Você está na página 1de 5

INFORMÁTICA PARA ENGENHARIA - CCE1567

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO
Perfil Docente
Graduação em Engenharia ou em Ciência da Computação com experiência
comprovada no desenvolvimento de sistemas e conhecimento da linguagem Python.
Pós-graduação na área. Desejável experiência em desenvolvimento de sistemas e
CVLATTES atualizado.

Contextualização
Historicamente a Engenharia exerceu forte influência no desenvolvimento da
informática, tanto na área numérica para solução de problemas científicos, como na
parte gráfica, pressionando o desenvolvendo recursos que mais tarde geraram os
sistemas operacionais com interface gráfica interativa, responsáveis diretos pela
popularização do computador.
Ainda hoje as disciplinas de informática são fundamentais nos modernos cursos de
Engenharia porque muitos programas de computador, fundamentais em todas as
etapas de um empreendimento de Engenharia, utilizam conhecimentos específicos de
uma determinada especialização da Engenharia. Para se criar uma solução
automatizada de um processo específico é fundamental o domínio do conhecimento
envolvido, tornando fundamental a presença de engenheiros nas equipes de
desenvolvimento de software para a Engenharia.
Espera-se que apenas um pequeno percentual de egressos se envolvam neste tipo de
atividade. No entanto, a capacidade desenvolvida na análise e organização da solução
dos problemas já é suficiente para dimensionar a importância do estudo desta disciplina
no contexto do curso.

A adoção da linguagem Python visa favorecer a construção de soluções informatizadas


para qualquer ambiente e que utilizem as vastas bibliotecas disponíveis.

Ementa
Organização de Computadores; lógica de programação; algoritmos e formas de
representação; linguagens de programação; estrutura seqüencial; modularização;
estruturas de tomada de decisão; estruturas de repetição

Objetivos Gerais
Capacitar o aluno a analisar problemas simples de engenharia e utilizar os recursos da
lógica de programação na construção de soluções automatizadas.

Objetivos Específicos
Capacitar o aluno na análise de problemas simples de engenharia
Capacitar o aluno na criação de algoritmos que representem a solução de problemas
Entender os recursos da lógica de programação
Capacitar o aluno em um ambiente de programação para tornar possível
a implementação de seus algoritmos
Conteúdos
Unidade I - INTRODUÇÃO À LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO
1.1 Histórico
1.2 Organização de Computadores
1.3 Lógica e lógica de programação
1.4 Algoritmos e formas de representação
1.4.1 Fluxograma
1.4.2 Portugues estruturado
1.5 Linguagens de programação

Unidade II - ESTRUTURA SEQUENCIAL


2.1 Análise dos problemas
2.2 Algoritmos
2.3 Recursos para composição dos blocos lógicos
2.2.1 Memória
2.2.2 Dados: tipos, constantes e variáveis
2.2.3 Expressões aritméticas
2.2.4 Atribuição de valores
2.2.5 Entrada de dados
2.2.6 Saída de dados
2.2.7 Comentários
2.4 Recursos para desenvolvimento de programas
2.3.1 Ambiente de programação
2.3.2 Estrutura básica de um programa
2.3.3 - Recursos da linguagem de programação
2.5 Desenvolvimento de programas para problemas sequenciais

Unidade III - MODULARIZAÇÃO


3.1 - Decomposição em módulos: funções e procedimentos
3.2 Funções pré-definidas pela linguagem de programação
3.3 Construção de funções
3.3.1 Escopo de variáveis
3.3.2 Tipo
3.3.3 Passagem de parâmetros
3.4 Desenvolvimento de programas com utilização de funções

Unidade IV - ESTRUTURAS DE TOMADA DE DECISÃO


4.1 Análise dos problemas
4.2 Criação de Algoritmos
4.3 Recursos lógicos
4.2.1 Estrutura de seleção simples
4.3.2 Estrutura de seleção composta
4.3.3 Estruturas de seleção aninhadas
4.4 - Recursos da linguagem de programação
4.5 Desenvolvimento de programas e funções com tomadas de decisão

Unidade V-ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO


5.1 Análise dos problemas
5.2 - Criação de Algoritmos
5.3 - Recursos lógicos
5.3.1 Repetição com teste no início
5.3.2 Repetição com teste no final
5.3.3 Repetição com variável de controle
5.4 - Recursos da linguagem de programação
5.5 Desenvolvimento de programas e funções com tomadas de decisão e repetição

Unidade VI - ESTRUTURAS DE DADOS


6.1Vetores unidimensionais
6.2 Vetores multidimensionais (matrizes)
6.3 Filas
6.4 Listas

Procedimentos de Ensino
As aulas devem ser ministradas em laboratório de Informática.
Por se tratar de disciplina híbrida com presencialidade em laboratório, pretende-
se que as aulas sejam eminentemente práticas e baseadas no conteúdo online
disponibilizado.
Inicialmente as aulas devem ser dialogadas debatendo os conceitos abordados online.
Na seqüência devem ser realizadas atividades práticas individuais e/ou em grupo,
envolvendo a implementação de programas de computador que abordem o tema
reservado para cada aula..

Recursos
Um computador por aluno;
Utilização de ambiente de desenvolvimento Python para windows (spyder)

Procedimentos de Avaliação
Avaliação continuada acompanhando o desempenho dos alunos, sendo verificado em
três momentos do calendário acadêmico: AV1, AV2 e AV3.
As notas de AV1 e AV2 serão compostas por duas provas escritas com peso de 80% e
dois trabalhos práticos desenvolvidos em forma de programas de computador com peso
de 20%.
A nota da AV3 será composta por uma prova escrita avaliando todo o conteúdo da
disciplina.
O processo de avaliação oficial será composto de três etapas, Avaliação 1 (AV1),
Avaliação 2 (AV2) e Avaliação 3 (AV3).

A AV1 contemplará o conteúdo da disciplina até a sua realização.

As AV2 e AV3 abrangerão todo o conteúdo da disciplina.

Para aprovação na disciplina o aluno deverá:


1. Atingir resultado igual ou superior a 6,0, calculado a partir da média aritmética entre os
graus das avaliações, sendo consideradas apenas as duas maiores notas obtidas dentre
as três etapas de avaliação (AV1, AV2 e AV3). A média aritmética obtida será o grau final
do aluno na disciplina;

2. Obter grau igual ou superior a 4,0 em, pelo menos, duas das três avaliações;

3. Frequentar, no mínimo, 75% das aulas ministradas.

Bibliografia Básica
LUTZ, Mark; ASCHER, David. Aprendendo Python. 2 ed. São Paulo: Bookman, 2007.

MENEZES, Ney Coutinho. Introdução à Programação com Python. São Paulo:


Novatec

SANTOS, Fabiano Dos. Lógica de Programação (livro proprietário, virtual e físico).


Rio de Janeiro: SESES, 2016.

Wazlawick,Raul. Introdução a Algoritmos e Programação Com Python. Rio de


Janeiro: Elasevier

Bibliografia Complementar
BARRY, Paul. Use a cabeça! Python. Rio de Janeiro: Alta Books, 2012.

BROD, Cesar. Aprenda a Programar: A Arte de Ensinar o Computador. São Paulo:


novatec, 2013.

MATTHES, Eric. Curso Intensivo de Python. São Paulo: Novatec, 2016.

MENEZES, Ney Coutinho. Introdução à Programação com Python. São Paulo:


Novatec, 2014.
PERKOVIC, Ljubomir. Introdução À Computação Usando Python - Um Foco No
Desenvolvimento de Aplicações. Rio de Janeiro: LTC

Outras Informações