Você está na página 1de 29

Critérios de Avaliação – Ciências Naturais/ Ensino Básico – 5º Ano

(Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho)

Domínios / Aprendizagens Essenciais: Conhecimentos, Atividades/Instrumentos Fator de


1 Descritores do Perfil dos Alunos
Tema Capacidades e Atitudes de Avaliação ponderação

A ÁGUA, O AR, A importância das rochas e do solo na  Conhecedor/Sabedor/Culto/ Informado: A; B; G; I; J.  Nos momentos de
AS ROCHAS E manutenção da vida  Criativo: A; C; D; J funcionamento multidisciplinar:
O SOLO –  Crítico/Analítico: A; B; C; D; G - Trabalho de grupo (art.19º - DAC: 20%
MATERIAIS  A importância da água para os seres vivos
TERRESTRES  Indagador/Investigador: C; D; F; H; I alínea f) do Desp 5908/2017)
 A importância do ar para os seres vivos - GAP: 5%
- Instrumentos definidos em CT
 Diversidade nos animais  Respeitador da diferença/do outro: A; B; E; F; H nos termos do art.3º, alíneas f) e
DIVERSIDADE
 Sistematizador/ Organizador: A; B; C; I; J o) e do art.17º, alínea c) do Desp.
DE SERES  Diversidade nas plantas
VIVOS E SUAS  Questionador: A; F; G; I; J 5908/2017)
INTERAÇÕES
COM O MEIO
 Comunicador: A; B; D; E; H
 Autoavaliador (transversal às áreas)  Nos momentos de
UNIDADE NA  Célula – unidade básica de vida  Participativo/Colaborador: (B); (C); (D); (E); (F) funcionamento disciplinar:
DIVERSIDADE  Responsável/Autónomo: (C); (D); (E); (F); (G); (I); (J) - Atitudes: participação;
DE SERES  Diversidade a partir da unidade – níveis de - 15%
VIVOS Cuidador de si e do outro: (B); (E); (F); (G) interesse e empenho na aula e
organização hierárquica
nos trabalhos de casa.
A – Linguagem e Textos;
- Fichas de avaliação e
B – Informação e comunicação; - 50%
questões-aula.
C – Raciocínio e resolução de problemas;
- Relatórios e Trabalhos
D – Pensamento crítico e pensamento criativo; - 10%
(pesquisa, práticos e/ou
E – Relacionamento interpessoal;
laboratoriais)
F – Desenvolvimento pessoal e autonomia;
G – Bem-estar, saúde e ambiente;
H – Sensibilidade estética e artística;
I – Saber científico, técnico e tecnológico
J – Consciência e domínio do corpo

1 Não dispensa, na especificidade, a consulta do documento da DGE, Aprendizagens Essenciais – Ciências Naturais de 5ºano
Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final do 2º Ciclo

As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Compreender diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Aplicar estas linguagens de modo adequado aos diferentes contextos de comunicação.
As competências associadas a Informação e comunicação implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar instrumentos diversificados para pesquisar, escrever e avaliar informação, de forma crítica, verificando diferentes fontes documentais;
 Transformar informação em conhecimento;
 Colaborar em diferentes contextos comunicativos, de forma adequada, utilizando diferentes tipos de ferramentas (analógicas e digitais), com base nas regras de conduta próprias de
cada ambiente.
As competências associadas a Raciocínio e resolução de problemas implicam que os alunos sejam capazes de:
 Interpretar informação e organizá-la;
 Tomar decisões para resolver problemas;
 Desenvolver processos com vista à resolução de problemas com orientação.
As competências associadas a Pensamento crítico e pensamento criativo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Pensar de forma lógica observando, analisando informação, experiências ou ideias, argumentando com vista à tomada de posição fundamentada;
 Prever e avaliar o impacto das suas decisões;
 Desenvolver novas ideias e soluções, de forma imaginativa, como resultado da interação com os outros ou da reflexão pessoal.
As competências associadas a Relacionamento interpessoal implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adequar comportamentos em contexto de cooperação, partilha, colaboração e competição;
 Trabalhar em equipa e usar diferentes meios para comunicar presencialmente e em rede;
 Interagir com empatia e responsabilidade desenvolvendo novas formas de estar na sociedade.
As competências associadas a Desenvolvimento pessoal e autonomia implicam que os alunos sejam capazes de:
 Estabelecer relações entre conhecimentos e comportamentos;
 Identificar áreas de interesse;
 Consolidar as competências que já possuem.
As competências associadas a Bem-estar, saúde e ambiente implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adotar comportamentos que promovem a saúde e o bem-estar, designadamente nos hábitos quotidianos, na alimentação, na prática de exercício físico e nas suas relações com o
ambiente e a sociedade;
 Compreender os equilíbrios e as fragilidades do mundo natural na adoção de comportamentos que respondam aos grandes desafios globais do ambiente;
 Manifestar consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável.
As competências associadas a Sensibilidade estética e artística implicam que os alunos sejam capazes de:
 Experimentar processos próprios das diferentes formas de arte;
 Apreciar as realidades artísticas em diferentes suportes tecnológicos pelo contacto com os diversos universos culturais;
 Valorizar o papel das várias formas de expressão artística e do património na vida e na cultura das comunidades.
As competências associadas a Saber científico, técnico e tecnológico implicam que os alunos sejam capazes de:
 Compreender processos e fenómenos científicos que sustentam as tomadas de decisão;
 Manipular e manusear materiais e instrumentos diversificados para controlar e utilizar produtos;
 Executar operações técnicas, sob orientação.
As competências associadas a Consciência e domínio do corpo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Realizar atividades motoras, locomotoras, não locomotoras e manipulativas, integradas nas diferentes circunstâncias vivenciadas na relação do seu próprio corpo com o espaço;
 Dominar a capacidade percetivo – motora;
 Ter consciência de si próprio a nível emocional, cognitivo, estético e moral.

Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico em 26 de outubro de 2017


Critérios de Avaliação – PORTUGUÊS / Ensino Básico – 5º Ano

(Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho)

Domínios Aprendizagens Essenciais: Conhecimentos, Capacidades e Descritores do Perfil dos Atividades/Instrumentos Fator de
1
/ Tema Atitudes Alunos de Avaliação ponderação

Nos momentos de
funcionamento multidisciplinar:
 selecionar informação relevante em função dos Comunicador
objetivos de escuta e registá-la por meio de técnicas - DAC: 20%
(A, B, D, E, H) - Trabalho de grupo (art.19º - GAP:5%
diversas;
alínea f) do Desp 5908/2017)
Conhecedor/ sabedor/ culto/
 planificar, produzir e avaliar textos orais com diferentes informado
finalidades; - Instrumentos definidos em Flexibilidade &
(A, B,, I, ) CT nos termos do art.3º, Projeto
 intervir, com dúvidas e questões, em interações com alíneas f) e o) e do art.17º, ((Projeto
diversos graus de formalidade, com respeito por regras Sistematizador/ organizador Comunicar :
alínea c) do Desp.
de uso da palavra; Ler Mais,
(A, B, C, I, ) 5908/2017)
Escrever
 preparar apresentações orais (exposição, reconto, Respeitador da diferença/ do Melhor)
tomada de posição) individualmente ou após discussão - Trabalho em articulação com o 10%
outro Projeto Comunicar
de diferentes pontos de vista;
(A, B, E, F, H)
 captar e manter a atenção da audiência (postura Nos momentos de
Oralidade

corporal, expressão facial, clareza, volume e tom de Participativo/ colaborador funcionamento disciplinar:
voz); (B, C, D, E, F)
Atividades de compreensão/
 progredir na coesão textual: concordância; tempos Expressão oral; 10%
verbais e advérbios; variação das anáforas; uso de
conectores frásicos e textuais mais frequentes; Interação oral;

Atividades de apresentação oral:


compreensão e expressão oral;
Ler em voz alta;
Trabalhos escritos; 40%
Fichas de avaliação sumativa;

Atitudes: grelha de observação


de cumprimento das tarefas em 15%
sala de aula e noutros espaços;
intervenção oportuna e
construtiva nas atividades
desenvolvidas;

1 Não dispensa, na especificidade, a consulta do documento da DGE Aprendizagens Essenciais – Português de– 5º ano
 realizar leitura em voz alta, silenciosa e autónoma; Conhecedor/ sabedor/ culto/
informado
 ler textos com características narrativas e expositivas,
associados (A, B, I, )
 a finalidades lúdicas, estéticas e informativas; Sistematizador/ organizador

 distinguir nos textos características do verbete de (A, B, C, I, )


enciclopédia, da entrevista, do anúncio publicitário, da Leitor
notícia e da carta formal em diversos suportes
(estruturação, finalidade); (A, B, C, D, F, H, I)

 explicitar o sentido global de um texto;


 fazer inferências, justificando-as;
Leitura

 identificar tema(s), ideias principais e pontos de vista;


 reconhecer a forma como o texto está estruturado
(partes e subpartes);
 compreender a utilização de recursos expressivos para
a construção de sentido do texto;
 utilizar procedimentos de registo e tratamento da
informação
 ler integralmente, no mínimo, um livro de poemas Conhecedor/sabedor/ culto/
infanto-juvenil, quatro poemas, duas lendas, três informado
contos de autor, um texto dramático, da literatura para
(A, B,, I,)
a infância, de adaptações de clássicos e da tradição
popular; Indagador/ Investigador
 interpretar o texto em função do género literário; (C, D, F, H, I)
 reconhecer a estrutura e os elementos constitutivos do Criativo
texto narrativo: personagens, narrador, contexto (A, C, D, J)
temporal e espacial, ação;
Responsável/ autónomo
Educação Literária

 explicar recursos expressivos utilizados na construção


dos textos literários (designadamente, onomatopeia, (C, D, E, F, I,)
personificação, comparação); Comunicador
 analisar o modo como os temas, as experiências e os (A, B, D, E, H)
valores são representados nas obras lidas e compará-
lo com outras manifestações artísticas (música, pintura, Leitor
escultura, cinema, …); (A, B, C, D, F, H, I)
 valorizar a diversidade cultural patente nos textos; Crítico/Analítico
 fazer declamações e representações teatrais; (A, B, C, D, G)
 desenvolver um projeto individual de leitura que integre
explicitação de objetivos de leitura pessoais e
comparação de temas comuns em livros, em géneros e
em manifestações artísticas diferentes;
 planificar a escrita por meio do registo de ideias e da Sistematizador/ organizador
sua hierarquização;
(A, B, C, I, J)
 descrever pessoas, objetos e paisagens em função de Criativo
diferentes finalidades e géneros textuais;
(A, C, D, J)
 integrar na narração os elementos que circunscrevem
o acontecimento, o tempo e o lugar, o desencadear da Comunicador
ação, o desenvolvimento e a conclusão, com recurso a (A, B, D, E, H)
Escrita

vários conectores de tempo, de causa, de explicação e


de contraste; Responsável/ autónomo
 escrever textos organizados em parágrafos, de acordo (C, D, E, F, G, I, J)
com o género textual que convém à finalidade Respeitador da diferença/ do
comunicativa; outro
 escrever textos em que se defenda uma posição com (A, B, E, F, H)
argumentos e conclusão coerentes, individualmente ou
após discussão de diferentes pontos de vista; Participativo/ colaborador
(B, C, D, E, F)

 conhecer a conjugação de verbos regulares e Questionador


irregulares nos modos indicativo e conjuntivo
(A, F, G, I)
(presente, pretérito imperfeito);
Conhecedor/ sabedor/ culto/
 sistematizar paradigmas de flexão nominal e adjetival; informado
 identificar a classe/subclasse das palavras: advérbio, (A, B, G, I,)
verbo principal e verbo auxiliar;
Sistematizador/ organizador
 identificar os constituintes da frase com as seguintes
funções sintáticas: sujeito (simples e composto), (A, B, C, I, J)
vocativo, predicado; complemento (direto e indireto); Legenda:
Gramática

 identificar o valor de conectores de tempo, de causa, A - Linguagens e textos


de explicação, de contraste; B - Informação e Comunicação
 aplicar regras de utilização do pronome pessoal átono C - Raciocínio e resolução de
em frases negativas; problemas
D - Pensamento crítico e pensamento
 analisar palavras a partir dos seus elementos criativo
constitutivos (base, radical e afixos), com diversas
E - Relacionamento interpessoal
finalidades (deduzir significados, integrar na classe
gramatical, formar famílias de palavras); F - Desenvolvimento e autonomia

 explicitar regras de utilização dos sinais de pontuação; G - Bem-estar, saúde e ambiente


H -Sensibilidade estética e artística
 mobilizar formas de tratamento mais usuais no
relacionamento interpessoal, em diversos contextos de I - Saber científico, técnico e
tecnológico
formalidade.
J – Consciência e domínio do corpo
Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final do 2º Ciclo

As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Compreender diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Aplicar estas linguagens de modo adequado aos diferentes contextos de comunicação.
As competências associadas a Informação e comunicação implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar instrumentos diversificados para pesquisar, escrever e avaliar informação, de forma crítica, verificando diferentes fontes documentais;
 Transformar informação em conhecimento;
 Colaborar em diferentes contextos comunicativos, de forma adequada, utilizando diferentes tipos de ferramentas (analógicas e digitais), com base nas regras de conduta próprias de
cada ambiente.
As competências associadas a Raciocínio e resolução de problemas implicam que os alunos sejam capazes de:
 Interpretar informação e organizá-la;
 Tomar decisões para resolver problemas;
 Desenvolver processos com vista à resolução de problemas com orientação.
As competências associadas a Pensamento crítico e pensamento criativo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Pensar de forma lógica observando, analisando informação, experiências ou ideias, argumentando com vista à tomada de posição fundamentada;
 Prever e avaliar o impacto das suas decisões;
 Desenvolver novas ideias e soluções, de forma imaginativa, como resultado da interação com os outros ou da reflexão pessoal.
As competências associadas a Relacionamento interpessoal implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adequar comportamentos em contexto de cooperação, partilha, colaboração e competição;
 Trabalhar em equipa e usar diferentes meios para comunicar presencialmente e em rede;
 Interagir com empatia e responsabilidade desenvolvendo novas formas de estar na sociedade.
As competências associadas a Desenvolvimento pessoal e autonomia implicam que os alunos sejam capazes de:
 Estabelecer relações entre conhecimentos e comportamentos;
 Identificar áreas de interesse;
 Consolidar as competências que já possuem.
As competências associadas a Bem-estar, saúde e ambiente implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adotar comportamentos que promovem a saúde e o bem-estar, designadamente nos hábitos quotidianos, na alimentação, na prática de exercício físico e nas suas relações com o
ambiente e a sociedade;
 Compreender os equilíbrios e as fragilidades do mundo natural na adoção de comportamentos que respondam aos grandes desafios globais do ambiente;
 Manifestar consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável.
As competências associadas a Sensibilidade estética e artística implicam que os alunos sejam capazes de:
 Experimentar processos próprios das diferentes formas de arte;
 Apreciar as realidades artísticas em diferentes suportes tecnológicos pelo contacto com os diversos universos culturais;
 Valorizar o papel das várias formas de expressão artística e do património na vida e na cultura das comunidades.
As competências associadas a Saber científico, técnico e tecnológico implicam que os alunos sejam capazes de:
 Compreender processos e fenómenos científicos que sustentam as tomadas de decisão;
 Manipular e manusear materiais e instrumentos diversificados para controlar e utilizar produtos;
 Executar operações técnicas, sob orientação.
As competências associadas a Consciência e domínio do corpo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Realizar atividades motoras, locomotoras, não locomotoras e manipulativas, integradas nas diferentes circunstâncias vivenciadas na relação do seu próprio corpo com o espaço;
 Dominar a capacidade percetivo – motora;
 Ter consciência de si próprio a nível emocional, cognitivo, estético e moral.

Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico em 26 de outubro de 2017


Critérios de Avaliação – Matemática / Ensino Básico – 5.º Ano

(Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho)

Domínios Aprendizagens Essenciais no âmbito de: Conhecimentos, Descritores do Perfil dos Atividades/Instrumentos Fator de
1
/ Tema Capacidades e Atitudes Alunos de Avaliação ponderação

 Números naturais  Conhecedor/sabedor/culto/


 Nos momentos de
NÚMEROS E OPERAÇÔES

funcionamento DAC
Informado multidisciplinar:
- Trabalho de grupo (art.19º 20%
 Números racionais não negativos (A, B, G, I, J)
alínea f) do Desp 5908/2017)
 Criativo - Instrumentos definidos em GAP
(A, C, D, J) CT nos termos do art.3º,
 Resolução de problemas 5%
alíneas f) e o) e do art.17º,
 Críticio/Analítico
alínea c) do Desp. 5908/2017)
(A, B, C D, G)
 Raciocínio matemático
 Indagador/Investigador - Trabalho em articulação com
projetos de Agrupamento Flexibilida-
(C, D, F, H, I) de&Projeto
 Comunicação matemática
 Respeitador da diferença/do
outro 10%
(A, B, E, F, H)
 Nos momentos de
 Figuras no plano e sólidos geométricos
 Sistematizador/ funcionamento disciplinar:
GEOMETRIA E MEDIDA

Organizador
 Medida Testes
(A, B, C, I, J) Mini-testes 40%
 Questionador
 Resolução de problemas Questões de aula
(A, F, G, I, J)) Tarefas exploratórias com 10%
 Comunicador materiais manipuláveis
 Raciocínio matemático (A, B, D, E, H)
Observação do cumprimento
 Autoavaliador das tarefas: 15%
 Comunicação matemática (transversal às áreas) - em sala de aula
- fora da sala de aula

1 Não dispensa, na especificidade, a consulta do documento da DGE, Aprendizagens Essenciais – Matemática de 5ºano
Domínios Aprendizagens Essenciais no âmbito de: Conhecimentos, Descritores do Perfil dos Atividades/Instrumentos Fator de
/ Tema Capacidades e Atitudes Alunos ponderação
de Avaliação

 Expressões numéricas e propriedades das operações  Participativo/Colaborador


(B, C, D, E, F)

 Sequências e regularidades  Responsável/Autónomo


ÁLGEBRA

(C, D, E, F, G, I, J)

 Resolução de problemas  Cuidador de si e do outro


(B, E, F,G)

 Raciocínio matemático

 Comunicação Matemática

Legenda:
ORGANIZAÇÃO E TRATAMENTO DE DADOS

 Representação e interpretação de dados


A-Linguagens e textos
B-Informação e comunicação
C-Raciocínio e resolução de
 Resolução de problemas problemas
D-Pensamento crítico e
pensamento criativo
 Raciocínio Matemático E-Relacionamento interpessoal
F-Desenvolvimento pessoal e
autonomia
 Comunicação Matemática
G-Bem-estar, saúde e
ambiente
H-Sensibilidade estética e
artística
I-Saber científico, técnico e
tecnológico
J- Consciência e domínio do
corpo
Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final do 2º Ciclo

As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Compreender diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Aplicar estas linguagens de modo adequado aos diferentes contextos de comunicação.
As competências associadas a Informação e comunicação implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar instrumentos diversificados para pesquisar, escrever e avaliar informação, de forma crítica, verificando diferentes fontes documentais;
 Transformar informação em conhecimento;
 Colaborar em diferentes contextos comunicativos, de forma adequada, utilizando diferentes tipos de ferramentas (analógicas e digitais), com base nas regras de conduta próprias de cada
ambiente.
As competências associadas a Raciocínio e resolução de problemas implicam que os alunos sejam capazes de:
 Interpretar informação e organizá-la;
 Tomar decisões para resolver problemas;
 Desenvolver processos com vista à resolução de problemas com orientação.
As competências associadas a Pensamento crítico e pensamento criativo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Pensar de forma lógica observando, analisando informação, experiências ou ideias, argumentando com vista à tomada de posição fundamentada;
 Prever e avaliar o impacto das suas decisões;
 Desenvolver novas ideias e soluções, de forma imaginativa, como resultado da interação com os outros ou da reflexão pessoal.
As competências associadas a Relacionamento interpessoal implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adequar comportamentos em contexto de cooperação, partilha, colaboração e competição;
 Trabalhar em equipa e usar diferentes meios para comunicar presencialmente e em rede;
 Interagir com empatia e responsabilidade desenvolvendo novas formas de estar na sociedade.
As competências associadas a Desenvolvimento pessoal e autonomia implicam que os alunos sejam capazes de:
 Estabelecer relações entre conhecimentos e comportamentos;
 Identificar áreas de interesse;
 Consolidar as competências que já possuem.
As competências associadas a Bem-estar, saúde e ambiente implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adotar comportamentos que promovem a saúde e o bem-estar, designadamente nos hábitos quotidianos, na alimentação, na prática de exercício físico e nas suas relações com o ambiente e a
sociedade;
 Compreender os equilíbrios e as fragilidades do mundo natural na adoção de comportamentos que respondam aos grandes desafios globais do ambiente;
 Manifestar consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável.
As competências associadas a Sensibilidade estética e artística implicam que os alunos sejam capazes de:
 Experimentar processos próprios das diferentes formas de arte;
 Apreciar as realidades artísticas em diferentes suportes tecnológicos pelo contacto com os diversos universos culturais;
 Valorizar o papel das várias formas de expressão artística e do património na vida e na cultura das comunidades.
As competências associadas a Saber científico, técnico e tecnológico implicam que os alunos sejam capazes de:
 Compreender processos e fenómenos científicos que sustentam as tomadas de decisão;
 Manipular e manusear materiais e instrumentos diversificados para controlar e utilizar produtos;
 Executar operações técnicas, sob orientação.
As competências associadas a Consciência e domínio do corpo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Realizar atividades motoras, locomotoras, não locomotoras e manipulativas, integradas nas diferentes circunstâncias vivenciadas na relação do seu próprio corpo com o espaço;
 Dominar a capacidade percetivo – motora;
 Ter consciência de si próprio a nível emocional, cognitivo, estético e moral.

Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico em ______ de ________________ de 20____


Critérios de Avaliação – Educação Física / Ensino Básico – 5º Ano

(Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho)

Domínios Aprendizagens Essenciais: Conhecimentos, Capacidades e Descritores do Perfil dos Atividades/Instrumentos Fator de
/ Tema Atitudes1 Alunos de Avaliação ponderação
SUBÁREA JOGOS- Participar em JOGOS (nomeadamente Jogos Tradicionais)
Conhecedor/sabedor/
ajustando a iniciativa própria e as qualidades motoras na prestação às possibilidades GAP 10%
culto/informado:
oferecidas pela situação de jogo e ao seu objetivo, realizando habilidades básicas e
Área das ações técnico-táticas fundamentais, com oportunidade e correção de movimentos. A, B, G, I, J Nos momentos de
Atividad
SUBÁREA JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS - Cooperar com os companheiros
funcionamento multidisciplinar:
es Criativo/Expressivo:
Físicas para o alcance do objetivo dos JOGOS
DESPORTIVOS COLETIVOS (Basquetebol, Futebol/Futsal, Voleibol), A, C, D, J, H - Trabalho de grupo (art.19º
desempenhando com oportunidade e correção as ações solicitadas pelas situações alínea f) do Desp 5908/2017)
de jogo, aplicando a ética do jogo e as suas regras. Participativo/colaborador/ - Instrumentos definidos em CT
SUBÁREA GINÁSTICA - Compor e realizar, da GINÁSTICA (Solo e Aparelhos), as Cooperante/Responsável/Autó nos termos do art.3º, alíneas f) e
destrezas elementares de solo, aparelhos e minitrampolim, em esquemas nomo: o) e do art.17º, alínea c) do Desp.
individuais e/ou de grupo, aplicando os critérios de correção técnica e expressão, e B, C, D, E, F, G, I. J 5908/2017)
apreciando os esquemas de acordo com esses critérios.
SUBÁREA ATLETISMO - Realizar, do ATLETISMO, saltos, corridas e lançamentos, Cuidador de si e do outro:
segundo padrões simplificados, e cumprindo corretamente as exigências B, E, F, G
elementares técnicas e regulamentares.
SUBÁREA PATINAGEM - Patinar (Patinagem) com equilíbrio e segurança, Descritores: Nos momentos de
ajustando as suas ações para orientar o seu deslocamento com intencionalidade e funcionamento disciplinar:
oportunidade na realização de sequências rítmicas, percursos ou jogos. A -Linguagens e textos;
OUTRAS (BADMINTON E NATAÇÂO) B - nformação e comunicação; Testes Práticos
No Badminton, conhecer o regulamento básico da modalidade, cooperar com os C-Raciocínio e resolução de Observação direta 55%
colegas em situação de exercício-critério e no jogo. problemas;
Na Natação, deslocar-se com segurança no MEIO AQUÁTICO (Leça do Balio) D-Pensamento crítico e
coordenando a respiração com as ações propulsivas específicas das técnicas pensamento criativo;
selecionadas. E– Relacionamento interpessoal;
F– Desenvolvimento pessoal e
Área da Desenvolver capacidades motoras evidenciando aptidão muscular e aptidão
aeróbia, enquadradas na Zona Saudável de Aptidão Física do programa Fittscola, autonomia; Bateria Fitescola 10%
Aptidão
Física para a sua idade e sexo. G- Bem-estar, saúde e ambiente;
H-Sensibilidade estética e Questionamento e grelha de
Identificar as capacidades física: Resistência Agilidade e Coordenação (Geral) de
Área dos
acordo com as características do esforço realizado.
artística; registo da observação direta 10%
Conheci I-Saber científico, técnico e
Ser autónomo e responsável no desenvolvimento do seu próprio processo de tecnológico;
Área das aprendizagem, envolvendo-se, onde for o caso, na superação das suas dificuldades Grelha de registo da observação 15%
Atitudes J-Consciência e domínio do corpo direta

1
Não dispensa, na especificidade, a consulta do documento da DGE, Aprendizagens Essenciais – Educação Física do 5ºano
Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final do 2º Ciclo

As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Compreender diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Aplicar estas linguagens de modo adequado aos diferentes contextos de comunicação.
As competências associadas a Informação e comunicação implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar instrumentos diversificados para pesquisar, escrever e avaliar informação, de forma crítica, verificando diferentes fontes documentais;
 Transformar informação em conhecimento;
 Colaborar em diferentes contextos comunicativos, de forma adequada, utilizando diferentes tipos de ferramentas (analógicas e digitais), com base nas regras de conduta próprias de cada ambiente.
As competências associadas a Raciocínio e resolução de problemas implicam que os alunos sejam capazes de:
 Interpretar informação e organizá-la;
 Tomar decisões para resolver problemas;
 Desenvolver processos com vista à resolução de problemas com orientação.
As competências associadas a Pensamento crítico e pensamento criativo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Pensar de forma lógica observando, analisando informação, experiências ou ideias, argumentando com vista à tomada de posição fundamentada;
 Prever e avaliar o impacto das suas decisões;
 Desenvolver novas ideias e soluções, de forma imaginativa, como resultado da interação com os outros ou da reflexão pessoal.
As competências associadas a Relacionamento interpessoal implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adequar comportamentos em contexto de cooperação, partilha, colaboração e competição;
 Trabalhar em equipa e usar diferentes meios para comunicar presencialmente e em rede;
 Interagir com empatia e responsabilidade desenvolvendo novas formas de estar na sociedade.
As competências associadas a Desenvolvimento pessoal e autonomia implicam que os alunos sejam capazes de:
 Estabelecer relações entre conhecimentos e comportamentos;
 Identificar áreas de interesse;
 Consolidar as competências que já possuem.
As competências associadas a Bem-estar, saúde e ambiente implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adotar comportamentos que promovem a saúde e o bem-estar, designadamente nos hábitos quotidianos, na alimentação, na prática de exercício físico e nas suas relações com o ambiente e a sociedade;
 Compreender os equilíbrios e as fragilidades do mundo natural na adoção de comportamentos que respondam aos grandes desafios globais do ambiente;
 Manifestar consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável.
As competências associadas a Sensibilidade estética e artística implicam que os alunos sejam capazes de:
 Experimentar processos próprios das diferentes formas de arte;
 Apreciar as realidades artísticas em diferentes suportes tecnológicos pelo contacto com os diversos universos culturais;
 Valorizar o papel das várias formas de expressão artística e do património na vida e na cultura das comunidades.
As competências associadas a Saber científico, técnico e tecnológico implicam que os alunos sejam capazes de:
 Compreender processos e fenómenos científicos que sustentam as tomadas de decisão;
 Manipular e manusear materiais e instrumentos diversificados para controlar e utilizar produtos;
 Executar operações técnicas, sob orientação.
As competências associadas a Consciência e domínio do corpo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Realizar atividades motoras, locomotoras, não locomotoras e manipulativas, integradas nas diferentes circunstâncias vivenciadas na relação do seu próprio corpo com o espaço;
 Dominar a capacidade percetivo – motora;
 Ter consciência de si próprio a nível emocional, cognitivo, estético e moral.

Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico de 26 de outubro de 2017


Critérios de Avaliação – História e Geografia de Portugal / Ensino Básico – 5.º Ano
(Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho)

Aprendizagens Essenciais: Conhecimentos, Atividades/Instrumentos Fator de


Domínios / Tema Descritores do Perfil dos Alunos
Capacidades e Atitudes de Avaliação ponderação

Nos momentos de funcionamento


Conhecedor/sabedor/culto/informado - A, B, multidisciplinar( DAC/GAP):
G, I, J *
Criativo - A,C, D * - Trabalho de grupo (art.19º alínea f) DAC 20%
Crítico/Analítico - B, C D, G * do Desp. 5908/2017)
Indagador/Investigador - C, D, F, H, I* - Instrumentos definidos em CT nos GAP 5%
- A PENÍNSULA As aprendizagens essenciais serão avaliadas de Respeitador da diferença/do outro-B, E, F, H * termos do art.3º, alíneas f) e o) e do
IBÉRICA / LOCALI acordo com os seguintes subdomínios 1: art.17º, alínea c) do Desp. 5908/201.
ZAÇÃO E QUADRO Sistematizador/Organizador - B, C, I, J *
NATURAL Questionador - A,F,G,I,J * Nos momentos de funcionamento
 Localização/Quadro Natural disciplinar:
Comunicador - A, B, D, E, H *
- A PENÍNSULA  Primeiros povos na Península Ibérica Participativo/Colaborador - B, C, D, E, F * Conhecimentos e capacidades
IBÉRICA/
PASSAGEM E  A formação do reino de Portugal Responsável/Autónomo-C, D, E, F, G, I, J *
- Fichas de avaliação 50%
FIXAÇÃO DE Cuidador de si e do outro-B, E, F,G *
POVOS  Portugal no séc XIII
- Fichas de trabalho
 Portugal nos séc.XV e XVI - Atlas 10%
- PORTUGAL NO  Da União Ibérica à Restauração - Friso Cronológico
PASSADO
- Trabalhos de casa
*A – Linguagens e textos; B – Informação - Trabalho de pesquisa
e comunicação; C – Raciocínio e resolução
de problemas; D – Pensamento crítico e
pensamento criativo; E – Relacionamento
interpessoal; F -Desenvolvimento pessoal e Atitudes
autonomia; G – Bem-estar, saúde e
artística; H- Sensibilidade estética e - Cumprimento das tarefas dentro da
artística; I – Saber científico, técnico e sala de aula e noutros espaços
tecnológico; J - Consciência e domínio do
15%
corpo -Participação oportuna e construtiva
nas atividades desenvolvida

1 Não dispensa a consulta do documento da DGE Aprendizagens Essenciais – História e Geografia de Portugal, 5º ano
Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final do 2º Ciclo

As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de:
● Utilizar diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
● Compreender diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
● Aplicar estas linguagens de modo adequado aos diferentes contextos de comunicação.
As competências associadas a Informação e comunicação implicam que os alunos sejam capazes de:
● Utilizar instrumentos diversificados para pesquisar, escrever e avaliar informação, de forma crítica, verificando diferentes fontes documentais;
● Transformar informação em conhecimento;
● Colaborar em diferentes contextos comunicativos, de forma adequada, utilizando diferentes tipos de ferramentas (analógicas e digitais), com base nas regras de conduta próprias de cada ambiente.
As competências associadas a Raciocínio e resolução de problemas implicam que os alunos sejam capazes de:
● Interpretar informação e organizá-la;
● Tomar decisões para resolver problemas;
● Desenvolver processos com vista à resolução de problemas com orientação.
As competências associadas a Pensamento crítico e pensamento criativo implicam que os alunos sejam capazes de:
● Pensar de forma lógica observando, analisando informação, experiências ou ideias, argumentando com vista à tomada de posição fundamentada;
● Prever e avaliar o impacto das suas decisões;
● Desenvolver novas ideias e soluções, de forma imaginativa, como resultado da interação com os outros ou da reflexão pessoal.
As competências associadas a Relacionamento interpessoal implicam que os alunos sejam capazes de:
● Adequar comportamentos em contexto de cooperação, partilha, colaboração e competição;
● Trabalhar em equipa e usar diferentes meios para comunicar presencialmente e em rede;
● Interagir com empatia e responsabilidade desenvolvendo novas formas de estar na sociedade.
As competências associadas a Desenvolvimento pessoal e autonomia implicam que os alunos sejam capazes de:
● Estabelecer relações entre conhecimentos e comportamentos;
● Identificar áreas de interesse;
● Consolidar as competências que já possuem.
As competências associadas a Bem-estar, saúde e ambiente implicam que os alunos sejam capazes de:
● Adotar comportamentos que promovem a saúde e o bem-estar, designadamente nos hábitos quotidianos, na alimentação, na prática de exercício físico e nas suas relações com o ambiente e a
sociedade;
● Compreender os equilíbrios e as fragilidades do mundo natural na adoção de comportamentos que respondam aos grandes desafios globais do ambiente;
● Manifestar consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável.
As competências associadas a Sensibilidade estética e artística implicam que os alunos sejam capazes de:
● Experimentar processos próprios das diferentes formas de arte;
● Apreciar as realidades artísticas em diferentes suportes tecnológicos pelo contacto com os diversos universos culturais;
● Valorizar o papel das várias formas de expressão artística e do património na vida e na cultura das comunidades.
As competências associadas a Saber científico, técnico e tecnológico implicam que os alunos sejam capazes de:
● Compreender processos e fenómenos científicos que sustentam as tomadas de decisão;
● Manipular e manusear materiais e instrumentos diversificados para controlar e utilizar produtos;
● Executar operações técnicas, sob orientação.
As competências associadas a Consciência e domínio do corpo implicam que os alunos sejam capazes
● Realizar atividades motoras, locomotoras, não locomotoras e manipulativas, integradas nas diferentes circunstâncias vivenciadas na relação do seu próprio corpo com o espaço;
● Dominar a capacidade percetivo – motora;
● Ter consciência de si próprio a nível emocional, cognitivo, estético e moral.
Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico de 26 de outubro de 2017
Agrupamento de Escolas de Padrão da Légua
Critérios de Avaliação de Inglês - Ensino Básico – 5º Ano
(Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho)

Domínios Aprendizagens Essenciais: Conhecimentos, Capacidades e Descritores do Perfil dos Atividades/Instrumentos Fator de
1
/ Tema Atitudes Alunos de Avaliação ponderação

Gostos e preferências pessoais; profissões; descrição física; Nos momentos de


Conhecedor/ sabedor/ culto/
Áreas temáticas/

rotinas diárias; atividades de tempos livres; alimentação. funcionamento multidisciplinar:


informado
situacionais

(A, B, G, I, J) – Trabalho de grupo (art.19º alínea f) DAC e GAP:


do Desp 5908/2017)
– Instrumentos definidos em CT nos 25%
termos do art.3º, alíneas f) e o) e
do art.17º, alínea c) do Desp. (20% + 5%)
5908/2017)
– Compreensão oral Nos momentos de
Entender pedidos que lhe são dirigidos, perguntas que lhe são funcionamento disciplinar:
feitas e informações que lhe são dadas; identificar palavras e
expressões em canções e textos áudio/audiovisuais; identificar a Atividades de avaliação formal da:
Competência comunicativa

ideia global de pequenos textos orais. – Compreensão Oral 10%

– Compreensão escrita – Produção e Interação Oral 10%


Seguir instruções elementares; reconhecer informação que lhe é – Compreensão Escrita / Gramática
Criativo 30%
familiar; desenvolver a literacia, entendendo textos simplificados de /Vocabulário
leitura extensiva com vocabulário familiar, lendo frases e pequenos (A, C, D, J)
textos em voz alta. – Produção Escrita
10%
– Interação oral – (Composição)
Pedir e dar informações sobre identificação pessoal; formular
perguntas e respostas sobre assuntos que lhe são familiares; fazer
Observação do desempenho:
sugestões e convites simples.
– - em sala de aula 15%
– - fora da sala de aula

1 Não dispensa, na especificidade, a consulta do documento da DGE, Aprendizagens Essenciais – Inglês do 5ºano
Interação escrita

Competência comunicativa
Responder a um email, chat ou mensagem de forma simples.

Produção oral

Articular sons da língua inglesa não existentes na língua materna;


Crítico/Analítico
pronunciar, com correção, expressões e frases familiares; exprimir
(A, B, C, D, G)
gostos e preferências pessoais; falar sobre alguns temas
trabalhados previamente.

Produção escrita
Redigir mensagens e notas pessoais; redigir postais e convites;
.
descrever-se a si e à família; descrever uma imagem.
Competência Intercultural

Reconhecer realidades interculturais distintas: reconhecer Indagador/ Investigador


elementos constitutivos da sua própria cultura e da(s) cultura(s) de (C, D, F, H, I)
língua estrangeira; localizar no mapa alguns países de expressão
inglesa; associar capitais e algumas cidades aos países estudados; Respeitador da diferença/ do
reconhecer aspetos culturais de países de expressão inglesa. outro
(A, B, E, F, H
Comunicar eficazmente em contexto: valorizar o uso da língua Sistematizador/
como instrumento de comunicação e de resolução de problemas organizador
dentro e fora da sala de aula; preparar, repetir e memorizar uma (A, B, C, I, J)

apresentação oral como forma de ganhar confiança.


Trabalhar e colaborar em pares e pequenos grupos: participar
em atividades de pares e grupos; entender e seguir instruções
breves; fazer sugestões e convites simples; demonstrar atitudes de Questionador
inteligência emocional; planear, organizar e apresentar uma tarefa (A, F, G, I, J)
de pares ou um trabalho de grupo.
Utilizar a literacia tecnológica para comunicar e aceder ao
saber em contexto: comunicar com outros a uma escala local, Comunicador
nacional e internacional recorrendo a aplicações tecnológicas para (A,B,D,E,H)
Competência estratégica

produção e comunicação online; contribuir para projetos e tarefas


de grupo interdisciplinares que se apliquem ao contexto, a
experiências reais e quotidianas do aluno; aceder ao saber, Autoavaliador
(transversal às áreas)
recorrendo a aplicações informáticas online.
Pensar criticamente: seguir um raciocínio bem apresentado e
fundamentado e apresentar o seu próprio raciocínio ao/s outro/s,
utilizando factos para justificar as suas opiniões; refletir
criticamente sobre o que foi dito, fazendo ao outro perguntas
simples que desenvolvam a curiosidade.
Relacionar conhecimentos de forma a desenvolver a
criatividade em contexto: realizar trabalhos criativos e produzir a Participativo/ colaborador
linguagem necessária para apresentar os mesmos ao (B, C, D, E, F)

professor/aos colegas; realizar atividades para desenvolver a


literacia; desenvolver e participar em projetos e atividades
interdisciplinares.

Desenvolver o aprender a aprender em contexto de sala de


aula e aprender a regular o processo de aprendizagem: discutir
e selecionar objetivos de aprendizagem comuns e individuais;
controlar as suas aprendizagens; utilizar os conhecimentos prévios
da língua e a experiência pessoal para comunicar de forma simples
Responsável/ autónomo
em Inglês; participar numa reflexão no final da aula para identificar (C, D, E, F, G, I, J)
Competência estratégica atividades associadas aos objetivos de aprendizagem e o
cumprimento dos mesmos; realizar atividades simples de auto e Cuidador de si e do outro
heteroavaliação. (B, E, F, G)

* Descritores do perfil do
aluno:
A – Linguagem e textos
B – Informação e
comunicação
C – Raciocínio e resolução
de problemas

D – Pensamento crítico e
pensamento criativo

E- Relacionamento
interpessoal
F- Desenvolvimento pessoal
e autonomia

G - Bem-estar, saúde e
ambiente.

H - Sensibilidade estética e
artística.

I – Saber científico, técnico e


Tecnológico

J – Consciência e domínio
do corpo
Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final do 2º Ciclo

As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de:
• Utilizar diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
• Compreender diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à
ciência;
• Aplicar estas linguagens de modo adequado aos diferentes contextos de comunicação.
As competências associadas a Informação e comunicação implicam que os alunos sejam capazes de:
• Utilizar instrumentos diversificados para pesquisar, escrever e avaliar informação, de forma crítica, verificando diferentes fontes documentais;
• Transformar informação em conhecimento;
• Colaborar em diferentes contextos comunicativos, de forma adequada, utilizando diferentes tipos de ferramentas (analógicas e digitais), com base nas regras de conduta próprias
de cada ambiente.
As competências associadas a Raciocínio e resolução de problemas implicam que os alunos sejam capazes de:
• Interpretar informação e organizá-la;
• Tomar decisões para resolver problemas;
• Desenvolver processos com vista à resolução de problemas com orientação.
As competências associadas a Pensamento crítico e pensamento criativo implicam que os alunos sejam capazes de:
• Pensar de forma lógica observando, analisando informação, experiências ou ideias, argumentando com vista à tomada de posição fundamentada;
• Prever e avaliar o impacto das suas decisões;
• Desenvolver novas ideias e soluções, de forma imaginativa, como resultado da interação com os outros ou da reflexão pessoal.
As competências associadas a Relacionamento interpessoal implicam que os alunos sejam capazes de:
• Adequar comportamentos em contexto de cooperação, partilha, colaboração e competição;
• Trabalhar em equipa e usar diferentes meios para comunicar presencialmente e em rede;
• Interagir com empatia e responsabilidade desenvolvendo novas formas de estar na sociedade.
As competências associadas a Desenvolvimento pessoal e autonomia implicam que os alunos sejam capazes de:
• Estabelecer relações entre conhecimentos e comportamentos;
• Identificar áreas de interesse;
• Consolidar as competências que já possuem.
As competências associadas a Bem-estar, saúde e ambiente implicam que os alunos sejam capazes de:
• Adotar comportamentos que promovem a saúde e o bem-estar, designadamente nos hábitos quotidianos, na alimentação, na prática de exercício físico e nas suas relações com
o ambiente e a sociedade;
• Compreender os equilíbrios e as fragilidades do mundo natural na adoção de comportamentos que respondam aos grandes desafios globais do ambiente;
• Manifestar consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável.
As competências associadas a Sensibilidade estética e artística implicam que os alunos sejam capazes de:
• Experimentar processos próprios das diferentes formas de arte;
• Apreciar as realidades artísticas em diferentes suportes tecnológicos pelo contacto com os diversos universos culturais;
• Valorizar o papel das várias formas de expressão artística e do património na vida e na cultura das comunidades.
As competências associadas a Saber científico, técnico e tecnológico implicam que os alunos sejam capazes de:
• Compreender processos e fenómenos científicos que sustentam as tomadas de decisão;
• Manipular e manusear materiais e instrumentos diversificados para controlar e utilizar produtos;
• Executar operações técnicas, sob orientação.
As competências associadas a Consciência e domínio do corpo implicam que os alunos sejam capazes de:
• Realizar atividades motoras, locomotoras, não locomotoras e manipulativas, integradas nas diferentes circunstâncias vivenciadas na relação do seu próprio corpo com o espaço;
• Dominar a capacidade percetivo – motora;
• Ter consciência de si próprio a nível emocional, cognitivo, estético e moral.

Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico em 26 de outubro de 2017


Agrupamento de Escolas de Padrão da Légua

Critérios de Avaliação – Oferta Complementar “Ciência e Cidadania” / Ensino Básico – 5.º Ano

(Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho)


Atividades/Instrumentos Fator de
Aprendizagens Essenciais: Conhecimentos, Capacidades e Atitudes Descritores do Perfil dos Alunos
de Avaliação ponderação

 Nos momentos de
funcionamento
multidisciplinar:
A- Linguagens e textos;  Trabalho de grupo (art.19º
alínea f) do Desp 5908/2017)
B- Informação e comunicação;  Instrumentos definidos em  GAP 10%
C- Raciocínio e resolução de CT nos termos do art.3º,
problemas; alíneas f) e o) e do art.17º,
alínea c) do Desp.
D- Pensamento crítico e pensamento 5908/2017)
 Materiais terrestres (água, ar, rochas e solo) e sua relação criativo;
com a sustentabilidade da vida na Terra.  Nos momentos de
E- Relacionamento interpessoal;
funcionamento
F- Desenvolvimento pessoal e disciplinar:
 Diversidade de seres vivos no planeta Terra e preservação autonomia;  Conhecimentos e
da biodiversidade. A cidadania ativa como chave para a G- Bem-estar, saúde e ambiente; capacidades
- Trabalhos de projeto,  40%
conservação da Natureza e da biodiversidade H- Sensibilidade estética e artística; trabalhos de pesquisa e
I- Saber científico, técnico e atividades laboratoriais/
tecnológico; experimentais
- Trabalho em articulação  10%
J- Consciência e domínio do corpo com o projeto “Espaço
Ciência e Cidadania”
 Atitudes  40%
- Escala de classificação
Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final do 2º Ciclo

As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Compreender diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Aplicar estas linguagens de modo adequado aos diferentes contextos de comunicação.
As competências associadas a Informação e comunicação implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar instrumentos diversificados para pesquisar, escrever e avaliar informação, de forma crítica, verificando diferentes fontes documentais;
 Transformar informação em conhecimento;
 Colaborar em diferentes contextos comunicativos, de forma adequada, utilizando diferentes tipos de ferramentas (analógicas e digitais), com base nas regras de conduta próprias de
cada ambiente.
As competências associadas a Raciocínio e resolução de problemas implicam que os alunos sejam capazes de:
 Interpretar informação e organizá-la;
 Tomar decisões para resolver problemas;
 Desenvolver processos com vista à resolução de problemas com orientação.
As competências associadas a Pensamento crítico e pensamento criativo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Pensar de forma lógica observando, analisando informação, experiências ou ideias, argumentando com vista à tomada de posição fundamentada;
 Prever e avaliar o impacto das suas decisões;
 Desenvolver novas ideias e soluções, de forma imaginativa, como resultado da interação com os outros ou da reflexão pessoal.
As competências associadas a Relacionamento interpessoal implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adequar comportamentos em contexto de cooperação, partilha, colaboração e competição;
 Trabalhar em equipa e usar diferentes meios para comunicar presencialmente e em rede;
 Interagir com empatia e responsabilidade desenvolvendo novas formas de estar na sociedade.
As competências associadas a Desenvolvimento pessoal e autonomia implicam que os alunos sejam capazes de:
 Estabelecer relações entre conhecimentos e comportamentos;
 Identificar áreas de interesse;
 Consolidar as competências que já possuem.
As competências associadas a Bem-estar, saúde e ambiente implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adotar comportamentos que promovem a saúde e o bem-estar, designadamente nos hábitos quotidianos, na alimentação, na prática de exercício físico e nas suas relações com o
ambiente e a sociedade;
 Compreender os equilíbrios e as fragilidades do mundo natural na adoção de comportamentos que respondam aos grandes desafios globais do ambiente;
 Manifestar consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável.
As competências associadas a Sensibilidade estética e artística implicam que os alunos sejam capazes de:
 Experimentar processos próprios das diferentes formas de arte;
 Apreciar as realidades artísticas em diferentes suportes tecnológicos pelo contacto com os diversos universos culturais;
 Valorizar o papel das várias formas de expressão artística e do património na vida e na cultura das comunidades.
As competências associadas a Saber científico, técnico e tecnológico implicam que os alunos sejam capazes de:
 Compreender processos e fenómenos científicos que sustentam as tomadas de decisão;
 Manipular e manusear materiais e instrumentos diversificados para controlar e utilizar produtos;
 Executar operações técnicas, sob orientação.
As competências associadas a Consciência e domínio do corpo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Realizar atividades motoras, locomotoras, não locomotoras e manipulativas, integradas nas diferentes circunstâncias vivenciadas na relação do seu próprio corpo com o espaço;
 Dominar a capacidade percetivo – motora;
 Ter consciência de si próprio a nível emocional, cognitivo, estético e moral.

Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico em 26 de outubro de 2017


Critérios de Avaliação – EDUCAÇÃO MUSICAL / Ensino Básico – 5 º Ano

(Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho)

Domínios Aprendizagens Essenciais: Conhecimentos, Capacidades e Atividades/Instrumentos Fator de


Descritores do Perfil dos Alunos
/ Tema Atitudes 1 de Avaliação ponderação
Experimentação e

o Improvisar peças musicais, combinando e manipulando vários elementos Conhecedor/sabedor/culto/informado (A, Nos momentos de GAP:
da música, (timbre, altura, dinâmica, ritmo, forma, texturas), utilizando B, G, I, J) funcionamento 10%
Criação

múltiplos recursos (fontes sonoras convencionais e não convencionais, Criativo (A, C, D, J) multidisciplinar:
imagens, esculturas, textos, vídeos, gravações…) e com técnicas e Crítico/Analítico (A, B, C, D, G) Trabalho de grupo (art.19º alínea
tecnologias gradualmente mais complexas. f) do Desp 5908/2017)
o Compor peças musicais com diversos propósitos, combinando e Indagador/Analítico (C, D, F, H, I)
Respeitador da diferença/do outro (A, B, Instrumentos definidos em CT
manipulando vários elementos da música (altura, dinâmica, ritmo, forma, nos termos do art.3º, alíneas f) e
timbres e texturas), utilizando recursos diversos (voz, corpo, objetos E, F, H) o) e do art.17º, alínea c) do
sonoros, instrumentos musicais, tecnologias e software). Sistematizador/organizador (A, B, C, I, J) Desp. 5908/2017)
Questionador (A, F, G, I, J)
o Cantar, a solo e em grupo, a uma e duas vozes, repertório variado com e Comunicador/desenvolvimento da
sem acompanhamento instrumental, evidenciando confiança e domínio
linguagem e da oralidade (A, B, D, E, H)
básico da técnica vocal.
o Tocar diversos instrumentos acústicos e eletrónicos, a solo e em grupo, Participativo/colaborador (B, C, D, E, F)
Interpretação e
Comunicação

repertório variado, controlando o tempo e dinâmica, com progressiva Responsável/autónomo (C, D, E, F, G, I,


destreza e confiança. J)
o Interpretar, através do movimento corporal, contextos musicais Cuidador de si e do outro (B, E, F, G) Nos momentos de
contrastantes Autoavalidador (transversal às áreas);
o Mobilizar sequências de movimentos corporais em contextos musicais
funcionamento disciplinar:
diferenciados. A – Linguagens e textos
o Publicar, na internet, criações musicais (originais ou de outros, Fichas de avaliação e questões
B – Informação e comunicação 50%
construindo, por exemplo, playlists, podcasts e blogs. de aula
C – Raciocínio e resolução de problemas
o Apresentar publicamente atividadades artísticas em que articula a música D – Pensamento crítico e pensamento
com outras áreas do conhecimento. criativo Performance vocal e instrumental 20%
E – Relacionamento interpessoal
o Comparar características rítmicas, melódicas, harmónicas, dinâmicas, F – Desenvolvimento pessoal e Participação nas atividades 5%
formais tímbricas e de textura em peças musicais de épocas, estilos e autonomia letivas
Apropriação e

géneros musicais diversificados. G – Bem-estar, saúde e ambiente


o Utilizar, com crescente domínio, vocabulário e simbologias, para H – Sensibilidade estética e artística
Reflexão

documentar, descrever e comparar diversas peças musicais. Desempenho na sala de aula 15%
I – Saber científico e saber tecnológico
o Investigar diferentes tipos de interpretações escutadas e observadas em J – Consciência e domínio do corpo Registos de observação direta
espetáculos musicais (concertos, bailados, teatros musicais, óperas e (Participação na aula quanto à sua
outros) ao vivo ou gravados de diferentes tradições e épocas utilizando pertinência e adequação de atitudes)
vocabulário.

1 Não dispensa, na especificidade, a consulta do documento da DGE, Aprendizagens Essenciais – Educação Musical de 5ºano
Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final do 2º Ciclo
As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Compreender diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à
ciência;
 Aplicar estas linguagens de modo adequado aos diferentes contextos de comunicação.
As competências associadas a Informação e comunicação implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar instrumentos diversificados para pesquisar, escrever e avaliar informação, de forma crítica, verificando diferentes fontes documentais;
 Transformar informação em conhecimento;
 Colaborar em diferentes contextos comunicativos, de forma adequada, utilizando diferentes tipos de ferramentas (analógicas e digitais), com base nas regras de conduta próprias
de cada ambiente.
As competências associadas a Raciocínio e resolução de problemas implicam que os alunos sejam capazes de:
 Interpretar informação e organizá-la;
 Tomar decisões para resolver problemas;
 Desenvolver processos com vista à resolução de problemas com orientação.
As competências associadas a Pensamento crítico e pensamento criativo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Pensar de forma lógica observando, analisando informação, experiências ou ideias, argumentando com vista à tomada de posição fundamentada;
 Prever e avaliar o impacto das suas decisões;
 Desenvolver novas ideias e soluções, de forma imaginativa, como resultado da interação com os outros ou da reflexão pessoal.
As competências associadas a Relacionamento interpessoal implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adequar comportamentos em contexto de cooperação, partilha, colaboração e competição;
 Trabalhar em equipa e usar diferentes meios para comunicar presencialmente e em rede;
 Interagir com empatia e responsabilidade desenvolvendo novas formas de estar na sociedade.
As competências associadas a Desenvolvimento pessoal e autonomia implicam que os alunos sejam capazes de:
 Estabelecer relações entre conhecimentos e comportamentos;
 Identificar áreas de interesse;
 Consolidar as competências que já possuem.
As competências associadas a Bem-estar, saúde e ambiente implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adotar comportamentos que promovem a saúde e o bem-estar, designadamente nos hábitos quotidianos, na alimentação, na prática de exercício físico e nas suas relações com o
ambiente e a sociedade;
 Compreender os equilíbrios e as fragilidades do mundo natural na adoção de comportamentos que respondam aos grandes desafios globais do ambiente;
 Manifestar consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável.
As competências associadas a Sensibilidade estética e artística implicam que os alunos sejam capazes de:
 Experimentar processos próprios das diferentes formas de arte;
 Apreciar as realidades artísticas em diferentes suportes tecnológicos pelo contacto com os diversos universos culturais;
 Valorizar o papel das várias formas de expressão artística e do património na vida e na cultura das comunidades.
As competências associadas a Saber científico, técnico e tecnológico implicam que os alunos sejam capazes de:
 Compreender processos e fenómenos científicos que sustentam as tomadas de decisão;
 Manipular e manusear materiais e instrumentos diversificados para controlar e utilizar produtos;
 Executar operações técnicas, sob orientação.
As competências associadas a Consciência e domínio do corpo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Realizar atividades motoras, locomotoras, não locomotoras e manipulativas, integradas nas diferentes circunstâncias vivenciadas na relação do seu próprio corpo com o espaço;
 Dominar a capacidade percetivo – motora;
 Ter consciência de si próprio a nível emocional, cognitivo, estético e moral.

Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico em 26 de outubro de 2017


Critérios e Parâmetros Gerais de Avaliação – EMRC

ENSINO BÁSICO – 2º e 3º Ciclos

Competências a desenvolver (específicas e transversais) Atividades/Instrumentos Fator de


de Avaliação Ponderação

 Compreensão e aquisição dos assuntos abordados


 Compreensão do contributo da mensagem cristã para o
desenvolvimento da pessoa e das sociedades Observação direta
 Conhecimento e interpretação ética do património histórico, Trabalhos individuais e/ou em Âmbito
ecológico, cultural e cristão grupo cognitivo:
80%
 Criação de objetivos pessoais significativos e de desenvolvimento Trabalhos de pesquisa
harmonioso
Auto e heteroavaliação Âmbito
 Capacidade de reflexão autonómica, comunicação, organização, atitudinal:
responsabilidade e sociabilidade 20%

 Desenvolvimento da leitura crítica de textos/acontecimentos e da


participação cidadã
Classificação Global de Final de Ano

A classificação final deverá integrar a ponderação da progressão/evolução do aluno ao longo do ano letivo com uma valoração de 5% sobre a
classificação do 3º período decorrente da aplicação dos critérios definidos.

Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final dos 2º e 3º Ciclos

No final destes ciclos o aluno deverá ser capaz de:

1. Saber estar consigo e gostar de si como ser em desenvolvimento


2. Respeitar, valorizar e relacionar-se com os outros na sua diversidade de seres, culturas e formas de estar
3. Reconhecer e promover o valor do património histórico, ecológico, cultural e humano
4. Reconhecer a originalidade do Cristianismo e valorizar o contributo da Igreja Católica na construção da pessoa e da sociedade

Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico em 03 de novembro de 2016 e ratificado em 26 de outubro de 2017
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA / Ensino Básico – 5º Ano
(Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho)

Domínios / 1 Atividades/Instrumentos
Aprendizagens Essenciais: Conhecimentos, Capacidades e Atitudes Descritores do Perfil dos Alunos Fator de ponderação
Tema de Avaliação

 Distinguir as fases de realização de um projeto: identificação, pesquisa, Indagador/ Investigador (C, D, F,


realização e avaliação H, I)
TECNOLÓGICOS


PROCESSOS

Identificar recursos para a concretização de projetos Questionador (A, F, G, I, J)


 Comunicar, através do desenho, formas de representação gráfica das Comunicador (A, B, D, E, H)
ideias e soluções, utilizando: esquemas, codificações e simbologias Criativo (A, C, D, I,J) Nos momentos de funcionamento
 Diferenciar modos de produção (artesanal, industrial), analisando os Crítico/Analítico (A, C, D, I, J) multidisciplinar:
fatores de desenvolvimento tecnológico Sistematizador/ organizador (A, B,
 Compreender a importância dos objetos técnicos face às necessidades C, I, J) Trabalho de grupo (art.19º alínea
humanas. Responsável/ autónomo (C, D, E, f) do Desp 5908/2017) GAP:
F, G, I, J) Instrumentos definidos em CT nos 10%
Participativo/ colaborador (B, C, termos do art.3º, alíneas f) e o) e
 Selecionar materiais de acordo com as suas características físicas e D, E, F) do art.17º, alínea c) do Desp.
mecânicas Cuidador de si e do outro (B, E, F, 5908/2017)
 G)
TECNOLÓGICA

Investigar, através de experiências simples, algumas características de


UTILIZAÇÕES
RECURSOS E

materiais comuns Conhecedor/ sabedor/ culto/


informado (A, B, G, I, J)
 Criar soluções tecnológicas através da reutilização ou reciclagem de
Respeitador da diferença/ do
materiais tendo em atenção a sustentabilidade ambiental
outro (A, B, E, F, H)
 Utilizar as principais técnicas de transformação dos materiais utilizados
identificando os utensílios e as ferramentas na realização de projetos
Autoavaliador (transversal às
 Identificar fontes de energia e os seus processos de transformação áreas) Nos momentos de funcionamento
relacionando-as com soluções tecnológicas aplicáveis aos projetos
disciplinar:
 Colaborar nos cuidados com o seu corpo e no cumprimento de normas de A – Linguagens e textos
higiene e segurança na utilização de recursos tecnológicos B – Informação e comunicação Trabalho de pesquisa 10%
C – Raciocínio e resolução de
TECNOLOGIA E SOCIEDADE

problemas Trabalho realizado do em sala de 65%


D – Pensamento crítico e aula
 Compreender a evolução dos artefactos, objetos e equipamentos, pensamento criativo
estabelecendo relações entre o presente e o passado E – Relacionamento interpessoal Observação do desempenho 15%
 Analisar situações concretas como consumidor prudente e defensor do F – Desenvolvimento pessoal e (Participação na aula quanto à sua
património cultural, natural da sua localidade e região, manifestando autonomia pertinência e adequação de atitudes)
preocupações com a conservação da natureza e respeito pelo ambiente G – Bem-estar, saúde e ambiente
H – Sensibilidade estética e
artística
I – Saber científico e saber
tecnológico
J – Consciência e domínio do
corpo

1 Não dispensa, na especificidade, a consulta do documento da DGE, Aprendizagens Essenciais – Educação Tecnológica de 5ºano
Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final do 2º Ciclo

As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Compreender diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Aplicar estas linguagens de modo adequado aos diferentes contextos de comunicação.
As competências associadas a Informação e comunicação implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar instrumentos diversificados para pesquisar, escrever e avaliar informação, de forma crítica, verificando diferentes fontes documentais;
 Transformar informação em conhecimento;
 Colaborar em diferentes contextos comunicativos, de forma adequada, utilizando diferentes tipos de ferramentas (analógicas e digitais), com base nas regras de conduta próprias de
cada ambiente.
As competências associadas a Raciocínio e resolução de problemas implicam que os alunos sejam capazes de:
 Interpretar informação e organizá-la;
 Tomar decisões para resolver problemas;
 Desenvolver processos com vista à resolução de problemas com orientação.
As competências associadas a Pensamento crítico e pensamento criativo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Pensar de forma lógica observando, analisando informação, experiências ou ideias, argumentando com vista à tomada de posição fundamentada;
 Prever e avaliar o impacto das suas decisões;
 Desenvolver novas ideias e soluções, de forma imaginativa, como resultado da interação com os outros ou da reflexão pessoal.
As competências associadas a Relacionamento interpessoal implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adequar comportamentos em contexto de cooperação, partilha, colaboração e competição;
 Trabalhar em equipa e usar diferentes meios para comunicar presencialmente e em rede;
 Interagir com empatia e responsabilidade desenvolvendo novas formas de estar na sociedade.
As competências associadas a Desenvolvimento pessoal e autonomia implicam que os alunos sejam capazes de:
 Estabelecer relações entre conhecimentos e comportamentos;
 Identificar áreas de interesse;
 Consolidar as competências que já possuem.
As competências associadas a Bem-estar, saúde e ambiente implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adotar comportamentos que promovem a saúde e o bem-estar, designadamente nos hábitos quotidianos, na alimentação, na prática de exercício físico e nas suas relações com o
ambiente e a sociedade;
 Compreender os equilíbrios e as fragilidades do mundo natural na adoção de comportamentos que respondam aos grandes desafios globais do ambiente;
 Manifestar consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável.
As competências associadas a Sensibilidade estética e artística implicam que os alunos sejam capazes de:
 Experimentar processos próprios das diferentes formas de arte;
 Apreciar as realidades artísticas em diferentes suportes tecnológicos pelo contacto com os diversos universos culturais;
 Valorizar o papel das várias formas de expressão artística e do património na vida e na cultura das comunidades.
As competências associadas a Saber científico, técnico e tecnológico implicam que os alunos sejam capazes de:
 Compreender processos e fenómenos científicos que sustentam as tomadas de decisão;
 Manipular e manusear materiais e instrumentos diversificados para controlar e utilizar produtos;
 Executar operações técnicas, sob orientação.
As competências associadas a Consciência e domínio do corpo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Realizar atividades motoras, locomotoras, não locomotoras e manipulativas, integradas nas diferentes circunstâncias vivenciadas na relação do seu próprio corpo com o espaço;
 Dominar a capacidade percetivo – motora;
 Ter consciência de si próprio a nível emocional, cognitivo, estético e moral.

Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico em 26 de outubro de 2017


Critérios de Avaliação de Educação Visual/ Ensino Básico – 5º Ano
(Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho)

Domínios 1 Atividades/Instrumentos
Aprendizagens Essenciais: Conhecimentos, Capacidades e Atitudes Descritores do Perfil dos Alunos Fator de ponderação
/ Tema de Avaliação

 Compreender os princípios da linguagem das artes visuais Indagador/ Investigador (C, D, F,


 Reconhecer a função do objeto de arte, design, arquitetura H, I)
TECNOLÓGICOS

Questionador (A, F, G, I, J)
PROCESSOS

e artesanato
Comunicador (A, B, D, E, H)
 Analisar narrativas visuais, tendo em conta as técnicas e tecnologias Criativo (A, C, D, I,J)
Artísticas (pintura, desenho, escultura, fotografia, banda desenhada, Crítico/Analítico (A, C, D, I, J) Nos momentos de funcionamento
artesanato, multimédia) Sistematizador/ organizador (A, B, multidisciplinar:
 Selecionar com autonomia informação relevante para os trabalhos C, I, J)
individuais e de grupo Responsável/ autónomo (C, D, E, Trabalho de grupo (art.19º alínea DAC e GAP:
F, G, I, J) f) do Desp 5908/2017) 20% + 5%
 Transformar os conhecimentos adquiridos em novos modos de
Participativo/ colaborador (B, C, D,
apreciação do mundo E, F) Instrumentos definidos em CT
Cuidador de si e do outro (B, E, F, nos termos do art.3º, alíneas f) e
 Utilizar os conceitos específicos da comunicação visual com G) o) e do art.17º, alínea c) do
Conhecedor/ sabedor/ culto/ Desp. 5908/2017)
TECNOLÓGICA

intencionalidade e sentido crítico, na análise dos trabalhos individuais e de


UTILIZAÇÕES
RECURSOS E

grupo informado (A, B, G, I, J)


Respeitador da diferença/ do outro
 Compreender os significados dos objetos artísticos
(A, B, E, F, H)
 Expressar ideias, utilizando diferentes meios e processos (pintura,
escultura, desenho, fotografia, multimédia) Autoavaliador (transversal às
 Criar narrativas visuais, segundo outros modos de interpretação áreas)
Nos momentos de funcionamento
A – Linguagens e textos disciplinar:
B – Informação e comunicação 10%
 Utilizar diferentes materiais e suportes para realização dos seus trabalhos C – Raciocínio e resolução de Trabalho de pesquisa
problemas
TECNOLOGIA E SOCIEDADE

 Reconhecer as várias etapas do processo artístico (pesquisa, investigação,


D – Pensamento crítico e Trabalho realizado do em sala de 60%
experimentação e reflexão) pensamento criativo aula
 Encontrar soluções para a resolução de problemas no processo de E – Relacionamento interpessoal
produção artística F – Desenvolvimento pessoal e Observação do desempenho
15%
 Aplicar capacidades expressivas e criativas nos seus projetos, autonomia (Participação na aula quanto à sua
evidenciando G – Bem-estar, saúde e ambiente pertinência e adequação de atitudes)
H – Sensibilidade estética e
os conhecimentos e técnicas adquiridos
artística
 Recorrer a vários processos de registo de ideias individualmente I – Saber científico e saber
ou em grupo tecnológico
 Desenvolver projetos de trabalho em articulação transversal J – Consciência e domínio do
corpo

1 Não dispensa, na especificidade, a consulta do documento da DGE, Aprendizagens Essenciais – Educação Visual de 5ºano
Perfil de Aprendizagens Específicas Essenciais no Final do 2º Ciclo

As competências associadas a Linguagens e textos implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à ciência;
 Compreender diferentes linguagens e símbolos associados às línguas (língua materna e línguas estrangeiras), à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática e à
ciência;
 Aplicar estas linguagens de modo adequado aos diferentes contextos de comunicação.
As competências associadas a Informação e comunicação implicam que os alunos sejam capazes de:
 Utilizar instrumentos diversificados para pesquisar, escrever e avaliar informação, de forma crítica, verificando diferentes fontes documentais;
 Transformar informação em conhecimento;
 Colaborar em diferentes contextos comunicativos, de forma adequada, utilizando diferentes tipos de ferramentas (analógicas e digitais), com base nas regras de conduta próprias
de cada ambiente.
As competências associadas a Raciocínio e resolução de problemas implicam que os alunos sejam capazes de:
 Interpretar informação e organizá-la;
 Tomar decisões para resolver problemas;
 Desenvolver processos com vista à resolução de problemas com orientação.
As competências associadas a Pensamento crítico e pensamento criativo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Pensar de forma lógica observando, analisando informação, experiências ou ideias, argumentando com vista à tomada de posição fundamentada;
 Prever e avaliar o impacto das suas decisões;
 Desenvolver novas ideias e soluções, de forma imaginativa, como resultado da interação com os outros ou da reflexão pessoal.
As competências associadas a Relacionamento interpessoal implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adequar comportamentos em contexto de cooperação, partilha, colaboração e competição;
 Trabalhar em equipa e usar diferentes meios para comunicar presencialmente e em rede;
 Interagir com empatia e responsabilidade desenvolvendo novas formas de estar na sociedade.
As competências associadas a Desenvolvimento pessoal e autonomia implicam que os alunos sejam capazes de:
 Estabelecer relações entre conhecimentos e comportamentos;
 Identificar áreas de interesse;
 Consolidar as competências que já possuem.
As competências associadas a Bem-estar, saúde e ambiente implicam que os alunos sejam capazes de:
 Adotar comportamentos que promovem a saúde e o bem-estar, designadamente nos hábitos quotidianos, na alimentação, na prática de exercício físico e nas suas relações com o
ambiente e a sociedade;
 Compreender os equilíbrios e as fragilidades do mundo natural na adoção de comportamentos que respondam aos grandes desafios globais do ambiente;
 Manifestar consciência e responsabilidade ambiental e social, trabalhando colaborativamente para o bem comum, com vista à construção de um futuro sustentável.
As competências associadas a Sensibilidade estética e artística implicam que os alunos sejam capazes de:
 Experimentar processos próprios das diferentes formas de arte;
 Apreciar as realidades artísticas em diferentes suportes tecnológicos pelo contacto com os diversos universos culturais;
 Valorizar o papel das várias formas de expressão artística e do património na vida e na cultura das comunidades.
As competências associadas a Saber científico, técnico e tecnológico implicam que os alunos sejam capazes de:
 Compreender processos e fenómenos científicos que sustentam as tomadas de decisão;
 Manipular e manusear materiais e instrumentos diversificados para controlar e utilizar produtos;
 Executar operações técnicas, sob orientação.
As competências associadas a Consciência e domínio do corpo implicam que os alunos sejam capazes de:
 Realizar atividades motoras, locomotoras, não locomotoras e manipulativas, integradas nas diferentes circunstâncias vivenciadas na relação do seu próprio corpo com o espaço;
 Dominar a capacidade percetivo – motora;
 Ter consciência de si próprio a nível emocional, cognitivo, estético e moral.

Documento aprovado pelo Conselho Pedagógico em 26 de outubro de 2017