Você está na página 1de 1

Lançamento de Livro: "Documentos para a história colonial, especialmente a

indígena no Ceará (1690-1825)", do Prof. Francisco José Pinheiro

Data: 7 de março de 2012


Horário: 19h
Local: Jardins da Reitoria da
Universidade Federal do Ceará

Sobre a Obra e Autor: O Professor Francisco Pinheiro, historiador, doutor em História Social pela
Universidade Federal de Pernambuco e atual Secretário da Cultura do Estado, reconhecidamente
um dos maiores pesquisadores e fomentadores de estudos na temática indígena no âmbito
acadêmico, lançará no dia 7 de março, às 19h, nos jardins da Reitoria da Universidade Federal do
Ceará/UFC, "Documentos Para a História Colonial, Especialmente a Indígena no Ceará (1690-
1825)".

A obra, publicada pela Fundação Ana Lima, é resultado de um extenso trabalho de pesquisa
e análise investigativa da documentação, a maioria inédita e manuscrita, do Conselho Ultramarino e
do Arquivo Público do Estado do Ceará. De acordo com o autor, o primeiro conjunto de
documentos, que viabilizou o avanço da pesquisa, resultou de um esforço do governo brasileiro para
garantir o acesso aos documentos depositados e sob guarda do Conselho Ultramarino: "Essa é uma
documentação riquíssima, onde está preservada uma massa documental importante sobre o período
colonial brasileiro", disse Francisco Pinheiro. Na guarda do Conselho Ultramarino, documentação
sobre a Capitania do Ceará, período compreendido entre 1618 a 1825, versando sobre temas
administrativos (prioridade da pesquisa), modo de vida, relatos de governadores (capitães-mores),
de missionários etc. O Arquivo Público do Estado do Ceará traz um segundo conjunto documental
que compõe a obra de Pinheiro.

O livro é composto por sete capítulos enriquecidos de transcrição de documentação


raríssima, antecedida por uma apresentação sintética do Prof. Pinheiro. O esforço do pesquisador,
além de analisar cada item do acervo apresentado, foi de articular a relação entre eles, de forma que,
algumas vezes, é possível o leitor/pesquisador acompanhar todo o trâmite que envolve determinado
processo na época em que este foi gerado, além de se perceber o debate entre os interesses do
espaço colonial e as determinações da Metrópole.

"Documentos Para a História Colonial, Especialmente a Indígena no Ceará (1690-1825)"


será, certamente, obra de referência para os futuros pesquisadores, relevante serviço à cultura e à
historiografia, em última análise, cearenses.

Interesses relacionados