Você está na página 1de 6

Meio: Imprensa Pág: 48

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Quinzenal Área: 19,00 x 26,00 cm²

ID: 82354945 05-09-2019 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 1 de 6

Test Dri

Renault Clio
RS Line TCe 130 EDC FAP

APESAR DE APARENTAR SER UMA TÉNUE EVOLUÇÃO,


O NOVO CLIO MUDOU DE FIO A PAVIO. SOBRETUDO
VISTO DO INTERIOR, O UTILITÁRIO FRANCÊS
ESTÁ PRATICAMENTE IRRECONHECÍVEL, COM UM
INCREMENTO SUBSTANCIAL DA QUALIDADE DOS
MATERIAIS E NO APURO TECNOLÓGICO. MAS SERÁ
QUE CONVENCE NA VERSÃO DE TOPO COM O NOVO
MOTOR 1.3 TCE DE 130 CV E VESTIDO COM A NOVA
LINHA DESPORTIVA RS LINE?
7;',/ /e José Branco Fotos — Luis Duarte

O Clio é o segundo carro mais vendido na Europa, e um capot com dupla nervura. Realce ainda para o
atrás do VW Golf, assumindo-se como modelo mais facto de o Clio V ser 12 mm mais curto face ao ante-
importante da Renault. Os responsáveis da marca cessor, não obstante ser mais espaçoso no interior. A
francesa não podiam arriscar em demasia e mexer disposição do espaço foi totalmente reconfigurada,
na fórmula de sucesso. Como tal, apesar de à primei- com a mala (de acesso fundo) a aumentar 15% da sua
ra vista parecer que estamos perante mais um resty- capacidade, para um total de 391 litros - que a tor-
ling do primeiro modelo desenhado por Laurens van na na maior da sua classe. Em contraste, quem for
den Acker para a Renault, este é mesmo Clio V, que atrás não consegue viajar em pleno conforto nem
chega a Portugal em meados deste mês de setembro. em comprimento nem em altura, sofrendo ainda de
Agora, feito com base na plataforma CMF-B, há 85% um acesso um pouco estreito. Mais importante do
de componentes novos no utilitário e é no interior que isso são os materiais suaves em toque que subs-
que foi operada a maior revolução. tituem os plásticos duros e de aspeto mais "barati-
Por fora, há uma nova assinatura luminosa à frente e nho". Existem apenas escassos pormenores como
atrás, a partir de agora totalmente em LED de série, as bolsas dos bancos ou a chapeleira de construção
Meio: Imprensa Pág: 49

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Quinzenal Área: 18,79 x 25,48 cm²

ID: 82354945 05-09-2019 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 2 de 6

RENAULT CLIO

111 1.k111NN.M...
1.1111
,L,ttik
41

ry

CLIO V PRIMA PELA ESTABILIDADE E POSE FIRME,


EXIBINDO EXCELENTES MANEIRAS E REFINAMENTO TÍPICO
DE UM GT, SOBRETUDO A ROLAR CONFORTAVELMENTE
EM VIAS RÁPIDAS E AllTOESTRADA. ESTA CAPACIDADE
DE ROLADOR PODERÁ FAZER COM ODE DESVIE ALGUMA
CLIENTELA AO ATUAL MÉGANE

01111h,
'4140'
411i.
Meio: Imprensa Pág: 50

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Quinzenal Área: 19,00 x 25,89 cm²

ID: 82354945 05-09-2019 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 3 de 6

»st Drive

oh, •

COM MUITO ESPAÇO À FRENTE E MAIOR PERCEÇÃO DE


QUALIDADE, ESTAR DENTRO DO NOVO C110 PASSA A SER TÃO
INTERESSANTE COMO NALGUNS UTILITÁRIOS PREMILIM

Sport Eco

menos aprumada para nos lembrar de que estamos do os aspetos positivos, os níveis de conforto geral
a bordo de um modelo generalista. Destaque ain- também subiram, em especial com os bancos des-
da para a melhor ergonomia, com o recurso a uma portivos desta versão RS Line revestidos em couro e
consola central de dois andares concebida em forma tecido (existe opção totalmente em couro). A linha
de ziguezague, que apesar da posição elevada, pos- desportiva traz ainda cores específicas no exterior
sibilitou o aumento do espaço útil particularmente (incluindo este laranja Valencia - 650€), jantes de
ao nível dos joelhos em cerca de 3 cm nos lugares da 17 polegadas RS Line (500€), grelha "ninho de abe-
frente. Há ainda saídas de ventilação mais elegan- lha", escape de formato desportivo, difusor, spoiler
tes, um porta-luvas mais generoso, um novo ecrã e logótipos específicos. Por dentro, este RS Line não
central tátil horizontal - de série com 7 polegadas torna o Clio especialmente diferente das restantes
e em opção com 9,3" (500€), com boa resolução - e versões. Nem o conta-rotações que surge no painel
o bem-vindo botão do cruise control no volante. O de instrumentos quando acionado o modo Sport
novo software torna o sistema de infotainment de nem os detalhes em vermelho que salpicam o habi-
última geração mais fácil de utilizar. Com um gra- táculo são suficientes para lhe conferir um pedigree
fismo mais moderno, apesar de haver ainda alguns desportivo. O que não falta no novo Clio são packs de
menus confusos e lentidão na atualização do GPS da personalização e equipamento opcional que permite
navegação, permite atualizações "over the air" e é torna-lo ainda mais especial, nomeadamente o sis-
melhor do que o do Mégane. As teclas tipo piano logo tema de som da Bose com nove altifalantes (1000€),
abaixo são bastante úteis. Já o painel de instrumen- sistema de estacionamento semiautomático (680€)
tos digital tem um aspeto menos nobre. Recuperan- e câmara de 360 graus (1080€). Tecnologia normal-
Meio: Imprensa Pág: 51

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Quinzenal Área: 19,00 x 26,00 cm²

ID: 82354945 05-09-2019 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 4 de 6

RENAULT CLIO

r;\

\\\

68.XU.86U

mente disponível noutros segmentos é outra das com a Daimler) este Clio RS Line não se aproxima
mais-valias do Clio, de segurança e auxílio à condu- dos pergaminhos de modelo mais desportivos em
ção, como o sistema de travagem ativa de emergên- termos dinâmicos, como o Clio RS, nem dos emble-
cia com deteção de ciclistas e peões. O Clio é o pri- máticos Clio de 16V ou o castiço Williams da déca-
meiro modelo da Renault dotado de um sistema que da de 1990. O conceito mudou. Este Clio V tem um
fica meio caminho para a condução semiautónoma comportamento seguro e previsível, com excelente
de nível 2. Ainda com algumas arestas a limar em eficácia ao nível do chassis e uma enorme maturi-
termos de funcionamento, por não permitir tirar as dade. Está, no entanto, longe de ser divertido, com o
mãos do volante por mais do que escassos segundos, controlo de estabilidade a não permitir grandes de-
este sistema (exclusivo para esta combinação motor/ vaneios. O novo volante tem um excelente manusea-
caixa) funciona até 160 km/h combinando o regula- mento, mas a direção apesar de precisa peca por fal-
dor de velocidade adaptativo com função stop & go e ta de comunicação e leveza excessiva. As jantes de 17
o sistema de centragem na via. polegadas prejudicam um pouco o conforto, sobre-
tudo em ambiente urbano, em piso mais degradado.
O motor 1.3 mostrou-se pouco disponível a baixos
TEORIA DA EVOLUÇÃO regimes e é um pouco ruidoso quando é explorado a
regimes mais elevados e não casa muito bem com a
Apesar da alusão à herança desportiva RS, mesmo na caixa de dupla embraiagem de sete velocidades com
versão mais potente, com motor de quatro cilindros patilhas no volante (que permite acionar um modo
turbo 1.3 TCe de 130 cv (desenvolvido em conjunto manual deixando o dedo em cima da patilha duran-
Meio: Imprensa Pág: 52

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Quinzenal Área: 19,00 x 26,00 cm²

ID: 82354945 05-09-2019 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 5 de 6

Test Drive

4IW

• íliCIIIII011.11111.
-
I ,
t.

4 ,

68•XU•88.
À

te uns segundos), que compromete por ser algo lenta possível andar pouco acima dos 5 1/100 km.
a responder. Porém, em regimes intermédios mos- Numa franja de mercado sensível ao preço como a
~ 44'
trou-se flexível q.b. e fora da cidade regista uma per- dos utilitários, o Clio convence pela maior dotação
formance convincente. Os modos de condução do de equipamento de série. Mas é bom que não se dei-
sistema Multi-sense não transfiguram o carro, mas xe entusiasmar pelo maior índice de personalização
permitem ajustar a experiência à medida do mo- pois pode encarecer o produto de forma algo com-
mento. Por defeito surge o modo My Sense (perso- prometedora. Tendo em conta que neste segmento os
nalizável), a que se junta o Eco e o Sport. Numa con- modelos a gasolina representam a maioria das ven-
dução sem grandes sobressaltos, esta versão reúne das, precisamente pelo fator preço, a nossa sugestão
todas as qualidades para uma condução tranquila, é que opte pelo 1.0 de 100 cv com caixa manual (ler
sem muito ruído ou vibrações. Nota também para o autoDRIVE *22, de julho) no nível de equipamento
ótimo trabalho ao nível do isolamento acústico face base Intense, que começa nos 17.790 euros (6 mil eu-
à geração anterior, o que torna o Clio especialmente ros mais em conta que a unidade ensaiada 1.3 de 130
refinado. No fim de contas, registámos uma média cv EDC RS Line).
de consumos na ordem dos 6,5 1/100 km. Com uma É verdade que a primeira impressão é a que preva-
condução mais empenhada os valores podem apro- lece. O novo Clio, apesar de não aparentar grandes
ximar-se dos 8 1/100 km e rolando em autoestrada é diferenças face ao modelo precedente, inovou em to-
Meio: Imprensa Pág: 53

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Quinzenal Área: 19,00 x 26,00 cm²

ID: 82354945 05-09-2019 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 6 de 6

RENAULT CLIO

dos os domínios face à quarta geração, estando mais


APESAR DE NÃO TERMOS FICADO versátil do que nunca. Após trinta anos de vida do
utilitário, a Renault parece nunca perder a receita
ENCANTADOS COM A COMBINACÃO certa para o sucesso e à boa maneira de alguns dos
DO MOTOR 1.3 COM A CAIXA ff, seus vizinhos alemães não hesita em apostar no con-
servadorismo. E tem boas razões para o fazer, pois o
FICÁMOS BEM IMPRESSIONADOS COM Clio V promete continuar a ser a referência entre os
hatchback do segmento B, estando bem preparado
O TRABALHO DA RENAULT AO NÍVEL DO para algum ataque por novos rivais ao trono. Viva a
evolução! //
CHASSIS NO NOTO CLIO

FICHA TÉCNICA

MOTOR
Tipo 4 cilindros em linha, injeção direta,
dianteiro, transversal, turbo e intercooler
Cilindrada 1332 cc
Potência 130 cv às 5000 rpm
Binário 240 Nm às 1600 rpm

TRANSMISSÃO
Caixa de dupla embraiagem de sete
velocidades
Tração dianteira

CARROÇARIAICRASSIS
Monobloco em aço

DIREÇÃO
Cremalheira com assistência elétrica

TRAVAREM
Discos ventilados à frente 280 mm
Tambores atrás

DIMENSÕES
Comprimento 4050 mm
Largura 1798 mm
Altura 1440 mm
Distância entre eixos 2583 mm
Via dianteira 1509 mm
Via traseira 1494 mm
Peso 1158 kg
Mala 340 litros
Depósito de combustível 42 litros gasolina
Pneus 205/45 R17

PRESTAÇÕES
Relação peso/potência 8,9 kg/cv
0 a 100 km/h em 9 segundos
Velocidade máxima 200 km/h

CONSUMOS
Combinado 5,7 I /100 km
Emissões 129 g/km CO2
Preço (desde) 23.920 euros

AVALIAÇÃO AUTO DRIVE pi pi 1:1