Você está na página 1de 19

Métodos Estatísticos

Prof.º Msc. Everaldo F. Guedes


Aula 4

1
Referências

1. BUSSAB, W.O.; MORETTIN, P.A. Estatística básica. 7ª edição,


São Paulo: Saraiva, 2012.

2. MAGALHÃES, M. N.; LIMA, A. C. P. Noções de Probabilidade e


Estatística, 6ª ed., São Paulo: Edusp, 2005.

3. SPIEGEL, M. Estatística. Coleção Schaum. 4ª edição, São


Paulo: Makron Books, 1993.

4. TOLEDO, G. L.; OVALLE, I.I. Estatística básica. São Paulo:


Atlas; 1995.

5. MONTGOMERY, D.C.; RUNGER, G.C. Estatística Aplicada e


Probabilidade para Engenheiros. 2ª edição, São Paulo: LTC 2012.

2
Métodos Estatísticos
Modelos Probabilísticos
para Variáveis
Aleatórias Discretas
(Bernoulli, Binomial e Poisson)

4
Modelo de Bernoulli

5
- MODELOS PROBABILÍSTICOS DISCRETOS -
Modelo de Bernoulli ou Binário
Na prática, existem muitos experimentos que admitem
apenas dois resultados.

Exemplos:
• uma peça é classificada como boa ou defeituosa;
• o resultado de um exame médico para detecção de uma
doença é positivo ou negativo;
• um paciente submetido a um tratamento, durante um período
de tempo fixo, cura-se ou não da doença;
• um entrevistado concorda ou não com a afirmação feita;
• no lançamento de um dado ocorre ou não a face “5”.

6
Situações com alternativas dicotômicas podem ser
representadas, genericamente, por respostas do tipo
sucesso-fracasso.

Esses experimentos recebem o nome de Ensaios de


Bernoulli e originam uma v.a. com distribuição de
Bernoulli.

Variável aleatória de Bernoulli: É uma v.a. que assume


apenas dois valores:
• 1 se ocorrer sucesso,
• 0 se ocorrer fracasso.
Geralmente, a probabilidade de sucesso é representada
por p, 0 < p < 1.
7
“X ~ Bernoulli (p)” indica uma v.a. com distribuição de
Bernoulli com parâmetro p, isto é,
1, se ocorrer “sucesso”
X=
0, se ocorrer “fracasso”
e sua função de probabilidade pode ser representada pela
tabela
X 1 0
P(X=x) p 1 - p

Segue que E(X) = p,


Var(X) = p(1 – p).
 Repetições independentes de um ensaio de Bernoulli,
com a mesma probabilidade de ocorrência de “sucesso”,
dão origem ao modelo de probabilidade binomial. 8
Modelo Binomial

9
Distribuição binomial:

A v.a. X correspondente ao número de sucessos em


n ensaios de Bernoulli independentes e com mesma
probabilidade p de sucesso tem distribuição binomial
com parâmetros n e p.

Sua função de probabilidade é dada por

n
P (X = k) =  p k (1 - p) n- k , k = 0, 1, ... , n.
k 
 

Notação: X ~ B(n; p).

10
Resultado: Se X ~ B(n; p), então

média:  = E(X) = np


variância: 2 = Var(X) = np(1-p)

11
Modelo Binomial
Exemplo: Um dado equilibrado é lançado 3 vezes.
Qual é a probabilidade de se obter a face 5 duas vezes?

Denotamos,
S: “sucesso”, ocorrer face 5;
F: “fracasso”, não ocorrer face 5.

É fácil ver que p = P(sucesso) = 1/6 e


q = 1 – p = P(fracasso) = 5/6

 = {SSS, SSF, SFS, FSS, SFF, FSF, FFS, FFF}


12
Estamos interessados no número total de sucessos que,
no caso, é o número de vezes que a face 5 é observada
nos 3 lançamentos do dado.
 Prob X 
p S (SSS) p3 3

p S q F (SSF) p 2q 2
p S (SFS) p2q 2
S
p q
F q (SFF) pq2 1
F
p S (FSS) p 2q 2

q p S q F (FSF) pq2 1

F p S (FFS) pq2 1
q
F q F (FFF) q3 0
13
A função de probabilidade de X é dada por:
Probabilidades binomiais para n = 3 e P(S) = p
no. de sucessos probabilidades p = 1/6 

0 q3 125/216=0,5787
1 3pq2 75/216=0,3472
2 3p2q 15/216=0,0694
3 p3 1/216=0,0046

Podemos escrever essa função como

 3
P(X = k) =   p k q 3 - k , k = 0, 1, 2, 3.
k
 

No exemplo, para n = 3 e p = 1/6, P (X = 2) = 0,0694.


14
Exemplo 2:
Considere uma prova com 12 questões, cada uma com
4 alternativas. Suponha que o aluno escolha as
respostas ao acaso. Qual é a probabilidade de que ele
acerte pelo menos 6 questões?

X: nº de questões que o aluno acertará

X pode assumir valores no conjunto {0, 1, 2, 3, 4,


5, 6, 7, 8, 9, 10, 11 ou 12}.
 12 
X ~ B(12; 0,25) P  X = x  =   0 , 25 1  0 , 25 
  x 12  x
 x

15
A média é

E(X) = np = 12×0,25 = 3,

ou seja, em média, o aluno que responder ao acaso todas


as questões acertará 3.

16
Exemplo 3:
Uma usina hidroelétrica tem 5 geradores que
funcionam independentemente, cada um com
probabilidade 0,98 de estar em operação. Qual a
probabilidade de que exatamente dois estejam em
funcionamento em determinado instante?

X: nº de geradores

X pode assumir valores no conjunto {0, 1, 2, 3, 4, 5}.


X ~ B(5; 0,98)

17
Exemplo 3:

X ~ B(18; 0,05)

18
Exemplo 4:

X ~ B(20; 0,98)

19