Você está na página 1de 4

OUTRAS ARTES: MÚSICA, TEATRO, de valores muito antigos, já a sertaneja reflete

FOTOGRAFIA valores mais ordinários, coisas mais passageiras


01. Na Grécia antiga, a música não era entendida desse mundo sem raízes. Há essa diferença, mas
como uma arte (tal como hoje a concebemos), mas não podemos ter preconceitos em relação a
uma ciência intimamente relacionada à matemática nenhum dos dois gêneros, já que ambos refletem
e à astronomia e, ainda assim, de vital importância uma realidade da qual o povo é a grande vítima. A
para o desenvolvimento cultural do povo. Uma população que consome a música sertaneja não é
crença inabalável na capacidade da música de culpada. (Adaptado de: Disponível em:
influenciar o comportamento humano assegurou- <http://www2.uol.com.br/debate/13-7/caad/cadernod01a.htm>.
Acesso em: 23 out. 2010.)
lhe um lugar de destaque na vida religiosa, política
e pessoal. De acordo com o entrevistado, assinale a
A partir dos textos, julgue os itens a seguir. alternativa correta.
I. A teoria musical grega foi elaboradíssima e sua a) A música sertaneja avança em qualidade técnica
maior contribuição foi o sistema de notação e elabora temas mais sofisticados, tornando-se,
musical. assim, culturalmente superior à música caipira.
II. Os gregos procuravam as leis matemáticas que b) A música caipira tem fundamento na emoção do
determinam o sistema de tons e ritmos e homem simples mediante sua falta de opção
acreditavam que essas mesmas leis operavam no amorosa no campo e seu anseio por viver na
mundo natural. cidade.
III. Aristóteles sustentou em Poética que a Música c) A música caipira, diferentemente da música
é mimesis, pois imita os estados da alma. sertaneja, é feita para analfabetos, por isso revela
IV. Por acreditarem que a música tinha uma função humildade e simplicidade em suas letras e na
mágica, capaz de purificar o corpo e espírito, os composição.
gregos a consideravam superior à poesia e d) A música sertaneja torna banal o tema da
compunham peças totalmente instrumentais. sensibilidade do homem da terra, uma vez que, em
V. A música afeta o caráter porque cada modo suas letras, quase sempre remete ao universo
grego surte efeitos emocionais diferentes, alguns afetivo-sexual.
promovem virtudes como coragem e temperança, e) Hoje em dia, a classe média dos grandes centros
outros estimulam a irascibilidade. urbanos prefere a música sertaneja por representar
Estão corretas apenas as afirmativas: melhor a vida do homem na cidade e fazer
a) II, III e IV. esquecer as dores.
b) I e IV.
c) II e V. 03. (UEL 2011) A música do Brasil tem por base o
d) I, II e III. amálgama dos elementos melódicos procedentes
e) II, III e V. de Portugal, a rítmica própria de diversas regiões
da África e ainda a contribuição ameríndia. Com
02. (UEL 2011) O texto a seguir é parte da base nos conhecimentos sobre música
entrevista intitulada “Desprezo com caipira é brasileira, considere as afirmativas a seguir.
tentativa de negar raízes”, concedida pelo I. “Bumba-meu-boi” é uma festa cujo instrumento
professor-doutor Romildo Sant’Anna, da Unesp de musical característico é tocado por mulheres que
Rio Preto (SP) e do curso de Jornalismo da Unimar executam ritmos e cantam melodias transmitidas
de Marília (SP). Para o professor, assim como as pela tradição oral.
modas caipiras, a música sertaneja também retrata II. A contribuição dos negros para a música
a realidade do povo e não deve ser desprezada. brasileira consistiu na rítmica heterogênea, na
DEBATE - Há alguma semelhança de conteúdo gama característica, nas cadências melódicas e na
entre a música sertaneja e a música caipira? variedade instrumental.
Romildo - A grande característica contida nas letras III. O timbre anasalado do canto, alguns
das músicas caipiras é que elas refletem a falta da instrumentos e algumas danças são reflexos
terra, falta de uma coisa fundamental que é o marcantes da cultura indígena na música brasileira.
símbolo da mãe. Assim como ela, a música IV. O elemento básico que forneceu orientação e
sertaneja também mostra a falta de alguma coisa. estruturação à música do Brasil foi o português,
É sempre a mãe, a mulher que foi embora, que se com seu sistema harmônico tonal e a incorporação
casou com outro, é a diferença social, um que é de diversos instrumentos europeus.
pobre outro rico, enfim, o desencontro amoroso. Assinale a alternativa correta.
Dessa maneira a mulher, também mãe e criadora, a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
substituiu a “mãe terra” cantada na música caipira. b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
É claro que isso tem um caráter mais banal. É a c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
banalização da própria falta de educação formal no d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
Brasil, no sentido de se ter maiores e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
aprofundamentos filosóficos. A música caipira fala
04. (UEL 2004) O texto a seguir é um fragmento de b) Suplantou as características rítmicas e
“Tropicália”, composição de Caetano Veloso que marcantes do samba por um maior refinamento
integra o LP “Tropicália ou Panis et Circensis”, uma rítmico, melódico e harmônico, com textos mais
espécie de documentário do Tropicalismo – intimistas e coloquiais.
movimento artístico brasileiro de fins da década de c) Possibilitou o enriquecimento do tradicional
1960. samba urbano no eixo Rio-São Paulo, por trazer a
“Sobre a cabeça os aviões influência do rock norte-americano.
sob os meus pés os caminhões d) Popularizou o uso de instrumentos
aponta contra os chapadões eletroacústicos como a guitarra e os teclados
meu nariz [...] eletrônicos, bem como promoveu o surgimento de
Viva a bossa sa sa grandes bandas.
viva a palhoça ça ça ça ça e) Facilitou a difusão da canção popular por
o monumento é de papel crepon e prata desenvolver uma harmonia simples e melodias de
os olhos verdes da mulata fácil memorização.
a cabeleira esconde atrás da verde mata
o luar 06. (UEL 2005) “Coube, entretanto, a outros da
do sertão...” mesma geração [...] colher em 1943 os primeiros
Com base na letra da canção e nos frutos dessa até então pouco articulada campanha,
conhecimentos sobre o Movimento trazendo o teatro para o centro das cogitações
Tropicalista, considere as afirmativas a seguir. nacionais, num golpe de sorte ou de clarividência,
I. Liderado pelos baianos João Gilberto e Tom através de uma só temporada, mais ainda, de um
Jobim, o movimento procurou integrar a bossa nova só incrivelmente bem-sucedido espetáculo. Tal
a uma perspectiva modernista, incorporando na milagre explicava-se pelo encontro entre um drama
música brasileira um folclore industrializado. irrepresentável senão em termos modernos e o
II. Tendo por líderes Caetano Veloso e Gilberto Gil, único homem porventura existente no Brasil em
o movimento adotou princípios antropofágicos condições de encená-lo adequadamente. Vestido
oswaldianos fazendo um aproveitamento de de noiva, de Nelson Rodrigues (1912 – 1980),
elementos díspares e aparentemente diferia com efeito, de tudo que já se escrevera para
contraditórios, como reflexo da própria realidade a cena entre nós, não apenas por sugerir
brasileira em fase de modernização. insuspeitadas perversões psicológicas [...] mas,
III. O Tropicalismo espelhou as contradições da principalmente, por deslocar o interesse dramático,
realidade brasileira ao alinhar dados modernos centrado não mais sobre a história que se contava
com arcaicos, que acabaram por determinar novos e sim sobre a maneira de fazê-lo, numa inversão
rumos para a música brasileira. típica da ficção moderna.” (PRADO, Décio de Almeida.
IV. Com Caetano Veloso e Gilberto Gil, a música Teatro Brasileiro Moderno. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 1996.
popular brasileira tinha por objetivo, em suas letras, p.39-40.) Com base no texto, é correto afirmar:
demonstrar a hegemonia cultural do país. a) A peça teatral Vestido de noiva, estagna a
Estão corretas apenas as afirmativas: literatura dramática brasileira principalmente por
a) I e III. sugerir insuspeitadas perversões psicológicas.
b) I e IV. b) O drama convencional Vestido de noiva
c) II e III. apresenta aspectos temáticos e formais
d) I, III e IV. compatíveis com a comédia de costumes,
e) II, III e IV. propondo um projeto de encenação simples e ágil.
c) A peça teatral realista Vestido de noiva provoca
05. (UEL 2005) “A bossa nova é um estilo de um choque estético que retira do teatro brasileiro o
música popular brasileira que se consolidou no final caráter de modernidade que então possuía,
dos anos 50, [...] projetou-se sobre uma geração principalmente perante os outros gêneros literários.
mais nova de compositores, que inclui Caetano d) No texto dramatúrgico Vestido de noiva,
Veloso e Chico Buarque, e contou ainda com percebe-se o mesmo caráter inovador de toda a
notáveis letristas, sendo que, um dos mais geração de autores teatrais românticos, que
famosos, foi o poeta e diplomata Vinícius de construíram as bases do teatro nacional.
Moraes.” (SADIE, Stanley. Dicionário Grove de Música: e) Na obra Vestido de noiva, nota-se o
edição concisa. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994. p.125.) deslocamento do interesse dramático para o modo
Com base no texto e nos conhecimentos sobre de fazer o teatro, o que representa um traço de
a “bossa nova”, é correto afirmar que esse modernidade.
estilo:
a) Manteve os valores da música tradicional como 07. (UEL 2005) “O teatro, ao que se pode ver em
o samba e o baião praticados nos bailes populares todos os tipos de organizações sociais do homem
do Rio de Janeiro e de São Paulo. que chegaram a cultivá-lo em suas formas
artísticas, sem mencionar as suas manifestações
fora do código da intencionalidade culta, não é um Glauber Rocha propõe um cinema revolucionário
produto determinado apenas pelas condições e tanto na forma como no conteúdo como, por
estruturas socioeconômicas e estético-culturais exemplo, em “Deus e o Diabo na Terra do Sol”.
[...]. Mas é preciso lembrar, não somente como Com base nos conhecimentos sobre a obra de
curiosidade, que, ao definhamento ou ao Glauber Rocha e sobre o contexto cultural do
desaparecimento, por exemplo, no Ocidente, de Brasil nos anos 1960, assinale a alternativa que
uma de suas cristalizações estilísticas, sempre apresenta corretamente uma das diretrizes do
sucedeu o surgimento e o amadurecimento de Cinema-Novo.
outras. O teatro não morreu porque o classicismo a) Distanciamento de questões sociopolíticas de
se misturou ao barroco ou porque o romantismo foi sua época.
desembocar no naturalismo ou o simbolismo se b) Distanciamento tanto das preocupações
perdeu no modernismo. Tampouco a mercantilistas quanto das puramente formais.
transformação da sociedade feudal na capitalista c) Comprometimento ao expressar uma imagem
ou desta em outras modalidades mais avançadas positiva da cultura nacional.
de organização humana o extinguiu, nem o levou d) Distanciamento da realidade objetiva,
sequer à dissolução na festa cívica ou no ritual de comprometendo-se com o mercado.
massa. As próprias formas primitivas de sua e) Comprometimento com políticas de
gênese, a partir dos cerimoniais de toda espécie, e desenvolvimento tecnológico e industrial.
de sua eclosão nos gêneros populares do mimo, do
tablado de feira, do circo, dos espetáculos de 09. (UEL 2010) A paisagem não é dada para todo
bonecos, de sombras, etc., para não mencionar o o sempre, é objeto de mudança. É o resultado de
próprio carnaval, indicam que a sua seiva tem adições e subtrações sucessivas. É uma espécie
fontes situadas não só no processamento de marca da história do trabalho, das técnicas.
sociocultural da existência humana. O mínimo que (SANTOS, M. Metamorfoses do espaço habitado. São
se pode dizer, a esta altura, é que ele decorre de Paulo: Hucitec, 1997, p. 68.)
uma necessidade antropológica”. (GUINSBURG, Considerando o impacto da descoberta da
Jacó. Da Cena em Cena: ensaios de teatro. São Paulo: fotografia (século XIX) nas Artes Plásticas, é
Perspectiva, 2001. p. 33-34.) correto afirmar que
Assinale a alternativa cuja afirmação sobre a) a invenção da fotografia possibilitou maior
teatro corresponde ao texto acima: liberdade à pintura, pois esta não precisava mais
a) É inegável o incentivo ao teatro nas nações, ser descritiva.
sociedades e culturas tecnicamente mais b) a fotografia passou a ser a principal ferramenta
avançadas, no entanto a História registra o de criação dos artistas do século XIX.
desaparecimento do teatro em momentos de crise c) os efeitos óticos produzidos pela fotografia foram
cultural. imitados na pintura impressionista por diversos
b) O processo sociocultural da existência humana artistas.
impede que as manifestações culturais populares d) as fotografias dessa época serviam aos
possam ser vistas como motivação para o teatro. impressionistas por traduzirem a quietude da
c) O problema da subsistência e da pertinência do natureza.
teatro é uma questão alheia à vida e à cultura do e) a fotografia permitiu aos impressionistas
homem, sobretudo na modernidade industrial e na representar as emoções humanas de forma
pósmodernidade midiática. minuciosa.
d) O teatro, com sua visceralidade, é incapaz de
atingir o homem em sua sensibilidade porque se 10. (UEL 2005) Sobre a fotografia enquanto obra
tornou, depois de sucessivos estilos, cultura de de arte, é correto afirmar:
massa. a) É um tipo de imagem que reduz a apreciação
e) O teatro sobrevive a processos históricos, estética às informações sobre o autor, época e
estéticos e políticos, calcando-se em sua técnicas de produção.
capacidade de comunicação com o homem, com as b) Tem seu valor artístico diminuído por pretender
sinalizações expressivas de seu corpo-a-corpo vital ser uma reprodução exata do mundo natural.
e sensível. c) É uma linguagem que impossibilita a
interpretação e a compreensão estética.
08. (UEL 2006) “Uma estética da fome”, tese- d) Opõe-se ao conhecimento científico e à
manifesto de Glauber Rocha, foi apresentada e tecnologia.
publicada em 1965, tendo como proposta definir os e) A imagem adquire novos significados ao ser
principais compromissos e objetivos do Cinema- apropriada pelo artista e retirada de seu contexto.
Novo, situando-o no panorama político, econômico 11. (UEL 2005)
e cultural da época, do qual partem suas reflexões.
para se compreender o mundo do trabalho no
campo.
e) O mundo do trabalhador rural brasileiro é (re)
conhecível pelo diálogo e confronto entre as
diferentes interpretações feitas em épocas
distintas, que oferecem um sentido à realidade.
13. (UEL 2005)

Ao longo do tempo, o tema trabalho tem aparecido


na obra de diferentes artistas. Cândido Portinari,
um dos artistas mais representativos da arte
brasileira, apresenta, em 1934, a pintura
“Lavrador”. Em 1985, Sebastião Salgado fotografa
um trabalhador rural da região cacaueira. Com
base nas imagens e nos conhecimentos sobre
o tema, considere as afirmativas a seguir.
I. Em ambas as imagens, a condição de trabalhador
se revela nos instrumentos e no corpo dos
indivíduos. Ao apreciar a fotografia de João Roberto Ripper, o
II. Ambas demonstram a busca da elegância e do leitor mergulha no seu conteúdo imaginando a
requinte formal pelos artistas que se atêm à trama dos fatos e as circunstâncias e condições em
minúcia descritiva dos objetos representados. que foi produzida. Nesse contexto, a imagem
III. Ambas enaltecem o homem trabalhador, apresenta ao leitor:
valorizando a sua imagem, a despeito das a) Uma realidade dissociada do contexto da vida
condições em que vive e trabalha. pela ausência de um conteúdo simbólico.
IV. A pintura de Portinari apresenta uma visão b) Uma cena típica de álbum de família, em um
pessoal e poética do artista, diferentemente da esforço de recordação pessoal de um episódio
fotografia que se limita a registrar um fato. comemorativo.
Estão corretas apenas as afirmativas: c) Uma realidade que jamais ocorreu, construída
a) I e III. pela tecnologia digital.
b) I e IV. d) Uma cena cotidiana que documenta
c) II e IV. personagens anônimos da história e que é passível
d) I, II e III. de significações.
e) II, III e IV. e) Uma espécie de passado congelado no tempo e
avesso a múltiplas interpretações.
12. (UEL 2005) Cândido Portinari e Sebastião
Salgado, recorrendo a distintas manifestações GABARITO
artísticas, respectivamente pintura e fotografia,
1.e 2.d 3.e 4.c 5.b 6.e 7.e 8.b 9.a 10.e 11.a 12.e
podem ser considerados “intérpretes do Brasil”.
13.d
Com base na leitura das imagens, é correto
afirmar:
a) Pintor e fotógrafo, independentemente de uma
posição temporal e de um lugar social, oferecem
uma interpretação da sociedade brasileira que
acentua as mudanças no mundo do trabalho no
campo.
b) Os dois artistas representam com imparcialidade
o trabalhador rural brasileiro de suas épocas, sem
intenção de problematizar a relação capital-
trabalho.
c) As duas obras oferecem uma compreensão
plena sobre o mundo do trabalhador rural, sendo
excludentes em suas narrativas, uma vez que a
pintura representa uma situação fictícia que rompe
com o passado.
d) A fotografia supera a interpretação anterior do
pintor, eliminando o valor e a necessidade dela