Você está na página 1de 3

Cálculo de Bobinagem de Motores Monofásicos

Ex. motor 24 ranhuras, 4 polos

Número de bobinas (Nb)

Nr = número de ranhuras, (cada enrolamento ocupa duas ranhuras)

Nb = Nr/2 = 24/2 = 12

Enrolamento Principal (serviço)

Nb x 2/3 = 12x 2/3 = 8 bobinas

Enrolamento Auxiliar

Nb x 1/3 = 12 x 1/3 = 4 bobinas

Passo Polar (Yp)

Yp = Nr / nº polos = 24/4 = 6 dentes (passo 1 : 7)

Passo bobina maior (Yb)

Yb = Yp - 1 = 6 - 1 = 5 dentes (passo 1 : 6)

Bobinas por polo e fase (pef)

Pef = Nb / pxf = 8/(4x1) = 2 (principal)


Pef = Nb / pxf = 4/(2x1) = 1 (auxiliar)

Graus elétricos totais (GET) e por ranhura (GER)

GET - 180° x Np = 180x4 = 720°

GER = GET/Nr = 720/24 = 30°

Passo da fase (Yf)

Yf = 90°E/GER = 90/30 = 3 dentes (passo 1:4)

Determinação da potência (P) aproximada do motor (w)

S = Volume do estator (ferro) -


Di: diâmetro interno do estator (cm)
De: diâmetro externo do estator(cm)
H: altura do estator
R: Rendimento (0,95)

S = (De - Di) x H
P = S x 7 (constante do ferro) x R
Determinação da corrente nominal (In)

In = P/(ExR)
Corrente da Bobina principal (Ibp)

Ibp = In x 0,60

Corrente da Bobina auxiliar

Iba = In - Ibp

Determinação do número de espiras (N)

E: tensão da rede
G: constante = 80 ??
J: espiras por volt

J = G / S = n Espiras/volt

N=JxE

Determinação de Espiras por Bobina

Eb = N/Nb

P: número de polos
Di: diâmetro interno do estator (cm)
L: Comprimento do pacote
N: número de ranhuras do estator
f: frequência da rede elétrica
B: indução estimada no entreferro (5 kGaus)
V: Tensão da rede