Você está na página 1de 2

A Normalização Europeia

Tema em Destaque nº 1
Com a criação do mercado único eu- (Inglês, Francês e Alemão), podendo
ropeu e a inerente livre circulação de cada estado membro elaborar a respectiva
mercadorias, tomou-se a nível técnico versão na língua nacional, que se identifica
uma grande decisão estratégica que pelo facto de a sigla de norma europeia
consistiu na harmonização das diferentes já referida (EN) ser antecedida pela sigla
normas nacionais dos estados membros, correspondente ao sistema de normaliza-
que se materializou através da produção ção nacional (no caso de Portugal acres-
de normas europeias (sigla "EN"), as centa-se a sigla NP, passando cada norma
quais de acordo com as regras do CEN/ a designar-se como NP EN ...........).
/CENELEC (Comités Europeus de Normali-
zação), serão obrigatoriamente adoptadas Outros exemplos:
pelos estados membros como normas · Alemanha: DIN EN..........,
nacionais, anulando e substituindo as · Reino Unido: BS EN..........,
até agora existentes. · Franca: NF EN..........,
Cada norma europeia é sempre publi- · Itália UNI EN..........,
cada nas três línguas oficiais da união · Espanha: UNE EN.........., etc.
1 de 2

Vejamos a título de exemplo o caso do sis-


tema de canalização: Tubos de aço sol- A lista de versões nacionais de normas
dados longitudinalmente e Acessórios europeias aplicáveis a estes produtos
roscados em ferro fundido maleável. são:

A Normalização Europeia Associação de Produtores de Tubos e Acessórios


· Reais garantias para os
consumidores de utilizarem
produtos que salvaguardam
os essenciais requisitos de
segurança, saúde e higiene
de pessoas e bens.
· Garantias para os con-
sumidores de que os produtos
possuem aptidão para a
função a que se destinam,
garantindo para além da se-
gurança já referida, resis-
tência, fiabilidade, durabili-
dade, etc., isto é garantias
objectivas de qualidade téc-
nica.
· Ao exigir-se o cumpri-
mento de normas técnicas

Tema em Destaque nº 1
aplicáveis, estamos a proteger
Salientamos o facto das várias ver- o mercado de produtos de fraca qualidade,
sões nacionais das normas europeias protegendo desta forma e uma vez mais
simplesmente serem uma tradução para as pessoas e bens da nossa sociedade.
a língua do estado membro, o conteúdo · Toda esta estratégia possibilita
e naturalmente os requisitos são exacta- economias de escala aos fabricantes,
mente os mesmos. que se traduzirão em reduções do preço
Este grande passo europeu descrito, final do produto mantendo o mesmo nível
tem como vantagens harmonizar os de segurança e qualidade, isto é, maiores
requisitos técnicos aplicáveis aos dife- vantagens para os consumidores.
rentes produtos a nível europeu e
respectivas características, facili-
tando as transações comerciais,
quer a nível de linguagem quer a
nível de compatibilidade técnica,
uma vez que passamos todos a
utilizar as mesmas referências,
impondo requisitos de qualidade 2 de 2
adequados ao nível de exigência
praticado no mercado europeu, o
que também possibilita precaver
a possibilidade de introdução neste
mercado de materiais e produtos
de duvidosa qualidade.

Em conclusão geral salientamos


as claras e inequívocas vantagens
da normalização e em particular da
normalização europeia:

· Simplificação dos processos


de transacção mediante a utilização
das mesmas referências (as nor-
mas),
· Ao normalizar e incentivar a
normalização o Estado regula o
mercado, impondo regras objecti-
vas,

A Normalização Europeia Associação de Produtores de Tubos e Acessórios