismo nesse período foram Getúlio Vargas, no Brasil;
Lázaro Cárdenas, no México; e Juan Domingo Perón, na Argentina.
( ) No Brasil, por meio de forte propaganda política, promoção de grandes cerimônias públicas e
da instituição de uma legislação social, Getúlio Vargas conseguiu fazer com que a maioria dos
trabalhadores urbanos o identificasse como defensor das causas sociais e dos interesses
nacionais.
( ) Os governos populistas da Argentina, do Brasil e do México investiram na reforma agrária em
uma forte política de redistribuição de renda, iniciando um período de grande prosperidade e
desenvolvimento social na América Latina.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.


FVFVV
VVFVV
VFVVF
FFVVF
VVVVV

QUESTÃO 29
“Façamos a revolução antes que o povo a faça.” A frase, atribuída ao governador de Minas Gerais,
Antônio Carlos de Andrada, deixa entrever a ideologia política da Revolução de 1930, promovida
pelos interesses
da burguesia cafeicultora de São Paulo, com vistas à valorização do café.
do operariado, com o objetivo de aprofundar a industrialização.
dos partidos de direita fascistas, no intuito de estabelecer um Estado forte.
das oligarquias dissidentes, aliadas ao tenentismo pela reforma do Estado.
da burguesia industrial, na busca de uma política de livre iniciativa.

CursinhoPopular - CH - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página13


QUESTÃO 30
A Segunda Revolução Industrial, no final do século XIX e início do século XX, nos EUA, período
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

em que a eletricidade passou gradativamente a fazer parte do cotidiano das cidades e a alimentar os
motores das fábricas, caracterizou-se pela administração científica do trabalho e pela produção em
série.
MERLO, A. R. C.; LAPIS, N. L. A saúde e os processos de trabalho no capitalismo: reflexões na
interface da psicodinâmica do trabalho e a sociologia do trabalho. Psicologia e Sociedade, n. 1, abr. 2007.

De acordo com o texto, na primeira metade do século XX, o capitalismo produziu um novo espaço
geoeconômico e uma revolução que está relacionada com a:
proliferação de pequenas e médias empresas, que se equiparam com as novas
tecnologias e aumentaram a produção, com aporte do grande capital.
técnica de produção fordista, que instituiu a divisão e a hierarquização do trabalho, em
que cada trabalhador realizava apenas uma etapa do processo produtivo.
passagem do sistema de produção artesanal para o sistema de produção fabril,
concentrando-se, principalmente, na produção têxtil destinada ao mercado interno.
independência política das nações colonizadas, que permitiu igualdade nas relações
econômicas entre os países produtores de matérias-primas e os países industrializados.
constituição de uma classe de assalariados, que possuíam como fonte de subsistência a
venda de sua força de trabalho e que lutavam pela melhoria das condições de trabalho
nas fábricas.

CursinhoPopular - CH - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página14


CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

(QUÍMICA)→ Questões de 31 a 40

QUESTÃO 31
Para que apresente condutividade elétrica adequada a muitas
aplicações, o cobre bruto obtido por métodos térmicos é purificado
eletroliticamente. Nesse processo, o cobre bruto impuro constitui o
ânodo da célula, que está imerso em uma solução de CuSO4. À medida
que o cobre impuro é oxidado no ânodo, íons Cu2+ da solução são
depositados na forma pura no cátodo. Quanto às impurezas metálicas,
algumas são oxidadas, passando à solução, enquanto outras
simplesmente se desprendem do ânodo e se sedimentam abaixo dele.
As impurezas sedimentadas são posteriormente processadas, e sua
comercialização gera receita que ajuda a cobrir os custos do processo.
A série eletroquímica a seguir lista o cobre e alguns metais presentes
como impurezas no cobre bruto de acordo com suas forças redutoras relativas.
Entre as impurezas metálicas que constam na série apresentada, as que se sedimentam abaixo do
ânodo de cobre são:
Au, Pt, Ag, Zn, Ni e Pb.
Au, Pt e Ag.
Zn, Ni e Pb.
Au e Zn.
Ag e Pb.

QUESTÃO 32
O crescimento da produção de energia elétrica ao longo do tempo tem influenciado decisivamente o
progresso da humanidade, mas também tem criado uma séria preocupação: o prejuízo ao meio
ambiente. Nos próximos anos, uma nova tecnologia de geração de energia elétrica deverá ganhar
espaço: as células a combustível hidrogênio/oxigênio.

Com base no texto e na figura, a produção de energia elétrica por meio da célula a combustível
hidrogênio/oxigênio diferencia-se dos processos convencionais porque
transforma energia química em energia elétrica, sem causar danos ao meio ambiente, porque o
principal subproduto formado é a água.
converte a energia química contida nas moléculas dos componentes em energia térmica, sem
que ocorra a produção de gases poluentes nocivos ao meio ambiente.
transforma energia química em energia elétrica, porém emite gases poluentes da mesma forma
que a produção de energia a partir dos combustíveis fósseis.
converte energia elétrica proveniente dos combustíveis fósseis em energia química, retendo os
gases poluentes produzidos no processo sem alterar a qualidade do meio ambiente.
converte a energia potencial acumulada nas moléculas de água contidas no sistema em energia
química, sem que ocorra a produção de gases poluentes nocivos ao meio ambiente.

CursinhoPopular - CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página15


QUESTÃO 33
Pilhas e baterias são dispositivos tão comuns em nossa sociedade que, sem percebermos,
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

carregamos vários deles junto ao nosso corpo; elas estão presentes em aparelhos de MP3, relógios,
rádios, celulares etc. As semi-reações descritas a seguir ilustram o que ocorre em uma pilha de
óxido de prata.

Zn (s) + OH– (aq) → ZnO (s) + H2O (l) + e–

Ag2O (s) + H2O (l) + e– → Ag (s) + OH– (aq)

Zn (s) + Ag2O (s) → ZnO (s) + 2Ag (s)


Pode-se afirmar que esta pilha
é uma pilha ácida.
apresenta o óxido de prata como o ânodo.
apresenta o zinco como o agente oxidante.
tem como reação da célula a seguinte reação:
apresenta fluxo de elétrons na pilha do eletrodo de Ag2O para o Zn

QUESTÃO 34
Iniciativas do poder público para prevenir o
uso de bebidas alcoólicas por motoristas,
causa de muitos acidentes nas estradas do
país, trouxeram à ordem do dia, não sem
suscitar polêmica, o instrumento
popularmente conhecido como bafômetro.
Do ponto de vista de detecção e medição,
os instrumentos normalmente usados pelas
polícias rodoviárias do Brasil e de outros
países utilizam o ar que os “suspeitos”
sopram para dentro do aparelho, através de
um tubo descartável, para promover a
oxidação do etanol a etanal. O método
baseia-se no princípio da pilha de
combustível: o etanol é oxidado em meio
ácido sobre um disco plástico poroso
coberto com pó de platina (catalisador) e
umedecido com ácido sulfúrico, sendo um
eletrodo conectado a cada lado desse disco poroso. A corrente elétrica produzida, proporcional à
concentração de álcool no ar expirado dos pulmões da pessoa testada, é lida numa escala que é
proporcional ao teor de álcool no sangue. O esquema de funcionamento desse detector de etanol
pode ser visto na figura.
No estudo das pilhas, empregam-se códigos e nomenclaturas próprias da Química, visando
caracterizar os materiais, as reações e os processos envolvidos.
Nesse contexto, a pilha que compõe o bafômetro apresenta o
eletrodo A como cátodo.
etanol como agente oxidante.
eletrodo B como polo positivo.
gás oxigênio como agente redutor.
fluxo de elétrons do eletrodo B para o eletrodo A.

CursinhoPopular - CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página16


QUESTÃO 35
Os bafômetros (etilômetros) indicam a quantidade de álcool, C2H60 (etanol), presente no organismo
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

de uma pessoa através do ar expirado por ela. Esses dispositivos utilizam células a combustível que
funcionam de acordo com as reações químicas representadas:

Na reação global de funcionamento do bafômetro, os reagentes e os produtos desse tipo de célula


são
o álcool expirado como reagente; água, elétrons e H+ como produtos.
o oxigênio do ar e H+ como reagentes; água e elétrons como produtos.
apenas o oxigênio do ar como reagente; apenas os elétrons como produto.
apenas o álcool expirado como reagente; água, C2H4O e H+ como produtos.
o oxigênio do ar e o álcool expirado como reagentes; água e C2H4O como produtos.

QUESTÃO 36
O boato de que os lacres das latas de alumínio teriam um alto valor comercial levou muitas pessoas
a juntarem esse material na expectativa de ganhar dinheiro com sua venda. As empresas fabricantes
de alumínio esclarecem que isso não passa de uma “lenda urbana”, pois ao retirar o anel da lata,
dificulta-se a reciclagem do alumínio. Como a liga do qual é feito o anel contém alto teor de
magnésio, se ele não estiver junto com a lata, fica mais fácil ocorrer a oxidação do alumínio no
forno. A tabela apresenta as semirreações e os valores de potencial padrão de redução de alguns
metais:

Com base no texto e na tabela, que metais poderiam entrar na composição do anel das latas com a
mesma função do magnésio, ou seja, proteger o alumínio da oxidação nos fornos e não deixar
diminuir o rendimento da sua reciclagem?
Somente o lítio, pois ele possui o menor potencial de redução.
Somente o cobre, pois ele possui o maior potencial de redução.
Somente o potássio, pois ele possui potencial de redução mais próximo do magnésio.
Somente o cobre e o zinco, pois eles sofrem oxidação mais facilmente que o alumínio.
Somente o lítio e o potássio, pois seus potenciais de redução são menores do que o do
alumínio.

CursinhoPopular- CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página17


QUESTÃO 37
O Instituto Luiz Coimbra (UFRJ) lançou o primeiro ônibus urbano movido a hidrogênio do
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

Hemisfério Sul, com tecnologia inteiramente nacional. Sua tração provém de três fontes de energia,
sendo uma delas a pilha de combustível, na qual o hidrogênio, gerado por um processo
eletroquímico, reage com o oxigênio do ar, formando água.
FRAGA, I. Disponível em: http://cienciahoje.uol.com.br. Acesso em: 20 jul. 2010 (adaptado).

A transformação de energia que ocorre na pilha de combustível responsável pelo movimento do


ônibus decorre da energia cinética oriunda do (a)
calor absorvido na produção de água.
expansão gasosa causada pela produção de água.
calor liberado pela reação entre o hidrogênio e o oxigênio.
contração gasosa causada pela reação entre o hidrogênio e o oxigênio.
eletricidade gerada pela reação de oxirredução do hidrogênio com o oxigênio.

QUESTÃO 38
A aplicação excessiva de fertilizantes nitrogenados na agricultura pode acarretar alterações no solo
e na água pelo acúmulo de compostos nitrogenados, principalmente a forma mais oxidada,
favorecendo a proliferação de algas e plantas aquáticas e alterando o ciclo do nitrogênio,
representado no esquema. A espécie nitrogenada mais oxidada tem sua quantidade controlada por
ação de microrganismos que promovem a reação de redução dessa espécie, no processo
denominado desnitrificação.

O processo citado está representado na etapa


I.
II.
III.
IV.
V.

CursinhoPopular- CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página18


QUESTÃO 39
A revelação das chapas de raios X gera uma solução que contém íons prata na forma de
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

3Ag(S2O3)23. Para evitar a descarga desse metal no ambiente, a recuperação de prata metálica pode
ser feita tratando eletroquimicamente essa solução com uma espécie adequada. O quadro apresenta
semirreações de redução de alguns íons metálicos.

Das espécies apresentadas, a adequada para essa recuperação é


Cu(s).
Pt(s).
Al3+ (aq).
Sn(s).
Zn2+ (aq).

QUESTÃO 40
A calda bordalesa é uma alternativa empregada no combate a doenças que afetam folhas de plantas.
Sua produção consiste na mistura de uma solução aquosa de sulfato de cobre (II), CuSO4, com
óxido de cálcio, CaO, e sua aplicação só deve ser realizada se estiver levemente básica. A avaliação
rudimentar da basicidade dessa solução é realizada pela adição de três gotas sobre uma faca de ferro
limpa. Após três minutos, caso surja uma mancha avermelhada no local da aplicação, afirma-se que
a calda bordalesa ainda não está com a basicidade necessária. O quadro apresenta os valores de
potenciais padrão de redução (Eº) para algumas semirreações de redução.

A equação química que representa a reação de formação da mancha avermelhada é:


Ca2+ (aq) + 2 Cu+ (aq)  Ca (s) + 2 Cu2+ (aq).
Ca2+ (aq) + 2 Fe2+ (aq)  Ca (s) + 2 Fe3+ (aq).
Cu2+ (aq) + 2 Fe2+ (aq)  Cu (s) + 2 Fe3+ (aq).
3 Ca2+ (aq) + 2 Fe (s)  3 Ca (s) + 2 Fe3+ (aq).
3 Cu2+ (aq) + 2 Fe (s)  3 Cu (s) + 2 Fe3+ (aq).

CursinhoPopular- CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página19


(BIOLOGIA)→ Questões de 41 a 50
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

QUESTÃO 41
A maioria das células eucarióticas apresenta um núcleo, entretanto, algumas podem apresentar dois
ou até múltiplos núcleos. Existem ainda aquelas que, depois de especializadas, tornam-se
anucleadas, como:
os leucócitos.
as hemácias.
as células musculares.
os neurônios.
as células epiteliais.

QUESTÃO 42
Segundo a teoria evolutiva mais aceita hoje, as mitocôndrias, organelas celulares responsáveis
pela produção de ATP em células eucariotas, assim como os cloroplastos, teriam sido originados
de procariontes ancestrais que foram incorporados por células mais complexas. Uma
característica da mitocôndria que sustenta essa teoria é a
capacidade de produzir moléculas de ATP.
presença de parede celular semelhante à de procariontes.
presença de membranas envolvendo e separando a matriz mitocondrial do citoplasma.
capacidade de autoduplicação dada por DNA circular próprio semelhante ao bacteriano.
presença de um sistema enzimático, eficiente às reações químicas do metabolismo aeróbio.

QUESTÃO 43
Sobre a divisão celular, considerando a prófase I da Meiose I, é CORRETO dizer que:
a característica mais marcante do diplóteno é que os cromossomos ainda emparelhados se
cruzam em certos pontos chamados quiasmas.
no paquíteno ocorre o afastamento dos cromossomos homólogos e os cromômeros são bem
visíveis formando as cromátides-irmãs.
no leptóteno, o emparelhamento dos cromossomos é chamado de sinapse cromossômica.
na diacinese, as cromátides permanecem no centro celular, a carioteca se refaz, os nucléolos
reaparecem e os centríolos atingem os polos celulares.
a prófase I é uma fase curta em que os centríolos que não sofreram duplicação na interfase
permanecem no centro celular e a carioteca se desintegra ao final dessa fase.

QUESTÃO 44
Ao percorrer o trajeto de uma cadeia alimentar, o carbono, elemento essencial e majoritário da
matéria orgânica que compõe os indivíduos, ora se encontra em sua forma inorgânica, ora se
encontra em sua forma orgânica. Em uma cadeia alimentar composta por fitoplâncton, zooplâncton,
moluscos, crustáceos e peixes ocorre a transição desse elemento da forma inorgânica para a
orgânica.
Em qual grupo de organismos ocorre essa transição?
Fitoplâncton.
Zooplâncton.
Moluscos.
Crustáceos.
Peixes

CursinhoPopular- CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página20


QUESTÃO 45
O gráfico abaixo representa a evolução da quantidade de oxigênio na atmosfera no curso dos tempos
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

geológicos. O número 100 sugere a quantidade atual de oxigênio na atmosfera, e os demais valores
indicam diferentes porcentagens dessa quantidade.

Analise cuidadosamente o gráfico acima


De acordo com o gráfico, é correto afirmar que:
as primeiras formas de vida surgiram na ausência de O2.
a atmosfera primitiva apresentava 1% de teor de oxigênio.
após o início da fotossíntese, o teor de oxigênio na atmosfera mantém-se estável.
desde o Pré-cambriano, a atmosfera mantém os mesmos níveis de teor de oxigênio.
na escala evolutiva da vida, quando surgiram os anfíbios, o teor de oxigênio atmosférico já se
havia estabilizado.

QUESTÃO 46
A vacina, o soro e os antibióticos submetem os organismos a processos biológicos diferentes.
Pessoas que viajam para regiões em que ocorrem altas incidências de febre amarela, de picadas
de cobras peçonhentas e de leptospirose e querem evitar ou tratar problemas de saúde
relacionados a essas ocorrências devem seguir determinadas orientações. Ao procurar um posto
de saúde, um viajante deveria ser orientado por um médico a tomar preventivamente ou como
medida de tratamento.
antibiótico contra o vírus da febre amarela, soro antiofídico caso seja picado por uma cob ra
e vacina contra a leptospirose.
vacina contra o vírus da febre amarela, soro antiofídico caso seja picado por uma cobra e
antibiótico caso entre em contato com a Leptospira sp.
soro contra o vírus da febre amarela, antibiótico caso seja picado por uma cobra e soro
contra toxinas bacterianas.
antibiótico ou soro, tanto contra o vírus da febre amarela como para veneno de cobras, e
vacina contra a leptospirose.
soro antiofídico e antibiótico contra a Leptospira sp e vacina contra a febre amarela caso
entre em contato com o vírus causador da doença.

CursinhoPopular- CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página21


QUESTÃO 47
O Aedes aegypti é vetor transmissor da dengue. Uma pesquisa feita em São Luís - MA, de 2000 a
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

2002, mapeou os tipos de reservatório onde esse mosquito era encontrado. A tabela adiante mostra
parte dos dados coletados nessa pesquisa.

De acordo com essa pesquisa, o alvo inicial para a redução mais rápida dos focos do mosquito vetor
da dengue nesse município deveria ser constituído por
pneus e caixas d'água.
tambores, tanques e depósitos de barro.
vasos de plantas, poços e cisternas.
materiais de construção e peças de carro.
garrafas, latas e plásticos.

QUESTÃO 48
O Brasil possui um grande número de espécies distintas entre animais, vegetais e microrganismos
envoltos em uma imensa complexidade e distribuídas em uma grande variedade de ecossistemas.
SANDES, A. R. R.; BLASI, G. Biodiversidade e diversidade química e genética.
Disponível em: http://novastecnologias.com.br. Acesso em: 22 set. 2015 (adaptado).

O incremento da variabilidade ocorre em razão da permuta genética, a qual propicia a troca de


segmentos entre cromátides não irmãs na meiose.
Essa troca de segmentos é determinante na
Produção de indivíduos mais férteis.
Transmissão de novas características adquiridas.
Recombinação genética na formação dos gametas.
Ocorrência de mutações somáticas nos descendentes.
Variação do número de cromossomos característico da espécie.

QUESTÃO 49
A associação correta entre a coluna que apresenta os diferentes grupos de plantas e algumas de suas
características morfofuncionais é:
I. briófitas 1. primeiras plantas vasculares
II. angiospermas 2. primeiras plantas que formam sementes
III. pteridófitas 3. não apresentam vasos para condução da seiva
IV. gimnospermas 4. plantas que apresentam flores e frutos
I – 1, II – 2, III – 4 e IV – 3.
I – 3, II – 4, III – 2 e IV – 1.
I – 3, II – 1, III – 4 e IV – 2.
I – 2, II – 3, III – 1 e IV – 4.
I – 3, II – 4, III – 1 e IV – 2.

CursinhoPopular- CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página22


QUESTÃO 50
Os personagens da figura estão representando uma situação hipotética de cadeia alimentar.
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

Suponha que, em cena anterior à apresentada, o homem tenha se alimentado de frutas e grãos que conseguiu coletar.
Na hipótese de, nas próximas cenas, o tigre ser bem-sucedido e, posteriormente, servir de alimento aos abutres, tigre e
abutres ocuparão, respectivamente, os níveis tróficos de:
produtor e consumidor primário.
consumidor primário e consumidor secundário.
consumidor secundário e consumidor terciário.
consumidor terciário e produtor.
consumidor secundário e consumidor primário.

(FÍSICA)→ Questões de 51 a 60

QUESTÃO 51
Um fio metálico é percorrido por uma corrente elétrica contínua e constante. Sabe-se que uma carga
elétrica de 32 C atravessa uma seção transversal do fio em 4,0 s. Sendo e = 1,6 x 10–19 C a carga
elétrica elementar. A intensidade de corrente elétrica e o número de elétrons que atravessa uma
seção do condutor no referido intervalo de tempo é:
i = 6A e n = 2 x 1018 elétrons
i = 7A e n = 2 x 1019 elétrons
i = 8A e n = 2 x 1020 elétrons
i = 9A e n = 2 x 1021 elétrons
i = 10A e n = 2 x 1022 elétrons

QUESTÃO 52
Uma corrente elétrica de 10 A é mantida em um condutor metálico durante dois minutos. Pede-se a
carga elétrica que atravessa uma seção do condutor.
120 C
1.200 C
200 C
20 C
600 C

CursinhoPopular- CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página23


QUESTÃO 53
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

Na tira, Garfield, muito maldosamente, reproduz o famoso experimento de Benjamin Franklin, com
a diferença de que o cientista, na época, teve o cuidado de isolar a si mesmo de seu aparelho e de
manter-se protegido da chuva de modo que não fosse eletrocutado como tantos outros que tentaram
reproduzir o seu experimento. Franklin descobriu que os raios são descargas elétricas produzidas
geralmente entre uma nuvem e o solo ou entre partes de uma mesma nuvem que estão eletrizadas
com cargas opostas. Hoje sabe-se que uma descarga elétrica na atmosfera pode gerar correntes
elétricas da ordem de 105 ampères e que as tempestades que ocorrem no nosso planeta originam,
em média, 100 raios por segundo. Isso significa que a ordem de grandeza do número de elétrons
que são transferidos, por segundo, por meio das descargas elétricas, é, aproximadamente:
(Dado: carga de um elétron: –1,6 x 10–19 C)
1022
1024
1026
1028
1030

QUESTÃO 54
Um arame de aço, com 1 m de comprimento e 10 g de massa, é esticado com uma força de tração
de 100 N. A velocidade de propagação de um pulso transversal nesse arame é.
10m/s
20m/s
100m/s
200m/s
30m/s

QUESTÃO 55
A figura representa a forma de uma corda, num determinado instante, por onde se propaga uma
onda. Sabendo que a velocidade dessa onda é de 6 cm/s, o comprimento de onda e a frequência são
respectivamente.
11 cm e 0,5 Hz
12 cm e 0,5 Hz
13 cm e 0,5 Hz
14 cm e 0,6 Hz
15 cm e 0,7 Hz

QUESTÃO 56
Dois corpos de pesos diferentes são abandonados no mesmo instante de uma mesma altura.
Desconsiderando-se a resistência do ar, é CORRETO afirmar:
Os dois corpos terão a mesma velocidade a cada instante, mas com acelerações diferentes.
Os dois corpos terão velocidades diferentes a cada instante.
Os corpos cairão com a mesma aceleração e suas velocidades serão iguais entre si a cada
instante.
O corpo de menor volume chegará primeiro ao solo.
O corpo de maior peso chegará primeiro ao solo.
CursinhoPopular- CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página24
QUESTÃO 57
A respeito da informação “O calor específico de uma substância pode ser considerado constante e
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

vale 3 J/g . ºC”, três estudantes, I, II e III, forneceram as explicações seguintes:


I. Se não ocorrer mudança de estado, a transferência de 3J de energia térmica para 1g dessa
substância provoca elevação de 1ºC na sua temperatura.
II. Qualquer massa em gramas de um corpo construído com essa substância necessita de 3J de
energia térmica para que sua temperatura se eleve de 1ºC.
III. Se não ocorrer mudança de estado, a transferência de 1J de energia térmica para 3g dessa
substância provoca elevação de 1ºC na sua temperatura.

Dentre as explicações apresentadas:


apenas I está correta.
apenas II está correta.
apenas III está correta.
apenas I e II estão corretas.
apenas II e III estão corretas.

QUESTÃO 58
Uma onda periódica, de período igual a 0,25 s, se propaga numa corda, conforme a figura abaixo.

O comprimento de onda, a frequência e a velocidade de propagação dessa onda são,


respectivamente:

QUESTÃO 59
Na Lua, a aceleração da gravidade tem valor de 1,6 m/s2, aproximadamente seis vezes menor que a
aceleração da gravidade na Terra, dada por 9,8 m/s2. Imagine que na Terra Neil Armstrong, com
seus 70 kg de massa, alcance, com um salto vertical, uma altura de 1 metro. Que altura, saltando
verticalmente e com a mesma velocidade inicial, ele alcançará na Lua?
1m
1/6m
10/6m
6,125m
61,25m

CursinhoPopular- CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página25


QUESTÃO 60
Um estudante de Física Experimental fornece calor a um certo corpo, inicialmente à temperatura de
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

10ºC. Ele constrói o gráfico indicado na figura, onde, no eixo vertical, registra as quantidades de
calor cedidas ao corpo, enquanto, no eixo horizontal, vai registrando a temperatura do corpo.

Consideremos agora um outro corpo, com o dobro da massa do primeiro, feito da mesma substância
e também inicialmente a 10ºC. Com base no gráfico, podemos dizer que, fornecendo uma
quantidade de calor igual a 120 calorias a esse outro corpo, sua temperatura final será de:
18ºC
20ºC
40ºC
30ºC
25ºC

CursinhoPopular- CN - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página26


MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

Questões de 61 a 70

QUESTÃO 61
O mapa de certa cidade foi dividido em quatro quadrantes por meio de duas retas perpendiculares
e numeradas, que se cortam no ponto (0, 0), cada um deles correspondendo a um quadrante
do plano cartesiano. O sentido positivo do eixo y é o norte, e o sentido positivo do eixo x é o leste.
Edificações que, nessa cidade, estiverem a mais de um quilômetro a oeste e mais de um quilômetro
ao norte estarão localizadas no:
1º quadrante
2º quadrante
3º quadrante
4º quadrante
5º quadrante

QUESTÃO 62
Dois amigos, Adão e Eva, encontram-se na origem de um sistema cartesiano ortogonal. Eles só
podem dar um passo de cada vez para Norte, Sul, Leste ou Oeste. Cada passo é representado, nesse
sistema, pelo deslocamento de uma unidade para uma das direções mencionadas anteriormente.
Eva deu 2 passos para o Sul, depois deu 5 passos para o Leste e parou. Adão deu 7 passos para o
Norte, depois deu 3 passos para o Oeste, mais 3 passos para o Sul e parou. Após esses
passos, podemos afirmar que a distância entre Adão e Eva é de:
5 passos.
8 passos.
12 passos.
10 passos
9 passos

QUESTÃO 63
Um grande vale é cortado por duas estradas retilíneas E1 e E2, que se cruzam perpendicularmente,
dividindo-o em quatro quadrantes. Duas árvores que estão num mesmo quadrante têm a seguinte
localização: a primeira dista 300 metros da estrada E1 e 100 metros da estrada E2, enquanto a
segunda se encontra a 600 metros de E1 e a 500 metros de E2. A distância entre as duas árvores é:
200 metros
300 metros
400 metros
500 metros
600 metros

QUESTÃO 64
Para medir a área de uma fazenda de forma triangular, um agrimensor, utilizando um sistema de
localização por satélite, encontrou como vértices desse triângulo os pontos A(2, 1), B(3, 5) e
C(7, 4) do plano cartesiano, com as medidas em km. A área dessa fazenda, em km, é de:
2 17
15 2 17 2 17
17 2

CursinhoPopular- MT - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página27


QUESTÃO 65
Um agente secreto precisa escapar de uma de suas investidas no trigésimo andar de um
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

prédio. Ele pretende fazer isso por meio de uma corda pendurada num helicóptero que sobrevoa o
prédio a alguns metros de onde ele está. O objetivo do agente é pendurar-se na extremidade
inferior da corda, balançar-se como um pêndulo até o topo do prédio vizinho, por onde ele poderá
escapar. A figura a seguir ilustra as posições dos elementos envolvidos nessa missão. O ponto A
representa a posição do helicóptero, o ponto B a posição inicial do agente, o ponto C o
topo do prédio vizinho (por onde ele pretende escapar) e a linha tracejada DE representa o nível
do chão. Considerando que o helicóptero não irá se mover e que a corda é inextensível, ao
saltar de B, agarrado à extremidade inferior da corda, o agente.

irá bater no chão num ponto de abscissa negativa, o que irá interromper seu
movimento e impedi-lo de chegar em C.
irá apenas encostar no chão num ponto de abscissa zero e, mesmo que isso não
interrompa seu movimento, ele atingirá uma altura menor do que a de C quando a abscissa de
sua posição for 3.
irá apenas encostar no chão num ponto de abscissa zero e, se isso não interromper
seu movimento, ele atingirá precisamente o ponto C quando a abscissa de sua posição for 3.
ficará acima do nível do chão em toda sua trajetória, mas quando a abscissa de sua
posição for 3, ele atingirá um ponto mais alto do que C.
ficará acima do nível do chão em toda sua trajetória e atingirá precisamente o ponto C
quando a abscissa de sua posição for 3.

QUESTÃO 66
Um motobói entrega cartuchos(c) e bobinas(b) para uma empresa. Cada bobina pesa 0,3 kg
e cada cartucho, 0,25 kg. O motobói recebe R$ 0,30 por bobina e R$ 0,08 por cartucho entregue.
Ele pode carregar no máximo 75 kg e deve receber no mínimo R$ 30,00 por entrega. As
quantidades de cartuchos e bobinas a serem entregues pelo motobói, por entrega, de acordo com
esses dados, determinam, no plano cartesiano b × c,
um quadrilátero com um dos vértices na origem.
dois triângulos com um vértice em comum.
um trapézio determinado por duas retas paralelas.
uma região triangular, no primeiro quadrante.
uma região ilimitada, no primeiro quadrante.

CursinhoPopular- MT - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página28


QUESTÃO 67
Na figura a seguir tem-se representada, em um sistema de eixos cartesianos ortogonais, a rota de
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

uma aeronave, de uma cidade M a uma cidade N, passando sobre as pequenas cidades A e B.

Se os quatro pontos pertencem à reta de equação 4x –3y + 1200 = 0, a distância entre as


cidades A e B, em quilômetros, é de aproximadamente:
50
500
800
5000
8000

QUESTÃO 68
Considere o triângulo de vértices A(1,4), B(0,2) e C(6,2) e a circunferência de centro em C e cujo
raio é a metade do lado BC. A equação da reta que passa por A e pelo ponto da circunferência que
tem a maior ordenada é:
y = x + 4.
y = 0,2x + 3,8.
y = 2x + 4.
y = x + 3,8.
y = 0,2x + 4.

QUESTÃO 69
Qual equação da circunferência representa o gráfico abaixo?
( ) ( )
( ) ( )
( ) ( )
( ) ( )
( ) ( )

CursinhoPopular- MT - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página29


QUESTÃO 70
Qual equação da circunferência representa o gráfico abaixo?
IMPRESSÕES GRÁFICAS – PROFESSOR JUSCELINO CORRÊA

( )
( ) √
( ) √
( )
( )

CursinhoPopular- MT - 1 dia Caderno 1  AZUL  Página 30