Você está na página 1de 158

Canções gravadas no período de 1968 a 1989

Pág. 2

INTRODUÇÃO

A primeira vez que eu ouvi uma apresentação dos Vencedores por Cristo (VPC) foi em
janeiro de 1973, em Belo Horizonte. Naquele momento senti uma emoção muito marcante
e descobri que aquelas músicas proclamavam verdadeiramente o poder transformador da
Palavra de Deus. A partir de então eu passei a acompanhá-los mais de perto e a
conhecer melhor suas músicas e o trabalho deles como um todo.

Ao ouvir suas canções percebemos que são mensagens verdadeiramente inspiradas nas
Sagradas Escrituras. De modo especial, aprecio aquelas mais antigas que são cantadas
em vozes, sendo que algumas são mais sofisticadas que outras quanto à harmonia,
porém todas apresentam uma singular beleza.

A presente coletânea de partituras abrange grande parte destas músicas, que estão
contidas nas seguintes obras:

 “Se Eu Fosse Contar”, álbum lançado em 1996, que é um dos meus prediletos,
porque reuniu uma seleção de músicas dos Long Players (LPs) “Fale do Amor” -
1971, “Novos Caminhos” - 1972, “Se eu fosse Contar” - 1973 e “Deixa de
Brincadeira” - 1974, em sua maioria composições dos americanos Kurt Kaiser e
Ralph Carmichael. Muitas destas foram traduzidas e adaptadas para o Português
por Carlos Oswaldo;
 “Louvor I” – 1975 – introduziu algumas composições brasileiras e cânticos
congregacionais;
 “Tanto Amor” – 1980 – uma produção tecnicamente mais aprimorada, incluindo a
música “Pescador”, um baião composto por Sérgio Pimenta, autor da maioria das
músicas desta obra;
 “Louvor III” – 1981 – uma seleção de Salmos, em sua maioria com músicas de
Nelson Bomilcar;
 “Plantando a Semente” – 1982 – do Grupo Semente (fruto de VPC,) trabalho muito
criativo;
 "Tudo ou Nada" – 1983 – com estilos variados;
 “Louvor IV” – 1985 – apresenta uma sonoridade mais elaborada, típica daquela
década;
 “Viajar” – 1989 – também trouxe várias composições com ritmos bem brasileiros
como: o xote “Moradia”, o chorinho “Coisa Séria” e o samba “Canto Triste”;
Pág. 3

 (A série “Louvor” continuou até ao volume X – 2003. A partir do “Louvor II” as


músicas passaram a ser mais congregacionais, sendo muitas delas cantadas hoje
nas igrejas evangélicas do Brasil)

O GRUPO LOUVORES

Vários grupos musicais foram criados nas igrejas por este Brasil afora tendo como
referencial o trabalho dos Vencedores por Cristo.

Um exemplo disso é o Grupo Louvores, que teve início em 18 de agosto de 2004, numa
festa de aniversário, quando eu e alguns irmãos da Igreja Presbiteriana em Mata da Praia,
Vitória - ES, começamos a relembrar e a cantar as músicas antigas dos VPC. Daí nasceu
a ideia de formarmos um grupo musical que passou a se chamar Grupo Louvores. Desde
então nos reunimos semanalmente na casa de um ou de outro integrante, com o
propósito de ensaiar, compartilhar experiências, orar, ler a Palavra de Deus e desfrutar da
comunhão com os irmãos.

Nossa missão é de levar a mensagem da Salvação em Jesus, através da música.

Com o passar dos anos portas se abriram e saímos das quatro paredes para cantar e orar
nos lares de enfermos e em hospitais, procurando levar um pouco de consolo e
acolhimento aos necessitados. Então pudemos experimentar um crescimento na fé e na
união.
Pág. 4

APRESENTANDO A COLEÇÃO DE PARTITURAS

Desde o início do Grupo Louvores, tanto eu como os demais componentes, sentíamos a


necessidade de ter em mãos as partituras dos arranjos vocais.

Após pesquisar e fazer contato com alguns dos antigos integrantes dos VPC, concluí que
não havia registros desses arranjos, além daqueles publicados e disponíveis no site VPC
Produções e Distribuição (1). Algumas de suas publicações abrangiam meu interesse de
pesquisa, como “Tanto Amor”, com piano e vozes, o “Song Book”, uma excelente
coletânea de partituras, constituindo um valioso trabalho com as músicas da série
“Louvor” de I ao VI, e as partituras completas (piano, vozes e cifras) dos discos Louvor
VII, VIII e IX, até onde se sabe edições pioneiras do gênero no Brasil.

Contudo, como as partituras do Louvor I até ao V só traziam a voz principal e a cifra e não
encontrei nenhum arranjo escrito de obras grandiosas como “Se Eu Fosse Contar”, “De
Vento em Popa” (2) e outras, eu me senti desafiado a fazer a transcrição de cada uma das
músicas que desejávamos cantar, com os quatro naipes: soprano, contralto, tenor e baixo.
Comecei então a “tirar de ouvido” as vozes de cada música e anotá-las em um caderno
pautado, de forma elementar.

Após um trabalho de muitos anos, ouvindo exaustivamente as músicas para captar as


vozes, aprimorando meu conhecimento teórico e aprendendo a utilizar alguns softwares
de escrita musical, tenho a satisfação de apresentar esta coletânea de arranjos vocais,
transcritos e adaptados, procurando estar o mais próximo e fiel possível dos arranjos
originais gravados por VPC, que marcaram nossas vidas e certamente de toda a
comunidade evangélica brasileira, deixando um legado de sons vibrantes e inspiradores.

O objetivo principal foi elaborar um registro escrito das canções de um momento único da
história da música evangélica no Brasil, para facilitar a aprendizagem das vozes por
grupos musicais das igrejas.

Evidentemente este trabalho pode ser aprimorado. Uma partitura é uma obra que sempre
pode ser aperfeiçoada e este é um trabalho elementar, procurando ser de fácil
compreensão. Todas as críticas e sugestões serão bem vindas.

(2) Coletânea de partituras em edição separada.


Pág. 5

AGRADECIMENTOS

 Agradeço primeiramente a Deus, meu Senhor e Salvador, pela experiência de


existir e pelo dom da música;
 De modo muito especial agradeço à minha querida mãe, Dulce da Silva Martins (in
memoriam), pelo seu testemunho de fé e através de quem eu recebi a aptidão
musical;
 Ao meu filho Wagner Gomes Martins (Pianista e Arquiteto), pelas valiosas
orientações durante o desenvolvimento deste projeto;
 Ao Jeferson Mesquita (Maestro, Pianista e Ministro de Música), pela grande
contribuição para a realização deste trabalho;
 Ao Grupo Louvores da Igreja Presbiteriana em Mata da Praia, Vitória – ES,
agradeço por me acompanharem nesta jornada;
 Ao Conjunto Novo Som – da Igreja Batista Central de Vitória – ES, que muito
contribuiu para o meu desenvolvimento na música e na vida cristã. O Novo Som
cantava canções dos Vencedores por Cristo como também arranjos de hinos do
Cantor Cristão e composições próprias, entre outras. Tive a oportunidade de
participar da gravação dos seus dois LPs “Vem Já” – 1976 e “Paz Ideal” – 1977 e
de viajar com eles pelo Brasil, levando a mensagem de boas novas.
 Ao meu professor, pastor e amigo, Reverendo Salvador Gomes Ganhoto, violinista
e maestro, hoje com mais de 80 anos, que muito me inspirou e incentivou no
caminho da boa música e do evangelho.
 Ao Mauro Lúcio da Costa Santos (Especialista na história de VPC), pela arte da
capa, elaboração do índice e pela revisão das informações.

Concluindo, em atitude de humildade e de gratidão a Deus, espero estar cooperando para


que essas músicas possam ainda ser cantadas por décadas em louvor a Deus, o único
que é digno de receber nossa adoração.

Soli Deo Gloria!

Paulo Martins

paulomartins.geo@yahoo.com
Pág. 6

REFERÊNCIAS

 VICENTINI, Érica de Campos. A produção musical evangélica no Brasil. 2007. Tese


(Doutorado) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São
Paulo, São Paulo, 2007.

 VENCEDORES POR CRISTO, História. Disponível em


http://www.vpc.com.br/website/exibe_txt.asp?conteudo_txt=39&tit=historia

 (1) VENCEDORES POR CRISTO, Produtos - Partituras. Disponível em


http://www.vpc.com.br/commerce/website/loja_cats.asp?loja_cat=5

1ª Edição – Julho de 2014

2ª Edição – Julho de 2016

Atenção: Este trabalho não pode ser vendido. Os direitos autorais são da Missão
Vencedores por Cristo, VPC Produções e Distribuição e dos respectivos compositores.
Nosso alvo é apresentá-la à VPC Produções e Distribuição para analisarem a viabilidade
da sua publicação.
Pág. 7

ÍNDICE - Autores
Música Autores Página
Aleluia Marta Kerr 9
Algo Mais Wolô 13
Caminho Estreito Arthur Mendes e Ederly P. Chagas 15
Canção De Se Dar Ralph Carmichael 18
Coisa Séria - Flauta Sérgio Pimenta e Guilherme Kerr Neto 24
Coisa Séria Sérgio Pimenta e Guilherme Kerr Neto 26
Consagração Marta Kerr 29
Cristo é Real Kurt Kaiser 32
Deixa de Brincadeira Aristeu Pires Jr. 36
Deus é Real Ralph Carmichael 40
Dia de Angústia Sérgio Pimenta 43
Em Amor por Mim Comunidade Argentina 49
Enquanto Oramos Ralph Carmichael 51
Fale do Amor Ralph Carmichael 52
João 3:16 Ralph Carmichael 55
Lancemos sobre Deus Sérgio R. Leoto e Guilherme Kerr Neto 56
Logo de Manhã Aristeu Pires Jr. 61
Louva a Deus Girard Traux 63
Medley 5 Anos Diversos compositores (*) 66
Mente e Coração Guilherme Kerr Neto 75
Meu Pequeno Mundo Ralph Carmichael 79
Minha Paz Vos Dou V. Hauser 86
Moradia Vavá Rodrigues 88
Nada Melhor Flo Price 94
Nem Um Momento Só Sérgio Pimenta 99
Novos Caminhos Ralph Carmichael 102
Num Dia Assim Ralph Carmichael 104
O Deus Que Te Guarda Kurt Kaiser 108
Olhai os Lírios Ralph Carmichael 111
Pai, Eu Te Adoro T. Coelho 114
Pescador Sérgio Pimenta 116
Por Acaso ou Por Amor Kurt Kaiser 119
Quando a Glória Sérgio Pimenta e Guilherme Kerr Neto 123
Que as Palavras Sérgio Ricardo Leoto 127
Quero Transmitir kurt Kaiser 129
Salmo 23 Ralph Carmichael 132
Salmo 115 Nelson Bomilcar e Guilherme Kerr Neto 136
Terra Sem Lágrimas Ralph Carmichael 141
Viajar Sérgio Pimenta 146
Volte à Vida Ralph Carmichael 151

(*) Medley 5 Anos - Compositores:


Mais que Vencedores - Autor desconhecido - Arr. Loide do Amaral
Vou Proclamar ao Mundo - Myra Schubert
Nova Vida (Eu já encontrei a nova vida) - Ralph Carmichael
Canta Agora Mesmo a Cristo - Autor desconhecido
Pág. 8

ÍNDICE - Discográfico
Música Gravação Original Remasterização em CD Página
Aleluia Se Eu Fosse Contar (1973) Se Eu Fosse Contar (1996) 9
Algo Mais Se Eu Fosse Contar (1973) Se Eu Fosse Contar (1996) 13
Caminho Estreito Tanto Amor (1980) Tanto Amor (1980) 15
Canção De Se Dar Se Eu Fosse Contar (1973) Se Eu Fosse Contar (1996) 18
Coisa Séria - Flauta Viajar (1989) Viajar e Tudo ou Nada (1989) 24
Coisa Séria Viajar (1989) Viajar e Tudo ou Nada (1989) 26
Consagração Louvor I (1975) Louvor I e II (1995) 29
Cristo é Real Você é Importante (1975) Filme Se Eu Fosse Contar (1996) 32
Deixa de Brincadeira Deixa de Brincadeira (1974) Se Eu Fosse Contar (1996) 36
Deus é Real Se Eu Fosse Contar (1973) Se Eu Fosse Contar (1996) 40
Dia de Angústia Tanto Amor (1980) Tanto Amor (1980) 43
Em Amor por Mim Louvor IV (1985) Louvor III e IV (1995) 49
Enquanto Oramos Louvor I (1975) Louvor I e II (1995) 51
Fale do Amor Fale do Amor (1971) Se Eu Fosse Contar (1996) 52
João 3:16 Deixa de Brincadeira (1974) Se Eu Fosse Contar (1996) 55
Lancemos sobre Deus Tudo ou Nada (1983) Viajar e Tudo ou Nada (1989) 56
Logo de Manhã Tudo ou Nada (1983) Viajar e Tudo ou Nada (1989) 61
Louva a Deus Louvor I (1975) Louvor I e II (1995) 63
Medley 5 Anos VPC 5 Anos (1968 a 1973) VPC 5 anos (2003) 66
Mente e Coração Louvor I (1975) Louvor I e II (1995) 75
Meu Pequeno Mundo Você é Importante (1975) Filme Se Eu Fosse Contar (1996) 79
Minha Paz Vos Dou Louvor I (1975) Louvor I e II (1995) 86
Moradia Viajar (1989) Viajar e Tudo ou Nada (1989) 88
Nada Melhor Se Eu Fosse Contar (1973) Se Eu Fosse Contar (1996) 94
Nem Um Momento Só Plantando a Semente (1982) Plantando e Fruto da Semente 99
Novos Caminhos Novos Caminhos (1972) Se Eu Fosse Contar (1996) 102
Num Dia Assim Se Eu Fosse Contar (1973) Se Eu Fosse Contar (1996) 104
O Deus Que Te Guarda Louvor I (1975) Louvor I e II (1995) 108
Olhai os Lírios Se Eu Fosse Contar (1973) Se Eu Fosse Contar (1996) 111
Pai, Eu Te Adoro Louvor I (1975) Louvor I e II (1995) 114
Pescador Tanto Amor (1980) Tanto Amor (1980) 116
Por Acaso ou Por Amor Novos Caminhos (1972) VPC 5 anos (2003) 119
Quando a Glória Tanto Amor (1980) Tanto Amor (1980) 123
Que as Palavras Deixa de Brincadeira (1974) Se Eu Fosse Contar (1996) 127
Quero Transmitir Fale do Amor (1971) VPC 5 anos (2003) 129
Salmo 23 Se Eu Fosse Contar (1973) Se Eu Fosse Contar (1996) 132
Salmo 115 Louvor III (1981) Louvor III e IV (1995) 136
Terra Sem Lágrimas Você é Importante (1975) Filme Se Eu Fosse Contar (1996) 141
Viajar Viajar (1989) Viajar e Tudo ou Nada (1989) 146
Volte à Vida Se Eu Fosse Contar (1973) Se Eu Fosse Contar (1996) 151
Pág. 9

Aleluia
Marta Kerr
Andante q=92
Contralto e Tenor fazem a melodia
D DŒ„Š7/C© D7/C F©7 B B/A

S
6
8
Pra pa ra pra pa ra pra pa ra pra pa ra uá ah E me

1ºS
6
8
Tão cal mo co mo_a chu va de ve rão tu me to cas e me
Tão do ce co mo_o som que vem do mar tu me fa las pra mos

C
6
8
Tão cal mo co mo_a chu va de ve rão tu me to cas e me
Tão do ce co mo_o som que vem do mar tu me fa las pra mos

T
6
8
Tão cal mo co mo_a chu va de ve rão tu me to cas e me
Tão do ce co mo_o som que vem do mar tu me fa las pra mos

B
6
8

7 C©‹7 A F© F©7 D DŒ„Š7/C© D7/C

en en en ches de go zo Pra pa ra pra pa ra pra pa ra

1ºS

en en en ches de go zo Tão sua ve co mo_a bri sa que_a qui


tra a ar o ca mi nho Tão man so que_eu me ca lo pra_es cu

en ches de go zo Tão sua ve co mo_a bri sa que_a qui


trar o ca mi nho Tão man so que_eu me ca lo pra_es cu

en ches de go zo Tão sua ve co mo_a bri sa que_a qui


trar o ca mi nho Tão man so que_eu me ca lo pra_es cu

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 10

2
14 F©7 B B/A C©‹7 A

pra pa ra uá ah e o_a mo o or de_um es

1ºS

pas sa dei xas gra ça e o_a mo o or de_um es


tar tu a vo oz de per dã ã ão e ca

pas sa dei xas gra ça e o_a mor de_um es


tar tu a vo oz de per dão e ca

pas sa dei xas gra ça e o_a mor de_um es


tar tu a vo oz de per dão e ca

1. 2.
19 F© F©7 BŒ„Š7 F© F©7 BŒ„Š7

po so A le lu ia eu te ri nho A le lu ia eu te

1ºS

po so A le lu ia eu te ri nho A le lu ia eu te

po so A le lu ia eu te ri nho A le lu ia eu te

C opc

po so A le lu ia eu te ri nho A le lu ia eu te

B
Pág. 11

3
27 Cº C©‹7 F©

lou vo e te can to por que di zes

1ºS

lou vo e te can to por que di zes Que

lou vo e te can to por que di zes Que

lou vo e te can to por que di zes Que

Fine

33 D DŒ„Š7/C© D7/C F©7 B BŒ„Š7

Pra pa ra pra pa ra pra pa ra pra pa ra uá ah

1ºS

tão lin da co mo es ta bên ção me se rá a de_a ma nhã

tão lin da co mo es ta bên ção me se rá a de_a ma nhã

tão lin da co mo es ta bên ção me se rá a de_a ma nhã

B
Pág. 12
D.C. al Fine
4
39 D DŒ„Š7/C© D7/C F©7 B BŒ„Š7

Pra pa ra pra pa ra pra pa ra pra pa ra uá ah

1ºS

Tchu ru ru ru ru ru ru ru ru ru ru ru ru tchu ru ah

Tchu ru ru ru ru ru ru ru ru ru ru ru ru tchu ru ah

Tchu ru ru ru ru ru ru ru ru ru ru ru ru tchu ru ah

B
Pág. 13

Algo Mais
Wolô
Moderato q=120
Para vozes femininas

A‹7 E/G© E‹/G

S
2
4
An tes mes mo que eu fos se_al guém Tu me_amas te_e me dis ses te vem

C2
2
4
An tes mes mo que eu fos se_al guém Tu me_amas te_e me dis ses te vem

C1
2
4
Lá iá lá

8 D9/F© D‹9/F A F©‹7 B7

Mes mo sen do tão re bel de_e vão Tu me_a mas te_e me_es ten

Mes mo sen do tão re bel de_e vão Tu me_a mas te_e me_es ten

Lá iá lá

15 E7(“4) E7 A‹7 E/G©

des te_a mã ão Já me des te tan to_a mor e paz Que_eu só te

des te_a mão Já me des te tan to_a mor e paz Que_eu só te

Lá iá lá

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 14

2
22 E‹/G D9/F© D‹9/F

pe ço_u ma coi si nha mais Pra que_eupos sa cum prir a mi nha

pe ço_u ma coi si nha mais Pra que_eupos sa cum prir a mi nha

Lá iá lá

1. 2.
28 A F©‹7 B‹7 E7 A A F©‹7 B‹7 E7

par te e En si na me Se nhor a mar te par te e En si na me Se nhor a

par te En si na me Se nhor a mar te par te En si na me Se nhor a

38 A F©‹7 B‹7 E7 A

mar te En si na me Se nhor a mar te

mar te En si na me Se nhor a mar te

43 F©‹7 B‹7 E7 AŒ„Š7(„ˆˆ9)

En si na me Se nhor a mar te

En si na me Se nhor a mar te
Pág. 15
Caminho Estreito
Artur Mendes e
Ederly P. Chagas
Largo q=56
A‹ F/A D‹6(„ˆˆ9)/B E7 A7/G
3
S
2
4
No tem po dis tra í do em vi ver Tu po des ter ca í
mi nho lar go_a pon ta di re ção Mas no fi nal des pon

7 A7 D9/F© D‹9/F E7 F E7
3
S

do por não crer Em ca da par te sem pre Há se tas pra se guir O


ta per di ção Ao la do des ta_es tra da Ca mi nho_es trei to tem A

1.
14 D‹7 E¨º F©º F6

cul tas em tua men te Há nu vens on de ir


por ta_é a per ta da Mas

2.
17 E7 F6 E7

Ca le va_à vi da_a lém

Todos em uníssono
20 A D9/F© D‹9/F E7

Ou ve meu ir mão O que Deus te quer fa lar

24 A D9/F© D‹9/F E7

To me_a di re ção Que_ho je Cris to quer te dar

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 16
Interlúdio
2
28 A‹ F/A D‹6(„ˆˆ9)/B

Todos em uníssono

31 E7 A‹ F/A D‹6(„ˆˆ9)/B E7 A7/G A7 D9/F©


3 3
S

O di a que_ho je vi ves sem sa ber O teu que rer é li vre pra_es co lher

39 D‹9/F E7 F E7

Os dois ca mi nhos per to_es tão A res pon der te vem Só

44 D‹7 E¨º F©º F6 E7

um po rém é cer to Cui da do pen se bem

48 A D9/F© D‹9/F E7 A D9/F©

Ou ve meu ir mão O queDeus te quer fa lar To me_a di re ção Que_ho je

Ou ve meu ir mão O queDeus te quer fa lar To me_a di re ção Que_ho je

Ou ve meu ir mão O queDeus te quer fa lar To me_a di re ção Que_ho je

B
Pág. 17

1. 2. 3
54 D‹9/F E7 D‹9/F E7

Cris to quer te dar Cris to quer te dar Que_ho je

Cris to quer te dar Cris to quer te dar Que_ho je

Cris to quer te dar Cris to quer te dar Que_ho je

58 D‹9/F E7 A D9/F© D‹9/F E7 A9

Cris to quer te dar Vi da_e ter na a

Cris to quer te dar Vi da_e ter na

Cris to quer te dar Vi da_e ter na

B
Pág. 18

Canção de se dar
Ralph Carmichael
Trad.: Carlos Osvaldo
Allegro q=140

E¨ D‹ C‹ G‹ A¨ B¨ E¨ C‹ C‹7/B¨ A¨ F/A

S
4
4
Nos sos co ra ções vem ho o je can ta a ar Tan tas bên en çãos

C
4
4

T
4
4
Du du du du du du du du du Du du du du

B
4
4

7 B¨ B¨7 F‹ C7 F‹ F‹7 B¨ E¨/B¨

des se_a mor Que à Te er ra Cris to man dou

du du du du du du du du Du du du du du du du

12 B¨ B¨(#5) E¨ E¨/G A¨ F/A B¨ B¨7 E¨ B¨

Nos sas a al mas pra a sal var Vem a go ra dar a

du du du du du du du du du du Vem a go ra dar a

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 19

2
18 B¨/A¨ E¨/G B¨/F C7/E F‹7 C7/G F‹7

Cris to_a vi i da Du du du du du du du du du Bên ção es que ci i da Du

Cris to_a vi i da Du du du du du du du du du Bên ção es que ci i da Du

24 F‹7/E¨ B¨/D G‹7/B¨ B¨7/A¨ E¨/G C‹7

du du du du du du du du Dê a vi da_ao Sal va do or

du du du du du du du du Dê a vi da_ao Sal va do or

29 F‹7 G‹7 Bº C‹7/E¨ E¨7 A¨ G‹7 F‹7 B¨ E¨

E re ce ba_o seu a mor E re ce ba_o seu a mor

E re ce ba_o seu a mor E re ce ba_o seu a mor

33 E D©‹ C©‹ G©‹ A B E A B


Pág. 20

3
37 E D©‹ C©‹ G©‹ A B E C©‹ C©‹7/B A F©/A© B

Du du du du du du du du du Du du du du du du du du

Quan do_a noi te vem me e cer ca a ar Teu cui da do_é pro te ção

44 B7 F©‹ C©7 F©‹ F©‹7 B7 E/F© B7 E E/G©

du du du du Du du du du du du du Can tar a Paz que

Que ro_en tã ão bem al to can tar Paz que

50 A F©/A© B B7 E B B/A E/G©

te nho_em meu co ra ção Vem a go ra dar a Cris to_a vi i da Du

te nho_em meu co ra ção Vem a go ra dar a Cris to_a vi i da Du


Pág. 21

4
56 B/F© C©7/F F©‹7 C©7/G© F©‹7 F©‹7/E

du du du du du du du du Bên ção es que ci i da Du du du du du du du

du du du du du du du du Bên ção es que ci i da Du du du du du du du

61 B/D© G©‹7/B B/A E/G© C©‹7

du du Dê a vi da_ao Sal va do or

du du Dê a vi da_ao Sal va do or

65 F©‹7 G©‹7 Cº C©‹7/E E7 A G©‹7 F©‹7 B E

E re ce ba_o seu a mor E re ce ba_o seu a mor

E re ce ba_o seu a mor E re ce ba_o seu a mor

69 F E‹ D‹ A‹ B¨ C F B¨ C
Pág. 22

5
73 F E‹ D‹ A‹ B¨ C F D‹ D‹7/C B¨ G C C7

É pre ci so for ças pe dir Ao Se nhor da cri i a ção

É pre ci so for ças pe dir Ao Se nhor da cri i a ção

81 G‹ D7 G‹ G‹7 C7 F/G C7 F F/A B¨ G/B C C7

Pa ra_a vi da pros se guir Com a mor no co o ra ção

Pa ra_a vi da pros se guir Com a mor no co o ra ção

88 F C B¨ F/A C/G

Vem a go ra dar a Cris to_a vi i da Du du du du du du du

Vem a go ra dar a Cris to_a vi i da Du du du du du du du


Pág. 23

6
93 D/F© G‹7 D7/A G‹7 G‹7/F C/E A‹7/C C7/B¨

du du Bên ção es que ci i da Du du du du du du du du du Dê a vi da_ao

du du Bên ção es que ci i da Du du du du du du du du du Dê a vi da_ao

99 F/A D‹7 G‹7 A‹7 D¨º D‹7/F F7

Sal va do or E re ce ba_o seu a mor

Sal va do or E re ce ba_o seu a mor

103 B¨ A‹7 G‹7 C7 F B¨ C7 F

E re ce ba_o seu a mor

E re ce ba_o seu a mor


Pág. 24
Coisa Séria
Flauta Sérgio Pimenta e
Ritmo Chorinho
Guilherme Kerr Neto
Allegro q=130
4
2
4

13
17

38

47

57

66

76

84

89
16

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 25

2 Flauta
105

112

119

128
9

145

155

164

171
Pág. 26

Coisa Séria
Ritmo Chorinho
Sérgio Pimenta e
Allegro q=130 Guilherme Kerr Neto
1ª vez em uníssono
D‹ D‹/F A7/E A7/C© D‹ D‹/F D7/C

T2
2
4
O lhe que a coi sa_é sé ria ma ni nho É pa ra vi ven ci ar

T1
2
4

B1
2
4
O lhe que a coi sa_é sé ria ma ni nho É pa ra vi ven ci ar

B2
2
4

D7/F© G‹7 A7(„ˆˆ4) D‹ D‹/F E B¨6 A7 A7/C©


8

E não pra fa lar a pe nas cer ti nho Sem ter vi da pra mos trar

E não pra fa lar a pe nas cer ti nho Sem ter vi da pra mos trar

D‹ D‹/F A7/E A7/C© D‹ D‹/F D7/C


17

Pois o tem po pas sa lo go ma ni nho E es sa de_a pro vei tar

Pois o tem po pas sa lo go ma ni nho E es sa de_a pro vei tar

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 27

2 D7/F© G‹7 A7(„ˆˆ4) D‹ D‹/C B¨7 A7(„ˆˆ4)


24

Po de pa re cer a té bom ca mi nho Mas no fim a mar ga

Po de pa re cer a té bom ca mi nho Mas no fim a mar ga

31 D D(„ˆˆ4) D D/F© A/E D F©‹7/C© B‹ B‹7/A G

rá O lhe_es tá em tu as mãos a brir teu co ra ção pa ra_o que Deus fa lou

rá O lhe_es tá em tu as mãos a brir teu co ra ção pa ra_o que Deus fa lou

40 F©‹ E‹ E‹7/D E‹/C© E‹/B A7 A7/G D/F©

Res pon de res sim ou não é su a de ci são ao seu i men so_a mor

Res pon de res sim ou não é su a de ci são ao seu i men so_a mor
Pág. 28

A7 D/F© A7/E D D7/C B7 B7(b9)/D© E‹ G 3


48
3

Pres te mui ta a ten çao não é re li gi ão e nem no vas é ti cas


3

Pres te mui ta a ten ção não é re li gi ão e nem no vas é ti cas


3

@
G G©º D/A B‹ E‹7 A7 D D7/F© G
57

Fa lo ao teu co ra ção de u ma di re ção pra u ma vi da_au tên ti ca Fa lo de ser

Fa lo ao teu co ra ção de u ma di re ção pra u ma vi da_au tên ti ca Fa lo de ser

D.S. al Fine
Fine
1. 2.
66 G©º D/A B‹ E‹7 A7 D D(„ˆˆ4) D D7/F©

um cris tão mas de vi ver pra Cris to_e não de fé se mân ti ca ca

um cris tão mas de vi ver pra Cris to_e não de fé se mân ti ca ca


Pág. 29
Consagração
Marta Kerr
Adagio q=140

C E‹7/B A‹7 G E‹

S
9
8
Se ja o meu can to Pa ra sem pre
C
9
8

6 E‹/E¨ E‹7/D E‹6/C© D‹7 D‹7/C G7/B

só pra te lou var Se ja tão so men te_e

12 G7 C E‹7/B A7 A7(b9) D‹ D‹7

ter na men te pra te a do rar Se ja o re

19 D©º F©º C/E E‹7/D A‹7 A7 D‹7

ca do que tu tens ho je_a qui pra dar Mas pos sa

26 G7 C A7 D‹7

eu tra zer na me en te Que tu és

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 30
2
31 E‹7/G C9 FŒ„Š7 C9 G7

quem o dá

36 C E‹7/B A‹7 G E‹

Se ja mi nha vi da O pa drão na

Se ja mi nha vi da O pa drão na

41 E‹/E¨ E‹7/D E‹6/C© D‹7 D‹7/C

qui lo que_eu fa lar No pro ce di

qui lo que_eu fa lar No pro ce di

46 G7/B G7 C E‹7/B A7 A7(b9) D‹

men to o e xem plo aos fi éis le var Na pu

men to o e xem plo aos fi éis le var Na pu

T
Pág. 31
3
53 D‹7 D©º F©º C/E E‹7/D A‹7 A7

re za gran de E tam bém na fé e no a mor Mas

re za gran de E tam bém na fé e no a mo or Mas

60 D‹7 G7 C A7

pos sa eu lem brar me se em pre Que de

pos sa eu lem brar me se em pre Que de

65 D‹7 E‹7/G C9 FŒ„Š7 C

pen do de ti Se nho o or

pen do de ti Se nho o or

T
Pág. 32
Cristo É Real
Kurt Kaiser
Moderato q=108

G(„ˆˆ4) G D‹7 G

S
4
4
A vi da que em Cris to_a chei pa re ce_um so nho ser
. Dar de gra ça_o que ga nhei Je sus me dis se_a sim
O_a mor mai or meu Deus pro vou ao po bre pe ca dor

C
4
4

T
4
4
A vi da que em Cris to_a chei pa re ce_um so nho ser
. Dar de gra ça_o que ga nhei Je sus me dis se_a sim
O_a mor mai or meu Deus pro vou ao po bre pe ca dor

B
4
4

1ºS só na 3ª estrofe
5 G‹7 B¨ G‹7 D‹7 G‹7 D‹7

1ºS

Lá lá iá lá iá lá lá lá lá iá

Não há lu gar em que o_a mor pos sa so bre vi ver Eu


Pois mui to_a lém do que eu der meu Deus da rá pra mim Eu
Seu Fi lho_ao mun do_E le man dou pra ser o Sal va dor A

Não há lu gar em que o_a mor pos sa so bre vi ver Eu


Pois mui to_a lém do que eu der meu Deus da rá pra mim Eu
Seu Fi lho_ao mun do_E le man dou pra ser o Sal va dor A

Musicografia: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 33
2
10 G‹7 C7 FŒ„Š7 BŒ„Š7

1ºS

Lá lá lá iá lá iá lá iá Lá lá iá lá iá lá

dei a vi da_a Cris to ga nhei o seu per dão En


o lho_en tão as flo res cri a das por meu Deus .
mi go Deus te a ma quer dar te_a sal va ção En

dei a vi da_a Cris to ga nhei o seu per dão En


o lho_en tão as flo res cri a das por meu Deus .
mi go Deus te a ma quer dar te_a sal va ção En

14 E(“4) E E(“4) E E‹7 A7(#5)

1ºS

iá lá lá iá

tão eu vi sur gir a no va paz no co ra ção Pois


Pra pro var ao mun do_o gran de_a mor aos que são seus Pois
tre ga ho je_ao meu Se nhor to do teu co ra ção Pois

tão em vi sur gir a no va paz no co ra ção Pois


Pra pro var ao mun do_o gran de_a mor aos que são seus Pois
tre ga ho je_ao meu Se nhor to do teu co ra ção Pois

B
Pág. 34
3
19 D G A7 D D7 G E‹7

Cris to é re al Cris to é re al Po de_um so nho

Cris to é re al Cris to é re al Po de_um so nho

1.2.
24 F©‹7 B‹7 E‹7 A7 D D‹7 G D‹7

pa re cer Mas Cris to_é re al

pa re cer Mas Cris to_é re al

B
Pág. 35
4 3.
30 D G A7 D D7 G E‹7

Cris to é re a a al Cris to é re a a al Po de_um so nho

Cris to é re al Cris to é re al a al Po de_um so nho

35 F©‹7 B‹7 E‹7 F©‹7 A7(„ˆˆ4) A7 D G‹7 D

pa re cer Mas Cris to_é re al

pa re cer Mas Cris to_é re al

B
Pág. 36
Deixa de Brincadeira
Aristeu Pires Junior
Moderato q = 116

D E‹7/D

S
4
4
Eu o lhei e vi o sol No mun do_a flor o ho mem no_u ni ver so_a fo

C
4
4

4 G A7 D

me me dei xei le var Mas vi que_a vi da pas sa_e sem sa ber pra on

Uh

7 E‹7/D G A7 D D7(„ˆˆ9)

de sem sen tir o_a mor de quem mor reu de_a mar

uh Uh uh uh uh

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 37
2
10 G F©‹7 E‹7 A7 D D7(„ˆˆ9)

Dei xa de brin ca dei ra que_o mun do_in tei ro pre ci sa_a char

Dei xa de brin ca dei ra que_o mun do_in tei ro pre ci sa_a cha ar

14 G F©‹7 E‹7 A7 D

A cha ma da fo guei ra_o_a mor ver da dei ro que Deus quer dar

A cha ma da fo guei ra_o_a mor ver da dei ro que Deus quer dar

18 D F©(#5) G

Tchu ru tchu tchu tchu ru tchu tchu tchu ru tchu tchu

Dei xa de la do_a fos sa es cu ta_a voz Sai bas que Je sus

B
Pág. 38
3
21 A7 D F©(#5)

tchu ru tchu tchu ru Tchu ru tchu tchu tchu ru tchu tchu

quer fa lar Ve ja que_a mor tre men do Je sus mor ren

24 G A7 D D7(„ˆˆ9)

tchu ru tchu tchu tchu ru tchu tchu ru ru

do na que la cruz só por te a mar

Na última vez cantar esta parte duas vezes


27 G F©‹7 E‹7 A7 D D7(„ˆˆ9)

Dei xa de brin ca dei ra que_o mun do_in tei ro pre ci sa_a char

Dei xa de brin ca dei ra que_o mun do_in tei ro pre ci sa_a cha ar

B
Pág. 39
To Coda
4
31 G F©‹7 E‹7 A7 D

A cha ma da fo guei ra_o_a mor ver da dei ro que Deus quer dar

A cha ma da fo guei ra_o_a mor ver da dei ro que Deus quer dar

D.C. al Coda
Interlúdio

35 D E‹7/D DŒ„Š7 G/D

Ø
39 E‹7 A7 D B‹7 E‹7 A7 D(„ˆˆ4) D

Que Deus quer dar Que Deus quer Da a a ar

Que Deus quer dar Que Deus quer dar

B
Pág. 40
Deus é Real
Ralph Carmichael
Trad.: Carlos Osvaldo
Moderato q=112

E E(#5) E6 E7 A

S
4
4
Se_eu fos se con tar o que de al guém ou vi Po de ri a um de
Deus que o mu un do tão lin do cri ou Mui to_a mou a vo

C
4
4

T
4
4
Uh uh uh uh uh

B
4
4

7 B7 B7/A E F©‹7 B7 E E(#5) E6

ta lhe_es que cer Uh uh uh


cê e a mim

uh uh uh uh Pois quan do se con on ta_al go que não se


Por is so seu Fi i lho ao mun do man

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 41
2
13 E7 A B7 B7/A E G©‹7

uh uh uh uh uh Mas o que sen

viu Mui ta gen te tal ve ez não vá crer Mas o que sen


dou Nos tra zer sal va çã ao que_é sem fim

19 C©‹7 G©7 C©‹ C©‹7/B A F©‹ G B7

ti i com_o to que da fé E a té com os o lhos da al ma eu vi

ti i com_o to que da fé E a té com os o lhos da al ma eu vi

25 E E(#5) E6

i i Dê um tem po_e es cu u te ve rá a fi
Dei xa cla ro_E le vi i ve em seu co ra

i i Dê um tem po_e es cu u te ve rá a fi
Dei xa cla ro_E le vi i ve em seu co ra
Pág. 42

1. 3
29 E7 A B7 B7/A E F©‹7 B7

nal Que o Deus que_eu a che ei é re al O


ção En con trei seu per

nal Que o Deus que_eu a che ei é re al O


ção En con trei seu per

2.
34 F©‹7 G©7 C©‹7 A F©‹7

dão e a paz sem i gual Di go_en tão que meu Deus é re

dão e a paz sem i gual Di go_en tão que meu Deus é re

39 E D E D E

al Sim Deus é re al Deus é re al

al Sim Deus é re al Deus é re al


Pág. 43

Dia De Angústia
Andante q=76 Sérgio Pimenta

EŒ„Š7(„ˆˆ9) D/E F©‹7/E

S
4
4
Quan do_a luz da_es pe ran ça_a pa gar se_ao re dor Quan do_o

C
4
4

6 EŒ„Š7(„ˆˆ9) AŒ„Š7 C©‹7 G7(b5) F©‹7

ohar ex pli car pa ra_amen te que_es tá só Quan do_o pé não ti ver mais a

11 B/A G©‹7 GŒ„Š7(„ˆˆ13)

po io Nem a mão ou tra mão por so cor ro Quan do_o

Moderato q=108
14 F©‹7 F7(„ˆˆ9) EŒ„Š7(„ˆˆ9) A6/E
3 3
S
2
4
di a da_an gús tia che gar O que se rá?
3 3
C
2
4

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 44

2 Na última vez Allegro q=140


20 EŒ„Š7(„ˆˆ9) A6/E EŒ„Š7(„ˆˆ9) D/E EŒ„Š7(„ˆˆ9)

Quan do tu do que tem de va lor se per der

Quan do tu do que tem de va lor se per der

30 F©‹7/E EŒ„Š7(„ˆˆ9) AŒ„Š7 C©‹7 G7(b5)

E con so lo ne nhum lhe fi zer es que cer Quan do

E con so lo ne nhum lhe fi zer es que cer Quan do

40 F©‹7 B/A G©‹7 GŒ„Š7(„ˆˆ13)

to da de fe sa mur char Só des gos to seu ros to_ex pres sar Quan do_o

to da de fe sa mur char Só des gos to seu ros to_ex pres sar Quan do_o

B
Pág. 45

3
48 F©‹7 F7(„ˆˆ9) EŒ„Š7(„ˆˆ9)

di a da_an gús tia che gar O que se rá?

di a da_an gús tia che gar O que se rá?

53 A6/E EŒ„Š7(„ˆˆ9) B‹7/E E7

60 A‹7 D7(„ˆˆ9) GŒ„Š7 CŒ„Š7 F©‹7(b5) B7(„ˆˆ9)


3
S

Cris to mor reu pra sal var E da_an gús tia


3
C

T
3
Cris to mor reu pra sal var E da_an gús tia

B
3
Pág. 46

4
71 E‹7 A‹7 A‹7/G F©‹7(b5) B7 E‹7 CŒ„Š7

li vrar A to do que ne le crer

li vrar A to do que ne le crer

83 F©‹7(b5) B7 E‹7 A‹7

A to do que o re ce ber A to

A to do que o re ce ber A to

93 A‹7/G F©‹7(b5) B7 E‹7 CŒ„Š7 F©‹7(b5)

do que ne le crer A to do

do que ne le crer A to do

B
Pág. 47

1. 5
102 B7 EŒ„Š7(„ˆˆ9) A6/E

que o re ce ber

que o re ce ber

2.
108 E‹7 A7(„ˆˆ9) E‹7 A7(„ˆˆ9)

ber A Cris to A Cris to

A Cris to

ber A Cris to A Cris to

A Cris to

121 E‹7 A7(„ˆˆ9) E‹7

A Cris to

A Cris to A Cris to

A Cris to

A Cris to A Cris to
Pág. 48

6
131 A7(„ˆˆ9) E‹7

A Cris to

A Cris to

A Cris to

A Cris to
Pág. 49

Em Amor Por Mim


Comunidade Argentina
Andante q=96
D E‹7 D/F© G D B‹7 E7

SC
3
4
Es te_é meu cor po par ti do por ti Traz sal va ção e dá a

TB
3
4
Es te_é meu cor po par ti do por ti Traz sal va ção

8 A(“4) A7 F©‹ F©‹7

paz To ma e co me e quan do fi

e dá a paz To ma e co me e

12 B‹7 E‹7 A(“4) A7 D G/A

ze res Fa ze_o_em a mor por mim

quan do fi ze res por mim

17 D E‹7 D/F© G D B‹7 E7 A(“4)

Es te_é meu san gue ver ti do por ti Traz o per dão e li ber da de

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 50
2
25 A7 F©‹ F©‹7 B‹7 E‹7

To ma e be be e quan do fi ze res Fa ze_o_em a

30 A(“4) A7 D E7/D C

mor por mim

34 A/B B7 E E7/D A/C© C E/B A F©7

Ah ah ah Ah ah ah

Es te_é meu san gue ver ti do por ti Traz o per dão e li ber

42 B(“4) B7 G©‹ G©‹7 C©‹7

Ah ah

da de To ma e be be e quan do fi ze res

47 F©‹7 A/B B7 E A/E B/E A/E E

ah ah ah ah Ah ah

Fa ze_o_em a mor por mim Ah ah


Pág. 51
Enquanto Oramos
Adagio q=70 Ralph Carmichael

D E‹/D A7(“4) A7

S
4
4
Ao o rar mos Se nhor Vem en cher nos com teu a
C
4
4

4 D B‹ B‹7/A E‹/G E/G© A7(“4) A7

mor Pa ra_o mun do_a gi ta do_es que cer Ca da di a tua vi da vi

8 D G F©‹7 B‹7 E7(„ˆˆ9) A7(“4) A7

ver Nos sa vi da vem pois trans for mar Re fri gé rio pra al ma nos dar E a

Nos sa vi da vem pois trans for mar Re fri gé rio pra al ma nos dar E a
B

1. 2.
13 D E‹/D A7(“4) A7 D D

go ra com ou tros ir mãos Nos u ni mos a qui em o ra ção ção


C

go ra com ou tros ir mãos Nos u ni mos a qui em o ra ção ção


B

I ir mãos
Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com
Pág. 52
Fale do Amor
Tom original: Bb
Ralph Carmichael
Andante q=96

A B‹7

S
4
4
Fa le do_a mor e de tu do que_é bom Fa le_o quan
Can te_es te_a mor e a for ça que traz Que dá fim
Gri te que_o_a mor vai às gue ras dar fim Mas o mal

C
4
4

T
4
4

B
4
4

to qui ser Di ga_em bom e_al to tom Mas va


à tris te za e_a to dos dá paz Mas o
que_há no mun do não se vem ce_a sim E por

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 53
2
9 C F C F D‹7

zi o a mor se rá A le gri a não te rá Se vo cê não ti


tem po i rá pas sar Na da va le se_es for çar Se vo cê não ti
is so Je sus mor reu Por vo cê lá na cruz so freu Se vo cê re jei

14 G C B‹7 E7 A F©‹7

ver a Je su us o a mor não te ra á Vo cê quer o_a


ver a Je su us o a mor não te ra á
tar a Je su us o a mor se per de eu

20 C©‹7 DŒ„Š7(„ˆˆ9) E7 A E/G© G©‹7 C©7 D E¨º

mo or A cei te_o_a mor de meu Je sus A cei te_o_a


Pág. 54
3
26 A D A 1.2. 3. E7

mo or de meu Je sus De meu Je

32 A G A

sus De meu Je sus


Pág. 55

Joao 3:16
Ralph Carmichael
Adagio q=64

D DŒ„Š7 D7 G F©7 B7 E‹7 A7(“4) D DŒ„Š7 D7

S
4
4
Deus tan to_ao mun do_a mou Que seu Fi lho_a ma do en tre gou Pra que

C
4
4
Deus tan to_ao mun do_a mou Que seu Fi lho_a ma do en tre gou Pra que

T
4
4
Que seu
5 G CŒ„Š7 F©‹7 B7 E7 A© D/A F©‹7 B‹7/E E7

to do que Ne le crer Não pe re ça Mas re ce ba_a vi da que_E le dá Que pra

to do que Ne le crer Não pe re ça Mas re ce ba_a vi da que_E le dá Que pra

10 G A7(“4) A7 D D7(b9) G/D

sem em pre du ra a rá Eu que ro_a sim


Re ce ba_a sim

sem em pre du ra a rá

Eu que ro_as
16 G‹/D G‹6/D DŒ„Š7 B7 E7 A7(“4) A7 D D.C. al Fine
Fine

Je sus pra mim Vi i i da sem fim


Vi da sem fim Di ga_a Je sus que sim

sim Je sus pra mim sem fim


que sim
Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com
Pág. 56
Lancemos sobre Deus
Sergio Ricardo Leoto e
Guilherme Kerr Neto
Allegro q=136 @
E G©(#5) AŒ„Š7

S
4
4
Lan ce mos so bre Deus a nos sa an sie da

C
4
4

T
4
4
Lan ce mos so bre Deus a nos sa an sie da
B
4
4
1.
5 D7(„ˆˆ9) E A/B EŒ„Š7 A/B

a de Pois E le tem cui da do de nó o o os Lan

a de Pois E le tem cui da do de nó os Lan

Transcrição e Adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 57
2
2.
10 E F©7 C©‹7 F©7(„ˆˆ9) F©‹7(„ˆˆ9) B7(“4)

nós As sim fa lou Je sus O lhai os pas sa ri nhos Não


O lhai no cam po_os lí rios Não

nós As sim fa lou Je sus O lhai os pas sa ri nhos Não


O lhai no cam po_os lí rios Não

To Coda
16 E/G© G©‹7 C©7(“4) C©7 F©‹7 E/G©

guar dam co mi da pra_a ma nhã Mas o nos so Pai Ce


fa a zem rou pas pra ves tir

guar dam co mi da pra_a ma nhã Mas o nos so Pai Ce


fa a zem rou pas pra ves tir

1.
22 A A©‹7(b5) B7(“4)

les ti al lhes dá

lhes dá

les ti al lhes dá

lhes dá
D.S. al Coda
ø Pág. 58

2. 3
27 A A©‹7(b5) B7(“4)

Lan les ti al lhes dá

Lan les ti al lhes dá

lhes dá
33 E E7 AŒ„Š7

Sim de nós Deus tem cui da do Je sus as sim fa lou

Sim de nós Deus tem cui da do Je sus as sim fa lou

39 C/D E A/B

Que o Pai do Céu Em seu gran de_a mor tem cui da

Que o Pai do Céu Em seu gran de_a mor tem cui da


Pág. 59
4
45 E A/B E G©(#5)

do de nós Lan ce mos so bre Deus a

do de nós Lan ce mos so bre Deus a

1.
52 AŒ„Š7 D7(„ˆˆ9) E A/B

nos sa an sie da a de Pois E le tem cui da do de

nos sa an sie da a de Pois E le tem cui da do de

2.
56 EŒ„Š7 A/B AŒ„Š7 D7(„ˆˆ9)

nó o o os Lan nos sa an sie da a de Pois

nó os Lan nos sa an sie da a de Pois


Pág. 60
1. 5
61 E A/B E
Amaj7 na 2ª vez

E le tem cui da do de nós

E le tem cui da do de nós

66 2. E

Pois do de nó os

Pois do de nó os
Pág. 61
Logo de Manhã
Aristeu Pires Júnior
Andante q=96
Cantar1ª estrofe e coro uma vez em uníssono

G D9/F© E‹7 E‹7/D E‹7 E‹/E¨ E‹7/D E‹6/C©

S
4
4
Lo go de ma nhã que ro Te bus car Tu a voz ou vir
E no fim do di a quan do_o sol se for Te a do ra rei

C
4
4

T
4
4

B
4
4

To Coda
7 C A‹7 D(„ˆˆ4) D7 G D9/F© E‹7 E‹7/D E‹7 E‹/E¨

Teu a mor sen tir Es ten der as mãos pa ra Te lou var


Te da rei lou vor Mes mo_es cu ra_a noi te bri lha_a Tu a luz

Transcrição e Adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 62
2
13 E‹7/D E‹6/C© C G A‹7 D7 G

Der ra mar meu co ra ção so bre Teu al tar Pois

Coro em uníssono
17 A‹7 E/G© A‹/G E7 A‹7

Tu sa bes bem tu do quan to há em mim

D.C. al Coda
21 F E/G© A‹/G E7 F D(„ˆˆ4) D7

Vou Te se guir e Te_a mar a té o fim

ø
rall.
26 E‹7/D E‹6/C© C G D7 D© C‹7 G

Em Teus bra ços eu des can so meu Se nhor Je sus


Pág. 63

Louva a Deus
Girard Traux
Andante q=76

@ 1.
G C9 G C9 G

S
4
4
Lou va_a Deus Lou va_a Deus E_ao Se nhor Je sus de quem as bên çãos vêm Lou va_a
No me lou va_en tão Nun ca mais se rás o mes mo meu ir mão Ao Seu

C
4
4
Lou va_a Deus Lou va_aDeus E_ao Se nhor Je sus de quem as bên çãosvêm Lou va_a

T
4
4
Lou va_a Deus Lou va_a Deus E_ao Se nhor Je sus de quem as bên çãos vêm Lou va_a
No me lou va_en tão Nun ca mais se rás o mes mo meu ir mão Ao seu

B
4
4

2.
5 G B‹7 C9 G C9

vêm E_o co ra ção a brir Á guas vi vas do_in te rior i rão fru ir
mão

vêm E_o co ra ção a brir Á guas vi vas do_in te rior i rão fru ir

vêm E_o co ra ção a brir Á guas vi vas do_in te rior i rão fru ir
mão
D.S. al Coda Pág. 64
To Coda
2 1. 2. ø
9 G G G G C9

E_o co ra ir Ao seu ir Ah ah ah ah ah

E_o co ra ir Ao seu ir Ah ah ah Ah ah ah

E_o co ra ir Ao seu ir Ah ah ah ah ah ah ah

Ah ah ah Ah ah ah

1. 2.
13 G C9 G G B‹7 C9

ah ah ah ah ah ah ah ah ah E_o co ra ção a brir Á guas

Ah ah ah ah ah ah Ah ah ah E_o co ra ção a brir Á guas

ah ah ah ah ah ah ah ah E_o co ra ção a brir Á guas

Ah ah ah ah ah ah Ah ah ah
Pág. 65

1. 2. 3
18 G C9 G G G

vi vas do_in te rior i rão fru ir E_o co ra ir Gló ria_a Deus Gló ria_a

vi vas do_in te rior i rão fru ir E_o co ra ir Gló ria_a Deus A le lu ia Gló ria_a

vi vas do_in te rior i rão fru ir E_o co ra ir Gló ria_a Deus A le lu ia Gló ria_a

Gló ria_a Deus Gló ria_a

1. 2.
22 C9 G C9 G G

Deus E_ao Se nhor Je sus de quem as bên çãos vêm Gló ria_a vêm

Deus A le lu ia E_ao Se nhor Je sus de quem as bên çãos vêm Gló ria_a vêm

Deus A le lu ia E_ao Se nhor Je sus de quem as bên çãos vêm Gló ria_a vêm

Deus E_ao Se nhor Je sus de quem as bên çãos vêm Gló ria_a vêm
Pág. 66
Medley 5 Anos
Compositores (*)
Moderato q=120

1 E G©7 C©‹ C©‹7/B A B A B7 E E/B G©7

S
4
4
Mais que ven ce do res por Deus que nos a mou Mai or po der não

C
4
4

T
4
4
Mais que ven ce do res por Deus que nos a mou Mai or po der não

B
4
4

6 C©‹ C©‹7/B F©7 B7 E G©7 C©‹ C©‹7/B A

hou ve e a go ra_ha bi ta_em nós O i ni mi go_é gran de mas Deus co nos co_es

hou ve e a go ra_ha bi ta_em nós O i ni mi go_é gran de mas Deus co nos co_es

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 67
2
12 G© F©‹ E/B A B7 E A A(#5)

tá Quem po de en fren tar nos E le_é nos so ca pi tão Con quis ta re mos

tá Quem po de en fren tar nos E le_é nos so ca pi tão Con quis ta re mos

18 A13 A(#5) A A/C© A E/G© B(#5)

sem te mor lu tan do com fer vor Des can san do_em

sem te mor lu tan do com fer vor Des can san do_em

22 G©‹7 C©7 B F©7 B B7

seu a mor a té que vol te_o Se nhor Pois

seu a mor a té que vol te_o Se nhor Pois


Pág. 68
3
25 E G©7 C©‹ C©‹7/B A B A B7 E

Mais que ven ce do res por Deus que nos a mou Mai

Mais que ven ce do res por Deus que nos a mou Mai

29 C©‹ G©7 C©‹ C©‹7/B F©7 B7 E

or po der não hou ve e a go ra_ha bi ta_em nós

or po der não hou ve e a go ra_ha bi ta_em nós

33 E A G©‹ C©‹ F©‹ B7 E A B7

Vou pro cla mar ao mun un do que meu Se nhor em bre ve vol ta ra á

Vou pro cla mar ao mun un do que meu Se nhor em bre ve vol ta ra á
Pág. 69
4
37 E A G©‹ C©‹ F©‹ B7 E

Vou pro cla mar ao mun un do que Cris to rei na rá Eu an da va tão pre so nas
A go ra sal vo_es to ou não

Vou pro cla mar ao mun un do que Cris to rei na rá Eu an da va tão pre so nas
A go ra sal vo_es to ou não

43 A B7 E F©‹ E/G© E A F©‹ C©‹ B7


2
4
tre vas sem Je sus Mas E le_a mão to mou me e_a go ra me con du uz
te nho mais te mor De su a vi da_eu fa lo a to dos com a mo or
2
4
2
4
tre vas sem Je sus Mas E le_a mão to mou me e_a go ra me con du uz
te nho mais te mor De su a vi da_eu fa lo a to dos com a mo or
2
4

q=80
50 E E/G©
2
4
Eu já en con trei a no va vi i da Eu en con trei a sal va çã a ão A gran de
2
4

2
4
Eu já en con trei a no va vi i da Eu en con trei a sal va çã a ão A gran de
2
4
Pág. 70
5
55 E C©‹ F©7 B7 E

paz que me per se gui i a Eu te nho ho je no co ra ção Sen do as sim eu can to_a le

paz que me per se gui i a Eu te nho ho je no co ra ção Sen do as sim eu can to_a le

60 E7(„ˆˆ9) A A‹6 E C©‹

e gre Can to de Cris to_e seu a morQue_em meu lu gar mor reu na cru u uz E se tor

e gre Can to de Cris to_e seu a morQue_em meu lu gar mor reu na cru u uz E se tor

1.2.
65 F©‹ B7 E A F©7 B‹ E7

nou meu Sal va dor Se_o ca mi nho é in cer to Sei que Cris to_es tá bem
Se na vi da tu do_é tris te Se_o sor ri so não e

nou meu Sal va dor Se_o ca mi nho é in cer to Sei que Cris to_es tá bem
Se na vi da tu do_é tris te Se_o sor ri so não e
Pág. 71
6
73 A F©7 B7 E

per to Vou a E le_em o ra çã ão E com gran de_i men so_a


xis te Cris to ho je_es tá cha man do Pa ra u ma no va

per to Vou a E le_em o ra çã ão E com gran de_i men so_a


xis te Cris to ho je_es tá cha man do Pa ra u ma no va

3.
80 A B7 F©‹ B7 E6 E
4
4
mor meu Deus se gu ra_a mi nha mão Eu já_en con nou meu Sal va dor
vi da te_en tre gar com a mor

4
4

4
4
mor meu Deus se gu ra_a mi nha mão Eu já_en con nou meu Sal va dor
vi da te_en tre gar com a mor

4
4
Pág. 72
@
q=128 7
86 E C©‹7 F©‹7 B7 E
4
4
Can ta_a go ra mes mo_a Cris to Can ta_u ma can ção de_a mor Can ta_a té na tem pes
4
4

4
4
Can ta Can ta Can ta
4
4

91 F©‹7 B7 E C©‹7

ta de Can ta_o sol de es plen dor Can ta_as bên çãos des ta vi da

Can ta Can ta Ah ah ah ah Can ta

96 F©‹7 B7 E

Can ta so bre_o céu en tão Can ta bem ce do

Can ta Can ta
Pág. 73
Fine
8
99 A F©‹7 B7 E A E

Can ta na li da Can ta_a té na_es cu ri dão

Can ta Can ta Ah

102 B7 E

Meu co ra ção can ta de_a le gri a Do ce me lo di a Sua ve har mo ni a

Noi te_e di a vem u ma can ção ao co ra ção

106 B7 E B7 E

Meu co ra ção can ta de_a le gri a Me lo di a de a mor Sal va dor a

Es se can to de lou vor me lo di a de_a mor Sal va dor a


Pág. 74
9
111 F©‹7 B7 E Eº

ma do Cris to meu Je sus No me san to_e_hon

ma do Cris to meu Je sus No me san to_e_hon

D.S. al Fine
115 F©‹7 B7 E

ra do Que nos gui a sem pre_à luz

ra do Que nos gui a sem pre_à luz

(*) Compositores:
Mais que Vencedores - Autor desconhecido - Arr. Loide do Amaral
Vou Proclamar ao Mundo - Myra Schubert
Nova Vida (Eu já encontrei a nova vida) - Ralph Carmichael
Canta Agora Mesmo a Cristo - Autor desconhecido

Tom original das três primeiras músicas: Eb


Pág. 75
Mente e Coração
Guilherme Kerr Neto
Andante q=116
1S só na segunda vez
G C9 G/B G‹/B¨ A(“4)

S
4
4
Ah co mo_é bom po der aos pés da cruz

1S
4
4
co mo_é bom po der

C
4
4

T
4
4
Ah co mo_é bom po de er aos pés da cruz

B
4
4

6 A7
D D7 G C9 G/B

de po si tar Es te meu far do

de po si tar Es te meu far do

de po si tar Es te meu far do

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 76
2
12 G‹/B¨ A(“4) A7 D D(„ˆˆ9)

pe sa do_e ár duo de car re gar

o pe sa do_e ár duo de car re gar

o pe sa do_e ár duo de car re gar

17 C G/B A‹7 D(“4) D


3 3 3 3

E não ter que an dar an sio so de na da se não

3 3 3 3
E não ter que an dar an sio so de na da se não

3 3 3 3

3 3 3 3
E não ter que an dar an sio so de na da se não
3 3 3 3
Pág. 77
3
21 C G/B A‹7 D(“4) D B7/D©
3 3 3

A Deus tu do le var em gra ta_e sú pli ce o ra ção


So bre E le lan çar ca da pro ble ma ca da_a fli ção

3 3 3
A Deus tu do le var em gra ta_e sú pli ce o ra ção
So bre E le lan çar ca da pro ble ma ca da_a fli ção
3 3 3

3 3 3
A Deus tu do le var em gra ta_e sú pli ce o ra ção
So bre E le lan çar ca da pro ble ma ca da_a fli ção
3 3 3

26 E‹ B7/D© C A7 D
3

E_a paz de Deus en tã ão men te e co ra ção guar da rá

3
E_a paz de Deus en tã ão men te e co ra ção guar da rá
3

3
E_a paz de Deus en tã ão men te e co ra ção guar da rá
3
Pág. 78
4 1. 2. molto rit.
31 D(„ˆˆ9) G G C9
3

Em Cris to Je sus Ah sus Ah co mo_é bom

3
Em Cris to Je sus Ah sus Ah co mo_é bom
3

3
Em Cris to Je sus Ah sus Ah co mo_é bom
3

35 G C9 G

po der co mo_é bom sa be er

po der co mo_é bom sa be er

po der co mo_é bom sa be er


Pág. 79

Meu Pequeno Mundo


Ralph Carmichael
Andante q=106

2
4
Intr. Piano
2
4

12

20

27 B¨ F/A G‹7 F‹7 B¨7(“4)

Uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh Uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh

Oh Deus da_am pli dão Do sol e do ar Eu

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 80

2
36 E¨ A¨7 D‹7 G7(b9) C‹7

Uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh Uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh Uh

sin to no ven to_e no mar Em bo

45 E¨‹7 A¨7 F7(“4) B¨Œ„Š7/F

uh uh uh uh uh uh uh uh uh Uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh

ra pre sen te_em to do lu gar Sur

52 G‹7/F F7(b9) B¨/F F7(“4)


3 2
4 4
Uh uh uh uh uh uh uh uh uh Em mim em mi im Cra

3 2
4 4

3 2
4 4
pre sa_es tás vi vo_em mim em mi im Cra

3 2
4 4
Pág. 81

3
59 B¨Œ„Š7 F/A G‹7 F‹7 B¨7(“4) E¨Œ„Š7 A¨7
2
4
te ras dis tan tes de_ummun do sem fim Cri as te_em teu gran

2
4

2
4
te ras dis tan tes de_ummun do sem fim Cri as te_em teu gran

2
4

70 D‹7 G7(b9) C‹7 E¨‹7 A¨7 F7(“4)

de po der Meu pe que no mun do cha mou

de po der Teu po de e er Meu pe que no mun do cha mou

80 B¨Œ„Š7/F G‹7/F F7(b9) F7 B¨Œ„Š7

te_a ten ção Nem mes mo pos so_en ten der

te_a ten çã ã ao Nem mes mo pos so_en en en ten en en der


Pág. 82

4
89 E¨Œ„Š7 D‹7 C‹7 E¨‹7 D‹7 G‹7

Mi la gres sei que_a con te cem a_al guém co mo e eu No_ins

Mi i la a gre es sei que_a con te cem a_al guém co mo e eu No_ins

99 C‹7 F7(“4) B¨Œ„Š7 A‹7(b5)

tan te_em que ou sa mos cre e er em Je e sus Pois so mos o

tan te_em que ou sa mos crer em Je sus Pois so mos o

109 D7(b9) G‹7 C7(“4)

al vo do seu gran de_a mor A mor que

al vo do seu gran de_a mor A mor que


Pág. 83

5
116 C7 F7(“4) F©7(“4)

le vou Cris to_a mor rer na cruz

le vou Cris to_a mor rer na cruz

122 BŒ„Š7 F©/A© G©‹7 F©‹7 B7(“4) EŒ„Š7

Po dem es tre e las ca i ir e_o sol se_a pa gar To o do es

Po dem es tre e las ca i ir e_o sol se_a pa gar To o do es

132 AŒ„Š7 D©‹7 G©7 C©‹7

te_u ni ver so pa as sar Pas sar pas sar Mas na da vai mu

te_u ni ver so pa as sar Pas sar pas sar Mas na da vai mu


Pág. 84

6
141 E‹/G BŒ„Š7/F© G©‹7 EŒ„Š7 F©/C© E/B F©7(“4)

da ar a pro me es sa que me fe ez Je sus em meu ser

da ar a pro me es sa que me fe ez Je sus em meu ser

152 D C© CŒ„Š7 B D

Vai fi car vai fi car Em meu ser vai fi car Em meu ser

Vai fi car vai fi car meu ser vai fi car meu ser

162 C© CŒ„Š7 B D

vai fi car Em meu ser vai fi car Em meu ser vai fi car

vai fi car meu ser vai fi car meu ser vai fi car
Pág. 85

7
171 C© CŒ„Š7 B

Em meu ser va ai fi car

meu ser va ai fi car


Pág. 86

Minha Paz Vos Dou


V. Hauser
Andante q=94
Primeira estrofe em uníssono
G A‹7 G A‹7 G A‹7 G A‹7

S
3
4
Mi nha pa az vos dou Mi nha pa az voz dou

9 C C G/B A‹7 G D C G/B A‹7 G

Não co mo_omun do eu vo la dou Mi nha pa az vos do ou

17 GŒ„Š7 A‹7 GŒ„Š7 A‹7 GŒ„Š7 A‹7 GŒ„Š7

A fé é vos dou A
Es pe ran ça vos dou Es pe
A mo or vos dou A

A fé é vos dou A fé é vos dou


Es pe ran ça vos dou Es pe ran ça vos dou
A mo or vos dou A mo or vos dou

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 87
2
24 A‹7 C

fé é Não co mo_o mun do eu vo la


ran ça Não co mo_o mun do eu vo la
mo or Não co mo_o mun do eu vo lo

Não co mo_o mun do eu vo la


Não co mo_o mun do eu vo la
Não co mo_o mun do eu vo lo

28 C B/G A‹7 G D C G/B A‹7 G

dou A fé é vos do ou
dou Es pe ran ça vos do ou
dou A mo or vos do ou

T
dou A fé é vos do ou
dou Es pe ran ça vos do ou
dou A mo or vos do ou

B
Pág. 88
Moradia
Vavá Rodrigues
Adagio q=70

E&11 A E‹ G A E‹9

T
2
4
3 3 3
Sim vem vin do de tão lon ge Pés ca le ja dos de_an dar

9 A E‹

3
Os om bros su jos de ter ra Mas

13 A E‹ A E‹ A C D E‹

3 3 3 3
seu sem blan te é tão be lo_E xis te bri lho_em seu o olhar

17 A E‹ G A E‹9

3 3
3
O ca mi nho é pe sa do E_é pre ci so des can sar Pão vi nho_e

26 A E‹ A E‹ A E‹ A C D E‹

3 3 3 3
mui to re pou so Oh a bre_a por ta_e o con vi de Pra con ti go_en tão ce ar

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 89
2
Ritmo de Xote @
33 E‹7 G B‹7 E‹7

3 3 3 3 3 3
Sim Je sus Cris to quer en trar a mi go o A í bem den tro do teu co ra ção
por ta vais a char a bri go o Paz ver da dei ra_am pa ro pro te ção

3 3 3 3 3 3

37 B‹7 C E‹7 A7

3 3 3 3 3 3
Quer um lu gar pa ra fa zer mo ra da a E man dar chu va pra_es te teu ser tão
Ve rás fe liz che gar o fim da_an gús tia a Que a per re ia o teu co ra ção

3 3 3 3 3 3

41 E‹7 C 3
G D7

3 3 3 3 3
Quer te tra zer pra ver da dei ra vi da a On de_há jus ti ça li ber da de_e_a mor
Cris to_é_o ca mi nho a ver da de_a vi da a Vi da e ter na que su fo ca_a dor
3

3 3 3 3 3

45 G B‹7

3 3 3
A bre_es ta por ta e o dei xa_en trar

3 3 3
Pág. 90
To Coda
3
47 E‹7 C B7 E‹7

3 3 3 3
3
Pra fa zer mo ra di a e te co brir de ca lo or Por is so

3 3 3 3
3

50 B‹7 E‹7 B‹7 E‹7 B‹7 E‹7

A bre já seu me ni no a por ta do seu co ra ção Ve nha já seu me ni no

A bre já seu me ni no a por ta do seu co ra ção Ve nha já seu me ni no


Pág. 91
4
56 C D7 G D7

re ce ber a sal va ção Dei xa Je sus Cris to_en trar

re ce ber a sal va ção Dei xa Je sus Cris to_en trar

1. 2.
59 G C B7 E‹7 E‹7

Tan to_a mor a te_a bra çar Por is so Por is so

Tan to_a mor a te_a bra çar Por is so Por is so

Interlúdio Acordeon
Pág. 92
Acordeon
5
63 B‹7 E‹7 B‹7 E‹7 B‹7 E‹7

69 C D7 G D7 G C B7

D.S. al Coda
ø
74 E‹7 B‹7 E‹7 B‹7

A bre já seu me ni no A por ta do seu co ra ção

3
A bre o co ra ção
Se_a brir a

3
A bre já seu me ni no A por ta do seu co ra ção

E‹7
Pág. 93
6
78 E‹7 B‹7 E‹7 C D7 G

Ve nha já seu me ni no re ce ber a sal va ção Dei

Ve nha a Sim seu me ni no Dei

Seu me ni no vem Ve nha já seu me ni no re ce ber a sal va ção Dei

1.2. 3.
83 D7 G C B7 E‹7 E‹7

xa Je sus Cris to_en trar Tan to_a mor a te_a bra çar Por is so çar

xa Je sus Cris to_en trar Sim dei xa rá te_a bra çar Por is so çar

xa Je sus Cris to_en trar Tan to_a mor a te_a bra çar Por is so
Pág. 94

Nada Melhor
Flo Price
Trad.: Carlos Osvaldo
Andante q=88

E¨ G‹/D C‹ C‹7/B¨ F‹ B¨7 E¨

S
4
4
Mui to_em bo ra_um só Je sus e xis ta Nem to dos sa bem ve lo co mo é Fi

C
4
4

T
4
4
Mui to_em bo ra_um só Je sus e xis ta Nem to dos sa bem ve lo co mo é Fi

B
4
4

5 B¨ G7 C‹ C‹7/B¨ F‹7 A¨ E¨ B¨7 E¨

ló so fo po e ta_ou co mu nis ta Ou mes mo hip pie já se dis se_a té

ló so fo po e ta_ou co mu nis ta Ou mes mo hi pie ja se dis se_a té

9 E¨ G‹/D C‹ C‹7/B¨ F‹7 B¨7 E¨

Mas Je sus é bem mais im por tan te Quan do se sa be de seu gran de_a mor E

Mas Je sus é bem mais im por tan te Quan do se sa be de seu gran de_a mor E

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 95

2
13 B¨ G7 C‹ G©5/C C‹7/B¨ F‹7 A¨ E¨ B¨7 E¨

é pre ci so ho je que se can te Je sus Fi lho de Deus o Sal va dor Por to do

é pre ci so ho je que se can te Je sus Fi lho de Deus o Sal va dor

17 E¨ F‹7 E¨ C‹/G F‹7 B¨(#5)

mun do pro cu rei Ver da de_a mor com que so nhei Va zi o_a

Uh uh uh uh uh uh Uh uh uh uh

21 E¨ F‹ F‹7 B¨7 B¨(#5) C‹7

chei ao meu re dor Na da me lhor Na da me lhor

Uh uh Na da me lhor Na da me lhor Ao ver a


Pág. 96

3
27 E¨ F‹7 E¨ C‹/G F‹7 B¨(#5)

Uh uh uh uh uh uh Uh uh uh uh

vi da se per der Tão fra co_eu pen so_em que fa zer Quem vem tra

31 E¨ F‹ F‹7 B¨7 B¨(#5) C‹7

Uh uh Dar di re ção Dar di re ção Tan ta pro

zer a so lu ção Dar di re ção Dar di re ção Tan ta pro

37 F‹7 C‹7 F‹7 C‹7 F‹7

cu ra i lu são A vi da_es cu ra_e sem ra zão Vi ver a tro co de não

cu ra i lu são A vi da_es cu ra_e sem ra zão Vi ver a tro co de não


Pág. 97

4
42 C‹7 G(“4) C‹7 CŒ„Š7 C‹7
pp

ser Me lhor mor rer Me lhor mor re er Me lhor mor re er

ser Me lhor mor rer Me lhor mor re er Me lhor mor re er

48 E¨ F‹7 E¨ C‹/G F‹7 B¨(#5)


f

Ca mi nho_es trei to_eu vi a cruz E no meu pei to_o céu em luz Meu so nho_a

Ca mi nho_es trei to_eu vi a cruz E no meu pei to_o céu em luz Meu so nho_a

53 E¨ A¨ G‹7 F‹7 B¨(“4) B¨ E¨Œ„Š7 F‹7

paz a chei em fim Je sus em mim Je sus em mim Je sus em mim

paz a chei em fim Je sus em mim Je sus em mim Je sus em mim


Pág. 98

5
60 E¨Œ„Š7 F‹7 E¨Œ„Š7 F‹7 Fº E¨

Je sus em mim Je sus em mi im

Je sus em mim Je sus em mi im


Pág. 99
Nem Um Momento Só
Sérgio Pimenta
Adagio q=66

AŒ„Š7(„ˆˆ9) D/A AŒ„Š7(„ˆˆ9) A(„ˆˆ4)

S
4
4
Nem um mo men to só dei xou me o seu o olhar

C1
4
4

C2
4
4
Nem um mo men to só dei xou me o seu o lhar

5 AŒ„Š7(„ˆˆ9) D/A AŒ„Š7(„ˆˆ9) A(„ˆˆ4)

Nem quan do_eu da va dó ne gou me o seu a mar

C1

C2

Nem quan do_eu da va dó ne gou me o seu a mar

9 DŒ„Š7 E7/D C©‹7 E‹/G F©7 B‹7 E7(„ˆˆ9) E7/G© AŒ„Š7 G/B A7/C© E¨7(„ˆˆ9)

Nem quan do me_o mi ti Co mo se pu des se me_es con der Nem

C1

C2

Nem quan do me_o mi ti Co mo se pu des se me_es con der Nem

T&B

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 100

2
13 DŒ„Š7 D©º AŒ„Š7/E F E(„ˆˆ4) E7 AŒ„Š7(„ˆˆ9) GŒ„Š7/A AŒ„Š7(„ˆˆ9) GŒ„Š7/A

mes mo quan do não vi so lu ção Ne gou me seu per dão

C1

C2

mes mo quan do não vi so lu ção Ne gou me seu per dão

T&B

20 AŒ„Š7(„ˆˆ9) D/A AŒ„Š7(„ˆˆ9) A(„ˆˆ4) AŒ„Š7(„ˆˆ9)

Nem um momen to só dei xou me o seu o olhar Nem quan do_eu

C1

C2

Nem um momen to só dei xou me o seu o lhar Nem quan do_eu

T&B

25 D/A AŒ„Š7(„ˆˆ9) A(„ˆˆ4) DŒ„Š7 E7/D C©‹7 E‹/G F©7

da va dó ne gou me o seu a mar Nem quan do me_o mi ti

C1

C2

da va dó ne gou me o seu a mar Nem quan do me_o mi ti

T&B
Pág. 101

3
30 B‹7 E7(„ˆˆ9) E7/G© AŒ„Š7 G/B A7/C© E¨7(„ˆˆ9) DŒ„Š7 D©º

Co mo se pu des se me_es con der Nem mes mo quan do não vi

C1

C2

Co mo se pu des se me_es con der Nem mes mo quan do não vi

T&B

rall.
33 AŒ„Š7/E F A E7 AŒ„Š7(„ˆˆ9)

so lu ção Ne gou me su a mão

C1

C2

so lu ção

T&B
Pág. 102

Novos Caminhos
Ralph Carmichael
Andante q=108

C A‹

S
4
4
No vos ca mi i nhos No vos di i as Mun do

C
4
4

T
4
4
No vos ca mi i nhos No vos di i as

B
4
4
6 F C

no o vo Tão me eu No vos ca mi i nhos

Mun do no o vo Tão me eu No vos ca

11 A‹ F

De_u ma no va paz No vo co ra ção Que

mi i nhos De_u ma no va paz No vo co ra ção Que

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 103

2
16 B¨ G(“4) G C A‹ F

Deus me e deu Por que eu já ten tei Só va zi o_a chei 'Té que_um di a a Cris to eu
O sol pramim bri lhou Cris to me li vrou E me deu a vi da re

Deus me e deu Por que eu já ten tei Só va zi o_a chei 'Té que_um di a a Cris to eu
O sol pramim bri lhou Cris to me li vrou E me deu a vi da re

1.
21 E(“4) E A‹ F C G C

vi E va le_a pe na_eu sei Pois em Cris to_a chei No vo vi ve er pra mi im


al E nes se meu vi ver Que ro_o be de cer A Cris to_o

vi E va le_a pe na_eu sei Pois em Cris to_a chei No vo vi ve er pra mi im


al E nes se meu vi ver Que ro_o be de cer A Cris to_o

2.
26 C F CŒ„Š7 A‹7 D‹7 G(“4) C

No vos ca
be de cer Sem pre Ne le crer É_um no vo vi ver Vi i ver

No vo ca be de cer Sem pre Ne le crer É_um no vo vi ver Vi i ver


Pág. 104
Num Dia Assim
Ralph Carmichael
Trad.: Carlos Osvaldo
Allegro q=124

F G‹7 C7

S
2
4
Num di a_as sim eu vou par tir Num di a_as sim que ro che gar

C
2
4

T
2
4
Num di a_as sim eu vou par tir Num di a_as sim que ro che gar

B
2
4

9 F D‹7 G7 C C(#5)

Num di a_as sim que ro par tir pa ra_o meu lar pa ra_o meu la ar

Num di a_as sim que ro par tir pa ra_o meu lar pa ra_o meu la ar

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 105
2
17 F G‹7 C7

Tris te za_e dor fi ca am pra trás Na que le lar só re ei na_a paz

Tris te za_e dor fi ca am pra trás Na que le lar só re ei na_a paz

Fine
25 F D‹7 G7 C7 F E¨ B¨ F

Num di a_as sim eu vou par ti i ir pa ra_o meu lar

Num di a_as sim eu vou par ti i ir pa ra_o meu lar Pa ra_o meu lar

33 1.

41 F

O lhei à mi nha vol ta_um di a só vi de si lu são So men te_há


Pág. 106
3
50 D‹7 G7 C7 F

mor te_há guer ra_há dor na Ter ra Só des tru i çã ã ão Pois o pe ca do

59 D‹7 B¨ A7

ti nha_o ho o mem pre so_em su a mã ã ão Per

66 D‹ D‹/C B¨ G7 C7

di i do es ta va_o pe ca dor Sem ter a sa al va ção

2.
73 F

Mas ho je o a mor de Cri to eu ve nho_a nun ci ar A mor que

82 D‹7 G7 C7 F

po de_um pe ca do o o or pra sem pre trans for ma a ar E dar no céu um


Pág. 107
4
92 D‹ B¨ A7 D‹

lar de luz on de_es tá Je sus Que pa ra

D.C. al Fine
99 D‹/C B¨ G7 C7

no os li vrar do mal mor reu por nó ós na cruz


Pág. 108

O Deus Que Te Guarda


Kurt Kaiser
Andante q=108

D A/C© G/B D/A G D/F© A7 D

Intr.
4
4

5 D E‹/G F©‹7 D G D/F© B‹ E‹7 D/F©

Pa ra_osmon tes vou er guer meu o lhar meu o lhar Pois Deus vem de

Pa ra_os mon tes vou er guer meu o lhar meu o lhar Pois Deus vem de

11 E‹7/G A7(“4) D A/C© G/B D/A D E‹/G F©‹7

lá me_a a ju dar Meu so cor ro vem de Deus que cri

lá me_a a ju dar Meu so cor ro vem de Deus que cri

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 109

2
16 G D/F© C/E D/F© E‹7/G A7(“4) D

ou Ter ra_e mar E le sem pre me vem a a ju dar

ou Ter ra_e mar E le sem pre me vem a a ju dar

21 E7/D C©‹7 F©‹7 B‹7 E7 A B/A E/G© Gº

O De eus que te guar da não dor mi ta rá E nem vai dei xar que tu

Uh uh uh uh uh uh uh uh E nem vai dei xar que tu

28 F©7 B7 E F©‹7 E/G© A B7 C©‹7 AŒ„Š7 F©‹7 E/G©

pos sas tro pe çar De di i a o sol não te mo les ta rá e_o me do_a noi te

pos sas tro pe çar E_o me do_à noi te


Pág. 110

3
35 A B7 C©‹7 AŒ„Š7 C©‹7/G© G©7 C©‹7 C©‹7/B A G©7

não te_a fli gi rá O Se nhor vai guar dar te sem pre_em teu ca mi nhar A go ra_e

não te_a fli gi rá O Se nhor vai guar dar te sem pre_em teu ca mi nhar A go ra_e

42 F©‹7 F©7 B7(“4) E D/E

pa ra a sem pre A mém

E pra sem pre A mém

pa ra a E pra sem pre A mém

48 E D/E E D/E A E

A a mém A a mém

A a mém A a mém
Pág. 111
Olhai os Lírios
Ralph Carmichael
Trad.: Carlos Osvaldo
Andante q=96

B¨ E¨ B¨ E¨

S
2
4
O fu tu ro que te_es pe ra Deus sa be de cor .
O seu rei no_em meu vi ver pri mei ro_eu vou bus car E
Tu a vi da_en tre ga ho je_ao meu Se nhor Je sus Con
C
2
4

5 B¨ E¨ B¨ F E¨

O in ver no_e_a pri ma ve ra_e_o tem po que_é me lhor .


tu do mais vi rá de pois em Cris to_eu vou ga nhar .
fi a_as tre vas do fu tu ro_à su a_i men sa luz Pois
C

11 B¨ E¨ B¨ E¨

Dei xa_en tão tris te za_e so li dão pra nun ca mais E


Mi nha fé que não é vã em Cris to_eu co lo quei E
mui to mais que_a sim ples flor Deus vai cui dar de ti A
C

15 B¨ E¨ B¨ F E¨

vê tan ta be le za que Je sus à vi da traz


por is so_o o a ma nhã a E le_eu en tre guei
go ra_e no fu tu ro_e_em to da tu a vi da_a qui
C

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 112
2
21 B¨7 E¨ B¨

A té pe que nas flo o res que bre ve vi da tê e em Deus

A té pe que nas flo o res que bre ve vi da tê e em Deus

30 A¨ E¨ A¨ F‹

ves te_em lin das co o res da gló ria que_E le te e em O a ma nhã não

ves te_em lin das co o res da gló ria qu_E le te e em O a ma nhã não

40 D¨ G¨ F(#5) B¨

po de rou bar per fu me_e cor Se gre do_é vi ver ho

po de rou bar per fu me_e cor Se gre do_é vi ver ho

B
Pág. 113

1.2. 3
48 E¨ B¨ F B¨ E¨ B¨ E¨

o je em Cris to_e e seu a mor

o je em Cris to_e e seu a mor

3.
58 B¨ E¨ B¨ E¨ B¨ B¨

seu a mo o o o or or

seu a mo o o o or

B
Pág. 114
Pai Eu Te Adoro
T. Coelho
Adagio q=74
1ª e última estrofes desta parte em uníssono

G C D G G D/F© C/E

S
4
4
Pa ai eu te_a do ro Mi nha vi da te_en
Je sus eu te_a do ro Mi nha vi da te_en
'Spí ri to eu te_a do ro Mi nha vi da te_en
Pa ai eu te_a do ro Mi nha vi da te_en

C
4
4
Pa ai eu te_a do ro Mi nha vi da te_en
Je sus eu te_a do ro Mi nha vi da te_en
'Spí ri to eu te_a do ro Mi nha vi da te_en
Pa ai eu te_a do ro Mi nha vi da te_en

T
4
4

4 D7(“4) D7 G G C D G

tre go Co mo_eu te a mo
tre go Co mo_eu te a mo
tre go Co mo_eu te a mo
tre go Co mo_eu te a mo

tre go Co mo_eu te a mo
tre go Co mo_eu te a mo
tre go Co mo_eu te a mo
tre go Co mo_eu te a mo

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 115
2 Nesta parte S2 e C2 fazem o contracanto

7 G C D G G D/F© C/E D7(“4) D7 G

Je sus eu te_a do ro Mi nha vi da te_en tre go


'Spí ri to eu te_a do ro Mi nha vi da te_en tre go
Pa ai eu te_a do ro Mi nha vi da te_en tre go

Je sus eu te_a do ro Mi nha vi da te_en tre go


`Spí ri to eu te_a do ro Mi nha vi da te_en tre go
Pa ai eu te_a do ro Mi nha vi da te_en tre go

S2

Co mo_eu te a mo Je sus eu te_a do o ro


Co mo_eu te a mo 'Spí ri to eu te_a do o ro
Co mo_eu te a mo Pa ai eu te_a do o ro
C2

rall.
11 G C D G G C D G

Co mo_eu te a mo
Co mo_eu te a mo
Co mo_eu te a mo Co mo_eu te a mo

Co mo_eu te a mo
Co mo_eu te a mo
Co mo_eu te a mo Co mo_eu te a mo

S2

Mi nha vi da te_en tre e go


Mi nha vi da te_en tre e go
Mi nha vi da te_en tre e go Co mo_eu te a mo
C2
Pág. 116
Pescador
Andante q=94 Sérgio Pimenta
Ritmo de Baião
1ª vez em uníssono toda a música
E A/E E7

SC
2
4
É ma nhã pes ca dor Já se lan ça no mar
Sol a sol com su or Céu e céu mar e mar

T
2
4
É ma nhã pes ca dor Já se lan ça no mar
Sol a sol com su or Céu e céu mar e mar

B
2
4

9 A E/G©

Pra pe gar uns pes ca dos Pra ga nhar uns tro ca


Quan do_en fren ta pe ri go Lo go lem bra do_a mi

Pra pe gar uns pes ca dos Pra ga nhar uns tro ca


Quan do_en fren ta pe ri go Lo go lem bra do_a mi

13 F©‹7 A/B E

dos Pa ra se sus ten tar


go Que não po de vol tar

dos Pa ra se sus ten tar


go Que não po de vol tar

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 117
2
17 D A/C© C

Me ia vol ta se faz Não dá pra re tor nar

Me ia vol ta se faz Não dá pra re tor nar

25 G/B A‹7 E‹/G F©‹7

So me_o sol so me_a cor Sur ge_o me do_e te mor

So me_o sol so me_a co o o o or Sur ge_o me do_e te mor

33 B7 EŒ„Š7(„ˆˆ9) A/E

E es que ce da dor E es que ce do pão

E es que ce da dor E es que ce do pão


Pág. 118
3
41 E7 A

E es que ce_o me tal Sa be que de sua vi da Se Deus


Pois se_a vi da_é nau frá gio To do_es

E es que ce_o me tal Sa be que de sua vi da Se Deus


Pois se_a vi da_é nau frá gio To do_es

48 E/G© F©‹7 A/B E7

não der gua ri da O que vem é fa tal


for ço_é fra cas so Só Deus tem so lu ção

não der gua ri da O que vem é fa tal


for ço_é fra cas so Só Deus tem so lu ção

D.C. al Fine
Fine
53 D E7 A/E E7 D E7
Pág. 119
Por Acaso ou Por Amor
Kurt Kaiser
Andante q=86

DŒ„Š7 F©‹ G E‹ E‹7 E‹7/B A7(“4) A7

S
3
4
Nu vem de so nho tão bran ca_a vo ar No céu a zul quem te foi co lo

C
3
4

8 DŒ„Š7 GŒ„Š7 E‹ C E‹ E‹7

car Ou foi o a ca so que te fez vo ar Por me ro des ca so no

15 A7 BŒ„Š7 C©‹7 D©‹7 C©‹7 AŒ„Š7 DŒ„Š7 E‹7 A7(“4) A7

céu a pas sar pas sa a ar pas sar Mon

24 DŒ„Š7 F©‹ G E‹ E‹7 E‹7/B A7(“4) A7

ta nhas e va les e_o ven to na flor Nos mos tram a gló ria de_umgran de Se

Uh uh uh uh uh

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 120
2
31 DŒ„Š7 GŒ„Š7 E‹ C E‹ E‹7

nhor To da be le za que_em vol ta se vê Mos tra o_a mor de meu

uh uh uh uh uh uh

38 A7 BŒ„Š7 C©‹7 D©‹7 C©‹7 AŒ„Š7 DŒ„Š7 E‹ A7(“4) A7

Deus por vo cê vo cê ê ê vo cê

uh uh uh uh uh uh uh uh uh

47 DŒ„Š7 F©‹ G E‹ E‹7 E‹7/B A7(“4) A7 DŒ„Š7

Deus lá do al to seu Fi lho man dou E nu ma cruz seus pe ca dos dei xou

uh uh uh uh uh uh uh uh

B
Pág. 121
3
55 GŒ„Š7 E‹ C E‹ E‹7 A7

Foi por a ca so ou foi por a mor Que Je sus Cris to pra si me sal

uh uh uh uh uh uh uh uh

62 BŒ„Š7 C©‹7 D©‹7 C©‹7 AŒ„Š7 DŒ„Š7 E‹7 A7(“4) A7

vou sal vo o ou sal vou

uh uh uh uh uh uh

70 DŒ„Š7 F©‹ G E‹ E‹7 E‹7/B A7(“4) A7

Teu gran de_a mor ho je me con ven ceu To do meumun do eu dei xo ser

uh uh uh uh uh uh uh

B
Pág. 122
4
77 DŒ„Š7 GŒ„Š7 E‹ C

teu E to da a vi da te_en tre go a qui

uh uh uh uh uh

82 E‹ E‹7 A7

Ve nha_a ju dar me a cre er em

uh uh uh uh uh uh

85 B C©‹7 B E B

ti em ti Crer em ti

uh Crer em ti Crer em ti Crer em ti

B
Pág. 123
Quando a Glória
Sérgio Pimenta e
Andante q = 86 Guilherme Kerr Neto

G/B D/A C G/B D/A C

S
4
4
Uh uh uh uh uh un uh uh

C
4
4

T
4
4
Uh uh uh uh uh uh uh uh Quan do_a

B
4
4

5 G D9/F© C D G D9/F© C D

gló ria do Se nhor for vis ta Por to da vis ta em to do lu gar Quan do_a

9 E‹ E‹/D E‹7(b5) A7 A‹7 B‹7 B¨º A‹7 D9/F©

gló ria se per der de vis ta Co mo_as á guas co brem to do mar Quan do_a

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 124
2
13 G D9/F© C D G D9/F© C D

uh uh uh uh uh uh uh uh

gló ria do Se nhor for vis ta Por to da vis ta em to do lu gar Quan do_a

17 E‹ E‹/D C©‹7(b5) B‹7 A7 A‹7 B‹7

uh uh uh uh

gló ria se per der de vis ta Co mo_as á guas co brem to do mar

20 C G CŒ„Š7 D/E

uh En tão de vi da se_en che rá a Ter ra De a le

uh uh uh uh

En tão de vi da se_en che rá a Ter ra De a le

B
Pág. 125
3
23 CŒ„Š7 A‹7 B‹7 CŒ„Š7 C©‹7(b5)

gri a_e paz pra nun ca mais fal tar

gri a_e paz pra nun ca mais fal tar Ces sa do_o

25 G‹ G‹7/F G‹6/E E¨7 G‹7 C

pran to_a mor te_a dor or a guer ra O Rei que_é Cris to sem pre vai rei nar

pran to_a mor te_a dor a guer ra O Rei que_é Cris to sem pre vai rei nar

28 G‹7 G‹ G‹7/F G‹6/E C

pran to_a mor te_a do or a guer ra O Rei que_é

Ces sa do_o pran to_a mor te_a dor a guer ra O Rei que_é

B
Interlúdio antes de retornar Pág. 126
4 1. 2.
31 G C F C/E G F C/E G

Cris to sem pre vai rei na ar nar

Cris to sem pre vai rei na ar Quan do_a nar

B
Pág. 127

Que as Palavras
Sérgio Ricardo Leoto
Adagio q=64

D G DŒ„Š7/F B‹7 E7 A7(„ˆˆ4) A7 E‹7 A7

T2
4
4
Que_as pa la vras da mi nha bo ca e_o me di tar do co ra ção Se jam

6 D G DŒ„Š7/F B7(b9) B7 E7 A7(„ˆˆ4) A7 D E‹7/D DŒ„Š7 G/D

T2

sem pre a ti Se nho or a gra dá veis em meu vi ver Que_as pa

11 GŒ„Š7 CŒ„Š7 F©‹6 B7 F©‹7 B7 E‹7 A7 D7(„ˆˆ4)/A D7/A A‹7 D7/A GŒ„Š7 CŒ„Š7

T2

la vras da mi nha bo ca e_o me di ta ar do co ra ção Se jam sem pre a ti Se

16 F©‹6 B7 F©‹7 B7 E‹7 A7 A‹7 D7/F© G D E‹7/D DŒ„Š7 G/D D E‹7/D

T2

nho or a gra dá veis em meu vi ver

22 DŒ„Š7 G/D D G DŒ„Š7/F B‹7 E7 E7(„ˆˆ9)

T2

Que_as pa la vras da mi nha bo ca e_o me di tar do co ra

T1

26 A7(„ˆˆ4) A7 E‹7 A7 D G DŒ„Š7/F B‹7 E7 A7(„ˆˆ4) A7 E‹7 A7 D E‹7/D

T2

ção Se jam sem pre a ti Se nho or a gra dá veis em meu vi ver

T1

ve e

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 128

2
31 DŒ„Š7 G/D GŒ„Š7 CŒ„Š7 F©‹7 B7 F©‹ B7 E‹7 A7 D7(„ˆˆ4) D7 A‹7 D7

T2
Que_as pa la vras da mi nha bo ca e_o me di ta ar do co ra ção Se jam

T1

er

Que_as pa la a vra a as da mi nha bo ca a e_o me di tar do co ra ção Se jam

molto rit.
36 GŒ„Š7 CŒ„Š7 F©‹7 B7 E‹7 A7 A‹7 D7 G A‹7/G GŒ„Š7 A‹7 GŒ„Š7

T2
sem pre a ti Se nho or a gra dá veis em meu vi ve e er Em meu vi ver

T1

se em pre e e a ti Se nho or a gra dá veis em meu vi ver Em meu vi ver


Pág. 129
Quero Transmitir
kurt Kaiser
Andante q=106

A¨Œ„Š7 D‹7 E¨ F7

S
4
4
U ma cen te lha só um gran de fo go fa az E
A pri ma ve ra é a mais lin da_es ta çã ão As
Que ro que vo cê co nhe ça a fe li ci da de A
C
4
4

T
4
4
U ma cen te lha só um gran de fo go fa az E
A pri ma ve ra é a mais lin da_es ta çã ão As
Que ro que vo cê co nhe ça a fe li ci da de A

B
4
4

7 A¨Œ„Š7 D‹7 E¨ F7 E¨

co mo ao re dor a to dos ca lor tra az O_a mor de Deus as


a ves a can tar a flor que sur ge do bo tão O_a mor de Deus as
qual pa ra vo cê se rá re a li da de Do al to da mon

co mo ao re dor a to dos ca lor tra az O_a mor de Deus as


a ves a can tar a flor que sur ge do bo tão O_a mor de Deus as
qual pa ra vo cê se rá re a li da de Do al to da mon

Musicografia: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 130
2
13 A¨/D E¨ F7 D‹7 G‹7 E¨

sim é Quan do vo cê sen tir O seu i men so_a


sim é Quan do vo cê sen tir A to dos vai que
ta nha A to dos vou con tar Que en con trei Je

sim é Quan do vo cê sen tir O seu i men so_a


sim é Quan do vo cê sen tir A to dos vai que
ta nha A to dos vou con tar Que en con trei Je

17 A¨ G‹7 C‹7 F7 A¨Œ„Š7

mor sem par Vo cê vai trans mi tir


rer con tar Vo cê vai trans mi tir
sus Se nhor Eu que ro trans mi tir

mor sem par Vo cê vai trans mi tir


rer con tar Vo cê vai trans mi tir
sus Se nhor Eu que ro trans mi tir
Pág. 131
3
20 E¨ A¨/D E¨ F7 D‹7 G‹7

Do al to da mon ta nha A to dos vou con tar Que

Do al to da mon ta nha A to dos vou con tar Que

25 E¨ A¨ G‹7 C‹7 F7 A¨Œ„Š7

en con trei Je sus Se nhor Eu que ro trans mi tir

en con trei Je sus Se nhor Eu que ro trans mi tir


Pág. 132

Salmo 23
Ralph Carmichael
Andante q=88
C F/C G/B G7
S 4
4
Uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh
C 4
4

4 C F/C G/B G7
S

uh uh uh uh uh Uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh
C

O Se nhor é meu Pas tor e na da me fal ta ra

8 C A‹ A‹7/G F6 E‹ G/D
S

uh uh uh Des can so_em ver des pas tos Jun to_às á guas sim E le

a á Des can so_em ver des pas tos Jun to_às á guas sim E le

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 133

2
12 C A‹ A‹7/G F E‹ G/D C
S

me da rá De mi nha vi da vai cui dar Pe lo Seu ca mi nho me o ri en tar


C

me da rá De mi nha vi da vai cui dar Pe lo Seu ca mi nho me o ri en tar

17 A‹ E‹7/G F E‹
S

Mes mo que no va le da som bra da mo or te eu te nha eu te nha que_an da a ar Oh oh oh

Mes mo que no va le da som bra da mo or te Eu te nha eu te nha que_an da a ar Oh oh oh

21 A‹/C E7/B A‹ D/A G F G C


S

Sei que na da te me rei Pois ao meu la do_E le vai es tar Uh uh uh uh uh uh uh


C

Sei que na da te me rei Pois ao meu la do_E le vai es tar Pas so_a pas so_em meu vi

B
Pág. 134

3
26 F/C G/B G7 C A‹ A‹7/G
S

uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh Na pre sen ça do_i ni mi

ver U ma me sa far ta_E le me fa rá Na pre sen ça do_i ni mi

30 F E‹ G/D C C C7/B¨
S

go o Seu gran de_a mor E le me da rá Com bên çãos a bun dan

go O Seu gran de_a mor E le me da rá Com bên çãos a bun dan

34 A A7/G D/F© D‹/F E E7/D A‹/C E7/B


S

tes Mi se ri cór dias in ces sa an tes De Sua mã ão eu re ce be

tes Mi se ri cór dias in ces sa an tes De Sua mão eu re ce be

B
Pág. 135

4
38 A‹ A‹7/G D/F© D‹/F C/E C A¨ G(“4)
S

re e ei E_en tão com E le_eu vi ve rei Pra sem pre pra sem pre

re e ei E_en tão com E le_eu vi ve rei Pra sem pre pra sem pre

44 D‹7 G7 C F/C CŒ„Š7


S

No o Seu la a ar Pra se em pre no o Seu lar Pra

No o Seu la a ar Pra se em pre no o Seu lar Pra

48 F/C C F/C C9 C C9 C
S

se em pre no o Seu la a ar Pra se em pre no o Seu lar

la ar la ar

se em pre no o Seu la a ar Pra se em pre no o Seu lar

B
Pág. 136
Salmo 115
Nelson Bomilcar e
Andante q=80 Guilherme Kerr Neto
1ª vez esta estrofe em uníssono
@
A E/A D/A E7 F©‹7 B7 A/E E7

S
4
4
Não a nós Se nhor não a nós Se nhor Mas ao teu no me dá gló ria

C
4
4

T
4
4
Náo a nós Se nhor não a nós Se nhor Mas ao teu no me dá gló ria

B
4
4

To Coda
1.
6 A A7 D C©7 D E7 G/A A D E7
3

Por a mor da tu a mi se ri cór dia E da tu a fi de li da de Não a


3

3
Por a mor da tu a mi se ri cór dia E da tu a fi de li da de Não a

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 137
2 2.
11 A A(„ˆˆ4) A D E7 C©‹7 F©‹7 B‹7 E7 A(„ˆˆ4) A7

de Por que per gun tam as na ções on de_es tá vos so De eus

de Por que per gun tam as na ções on de_es tá vos so De eus No

D.S. al Coda
16 D E7/D C©7 F©‹7 B7(“4) B7 A/E E7

Uh uh uh uh uh uh uh Não a

Uh uh uh uh uh uh uh

3
céu es tá o nos so Deus e tu do faz co mo lhe_a gra da Não a

3
Pág. 138
ø Coda
3
20 A A(„ˆˆ4) A D E7 C©‹7 F©‹7 B‹7 E7 A(„ˆˆ4) A7

de Por que con fi am as na ções em ou ro pra ta_e ri que zas

de Por que con fi am as na ções em ou ro pra ta_e ri que zas

25 D E7/D C©7 F©‹7 B7(“4) B7 A/E E7 A E/A

Uh uh uh uh uh uh uh Não a nós Se nhor não a

Uh uh uh uh uh uh uh

3 3
E se_a fas tam do Se nhor que_é fon te de to das as bên çãos Não a nós Se nhor não a

3 3
Pág. 139
4
30 D/A E F©‹7 B7 A/E E7 A A7 D C©7

nós Se nhor Mas ao teu no me dá gló ria Por a mor da tu a mi se ri cór dia

nós Se nhor Mas ao teu no me dá gló ria Por a mor da tu a mi se ri cór dia

35 D E7 G/A A D E7 A E/A
3

E da tu a fi de li da de Não a nós Se nhor não a


3

3
E da tu a fi de li da de Não a nós Se nhor não a

3
Pág. 140
rall. 5
39 D/A E F©‹7 B7 A/E E7 A

nós Se nhor Mas ao teu no me dá gló o ria

nós Se nhor Mas ao teu no me dá gló o ria


Pág. 141
Terra Sem Lágrimas
Ralph Carmichael
q=140

A‹ E‹/G FŒ„Š7 E‹7

S
6
8
Tris te só e ra_a mi nha vi da
Ho je Cris to vi ve_ao meu la do

C
6
8

8 D‹7 G C E7(b9) E7

Chei a de_a fli ção


Dos ca mi nhos meus

17 A‹ E‹/G FŒ„Š7 E‹7

Na da_a lém d'u ma paz per di da


Pas so_a pas so sou am pa ra do

25 D‹7 G C F/C C F/C C

Dor e de e si i lu sa ão
Pe la mã ão de e e De eus

Musicografia: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 142
2
33 B‹7(b5) E7/G© A‹ E‹7 F©‹7(b5)

Fra co_e po bre_a Deus me_en tre guei E_em seus


E en tão quan do_o fim che gar A meu

Fra co_e po bre_a Deus me_en tre guei E_em seus


E en tão quan do_o fim che gar A meu

43 B7 E7 E7(„ˆˆ9) E7 A‹ E‹/G

bra ços des can so_a chei Pois ne le_en con


Cris to vou me_en tre gar Pra me le var

ne e e le_en con on
me e e le va ar

bra ços des can so_a chei Pois ne le_en con on


Cris to vou me_en tre gar Pra me le va ar

B
Pág. 143
3
52 FŒ„Š7 F©‹7(b5)

tro re al a mor Re
ao seu lar de_a mor Seu

tro re al a mor Re
ao seu lar de_a mor Seu

57

al a mor
lar de_a mor

al a mor
lar de_a mor

B
Pág. 144
4
63 C G7(“4) C E¨ A¨

E vi da_en que . não há dor Não há dor


A Ter ra on de não há dor

E vi da_en que . não há dor Não há dor


A Ter ra on de não há dor

72 G7(“4) G7 C

S
9 6
8 8
Vi da em que não há dor
Ter ra on de não há

C
9 6
8 8

T
9 6
8 8
Vi da em que não há dor
Ter ra on de não há

B
9 6
8 8
Pág. 145
5
77 F G C F G C F G C

Não há dor

Não há dor

Interlúdio

83 1. E7 A‹ E‹/G FŒ„Š7 E7(b9) E7

2.
92 F G C F G C

Não há dor

Não há dor

B
Pág. 146
Viajar
Sérgio Pimenta

Allegro q=146
E AŒ„Š7 C©‹7 B‹7 A/C© E

T
4
4
To da_es tra da le va a al gum lu gar Mes mo que não se

B
4
4

6 G CŒ„Š7 F©‹7 A/B E E/G© AŒ„Š7

ja aon de se quer i ir É pre ci so es co lher É pre ci so de

12 A©º A E/G© F©‹7 A E B‹7 A/B

ci dir Ver a di re ção e_en tão par tir

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 147
2
17 E AŒ„Š7 C©‹7 B‹7 A/C© E

To da_es tra da le va a al gum lu gar Mes mo que não se

To da_es tra da le va a al gum lu gar Mes mo que não se

22 G CŒ„Š7 F©‹7 A/B E E/G©

ja aon de se quer i ir É pre ci so es co lher

ja aon de se quer i ir É pre ci so es co lher

B
Pág. 148
3
27 AŒ„Š7 A©º A E/G© F©‹7 A E B‹7 A/B

É pre ci so de ci dir Ver a di re ção e_en tão par tir

É pre ci so de ci dir Ver a di re ção e_en tão par tir

33 E E/G© AŒ„Š7 G©7 C©‹ C©‹(Œ„Š7)

Vi a jar A le gri a_a ca da di a Vi a jar


Vi a jar Des co brir o que_é a vi da Vi a jar

Vi a jar A le gri a_a ca da di a Vi a jar


Vi a jar Des co brir o que_é a vi da Vi a jar

B
Pág. 149
4
39 C©‹7 C©‹6 A E/G© AŒ„Š7

Ter a paz por com pa nhi a Vi a jar Ter so cor ro sem


Se gu ran ça_em to da vi a Vi a jar Nun ca mais es tar

Ter a paz por com pa nhi a Vi a jar Ter so cor ro sem


Se gu ran ça_em to da vi a Vi a jar Nun ca mais es tar

1.2.3.
44 A©º F©‹7 D A/B E B‹7 A/B

pre per to Só Cris to_é ru mo cer to


so zi nho Só Cris to_é o ca mi nho

pre per to Só Cris to_é ru mo cer to


so zi nho Só Cris to_é o ca mi nho

B
Pág. 150
4. 5
48 E B‹7 A/B E

nho Oh oh oh

nho Oh oh oh

B
Pág. 151

Volte à Vida
Ralph Carmichael
Trad.: Carlos Osvaldo
Allegro q=120

C C7 F/C C C7 F/C

S
4
4
Se_a vi da ho je_es tá va zi a pres te a ten ção Nas coi sas que a go ra vou fa

Meso
4
4
Se_a vi da ho je_es tá va zi a pres te a ten ção Nas coi sas que a go ra vou fa

C
4
4

T
4
4
Se_a vi da ho je_es tá va zi a pres te a ten ção Nas coi sas que a go ra vou fa

B
4
4

5 C F/C F(„ˆˆ4)/C F/C C C7 F/C C E7

la ar Se_o seu co ra ção es tá va zi o e sem paz Cris to lhe po de_a ju dar Uou uou

la ar Se_o seu co ra ção es tá va zi o e sem paz Cris to lhe po de_a ju dar Uou uou

la ar Se_o seu co ra ção es tá va zi o e sem paz Cris to lhe po de_a ju dar Uou uou

Transcrição e adaptação: Paulo Martins - paulomartins.geo@yahoo.com


Pág. 152

2
10 A‹7 A‹7/G FŒ„Š7 E7

Uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh

Uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh uh

Vol te no tem po_a vi da Pen se no que já fe ez


Pen se_en tão no fu tu ro No que lhe vai sur gi ir

1.
14 A‹7 A‹7/G F D‹7 G(“4)

uh uh uh uh uh uh uh

uh uh uh uh uh uh uh

Pro cu re_a paz per di i da No_a mor que se des


Ve ja se_es tá se gu u ro
Pág. 153

2. 3
17 C E7 G(“4) C

uh uh uh

uh uh uh

fez Uou uou


Ho je_é tem po de_a gir

20 C7 G‹7 C7 G‹7 C7 G‹7 C7 G‹7

Vi da se fez Per di da des fez Fu

Vi da se fez Per di da des fez Fu

Vi da se fez Per di da des fez Fu


Pág. 154

4
24 C7 G‹7 C7 G‹7 C7 G‹7 C7 E7

tu ro sur gir Se gu ro a gir Uou uou

tu ro sur gir Se gu ro a gir Uou uou

tu ro sur gir Se gu ro a gir Uou uou

28 A‹7 A‹7/G FŒ„Š7 E7

Cris to por meu pe ca do Na cruz a vi da de eu

Cris to por meu pe ca do Na cruz a vi da de eu

Cris to por meu pe ca do Na cruz a vi da de eu


Pág. 155

5
32 A‹7 A‹7/G F D‹7 G(“4) C E7

Ne le_en con trei per fei ta paz Uh uh uh Per dão que ho o je_é meu Uou uou

Ne le_en con trei per fei ta paz Per dão que ho o je_é meu Uou uou

Ne le_en con trei per fei ta paz Per dão que ho o je_é meu Uou uou

36 A‹7 A‹7/G FŒ„Š7 E7

Dei xe de la do_o me do Dei xe_a in quie ta çã ão

Dei xe de la do_o me do Dei xe_a in quie ta çã ão

Dei xe de la do_o me do Dei xe_a in quie ta çã ão


Pág. 156

6
40 A‹7 A‹7/G F D7 G7(“4) G7 C

Ve ja não há se gre e do Cris to_em seu co ra ção

Ve ja não há se gre e do Cris to_em seu co ra ção

Ve ja não há se gre e do Cris to_em seu co ra ção

44 C7 G‹7 C7 G‹7 C7 G‹7 C7 G‹7

Cris to se deu Per dão é meu

Cris to se deu Per dão é meu

Cris to se deu Per dão é meu


Pág. 157

7
48 C7 G‹7 C7 G‹7 C7 G‹7 C7 E7

Me do mor reu Se gre do é seu Uou uou

Me do mor reu Se gre do é seu Uou uou

Me do mor reu Se gre do é seu Uou uou

52 A‹7 A‹7/G FŒ„Š7 E7

Vol te_a o lhar a vi da O so nho_a co me ça ar


A to dos can te_a pa az Que_es tá no Sal va do or

Vol te_a o lhar a vi da O so nho_a co me ça ar


A to dos can te_a pa az Que_es tá no Sal va do or

Vol te_a o lhar a vi da O so nho_a co me ça ar


A to dos can te_a pa az Que_es tá no Sal va do or
Pág. 158

8 1. 2.
56 A‹7 A‹7/G F D‹7 G(“4) C E7 D‹7

Vol te_à paz es que ci i da Vol te_a po der a mar Oh oh


Con ten te con te_ao mu un do De Cris to_e

Vol te_à paz es que ci i da Vol te_a po de er a mar Oh oh


Con ten te con te_ao mu un do De Cris to_e

Vol te_à paz es que ci i da Vol te_a po der a mar Oh oh


Con ten te con te_ao mu un do De Cris to_e

61 G(“4) G A‹ G F C

se eu A a a mo o or Seu a mor

seu A a a mo o or Seu a mo or

se eu A a a mo o or Seu a mor