Você está na página 1de 22

EB1/PE Ribeiro Domingos Dias

Critérios de Avaliação 2017/2018

Escola Básica de 1º Ciclo Com Pré-Escolar


Ribeiro Domingos Dias
Caminho das Voltas
Santa Maria Maior
9050 – 252 Funchal
Tel. – 291 241123/20
Fax – 291 241123

Critérios de Avaliação
ANO LETIVO 2017/2018

1
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

Índice

1- Introdução ............................................................................................................................. 3

2- Modalidades da Avaliação..................................................................................................... 3

3- Critérios de Avaliação ............................................................................................................ 4

4- Classificações e Nomenclatura .............................................................................................. 5

5- Ponderações gerais de Avaliação adotadas .......................................................................... 6

6- Ponderações adotadas por áreas disciplinares ..................................................................... 7

7 – Apreciações adotadas nas Atividades de Enriquecimento do Currículo ................................. 8

8- Descritores de ponderação ................................................................................................. 11

Áreas Disciplinares .................................................................................................................. 11


9- Instrumentos de avaliação .................................................................................................. 19

10-Critérios de avaliação de alunos com Necessidades Educativas Especiais ............................ 19

11-Aplicação de Instrumentos de Avaliação ............................................................................... 19

12-Divulgação da avaliação do desempenho do aluno ............................................................... 20

13-Critérios de ponderação para transição ou aprovação no 1º Ciclo do Ensino Básico -


Avaliação Sumativa ..................................................................................................................... 20

2
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

1- Introdução

De acordo com a legislação em vigor, a avaliação é um elemento integrante e


regulador de todo o processo de ensino aprendizagem.
A avaliação visa promover o sucesso educativo de todos os alunos, fornecendo-lhes
pistas para melhorarem o seu desempenho.
A avaliação deve:

 revestir-se de carácter positivo, sublinhando os aspetos de aprendizagem a


melhorar, valorizando o que o aluno sabe e é capaz de fazer;
 atender aos diferentes ritmos de desenvolvimento e progressão de cada aluno;
 ser partilhada por todos os elementos da comunidade educativa: professores,
alunos e encarregados de educação;
 ser alvo de um processo transparente, nomeadamente através da clarificação e
explicitação dos critérios adotados.

2- Modalidades da Avaliação

A avaliação da aprendizagem compreende as modalidades de avaliação diagnóstica,


de avaliação formativa e de avaliação sumativa.

 Diagnóstica – A avaliação diagnóstica realiza-se no início de cada ano de


escolaridade ou sempre que seja considerado oportuno, devendo fundamentar
estratégias de diferenciação pedagógica, de superação de eventuais dificuldades
dos alunos, de facilitação da sua integração escolar e de apoio à orientação
escolar e vocacional.

 Formativa – Esta avaliação recorre a uma variedade de instrumentos de recolha


de informação (grelhas de comportamento, leitura, assiduidade/pontualidade,
participação e desempenho em aula), sobre o desenvolvimento das
aprendizagens e metas de modo a permitir rever e melhorar os processos de

3
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

trabalho. A avaliação formativa assume caráter contínuo e sistemático e visa a


regulação do ensino e da aprendizagem. Tem implicações diretas na melhoria
das aprendizagens dos (as) alunos (as) e permite, à professora, orientar os
percursos de aprendizagem de forma individualizada e adaptada ao ritmo, perfil
cognitivo e comportamental de cada aluno(a).

 Sumativa – A avaliação sumativa consiste na formulação de um juízo


globalizante sobre o desenvolvimento das aprendizagens do(a) aluno(a).
Consiste num momento formal de avaliação, que visa classificar e diferenciar os
(as) alunos (as), face ao grau de consecução das metas a atingir e dos
instrumentos de avaliação.

 Autoavaliação – a realizar trimestralmente pelos (as) alunos (as).

3- Critérios de Avaliação

Na avaliação dos alunos serão considerados os seguintes domínios:

Domínios Metas /Objetivos

 Domina os conteúdos lecionados;


 Utiliza de forma correta a terminologia
apreendida;
 Revela facilidade na compreensão, aquisição,
Cognitivo 80%
relacionação e aplicação dos conhecimentos;
(Conhecimentos e Capacidades)
 Revela iniciativa e capacidade de intervenção
nas aulas;
 Compreende, interpreta e aplica os
conhecimentos adquiridos em novas situações.

4
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

 Pontualidade;
 Assiduidade;
 Interesse, atenção e motivação pelas
atividades desenvolvidas;
 Participação nas aulas;
 Persistência no trabalho;
 Responsabilidade/cumprimento de regras
Atitudes e valores 20% a) acordadas;
 Relacionamento interpessoal;
 Cooperação;
 Desenvolvimento de hábitos e métodos de
trabalho/autonomia;
 Desenvolvimento da capacidade crítica e
autocrítica.

a) Os domínios das Atitudes e Valores são transversais, por isso, avaliados em


todas as atividades promovidas nas disciplinas, tendo como referência o Projeto
Educativo de Escola.

4- Classificações e Nomenclatura

A nomenclatura a utilizar em todos os instrumentos de avaliação, em que haja lugar


a classificação, é a seguinte:

Avaliação Qualitativa Avaliação Quantitativa


Insuficiente 0 a 49%

Suficiente 50% a 69%

Bom 70% a 89%

Muito Bom 90% a 100

5
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

5- Ponderações gerais de Avaliação adotadas

Ponderações gerais de Avaliação

Atitudes e Valores 100 % Responsabilidade / Cumprimento de


regras 35%
Relacionamento interpessoal 30%
Autonomia/persistência 35%

Áreas Português 100% Domínio Cognitivo 60%

Curriculares Matemática 100%

Disciplinares Estudo do meio 100%

Testes 40%

Apoio ao estudo 100% Domínio Cognitivo 100%

Expressões Expressão Domínio Cognitivo /Psicomotor


Artísticas e Físico Motora 100%
Físico Motores Expressão Domínio Cognitivo 100%
Musical e
Dramática
Expressão Domínio Cognitivo 100%
Plástica
Inglês 100% Domínio Cognitivo 100%
Oferta Complementar a)

a) Atividades a desenvolver em articulação, integrando ações que promovam, de


forma transversal, a educação para a cidadania e componentes de trabalho com
Tecnologias de Informação e Comunicação, conforme ofício circular n.º 5.0.0-
101/2016 de 21 de julho.

6
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

6- Ponderações adotadas por áreas disciplinares


Ponderações por áreas disciplinares

Domínio Oralidade (13%)


Cognitivo Leitura (13%)
(60%) Escrita (13%)
Português Educação literária (9%)
Gramática (12%)
Testes (40%) Realização de dois testes escritos
(20%+20%)
Domínio Números e operações (24%)
cognitivo (60%) Geometria e medida (24%)
Matemática Organização e tratamento de dados (12%)
Testes (40%) Realização de dois testes escritos
(20%+20%)
Domínio Aquisição de conhecimentos (24%)
Estudo do Cognitivo Aplicação de conhecimentos (24%)
Meio (60%) Curiosidade e investigação (12%)
Testes (40%) Realização de dois testes escritos
(20%+20%)
Apoio ao Aquisição de técnicas de estudo (50%)
estudo Aplicação de conhecimentos (50%)
Domínio Interação (25%)
Inglês Cognitivo Produção oral (30%)
(100%) Compreensão oral (30%)
Portefólio (15%)
Expressão Domínio das técnicas e materiais (35%)
Plástica (100%) Criatividade (35%)
Apresentação dos trabalhos (30%)
Expressão Aquisição de conhecimentos (25%)
Musical e Domínio Técnico e Artístico da Voz e
Expressões Dramática Corpo (31,25%)
(100%) Domínio Técnico e Artístico dos
Artísticas e
Instrumentos (31,25%)
Físico- Utilização de linguagem corporal e vocal
Motoras para exprimir sentimentos, situações e
histórias (12,5%)
Expressão Aplica conhecimentos e o vocabulário
Físico- Motora específico (30%)
(100%) Realiza ações motoras básicas (35%)
Participação, cooperação e interação
oportuna em jogos e exercícios (35%)
7
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

7 – Apreciações adotadas nas Atividades de Enriquecimento do


Currículo

Apreciação global do aluno


Área de
Perfis de desempenho
Enriquecimento

Estudo O aluno é
muito
Biblioteca autónomo, O aluno é O aluno revela
O aluno não é
revela autónomo, alguma
TIC autónomo e não
interesse revela interesse autonomia e
revela interesse
pelas pelas algum
Expressão pelas atividades
atividades da atividades da interesse pelas
Musical e da turma,
turma, turma, atividades da
intervindo de
Dramática intervindo intervindo de turma,
forma
muito forma intervindo
Expressão Físico frequentemen desadequada e
adequada e algumas vezes
raramente respeita
Motora te de forma respeitando a e respeitando a
a opinião dos
adequada e opinião dos opinião dos
Expressão outros.
respeitando a outros. outros.
Plástica opinião dos
outros.
Inglês

Perfis de desempenho
O aluno revela O aluno revela bons O aluno revela O aluno não
Estudo plenamente muito hábitos de estudo e de hábitos de estudo e revela hábitos de
bons hábitos de trabalho. de trabalho estudo e de
estudo e de trabalho
trabalho.
O aluno apresenta O aluno revela O aluno revela O aluno apresenta
bons hábitos de interesse pelo livro e algum interesse pouco gosto e
leitura e gosto pelo pela leitura, interpreta pelo livro, mas os interesse pela
Biblioteca e compreende textos seus hábitos de leitura, revelando
livro. Expressa-se
de forma adequada. leitura precisam de visíveis
oralmente com Escreve com ser estimulados. dificuldades ao
expressividade e criatividade e Apresenta lacunas nível da expressão
coerência e escreve coerência lógica e e algumas oral e escrita, ao

8
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

com fluência e expressa-se oralmente dificuldades ao nível da


muita criatividade. com facilidade e de nível da expressão interpretação,
Utiliza forma clara. oral, bem como da compreensão e
Revela conhecimentos expressão escrita, criação de textos.
adequadamente os
ao nível da educação nomeadamente na Os seus textos
seus conhecimentos literária. interpretação, são, por
no âmbito da compreensão e conseguinte,
educação literária. criação de textos. pouco criativos e
claros.
Revela poucos
conhecimentos ao
nível da educação
literária.
O aluno revela O aluno revela O aluno revela que O aluno não
plenamente que as facilmente que as TIC as TIC contribuem revela que as TIC
TIC contribuem contribuem para a sua para a sua contribuem para a
TIC para a sua aprendizagem e utiliza aprendizagem e sua aprendizagem
aprendizagem e corretamente os utiliza e não utiliza
utiliza corretamente equipamentos corretamente os corretamente os
os equipamentos informáticos equipamentos equipamentos
informáticos. informáticos informáticos
Revela um grande Revela domínio Revela algum Por ora, tem
domínio técnico e técnico e artístico da domínio técnico e revelado pouco
artístico da voz, voz, corpo e artístico da voz, domínio técnico e
instrumentos, bem corpo e artístico da voz,
corpo e
Educação instrumentos, bem como domínio da instrumentos, bem corpo e
linguagem corporal e como algum instrumentos.
e como um grande vocal para exprimir domínio da Ainda não
Expressão domínio da sentimentos, situações linguagem domina a
Musical e linguagem corporal e histórias. corporal e vocal linguagem
para exprimir corporal e vocal
Dramática e vocal para sentimentos, para exprimir
exprimir
situações e sentimentos,
sentimentos,
histórias. situações e
situações e histórias.
histórias.

O aluno participa, O aluno participa, O aluno participa, O aluno não


coopera e interage coopera e interage em coopera e interage participa, não
em todos os jogos e jogos e exercícios com alguma coopera e interage
Educação exercícios com oportunamente. dificuldade em com alguma
Realiza jogos e exercícios. dificuldade em
e Expressão oportunidade e controladamente as Realiza jogos e
Físico correção. Realiza habilidades propostas, razoavelmente as exercícios. Tem
Motora com bastante aplicando habilidades muita dificuldade
autonomia as conhecimentos e propostas, em realizar as
habilidades vocabulário específico. apresentando habilidades
propostas. Responsável e dificuldades na propostas,
autónomo. aplicação dos apresentando

9
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

Compreende e conhecimentos em dificuldades na


cumpre todas as contexto de jogo aplicação dos
regras aplicando ou exercício. conhecimentos
Demonstra em contexto de
conhecimentos e
responsabilidade, jogo ou exercício.
vocabulário mas pouca Demonstra pouca
específico. autonomia. autonomia.
Empenhado e
participativo.

O aluno revela O aluno revela O aluno revela O aluno não


pleno empenho empenho pelas tarefas algum empenho revela empenho
pelas tarefas realizadas pelas trefas pelas tarefas
demonstrando realizadas realizadas não
realizadas
Expressão criatividade e alguma demonstrando demonstrando
demonstrando postura experimental, alguma criatividade nem
Plástica notável criatividade reflexiva e crítica. criatividade e tem qualquer
e uma postura alguma postura postura reflexiva
experimental, experimental, e crítica.
reflexiva e crítica. reflexiva e crítica.

O aluno é muito
interessado e O aluno é interessado O aluno é pouco O aluno não é
participativo. e participativo. interessado e interessado ou
Reconhece, Reconhece, participativo. participativo.
compreende e (re) compreende e (re) Revela dificuldades Dificilmente (re)
produz produz palavras/frases no reconhecimento, produz palavras
palavras/frases simples. compreensão e (re) ou frases simples
Inglês simples com *Lê, entende e escreve produção de da Língua
facilidade. frases simples com palavras/frases Inglesa,
*Lê, entende e vocabulário praticado simples. nomeadamente
escreve frases anteriormente. *Lê e escreve linguagem da sala
simples frases simples com de aula.
autonomamente alguma dificuldade. *Dificilmente lê e
com vocabulário entende palavras
praticado /frases praticadas
anteriormente. anteriormente.

10
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

8- Descritores de ponderação
Áreas Disciplinares

Descritores de ponderação

Português
Insuficiente Suficiente Bom Muito Bom

 O aluno  O aluno apresenta  O aluno apresenta  O aluno apresenta
apresenta uma uma leitura uma leitura uma leitura muito
leitura silabada, articulada e com articulada e com bem articulada e
com fraca entoação. boa entoação. com muito boa
entoação.  Revela alguma  Revela facilidade entoação.
 Revela dificuldade na na compreensão e  Revela muita
dificuldade na compreensão e interpretação de facilidade na
compreensão e interpretação de textos. compreensão e
interpretação de textos.  Apresenta boa interpretação de
textos.  Apresenta relativa correção ortográfica textos.
 Apresenta fraca correção  Apresenta um bom  Apresenta muito
correção ortográfica. nível de boa correção
ortográfica  Apresenta um baixo vocabulário ortográfica
 Apresenta um nível de  Comunica com  Apresenta um nível
baixo nível de vocabulário. clareza e muito bom de
vocabulário.  Comunica com expressividade vocabulário.
 Comunica com alguma clareza e  Revela facilidade  Comunica com
pouca clareza e expressividade. na produção de muita clareza e
expressividade.  Revela alguma textos (sequência de expressividade.
 Revela muita dificuldade na ideias, pontuação,
dificuldade na produção de textos criatividade,  Revela muita
produção de (sequência de apresentação). facilidade na
textos (sequência ideias, pontuação,  Demonstra produção de textos
de ideias, criatividade, facilidade na (sequência de
pontuação, apresentação). aplicação das regras ideias, pontuação,
criatividade,  Demonstra alguma gramaticais. criatividade,
apresentação). dificuldade na apresentação).
 Demonstra aplicação das regras  Demonstra muita
muita dificuldade gramaticais. facilidade na
na aplicação das aplicação das regras
regras gramaticais.
gramaticais.

11
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

Descritores de Ponderação
Matemática
Insuficiente Suficiente Bom Muito Bom
 O aluno apresenta  O aluno apresenta  O aluno apresenta  O aluno apresenta
dificuldade em alguma facilidade em muita facilidade em
efetuar cálculos. dificuldade em efetuar cálculos. efetuar cálculos.
 Revela dificuldade efetuar cálculos.  Revela facilidade  Revela muita
na identificação, na  Revela alguma na identificação, facilidade na
leitura e na escrita dificuldade na na leitura e na identificação, na
de números. identificação, na escrita de leitura e na escrita de
 Apresenta leitura e na escrita números. números.
dificuldade na de números.  Apresenta  Apresenta muita
resolução de  Apresenta alguma facilidade na facilidade na
situações dificuldade na resolução de resolução de situações
problemáticas. resolução de situações problemáticas.
 Revela dificuldade situações problemáticas.  Revela muita
na aplicação de problemáticas.  Revela facilidade facilidade na
grandezas, espaço e  Revela alguma na aplicação de aplicação de
forma. dificuldade na grandezas, espaço grandezas, espaço e
aplicação de e forma. forma.
grandezas, espaço
e forma.

12
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

Descritores de Ponderação

Estudo do Meio
Insuficiente Suficiente Bom Muito Bom
 O aluno revela  O aluno  O aluno compreende  O aluno compreende e
dificuldade em compreende e e adquire com os adquire com muita
compreender e adquire alguns conhecimentos com facilidade os
em adquirir os conhecimentos facilidade. conhecimentos.
conhecimentos. com alguma  Aplica os  Aplica com muita
 Demonstra dificuldade. conhecimentos com facilidade e correção
dificuldade em  Aplica com facilidade. os conhecimentos.
aplicar os alguma  Revela interesse na  Revela muito
conhecimentos. dificuldade os participação em interesse na
 Revela pouco conhecimentos pesquisas / estudos participação em
interesse na . /experiências. pesquisas / estudos
participação  Revela algum /experiências.
em pesquisas interesse na
/estudos/ participação
experiências. em pesquisas/
estudos/
experiências.

13
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

Descritores de Ponderação

Atitudes e valores
Insuficiente Suficiente Bom Muito Bom
 O aluno revela  O aluno revela  O aluno revela  O aluno revela
pouca alguma responsabilidade. muita
responsabilidade. responsabilidade.  O aluno responsabilidade.
 O aluno  O aluno apresenta um  O aluno
apresenta um apresenta um comportamento apresenta sempre
comportamento comportamento muito adequado. um
desadequado. relativamente  Demonstra comportamento
 Demonstra pouca adequado. autonomia nas adequado.
autonomia nas  Demonstra tarefas propostas.  Demonstra muita
tarefas propostas. alguma autonomia nas
autonomia nas tarefas propostas.
tarefas propostas.

14
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

Descritores de Ponderação
Apoio ao Estudo
Insuficiente Suficiente Bom Muito Bom
 O aluno não  O aluno manifesta  O aluno  O aluno manifesta
manifesta interesse algum interesse manifesta bastante interesse
pelo trabalho pelo trabalho muito interesse pelo trabalho
proposto não proposto pelo trabalho proposto,
adquirindo adquirindo alguns proposto, adquirindo
métodos de estudo, métodos de adquirindo excelentes
organização e de estudo, bons métodos métodos de
trabalho organização e de de estudo, estudo de
 Não demonstra trabalho. organização e organização e de
iniciativa nem  Demonstra de trabalho. trabalho.
responsabilidade. alguma iniciativa  Demonstra  Demonstra muita
persistência e iniciativa persistência e
responsabilidade. persistência e responsabilidade.
responsabilida
de.

15
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

Descritores de Ponderação

Expressão Plástica

Insuficiente Suficiente Bom Muito Bom


 O aluno não  .O aluno aplica os  O aluno aplica,  O aluno aplica,
aplica conhecimentos com facilidade, os com muita
suficientemente adquiridos. conhecimentos facilidade, os
os conhecimentos  O aluno é capaz adquiridos. conhecimentos
adquiridos. de criar e de se  O aluno é capaz adquiridos.
 O aluno não é expressar. de criar e de se  O aluno é capaz
capaz de criar e  O aluno domina expressar. de se expressar
de se expressar as diferentes  O aluno domina com muita
suficientemente. técnicas as diferentes criatividade.
 O aluno não técnicas.  O aluno domina
domina as diferentes
suficientemente técnicas, com
as diferentes muita facilidade.
técnicas.

16
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

Descritores de Ponderação

Expressão Musical e Dramática


Insuficiente Suficiente Bom Muito Bom
 O aluno não  O aluno aplica os  O aluno aplica,  O aluno aplica,
aplica conhecimentos com facilidade, os com muita
suficientemente adquiridos na área conhecimentos facilidade, os
os conhecimentos da Expressão e adquiridos na área conhecimentos
adquiridos na área Educação da Expressão e adquiridos na área
da Expressão e Musical e Educação da Expressão e
Educação Dramática. Musical e Educação
Musical e Dramática. Musical e
Dramática.  O aluno  O aluno Dramática.
desenvolve desenvolve com  O aluno
 O aluno não capacidades facilidade desenvolve com
desenvolve expressivas e capacidades muita facilidade
suficientemente criativas. expressivas e capacidades
capacidades criativas. expressivas e
expressivas e  O aluno executa criativas.
criativas. as atividades  O aluno executa,  O aluno executa,
sugeridas ao nível com facilidade, as com muita
 O aluno não da voz, do corpo atividades facilidade, as
executa e de instrumentos. sugeridas ao nível atividades
suficientemente da voz, do corpo sugeridas ao nível
as atividades e de instrumentos. da voz, do corpo
sugeridas ao nível e de instrumentos.
da voz, do corpo
e de instrumentos.

17
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

Descritores de Ponderação

Expressão Físico Motora


Insuficiente Suficiente Bom Muito Bom
 Nunca ou  Realiza ações  Realiza quase  Realiza sempre
raramente realiza motoras básicas sempre ações ações motoras
ações motoras com aparelhos motoras básicas básicas com
básicas com portáteis segundo com aparelhos aparelhos portáteis
aparelhos portáteis uma estrutura portáteis segundo segundo uma
segundo uma rítmica, uma estrutura estrutura rítmica,
estrutura rítmica, encadeamento ou rítmica, encadeamento ou
encadeamento ou combinação de encadeamento ou combinação de
combinação de movimentos. combinação de movimentos.
movimentos.  Realiza ações movimentos.  Realiza sempre
 Nunca ou motoras básicas de  Realiza quase ações motoras
raramente realiza deslocamento, no sempre ações básicas de
ações motoras solo e em motoras básicas de deslocamento, no
básicas de aparelhos, segundo deslocamento, no solo e em
deslocamento, no uma estrutura solo e em aparelhos, segundo
solo e em rítmica, aparelhos, segundo uma estrutura
aparelhos, segundo encadeamento, ou uma estrutura rítmica,
uma estrutura combinação de rítmica, encadeamento, ou
rítmica, movimentos. encadeamento, ou combinação de
encadeamento, ou  Participa em jogos combinação de movimentos.
combinação de ajustando a sua movimentos.  Participa sempre
movimentos. iniciativa e  Participa quase em jogos ajustando
 Nunca ou qualidades sempre em jogos a sua iniciativa e
raramente motoras na ajustando a sua qualidades
participa em jogos prestação às iniciativa e motoras na
ajustando a sua possibilidades qualidades prestação às
iniciativa e oferecidas pela motoras na possibilidades
qualidades situação de jogo e prestação às oferecidas pela
motoras na ao seu objetivo, possibilidades situação de jogo e
prestação às realizando oferecidas pela ao seu objetivo,
possibilidades habilidades básicas situação de jogo e realizando
oferecidas pela e ações técnico- ao seu objetivo, habilidades básicas
situação de jogo e táticas realizando e ações técnico-
ao seu objetivo, fundamentais. habilidades básicas táticas
realizando e ações técnico- fundamentais.
habilidades básicas táticas
e ações técnico- fundamentais.
táticas
fundamentais.

18
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

9- Instrumentos de avaliação

Avaliação diagnóstica Avaliação formativa Avaliação sumativa

 Ficha de avaliação  Cadernos  Fichas de avaliação


diagnóstica  Dossiê/Portfólio sumativas
 Registos orais  Fichas formativas
 Trabalhos escritos  Fichas de trabalho
 Registos orais
 Registos escritos
 Registos de autoavaliação
 Plano de acompanhamento
pedagógico individual
 Plano de acompanhamento
pedagógico de turma

10-Critérios de avaliação de alunos com Necessidades Educativas


Especiais

Os alunos abrangidos pela modalidade de Educação Especial são avaliados de


acordo com os restantes alunos, no entanto, usufruem de adequações especificadas no
PIAF, PEI ou PIT (impresso 20-13, 20-14 e IT 20-03).

11-Aplicação de Instrumentos de Avaliação

 Compete ao professor a escolha de diferentes instrumentos de avaliação, de


acordo com a natureza das aprendizagens.
 Os momentos fundamentais de autoavaliação, antecedem a prestação de
informações por parte do professor titular aos encarregados de educação.
 Os professores, pelos meios que considerem adequados, devem desenvolver
uma recolha sistemática de informação relativa aos alunos, de forma a dispor

19
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

dos elementos significativos do desenvolvimento ensino/aprendizagem e do


domínio das atitudes e valores.
 Na componente curricular realizar-se-á no mínimo duas fichas de avaliação
por período.
 No que concerne às atividades de enriquecimento curricular (AEC), a
avaliação será feita uma apreciação global do aluno do processo
ensino/aprendizagem ao longo do período.
 Os níveis de desempenho/competências a avaliar devem ser divulgados junto
dos alunos antes da data prevista para a realização das provas escritas e/ou
práticas de avaliação.
 As fichas escritas de avaliação deverão ser rubricadas pelo encarregado de
educação para validação da tomada de conhecimento, sendo desejável que os
professores verifiquem o cumprimento desta norma e deste dever.

12-Divulgação da avaliação do desempenho do aluno

 Sempre que necessário haverá uma avaliação informal diretamente com o aluno
no sentido de melhorar o seu desempenho.
 Nos momentos de atendimento individual ao encarregado de educação será dada
a conhecer a situação escolar do aluno.
 No final de cada período letivo, será feita uma avaliação sumativa, apresentada
ao encarregado de educação em ficha aprovada pelo Conselho Escolar.
 A avaliação será feita pelo professor titular da turma em articulação com todos
os docentes e técnicos educativos envolvidos.

13-Critérios de ponderação para transição ou aprovação no


1º Ciclo do Ensino Básico - Avaliação Sumativa

20
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

 A avaliação dá origem a uma tomada de decisão sobre a progressão ou a


retenção do aluno, expressa através das menções, respetivamente, de Transitou
ou de Não Transitou, no final de cada ano, e de Aprovado ou de Não Aprovado,
no 4º ano.

1- Avaliação Global do aluno

Português 28,00%

Matemática 28,00%

Estudo do Meio 15,00%


Físico- Motoras

Expressão Plástica 4,00%


Artísticas e
Expressões

Expressão Físico -Motora 4,00%

Expressão Musical e 4,00%


Dramática

Oferta Complementar 4,00%

Inglês 4,00%

Atitudes e Valores 5,00%

Apoio ao Estudo 4,00%

Total 100,00%
 No primeiro ano todos os alunos transitam, salvo casos muito excecionais (vide
regulamento interno).
 No 2º, 3º ano e 4ºano, o aluno não transita se obtiver, simultaneamente, a
menção Insuficiente nas duas áreas disciplinares - Português e Matemática.
Também não transita caso obtenha menção de Insuficiente nas disciplinas de
Português ou Matemática e, cumulativamente, a menção de Insuficiente em duas
das restantes disciplinas.
a) No 2º ano de escolaridade, a disciplina de Inglês não é considerada para
efeitos de transição de ano.

21
EB1/PE Ribeiro Domingos Dias
Critérios de Avaliação 2017/2018

Documento aprovado em Conselho Escolar

EB1/PE Ribeiro Domingos Dias, 11 de setembro de 2017

O Diretor

Paulo Vitória

22