Você está na página 1de 4

Vitaminas e minerais

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

21:37

Vitaminas:
Vitaminas:

-

São indispensáveis por terem funções especificas.

 

-

Não apresentam estruturas básicas correlacionadas à cadeia de carbono.

-

São destrutíveis:

- Podem oxidar.

- Podem ser degradadas no processamento de alimentos.

-

Devem ser supridas na dieta

Vitaminas Lipossolúveis: (A, D, E, K)

 

-

Não são eliminadas pela urina.

-

Armazenadas no fígado.

-

Permanecem mais estáveis no calor.

-

Não são facilmente destruídas pelo processamento dos alimentos.

Vitaminas Hidrossolúveis: (C, complexo B)

 

-

Não são armazenadas no corpo.

-

Tomada todos os dias.

-

São facilmente absorvidas.

Vitamina A
Vitamina A

Ø

Função e deficiência:

-

Visão, proteção do tecido epitelial, crescimento, capacidade antioxidante e sistema imunológico.

-

Xeroftalmia: Ausência de secreção de lágrimas do ductos lacrimais, cegueira noturna ou dificuldade de enxergar com luz fraca, suscetibilidade a calafrios e infecções respiratórias.

Ø

Fontes e formas:

-

Vitamina A pré-formada: Alimentos de origem animal, como: fígado, rim, manteiga, gema de ovo, entre outros.

-

Pró vitamina A: Alimentos de origem vegetal, como: frutas e hortaliças de cor alaranjada e de folhas escuras.

Vitamina D
Vitamina D

-

Também conhecida como Calciferol, Ergosterol, vitamina do sol.

Ø

Funções e deficiências:

-

Vital para os ossos e dentes, absorção de cálcio e fósforo.

-

Raquitismo (crianças), osteoporose e osteomalácia (enfraquecimento dos ossos), problemas nos dentes, demora de crescimento em crianças, fraqueza muscular e constipação.

Ø

Fontes e formas:

-

D² (ergocalciferol) → alimentos de origem vegetal

 

-

D³ (colecalciferol) → irradiação dos raios do sol, Gema do ovo, fígado, manteiga, lacticínios, peixes (salmão e atum) e no óleo de carpa.

Vitamina E
Vitamina E

Ø

Funções e deficiências:

-

Antioxidantes, diminui os níveis de gordura e colesterol do sangue.

-

Propriedades adicionais: diminuir a viscosidade das gotas de sangue (doenças cardíacas e fortalecer o musculo do coração).

Ø

Formas e funções:

-

Alfatocoferol (8 formas).

-

Grãos integrais, no germe de trigo, óleo de milho e de soja, ovos, brócolis, broto de feijão, espinafre, soja e nos vegetais com folhas verdes.

Vitamina K
Vitamina K

Ø

Funções e deficiências:

-

A vit. K converte a PTN protrombina → trombina (fator de coagulação). Na deficiência dessa vit. A trombina não será formada;

-

Coagulação do sangue e sangramento excessivo durante período menstrual.

Ø

Formas e fontes:

-

K¹ → encontrada nas plantas;

-

K² → sintetizada pela flora bacteriana (intestino);

 

-

K³ → cópia sintética;

-

Maiores fontes: vegetais folhosos de cor verde escura, couve-flor, repolho e óleo de peixe, alga marinha e nos melados.

-

Obs: Vit.K destruída pelo raio X, poluição do ar, congelamento dos alimentos, pela aspirina e por medicamentos.

Vitamina C
Vitamina C

Ø

Funções e deficiências:

-

Formação dos tecidos no corpo: colágeno cartilaginoso, dentes e ossos;

-

Essencial para o crescimento;

-

Antioxidante;

-

Atua como coenzima no metabolismo de aminoácidos;

-

Promove a cicatrização dos ferimentos e fraturas;

 

-

Reduz tendências às infecções;

 

-

Aumenta a absorção de ferro pela redução da forma férrica em ferrosa;

 

-

Participa na biossíntese de hormônios esteroides;

-

Previne o escorbuto.

Ø

Escorbuto: fadiga, sangramento nas gengivas, hemorragia nos músculos e articulações – levando a morte.

 

Ø

Formas e fontes

-

Vit. C natural e sintética (ácido ascórbico)

 

-

Frutas cítricas, como limão, laranja, tangerina; outras frutas, como goiaba, manga, mamão e morango; em vegetais, como brócolis, broto de couvede-Bruxelas, repolho, espinafre, agrião, couve, pimentão, batata e tomate

Vitamina do complexo B

 

B1 - Tiamina

Melhorar o metabolismo dos carboidratos e ajudam na regulação dos gastos de energia.

Sementes de

girassol,

castanha do

Pará.

B2 - Riboflavia

Ajudam o corpo a aproveitar as proteínas e açúcares vindos da alimentação.

Fígado,

amêndoa.

B3 - Niacina

Transformam a gordura em açúcar para ser usados como fonte de energia.

Fígado,

amendoim.

B5 - Ácido pantotênico

Regular o metabolismo das gorduras.

Fígado,

sementes de

 

girassol.

B6 - Piridoxina

Ajudam a produzir anticorpos, células vermelhas do sangue e enzimas responsáveis pelo metabolismo das proteínas e gorduras.

Fígado, banana,

abacate.

B7 - Biotina

Regula ações coenzimáticas para um melhor metabolismo.

Amendoim,

avelã.

B9 - Ácido fólico

Forma proteínas estruturais e hemoglobinas.

Fígado, quiabo.

B12 - Cobalamina

Ajudam na formação do sangue.

Fígado, marisco.

Minerais
Minerais

Ø

Classificação:

-

Macrominerais: cálcio (Ca), fósforo (F), magnésio (Mg), enxofre (S), sódio (Na), cloro (Cl) e potássio (K).

 

-

Microminerais ou oligoelementos: ferro (Fe), zinco (Zn), cobre (Cu), iodo (I), manganês (Mn), flúor (F), mobilênio (Mb), cobalto (Co), selênio (Se), cromo (Cr), níquel (Ni), vanádio (Vn) e silício (Si).

Cálcio (Ca)
Cálcio (Ca)

Ø

Funções:

-

Formação dos ossos

-

Formação dos dentes

 

-

Coagulação do sangue

-

Transmissão nervosa

-

Contração muscular

-

Permeabilidade da membra celular

 

-

Regulação dos batimentos cardíacos

Ø

Deficiência:

-

Osteoporose (perda mineral óssea), raquitismo (má formação óssea) e osteomalácia (alteração óssea em adultos) e tetania (graves e intermitentes contrações musculares e dor muscular, por causa da diminuição do cálcio sérico.)

Ø

Fontes:

-

Produtos lácteos: leite, queijos, iogurtes e coalhadas

 

-

Vegetais folhosos e verdes: espinafre, brócolis, couve

-

Legumes e grãos integrais

 

Fósforo (F)
Fósforo (F)

Ø

Funções:

-

Formação de ossos e dentes

 

-

Funções metabólicas ( no metabolismo dos nutrientes, na absorção e reabsorção renal da glicose, na composição dos fosfolipídeos, na manutenção do equilíbrio ácido-básico)

-

É componente essencial de RNA e DNA (material genéticos)

 

Ø

Deficiência:

-

São raras, mas podem ocorrer por causa da carência de vit. D. doenças do fígado, uso de certos agentes farmacológicos (diuréticos, antiácidos com hidróxido de alumínio, entre outros),

-

A falta desse mineral acarreta falha na mineralização óssea e enfraquecimento da musculatura.

 

Ø

Fontes:

-

Leite, aves, peixes, ovos, nozes e leguminosas.

 
da musculatura.   Ø Fontes: - Leite, aves, peixes, ovos, nozes e leguminosas.  

Magnésio (Mg)

 

Ø

Funções:

-

Controle do metabolismo celular

 

-

Participação da construção proteica de novos tecidos

-

Desempenho de papel antagônico em reação ao cálcio (relaxamento da musculatura)

-

Participa no processo de contratilidade e excitação dos nervos

-

Faz parte da formação dos ossos e dentes

Ø

Deficiência:

-

Pode ser causa por: ingestão inadequada, vômitos, diarreia, alcoolismo crônico ou desnutrição proteica.

-

As consequências são: anorexia, retardo no crescimento e alteração neuromusculares (tremores, tetania e convulsões).

Ø

Fontes:

-

Alimentos processados: grão integrais, nozes, soja, cacau, frutos do mar, feijões, ervilhas e vegetais verdes.

Sódio, Cloro e Potássio

 

-

Os eletrólitos são partículas carregadas eletricamente e encontram-se dissolvidos nos fluidos corporais.

-

Na e Cl ( NaCl – cloreto de sódio) – estão presentes no líquido extracelular

-

K – está presente no líquido intracelular

Ø

Funções:

-

Manutenção do equilíbrio hidroeletrolítico

-

Manutenção do equilíbrio ácido-básico

-

Manutenção da irritabilidade muscularSÓDIO, CLORO E POTÁSSIO

Ø

Deficiências: NaCl

 

-

Hiponatremia: fraqueza, hipotensão, taquicardia, choque, pele sem elasticidade e alucinações.

-

Pode ocorrer em consequência de má absorção intestinal, sudorese excessiva, diarreias e uso abusivo de diuréticos.

Ø

Fontes:

-

Sal de conzinha (NaCl), temperos (glutamato monossódico) e alimentos processados. Presentes na maioria dos alimentos, principalmente nos alimentos proteicos (leite, carne e ovos), exceto em frutas, vegetais e grãos.

Potássio (K)
Potássio (K)

Ø

Funções:

-

É responsável pelo equilíbrio hídrico e pela pressão osmótica juntamente com o sódio

-

Participação com o cálcio na atividade muscular

-

Participa no metabolismo de carboidratos (conversão da glicose em glicogênio – glicogênese)

-

Desempenha papel importante no armazenamento de nitrogênio nas proteínas musculares (formação de massa magra)

-

Exerce função contrária à do sódio, ou seja, efeito hipotensor.

Ø

Deficiências e Excesso:

 

-

Hipopotassemia: Pode ocorrer em consequência de diarreias prolongadas, vômitos e uso de diuréticos.

-

Hiperpotassemia: Pode ocorrer em virtude de ingestão excessiva e problemas renais, entre outros.

Ø

Fontes:

-

Frutas (banana, laranja, melão), verduras, legumes, feijões etc.

Ferro (FE)
Ferro (FE)

Ø

O organismo adulto tem média de 3 a 5g de ferro, nas seguintes proporções:

-

60 a 75% na hemoglobina

 

-

25% armazenamento no fígado, medula óssea, baço e músculos

-

4% no músculo

-

1% plasmaFERRO (FE)

 

Ø

Funções:

-

Transporte de oxigênio

 

-

Respiração celular

Ø

Deficiências:

-

Anemia microcítica¹

 

-

Anemia Hipocrômica ² Anemia ferropriva

1. Microcítica: o eritrócito tem tamanho inferior ao normal

2. Hipocrômica: caracteriza-se por uma diminuição na proporção do peso da hemoglobina com relação ao volume do eritrócito.

Ø

Prováveis causas:

-

Perdas de sangue: traumas, hemorragias, úlceras e parasitos

-

Ingestão de dietas pobre em ferro, proteínas, B12, B6, Vit. C

-

Transtornos na absorção

Ø

Fontes:

-

Principais: fígado, rins, coração, língua e carne vermelha

-

Secundárias: vegetais de cor verde escuro e leguminosas

-

Outras: frutas secas, melaço, pães de trigo integral e cereais integrais

Zinco (Zn)
Zinco (Zn)

Ø

Função:

-

Constituinte da insulina e de muitas enzimas importantes no metabolismo

-

Participação na síntese de material genético (RNA e DNA)

-

Participação na síntese proteica

-

Importância na reparação tecidual (cicatrização)

-

Participação na fabricação de esperma

-

Fundamental no desenvolvimento fetal

Ø

Deficiências:

-

Atraso no crescimento

-

Falta de apetite

-

Dermatites

-

Hipogonadismo (retardo sexual)

-

Perda de paladar e olfato

-

Dificuldade de cicatrização

Ø

Fontes:

-

Carne, fígado, ovos, moluscos (ostras), peixes, aves, cereais e leguminosas

Iodo (I)
Iodo (I)

Ø

Função:

-

Faz parte da composição do hormônio tiroxina: Crescimento, Desenvolvimento, Metabolismo

Ø

Deficiências:

-

Bócio (hipertrofia da glândula tireoide)

-

Em gestantes acarreta o cretinismo em lactentes (retardo mental e físico)

Ø

Fontes:

-

Sal iodado

Selênio (SE)
Selênio (SE)

Ø

Funções:

-

Combate ao estresse oxidativo em conjunto com a vitamina E

-

Auxílio na síntese de imunoglobulinas (anticorpos)

Ø

Deficiências:

-

Degeneração e dor muscular, glóbulos vermelhos debilitados, retardo no crescimento e produção reduzida de esperma

Ø

Fontes:

-

Castanha-do-pará, cereais integrais, carnes e miúdos e frutos do mar.