Você está na página 1de 78

OS PILARES DO

CANTO E DA
TÉCNICA
VOCAL
TUDO QUE
VOCÊ PRECISA
SABER PARA
ENTENDER
COMO ATINGIR
OS MÁXIMOS
RESULTADOS
COM SUA VOZ
BOAS
VINDAS!
E aí, Estrela da Voz? Tudo bem com você?
Parabéns por ter baixado este e-book
sobre os Pilares do Canto e da Técnica
Vocal.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Isso mostra o seu empenho e a sua


dedicação em querer sempre mais, querer
sempre se desenvolver nessa longa
trajetória artística e vocal. Saiba que para
nós é um orgulho enorme ter você por aqui.

Neste e-book, vamos apresentar de


maneira clara e objetiva os Pilares do
Canto e da Técnica Vocal. Nossa intenção
é apresentar um material prático, de fácil
leitura e com informações relevantes para
você aplicar em sua voz.

E, se precisar de alguma ajuda, estamos


sempre disponíveis através do e-mail
contato@fullvoice.com.br. Nós e nossa
equipe queremos conhecer você melhor e
queremos saber a sua opinião sobre este
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

material, bem como sugestão de novos


conteúdos. Então, não hesite em nos
escrever, ok?

Esperamos de coração que você goste e


aproveite ao máximo este e-book. :)

Um abraço e #solteavoz!

Fernando Zimmermann | Luiza Lobo


Full Voice Studios®
O Lugar de Astros e Estrelas da Voz
@fullvoicestudios
O QUE
ESPERAR
DESTE
E-BOOK?
Antes de falar o que você pode esperar deste
e-book, vamos explicar o que você NÃO deve
esperar.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

NÃO ESPERE
APRENDER
SEM LER ESTE
MATERIAL TODO
Parece meio óbvio, mas a grande verdade
é que mais de 50% das pessoas que baixam
algum material da Internet acabam não
usufruindo 100% dele.

Em qual lado da estatística você quer estar?


OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

NÃO ESPERE QUE


VOCÊ VAI CONSEGUIR
RESOLVER TUDO
POR SI MESMO(A)
Apesar de conter informações muito
importantes que vão, sim, ajudar você
a entender mais sobre a sua voz, este
e-book não substitui a presença de um(a)
profissional especializado(a) em voz
cantada.

Se você quer ser ouvido(a) e ter debilidades


vocais pontualmente resolvidas, procure
por um(a) Voice Coach.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

NÃO ESPERE
PARA AMANHÃ
É isso mesmo! Se você abriu este e-book
hoje, COMECE HOJE MESMO a lê-lo.

Além disso, separe diariamente pelo menos


uns 5 minutinhos por dia para pegar alguma
informação daqui deste material.

Se estes 5 minutos forem pela manhã,


melhor ainda. Começar o dia buscando
inspiração para seguir com seus estudos e
com sua trajetória no canto é fundamental
para manter a energia e a motivação em
alta.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

ESPERE POR UM
“CONSELHEIRO
VOCAL DE BOLSO”
É isso mesmo! Este e-book pode ser seu
mais novo amigo para conselhos sobre
como sua voz funciona e sobre como
você pode conseguir obter o máximo de
resultados.

No nosso dia-a-dia temos diversos desafios


e por isso sempre precisamos de inspiração
ou até mesmo de um conselho amigo pra
seguir adiante. Imagine-se tendo uma
dúvida e pesquisando novamente neste
material.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Temos certeza que você sempre o lerá de


maneira diferente, ainda que leia a mesma
passagem umas 20 vezes ;)
QUALQUER
PESSOA
PODE CANTAR
E TER UMA
BOA VOZ?
Aqui no Full Voice Studios® nós sabemos que
SIM, qualquer pessoa pode cantar e ter uma
grande voz (e até mesmo uma carreira muito
próspera).
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Pense em grandes referências do mundo da


música e do canto como Michael Jackson
(o eterno Rei do Pop), Beyoncé, Lady Gaga,
Ney Matogrosso, Bibi Ferreira e muitos
outros. Todos esses artistas mencionados
tem uma história de muita dedicação e
muito esforço. Todos evoluíram (e alguns
ainda evoluem) diariamente em suas
atuações artísticas.

Será que se não houvesse tanta dedicação


eles seriam tão grandiosos quanto são hoje?
Uma coisa é certa: se você não se dedicar,
nada acontecerá. Se você se dedicar, tudo
pode acontecer.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Se você tem o sonho de cantar, de expressar


suas emoções através da sua voz, então dê-
se a chance de crescer, de evoluir.

Saiba que cada vez mais as ciências


apontam as melhores estratégias para se
obter um melhor aprendizado em qualquer
área. No canto isso também é válido. E, se
você precisar, nós estaremos sempre aqui
para lhe ajudar.
A sabedoria por trás dessa frase está justamente em entender que o
GRANDE ARTISTA está SEMPRE procurando por mais, por algo novo,
por desafios maiores. Veja o exemplo de Michael Jackson. Seus shows
eram majestosos. Ele sempre buscou superar seus limites e também
superar suas próprias marcas. Você acha que ele tinha certeza que
tudo daria certo? Mas ele confiava nele, confiava na equipe, confiava
até mesmo nos seus fãs. Mas é claro que haviam dúvidas. Não há
mapas para caminhos que nunca foram trilhados (a não ser que o
Google já tenha rastreado). Então uma coisa é certa: se você deseja
fazer vôos que nunca foram feitos, prepare-se para o desconhecido,
prepare-se para conviver com a dúvida. Inclusive ela costuma se
manifestar como frio na barriga, um nervosismo... ;) Mas tá tudo bem,
ok? E se você precisar de ajuda para seus novos vôos, conte com a
gente. ;)
A VOZ E OS
ELEMENTOS
DO SOM
Uma das coisas que percebemos por aí é que
cada vez mais se fala sobre técnica vocal mas
pouco se fala sobre um assunto crucial para o
entendimento da nossa expressão cantada.

Esse assunto crucial é justamente o SOM.


Afinal de contas a voz é um som. Por isso,
é fundamental entendermos quais são os
elementos do som, como eles se manifestam e o
que cada um determina em nossa voz.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

ALTURA
Altura faz referência a quão aguda ou grave
está uma determinada nota. Ou seja, aquilo
que chamamos de agudos, médios e graves
é determinado pela altura do som.

Na música, a representação da altura é


feita pelas notas musicais, que também
são frequências do som. Em geral, a
altura (frequência) é determinada por
uma unidade de medida chamada Hertz
(representada com a sigla Hz).

Por exemplo: a nota Lá 3 (Lá acima do Dó


central e também representada como A3)
possui uma frequência de 440 Hz. O Lá 2
(ou A2), que está logo abaixo do Dó central,
possui uma frequência de 220 Hz.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Mas a gente não quer deixar esse texto


complicado. E por isso fazemos a pergunta
(que já vamos responder):

– Mas afinal, o que a altura vai determinar


na MINHA VOZ?
R: A altura determina a sua afinação.

Estar atento(a) às diferentes alturas vai


proporcionar a você um melhor senso de
afinação, uma melhor percepção musical.
DICA: Teste sons diferentes com sua voz.
Podem ser imitações de personagens ou
bichos. Por exemplo, se você imitar um
gatinho filhote, com certeza você vai soar
bem diferente da imitação de um cachorro
grande. Perceba, então, como essas duas
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

imitações se diferenciam em termos de


altura. Qual é mais aguda? Qual é mais
grave? Como você sente cada uma dessas
emissões?
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

INTENSIDADE
Aquilo que chamamos popularmente de
“volume” é relacionado com o elemento da
intensidade do som.

Sons mais intensos, portanto, são sons


com mais volume e, na maioria das vezes,
com mais “pegada”. Já os sons menos
intensos, possuem menos volume e podem
apresentar mais suavidade.

Ter o controle da intensidade do nosso


som nos permitirá trabalhar diferentes
dinâmicas musicais, dando mais movimento
e vida para nossa interpretação.
DICA: Faça dois tipos de sons bem
distintos. No primeiro, faça um som forte,
como se estivesse chamando a atenção
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

de alguém que fez algo muito ruim. No


segundo, emita um som digno de ser
feito ao pé do ouvido de alguém, como
se quisesse contar um segredo que mais
ninguém pode ouvir. Mas ATENÇÃO: não
vale cochichar. Perceba como seu corpo se
comporta de maneira diferente em sons
mais intensos e em sons menos intensos.
Como você se sentiu? Como você ouviu a
diferença entre essas duas emissões?
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

DURAÇÃO
O termo já é bem auto-explicativo. Esse
elemento do som faz referência a quanto
dura uma determinada emissão.

Você sabe que existem músicas com notas


bem marcadas e curtas, enquanto outras
músicas possuem notas mais longas e até
sustentadas. Essa variação de duração de
cada nota vai determinar o seu ritmo.

A duração de notas também afetará, na


sua voz, a sustentação de notas. Algumas
notas duram bem mais que outras e, por
isso, demandam do nosso aparelho fonador
a habilidade de manter o funcionamento
pleno e constante enquanto emitimos um
som prolongado.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

DICA: Experimente cantar um trecho de


qualquer música. Comece com o “Parabéns
pra Você”. É bem provável que você comece
a cantar e já sinta o ritmo da música vindo
automaticamente com ela. Isso pois as
durações das notas dessa música já são
muito conhecidas. Logo a pulsação dela já
é demonstrada e o ritmo se torna evidente.
Busque isso em outras músicas e veja
como é a relação entre a duração das notas
cantadas com o ritmo da música.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

TIMBRE
O timbre é a característica única de cada
emissão sonora. Ele é como a impressão
digital de cada som.

Alguns sons, por exemplo, são mais


“escuros”. Outros mais “claros”. Existem
sons mais “ásperos” e outros mais “lisos”.
Essas palavras, apesar de parecerem vagas,
costumam descrever características bem
evidentes de um padrão sonoro.

Você com certeza também deve ter uma


série de palavras para descrever sons.
Por exemplo: pense em um som de um
violino. Como ele soa pra você? Como você
o descreveria? E o som de um violão? É
igual ao do violino? Certamente que não.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Mas quais as características do som do


violão? Quais características diferem o
som do violino para o som do violão? Afinal,
apesar de ambos serem instrumentos de
corda com caixas acústicas, eles soam bem
diferentes entre si.

Além disso, até mesmo com instrumentos


iguais, os sons são diferentes. Violões com
materiais diferentes e formatos diferentes,
apresentam sonoridades diferentes. Não
necessariamente pela altura, pela duração
ou pela intensidade, mas pelo timbre de
cada violão.

Esse mesmo fenômeno acontece com nossa


a voz. As pessoas possuem timbres distintos
porque o aparelho fonador de cada pessoa
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

é diferente. Tamanho e espessura de pregas


vocais, tamanho do trato vocal e formato da
boca são alguns dos vários elementos que
podem variar de pessoa para pessoa. Esses
elementos se combinam criando um timbre
único do indivíduo.

Ou seja: cada pessoa, assim como cada


instrumento, terá sua própria “impressão
digital” vocal. O seu timbre, portanto, será a
sua “assinatura” vocal. Um som que quando
alguém ouvir, logo vai lembrar de você.

No entanto, embora seja único, algumas


alterações na fonação e no trato vocal
podem mudar significativamente a
qualidade do timbre. Se falarmos uma
palavra enquanto bocejamos, nossa voz
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

terá um timbre completamente da voz


falada normal.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

DICA:
Experimente imitações de vozes de
pessoas diferentes. Podem ser pessoas
famosas que possuem algum tipo de fala
característica. Experimente imitar homens
e mulheres. Como você imitaria gêneros e
timbres diferentes? Além de altura (sons
mais agudos ou mais graves) e sotaque,
o que mais diferencia as características
dos vozes? Perceba as movimentações da
sua boca, explore as possibilidades com
bastante atenção e você entenderá como
você conseguimos criar timbres diferentes.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Agora que você já conheceu os elementos


do som e como eles se manifestam na sua
voz, chegou a hora de falarmos sobre como
desenvolvê-los e dominá-los. E, para isso,
é preciso entrar no assunto principal deste
material: Os Pilares do Canto e da Técnica
Vocal.

A seguir, nós apresentaremos a visão


Full Voice desses pilares bem como
passaremos pra você conteúdos que visam
lhe dar a compreensão dos 3 elementos
da técnica vocal, dos 4 maiores problemas
enfrentados por cantores de todos níveis
e estilos e também um mapa de como
desenvolver sua voz de maneira plena.
OS PILARES DO
CANTO E DA
TÉCNICA
VOCAL Afinação e Ritmo
Timbre Adequado
Emoção e Interpretação
Os 3 Elementos da Técnica Vocal
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PILAR #1
AFINAÇÃO E RITMO
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Lembra que falamos sobre altura e duração


e que esses elementos do som seriam
determinantes na questão de afinação e
ritmo?

Pois bem, eis que esses elementos se unem


para formar o 1º Pilar do Canto e da Técnica
Vocal.

Para conseguir desempenhar as canções


que você deseja ou até mesmo para
expressar suas próprias composições,
é ESSENCIAL que você desenvolva de
maneira plena esses dois aspectos.

A maioria das pessoas que nos procura já


tem uma certa noção de ritmo, mas nunca é
demais aprender e expandir possibilidades.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Porém, no quesito afinação é que as coisas


se tornam um pouco mais difíceis. Não
apenas por uma questão de percepção
musical, mas principalmente por uma
limitação técnico-vocal. Ou seja, muitos
cantores não conseguem chegar em
algumas notas por não terem as habilidades
técnicas necessárias.

Dificuldades nos agudos, geralmente,


são causadas por uma incapacidade de
alongar um pouco mais as pregas vocais.
Dificuldades nos graves, por sua vez, podem
ser oriundas de incapacidades da laringe,
não possibilitando o devido encurtamento
das nossas pregas vocais.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PILAR #2
TIMBRE ADEQUADO
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Cantar bem não é apenas ter uma série


de aparatos vocais, recursos e inúmeras
possibilidades de uso da voz. Cantar bem é
também saber adequar a sua voz para o que
se está cantando.

Imagine como seria uma música como


“Garota de Ipanema” cantada com um
vocal rasgado típico do rock’n roll. Seria
curioso, talvez fizesse um sucesso como
curiosidade, mas não como uma versão que
realmente tocou as pessoas.

Uma música romântica pode pedir algumas


sutilezas. Uma música mais enérgica em
geral necessita de um pouco mais de
agressividade na estética.
Adequar sua voz, no entanto, não é mexer
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

em como ela funciona, mas é encontrar


a SUA VERSÃO de como ela funciona
dentro de um determinado estilo. Assim
você consegue ser versátil sem perder
personalidade.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PILAR #3
EMOÇÃO E
INTERPRETAÇÃO
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Cantar músicas é sempre expressar


algum sentimento, alguma ideia, algum
pensamento, alguma reflexão.

Emoção é algo que já está contido no ato de


cantar. Você deve se lançar às emoções das
músicas que for cantar, bem como dar vida
a elas através da sua interpretação.
Além disso, quando falamos sobre
interpretação, não falamos apenas de
movimentos e expressões faciais. A voz
também carrega muita carga interpretativa
em si.

Lembremos que nossas primeiras emoções


foram expressas através de choros e
barulhos diferentes. Quando bebês nós não
sabemos falar, mas usamos nossa voz pra
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

expressar nossos desejos e necessidades.


Apenas com o passar do tempo e com a
aquisição da linguagem que nós passamos
a expressar nossas emoções de maneira
diferente.

O que nos cabe é encontrar, em nós


mesmos, a espontaneidade da expressão
e da mensagem que queremos passar
através da nossa voz. Isso dará elementos
emocionais e interpretativos incomparáveis
à sua performance.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PILAR #4
OS 3 ELEMENTOS
DA TÉCNICA VOCAL
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Através da técnica vocal é que nós


conseguiremos extrair o máximo das nossas
vozes, controlando e potencializando os
pilares mencionados acima.

Problemas como quebra de passagem,


falta de agudos, falta de graves, cansaço ao
cantar e muitos outros não podem ser um
limitador da nossa expressão máxima.

Perseguir o desenvolvimento da nossa Full


Voice permitirá que encontremos o nosso
potencial sem limites.

Mas, para isso, é fundamental sabermos


mais sobre os 3 Elementos da Técnica
Vocal que nós controlamos direta e
conscientemente.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

ELEMENTO #1 - FLUXO DE AR
O ar é o combustível da nossa voz e o
princípio de uma boa emissão vocal. Mas
não são necessárias grandes manobras
respiratórias para se obter resultados
vocais efetivos.

A verdade é que já controlamos


conscientemente a quantidade de ar que
expiramos e que inspiramos. Então, é mais
simples do que se pensa. ;)

Você pode fazer um teste e verificar como


você já controla diretamente a quantidade
de ar que você expira.

Sopre 3 vezes e em cada um desses sopros


mude o fluxo. Busque compreender como
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

você se sente, quais as sensações. Siga as


dicas a seguir:

Primeiro sopre muito, como se estivesse tentando


encher um balão grande.
Depois sopre muito pouco, como se você
estivesse soprando uma vela mas sem querer apagá-
la, apenas mexer um pouco a chama. Se você soprar
demais a vela se apagará, não é mesmo? Então
capriche para manter bem pouco ar saindo, ok?
Por último faça um sopro intermediário. Algo que
não seja nem tão exagerado quanto o primeiro e nem
tão controlado quanto o segundo.

Depois dessa atividade pergunte-se sobre


o seu controle do sopro. Você percebeu que
você controla ele?
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Se teve alguma dificuldade de perceber


alguma sensação, busque parar um tempo,
respirar fundo, fechar os olhos e repetir o
exercício. Pode ser que ajude.

ELEMENTO #2 - CONSISTÊNCIA MUSCULAR


Quando falamos em consistência muscular
nós falamos sobre o trabalho da laringe
na emissão do som. Será que suas pregas
vocais estão conseguindo manter boa
adução ao longo de toda sua extensão
vocal? Será que sua laringe não sobe demais
para os agudos e/ou desce demais para os
graves?
Boa parte das debilidades vocais da maioria
dos cantores de hoje em dia reside na falta
ou no exagero de consistência muscular.
Existem ainda cantores e cantoras que
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

mantem a consistência muscular de


maneira irregular ao longo da extensão.

A nossa laringe é como o motor de um


carro. Assim como o carro converte energia
térmica (queima de um combustível) em
energia mecânica (movimento dos pistões
e demais estruturas que fazem o carro
andar), é na nossa laringe que acontece
uma conversão de energia mecânica (ar
passando pelas pregas vocais que vibram)
em energia acústica (som produzido nas
pregas vocais e amplificado no nosso trato
vocal).
Se algo está errado com o motor do nosso
carro 3 coisas podem acontecer:


OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Gastamos combustível demais;


Nosso motor não rende tudo que poderia;
Instabilidade do funcionamento do carro.

E se algo está errado com nossa laringe


e com a consistência muscular do nosso
“motor”, também 3 coisas podem acontecer:

Não convertermos todo ar em som, tornando


nossa emissão fraca;
Travarmos muito ar abaixo das pregas vocais,
dando a falsa impressão de controle mas produzindo
um som tenso;
Termos as duas situações anteriores acontecendo
na nossa voz mas em diferentes regiões.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Cuidar da consistência muscular da


nossa laringe, portanto, é cuidar do bom
funcionamento do nosso motor.

ELEMENTO #3 - SHAPE DE TRATO VOCAL


Depois que o som é produzido na laringe,
ele é amplificado e moldado no espaço que
vai desde as nossas pregas vocais até o fim
dos nossos lábios. Esse espaço é chamado
de trato vocal e compreende as estruturas
da faringe (laringofaringe, orofaringe,
nasofaringe) e cavidade oral (dentes, língua,
palato mole, palato duro, lábios).

A função do trato vocal é atuar como


filtro do som que é emitido pelas pregas
vocais. Cada pessoa possui um trato vocal
diferente, pois temos particularidades
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

em dimensões de cada estrutura do trato


vocal. Por isso, conforme mencionamos na
parte de timbre, cada um de nós terá uma
voz diferente. Lembre-se: nosso objetivo é
potencializar ao máximo a sua voz!

Além das características fisiológicas, o que


dará a forma e a cor do nosso som final
é a maneira como manipulamos o nosso
trato vocal. Durante o canto, nosso trato
vocal assume diversas configurações para
a criação de sons. São essas configurações
que nós chamamos de shape. Shape é o
formato do nosso trato vocal.

Um shape desajustado pode resultar em


problemas no timbre (voz desajustada,
feia), dificuldades nas regiões de passagem
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

(quebras), falta de projeção vocal,


descontrole no fluxo aéreo e nos músculos
da laringe.

Na prática, o shape é controlado durante


a emissão através da articulação das
vogais. Moldar o nosso trato vocal através
do controle
do shape é
potencializar
ao máximo o
aproveitamento
acústico
do nosso
instrumento
vocal.

Trato Vocal
Destaque em Azul
OS 4 MAIORES
PROBLEMAS
ENFRENTADOS
POR CANTORES
Depois de conhecer os Pilares do Canto,
incluindo aí os 3 Elementos da Técnica Vocal,
chegou a hora de falarmos sobre os maiores
problemas enfrentados por cantores de
diversos níveis e estilos.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

A grande verdade é que, apesar de cada


voz ser única e se desenvolver de uma
maneira muito particular, existem 4 grandes
comportamentos que são padrões em todos
os grupos de cantores.

Esses Comportamentos Vocais


normalmente trazem algum tipo de desvio
daquela perfeita sinergia entre os 3
elementos para uma boa técnica vocal.

E esses quatro comportamentos que


estão SABOTANDO a técnica vocal de
muitos cantores afetam DIRETAMENTE o
funcionamento de cada laringe.

Veja qual o seu.


OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PROBLEMA #1 - VOZ
PESADA DEMAIS!
DIFICULDADE NOS
AGUDOS E FADIGA
VOCAL!
Sabe aquele cantor que SÓ CANTA
FAZENDO MUITA CARETA e tudo parece
“saltar pra fora” do cantor?

Nada contra caretas e voz! Pode ser


inclusive um artifício para interpretação. ;)

Mas quando o cantor simplesmente não


consegue CANTAR SEM CARETAS é por
que ele está usando músculos em demasia.
Outra característica bem comum desse tipo
de comportamento vocal com músculos
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

em demasia é o esforço excessivo para sair


algum som. Tudo parece até mesmo meio
“gritado”.

É quando cantores usam músculos em


demasia que surgem problemas como:

Rouquidão;
Fadiga vocal;
Falta de extensão vocal;
Ter que mudar de tom em muitas músicas do
repertório;
Quase não conseguir levar um show inteiro;
às vezes até uma vontade de desistir (isso é triste).

Cantores e cantoras que usam músculos


em demasia para a emissão vocal,
apresentando um ou mais dos problemas
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

mencionados acima, precisam de um


comportamento vocal muito mais leve e
equilibrado. Além disso, em casos de abuso
vocal excessivo e/ou prolongado, há riscos
de surgimento de patologia.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PROBLEMA #2 - VOZ
INCONSISTENTE,
QUEBRA OU PERDE
POTÊNCIA.
Sabe aquela voz que quando se aproxima
dos agudos ela “quebra” ou perde muito
volume, perde pegada?

Normalmente parece que o cantor ou


cantora está “recuando” sua voz pra
conseguir ir pros agudos e a parte média
da extensão vocal em geral é pouco
desenvolvida.

Nesse tipo de comportamento vocal, é


fundamental desenvolver e melhorar o
“MIX” na voz, independente de nível ou
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

estilo musical. O comportamento precisa


ser mudado para um que consiga equalizar
melhor a parte grave, a parte aguda e a
parte média da voz.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PROBLEMA #3 - VOZ
FRACA, ÀS VEZES
SOPROSA, NÃO PROJETA
E PARECE AGUDA
DEMAIS.
Você sabe de alguém que tem aquela voz
que até pode soar bonitinha, mas ela é um
pouco aguda, meio fraca, sem volume?

Esse tipo de comportamento vocal faz a voz


de cantores e cantoras parecer pequena
demais. Vozes assim tem dificuldades de
se fazerem ouvir ou até mesmo perdem
em consistência vocal, resultando numa
sensação de que algo está faltando.

Vozes assim podem não ter dificuldades


OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

com agudos, mas normalmente sofrem para


cantar notas graves.

Nesse caso, é preciso que se trabalhe a


consistência muscular de laringe para
ajudar esses cantores a soltarem sua voz
pra valer.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PROBLEMA #4 - A VOZ
ATÉ NEM TEM TANTOS
PROBLEMAS, MAS SOA
MEIO FEIA.
Antes de mais nada, queremos ressaltar
que no Full Voice nós entendemos que
TODAS VOZES são capazes de soar bonitas
e apropriadas em cada estilo.

O que acontece nesses casos é que há


algum desalinhamento de trato vocal.

Nesses casos nós trabalhamos uma


descoberta de possibilidades de vogais
que soem melhor e aprimorem o timbre
vocal, usando o máximo potencial de cada
instrumento.
OS 3 PASSOS PARA
POTENCIALIZAR
QUALQUER VOZ
Agora que você já conhece muito sobre
os Pilares do Canto e da Técnica Vocal; os
Elementos da Técnica Vocal e os Maiores
Problemas Enfrentados por Cantores, chegou
a hora de falarmos sobre os 3 Passos para
Potencializar QUALQUER Voz.
São eles:
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PASSO #1 -
DIAGNÓSTICO VOCAL
PRECISO
Você lembra que nós falamos sobre os 4
problemas vocais mais enfrentados por
cantores e cantoras?

Então… cada um desses problemas se


manifesta em comportamentos vocais que
são conhecidos aqui no Full Voice como:


OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Berrão

Voz Falha

Voz Pequena

Voz Desajustada

Full Voice
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Apesar de não serem necessariamente


amistosos, esses nomes apenas indicam
para nós qual é a maneira que alguém está
acostumado(a) a usar sua voz.

A boa notícia é: TODOS tem como trabalhar


suas vozes para deixar para trás esses
comportamentos nocivos ou ineficazes.

E como descobrir o seu perfil vocal? Através


de um diagnóstico vocal preciso.

Não é um diagnóstico de doenças, como


feito por médicos. Falamos aqui de um
diagnóstico FUNCIONAL da voz em termos
de habilidades, aptidões e inaptidões.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Nosso intuito com esse diagnóstico


é entender qual o seu momento de
desenvolvimento vocal para lhe ajudar a
aprender novas maneiras de usar a sua voz
para melhorar sua performance.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PASSO #2 -
EXERCÍCIOS VOCAIS
PERSONALIZADOS
Se você está pesquisando aí pela Internet
pelos melhores exercícios vocais para
ajudar a sua voz, talvez você já tenha
encontrado um bocado de exemplos, né?

Nós mesmos temos lá no nosso YouTube


uma série de vídeos com exercícios vocais
para situações diferentes.

No entanto, o que faz TODA diferença é


você ter sua voz treinada com exercícios
específicos para as SUAS NECESSIDADES.
Se cada perfil vocal se comporta de um
jeito, então é coerente que os exercícios
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

para cada um sejam diferentes também.

Depois de descobrir seu perfil vocal, busque


por exercícios ideais para a SUA VOZ.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

PASSO #3 - APLICAÇÃO
DA TÉCNICA VOCAL NAS
MÚSICAS
Muitas pessoas até conseguem fazer
exercícios vocais bem, mas acabam
não dando conta de transpor a técnica
aprendida para as músicas. Esse é um passo
muito importante, afinal nós estudamos
canto e técnica vocal para cantar!

Saber como transpor novas coordenações


para o nosso repertório é essencial.
Nesse passo é muito importante permitir
mudanças na sua voz, tanto na maneira
como você a sente como na maneira como
você a ouve.
SEUS PRÓXIMOS
PASSOS
PARABÉNS! Você acabou de concluir a leitura
desse material exclusivo do Full Voice Studios®
chamado Os Pilares do Canto e da Técnica
Vocal.
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

Produzimos esse conteúdo com todo


carinho do mundo e esperamos que você
tenha aproveitado cada sacada, cada
informação e que tenhamos conseguido
quebrar paradigmas e mais mitos sobre seu
desenvolvimento vocal pleno.

Por falar em MITOS, nós também temos


um e-book chamado “Os 10 Maiores Mitos
Sobre Canto e Técnica Vocal” que pode ser
baixado gratuitamente (se ainda estiver
disponível).
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

CLIQUE NO BOTÃO
E BAIXE SEU E-BOOK
DOS 10 MITOS!

QUERO MEU E-BOOK


DOS 10 MITOS!
OS PILARES DO CANTO E
DA TÉCNICA VOCAL

HEY! E depois de tantos presentes, que


tal nos contar a sua experiência com esse
material do Full Voice Studios®?

Nós preparamos um rápido questionário


(não vai levar nem 3 minutinhos) para você
nos contar sua opinião e também deixar
suas dúvidas.

Quem sabe a sua pergunta possa se tornar


um vídeo para o nosso canal do YouTube?

QUERO RESPONDER A
PESQUISA!
MAIS UMA VEZ PARABÉNS POR TER
CONCLUÍDO ESSA LEITURA.

NÓS DESEJAMOS PARA VOCÊ MUITA MÚSICA,


MUITA ALEGRIA E MUITA FULL VOICE!

UM ABRAÇO E...

#SOLTE
AVOZ
OS PILARES DO
CANTO E DA
TÉCNICA
VOCAL
@fullvoicestudios