Você está na página 1de 15
Automação de Subestações Geração | Distribuição | Transmissão | Indústria www.ecilenergia.com.br Produtos e

Automação de Subestações

Geração | Distribuição | Transmissão | Indústria

Geração | Distribuição | Transmissão | Indústria www.ecilenergia.com.br Produtos e Serviços: • Merging
Geração | Distribuição | Transmissão | Indústria www.ecilenergia.com.br Produtos e Serviços: • Merging
Geração | Distribuição | Transmissão | Indústria www.ecilenergia.com.br Produtos e Serviços: • Merging

www.ecilenergia.com.br

| Transmissão | Indústria www.ecilenergia.com.br Produtos e Serviços: • Merging Units • Gateway DNP -IEC
| Transmissão | Indústria www.ecilenergia.com.br Produtos e Serviços: • Merging Units • Gateway DNP -IEC

Produtos e Serviços:

• Merging Units

• Gateway DNP -IEC 61850

• Projeto, Integração, TAF, TAC

• Montagem de Painéis

• Configuração de Sistemas

• Instalação e Comissionamento

Santana de Parnaíba - SP

Alameda Europa, 54 - Tamboré Cep: 06543- 325

Fone: 55 11 4133-1440

Automação de Subestações As subestações de energia elétrica são divididas em níveis, conforme abaixo: Nível

Automação de Subestações

As subestações de energia elétrica são divididas em níveis, conforme abaixo:

Nível 0 Equipamentos primários de proteção ou transformação de energia, são responsáveis por tratar a alta tensão recebida das transmissoras e dependendo do tipo de subestação podem elevá-la ou baixá-la a níveis pré-determinados.

Equipamentos: Transformadores, Bancos de Capacitores, Bancos de Reatores, Transformados de Tensão, Transformadores de Corrente, Religadores e etc.

Nível 1 Equipamentos responsáveis pela proteção e automação dos equipamentos de nível 0,

todos os dispositivos de nível 0 precisam de equipamentos que realizem sua proteção

e automação, este método visa a melhoria da eficiência das subestações, evitando desligamentos desnecessários ou até mesmo “blackout”.

Equipamentos: Relés de Proteção, Unidades de Aquisição de Dados, Unidades Terminais Remotas e etc.

Nível 2 Conhecido como supervisório, tem como principal função concentrar as informações recebidas do nível 1 e disponibilizá-las via interface local para os operadores da subestação e distribuí-las para o nível 3.

Equipamentos: Gateways, Micros Concentradores, Computadores de Posto de Ope- ração local e Micro IHM.

Softwares: Sage, Elipse, Subnet, etc.

Nível 3

É o sistema supervisório instalado no centro de operações das geradoras, transmis-

soras e distribuidoras. É responsável pelo monitoramento e operação de todas as

subestações da empresa, possibilitando assim a tomada de decisão por parte dos operadores do sistema.

A Ecil Energia oferece serviços para automação de subestações em todos os níveis.

Consulte-nos.

Página 2

www.ecilenergia.com.br

Principais Produtos e Serviços

Para Aumentar a Confiabilidade das Subestações

ECIL ENERGIA

A Ecil Energia é especializada no desenvolvimento de tecno- logias e soluções inovadoras para o mercado elétrico bra- sileiro, atuando fortemente nos segmentos de Automação de Redes Elétricas, Automação de Subestações, Redes de Comunicação e Centros de Supervisão, Estudos e Operação.

Atuando na eficientização da operação das redes de trans- missão e distribuição de ener- gia elétrica, a ECIL Energia possui equipes próprias para desenvolvimento local de soluções, sempre colocando em primeiro lugar a realidade brasileira no que se refere à adaptabilidade, rapidez e capacidade de implemen- tação.

Para obter detalhes sobre a nossa linha de produtos e serviços, acesse o site:

www.ecilenergia.com.br

Produtos:

Religadores

Merging Units

Gateway DNP - IEC 61850

eSIP (Sistema Integrado de Processo)

SAGE (Sistema Aberto de Gerenciamento de Energia - SCADA)

ELIPSE (Supervisão e Controle - SCADA)

Serviços:

Projetos

Integração

Teste de Aceitação em Fábrica (TAF)

Teste de Aceitação em Campo (TAC)

Montagem de Painéis

Configuração do Sistema

Instalação e Comissionamento

Digitalização de Subestação

Modernização de Subestação

Implantação de Sistemas SCADA

de Subestação • Implantação de Sistemas SCADA Serviços Realizados DIGITALIZAÇÕES • ELEKTRO:

Serviços Realizados

DIGITALIZAÇÕES

ELEKTRO: Digitalização de 43 SE’s | Bays de Trafo, Entrada de Linha, Alimentador.

CHESF: Digitalização de 8 SE’s | Bays: Trafo 345kV, Linha 230kV, Proteção de Barras, Banco de Capacitor.

CTEEP: Digitalização de 3 SE’s | Bays: Trafo 230kV, Alimentador 13.8Kv, Serviços Auxiliares.

FURNAS: Digitalização de 3 SE’s | Bays: Trafo 500kV / Linha 345kV.

ENERGISA: Digitalização de 2 SE’s | Bays: Trafo 69kV / Linha 69kV / Alimentadores 13.8kV.

VITAL E SICAR

Integração de 5.000 IED’S.

Sistemas Vital e Sicar instalados em 222 SE’s:

- 90 SE’s CHESF, 118 SE’s CTEEP, 10 SE’s ABENGOA e 4 SE’s ENERGISA.

TOPOLOGIA

AES Eletropaulo – Levantamento da Topologia de Campo da Rede Aérea.

Página 3

www.ecilenergia.com.br

Principais Projetos de Automação

FURNAS

2010: Brasília Sul - Transformador 345/138kV.

2011: Rio Verde - Proteção de Barras 230kV + Transformador 230/138kV.

2012: SE Barro Alto - Linha de Transmissão 230kV.

2013: SE Samambaia - Transformador 230/138kV.

2014: SE Adrianópolis - Transformador 500/345/138 + 3x Transformadores 345/138/13,8kV.

CHESF

2010: Bom Jesus da Lapa - Transformador 230/138kV.

2010: Joairam - Transformador 230/138kV.

2010: Pituaçu - Linha de Transmissão 230kV + Interligador de Barras 230kV + Trafo de Aterramento.

2012: SE Bongi - Transformador 230/13.8kV + Proteção de Barras 230kV.

2012: Adequação da Teleassistência em Diversas Subestações 500/230/138/69kV.

2013: SE Piripiri - Banco de Capacitor 230kV.

2014: SE Natal III - Trafo de Aterramento 69kV.

2014: SE Suape III - Trafo de Aterramento 69kV.

2014: SE Santa Rita II - Trafo de Aterramento 69kV.

CTEEP

2013: SE Vicente de Carvalho - Transformador 138/13.8kV + Alimentadores 13.8kV + Serviços Auxiliares.

2014: SE Dracena - Proteção de Barras 138kV + Proteção do Paralelo 138kV.

2014: SE Itapeva - Transformador 138/13.8kV.

2014: SE Mirassol - Reator de Barras 440kV.

2014: SE Mirassol - Reator de Barras 440kV (IE Pinheiros).

ENERGISA

2011: SE Distrito - Entrada de Linha 69kV + Banco de Capacitor 13.8kV + Religadores 13.8kV.

2012: SE Serigy (SE Modelo) - Entrada de Linha 69kV + Transformador 69/13,8kV + Banco de Capacitor 13.8kV + Religadores 13.8kV + Merging Unit.

2012: SE Seccionadora Petrobrás - Proteção de Barras 69kV + 7 Entrada de Linha 69kV.

2014: SE Carmópolis - Entrada de Linha 69kV + Banco de Capacitor 13.8kV + Religadores 13.8kV.

2014: Energisa Sergipe - Serviço de Adequação para Regulação de Transformadores em 29 Subestações.

2015: Energisa Sergipe - Serviço de Adequação para Regulação de Transformadores em 5 Subestações.

GRUPO ENERGISA

2015: SE’s CAIUÁ - Serviço de Digitalização de 8 Subestações.

2015: SE’s CNEE - Serviço de Digitalização de 5 Subestações.

2015: SE’s EDEVP - Serviço de Digitalização de 3 Subestações.

2015: SE’s EEB - Serviço de Digitalização de 6 Subestações.

ELEKTRO

2010: Serviço de Digitalização de 37 Subestações – Entrada de Linha 69/138kV + Transformadores 69/13,8kV + Alimentadores.

2012: SE Andradina - Entrada de Linha 69/138kV + Transformadores + Alimentadores.

2012: SE Jarinu - Entrada de Linha 69kV + Transformador + Alimentadores.

2013: SE Francisco Morato - Entrada de Linha 69kV + Transformador + Alimentadores.

2013: SE’s Diversas - Serviço de Ampliação e Melhoria dos Sistemas de Proteção e Controle de 6 Subestações.

2014: SE Araras 2 - Entrada de Linha 69kV + Transformador + Alimentadores.

www.ecilenergia.com.br

Página 4

eSIP

Sistema Integrado de Processo

O sistema eSIP foi desenvolvido para integrar os

diversos subsistemas de processo, sejam eles

softwares de supervisão, de análise, de manutenção,

de segurança ou qualquer outro que tenha aplicação

direta no processo, coletando dados fornecidos por todos os equipamentos que fazem parte do sistema, como relés de proteção, registradores digitais, remo- tas, câmeras de vídeo e equipamentos de manobra.

Esta integração permitirá um gerenciamento unificado do processo de geração e transmissão de energia, resultando em uma sinergia entre os diversos subsistemas, com consequente resultado

219 Subestações

subsistemas, com consequente resultado 219 Subestações na melhoria dos índices de qualidade de energia fornecidos,

na melhoria dos índices de qualidade de energia fornecidos, além de reduções significativas nos custos de operação e manutenção da planta elétrica.

nos custos de operação e manutenção da planta elétrica. Atualmente o Sistema eSIP está operando em

Atualmente o Sistema eSIP está operando em 219 Subestações Brasileiras.

eSIP está operando em 219 Subestações Brasileiras. Página 5 Principais Características • Coleta

Página 5

Principais Características

Coleta automática de arquivos

oscilográficos em uma ocorrência de falta e envio a um banco de dados centralizado na plataforma do CAP (Central de Análise da Proteção) de forma padronizada (COMTRADE ou outra a ser defin- ida);

Gerenciamento das parametri-

zações de todos os relés e RDP’s integrados ao sistema, de forma automática, permitindo funcio- nalidades de auditoria periódica;

Carregamento remoto e automáti- co de arquivos de ajuste de proteção, evitando deslocamento de equipes por longos percursos e realizando o carregamento de novos ajustes de forma segura e padronizada.

www.ecilenergia.com.br

SAGE Sistema Aberto de Gerenciamento de Energia

Supervisão e Controle - Sistema SCADA

de Energia Supervisão e Controle - Sistema SCADA O sistema SAGE é baseado em uma arquitetu-

O

sistema SAGE é baseado em uma arquitetu-

distribuída e redundante. Vários computadores

“fullgraphics” de última geração, como zoom, panning,

ra

descongestionamento, menus, múltiplas janelas etc.

podem ser conectados através de uma rede local, garantindo a expansibilidade dos recursos computa-

Principais Características

Fórmulas aritméticas ou booleanas, com tratamento

SAGE Shell, para ativação de programas diversos a

cionais. A configuração física da rede é transpa- rente, permitindo a utilização de diversas tecnolo-

de alarmes;

gias de rede, como Ethernet, FDDI/CDDI, ATM, etc.

partir da interface gráfica;

O Subsistema de Comunicação implementa as

funções de aquisição, tratamento e distribuição de dados do sistema elétrico (SCADA), além de prover suporte a múltiplos protocolos de aquisição

e distribuição. O Subsistema de Interface Gráfica controla a interação do operador com o sistema computacional, suportando todos os recursos

Suporte a múltiplas janelas com diagramas unifi-

filares, tabulares, gráficos de tendências, listas de alarmes e eventos.

Aplicação

Concessionárias de Transmissão.

listas de alarmes e eventos. Aplicação • Concessionárias de Transmissão. Página 6 www.ecilenergia.com.br

Página 6

www.ecilenergia.com.br

ELIPSE

Supervisão e Controle - Sistema SCADA

ELIPSE Supervisão e Controle - Sistema SCADA O Elipse é uma poderosa plataforma para super- visão

O Elipse é uma poderosa plataforma para super- visão e controle de processos totalmente voltada à operação em rede de aplicação distribuídas.

processo e minimizando perdas e custos.xxxxxxxxxxxx

Principais Características

Fácil configuração;

Esse sistema SCADA (Supervisory Control and

Interface gráfica;

Data Acquisition) oferece um avançado modelo de

Rapido desenvolvimento de aplicações;

objetos, uma interface gráfica, além de uma arquitetu-

Banco de dados;

ra

que permiteo rápido desenvolvimento de aplicações

Completo módulo de relatórios.

e

máxima conectividade com dispositivos e outros

aplicativo. Sua concepção incorpora as mais novas tecnologias em desenvolvimento de software, maximizando o desempenho, a produtividade e a

qualidade de suas aplicações e do próprio

Aplicação

Concessionárias de Distribuição.

de suas aplicações e do próprio Aplicação • Concessionárias de Distribuição. Página 7 www.ecilenergia.com.br

Página 7

www.ecilenergia.com.br

Painel IHM

Supervisão

Características Físicas

Painel construído em aço carbono SAE1020, porta frontal com visor de vidro ou policarbonato e fecha- mento com borracha PEA.

Processo de pintura com decapagem, fosfatização a base de zinco tricatiônico por spray e pintura eletrostática poliéster a pó.

por spray e pintura eletrostática poliéster a pó. • Altura: 40 ou 44 U; • Acesso

Altura: 40 ou 44 U; Acesso traseiro ou lateral.

Aplicação Subestações de Concessionárias (Geração, Transmissão e Distribuição).

• Subestações de Concessionárias (Geração, Transmissão e Distribuição). Página 8 www.ecilenergia.com.br
• Subestações de Concessionárias (Geração, Transmissão e Distribuição). Página 8 www.ecilenergia.com.br
• Subestações de Concessionárias (Geração, Transmissão e Distribuição). Página 8 www.ecilenergia.com.br

Página 8

www.ecilenergia.com.br

Painel de Proteção

Painel de Proteção Os painéis de proteção são equipados com relés multifunção microprocessados, medidores de

Os painéis de proteção são equipados com relés multifunção microprocessados, medidores de grandezas, colunas de sincronização com instrumentos analógicos (opcional), chaves e botoeiras para o controle. Relés dos principais fabricantes (ABB / Arteche / SEL / Siemens/ Alstom)

Chesf - Digitalização

Projeto Elétrico

/ Siemens/ Alstom) Chesf - Digitalização Projeto Elétrico Relés Siemens Relés SEL Página 9 www.ecilenergia.com.br

Relés Siemens

/ Siemens/ Alstom) Chesf - Digitalização Projeto Elétrico Relés Siemens Relés SEL Página 9 www.ecilenergia.com.br

Relés SEL

/ Siemens/ Alstom) Chesf - Digitalização Projeto Elétrico Relés Siemens Relés SEL Página 9 www.ecilenergia.com.br

Página 9

www.ecilenergia.com.br

Painel de Proteção

Furnas - Digitalização

Painel de Proteção Furnas - Digitalização Arquitetura de Comunicação Nível 2 - SAGE Página 10 Relés
Arquitetura de Comunicação
Arquitetura de
Comunicação
Furnas - Digitalização Arquitetura de Comunicação Nível 2 - SAGE Página 10 Relés SEL www.ecilenergia.com.br

Nível 2 - SAGE

Página 10

Relés SEL

Furnas - Digitalização Arquitetura de Comunicação Nível 2 - SAGE Página 10 Relés SEL www.ecilenergia.com.br

www.ecilenergia.com.br

Painel de Proteção

Elektro - Digitalização

Painel de Proteção Elektro - Digitalização Nível 2 - Elipse Página 11 Painel de Proteção em
Painel de Proteção Elektro - Digitalização Nível 2 - Elipse Página 11 Painel de Proteção em

Nível 2 - Elipse

de Proteção Elektro - Digitalização Nível 2 - Elipse Página 11 Painel de Proteção em Campo

Página 11

Painel de Proteção em Campo - Relés SEL

www.ecilenergia.com.br

Subestação Inteligente

Energisa - Projeto Piloto

Projeto desenvolvido em parceria com o CPqD.

Projeto Piloto Projeto desenvolvido em parceria com o CPqD. Produtos e Soluções que Compõem o Projeto
Projeto Piloto Projeto desenvolvido em parceria com o CPqD. Produtos e Soluções que Compõem o Projeto

Produtos e Soluções que Compõem o Projeto

Switch IEC 61850;

Telefonia IP;

Câmeras de monitoramento IP;

Conexões via fibra óptica;

eSIP (Sistema Integrado de Processo);

Equipamento UADA (Unidade de Aquisição de Dados Ambientais);

Medidores;

Jade (Merging Unit).

Página 12

www.ecilenergia.com.br

JADE - Merging Unit

Instalação na SE - Serigy | Energisa

JADE - Merging Unit Instalação na SE - Serigy | Energisa O processo de digitalização de

O processo de digitalização de subestações entra em

uma nova fase, na qual o uso intensivo de Barramentos de Processo (Process Bus) será largamente adotado.

A Merging Unit JADE foi especialmente desenvolvida

para atender a essa nova demanda, permitindo a coleta de dados em tempo real das informações decor- rente, tensão e estado, substituindo os diversos cabos de cobre de campo, por um simples cabo óptico.

A JADE é totalmente aderente ao protocolo IEC

-61850 -9.2-SMV em sua versão Light Edition, sendo compatível com diversos reles de proteção que aten- dem a mesma norma, funcionando como um servidor de dados para os barramentos de processo.

Aplicações

Novas instalações ou “retrofits” de instalações exis- tentes, em subestações e usinas elétricas;

Proteção em geradores;

Proteção em linhas de transmissão e distribuição;

Proteção em transformadores;

Proteção em banco de capacitores;

Proteção em motores;

Registradores de falta (RDP’s) e sequenciais de evento (SOE);

Qualimetria;

Medição operativa;

Automação em subestações e geradores.

operativa; • Automação em subestações e geradores. Instalação da JADE na subestação de distribuição de

Instalação da JADE na subestação de distribuição de Serigy - Energisa, em Sergipe. A Merging Unit JADE monitorará toda a SE (bay, trafo e linha).

- Energisa, em Sergipe. A Merging Unit JADE monitorará toda a SE (bay, trafo e linha).
- Energisa, em Sergipe. A Merging Unit JADE monitorará toda a SE (bay, trafo e linha).
- Energisa, em Sergipe. A Merging Unit JADE monitorará toda a SE (bay, trafo e linha).

Página 13

- Energisa, em Sergipe. A Merging Unit JADE monitorará toda a SE (bay, trafo e linha).

www.ecilenergia.com.br

BNDES FINAME

Financiamento

BNDES FINAME Financiamento Para melhor atender as demandas dos nossos clientes, a Ecil Energia oferece financiamento

Para melhor atender as demandas dos nossos clientes, a Ecil Energia oferece financiamento para sistemas de automação de subestações.

Entre em contato conosco para consultar esses sistemas e obter mais informações sobre o Finame.

contato conosco para consultar esses sistemas e obter mais informações sobre o Finame. Página 14 www.ecilenergia.com.br

Página 14

www.ecilenergia.com.br

Geração | Distribuição | Transmissão | Indústria

Geração | Distribuição | Transmissão | Indústria Santana de Parnaíba / SP - Brasil Alameda Europa,

Santana de Parnaíba / SP - Brasil Alameda Europa, 54 - Tamboré - Cep: 06543- 325

Fone: 55 11 4133-1440

de Parnaíba / SP - Brasil Alameda Europa, 54 - Tamboré - Cep: 06543- 325 Fone:
de Parnaíba / SP - Brasil Alameda Europa, 54 - Tamboré - Cep: 06543- 325 Fone:
de Parnaíba / SP - Brasil Alameda Europa, 54 - Tamboré - Cep: 06543- 325 Fone:
de Parnaíba / SP - Brasil Alameda Europa, 54 - Tamboré - Cep: 06543- 325 Fone:

www.ecilenergia.com.br

de Parnaíba / SP - Brasil Alameda Europa, 54 - Tamboré - Cep: 06543- 325 Fone:
de Parnaíba / SP - Brasil Alameda Europa, 54 - Tamboré - Cep: 06543- 325 Fone: